segunda-feira, 27 de março de 2017

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

Agora sou a vaca

   A família jantava tranquilamente quando, de repente, a filha de 12 anos comenta:
– Tenho uma má notícia. Já não sou virgem! Sou uma vaca! E começa a chorar convulsivamente, com as mãos no rosto.
   Silêncio sepulcral na mesa! De repente, começam as acusações mútuas:
 – Estava-se mesmo a ver! – diz o marido à mulher. É por te vestires como te vestes e arregalares o olho ao primeiro imbecil que vês    na rua. Claro que isto tinha que acontecer. Com o mau exemplo que dás à menina todos… os dias!… E vira-se para a outra filha, de 25 anos, e diz-lhe:

  – E tu também lhe dás um péssimo exemplo. Ficas no sofá a lamber aquele palhaço do teu namorado na frente da menina… A mãe não aguenta mais e grita:
– Ai é?!… E quem é que gasta metade do ordenado com as “meninas” e se despede delas à porta de casa? Ou pensas que eu e as nossas filhas somos cegas?… E passares o fim de semana a ver filmes porcos de 5.ª categoria!? Achas que é um bom exemplo!?
  .

 Desconsolada, com os olhos cheios de lágrimas e voz trémula, a mãe pega na mão da filha e pergunta-lhe baixinho:
 – E como é que isso aconteceu, minha filha?
 Entre soluços, a menina responde:
– Foi a professora que me tirou do Presépio!… A Virgem agora é a Teresa. Eu sou a vaca…

.
.

3-CONHEÇA OS TRUMP




FONTE: SIC NOTÍCIAS

.

5 - CRAZY HORSE CABARET

.



FONTE: Canal ARTE - 31 Dec 2011

.
.

HOJE  NO 
"OBSERVADOR"

Passaportes. 
Portugal em disputa direta 
com EUA na quarta posição

Ranking avalia liberdade de circulação de quase 200 passaportes. Documento português está no quarto lugar do ranking, no mesmo grupo que a Coreia do Sul, Áustria, Bélgica, Luxemburgo e outros.

Portugal tem o quarto passaporte mais “poderoso” do mundo. O documento emitido pelas autoridades portugueses é dos que permite viajar por mais países sem que seja preciso outro tipo de documentação Lisboa fica a par de Washington, já que os EUA surgem também na quarta posição do ranking do Passport Index (Coreia do Sul, Áustria, Bélgica, Luxemburgo, Holanda, Suíça e Itália são os restantes países). A Alemanha é o país com o documento que mais portas abre, à frente da Suécia (2º lugar) e de um grupo de outros sete países que ocupa a terceira posição: Dinamarca, França, Espanha, Reino Unido, Noruega, Singapura e Finlândia.
 .
O passaporte português obteve 157 pontos na avaliação de 2017, recuperando a quarta posição do ranking (que tinha perdido no ano passado, quando caiu para o quinto lugar) e conquistando mais pontos que em qualquer das edições anteriores. Países como a Holanda, a Suíça, o Luxemburgo, a Áustria e a Coreia do Sul ocupam a mesma posição de Portugal. Na tabela individual, Portugal surge na 16ª posição, dois lugares à frente dos EUA.

Afeganistão, Paquistão, Iraque, Síria e Somália ocupam os lugares mais restritivos do ranking. No primeiro caso, o passaporte afegão não vai além dos 24 pontos no índice “livre de visa”. Para o Paquistão foram 27 pontos e para o Iraque 28.

Para a edição de 2017 do Passport Index foi analisada a informação pública sobre os passaportes de 193 países com assento nas Nações Unidas e outros seis territórios — a província de Taiwan, Macau, Hong Kong, Kosovo, território palestiniano e Vaticano.

* Boa nota!


.
.

HOJE NO 
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
Cientistas investigam proteína que pode retardar ou até impedir o Alzheimer

Estudo é de investigadores norte-americanos, numa universidade em Baltimore

O bloqueio na produção de uma proteína que regula as conexões das células cerebrais, a Ephexin5, evitou perdas de memória em animais, o que pode ser uma nova esperança para o tratamento da doença de Alzheimer.

Uma investigação da Universidade de Medicina Johns Hopkins, de Baltimore, Estados Unidos, mostrou que a Ephexin5 parece ser elevada nas células cerebrais de doentes de Alzheimer e também em ratos com a doença.
.

Os investigadores da Universidade fizeram várias experiências com ratos e concluíram que a remoção da proteína evita que os animais desenvolvam perdas de memória, uma característica da doença.

Num relatório publicado hoje no "The Journal Clinical Investigation", os investigadores dizem que a descoberta poderá ser um avanço no desenvolvimento de medicamentos para a proteína e assim prevenir ou tratar os sintomas da doença.

"Ephexin5 é um alvo farmacêutico tentador, porque em adultos saudáveis a sua presença é mínima no cérebro", disse Gabrielle Sell, da Universidade, acrescentando: "Isso significa que tirar a Ephexin5 pode ter poucos efeitos secundários".

Em conjunto com Seth Margolis, da mesma instituição, o trabalho dos responsáveis partiu do princípio das características da doença, a formação de placas no cérebro compostas por uma proteína chamada beta amiloide, sendo a sua destruição o foco principal dos esforços para tratar a doença. No entanto, dizem os cientistas, não é a beta amiloide que leva à gravidade da doença mas sim a perda das chamadas sinapses excitatórias.

Embora não esteja claro como a beta amiloide e a perda das sinapses excitatórias estão ligadas, pesquisadores da Universidade da Califórnia mostraram há vários anos que os doentes de Alzheimer diminuíram os níveis cerebrais da uma proteína chamada EphB2. A Ephexin5 é regulada pela EphB2.

Os investigadores quiseram saber primeiro se a proteína poderia estar a ser mal regulada nos modelos animais e nos pacientes com Alzheimer. E descobriram que quando adicionavam beta amiloide às células de cérebros de ratos saudáveis essas células começaram a produzir Ephexin5 em excesso, o que parece indicar que a proteína que produz as placas características da doença também desencadeia um aumento da Ephexin5.

Em diversas experiências os investigadores concluíram que o excesso de Ephexin5 está associado à doença de Alzheimer e procuraram perceber se a redução de Ephexin5 iria impedir também os efeitos da doença.

Segundo o estudo, bloqueando a produção da proteína em ratos verificou-se que estes desenvolviam as placas mas não perdiam as sinapses excitatórias. E também não perdiam a memória, uma causa da doença.

Com esses resultados obtidos com os ratos os cientistas consideram que o aumento da Ephexin5 pode ser a razão pela qual os pacientes perdem as sinapses e por consequência a memória, e admitem que bloquear a proteína pode retardar ou interromper a doença.

* Bem aventurada a ciência que não aterra em azinheiras.

.
.
 VIII-MEGA MÁQUINAS

1 - Aviões Espaciais



*Interessante série reveladora da quase perfeição mecânica, notável produção da NG.

**  As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores. 

.
.
HOJE NO 
"RECORD"

Golo de Tatiana Pinto frente ao Clube Albergaria eleito o melhor de fevereiro

O golo de Tatiana Pinto frente ao Clube Albergaria, no Campeonato Nacional Feminino, foi eleito o melhor do mês do portal Women's Soccer United.


A futebolista do Sporting venceu com 82% das preferências, deixando para trás Rachel Mercik (10%), Victoria Pelova (7%), Marta Mascarello (1%) e Irene del Rio e Alice Parisi (0%).

* Ah Leoa!


.

RITA FONTES DE OLIVEIRA

.




5 mitos que deve saber 
sobre a menopausa

A menopausa é um fenómeno fisiológico pelo qual passam todas as mulheres. Ocorre habitualmente entre os 45 e os 55 anos

"É sempre um processo natural."
A menopausa é um fenómeno fisiológico pelo qual passam todas as mulheres. Ocorre habitualmente entre os 45 e os 55 anos.
No entanto, quando resulta de uma cirurgia (ex: histerectomia), da toma de medicamentos e, ou, da acção de radiações (radioterapia), podemos designa-la de iatrogénica ou artificial. Estes casos levam a quadros clínicos mais exuberantes com necessidade de vigilância médica mais apertada. A menopausa pode ser ainda classificada de precoce quando acontece antes dos 40 anos, ou de tardia quando surge após os 55 anos.

"Os calores são a principal queixa"
A maioria das mulheres que recorrem à minha consulta apresentam depressão, irritabilidade e alterações do sono. Apesar dos calores diurnos serem muito frequentes, são inúmeros os relatos de suores nocturnos.
A longo prazo, surge o flagelo da secura vaginal, a dor durante a relação sexual e a dificuldade em atingir o orgasmo. Este é um ponto de extrema sensibilidade, uma vez que gera conflitos graves entre o casal, no que diz respeito à sua intimidade.
Ainda relacionada com a carência de estrogénios surgem as situações de incontinência e infeções urinárias, rugas, défices de concentração, perda da memória, osteoporose e aumento do risco de doenças cardiovasculares.

"Se não tenho o periodo, estou na menopausa."
Só quando a mulher apresenta 12 meses seguidos sem cataménios ("período") é que podemos dizer que clinicamente se encontra na menopausa. Um estudo hormonal deve ser realizado para confirmação diagnóstica.

"Não há risco de engravidar."
A transição entre o período reprodutivo e o não reprodutivo da mulher é designado de climatério. Nesta fase, ocorre um declínio progressivo da função ovárica, por vezes caracterizado por irregularidades menstruais (uns meses há fluxo menstrual, noutros não). Nesta fase, muitas mulheres podem pensar que estão numa verdadeira menopausa, o que não é verdade. Assim sendo, é aconselhável a utilização de métodos contraceptivos adequados, por forma a evitar uma gravidez indesejada.

"Já sou velha para o exercício físico"
Qualquer que seja a idade de inicio da prática desportiva, os benefícios associados ao exercício são inequívocos, comprovados cientificamente e com ganhos a curto, médio e longo prazo. Se eu pudesse escolher, não tenha dúvidas que prescreveria exercício físico em cápsulas não só a todas as mulheres em menopausa, mas também a toda a população em geral.
Durante 16 semanas, e associado a uma alimentação saudável, 150 minutos por semana de exercício aeróbico moderado/vigoroso, leva a alterações no metabolismo estrogénico e a uma redução do risco de cancro de mama.
Diminui também o risco de demências e osteoporose. Melhora os quadros depressivos e as variações do humor.

Todas as mulheres devem estar atentas a estes sinais de alerta, recorrer a um aconselhamento médico especializado e atuar precocemente para retardar, ou mesmo reverter,  situações clínicas indesejáveis. A prevenção é a chave.
 * Médica no Centro de Inovação Médica
 IN "SÁBADO"
20/03/17

.
.


1183.UNIÃO



EUROPEIA



.

HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Os números do Santuário de Fátima

Mais de 300 funcionários, cerca de 72 mil metros quadrados de terreno ou mil camas são alguns dos números que mostram o lado menos conhecido do Santuário de Fátima, que o papa Francisco visita em maio.

Segundo dados disponibilizados à agência Lusa, a 31 de dezembro último o santuário tinha 311 funcionários - dez dos quais capelães - distribuídos por uma dezena de serviços: Reitoria, Ambiente e Construções, Alojamentos, Administração, Doentes, Estudos e Difusão, Promoção e Preservação do Ambiente, Pastoral Litúrgica, Peregrinos e o serviço Executivo do Centenário das "Aparições".
 .
O templo contabiliza, por outro lado, 431 voluntários em diversas áreas de atividade, "sem contar os muitos voluntários" da Associação dos Servitas de Nossa Senhora de Fátima, o primeiro corpo de voluntários a apoiar os peregrinos de Fátima e cuja génese remonta a 1917 e aos acontecimentos na Cova da Iria.

"O santuário tem cerca de 72 mil quadrados, 30 mil dos quais correspondem ao recinto de oração", adianta a instituição, notando que "os terrenos dos Valinhos e Aljustrel" de que é proprietário "são lugares complementares, no sentido em que estão profundamente ligados às aparições e seus protagonistas".

Segundo o templo, o conhecimento destes espaços -- "Casa do Francisco e da Jacinta, Casa da Lúcia, Casa-Museu de Aljustrel, Poço do Arneiro, Valinhos, Loca do Cabeço, Via-Sacra e Calvário Húngaro" - "completa a visita ao Santuário de Fátima".

Notando que "tem interesse em comprar terrenos apenas e só na medida em que sirvam para o cumprimento da sua missão", a instituição acrescenta que "possui uma livraria e duas lojas onde vende artigos oficiais do santuário e outros objetos religiosos".

"Possui, ainda, os espaços comerciais das duas pracetas [Santo António e São José]", num total de 88, "e as rendas são simbólicas, variando o seu preço entre os note e os 34 euros mensais", refere.
Quanto ao número de camas, são exatamente 1.013, distribuídas por cinco espaços, sendo que a maior "taxa líquida de ocupação/cama" em 2015 registou-se na Casa Nossa Senhora do Carmo e foi de 27%.

Admitindo que tem havido "algumas pessoas" que fazem testamento ao santuário, "mas são situações excecionais", o templo garante, sem especificar a quantidade, que "as ofertas de ouro são tratadas como todas" as que são feitas ao santuário, "identificadas e guardadas conforme as boas práticas nesta matéria".

Assinalando que "apoia instituições locais, nacionais e internacionais, dentro daquelas que são as suas competências", o santuário nota que, "entre os apoios, está igualmente um contributo para a Diocese de Leiria-Fátima e para a Igreja em Portugal".

Sobre o valor que atribuiu o ano passado para ações de solidariedade, cujo montante não revelou, o santuário esclarece que registou em 2014 "uma estabilização nas ofertas dos peregrinos", mas tal não "impediu de aumentar as ajudas em âmbito social, tendo em conta as acrescidas dificuldades económicas do contexto".

"Além disso, não deixamos de promover as obras e intervenções necessárias para proporcionar condições aos peregrinos que visitam o Santuário de Fátima", informa, salientando que financia o funcionamento da Casa de São Miguel, que acolhe crianças.

Sobre os parques de estacionamento abertos ao público, o santuário respondeu, sem indicar a capacidade total para viaturas ligeiras ou autocarros, que o "possui 14 parques de acolhimento dos peregrinos".

"Do [parque] 1 ao 8 foram feitas melhorias significativas quer na colocação de mobiliário urbano quer na arborização dos espaços. Esta melhoria significou a perda de menos de 10% dos lugares, mas ganhou-se em disciplina e condições de acolhimento", acrescenta.

* Quem desdenharia ser dono deste segmento de mercado, o grande mercado dos otários?

.
.

6-ACESSO SECRETO

 O Vaticano

Além da sua enorme riqueza monetária e artística, o sempre inquietante Vaticano esconde segredos proibidos para o resto do mundo... até agora. Através deste video  irá percorrer as cúpulas abertas e as escavações deste patrimônio religioso e cultural do mundo, focar o olhar em documentos sigilosos da Guarda Suíça, livros que guardam conhecimentos não revelados, e até percorrer um misterioso cemitério onde dizem estar os ossos do próprio fundador da Igreja, São Pedro. Além disso,  conhecerá alguns dos  rígidos sistemas de segurança que protegem este legado incalculável da cultura e da tirania religiosa ocidental.

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

FONTE: GUSTAVO RAMOS

..
.

8-CAPITALISMO

UMA HISTÓRIA DE AMOR


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

..
.
HOJE NO  
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS 
DA MADEIRA"

Envelhecimento da população 
pode diminuir dádivas de sangue

O presidente do Instituto Português de Sangue e Transplantação (IPST) afirmou hoje que o envelhecimento da população pode diminuir as dádivas de sangue, pelo que é importante convencer os mais novos a dar sangue.
 .
Almeida e Sousa falava durante a cerimónia do Dia Nacional do Dador de Sangue, que decorre em Lisboa, durante a qual alertou para o impacto do envelhecimento da população nas dádivas de sangue.

A este propósito, recordou que os menores de 25 anos representam 12% dos dadores e que entre os 25 e os 34 essa percentagem é de 18 por cento.

“Temos de trazer mais gente jovem para a dádiva”, disse Almeida e Sousa, aproveitando para agradecer o empenho com que um conjunto de jovens elaborou um vídeo apelando a este ato, tendo para o efeito oferecido os seus serviços ao IPST.

Numa cerimónia dirigida aos dadores, com muitas palavras de agradecimento, o presidente do IPST reiterou que o aproveitamento máximo e sem desperdício do sangue doado pelos portugueses é a melhor forma de homenagear o dador.

O secretário de Estado e Adjunto do ministro da Saúde, Fernando Araújo, também agradeceu o altruísmo dos dadores e garantiu que a reposição da isenção do pagamento das taxas moderadoras nos centros de saúde para os dadores é uma medida “para ficar”.

* DAR SANGUE É DAR VIDA, UM DIA TOCA-NOS A DÁDIVA, TOCA A DAR SANGUE AGORA!


.
.

Katie Melua

The Closest Thing to Crazy


.
.
HOJE  NO 
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Justiça arresta herdade
 de Henrique Granadeiro

O Observador noticia que os interrogatórios feitos a Ricardo Salgado e ao próprio ex-líder da PT estão na origem da decisão de arrestar a Herdade do Vale do Rico Homem, propriedade de uma empresa detida por Henrique Granadeiro.

A justiça portuguesa determinou o arresto da Herdade do Vale do Rico Homem, propriedade de uma empresa que é detida maioritariamente por Henrique Granadeiro, ex-CEO e antigo chairman da PT, que detém várias explorações no sector vinícola.
.
A notícia avançada esta segunda-feira, 27 de Março, pelo jornal Observador refere que a decisão de arrestar a herdade dedicada à produção de um vinho homónimo da quinta foi tomada na sequência dos interrogatórios recentemente levados a cabo a Ricardo Salgado, ex-líder do BES, e do próprio Henrique Granadeiro.

Nessas diligências feitas pelas autoridades judiciárias no âmbito da Operação Marquês, Salgado e Granadeiro terem explicado que a Espírito Santo (ES) Enterprises (conhecida como o saco azul do GES) havia adquirido parte da sociedade detentora da herdade em questão.

O Observador recorda ter já noticiado que Ricardo Salgado enquadrou a transferência, entre 2007 e 2012, de cerca de 25,7 milhões de euros pela ES Enterprises para uma conta bancária detida por Granadeiro na Suíça com o apoio prestado pelo antigo líder da PT ao GES na área da produção agrícola e com a compra de uma parcela de 30% da empresa detentora da Herdade do Vale do Rico Homem, no caso a Margar.

Ainda segundo aquele jornal online, as respostas dadas em 18 de Janeiro ao procurador Rosário Teixeira, Ricardo Salgado, que foi então constituído arguido na Operação Marquês, foram depois confirmadas por Granadeiro que, por sua vez, seria depois constituído arguido na operação em que o ex-primeiro-ministro José Sócrates está também indiciado pela prática dos crimes de corrupção, branqueamento de capitais e fuga ao fisco.  

Com o arresto da Herdade do Vale do Rico Homem, situada no concelho de Évora e detém mais de 800 hectares, o Ministério Público procura salvaguardar o pagamento de eventuais indemnizações a que venham a ser condenados os antigos gestores do BES e do GES, prática já seguida em arrestos feitos a Salgado e outros membros do clã Espírito Santo.

Esta segunda-feira o Correio da Manhã (CM) já havia noticiado que Henrique Granadeiro colocou em Portugal seis dos cerca de 25 milhões de euros que terá recebido da ES Enterprises, dados que constam, segundo o jornal, de uma nota informativa do Ministério Público que os procuradores que investigam a operação Marquês enviaram para a Procuradoria-Geral da República, pedindo o adiamento do prazo para a dedução da acusação.

Ainda segundo o CM, seguir o rasto deste dinheiro terá sido uma das razões invocadas pelo DCIAP junto da PGR para o alargamento do prazo para a dedução da acusação. No passado dia 17 de Março, a Procuradora-Geral da República, Joana Marques Vidal, aceitou que deverá haver uma "prorrogação do prazo concedido para a conclusão da investigação e da redacção do despacho final", embora não tenha sido determinado uma data-limite para a formalização da acusação ou eventual arquivamento.

* Um processo nauseabundo por causa da "gente fina é outra merda"

.
.
HOJE  NO 
"DESTAK"

João Baião dá a cara por campanha
 sobre morte súbita

Amanhã a Fundação Portuguesa de Cardiologia, em parceria com a Senilife e os hipermercados Jumbo, irá lançar o Projeto Salva-vidas. Esta é uma campanha pública e de âmbito nacional de sensibilização para a morte súbita. 
 .
A mecânica é simples: nas parafarmácias dos hipermercados Jumbo poderão ser adquiridas Pulseiras Salva-vidas, pelo valor simbólico de 2€. Por cada grupo de 1500 vendidas as entidades promotoras do projeto oferecem um kit salva-vidas, composto por um desfibrilhador ZOLL com reanimação de alta qualidade e respetiva formação em Suporte Básico de Vida com Desfibrilhação Automática Externa e primeiros-socorros, a uma entidade identificada desde o início das vendas das referidas pulseiras.

A primeira entidade a receber este Kit será a Escola Secundária Maria Amália Vaz de Carvalho, em Lisboa, seguindo-se outras em diferentes locais do país. O apresentador João Baião dá a cara por esta iniciativa e marca presença neste evento.

Atualmente a morte súbita mata cerca de 10 mil pessoas em Portugal todos os anos e, de acordo com a Organização Mundial de Saúde, cerca de 20 mil pessoas por dia em todo o Mundo. Em Portugal o número de desfibrilhadores, um dos instrumentos mais eficazes de combate a esta problemática de saúde pública, é de cerca de um para cada 10 mil habitantes.

Para o Prof. Doutor Manuel Carrageta, Presidente da Fundação Portuguesa de Cardiologia, «esta iniciativa pretende realmente salvar vidas. O objetivo é dotar escolas e instituições dos conhecimentos e meios necessários, porque nos casos de paragem cardiorrespiratória cada minuto conta para a possibilidade de sobrevivência da pessoa».

Após este evento, a vítima perde 10% de hipóteses de sobrevivência a cada minuto que passa. Ou seja, ao final de cinco minutos sem assistência, a vítima tem apenas 50% de probabilidade em sobreviver. O cérebro apenas sobrevive 3-5 minutos sem oxigénio. Desta forma, esta iniciativa visa despertar consciências e sublinhar a importância das técnicas de Suporte Básico de Vida (SBV), uma vez que uma reanimação cardiorrespiratória de alta qualidade aumenta em 2.72 vezes a probabilidade de sobrevivência do doente sem sequelas.

No dia 30 de março a Fundação Portuguesa de Cardiologia estará no Jumbo das Amoreiras, onde se fará acompanhar pelo apresentador João Baião, de forma a marcar o arranque deste projeto.

* Uma campanha necessária para alertar a importância duma acção eficaz.


.
.
Passos Dijsselbloem Coelho



FONTE: LUÍS VARGAS

.
.
HOJE  NO 
"i"

Autárquicas. PSD e CDS rompem de vez.
.Há guerra em Lisboa

Faltas de presença, Vale e Azevedo, entrevistas e negociações falhadas. O centro-direita começa a entrar em ebulição na corrida para a câmara da capital. E Medina a rir.

Se havia algum tipo de período de nojo entre o PSD e o CDS antes de quebrar de vez o cordão umbilical que foi a coligação Pàf, esse período acabou. O nojo para evitar ataques foi trocado pelo nojo em não concretizá-los.
 .
Depois de Assunção Cristas afirmar este sábado, em entrevista ao semanário SOL, que daria o mínimo de faltas possível caso fosse somente eleita vereadora à Câmara Municipal de Lisboa, o PSD tomou-o como ofensa e reagiu.

É que Teresa Leal Coelho, a candidata dos sociais-democratas à autarquia da capital, faltou a mais de um terço das reuniões de Câmara enquanto vereadora, entre 2013 e 2017 – o ano em que se repetem as eleições locais.

Na referida entrevista, Cristas afirmou também: “Se não tivéssemos feito nada durante quatro anos, certamente que seria muito difícil termos uma candidatura forte em Lisboa”. Tal foi também interpretado como uma declaração algo provocatória por parte da presidente do CDS, tendo em conta o estilo de oposição discreto que o PSD demonstrou perante o executivo camarário de Fernando Medina.

Embora os dirigentes de ambos os partidos continuem a apelar ao Acordo-Quadro para as autárquicas – que almeja ultrapassar as vitórias locais conseguidas via coligação em 2013 – como prova de cooperação, o matrimónio entre os centristas e o Partido Social Democrata já conheceu melhores dias. “E quem sorri mais com isto, com não haver coligação, com lutarem entre si em vez de lutarem com ele, é Fernando Medina”, observa ao i fonte camarária que optou por reservar-se ao anonimato.

Há cerca de uma semana, Sérgio Azevedo, que lidera a bancada do PSD na Assembleia Municipal (e também vice-presidente do grupo parlamentar), viu-se obrigado a sair em defesa de Leal Coelho, vendo dirigentes do CDS-PP a partilharem um artigo de opinião que criticava o seu passado de ligação à SAD de Vale e Azevedo no Benfica. Azevedo considerou o argumento “tão ignóbil quanto António Costa, ou mesmo Medina, são tão suspeitos quanto é José Sócrates”.

Depois de os antigos parceiros de coligação de governo não conseguirem alcançar acordo para um apoio comum à candidatura de Assunção Cristas a Lisboa – prosseguindo depois para uma troca de responsabilizações pelo sucedido – a harmonia esmoreceu e mais ainda após Cristas revelar conversações tidas em Conselho de Ministros entre 2011 e 2013. Maria Luís Albuquerque reagiu até, defendendo em público que as conversas mantidas nessas reuniões são “privadas”. O restante incómodo, todavia, foi mais silencioso.

“O inimigo é o PS” continua a bradar-se. Por enquanto.
O Soldado improvável Leal Coelho, que foi número 2 na lista que viu Fernando Seara perder para António Costa há quatro anos, mostrou dificuldades em conciliar a vida parlamentar (é deputada), a vida familiar (o marido é embaixador em Madrid) e a vida autárquica, como vereadora.

A vice-presidente da direção de Pedro Passos Coelho – e sua escolha pessoal – fazia-se substituir na maioria das vezes por Alexandra Barreiras Duarte e quando Cristas afirmou ao SOL que teria “o menor número de substituições possível”, as tropas laranjas ressentiram-se e mostraram as garras.
A defesa de Leal Coelho veio, improvavelmente, de alguém que de leal a Coelho tem muito pouco: José Eduardo Martins.

Na sua página pessoal, o ex-secretário de Estado de Durão Barroso partilhou uma imagem com as declarações de Cristas sobre “o mínimo de faltas” acompanhada por uma manchete do Diário de Notícias com menos de um ano, revelando que a líder do CDS ficou “a uma falta de perder o mandato” na Assembleia da República.

Desde o início do atribulado processo autárquico do PSD que José Eduardo Martins já teve vários papéis.

Aceitou ser coordenador do programa autárquico a convite da concelhia e à revelia de Passos Coelho. Recusou (sempre) ser candidato a presidente da Câmara. Disse em novembro que a “possibilidade de uma coligação com o CDS” não estava afastada “por ninguém”. Disse em janeiro que, afinal, apoiar Assunção Cristas não era “a melhor solução” e que “um independente com apoio do PSD é sempre ganhador”.

Em outubro criticou a estrutura local do PSD por “falta de oposição” a Medina e agora será o segundo nome no boletim de voto dos lisboetas, como cabeça de lista à Assembleia Municipal, ao lado da vereadora que menos oposição fez e que de “independente” não tem nada. “E ainda dizem que a versatilidade não é um ativo político”, sorri um deputado laranja. O convite, sabe o i, foi ideia de Passos e de Leal Coelho, que implementará o programa concebido pelo homem que manteve sempre a distância da atual direção do partido. José Eduardo, a ver pela sua defesa recente da candidata, já vestiu a farda. Irónico é o facto de ter ficado com o lugar que Mauro Xavier, que fez dele coordenador do programa, queria para si. O presidente do PSD/Lisboa, como é conhecido, rompeu definitivamente com a sede nacional. José Eduardo, pelos vistos, segue outra rota.

Preparativos
Ao que o i apurou há mais nomeações a caminho. Teresa Leal Coelho e a distrital de Lisboa, liderada por Miguel Pinto Luz, já começaram a preparar as listas a apresentar pelo Partido Social Democrata, assim como o porta-voz para a candidatura. O nome mais provável para diretor de campanha é Bruno Ventura. O antigo dirigente da JSD, hoje na Fundação Luso-Americana, tem feito a ponte entre a distrital e Teresa Leal Coelho.

* Estrala ó verniz e a Pàf cai no ar, arrebenta fica chamuscado, e a  Cristas  a querer aldrabar, mais o Passos desalaranjado!

.
.
HOJE  NO 
"A  BOLA"

Apresentadora traída pelo vestido 
ao falar de Cristiano Ronaldo

Barbara Francesca Ovieni, apresentadora de um programa sobre futebol no canal italiano 65Sport, protagonizou momento que está a dar que falar nas redes sociais.
 .

Numa altura em que falava em direto sobre Cristiano Ronaldo, a apresentadora ajustou o seu vestido, acabando por evidenciar a roupa interior.

* Os homens são mesmo basbaques, entretêm-se a espiolhar uma muito mal visível roupa interior, duma mulher muito bonita e cheia de presença no ecran. Nem é possível saber se o vestido levantou por causa do CR7

.
.
POLÓNIA
QUE LUGAR NA EUROPA

FONTE: EURONEWS

.
. 
HOJE NO
"AÇORIANO ORIENTAL"

APAV apoiou 9.347 vítimas de crimes
 e outras formas de violência em 2016

Todos os dias, em média, 14 mulheres, três idosos, duas crianças e dois homens são vítimas de crime, segundo dados hoje divulgados pela APAV relativos a 2016, que apontam um aumento de 8,1% no número de atendimentos.
  .
Segundo as Estatísticas da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) – Relatório Anual 2016, foram apoiadas no ano passado pela associação 5.226 mulheres (em média 100 por semana), 1.009 pessoas idosas (19 por semana), 826 crianças e jovens (16 por semana) e 826 homens (16 por semana), segundo as Estatísticas da APAV – Relatório Anual 2016.

Em 2016, a APAV realizou 35.411 atendimentos, um número que aumentou 8,1% nos últimos três anos (32.770 em 2014 e 34.327 em 2015).
Destes atendimentos resultaram 12.450 processos de apoio à vítima, nos quais se identificaram 9.347 vítimas diretas de 21.315 crimes e outras formas de violência.

Dos 12.450 utentes assinalados pela APAV em 2016, 9.347 foram vítimas de crime, das quais 7.654 eram mulheres (81,9%), com idades compreendidas entre os 25 e os 54 anos (40,6%) e viviam numa família nuclear com filhos (35%).

Das vítimas que indicaram o seu estado civil, 28,6% eram casadas e 21,1% eram solteiras. Os dados apontam que mais de um terço pertencia a uma família nuclear com filhos e 11,5% a famílias monoparentais.

Apesar de cerca de 30% das vítimas estarem empregadas, há “um número ainda significativo” que se encontrava numa situação de desemprego (16%), sublinha o relatório, acrescentando que 92% das vítimas eram portuguesas, sendo que a maioria residia nos distritos de Lisboa, Porto, Faro e Setúbal (52,3%).
 .

No que diz respeito à relação da vítima com o/a autor/a do crime, continuam a prevalecer as relações de cônjuge, companheiro, ex-cônjuge, ex-companheiro, ex-namorado e namorado/a, totalizando 59% do total dos casos.

Relativamente à escolaridade, o ensino superior evidenciava-se (7,4%) face aos restantes graus de ensino conhecidos.

Cerca de 80% dos 9.625 autores de crime registados pela APAV em 2016, eram homens, com idades entre os 35 e os 54 anos (23,1%).

Dos níveis de escolaridade referenciados, destacam-se o ensino superior, o ensino secundário e o ensino básico de 3º ciclo, perfazendo um total de 16,7%.

Tal como no caso das vítimas, também o autor do crime se encontrava maioritariamente no estado civil de casado (29,6%), seguindo-se os solteiros (11,3%). Em mais de 30% das situações, estes encontravam-se empregados.
O tipo de vitimação continuada (76%), com uma duração entre dois e seis anos (15,6%), prevaleceu no ano de 2016.

Em mais de 50% das situações, o crime ocorreu na residência comum da vítima e do autor do crime, seguindo-se a residência da vítima (16,7%).

Das situações que chegaram à APAV em 2016, 41% foram alvo de queixa numa entidade policial.
Relativamente aos crimes e outras formas de violência registados, destacam-se os crimes contra as pessoas, que representam 93,3% do total. Destes, o destaque vai para os crimes de maus-tratos físicos e psíquicos (77%).

O relatório destaca ainda outras formas de violência, com o crime de ‘stalking’ (assédio persistente), com 411 registos (1,9%), e o ‘bullying’ (109).
Quanto aos crimes contra o património, o crime de dano foi com que mais se evidenciou, com 173 casos (0,8%), adianta o relatório

Os órgãos de polícia criminal (GNR, PJ e PSP) no seu conjunto foram as entidades que mais cooperaram com a APAV, perfazendo um total de 31,5%.

* Eis o resumo do trabalho excepcional da APAV, sem alarde nem folclore.

.


HOJE  NO
"CORREIO DA MANHÃ"
Douro contra plantação 
de 150 hectares de vinha 

Deputados sociais-democratas, entidade gestora da Casa do Douro e empresas de vinho do Porto contestam decisão. 

"A decisão do Governo é, pura e simplesmente, um ataque inaceitável aos viticultores do Douro." É desta forma que os deputados do PSD eleitos por Vila Real veem a autorização concedida à plantação de 150 hectares de novas vinhas na Região Demarcada do Douro. 
 .

A Federação Renovação do Douro (que ganhou a gestão da Casa do Douro) e a Associação de Empresas do Vinho do Porto também já se manifestaram contra a decisão. A Região Demarcada do Douro tem uma área de 39 570 hectares com direito a denominação de origem protegida (DOP) ou indicação geográfica protegida. Há ainda 4000 hectares de vinha sem direito a produção com DOP. 

Com um crescimento de 11% desde 2006 e 22% nos últimos 5 anos, as vendas não ultrapassam 65% da produção anual - 32 milhões de litros. Perante estes dados, o Conselho Interprofissional do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto aprovou, há mais de um ano, uma proposta de limitação de emissão de novas autorizações de plantação. 

Já este ano, o Ministério da Agricultura fixou as regras e os critérios de elegibilidade e prioridade, bem como os procedimentos administrativos a observar na distribuição de autorizações para novas plantações de vinha. 

Desta forma, considera o PSD que a nova autorização é "incompreensível, porquanto se sabe que há um crescente excesso de produção na região, contribuindo para a degradação para níveis humilhantes dos preços pagos aos milhares de produtores do Douro, na sua grande maioria pequenos e médios lavradores". Os deputados exigem, assim, a "reversão dessa autorização".

* Uma situação muito confusa, de um lado querem plantar vinhas do outro rejeitam, será loby?

 .