terça-feira, 21 de março de 2017

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.
8-BODY PAINTING

LUCIE 

SATIN BLOOM



.
.

GRANDES LIVROS/34

AUTORES DO MUNDO


2- Walden ou
A Vida nos Bosques

Henry D. Thoreau


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
1-O DESPERTAR DA CHINA



* Um acordar vigoroso, exemplar na voracidade!


.
.

IV-VIAGENS
 DE DESCOBERTA
5 - O FORMATO DA TERRA


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE  NO
  "DESTAK"

Ministro da Ciência apela a práticas
.alternativas a praxes humilhantes 

 O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, apelou hoje para a dinamização de iniciativas que sejam alternativas às praxes humilhantes, que diz que ainda persistem em instituições de ensino superior do país.
 .

"É exatamente para dar a volta à praxe que apelo a todos, aos jovens, às associações de estudantes, aos dirigentes de associações académicas, e neste caso certamente ao Politécnico de Viseu e à autarquia [de Viseu], para dinamizar e estimular iniciativas que sejam alternativas àquilo que ainda são as práticas que residem na comunidade estudantil, muitas vezes humilhantes", sustentou. Manuel Heitor, que participou esta tarde na sessão de encerramento do Fórum Politécnico, que decorreu no Instituto Politécnico de Viseu, disse aos jornalistas que espera que o ensino superior venha a ser valorizado com o programa 'exarp'. 

"O que pretendemos é que o ensino superior se valorize como espaço único de emancipação, também de divertimento dos jovens, mas, sobretudo, com acesso ao conhecimento", referiu. No seu entender, também a sua ligação à sociedade deve ser cada vez mais valorizada. "É isso que os portugueses precisam: de valorizar o conhecimento e fazer do ensino superior um espaço de futuro e de confiança nas novas gerações", acrescentou. 

De acordo com ministro, o programa 'exarp' deverá ser posto em prática já no próximo ano letivo, para que, de uma forma gradual, "se consigam eliminar da sociedade portuguesa as práticas humilhantes que hoje ainda persistem em muitas das práticas estudantis pelo país fora". "É claramente um apelo que quero deixar nas instituições, mas também fora das instituições: nas vilas e cidades, em todo o país onde essas práticas ainda persistem", concluiu. 

O programa 'exarp' apela "à promoção clara e inequívoca de práticas de receção e integração dos estudantes no ensino superior através da ciência e da cultura, entre outras iniciativas de âmbito cívico, social ou desportivo". 

* As praxes humilhantes são sórdidas sequelas do poder autoritário em que vivemos durante 50 anos, não podemos ser  tolerantes com estudantezinhos cabotinamente pidescos.

.

RUTH MANUS

.




Pai presente, pai distante, 
pai ausente, pai inexistente

O pai distante não precisa ser um pai ausente. Há inúmeros pais que se fazem presentes onde quer que nós estejamos. Há inúmeros pais que, mesmo quando morrem não deixam seus filhos sozinhos.

Datas comemorativas como dia dos pais, dia das mães e dia dos namorados geram, sem dúvidas, grandes alegrias. Mas geram, na mesma medida, alguma dor. São estas datas que nos perfuram como navalhas nos lembrando o sabor amargo das ausências.

O dia dos pais no Brasil é só em agosto, mas dói não estar com meu pai nesse domingo no qual se comemora o dias dos pais em Portugal. Oito mil quilômetros me separam de uma tarde boa no sofá, assistindo a um jogo de futebol com ele, enquanto dividimos a pipoca e falamos mal do lateral direito de uma equipe qualquer, como sempre foi.

Mas eu definitivamente não tenho um pai ausente. Nem nessa data nem em nenhuma outra. Ainda que eu esteja em Xangai e ele em Pindamonhangaba, sei que ele nunca estará ausente. Eles está sempre absolutamente presente, seja através de mensagens atrapalhadas pelo telefone ou pelo fato de nunca, nem um minuto, estar fora dos meus pensamentos.

O pai distante não precisa ser um pai ausente. Há inúmeros pais que se fazem presentes onde quer que nós estejamos. Há inúmeros pais que, mesmo quando morrem não deixam seus filhos sozinhos. Porque a representatividade deles nas nossas existências não é enfraquecida nem pelo tempo, nem pelos quilômetros, nem pela fragilidade da vida.

Por outro lado, há dezenas de pais deliberadamente ausentes. Pais ausentes que até aparecem quando lhes é conveniente. Um jantar agendado, um almoço em horário comercial. Pais que permitiram que a distância fosse se abrindo como abre-se uma cratera no chão, até que o buraco torne-se intransponível e que reste apenas um olhar afastado para alguém que praticamente nem se conhece. Eles ainda estão lá, mas já são um pouco desconhecidos e também já não sabem bem que filho é aquele.

Já os pais inexistentes, frequentemente até aparecem nos documentos de identidade de seus filhos, mas não existem como pais verdadeiros. Podem telefonar algumas vezes no ano, ter endereço fixo, mas simplesmente não existem. Existem como homens, como profissionais, como vizinhos. Mas não como pais. Não se classificam como um mau pai ou como um pai ausente porque simplesmente não são pais.

Pais ausentes e pais inexistente frequentemente não fazem ideia dos danos que causam. Quantas sessões de terapia são necessárias para amenizar seu descaso? Quantos relacionamentos malfadados seus filhos terão por conta desse vazio? Quanto isso refletirá na vida deles como pais ou mães? Pais ausentes e inexistentes convencem-se de que tudo vai bem sem eles (ou apesar deles), mas eles sabem que não vai. Nunca vai.

O que sei é que ter um pai distante dói. Mas ter um pai distante presente é uma sorte. É saber que a solidez e o amparo deles não estão vulneráveis a variável nenhuma. Não importa onde eles estejam, eles sempre estão conosco. Pais presentes. É isso que importa. Acertando ou errando, mas tentando, fazendo seu melhor. O que todo mundo precisa é saber que eles estão sempre aqui, mesmo quando não estão.

IN "OBSERVADOR"
19/03/17


.
.


1177.UNIÃO



EUROPEIA



.
 
HOJE  NO
  "i"

IEFP. 
Desempregados inscritos diminuem
 para mínimos de 1988

Segundo os mesmos dados, ao todo estavam registados mais de 487 mil inscritos, um número que representa 72,2% de um total de mais de 675 mil pedidos de emprego.

O número de desempregados registados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) registou uma quebra de 1,4% em fevereiro face ao mês anterior. Já em termos homólogos regista uma redução de 15,3%. Ou seja, o maior recuo homólogo desde dezembro de 1988.
 .
DESEMPREGADO PROSCRITO
Segundo os mesmos dados, ao todo estavam registados mais de 487 mil inscritos, um número que representa 72,2% de um total de mais de 675 mil pedidos de emprego.

“Para a diminuição do desemprego registado, face ao mês homólogo de 2016, contribuíram todos os grupos com destaque para os homens (menos 47.872), os adultos com idades iguais ou superiores (menos 76.655), os inscritos há menos de um ano (menos 54.872), os que procuravam novo emprego (menos 78.181) e os que possuem como habilitação escolar o primeiro ciclo do ensino básico (menos 19.745).

Já a nível regional, comparando o mês de fevereiro com o ano anterior, o desemprego diminuiu em todas as regiões do país. No entanto, o IEFP destaca um maior recuo no centro e no Alentejo ao recuarem 19,3% e 17,6%, respetivamente.

Recorde-se que, segundo os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de desemprego permaneceu inalterada nos 10,2% em janeiro.

Este número representa um recuo de 0,3 pontos percentuais face ao mês anterior e em 0,7 pontos percentuais em relação a três meses antes, constituindo o valor mais baixo observado desde março de 2009 (10%), sinaliza o INE.


* Bela notícia... atão e quantos são os desempregados proscritos???

.
.
123-BEBERICANDO


COMO FAZER "CAIPICERVA"
COM DANI BIRITA


.
.
O orçamento europeu é bem gasto?



FONTE: EURONEWS


.
.
HOJE  NO
"A  BOLA"
Benfica
Federação instaura processo disciplinar

A Federação Portuguesa de Futebol instaurou um processo disciplinar ao Benfica, no âmbito de um comunicado publicado pelos encarnados no site do clube.
 .
«Instaurado processo disciplinar, por deliberação da Secção, de 21 de março de 2017, a sociedade desportiva por comunicado publicado na sua página da internet», lê-se no documento da Federação.

No comunicado em questão, recorde-se, o clube da Luz insurgiu-se contra o «estado de total anarquia» em que considera estar a transformar-se o futebol português, exigindo «uma justiça igual para todos».

No seguimento desta posição sublinhada no site, o Benfica não marcou presença institucional na Gala das Quinas, organizada pela Federação Portuguesa de Futebol, segunda-feira passada, no Centro de Congressos do Estoril.

* Poderá ser o novo lema da FPF: "Quem não é por nós é contra nós" e assim nos lembramos de 50 anos de ditadura.

.
.

Ana Moura

Agora É Que É


.
.
HOJE NO
 "AÇORIANO ORIENTAL"

Américo Amorim é o português
 mais rico e a sua fortuna cresceu

O empresário Américo Amorim continua a ser o homem mais rico de Portugal e a sua fortuna aumentou para 4,4 mil milhões de dólares (4,09 mil milhões de euros), segundo a lista divulgada pela revista Forbes.
  .
 Américo Amorim, 82 anos, ocupava no ano passado a oposição 369 da lista e este ano surge na posição 385, uma descida de 16 lugares, apesar de a sua fortuna ter aumentado de 4,1 mil milhões de dólares para 4,4 mil milhões de dólares.

O segundo português da lista é Alexandre Soares dos Santos, também de 82 anos, que surge na posição 745, com uma fortuna de 2,7 mil milhões de dólares (2,51 mil milhões de euros).

No ano passado, o empresário dono da Jerónimo Martins ocupava a posição 845 e tinha uma fortuna calculada em 2,1 mil milhões de dólares.

Belmiro de Azevedo, do grupo Sonae, surge na posição 1.376 dos mais ricos do mundo, com uma fortuna avaliada em 1,5 mil milhões de dólares (1,39 mil milhões de euros).

Na edição de 2016, o empresário, atualmente com 79 anos, ocupava a posição 1.121, com uma riqueza estimada em 1,6 mil milhões de dólares.

Além dos três nomes portugueses, habituais na lista dos mais ricos da revista Forbes, surge um outro nome associado a Portugal, Demetrio Carceller Coll, que ocupa a posição 973 no 'ranking' da Forbes.

A sua fortuna consta da 'lista' dos portugueses e é avaliada em 2,1 mil milhões de dólares (1,95 mil milhões de euros). Está ligada ao gás, mais concretamente ao operador Disa e à cervejeira espanhola Damm, sendo ainda referido que detém participações em várias outras empresas.

Demetrio Carceller Coll surge como tendo cidadania portuguesa e residência no Reino Unido e, segundo a revista, é o filho Demetrio Carceller Arce que está à frente dos negócios.

A revista informou que a lista deste ano inclui 2.043 pessoas com uma fortuna superior a mil milhões de dólares, mais 233 do que no ano anterior.

O norte-americano Bill Gates lidera a lista pelo quarto ano consecutivo.

* É dos ricos que reza a história de produzir mais pobres.

.
.

HOJE  NO
"CORREIO DA MANHÃ"

Apoiantes do PNR e estudantes trocam insultos em universidade de Lisboa 

Nacionalistas acusam estudantes da Nova censurar vozes como as de Jaime Nogueira Pinto.

Cerca de 30 apoiantes do Partido Nacional Renovador e estudantes universitários estão a confrontar-se verbalmente em frente à Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, em Lisboa, com os ânimos exaltados, obrigando a polícia a intervir. Os confrontos verbais entre os apoiantes do PNR e os estudantes da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa obrigaram a um reforço policial, que chegou ao local cerca das 18h30.
.
Os apoiantes do PNR, alguns vestidos com fatos, máscaras e pulverizadores agrícolas, começaram por dizer: "vocês são uns fascistas, uns cobardes", acrescentando que estavam ali para fazer uma "limpeza, uma desparasitação do marxismo, do totalitarismo e da falta de liberdade de expressão" que alegadamente se vive naquela unidade de ensino e que, segundo o PNR, o Bloco de Esquerda "não pode tomar conta" da instituição. Em resposta, e à medida que os dois grupos se foram aproximando, junto à entrada da faculdade, dezenas de estudantes responderam: "fascismo nunca mais, 25 de abril sempre, vocês são uns fascistas", tendo ainda cantado músicas de Zeca Afonso, como a Grândola Vila Morena.

Os ânimos exaltaram-se e a situação obrigou a polícia a pedir reforço de agentes, que neste momento formam um cordão de segurança entre as duas partes. A avenida de Berna, em Lisboa, estava às 18h30 cortada ao trânsito entre o cruzamento da avenida de Roma e a Praça de Espanha. O PNR convocou o protesto de hoje, sob o lema "contra o totalitarismo do pensamento único e pela liberdade de expressão para todos", depois de ter sido cancelada a conferência do politólogo Jaime Nogueira Pinto sobre "Populismo ou Democracia? O Brexit, Trump e Le Pen em debate", agendada para 07 de março.

* Já se sabe que a história do boicote está mal contada e  houve muita gente a acreditar na encenação. Se alguma comunicação social chama aos gajos do PêNêRê nacionalistas como chamarão aos outros cidadãos, apátridas?

.
.

QUEM É O AUTOR?



.
. 
HOJE  NO
"OBSERVADOR"

Jovens portugueses queixam-se 
de que trabalham mais e recebem
 menos do que os pais

Estas são apenas algumas das conclusões de um estudo encomendado pela Associação Cristã de Empresários e Gestores. Há mais: no geral, o que sobressai é uma "significativa falta de esperança".

Acham que têm mais qualificações do que a anterior geração, mas que ainda assim recebem salários consideravelmente mais baixos e por mais horas de trabalho (60% a 70%). A maior parte (78%) considera que no mercado de trabalho se dá cada vez menor importância a valores e princípios.
 .
Muitos (70%) têm na situação económica uma das mais prementes preocupações — só a saúde suplanta a carteira, com 77%. Alguns (30%) assumem que adorariam ter mais filhos mas apenas se as respetivas entidades empregadoras tivessem melhores políticas de conciliação trabalho-família.

Posto isto, não é difícil perceber por que falam as conclusões do estudo, encomendado pela Associação Cristã de Empresários e Gestores (ACEGE) à Netsonda, numa “significativa falta de esperança” no futuro, por parte dos jovens portugueses.

No total foram 400 os inquiridos, através de entrevistas online, levadas a cabo no início de 2017. Todos tinham entre 20 e 40 anos, habilitações literárias da licenciatura ao doutoramento, e pelo menos um ano de experiência profissional. Só 7% estavam desempregados — e 12% admitiram acumular trabalhos de onde retiram parte significativa dos respetivos rendimentos (acima de 20% do total auferido). A maior parte (43%) afirmou receber entre 10 e 20 mil euros brutos por ano — dá entre 714 e 1.429 euros ilíquidos por mês (contas feitas a 14 meses).

O que menos preocupa os jovens portugueses? Numa perspetiva pessoal, as suas vidas espirituais ou interiores (29%) e a busca pela respetiva missão no mundo. Do ponto de vista profissional, terem de ir trabalhar para o estrangeiro (39%), ou terem escolhido um curso com poucas saídas (31%).

* Pouco cristãs as conclusões do  estudo, o que é que a ACEG vai propôr aos associados?

.
.

HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Google toma medidas para 
prevenir anúncios de ódio

Empresa contrata mais funcionários para acelerar remoção de anúncios racistas ou antissemitas, depois de ter perdido vários anunciantes

A Google, que tem visto uma série de empresas retirar os seus anúncios por aparecerem ao lado de conteúdos indesejáveis ou controversos, revelou hoje estar a introduzir novas ferramentas para dar às firmas anunciantes um maior controlo.

"Sabemos que os anunciantes não querem os seus anúncios ao lado de conteúdos que não respeitam os seus valores. Por isso, a partir de hoje, vamos tomar uma posição mais dura relativamente a conteúdos agressivos, ofensivos ou insultuosos", explicou o diretor comercial da Google, Philipp Schindler, no 'site' do gigante da Internet.

A empresa vai contratar mais funcionários, acelerar o processo de remoção de de anúncios de conteúdo impróprio e rever as suas políticas depois de, no Reino Unido, várias empresas anunciantes, entre elas grandes cadeia de supermercados e bancos, terem saído da Google devido à aparição de vídeos com mensagens homofóbicas ou antissemitas.

A Google viu-se obrigada a pedir desculpa na segunda-feira na sequência deste caso, em que assumiu a dificuldade em monitorizar as 400 horas de vídeos colocadas no YouTube a cada minuto.

* Ainda não se encontrou melhor modo de relação sócio/política que a "Democracia", só que há muito javardo que não sabe o significado da palavra.

.
.
COITADO DO
MIGUEL ÂNGELO




.
.
HOJE NO
"RECORD"

 TÉNIS NO ESTORIL
A lista completa de jogadores
 da terceira edição

A organização do Millennium Estoril Open, único torneio português no calendário ATP, confirmou esta terça-feira a lista completa de inscritos para a terceira edição do evento, que volta a disputar-se no Clube de Ténis do Estoril, de 29 de abril a 7 de maio.
.
Em relação a todos os nomes avançados po Record ao longo dos últimos dias, a grande novidade é a inclusão do ex-número sete ATP Richard Gasquet, campeão do torneio em 2015, que no ano passado falhou a prova devido a lesão.

NOMES E CLASSIFICAÇÃO
1. Nick Kyrgios (Austrália), 16.º
2. Pablo Carreño-Busta (Espanha), 19.º
3. Richard Gasquet (França), 22.º
4. Albert Ramos-Viñolas (Espanha), 27.º
5. Gilles Muller (Luxemburgo), 29.º
6. Juan Martin del Potro (Argentina), 34.º
7. João Sousa (Portugal), 35.º
8. Benoît Paire (França), 39.º
9. Kyle Edmund (Grã-Bretanha), 45.º
10. Ryan Harrison (EUA), 47.º
11. Malek Jaziri (Tunísia), 53.º
12. Nicolas Almagro (Espanha), 56.º
13. Federico Delbonis (Argentina), 57.º
14. Tommy Robredo (Espanha), 57.º (ranking protegido)
15. Yoshihito Nishioka (Japão), 58.º
16. Daniil Medvedev (Rússia), 60.º
17. Carlos Berlocq (Argentina), 69.º
18. Denis Istomin (Uzbequistão), 70.º
19. Juan Monaco (Argentina), 72.º

ALTERNATES
20. Kevin Anderson (África do Sul), 74.º
21. Evgeny Donskoy (Rússia), 81.º
22. Stéphane Robert (França), 88.º
23. Gastão Elias (Portugal), 89.º
24. Guillermo Garcia-Lopez (Espanha), 90.º
25. Hyeon Chung (Coreia do Sul), 92.º

* Desejávamos saber qual foi o impacto do torneio do ano passado no circuito internacional.

.
.
HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Portugal pede afastamento 
do presidente do Eurogrupo

O ministro dos Negócios Estrangeiros pediu o afastamento do presidente do Eurogrupo, que disse que os países do sul não podem "gastar o dinheiro todo em álcool e em mulheres".

"Hoje, no Parlamento Europeu, muita gente entende que o presidente do Eurogrupo não tem condições para permanecer à frente do Eurogrupo e o governo português partilha dessa opinião", disse Augusto Santos Silva, em Washington, nos Estados Unidos.
 .
Numa entrevista ao jornal alemão "Frankfurter Allgemeine Zeitung", publicada no domingo, Jeroen Djisselbloem afirmou: "Como social-democrata, considero a solidariedade um valor extremamente importante. Mas também temos obrigações. Não se pode gastar todo o dinheiro em mulheres e álcool e, depois, pedir ajuda."

Augusto Santos Silva considerou que estas "são declarações muito infelizes e, do ponto de vista português, absolutamente inaceitáveis."

"Há, por um lado, o aspeto de uma graçola que usa termos que hoje já não são concebíveis, essa ideia de gente que anda a gastar dinheiro com vinho e mulheres é uma forma de expressão que, com toda a certeza, não é própria de um ministro das Finanças europeu", explicou.
"Pelos vistos, o presidente do Eurogrupo continua, passados estes anos todos, sem compreender o que verdadeiramente se passou. O que se passou com países como Portugal, Espanha ou Irlanda não foi termos gasto dinheiro a mais. O que aconteceu foi que nós, como outros países vulneráveis, sofremos os efeitos negativos da maior crise mundial desde os tempos da grande depressão e as consequências da Europa e a sua união económica e monetária não estar suficientemente habilitada com os instrumentos que nos permitissem responder a todos aos choques que enfrentamos", explicou.

Para o chefe da diplomacia nacional, "está manifesto que o senhor Djisselbloem não tem nenhumas condições para permanecer a frente do Eurogrupo".
"Quem pensa assim, pensa erradamente e infelizmente o presidente do Eurogrupo já nos habituou demasiado a ver erradamente as coisas e a ver menos do que devia, ou mesmo desvalorizar, o esforço que os países estão a fazer", acrescentou.
Santos Silva disse ainda que no caso português o ajustamento que foi feito "foi à custa de muitos sacrifícios que o povo sofreu com uma resiliência e resistência absolutamente assinaláveis".

"Devemos valorizar o esforço dos países que conseguiram ultrapassar a crise e não estar a desprezá-los. Com toda a franqueza, é uma coisa que não fica bem a ninguém", concluiu o ministro português.

*  O homem perdeu a cabeça com as últimas eleições na Holanda, o seu partido de 38 deputados passou para 9, deve ter chutado um cavalo qualquer e está inimputável e também acabado.

.
.

É DE GRAÇA




.
.


1192
Senso d'hoje
MARIA ALICE
SCARANELLO
GASTROENTEROLOGISTA
"CONSTIPAÇÃO INTESTINAL"



O Minutos Qualivida é fruto de uma parceria entre a Unidade Central de Recursos Humanos e o Programa Prevenir do IAMSPE. São vídeos breves,que vão ao ar quinzenalmente, sempre abordando temas relacionados à qualidade de vida. Neles, o Dr. Milton Morales Filho, médico do Iamspe, entrevista diversos profissionais e especialistas. A cada novo programa, um novo tema! Acompanhe.


 FONTE: ESTÚDIO EGAP

.

NOTÍCIAS PARA HOJE

.
COMPRE JORNAIS












.
.
ESCONDERIJOS



.
.

BOM DIA


.
.
.
47-CINEMA
FORA "D'ORAS"

V-FADOS




Um filme de CARLOS SAURA


.