quinta-feira, 24 de novembro de 2016

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.
.

114-ACIDEZ
 

FEMININA


5 MAIORES CONSTRANGIMENTOS
DAS MULHERES

video


A IMPRESCÍNDIVEL TATY FERREIRA


* Uma produção "ACIDEZ FEMININA" - BRASIL


..
.


E L A


video


.
.
XLVII- O UNIVERSO

4- Nêmesis,

a gêmea maligna do Sol


video
.
.
.
 III-HISTÓRIA 
DO TERRORISMO

2-OS ANOS DA GUERRA SANTA
1989 a 2011

video


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.

PEDRO IVO CARVALHO

.




Ninguém gosta de funerais

Um Governo governa e uma Oposição opõe é uma "lapalissada" quase tão grande como estar vivo é o contrário de estar morto. Mas no costumeiro mundo da política lusitana, em que tudo é reduzido à dicotomia argumentativa do preto e branco (quem não está comigo está contra mim), esta evidência não é consensual. Porque temos uma Oposição agrilhoada num discurso que já ninguém quer ouvir. E um Governo cujo triunfalismo de ação vai sendo adubado precisamente por esse vazio de alternância. 
Quem, no seu perfeito juízo, deseja apoiar os portadores das más notícias quando o rasto deixado por aqueles que nos governam é um longo e contagiante manto de otimismo suportado nos números?

A dívida pública aumentou para valores históricos e a economia continua refém da bondade de uma agência de notação financeira que nos vai segurando as pontas no acesso aos mercados. Mas estes dados, que são estruturantes na definição do nosso futuro - e que atravessam os tempos de vida de vários governos -, parecem ter sido reduzidos à condição de males menores, pulverizados por uma bem sucedida estratégia de uma--maioria-que-está-prestes-a-cair-mas-não-cai. Em pouco mais de um ano, António Costa transformou a figura do "não há alternativa" num cadáver ambulante.

Há que reconhecer o mérito a quem conseguiu fazer da realidade um regaço morno para evoluir. Já não há cortes, mas devoluções; a economia cresce, Bruxelas engoliu o sapo e deu positiva ao aluno que era mau e agora é aplicado e inventivo; já lá vão dois orçamentos sem reparos constitucionais; o défice está magro como nunca; o desemprego tomba e até os milionários floresceram na vigência da "geringonça": mais 1300 num ano, provando que a ideologia do dinheiro é a de sempre. O lucro.

Volto ao princípio. Se um Governo governa, é suposto uma Oposição opor. Mas o que temos visto é apenas desorientação. Passos Coelho até pode achar que o seu pragmatismo militante é tão patriótico como o pin que enverga na lapela, mas esta fórmula de ascensão ao poder falhou redondamente. Pelo menos por agora. Mais: se algum dia Passos tiver razão, tê-la-á sempre no contexto de um funeral coletivo. E convenhamos que ninguém gosta de ir a funerais reconhecer que já se antecipava aquele fim trágico para o defunto. Insistir num inferno que não esquenta e acenar com um Diabo que não vem é poucochinho como projeto de alternância.

Um Governo governa, uma Oposição opõe. Aguarda-se o regresso da normalidade.

IN "JORNAL DE NOTÍCIAS"
23/11/16

.
.


1061.UNIÃO



EUROPEIA


.

 República de Montenegro

Leite de burro é aposta de saúde 

video


FONTE: AFPBr

.
.

Vitorino Salomé

Menina estás á janela

video

.
.

 Estados Unidos 

Ódio social cresce desde
a eleição de Trump

video


FONTE: EURONEWS

.
.

HULA HOOP

video


.
.
.

54- JARDINAGEM E

HORTICULTURA

As receitas naturais mais


assassinas contra pragas

video


FONTE: CAROL COSTA


.
.


1074
Senso d'hoje
KAZIM ÖZ
REALIZADOR CURDO
Sobre o seu filme
"Once upon a time"

video

No oitavo Mais Esquerda, entrevistamos o realizador curdo Kazim Öz, que esteve em Lisboa para mostrar o seu documentário "Once upon a time", que conta a história de um grupo de pessoas que, tal como milhões de curdos de todas as idades, são obrigados a deixar a sua terra natal para ir trabalhar numa grande propriedade agrícola, sem segurança e com salários de miséria. A sessão decorreu no MOB - espaço associativo.

FONTE: ESQUERDA.NET

.
.

DORMINHOCOS

video


.
.

BOM DIA


.
.

1-SÉRIES
FORA "D'ORAS"

XXX-BALLET ROSE


VIDAS PROÍBIDAS

video

Ballet Rose - Vidas Proibidas foi uma série de televisão portuguesa produzida pela NBP em 1997 e exibida pela RTP 1 em 1998, que tinha como cabeça de cartaz a actriz Sofia Alves, que protagonizava cenas íntimas na série. Esta baseava-se no escândalo que rebentou em 1967 em Portugal, em que diversos homens ligados às mais altas cúpulas do Estado Novo participavam em orgias com crianças entre os 8 e os 12 anos e em práticas de sado-masoquismo, as quais levaram à morte de, pelo menos, uma mulher.

...
.