segunda-feira, 7 de novembro de 2016

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.
.

2-O PARADIGMA
DO DINHEIRO

video

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.
.
.
.

3-AN EVENING OF DANCE

University of California Television (UCTV)

video


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE  NO
"RECORD"

Fernando Alonso: 
«A F1 era para heróis mas agora
não é preciso grande talento»

Fernando Alonso diz que ainda não pensa em retirar-se e diz que quando o fizer é porque está cansado e não porque está velho. O piloto espanhol da McLaren-Honda, de 35 anos, considera ainda que a F1 mudou muito desde que começou e que agora nem é preciso ter muito talento nem preparação para se chegar ao mundial.
 .
"Quando corria na Fórmula 3, não imaginava que um dia viria para a F1 porque eram necessárias muitas coisas. Era preciso talento e muita preparação. Mas atualmente penso que não é preciso grande talento e definitivamente não é necessário preparação. Antes a F1 era apenas para heróis, tinhas de comer muito para guiar um F1 aos 16, 17... ou mesmo 20 anos. Mas agora estão preparados nos testes de inverno porque os carros são metade da Fórmula 1. À F1 chegam os melhores, mas não precisam de tempo para aprender, não necessitam de tempo para tirar 100% do carro. Não precisam de dois ou três anos para serem fisicamente fortes", afirmou Alonso ao site F1i.com.

Quanto faltam apenas dois Grandes Prémios (Brasil e Abu Dhabi) para o final do campeonato, Alonso, que conquistou os títulos mundiais em 2005 e 2006 pela Renault, ocupa o 10.º lugar no mundial de pilotos com 50 pontos, somando dois 5.º lugares (no Mónaco e nos EUA) como os melhores resultados de 2016.

* Pois é, pode não se ser velho mas idoso talvez.

.
.

MINUTOS DE

CIÊNCIA/116


5-SÉRIE SESI


Desporto e oportunidade


video



.
.
HOJE NO  
"JORNAL DE NOTÍCIAS"
Há 32 anos 
que não se bebia tão pouco leite

Queda na procura associada a uma geração protetora dos animais que desconfia do produto.
Os portugueses estão a ingerir cada vez menos leite. Bebe-se hoje menos per capita do que em 1985, divulga o relatório "Estatísticas da produção e consumo de leite", do Instituto Nacional de Estatística (INE). 
.
No Dia Europeu da Alimentação Saudável, que hoje se assinala, a Direção- -Geral da Saúde (DGS) e os nutricionistas continuam a aconselhar o alimento rico em cálcio e proteínas, a que juntam a vantagem do preço reduzido. 

Para os produtores e indústria, a queda reflete o efeito das "campanhas de intoxicação", baseadas na desconfiança dos seus benefícios.

* Conhecemos nutricionistas que desaconselham vivamente o consumo de leite.

.
.

 III-MEGA MÁQUINAS

2-Porsche 911

video

*Interessante série reveladora da quase perfeição mecânica, notável produção da NG.

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores. 

.
.

HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS

DA MADEIRA"


Semana Bíblica regressa ao Convento
 de Santa Clara com a ecologia 
como pano de fundo

A XXIX Semana Bíblica da Madeira volta a acontecer no Convento de Santa Clara, no Funchal, entre os dias 14 e 18 deste mês. Sob o tema ‘O Evangelho da Criação’ as conferências serão diárias, entre as 19h30 e as 21h30.
.
SERIAM ECOLOGISTAS?
Na segunda-feira, dia 14, cabe a D. António Carrilho abrir os trabalhos com uma apresentação da Semana. Logo de seguida, Maria José camacho vai abordar o tema ‘O que está a acontecer na nossa casa?’

No dia 15, o padre Marcos Gonçalves vai falar sobre ‘O rosto de Deus Criador’ e, na quarta-feira, o frei Herculano Alves’ desenvolve o tema ‘Salmos da Criação’.

No dia seguinte, quinta-feira, dia 17, frei Acílio Mendes reflecte a partir do tema ‘Para ‘uma ecologia integral’ com Francisco de Assis’.

Cabe a Raimundo Quintal encerrar as conferências, na sexta-feira, dia 18, ao desenvolver o tema ‘Educação e compromisso para uma cultura ecológica.

A finalizar o dia e a Semana Bíblica, frei Acílio Mendes protagoniza uma celebração sobre ‘Terra, nossa mãe e nossa irmã’, com base na encíclica ‘Laudato Si’, do papa Francisco.

As inscrições devem ser feitas no Convento de Santa Clara ou na Livraria São Paulo, até ao dia 10 de Novembro, próxima quinta-feira.

* A igreja não pára com o seu aguerrido marketing agora virado para a ecologia, será que as tochas humanas da inquisição não libertavam demasiado CO2

.

DANIELA AFONSO

.




Celíaco?

A Doença Celíaca (DC) é uma patologia autoimune, que ocorre na sequência da ingestão de glúten em indivíduos geneticamente suscetíveis e que se caracteriza por atrofia das vilosidades do intestino delgado. O glúten desencadeia, neste órgão alvo, uma resposta inflamatória mediada pelo sistema imunitário que origina a progressiva destruição da mucosa e lesa as vilosidades, que consequentemente diminuem a sua capacidade de absorção de nutrientes.

Em Portugal, aponta-se que existam entre 10 a 15 mil pessoas diagnosticadas com doença celíaca. Estima-se, no entanto, que o número de celíacos efetivo, ao nível nacional, se situe entre os 70 e os 100 mil. Deparamo-nos com uma taxa de subdiagnóstico de aproximadamente 85%, percentagem de indivíduos que têm a doença, mas desconhecem esse diagnóstico.

O que antes era considerada uma doença pediátrica é agora percebida como uma doença que afeta todas as faixas etárias, o que se confirma através dos novos sócios da APC, em que cerca de 50% dos celíacos inscritos, no passado ano, foram diagnosticados na idade adulta.

Esta doença apresenta uma grande variedade de sintomas e de sinais, podendo atingir o organismo afetando vários sistemas de órgãos ou, no outro extremo, com uma ou outra queixa, por vezes muito ligeiras.

As manifestações da DC são habitualmente divididas em dois grupos: os doentes com sintomas clássicos (frequentes nas crianças) que apresentam casos de diarreia, flatulência, distensão abdominal, cólicas, emagrecimento, desnutrição ou atraso de crescimento; e os doentes com sintomas atípicos, geralmente adultos com sintomas extraintestinais, como: anemia ferropénica, osteopénia/osteoporose marcadas e/ou precoces, dermatite herpetiforme, estomatite aftosa recorrente, infertilidade e abortos recorrentes, alterações neurológicas e psiquiátricas, alterações na função da tiróide, alterações nas análises hepáticas e alterações na dentição definitiva (hipoplasia do esmalte).

Apresenta uma clínica compatível com a descrita? Pode e deve fazer o rastreio. Nos adultos a dificuldade do diagnóstico revela-se porque muitos dos sintomas atípicos são confundidos com os de outras doenças. O rastreio à DC pode ser incluído num checkup anual, pois este traduz-se numa análise sanguínea (serologia) a um marcador específico, que pode solicitar junto do seu médico de família. Devem, ainda, ser rastreados os familiares de primeiro grau de celíacos (pais, irmãos ou filhos), bem como todos aqueles que apresentam patologias que, reconhecidamente, se relacionam com a DC, tais como a diabetes tipo 1, tiroidite autoimune/hiper ou hipo-tiroidismo, dermite herpetiforme, ataxia, síndrome de Down, de Turner ou de Williams e deficiência seletiva de IgA.

A DC é uma doença crónica, ou seja, para toda a vida. O seu tratamento não assenta num esquema medicamentoso ou qualquer outro procedimento clínico, o que existe é uma forma simples de controlo da doença – o cumprimento rigoroso, sem quaisquer exceções, de uma dieta isenta de glúten (DIG). Apenas a eliminação desta proteína da alimentação permite que o intestino regenere por completo da lesão e o organismo recupere.

Excelente notícia para os portadores de DC. Mantendo a DIG, os indivíduos demonstram um padrão de desenvolvimento e uma condição geral de saúde igual ao de qualquer outro individuo que não tenha DC.

Implementando uma dieta isenta de glúten com escolhas saudáveis e diversificadas, respeitando os hábitos alimentares individuais, e necessitando apenas de manter uma vigilância clínica e nutricional, o celíaco torna-se um individuo saudável, mantendo a DC e possíveis patologias associadas controladas.

Entre os dias 4 e 6 de novembro, as estações ferroviárias de Oriente (Lisboa) e Campanhã (Porto) recebem a Check-Up, Dia Nacional do Rastreio, onde a Associação Portuguesa de Celíacos marcará presença para a sensibilização do rastreio da doença celíaca. Esta iniciativa vai contar com a participação de várias sociedades médicas e associações de doentes de todo o país e permitir, num único local, a realização de rastreios a várias especialidades médicas.

Sem glúten! Expressão que se tornou popular no nosso quotidiano. Menu sem glúten? Produtos com a menção «isento de glúten». Quando não é uma escolha, mas sim o tratamento de uma doença, ainda, largamente subdiagnosticada em Portugal e menos conhecida, a Doença Celíaca.
Atentando no alcance e nas implicações da DC, foi fundada em 1992 a Associação Portuguesa de Celíacos (APC), que presta apoio multidisciplinar aos celíacos e seus familiares, facilitando a adaptação à DIG e a manutenção da qualidade de vida após o diagnóstico.

Com sede em Lisboa, a APC chega aos celíacos e seus familiares através do portal (www.celiacos.org.pt), da página de Facebook (/APCeliacos), de newsletters e dos vários eventos realizados ao longo do ano.•

* Nutricionista da Associação Portuguesa de Celíacos

IN "AÇORIANO ORIENTAL"
03/11/16

.
.


1044.UNIÃO


EUROPEIA



.

HOJE NO   
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Alemães dão sete razões 
para investir em Portugal

Quando chega a hora de investir dinheiro, os alemães querem muito mais do que sol, praia e boa comida. Empresas alemãs defendem o investimento no país e dizem porquê, longe da visão fria dos rankings.

Estabilidade e Segurança
Portugal goza de "estabilidade económica e geopolítica". Este é um dos vários motivos porque as companhias estrangeiras devem cá investir, defendeu o director mundial dos centros de telecomunicações da Siemens, Andy Maertz. 
 .

"Se invisto num país, o investimento tem que ser sustentável", apontou o responsável durante um evento da Siemens Portugal que serviu para lançar o Web Summit. Outra das vantagens do país é ser seguro, pois o "crime é muito baixo", sustentou Andy Maertz, descrevendo-se como "o melhor vendedor alemão de Portugal".

Apoios às empresas
O apoio do Estado português às empresas também foi destacado pelo gestor. Primeiro, as condições jurídicas favoráveis como os benefícios fiscais para a criação de emprego. Depois, Andy Maertz também destacou o apoio dado à formação, na forma de apoio financeiro para programas de treino vocacional por parte do Governo português.

Muito talento disponível
A Bosch é outra das empresas alemãs presentes em Portugal e também apresentou vários argumentos porque é que Portugal é um país de confiança para os investidores. "As universidades portuguesas lançam jovens talentos para o mercado todos os anos. A educação académica está entre as mais qualificadas na Europa", defendeu o líder da Bosch Portugal, Carlos Ribas.

Engenharia de qualidade
A qualidade dos engenheiros portugueses foi destacada pela Bosch. "Portugal tem competências na engenharia com pessoas muito qualificadas", destacou Carlos Ribas. Fazendo uma comparação com o passado, a Bosch considera que o nível de educação em Portugal melhorou ao longo dos anos e que há agora mais engenheiros disponíveis para contratar no país. É por isso que a marca defende que um aumento de produção da Bosch em Portugal vai ser sempre "apoiado por engenheiros locais".

Trabalhadores motivados

Na hora de analisar a sua produção em Portugal, a Bosch avalia a qualidade dos seus trabalhadores. "As fábricas da Bosch em Portugal estão fortemente comprometidas e altamente motivadas", afirmou Carlos Ribas. E deu dois exemplos: a baixa flutuação e baixo absentismo nas fábricas da empresa: Aveiro, Braga e Ovar. "A performance das nossas empresas está no topo dentro do grupo. Os trabalhadores são altamente qualificados", declarou o gestor.

Investigação e desenvolvimento

Dos laboratórios e das fábricas da Bosch Portugal saíram 12 patentes em 2015. Este é um bom exemplo da qualidade de criação de  produto no país. "Tem havido uma forte expansão das actividades de investigação e desenvolvimento no país", disse o líder da Bosch Portugal. É por isso que a empresa assinou um contrato de investigação e desenvolvimento com a Universidade do Minho, com o patrocínio do Governo. A empresa conta com mais de 500 colaboradores nesta área, do total de quatro mil em Portugal, com o objectivo de criar novos produtos.

Totalmente integrados com a Europa
Os bons conhecimentos linguísticos dos trabalhadores também foram destacados pela Bosch. "Os portugueses têm bom conhecimento de línguas, especialmente o inglês e o francês", apontou Carlos Ribas. Por seu turno, Andy Maertz da Siemens destacou as "afinidades culturais" de Portugal com a Europa, sublinhando que não existem muitas diferenças culturais entre os portugueses com os restantes europeus.

* Só não daremos "abébias" a Schaubel.


.
.

 2-À Beira do
Dia do Juízo

video

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.
.

.
.
IV- O FUTURO EM 2111
1-SEGURANÇA E
CRIMES DO FUTURO

video

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

...
.
HOJE  NO 
"DESTAK"


Autarca de Cascais pede demissão
 de ministro se não resolver problema
 da linha ferroviária

O presidente da Câmara de Cascais disse hoje que o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, deve demitir-se se continuar sem resolver o problema da linha ferroviária que liga a Lisboa e passa por Oeiras.


Na sua página do Facebook, Carlos Carreiras considera "inacreditável e inadmissível" que Pedro Marques continue sem encontrar soluções para o melhoramento da Linha de Cascais, por "falta de vontade" e por estar "refém dos complexos ideológicos do Bloco de Esquerda e do PCP".

"Se o actual ministro dos Transportes mantiver esta sua atitude incompreensivel e se demite de resolver o problema grave da Linha de Cascais, o melhor mesmo é demitir-se do Governo. Dada a incapacidade do ministro, o assunto agora passa a ter que ser tratado com o senhor primeiro-ministro", refere.

* No tempo em que (des)governava o partido do sr. Carreiras o problema da Linha de Cascais não existia? Não nos lembramos de nenhuma "exigência" semelhante. Fogo fátuo de facebookeiro.

.
.

The Voice Portugal 2016

Marta Carvalho

Run

video

Provas Cegas

.
.
HOJE  NO 
"i"


Cuecas de Eva Braun leiloadas
 por mais de três mil euros

Foram também vendidos um anel e um batom, que também pertenceram à amante de Hitler



Um par de cuecas lilases que pertenceram a Eva Braun foram leiloadas por 2,900 libras (cerca de 3,257 euros). .
Segundo a BBC, a peça de roupa interior, que continha as iniciais da companheira de Hitler, foi leiloada na casa Philip Serrell e só se esperava arrecadar 400 libras (cerca de 450 euros).
Juntamente com as cuecas foram vendidos também um anel de ouro, um batom vermelho, todos eles pertencentes a Eva Braun. O anel foi vendido por 1,250 libras (1,400 euros) e o batom – também com iniciais – por 360 libras (cerca de 400 euros).

Os objetos foram vendidos a um colecionador privado, que vive no Reino Unido.
 
De acordo com o International Business Times, estes itens foram encontrados por um soldado norte-americano, num bunker abandonado no hotel Platterhof, perto de uma casa de Hitler nos Alpes Bávaros.

* Importante notícia para a felicidade dos portugueses, e quando daqui a muito tempo leiloarem as cuecas de Maria Luís?.....

.
.

 1- Before the flood 
(Seremos História)

video

CONTINUA AMANHÃ 17H00

O documentário de Fisher Stevens traz o Mensageiro da Paz da ONU, Leonardo DiCaprio, que nos levará à linha de frente da batalha contra as mudanças climáticas. O ator conversa com algumas das pessoas mais proeminentes na causa como Barack Obama, o ex-presidente Bill Clinton, o Secretário de Estado John Kerry, o Secretário Geral da ONU Ban Ki-moon e o Papa Francisco. Uma produção do National Geographic.

.
.
HOJE  NO

"A BOLA"

Roger Federer fora do top-10...
 14 anos depois


736 semanas depois, Roger Federer caiu do ranking dos 10 melhores tenistas da hierarquia mundial. Desde 14 de outubro de 2002 que o tenista se encontrava dentro deste restrito grupo.
.
O suíço, a contas com uma lesão no menisco do joelho esquerdo, está ausente da competição desde as meias-finais de Wimbledon. No ranking hoje divulgado, o vencedor de 17 torneios do Grand Slam encontra-se na 16.ª posição.

* É preciso ter muita classe!

.
.
 EUROPA
O impacto económico das migrações

video


FONTE: EURONEWS

.
.

HOJE  NO 
  "AÇORIANO ORIENTAL"


Costa anuncia 200 milhões de euros
 para coinvestimento em inovação

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou hoje um investimento de 200 milhões de euros do Estado num programa de coinvestimento para empresas inovadoras que precisam de capital de risco, num evento no âmbito da Web Summit.
 
"O Estado põe 200 milhões de euros mas quem decide a sua aplicação são os investidores internacionais ou nacionais que escolhem as melhores empresas, os melhores projetos, a quem é necessário assegurar ‘venture capital' [capital de risco] para poderem arrancar e desenvolver a sua atividade", anunciou António Costa, na sessão de abertura da Venture Summit, no âmbito da Web Summit.

O chefe do executivo defendeu que este instrumento foi criado porque "muitas empresas em Portugal, sobretudo nos setores mais inovadores e mais disruptivos, da robótica à biotecnologia, têm encontrado dificuldades em encontrar financiadores que estejam capacitados e aptos a perceber os novos desafios e as novas oportunidades dos novos negócios".

"Muitas dessas empresas têm felizmente encontrado financiamento lá fora. Então, percebemos que a melhor forma de apoiar o financiamento era através do coinvestimento e lançámos este programa, ‘o programa 200 M, coinvest with the best' [investir com os melhores]", sustentou.

"Esse é o novo instrumento que criámos, porque julgamos que se pusermos o dinheiro acessível às pessoas certas para realizar os projetos certos, nós teremos condições para fazer os melhores investimentos", reforçou.

O primeiro-ministro disse que seguirá "com muita atenção" o debate desta manhã e todos os trabalhos da Web Summit, que hoje arranca em Lisboa: "Queremos fazer melhor, queremos fazer mais rápido, queremos ir mais longe e sabemos que temos muito a aprender convosco".
.
Palácio de Xabregas
António Costa fez uma curta intervenção no início do evento, que decorre no Palácio de Xabregas, em que intervieram igualmente o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, e o fundador da Web Summit, Paddy Crosgrave.

A Web Summit é uma conferência global de tecnologia, inovação e empreendedorismo que decorrerá até quinta-feira, onde são aguardados mais de 50.000 participantes, de mais de 165 países, incluindo mais de 20.000 empresas, 7.000 presidentes executivos e 700 investidores.

Entre os oradores, estarão os fundadores e presidentes executivos das maiores empresas de tecnologia, bem como importantes personalidades das áreas de desporto, moda e música.

*Um "mãos largas" o sr. Primeiro-ministro.

.
.
HOJE NO
  "CORREIO DA MANHÃ"

Fernando Seara 
vai a julgamento terça-feira

O ex-presidente da Câmara de Sintra, Fernando Seara (PSD), começa a ser julgado na terça-feira, acusado de oito crimes de prevaricação, por alegadamente adjudicar em 2005, sem concurso, obras a duas empresas, no total de 208 mil euros.
.
Segundo o Ministério Público, o antigo presidente da autarquia e um dirigente municipal contrataram duas empresas para empreitadas de iluminação pública no concelho e "as adjudicações foram todas feitas verbalmente, sem quaisquer consultas prévias a outras entidades concorrentes".

O presidente da autarquia entre 2002 e 2013 e o antigo chefe da Divisão de Iluminação Pública e Eletricidade, Vítor Ferreira, foram acusados pelo Ministério Público de oito crimes de prevaricação, mas só Fernando Seara vai a julgamento, porque o dirigente municipal não foi pronunciado pelo juiz de instrução. A pronúncia manteve as acusações ao autarca, que responde por oito crimes de prevaricação, previsto na Lei de Responsabilidade dos Titulares de Cargos Políticos, que pune quem decidir contra o Direito com intenção de "prejudicar ou beneficiar alguém".

Na acusação, a que a agência Lusa teve acesso, o Ministério Público refere que Vítor Ferreira contratou, por ordem do presidente, a empresa João Jacinto Tomé para seis obras de iluminação pública, no total de 157.987 euros, e a Pinto & Bentes para duas empreitadas, por 50.668 euros.

As obras, realizadas em ruas e estradas de Queluz, Vila Verde, Monte Abraão, Agualva e Lourel (Estrada Nacional 9), variaram entre 9.786 e 47.286 euros, sem qualquer concurso ou consulta, e ainda não foram pagas pela câmara, lê-se na acusação. A investigação foi desencadeada pela Câmara de Sintra, já no mandato de Basílio Horta (PS), que remeteu para o Ministério Público um conjunto de 39 obras que teriam sido adjudicadas sem concurso público às duas empresas. No inquérito, o Ministério Público concluiu que quatro obras realizadas pela Pinto & Bentes foram precedidas de concurso público e, das restantes 35, foram arquivadas 27 por não obrigarem à realização de concurso, devido ao valor, ou porque, entretanto, prescreveu o prazo para procedimento criminal.

Entre as adjudicações fora dos procedimentos criminais estão a iluminação do Palácio de Monserrate, gerido pela sociedade Parques de Sintra-Monte da Lua, de que o município é acionista, entregue à João Jacinto Tomé, por 123.970 euros, e a iluminação da Rua Crisóstomo de Sá, em Queluz, contratada à Pinto & Bentes, por 50.951 euros. No inquérito refere-se ainda que "não foram recolhidos nos autos quaisquer indícios da prática dos crimes de recebimento indevido de vantagem, de corrupção passiva ou participação económica em negócio", matéria objeto de arquivamento, tal como os crimes de abuso de poder e de violação de normas de execução orçamental, estes porque prescreveram.

O Ministério Público salientou que as adjudicações foram sempre feitas pelo dirigente municipal e que o autarca "sempre esteve ao corrente de tudo o que se passava", participando depois em reuniões com o objetivo do pagamento das obras. Na fase de instrução do processo, Fernando Seara alegou que as obras decorreram no âmbito de um contrato de concessão de distribuição de eletricidade entre a câmara e a EDP e tomou "uma decisão política" sobre as prioridades das empreitadas de iluminação pública.

A Câmara de Sintra deduziu pedido de indemnização civil contra os arguidos, no sentido de ser ressarcida de valores que vierem a ser determinados nas ações judiciais interpostas no Tribunal Administrativo e Fiscal de Sintra. As duas empresas pretendem ver reconhecidos pela autarquia pagamentos na ordem dos 561.970 euros e de 299.085 euros, mas o pedido de indemnização contra os arguidos não foi admitido no processo.

O magistrado do Ministério Público também não deduziu pedido de indemnização civil por entender não existir "prova de que os factos imputados aos arguidos na acusação tenham causado prejuízo à Câmara Municipal de Sintra". A primeira audiência do julgamento de Fernando Seara está marcada para 08 de novembro, no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste, em Sintra. Contactado pela agência Lusa, o advogado e atual vereador na Câmara de Lisboa declinou comentar o processo.

* Ai que seará, seará....

.
.

 UMA DROGA


UM COMPORTAMENTO

video


.