sexta-feira, 4 de novembro de 2016

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.


VIAJE POR PORTUGAL

COM O STREET VIEW


.
.


10-A ASCENÇÃO

 DO DINHEIRO

O que também grandes banqueiros
e prestigiados políticos não querem
que se saiba acerca do dinheiro

video

* Veja também "O DINHEIRO COMO DÍVIDA" editado nas 5 semanas anteriores ao do início  desta série neste mesmo horário.

** As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE NO 
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Estrada alargada com quatro postes
 a meio em Alijó

A estrada que liga Pegarinhos, em Alijó, ao concelho vizinho de Murça foi reabilitada em agosto, mas a obra deixou quatro postes de iluminação no meio da via.
.

"A estrada foi alargada neste ponto, mas os postes, que já aqui estavam, ficaram exatamente no mesmo sítio. Agora é uma confusão para passar aqui", conta Manuel Granja, agricultor de Pegarinhos que passa diariamente naquele local.

Um dos postes ficou praticamente no meio da via e apresenta-se como um obstáculo a quem por ali quer passar. "Quando vou a descer, nem sei se hei de passar pela esquerda ou pela direita do poste. Ainda não apanhei nenhum susto, mas pode ser perigoso", sublinha Henrique Silva, que trabalha no concelho vizinho e usa a estrada com frequência. O habitante de Pegarinhos admite que a obra era necessária porque "a estrada estava muito esburacada", mas garante que "os postes no meio da estrada não têm jeito nenhum".
 .

A Câmara de Alijó, responsável pela obra, garante que solicitou à EDP, logo no início dos trabalhos, em maio, que removesse os postes e os colocasse mais ao lado, de modo a ficarem alinhados com o novo traçado da via. "A EDP só nos respondeu em agosto a dizer que fariam a alteração no prazo de 60 dias, mas esse prazo já expirou e continua tudo na mesma", esclareceu a técnica da Câmara Municipal, Sandra Figueira.

A intervenção arrancou a cerca de "seis ou sete quilómetros" do local em questão. "Contávamos que os postes já teriam sido mudados quando a obra chegou a este ponto da estrada", explicou. Apesar de admitir que "faria sentido" esperar pela mudança dos postes para proceder ao alcatroamento da via, Sandra Figueira sublinha que "a obra tinha prazos para cumprir" e que "o empreiteiro assumiu a correção do problema".

* A bem da "cultura" a Câmara de Alijó dá trabalho a empreiteiro "impressionista", é que impressiona mesmo.

.
.

OS SINAIS DA QUEDA,

O NOSSO DESTINO



CLIQUE EM "Programa OLHOS NOS OLHOS"

Se no dia do programa, 03 de Novembro, não teve oportunidade de ficar mais esclarecido sobre o tema, dispense-se tempo para se esclarecer agora, este programa é extenso mas terrivelmente claro e polémico.
Fique atento às declarações do Dr. José Ribeira e Castro.

.
.
HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS
DA MADEIRA"

‘EcoPontas’ espalhados pelo Funchal

A Câmara Municipal do Funchal, através do Departamento de Ambiente promoveu, hoje, a IIIª Edição do ‘Funchal sem Beatas’. A campanha teve por objectivo a sensibilização da população para a problemática deste tipo de resíduos espalhados pelas ruas da cidade.
.

“A Cidade a partir de hoje está dotada de oito Ecopontas. São equipamentos novos que de uma forma inovadora e criativa, pretendem incentivar a população a depositar as beatas no recipiente em detrimento de atirá-las ao chão”, referiu Idalina Perestelo, vice-presidente da Câmara Municipal do Funchal.

EcoPontas são dispositivos de mobiliário urbano que terão no topo da sua estrutura uma pergunta periódica, em português e em inglês, sobre temas da catualidade, cultura geral e educação ambiental, cujas respostas serão quantificadas através da introdução de pontas de cigarros.

À semelhança da campanha anterior, ao logo do dia, dois colaborares do Departamento de Ambiente distribuíram eco-cinzeiros, pessoais, portáteis e 100% recicláveis e flyers informativos de forma a sensibilizar os fumadores.

* A iniciativa não podia ser  melhor mas o português fumante, continental ou ilhéu, tem como arreigado acto de higiene atirar a beata para o chão ainda fumegante. Nós quando fumávamos  também éramos bácoros.

.
.
ELEIÇÕES
As abstenções de voto no mundo 
qual o futuro da democracia representativa

video


FONTE: GLOBAL NEWS

.
.
ONTEM NO 
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Guia do Web Summit

Um dos maiores eventos de inovação e empreendedorismo do mundo arranca na próxima segunda-feira. O Web Summit está literalmente a mexer com a capital. Como? Eis as respostas.

Se só agora se apercebeu que um dos eventos do ano em Portugal está prestes a arrancar, nada tema. O Negócios tenta responder a (quase) todas as suas questões sobre o WebSummit.
 .

O EVENTO

O que é o Web Summit?
O Web Summit é uma conferência que reúne empreendedores, investidores, grandes empresas e os seus líderes. Foi fundada pelos irlandeses Paddy Cosgrave, David Kelly e Daire Hickey. A primeira edição decorreu em 2010 em Dublin. A capital irlandesa foi o palco do evento até ao
ano passado.

Onde e quando?
O Web Summit decorre de 7 a 10 de Novembro em Lisboa. O Meo Arena e a FIL, no Parque das Nações, são os locais onde se vão concentrar as actividades diurnas do evento. Isto porque a noite é também uma componente importante do Web Summit, com eventos concentrados na zona do Bairro Alto e Cais do Sodré.

O que fazer para ir?
O Web Summit não é gratuito. Nesta altura, os bilhetes já são dispendiosos – o mais barato custa 1.245 euros. Há alguns meses era possível comprar bilhetes por cerca de 700 euros. O preço depende daquilo a que a pessoa pretende ter acesso. Os mais baratos dão acesso apenas ao espaço de exibição. O bilhete considerado geral (ainda disponível) dá acesso a várias coisas, excepto ao espaço de "network" VIP e ao espaço onde estão os oradores. O bilhete "Premium" só não permite entrar no espaço reservado aos oradores e o bilhete "Platinum" dá acesso a todos os eventos e estruturas de apoio. Na última semana, o Web Summit anunciou que ia disponibilizar cerca de 6.000 bilhetes para jovens entre os 16 e os 23 anos a 9 euros. Esse leilão já terminou e, entretanto, surgiram bilhetes a ser vendidos em grupos do Facebook. A organização já fez saber que os bilhetes são intransmissíveis e que as entradas obtidas com bilhetes comprados através de leilão não serão válidas.

Porquê Lisboa?
A capital portuguesa concorreu e foi escolhida entre um leque de outras cidades europeias. O anúncio foi feito em Setembro de 2015, antes mesmo da realização da última edição em Dublin. Paddy Cosgrave, CEO do Web Summit, já explicou que a saída de Dublin deveu-se sobretudo à falta de condições, nomeadamente ao nível de infra-estruturas e à fraca qualidade do wi-fi. O Web Summit vai realizar-se em Lisboa em 2016, 2017 e 2018. Há ainda a possibilidade de repetir-se em 2019 e 2020, mas estas duas datas ainda não estão fechadas.  O evento vai contar com um apoio de  3,9 milhões de euros, 1,3 milhões por ano, dados pelo Turismo de Portugal, Turismo de Lisboa (ATL) e AICEP (Agência de Investimento de Portugal).

OS NÚMEROS
Quantas pessoas virão?
A organização estima que venham a Lisboa cerca de 50 mil pessoas, oriundas de mais de 160 países, entre jornalistas, empreendedores, investidores e políticos.

Que retorno?
O Web Summit já avançou que é esperado um impacto económico directo de 200 milhões de euros nos hotéis, transportes e restaurantes de Lisboa.

O que é que fica?
O Governo e a autarquia querem que o evento não se resuma a três dias e caia no esquecimento até ao ano seguinte. As autoridades pretendem potenciá-lo para que dele fiquem raízes para atrair empresas e empreendedores, incluindo estrangeiros, para Lisboa e para o país. Neste sentido se enquadra a decisão da autarquia de ficar com um antigo complexo militar, localizado na zona do Beato, onde está a nascer um Hub Criativo. Em resumo, trata-se de colocar Portugal no mapa mundial do empreendedorismo.

Quantas start-ups?
Portugal vai estar representado com 67 start-ups que, além de mostrarem as suas ideias de negócios, estão também à procura de financiamento no evento. Candidataram-se 170 empresas nacionais.

ALOJAMENTO
Como estão os hotéis?
Encontrar quarto num hotel não é uma tarefa fácil num período que o sector classifica de "balão de oxigénio". As unidades de Lisboa estão já com uma taxa de ocupação superior a 90%. Uma pesquisa na plataforma de alojamento Booking mostra que a procura está a ser acentuada, com os últimos quartos disponíveis. A maioria da oferta ainda disponível está acima dos 150 euros por noite.

E o alojamento local?
Não há tanta unanimidade quanto à ocupação do alojamento. Há empresários a dar conta de terem os seus espaços já preenchidos e outros que, sem ter aumentado preços, não registam um aumento de reservas ou visualizações para a semana do Web Summit. Esta modalidade pode, por isso, apresentar-se como uma boa alternativa para quem está a fazer reservas de "última hora". O Airbnb já informou que espera 15 mil visitantes nos alojamentos lisboetas registados na plataforma, com um retorno adicional de 2,8 milhões de euros. França, Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos estão em destaque. Já a plataforma HomeAway informou ao Negócios que 74% dos alojamentos que tem registados já estão reservados para as datas de Web Summit, em comparação com os 47% da semana seguinte.

TRANSPORTES
Que transportes usar?
O Metro de Lisboa criou um passe especial para o Web Summit, alargado aos comboios da CP e aos autocarros da Carris. O passe permite a ida a Sintra e Cascais e pode ser pago com cartões internacionais. Metro e Carris contarão com reforço das frequências. Está previsto um reforço no apoio prestado aos estrangeiros e maior presença das equipas de limpeza e segurança, sobretudo na estação do Oriente.

Há mais táxis?
Os táxis, através da Cooptáxis, terão também mais veículos no terreno, contando com balcões no evento, dotados de tecnologia, para que a sua chegada seja mais rápida. Também a aplicação Mytaxi alertou os táxis parceiros para que estejam mais disponíveis durante o Web Summit e mostrem que o sector está a entrar na era digital. O agendamento de carros é um dos conselhos deixados.

Ir de uber ou cabify?
A plataforma da mobilidade Cabify diz que os parceiros estão sensibilizados para o aumento da procura. As viagens de e para a área do Meo Arena terão descontos imediatos: 15% para contas privadas e 25% para contas de empresas, até um total de 50 euros. Já a Uber não confirmou se haverá reforço no terreno mas lançou uma nova modalidade, a Uberpool, que permitirá dividir os custos das viagens com outros passageiros que sigam na mesma direcção. A poupança poderá atingir os 25%.

Vai para o aeroporto?
O aeroporto Humberto Delgado contará com o dispositivo de segurança habitual. Na área das chegadas estará instalado um local de recepção aos congressistas estrangeiros. A gestora ANA assegura que não é necessário aos restantes passageiros chegar mais cedo ao aeroporto se forem viajar. Não há número adicional de voos por causa do Web Summit: os passageiros foram integrados na operação habitual.

SEGURANÇA
Há mais segurança?
Está montada uma operação de segurança com vários departamentos da PSP, que contará com o Comando Metropolitano de Lisboa, Unidade Especial de Polícia, Corpo de Intervenção e Divisão de Investigação Criminal. Existirão também agentes à paisana espalhados pela cidade, com maior foco no Parque das Nações.

Qual a resposta a emergências?
No Parque das Nações estão instaladas em permanência quatro ambulâncias junto ao quartel general do Web Summit. Em caso de necessidade, e tendo em conta a gravidade, farão o reencaminhamento imediato para o Centro de Saúde dos Olivais ou para o Hospital de Loures.

DIVERSÃO
O que fazer à noite?
O Web Summit tem uma forte componente nocturna, mais descontraída, com a tradição nos Pub Crawls: basicamente são visitas a alguns bares das cidades. A tradição é levada a sério por muitos participantes, sendo de esperar uma enchente também "na noite" durante os dias do evento. As zonas de maior afluência serão o Bairro Alto e o Cais do Sodré. As associações do sector da restauração já apelaram a uma maior flexibilidade dos estabelecimentos quanto aos horários de fecho e alguma compreensão quanto ao eventual barulho nas ruas durante os dias de semana.

E para aquecer antes?
Na pala do Pavilhão de Portugal existirão festas ao pôr-do-sol, entre as 16:00 e as 19:30, a 8 e 9 de Novembro. As iniciativas contarão com músicos e DJs, sendo abertos ao público em geral. As várias regiões turísticas estarão a promover os seus destinos, não faltando gastronomia e vinhos. Para quem não quer perder o que se passa dentro da FIL e do Meo Arena, há transmissão em directo no local.

Onde comer?
Não é preciso sair do recinto do Web Summit para recarregar energias. Contudo, o Parque das Nações está dotado de um vasto leque de restaurantes. Para os que querem ir aos restaurantes da "moda" ou de segmento mais alto na capital, o conselho é reservar com certa antecedência. Se não, ligar antes para perceber como está a afluência dos espaços. Por exemplo, no restaurante Loco, com pouco mais de 20 lugares na Lapa, tem-se sentido mais reservas devido ao evento. Já outros locais, como o Alma e o Feitoria dizem sentir um fluxo normal de reservas de estrangeiros, que não conseguem associar directamente ao Web Summit. Nesta altura decorre também o The Fork Fest, com desconto de 50% na carta de restaurantes seleccionados na capital e que exigem também reserva através da respectiva plataforma.

* Excelente explicação de ANA LARANJEIRO e WILSON LEDO.

.

PEDRO MILHEIRO DA COSTA

.




A Ressaca

O sector turístico vive um estado de bebedeira, estamos todos a “bombar”, as razões são muitas

A ressaca é um estado de alma totalmente democrático, pobres, ricos, nobres, plebeus, homens, mulheres, heterosexuais, homosexuais, bisexuais, todos, pelo menos uma vez na vida, já lá estiveram.

É uma espécie de soco no estomago, um anti-climax, uma descida aos infernos depois de uma breve passagem pelo paraíso! A ressaca é a maior “desmancha prazeres” que eu já alguma vez conheci.
Normalmente, como todos nós sabemos, quando lá estamos, na ressaca, são feitas uma série de promessas e juras eternas; “nunca mais bebo”, “nunca mais saio”, “daqui para a frente é só saladinhas e ginásio”, etc, etc, etc...

Mas há uma raça muito particular de pessoas que eu muito admiro - os precavidos! Há aqueles que andam com uma caixa de gurosan e que antes de ir para a cama fazem um pouco de prevenção com uma ou duas pastilhas daquilo diluídas em muitos litros de agua! Tinha um chefe que, depois de uma noite bem regada e com muitos maços de cigarros, bebia três ou quatro águas com gás seguidas e pedia uma caneca de leite, pimba, emborcava aquilo e ia para casa muito bem disposto, no dia a seguir estava fresquinho que nem uma alface! E há também aqueles ( com a idade fui me juntando a este grupo ) que bebem criteriosamente, não misturam e fogem a sete pés de bebidas mais musculadas!

Ora, o sector turístico vive neste momento um estado de bebedeira, estamos todos a “bombar”, as razões são muitas, deixem-me dizer que eu não embarco na teoria de apontar o Estado Islâmico como único causador desta onda inebriante, obviamente que ajuda, mas não é nem pode ser a única razão, quem anda no turismo há já algum tempo sabe que os destinos turísticos e a massificação desta indústria leva a que o menu de destinos, apesar dos constrangimentos causados pelo EI, esteja mais alargado que nunca, lembro-me de ir a feiras de turismo no inicio da década de 90, e contavam-se pelos dedos das duas mãos o numero de destinos que eram promovidos, hoje, as mesmas feiras multiplicam por dez, vinte, trinta, o numero de sítios que promovem!

Dizia eu, vivemos um momento inebriante, com excelentes resultados, melhores que nunca, mas, porque a vida em geral e em muito particular, a economia, é feita de ciclos, temos que nos preparar para a ressaca!

Como?

Em primeiro lugar, aproveitar este bom momento para requalificar, requalificar tudo! Hotéis, fazendo as remodelações que tem vindo a ser adiadas anos e anos - existem muitos que estão totalmente datados, e assim nunca vão conseguir subir convenientemente os seus indicadores.

Olhar para o staff, formação dentro das unidades, e muito importante, fora das unidades turísticas, preparando bem novos colaboradores ( formação essa que já viu bem melhores dias! ).

Aproveitar este melhor momento de tesouraria para também olhar para os melhores dos melhores colaboradores e fazer aquilo que nos anos maus nunca foi possível, aumentá-los justamente, fazendo crer à restante equipa que vale a pena ser empenhado! Fazendo crer que uma carreira no turismo pode vir a ser bem compensada!

Também o Governo Regional e as Autarquias tem um papel vital nesta preparação; Olhem para as infraestruturas, ou melhor, para a falta delas, fico sempre muito impressionado quando vejo os términos de alguns dos mais conhecidos percursos recomendados, totalmente enfeitados com papel higiénico e respetiva matéria orgânica que normalmente acompanha este artigo de toilete. Não pode ser!

Olhem para a antiga rede viária, naturalmente a eleita pelos turistas! Está em muito mau estado.
Não há meios? Cobrem-nas! Um exemplo, não acredito que haja um turista que se importasse de pagar 5.00 euros para passar por baixo do espetacular “Veu da Noiva”!

Olhem para a limpeza das cidades! Tenho saudades quando o Funchal ganhava o premio de cidade mais limpa do país...

Olhem para o ordenamento urbano, para a requalificação urbana.
É que se quando a ressaca vier ( ela vem mesmo!), o produto estiver neste estado, a enxaqueca vai ser bem mais dolorosa!

IN "DIÁRIO DE NOTÍCIAS DA MADEIRA"
31/10/16

.
.


1041.UNIÃO


EUROPEIA



.

HOJE  NO
"DESTAK"

Primeiro festival de música em casas 
de banho acontece na terça-feira

Quatro músicos vão atuar numa casa de banho na próxima terça-feira, com transmissão em tempo real, um projeto chamado "Bathstage Sessions" que acontece no âmbito da Web Summit, a cimeira de tecnologia que junta 50 mil pessoas em Lisboa.

NO JAPÃO/WC
'Harlem Shake' virou viral na internet ao mostrar pessoas dançando aleatoriamente (Foto: Yoshikazu Tsuno/AFP)

São músicos em ascensão que vão fazer o palco em casas de banho de uma residência para estudantes, com o quarto o espaço reservado para o público, como explicou à Lusa um dos organizadores, João Ribeiro.

Moki, Surma, Darksunn e Mike el Nite são os artistas que aceitaram o desafio e serem os primeiros em todo o mundo a participar num festival de música em casas de banho. Cada atuação deve durar cerca de 45 minutos e a ideia é começar às 19:00, para terminar pelas 23:00, explicou o responsável.

* E a sanita, amplifica???

.
.


II-HISTÓRIA DO SÉC.XX
6- I-GUERRA MUNDIAL
DE 1914 A 1933

video

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.


CASAMENTOS

FORÇADOS

video

Contem a alguém o que está a  acontecer


.
.
HOJE  NO
"i"

Évora. 
Cinco médicos acusados de homicídio
 por negligência

Os cinco médicos foram acusados do crime de homicídio por negligência. A vítima, um homem de 29 anos que tinha sido pisado por um equino, recorreu várias vezes ao hospital em abril de 2009  e foi continuamente enviado para casa. Acabou por morrer.

Cinco médicos foram ontem acusados pelo Ministério Público (MP) de homicídio por negligência na assistência de um homem de 29 anos no Hospital do Espírito Santo de Évora. O caso remonta a maio de 2009.
.
Os médicos em causa estavam de serviço no dia 21 de abril de 2009, quando receberam o paciente com um traumatismo torácico no peito dar ter sido pisado por um equino. O homem – que tinha sido reencaminhado para o hospital pelo Centro de Saúde de Montemor-o-Novo - recebeu alta hospitalar após efetuar exames médicos.

Nos dias seguintes, por não apresentar melhorias, o utente dirige-se outras duas vezes ao referido centro de saúde, voltando a ser reencaminhado para o hospital. Foi internado a 1 de maio, onze dias após o acidente. Acabou por falecer mais de uma semana depois no hospital, vítima de uma paragem cardiorrespiratória.

Segundo uma nota do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Évora, foram “pronunciados cinco médicos, então em funções naquele Estabelecimento Hospitalar, nos termos da acusação do Ministério Público, pela prática do crime de homicídio por negligência”. Durante a investigação, o DIAP de Évora frisa ainda que foram “solicitados pareceres de diferentes especialidades” e foram realidades diferentes perícias médicas.


* A negligência médica está numa escalada preocupante. Nós que em relação aos nossos médicos pessoais só falta colocá-los em altares, pagãos claro, começamos a ficar assustados.


.
.

Celina da Piedade

Insónia

video

.
.
HOJE  NO  
"A BOLA"

Sporting
Campanha de apoio aos sem-abrigo 
no jogo com o Arouca

A Fundação Sporting está a organizar uma recolha de mantas e cobertores, a decorrer no próximo domingo, à margem do jogo com o Arouca, que tem início marcado para as 20.15 horas.
.

A iniciativa visa ajudar os sem-abrigo a protegerem-se do frio neste inverno, apelando-se à adesão dos adeptos para demonstrar mais uma vez o carácter social do clube.

* Como sportinguistas sentimo-nos orgulhosos desta iniciativa, vai atenuar o sofrimento de alguns. 
De realçar que existem muitos clubes em Portugal solidários com os mais desfavorecidos.

.
.
HOJE  NO 
  "AÇORIANO ORIENTAL"

Museu da Horta 
promove oficina de fotografia

A Casa Manuel de Arriaga, na Horta, ilha do Faial, Açores, realiza no dia 12 uma oficina de fotografia orientada pelo fotógrafo profissional Tiago Garcia, anunciou a Direção Regional da Cultura
  .
A iniciativa, promovida através do Museu da Horta, decorre entre as 10:00 e as 18:00 locais e destina-se a todos os que têm interesse pela fotografia, sem qualquer tipo de conhecimento ou com conhecimento médio.
.
CAFÉ INTERNACIONAL
Nesta oficina, que é de frequência gratuita, serão abordados dois grandes temas, nomeadamente a fotografia de rua e a fotografia de viagens, além de uma abordagem técnica de iniciação.

* Uma bela iniciativa, o Museu da Horta é uma casa extraordinária, se for à ilha a visita é obrigatória.
A cidade da Horta tem o Café Internacional o único no mundo que tem quadros genuínos de Almada Negreiros nas paredes, um assombro.

.
.
Annabel Carberry

A Glass of Red

video


.
.
HOJE NO
  "CORREIO DA MANHÃ"

Jovem que afirma estar grávida de Jesus
. fez ecografia

Haley, a adolescente que ficou conhecida por afirmar estar grávida de Jesus no programa norte-americano, Dr. Phil, fez uma ecografia em direto no último episódio do mesmo.
.
O QUE UM PEIDO CRESCE
A primeira ecografia da jovem foi feita pelo Dr. Travis Stork que explicou a Haley que ela não está grávida, como já tinham confirmado todos os testes de gravidez que a rapariga fez.

Na realidade o que a adolescente tem são gases que lhe provocaram a dilatação do intestino e consequentemente da barriga. "Há um pouco de ar nos seus intestinos. Quando estava a mover a sonda ela fazia, de facto, algumas ondulações, mas tanto isso como os supostos pontapés que a Haley sente na barriga, é apenas o intestino a mover-se", explicou o médico.

A jovem não gostou desta explicação e diz ter a certeza de que o que sente é um bebé a mexer. "Sinto muito Dr. Stork, mas não pode mentir para Jesus", diz Haley. Mesmo perante todas as evidências de que a gravidez é apenas uma fantasia, Haley continua a dizer que está grávida e que dentro de pouco tempo dará à luz o Salvador do mundo.

A mãe da adolescente está cada vez mais preocupada com a saúde mental da filha e pede agora ajuda ao programa para que esta seja acompanhada por um psicólogo.

* Os terroristas suicidas vão para o céu chafurdar com virgens, esta está grávida de Jesus quando  afinal são peidos, outra aterrou sem protecção espacial numa azinheira e  há pouco  tempo numa aldeia de Portugal da diocese da Guarda  foi criado o "santo bigodeiro", oh fé  extraordinária...

.
.
HOJE  NO 
 "OBSERVADOR"

Preços do gasóleo e da gasolina 
descem na próxima semana. 
É a maior baixa em nove meses

Os preços dos combustíveis vão descer a partir da próxima segunda-feira nos postos de abastecimento em Portugal, refletindo a forte desvalorização do petróleo nos mercados internacionais.

Os preços dos combustíveis vão descer a partir da próxima segunda-feira nos postos de abastecimento em Portugal, refletindo a forte desvalorização do petróleo nos mercados internacionais ao longo desta semana.
.
De acordo com fontes do setor contactadas pela Lusa, o preço do gasóleo terá a descida mais acentuada, que deverá atingir os 3,5 cêntimos por litro, enquanto a gasolina terá uma queda média de 2,5 cêntimos por litro.

A cotação do petróleo está há várias sessões a negociar em valores mínimos, o que justifica esta redução do preço final dos combustíveis.

De acordo com informação publicada pela Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), o gasóleo simples custava em média 1,189 cêntimos e a gasolina 95 simples 1,408 euros na passada segunda-feira, dia 31 de outubro.

* Mas os preços vão continuar bravos.

.