quarta-feira, 28 de setembro de 2016

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.

 3-Os Extraterrestres


Chegaram


video

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.
.
.
HOJE NO 
"DESTAK"

ACNUR chocado com partido
. dinamarquês que distribuiu
 "spray" contra migrantes

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) afirmou hoje, em comunicado, estar chocado com a distribuição por um partido dinamarquês de extrema-direita de um aerossol contra migrantes. 
 .
O FdP
No sábado, o partido Danskernes (partido do Povo Dinamarquês) distribuiu 137 aerossóis de laca para o cabelo com a etiqueta "Spray Asilo" na cidade de Haderslev para denunciar a chegada de estrangeiros à Dinamarca.

"Algumas meninas dinamarquesas não se atrevem a sair à noite porque há requerentes de asilo na cidade", disse o líder daquela pequena formação política, Daniel Carlsen, justificando o ato que considerou "eficaz" e "legal". 

* adolf hitler não faria melhor!

.
.
.


DONATELLA
VERSACE

FULL FASHION SHOW
INVERNO
2016/2017

video



.
.
 
HOJE NO 
"i"

Inválidos do Comércio. 
‘IPSS dos maçons’ violou lei para se vingar dos que denunciaram má gestão

Segundo acórdão da Relação de Lisboa, Associação dos Inválidos do Comércio expulsou elementos da direção por vingança, uma vez que estes tinham denunciado alegadas práticas de má gestão.
.
O Tribunal da Relação de Lisboa considera que nos últimos anos foram cometidas várias irregularidades na Associação dos Inválidos do Comércio, uma IPSS cuja gestão – ligada ao universo maçónico – tem sido alvo de diversas investigações nos últimos anos. O acórdão proferido a 15 de setembro surge na sequência de um processo iniciado por elementos que foram afastados da direção da associação e em que estes pediam a invalidade de deliberações da Assembleia Geral: uma das quais relativa à sua expulsão e outra que impossibilitou a candidatura de uma lista alternativa às eleições de 2014.

Em primeira instância não lhes tinha sido dada razão, mas a Relação de Lisboa considerou que o afastamento dos diretores – que foram até excluídos como sócios – foi, de facto, ilegal. O acórdão agora proferido (ainda não transitado em julgado) refere mesmo que se tratou que uma vingança por estes terem denunciado problemas de má gestão, nomeadamente uma adjudicação de um serviço de 23 mil euros à Composor, empresa de um familiar de Vozone Damião.

A polémica em torno da alegada má gestão da instituição, rapidamente saiu do mundo profano e transformou-se num problema dentro da própria maçonaria, uma vez que os denunciantes Ricardo Nunes e Pedro Canas Mendes também são maçons.

O i contactou esta semana a Associação dos Inválidos do Comércio para obter uma declaração sobre esta decisão, não tendo recebido qualquer resposta até ao fecho desta edição. Já Ricardo Nunes e Pedro Canas Mendes preferiram não fazer qualquer comentário sobre o caso.

VINGANÇA, SEGUNDO A RELAÇÃO

“Ressalta dos factos provados uma postura de revanchismo para com os autores, que mais não terão pretendido do que garantir um lídimo cumprimento da lei e um regular funcionamento da instituição Ré, cuja gestão o órgão independente e idóneo – inspeção Geral do Ministério da Solidariedade e da Segurança Social – censurou e onde detetou várias irregularidades”, referem os juízes.

A Relação de Lisboa afirma mesmo que o facto de Pedro Canas Mendes, Ricardo Nunes, Fortunato de Almeida e Carlos Alberto e Brito Pina terem feito uma participação criminal era “um direito que lhes assistia”.

Sobre a lista que ganhou as eleições em 2014, liderada por Vítor Vozone Damião, os desembargadores afirmam que a mesma foi irregularmente constituída, lembrando que, como o i já tinha noticiado, foi feita uma alteração dos estatutos de modo a “permitir perpetuar os corpos gerentes”.

Os estatutos que estavam em vigor até 2013 não permitiam que uma direção se mantivesse por mais do que dois mandatos consecutivos, algo que foi alterado com a introdução de uma exceção: “Salvo se a assembleia-geral reconhecer que é impossível ou inconveniente proceder à sua substituição”.

DENÚNCIAS
Foi em 2012 que Álvaro Ricardo Nunes e Pedro Canas Mendes – destituídos da direção – decidiram denunciar as irregularidades em assembleia-geral, no então Ministério da Solidariedade e da Segurança Social e posteriormente ao MP.

Como o i revelou em 2013, a Inspeção do Ministério da Solidariedade e da Segurança Social concluiu que a Associação dos Inválidos do Comércio terá adquirido serviços no valor de mais de 23 mil euros à Composor, empresa do familiar de Vítor Damião, o que se traduz numa “irregularidade”.

GUERRA DE MAÇONS
 Mais tarde, com a investigação do DIAP de Lisboa em curso – que tem em conta outras denúncias além da “irregularidade” detetada pela inspeção –, o caso saiu do mundo profano e entrou no universo da maçonaria. Isto, porque em maio de 2012, o presidente Vítor Damião difundiu um email entre os membros de várias lojas maçónicas acusando os outros dois maçons de vingança e revelando a identidade destes, bem como a loja a que pertencem, neste caso a Liberdade.

A difusão das identidades dos irmãos, a loja a que pertencem – em violação pela Constituição do Grande Oriente Lusitano (GOL) – e as acusações de deslealdade feitas pelo presidente dos Inválidos do Comércio a Canas Mendes e a Ricardo Nunes levaram a uma reação da Loja Liberdade.

Segundo o i apurou, essa queixa foi na altura direcionada para instância equivalente ao Ministério Público maçónico – o conservador-geral de justiça do GOL –, tendo entretanto sido arquivada.


* Alguém desconhece que o universo maçónico é construído em cima de intrigas e conluios e que a aparência  culta e sóbria é só para disfarçar o velhaco labor.


.
.


IV-EVOLUÇÃO


4- O PORQUÊ

DO SEXO

video

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE NO 
"A BOLA"

Estrelas europeias do Pool em Braga

A cidade de Braga acolhe de sexta-feira a domingo a Supertaça de Pool Feminino, que coloca frente a frente Académica de Coimbra e FC Porto, organizada pela Federação Portuguesa de Bilhar (FPB), além de uma prova do circuito europeu (EuroTour) também de senhoras.
.
SARA ROCHA
Os dois eventos, de 30 do corrente mês a 2 de outubro, terão como cenário Bracara – Academia de Bilhar, dirigida pela campeoníssima nacional Sara Rocha, medalha de bronze nos últimos Europeus, realizados em abril, na Áustria.

A Supertaça é a primeira prova oficial da FPB na época 2016/2017 e oporá a temível formação da ‘briosa - constituída por Sara Rocha, Ana Oliveira, Janine Santos e Joana Salgado, além das internacionais Katarzyna Wesolowska (Pólonia) e Jasmine Ouschan (Áustria) - e dos ‘dragões’, esta constituída por Vânia Franco, Inês Silva, Ágata Castro, Eliana Sousa, Mariana Marinho, também reforçadas com Kristina Zlateva (Bulgária) e Amalia Matas (Espanha).

O embate inicia-se à mesa às 16 horas de sábado (dia 30), com quatro jogadoras de uma e outra equipas a defrontam-se em simultâneo noutras tantas mesas, nas disciplinas de ‘bola 8’, ‘bola 9’ e ‘bola 10’. Caso persista o empate, a vitória será decidida por ‘shootout’ (a preta volta à mesa, vence a equipa da jogadora que a embolsar).

A cidade de Braga também será palco do EuroTour feminino de sexta-feira a domingo. A prova, disputada sob a égide da FPB e da European Pocket Billiard Federation) (EPBF) contará com a presença de 64 jogadoras de vários países.

Estrelas maiores a espreitar neste EuroTour na cidade dos arcebispos serão a russa Kristina Tkach - campeã da Europa e número um do ‘ranking’ europeu – a jovem ucraniana Kataryna Polovinchuk e a polaca dos ‘estudantes’, Katarzyna Wesolowska, já campeã da Europa de ‘bola 10’ e colecionadora de muitos títulos internacionais.

O EuroTour é disputado na disciplina de ‘bola 9’, em mesas de nove pés, vencendo a primeira atleta a somar sete vitórias em jogos. As concorrentes estão englobados num quadro global de 64, em sistema de ‘duplo KO’ (só à segunda derrota são eliminadas da prova), a eliminar até restarem 16 sobreviventes, e depois em esquema de eliminação direta: oitavos de final, ‘quartos’, ‘meias’ e final.

A prova vai iniciar-se às 20 horas de sexta-feira (dia 30) e acaba domingo (2 de outubro), com as meias-finais agendadas para as 16 horas e a final às 18 horas. A entrada no recinto para assistir é, tal como para a Supertaça de Pool, gratuita para todos os curiosos, nas instalações da Bracara, frente ao Theatro Circuo (galerias do bingo.

A acompanhar a prova está anunciada a presença do árbitro português Ricardo Vicente (certificado pela EPBF), do presidente da direção da FPB, Ricardo Salgado, e também da diretora desportiva da EPBF, Anamaria Matesic.

Supertaças masculinas remarcadas

Também a realização das Supertaças nacionais de Pool e Pool Português (mesas mais pequenas) masculinas foi oficialmente recalendarizada pela FPB, depois de cancelado o evento, inicialmente previsto para o Snooker Club, em Lisboa, para o último dia 25.

Sporting e Clube de Bilhar de São João da Madeira, em Pool, e novamente o Sporting mas diante da Académica, em Pool Português, vão defrontar-se, afinal, no feriado de 5 de outubro, nas instalações do Café Retiro com História, em Sacavém (Loures), também com entrada gratuita a todos os interessados. 
 
* Quem assistir verá partidas de elevado nível.

.

RAQUEL SEREJO MARTINS

.




Mukashi mukashi

Mukashi mukashi. É assim que em regra começam as histórias no Japão. Esta não é uma história japonesa, nunca fui ao Japão, não gosto de sushi, não me encanto com as cerejeiras em flor, nunca vesti um kimono, gostava de despir um kimono ao caso a uma mulher, parece-me que não é preciso tanta cerimónia para beber um chá, achei graça quando soube que para os japoneses é educado ou polido, à mesa, fazer barulho de sucção ao comer a sopa, não achei graça quando soube que são o maior consumidor de carne de baleia do mundo, de resto gosto de saquê, de kamikazes, em regra traduzido como "vento divino", kami significa "deus" e kaze "vento", eu gosto de lhes chamar tipos com túbaros.

Mukashi mukashi: há muito tempo.

Há muito tempo que não sou feliz.

Há muito tempo que não me vejo a sorrir, ao espelho, numa fotografia, nos olhos de alguém.

Há muito tempo que não tenho vontade de correr para chegar a horas, antes da hora, a um lugar, a uma pessoa.

Há muito tempo que vivo atrasado e sofro as consequências dos meus atrasos, levo raspanetes do meu chefe, dos colegas, dos meus pais, da mulher, dos filhos.

Há dias o mais novo, quatro anos, mal sabe ainda conjugar verbo e sujeito, recusou-se a brincar comigo, o jogo assim não presta, disse naquela voz de falsete de todas as crianças, porque derivado do meu atraso já não tínhamos tempo suficiente para terminar o jogo.
O jogo assim não presta, disse incomodado o petiz, enquanto eu ouvia, em stereo, um pai assim não presta.

No fundo o que todos dizem, a mim ou em cochichos nas minhas costas, que sou um inconsequente, porém não estão certos, estão errados, porque os meus atrasos não são inconsequentes, são cheios de consequências, consequências nada benignas, consequências que me atrasam ainda mais as horas dos dias, a vida.
Porque eu não corro, tudo me corre mal.

No trabalho sou afastado dos novos projectos. Desafios. O director agora diz desafios, e é suposto repetir em coro o refrão da chefia. Desafios que na realidade não têm nada de novo. Trabalho na área administrativa de um aviário, controlo compras e vendas. Todos os dias, com os milhares de ovos que as galinhas põem, faço mesopotâmicas contas num moderno ábaco. Claro que já temos computador, mas confesso que ainda prefiro usar máquina de calcular, o que me subtrai dinamismo, outra palavra querida do meu chefe, no fundo, ou inconscientemente, talvez goste de palavras que começam por "D" e eu gostava de o mandar enfiar um dedo num dedal e, em vez de cortar e coser, que aprendesse a bordar, era bonito e é uma arte que se está a perder.

Ando sempre com uma máquina de calcular no bolso do casaco, o que é visto e somado como mais um dos meus atrasos, apesar de nunca me ter enganado numa conta, nunca ter tido de rectificar uma factura.
Em casa, porque sei que frequenta a casa, a minha mulher tem um amante, o mesmo amante há oito anos, o que me leva a questionar-me porque é que ainda não me deixou, talvez os filhos, os nossos, ou os dele, que também tem dois rapazes.

E percebendo tudo isto eu devia mudar mas não mudo nada, não mexo uma palha, sou uma montanha sem Maomé, sou um bicho sem fé.

Ou mudo, mudei uma coisa, comecei a ler poesia, que, dizem, a vida precisa de poesia, e só uma pessoa percebeu a mudança, o meu pai, que não me disse nada, que ouvi depois comentar com o meu irmão mais velho, agora é que não se pode contar com ele para nada.

E ontem li um poema de um poeta japonês do século XVII, Matsuo Bashô, em que dizia mesmo em Kyoto tinha saudades de Kyoto, o que, como se eu fosse também japonês, como se tivesse crescido, envelhecido, a comer sopa de miso, me deixou a pensar, que sendo quem sou, que estando onde estou, tanto gerúndio mais pareço nativo de um país tropical, abençoado por deus e bonito por natureza, mas o facto é que não tenho saudades de mim.

Não tenho saudades nem sonhos, não tenho passado, não tenho futuro.

Tenho presente.
O presente é inevitável. Respiro, leio muito, o que para mim é como respirar, às vezes brinco com o meu filho, o mais novo, que o mais velho já não me liga, faço amor, não lhe devia chamar amor, almoço aos domingos ora em casa dos meus pais ora em casa dos meus sogros, passeio o cão, corto a relva, levo o carro à revisão, não falto ao trabalho, não me engano nas contas, porém chego sempre atrasado a esta vida que não escolhi, na qual não sei como me meti, mas aos presentes não é suposto fazer cara feia.

* Escritora

IN "SÁBADO"
26/09/16

.
.


1004.UNIÃO


EUROPEIA



.

HOJE  NO 
"AÇORIANO ORIENTAL"

Congressista alertou secretário 
da Defesa dos EUA sobre 
"provável" uso das Lajes pela China

O congressista lusodescendente Devin Nunes avisou o secretário da Defesa dos Estados Unidos que é "provável" que as instalações da Base das Lajes "acabem na posse do governo chinês", confirmou hoje à Lusa uma fonte do Congresso norte-americano.
  .
"Como muitos no Congresso avisaram no passado, vários altos-representantes chineses visitaram os Açores em anos recentes. Sei agora que a China enviou uma delegação de cerca de 20 representantes, todos fluentes em português, numa viagem de pesquisa que durou semanas e que culmina com a visita do primeiro-ministro, Li Keqiang", disse Devin Nunes numa carta enviada a Ashton Carter na semana passada.

O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, encontrou-se com o primeiro-ministro chinês na segunda-feira na ilha Terceira, Açores, mas disse que o encontro servia para preparar a visita do primeiro-ministro de Portugal, António Costa, à China e que não tinha "agenda escondida."

Na carta interna, o congressista de origem açoriana garante que "a delegação chinesa é indicada como estando em negociações para expandir os seus investimentos e presença nas ilhas, incluindo o porto de mercadorias na Terceira, e que também expressaram interesse em utilizar a pista aérea da Base das Lajes."

O presidente da Comissão de Serviços de Informação da Câmara dos Representantes, a câmara baixa do Congresso dos Estados Unidos, explica que "a China tem espalhado a sua influência através de investimentos em infraestruturas semelhantes em Djibouti, no Sri Lanka, e em outras partes do mundo".

"Está agora a usar as mesmas táticas para estabelecer um ponto de apoio nos Açores, o que, se for bem sucedido, será usado como um centro de informações e logística que, no limite, pode ser expandido para usos militares, junto de estruturas criticas aos militares americanos", avisou Devin Nunes na carta.
Em julho de 2014, o Presidente da República Popular da China, Xi Jinping, esteve na ilha Terceira durante cerca de oito horas, numa escala entre o Chile e Pequim, em que aproveitou para se reunir com o então vice-primeiro-ministro de Portugal, Paulo Portas.
Já em 2012, tinha estado na ilha o primeiro-ministro chinês da altura, Wen Jiabao, acompanhado por uma comitiva de mais de 100 pessoas, numa escala técnica entre o Chile e a China, que demorou cerca de cinco horas.

Em junho deste ano, o presidente do Governo Regional dos Açores, recebeu, em Ponta Delgada, o ministro do Mar da China, Wang Hong, que destacou o potencial dos Açores na área do mar.
Todos estes encontros aconteceram depois de os Estados Unidos anunciarem a redução da sua presença militar na Base das Lajes.

"Estamos, efetivamente, a desinvestir de mil milhões de dólares em infraestruturas nas Lajes, que é provável que acabem na posse do governo chinês", concluiu Devin Nunes.

* A China vai engolir a Europa em três décadas ou menos. Se os chineses "alugarem" a base das Lajes entra dinheiro fresquinho para o comércio da Terceira, pois são vorazes consumidores, depois comem os açorianos com pauzinhos e recuperam o "guito".

.
.

V.A ERA DOS JOGOS EM VÍDEO


2-O CORAÇÃO

video

.

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
 PERU
Um novo sabor
video


FONTE: EURONEWS


.
.
HOJE  NO  
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Petróleo dispara 5% 
depois do acordo da OPEP

O petróleo dispara 5% depois do acordo da  OPEP de limitar a produção em Novembro.
 .

A OPEP na reunião da Argélia chegou a acordo para limitar a produção de petróleo a 32,5 milhões de barris por dia.

Os detalhes serão mais completos na reunião oficial de 30 de Novembro em Viena.

O preço do barril de Brent, de referencia na Europa, sobe 5,76% até aos 48,62 dólares. Por otro lado, o barril do petróleo West Texas, referência nos EUA cota com avanços de 5,15% até os 46,97 dólares.

* Alguém acha que os "dissidentes" vão respeitar o acordo? Os tugas continuarão a pagar sem bufar.

.
.
Carminho
Canta Queen

Kind of Magic


video

.
.
HOJE NO 
"CORREIO DA MANHÃ"

140 detidos desde início do ano
 pelo Escola Segura

A Polícia de Segurança Pública (PSP), no âmbito do programa Escola Segura, já deteve mais de 140 pessoas, apreendeu mais de 4.000 doses de droga e 17 armas desde o arranque do ano letivo, segundo uma nota divulgada hoje. 
 .

Segundo a PSP, desde o início das atividades letivas, o Escola Segura, que tem por missão garantir a segurança de 3.400 estabelecimentos de ensino, os agentes afetos ao programa já realizaram cerca de 880 contactos individuais, 240 ações de sensibilização e 580 operações a nível nacional, "nas imediações das escolas e nos percursos casa-escola dos alunos, pais, professores e auxiliares de ação educativa, com o intuito de prevenir a criminalidade, a delinquência e os riscos de segurança ligados à condução". 

Nas ações "especificamente orientadas para a comunidade escolar", a PSP apreendeu "mais de 4.270 doses de droga e 17 armas", tendo ainda detido mais de 140 pessoas, "a maioria das quais por condução com excesso de álcool (40) e tráfico de droga (35)". 

A PSP registou ainda "mais de 2.140 contraordenações rodoviárias e cerca de 30 por incumprimento de legislação sobre estabelecimentos, sendo a maioria por consumo de droga".

 De acordo com os números da polícia, o programa garante todos os anos a segurança de cerca de 3.400 estabelecimentos de ensino do pré-escolar ao ensino universitário e profissional, que abrangem quase 1.100.000 alunos e 144.000 professores e auxiliares. 

* O programa "Escola Segura" é notável na sua eficácia, desconhecemos se os meios são suficientes, mas os agentes são todos dias heróis anónimos.

.
.

HOJE NO
"OBSERVADOR"

MH17 foi abatido com ajuda da Rússia

Separatistas apoiados pela Rússia pediram e receberam o sistema de misseis terra-ar utilizado para abater o avião que voava de Amesterdão para o Kuala Lumpur em julho de 2014. Morreram 298 pessoas.

A equipa de investigadores liderada pela Holanda concluiu que o sistema de mísseis terra-ar usado para abater um avião da Malaysia Airlines que viajava de Amesterdão para o Kuala Lumpur há dois anos, matando 298 pessoas, era russo, estava localizado na Rússia e foi enviado para a Ucrânia a pedido de rebeldes separatistas ucranianos apoiados pelo Governo russo, tendo regressado à Rússia na mesma noite, avança o New York Times.
.
Em julho de 2014, um avião da Malaysia Airlines sobrevoava a Ucrânia, num voo de Amsterdão para o Kuala Lumpur, quando a cerca de 50 quilómetros da fronteira com a Rússia a comunicação foi interrompida. O avião acabaria por cair perto de Donetsk Oblast, na Ucrânia, a 40 quilómetros da fronteira com a Rússia.

As razões da queda do avião, que aconteceu numa altura em que se travava uma batalha pelo controlo da região, foram analisadas por uma equipa liderada por investigadores holandeses – o MH17 era um voo operado em conjunto com a KLM, a companhia aérea holandesa -, que concluíram que houve mão do governo russo no ataque.

O relatório confirma o papel da Rússia não apenas na disponibilização da arma, um poderoso sistema antimíssil terra-ar, usada para abater o avião, mas também na tentativa de esconder a responsabilidade do incidente.

Poucos depois da queda do avião, os investigadores holandeses queixaram-se da obstrução dos russos no acesso ao local e na devolução dos corpos encontrados. Agora, a conclusão da equipa com procuradores da Holanda, Austrália, Bélgica, Malásia e Ucrânia, deverá não só abrir uma longa disputa diplomática com a Rússia, mas também apresentar provas necessárias admissíveis em tribunal, e construir um caso que possa implicar diretamente a Rússia.

* O que há muito se desconfiava confirma-se agora, Vladimir Putin é um bandido

.
.

Vozes da crise venezuelana

video


FONTE: AFPBr


.
.

HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

44% dos idosos portugueses
 têm excesso de peso

Segundo o estudo a taxa de homens com excesso de peso (cerca de 50%) é superior à das mulheres que fica pelos 40,3%. No entanto, a obesidade é maior nas mulheres (44,5%) do que nos homens (30,6%)
 .
Cerca de 44% dos idosos portugueses apresentam excesso de peso e 39% têm obesidade, indica um estudo da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto.

Os resultados são apresentados numa conferência que está a decorrer na Fundação Engenheiro António de Almeida, no Porto, tendo sido facultados esta quarta-feira à agência Lusa.

Segundo esses dados, obtidos no âmbito do Nutrition UP 65 (projeto sobre o estado nutricional dos portugueses com mais de 65 anos), a taxa de homens com excesso de peso (cerca de 50%) é superior à das mulheres (que fica pelos 40,3%), sendo, no entanto, a obesidade maior nas mulheres (44,5%) do que nos homens (30,6%).

Iniciado em abril de 2015, o projeto tem como objetivo aumentar o conhecimento dos profissionais de saúde e criar mudanças a médio e longo prazo na vida da população idosa, de acordo com a coordenadora do projeto, a professora Teresa Amaral.

Até ao momento, foram estudados os dados recolhidos entre dezembro de 2015 e junho de 2016, numa amostra representativa de 1500 pessoas idosas, de acordo com o intervalo de idades, o género, o nível de ensino e a área regional do país.

No que toca à desnutrição, que afeta cerca de 15% dos idosos, a prevalência de mulheres desnutridas ou em risco nutricional é de 18,7%, superior à dos homens, que ronda os 13%.

Relativamente à sarcopenia (perda de massa, força e função musculares em consequência do envelhecimento), cerca de um décimo da população idosa apresenta os sinais, sendo semelhantes os valores em ambos os sexos.

Quanto à hidratação, os dados indicam que 494 participantes, mais de um terço da amostra, estavam desidratados, apresentando os homens uma proporção mais elevada (47,1%), em comparação com as mulheres (30,5%).

Outro dos resultados demonstra que a grande maioria dos idosos, mais de 85%, consome sal em excesso, sendo o valor mais alto registado nos homens, 91,8%, ficando as mulheres pelos 80,4%.

Cerca de sete em cada dez apresenta deficiência em vitamina D, com maior prevalência nas mulheres, com uma percentagem de 72,7%, superior aos 63,7% verificados nos homens.

Segundo o investigador da FCNAUP Rui Valdiviesso, as alterações no estado nutricional têm implicações na fragilidade - associada à uma maior morbilidade e mortalidade nos idosos -, apresentando 20,6% dos idosos sinais desse fator, com uma maior incidência nas mulheres (25,5%) comparativamente aos homens (14%).

Os baixos níveis de vitamina D, a desidratação e o elevado consumo de sal também associam-se a complicações clínicas.

Este projeto conta com a participação dos investigadores da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, do Departamento para a Pesquisa do Cancro e Medicina Molecular da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia e da Unidade Local de Saúde do Alto Minho, EPE.

O NutritionUP 65, que vai ser finalizado em abril de 2017, foi financiado pelo EEAGrants - Programa Iniciativas de Saúde Pública - em 519 mil euros.

* São muitas horas em frente da televisão sem andar, sem comida de qualidade e sem beber água.

.
.
HOJE NO
"RECORD"

Portugal integra calendário do 
Mundial de 2017

Portugal volta a figurar no calendário do Campeonato do Mundo de ralis de 2017, com a competição a realizar-se de 19 a 21 de maio, com centro nevrálgico em Matosinhos.
 .
A prova é a sexta do calendário provisório atualmente reduzido a 12 etapas -- foram 13 em 2016 -, sendo que a Federação Internacional do Automóvel (FIA) ainda não revelou as datas das últimas cinco provas já validadas.

O calendário definitivo, que poderá incluir mais etapas, será conhecido apenas a 30 de novembro, no conselho mundial da FIA.

* Muito bom para promover o país e para a modalidade.

.
.

 AO ABANDONO

video



.
.
HOJE NO 
"JORNAL DE NOTÍCIAS"
Viveu 32 anos com problemas 
motores por erro de diagnóstico

Mulher sofreu toda a vida de problemas de locomoção mas só este ano soube que padecia de miastenia congénita.
 .
 Assim que leu no JN, no domingo, a história de Rufino Borrego, o homem de 61 anos do Alandroal que ficou preso a uma cadeira de rodas 43 anos devido a uma diagnóstico errado em criança, Paula Cunha quis logo falar com ele para trocar experiências.

Ela também passou por um calvário de 32 anos até descobrir, em junho, que tinha o mesmo problema.

* E perguntar ao sr. bastonário da Ordem dos Médicos se os autores destes erros clamorosos deviam pagar IVA, não foi ninguém das terapias alternativas que os cometeram.!

.