sexta-feira, 9 de setembro de 2016

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.




40.O QUE NÓS


"APRENDEMOS"!



 

XADREZ


HISTÓRIA E REGRAS




.
.


2-A ASCENÇÃO

 DO DINHEIRO

O que também grandes banqueiros
e prestigiados políticos não querem
que se saiba acerca do dinheiro



* Veja também "O DINHEIRO COMO DÍVIDA" editado nas 5 semanas anteriores ao do início  desta série neste mesmo horário.

** As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.
.
.
.
HOJE NO
"i"

Nuno Artur Silva dá a sua versão
 da história na polémica da RTP

A administração da RTP enviou esta sexta-feira um esclarecimento aos trabalhadores para tentar pôr um ponto final na polémica lançada pela entrevista de Luís Marinho ao i, que acusa o administrador Nuno Artur Silva e o diretor Daniel Deusdado de contratar profissionais e conteúdos das suas produtoras, a Produções Fictícias e a Farol de Ideias.

Na nota interna a que o i teve acesso, Nuno Artur Silva desmente que isso esteja a acontecer e garante estar a cumprir as recomendações feitas pela CRESAP e pela ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social) aquando da sua contratação.

“Desde que Nuno Artur Silva começou a exercer o cargo de administrador da RTP não houve nenhum contrato, venda de programa, ou conteúdo das Produções Fictícias à RTP”, assegura-se no documento, que garante que o administrador deixou de exercer funções nas Produções Fictícias “antes mesmo de ter entrado na Administração da RTP”.

Quanto aos profissionais ligados às Produções Fictícias que, entretanto, têm sido contratados pela estação do Estado, a administração também assegura não haver qualquer privilégio ou promiscuidade.

“Em relação às dúvidas sobre a contratação de profissionais das Produções Fictícias para a RTP, importa esclarecer que a RTP apostou desde sempre em conteúdos de humor, rubricas, programas, textos, etc., contratando largas dezenas de profissionais para projetos específicos para a rádio e a televisão nos últimos anos. Alguns deles colaboraram com as PF, como freelancers, antes e depois de terem colaborado com a RTP, facto absolutamente natural, dado o humor ser uma área a que as duas empresas deram particular atenção. Estas colaborações são temporárias e não implicam a entrada nos quadros da RTP”, esclarece a administração.

A nota interna dá também garantias de que o diretor de Programas Daniel Deusdado não tem privilegiado a produtora da qual a sua mulher ainda é sócia.

“A RTP não contratou nem contratará nenhum conteúdo novo à produtora “Farol de Ideias/Biocastelo” a que Daniel Deusdado pertenceu, continuando a emitir apenas o programa “Biosfera”, em antena na RTP desde 2005 (aliás na RTP 2, que não depende de Daniel Deusdado) e autorizado pela ERC”, garante a administração.

Uma vez que esta semana o PSD enviou, através do Governo, um conjunto de perguntas para esclarecer os contornos das denúncias feitas pelo ex-administrador Luís Marinho na entrevista ao i, Nuno Artur Silva aproveita a nota interna para assegurar estar disponível para dar todas as explicações necessárias.

“O Conselho de Administração da RTP estará, como sempre esteve, disponível para esclarecer todos os seus atos de gestão, nos fóruns próprios, em nome do rigor, da transparência e de um Serviço Público de Media cada vez mais forte”, lê-se no documento.


* É muito fácil em Portugal atacar a seriedade das pessoas, o que tornou Luís Marinho tão despeitado???


.
.

A CONJUNTURA

ECONÓMICA

ACTUAL



CLIQUE EM "Programa OLHOS NOS OLHOS"

Se no dia do programa, 7 de Setembro, não teve oportunidade de ficar mais esclarecido sobre o tema, dispense-se tempo para se esclarecer agora, este programa é extenso mas terrivelmente claro e polémico.
Fique atento às declarações do Dr. Pedro Braz Teixeira.

.
.
HOJE NO 
"A BOLA"

José Manuel Meirim coordena pós-graduação em Direito do Desporto

José Manuel Meirim, atual presidente do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, coordena um curso de pós-graduação em Direito do Desporto na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

O curso, a realizar entre 14 de outubro e 25 de fevereiro, foi organizado de forma a facultar um saber especializado no domínio das relações entre o Desporto e o Direito, possibilitando a quem o frequente um conhecimento acrescido das normas que regulam a atividade desportiva, sob múltiplos prismas.

Como destinatários aponta-se juristas e outros licenciados, colaboradores de clubes desportivos, sociedades desportivas, ligas profissionais, federações desportivas, dirigentes desportivos, treinadores, gestores desportivos, intermediários e outros profissionais relacionados com o Desporto.

* Um dos portugueses mais competentes na sua área.

.
.
ONU
Como funciona a estrutura



FONTE: Xadrez Verbal

.
.
HOJE NO
"AÇORIANO ORIENTAL"

Detido homem suspeito de pornografia de
. menores e abusos sexuais nos Açores

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção, nos Açores, de um homem de 23 anos suspeito de crimes de abuso sexual de crianças, pornografia de menores agravado, aliciamento de menores para fins sexuais, importunação sexual e ameaça.
  .
Em comunicado, o Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada da PJ esclarece que as vítimas são “meninas entre os 12 e 14 anos” e que os factos ocorreram no concelho de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel

Segundo a PJ, os crimes terão iniciado em 2014, “com o detido a abordar as vítimas através de comunicações móveis e intervindo sobre elas com conversas de teor sexualizado, convidando-as para encontros íntimos e solicitando-lhes envio de fotos”.

Na sequência de uma busca domiciliária, foram “detetadas no seu perfil de rede social grande quantidade de imagens de menores, com as quais manteria contactos de teor sexual”, adianta a PJ.
O arguido vai ser presente a um juiz de instrução criminal para primeiro interrogatório e eventual aplicação de outras medidas de coação.

Fonte da PJ informou que no âmbito deste inquérito estão identificadas três vítimas, prosseguindo a investigação.

* Prisão com ele, os pedófilos bons são os que repousam no cemitério.

.

JOSÉ PACHECO PEREIRA

.





O drama do fim de férias

Poucos dias podem ser mais infelizes do que os últimos dias de Agosto. Ainda são Agosto, ou seja, para a maioria das pessoas, são férias, e já são os últimos, ou seja, anunciam o trabalho. Como o ciclo de vida das pessoas é cada vez mais feito pelos media, ou melhor, por uma combinação entre o que dá na televisão, o que aparece e se discute nas "redes sociais" (que acaba também por ir parar à televisão), e em muito menor grau, o que aparece nos jornais, principalmente no Correio da Manhã (e que acaba também por ir parar à televisão), há uma simbiose profunda entre a "produção de estados de alma" e o consumo desses mesmos "estados de alma".

A agenda da silly season
A agenda que molda estes últimos dias de Verão ajuda à depressão. Ela é uma forma de síndroma de abstinência, é a difícil saída dos media de uma coisa de que particularmente gostam, a silly season. Como o futebol pára, não há muita política e a que há é demasiado ritual para ter interesse, está toda a gente a banhos, as redacções entregues ao pessoal menor – em bom rigor se fosse ao "maior" era a mesma coisa –, resta a agenda de Agosto que é a mais estereotipada de todas as agendas dos media: incêndios, saída das cidades para férias, retorno do fim das férias, operações da GNR, prevenções da PSP quanto aos roubos nas casas vazias, vinda dos emigrantes, ida dos emigrantes, e muita praia sob todos os pretextos.

A construção da silly season
A partir daqui constrói-se a silly season, que pode ser mais ou menos animada. A silly season é feita por uma combinação de "casos", crimes, acidentes, catástrofes, para o exercício de uma coisa que a televisão faz muito bem, a masturbação da dor. Este ano tivemos os incêndios, o terramoto em Itália, o espancamento de um jovem por dois irmãos iraquianos, as imagens do rapazinho sírio, e mais uns crimes avulsos, mais ou menos espectaculares, com destaque para o assassinato de umas jovens brasileiras, com o detalhe "gore" de terem sido deitadas numa fossa. O pano de fundo, o cenário, são as "férias dos famosos", a mais inútil manifestação da silly season, que funciona como a imagem inicial do ecrã dos telemóveis.

São tudo notícias?
São tudo notícias? Seriam tudo notícias se tivessem sido dadas como notícias e não como entretenimento. Num caso, a história e as imagens que correram o mundo do rapaz sírio, que tudo indica ser mais uma das múltiplas manipulações oriundas da Síria, sobre as quais não há qualquer verificação independente, mas que, quando aparecem, ninguém quer saber e é só esperar até à próxima.

São tudo notícias? Seriam. Ao serem dadas como entretenimento, com os longos directos inúteis, com a exploração de declarações mais ou menos exibicionistas do género "eu não vi , mas foi o que me disseram", com o tratamento das imagens, a mais "poderosa" manipulação que há, os media são nestes meses a maior contribuição para o embrutecimento colectivo. Os media e o Sol a pique. E como já há bastante, bem se podia evitar esta dose. Infelizmente, como quase sempre acontece, ela é oferecida também porque é desejada, numa simbiose de produto e consumo, que inclui uma dose considerável de dopagem, de habituação e de "agarramento".

Embrutecer
Quando se passa em Agosto por uma festa popular, podemos encontrar mil e uma coisas boas, mas há também uma dose considerável de boçalidade, de rudeza, de má educação, de péssimos costumes de egoísmo, pura procura de auto-satisfação imediata, de violência à flor da pele, de embriaguez, que começa nos adolescentes e continua nos adultos que já os fizeram à sua imagem e semelhança. Assim, como se dizia antes, não se anda para a frente.

E se há uma coisa para que não tenho paciência é para a desculpa de que "lá está o intelectual que não participa nos prazeres simples do povo". Tretas! Conheço um número considerável de intelectuais que acha tudo isto muito bem, que justifica tudo o que se passa e teoriza o bastante para legitimar tudo o que acontece. Não sou dessa escola, e sempre achei que o pior que se pode fazer ao "povo" é puxá-lo para baixo em vez de o tratar com a igualdade de o desejar mais "acima", que é aliás o que qualquer pessoa decente, seja qual for a sua educação, modo de vida e profissão, deseja para si e para os seus.

O que se passa neste infeliz País é que há demasiadas coisas a puxar para "baixo" ou a travar o caminho para cima. E como se passa sempre nestes casos não faltam pessoas, muitas por interesse ou elitismo – isso sim verdadeiro elitismo –, a ajudar a manter o estado de coisas. Aqui, como em muitas outras matérias, há também uma "luta de classes" latente, que encontra um "ópio" (e uso deliberadamente uma das expressões mais viciadas que há) neste embrutecimento colectivo. Com uma classe média a afundar-se na proletarização, dificilmente seria de outra maneira. Mas não há problema, vem aí o futebol…

IN "SÁBADO"
02/09/16

.
.


985.UNIÃO


EUROPEIA



.

HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Escândalo Volkswagen: 
Parlamento alemão investiga
 se o Governo sabia

Há cerca de um ano que eclodiu o escândalo da manipulação de emissões tóxicas por parte da Volkswagen e, agora, os fumos chegam ao Bundestag: o Parlamento alemão tem uma comissão especial de investigação para perceber se o Governo de Angela Merkel tinha conhecimento de que o fabricante iludira as autoridades norte-americanas do meio ambiente e, desse modo, continuara a vender os carros a diesel como se tudo estivesse normal.
 .
 Segundo a imprensa local, por iniciativa da esquerda e dos Verdes, a comissão parlamentar foi criada e, ainda antes do começo da actividade, deixou acusações a Alexander Dolbrindt, ministro dos Transportes e das Comunicações, referindo que ignorou várias denúncias acerca dos actos de manipulação com o intuito de proteger a indústria automóvel da Alemanha. 

Na semana passada, diversos órgãos de comunicação social noticiaram que o Executivo de Merkel sabia, pelo menos desde 2010, que a Volkswagen e outros fabricantes agiam de forma fraudulenta no capítulo das emissões poluentes. 

E mencionaram mesmo um relatório do clube automobilístico germânico (ADAC), remetido para o Ministério do Ambiente, onde se dava conta de manipulações por parte das firmas tendo por objectivo que os carros a gasóleo respeitassem nos testes, mas não no dia-a-dia, os níveis das emissões de dióxido de carbono.

* A Wolfgang Schauble não escapava nada



.
.


I-HISTÓRIA DO SÉC.XX
2-O COMEÇO DO SÉCULO
DE 1890 A 1913




* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

..
.

Exploração de minerais em alto mar
Consequências



FONTE: EURONEWS

.
.
HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"

487 novos agentes na PSP

A maioria dos 487 novos polícias que esta sexta-feira terminou o curso de formação de agentes vai ser colocada no Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, segundo aquela força de segurança. Em comunicado, a direção nacional da Polícia de Segurança Pública indica que 455 novos agentes vão ser colocados no Comando Metropolitano de Lisboa e os restantes 32 no Comando Regional dos Açores. 
 .
Os 487 novos polícias frequentaram desde 23 de novembro de 2015 o curso de formação de agentes, que decorreu em regime de internato na Escola Prática de Polícia, em Torres Novas, cuja cerimónia de encerramento se realizou hoje com a presença da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa. De acordo com a PSP, foram admitidos ao curso 500 alunos e concluíram com êxito 487, sendo 45 mulheres e 442 homens, com uma média de idades de 24 anos.

Os novos polícias, que realizaram um estágio profissional de um mês num comando distrital da PSP, ingressam agora na carreira de agente e vão ficar, durante um ano, em período experimental. A PSP refere ainda que o curso teve uma carga horária de 1.180 horas, 440 das quais práticas, e os candidatos submeteram-se a provas físicas, de avaliação psicológica, de conhecimento, inspeção médica e a uma entrevista profissional de seleção, sendo que cada um dos métodos de seleção teve caráter eliminatório. 

* Sejam bem vindos, os cidadãos precisam de vós.

.
.

Lady Gaga

Born This Way


.
.
HOJE NO
  "OBSERVADOR"

Ponte de Sor. 
Imunidade de iraquianos é “tema
. essencial” em reunião com Iraque

O ministro dos Negócios Estrangeiros português afirmou nesta sexta-feira que o levantamento da imunidade diplomática dos filhos do embaixador do Iraque, envolvidos em confrontos, é um “tema essencial” a abordar com o seu homólogo do Iraque numa reunião ainda este mês.
 .
Portugal pediu, a 25 de agosto, o levantamento da imunidade diplomática dos filhos do embaixador do Iraque em Portugal, na sequência das agressões a um jovem de Ponte de Sor, e solicitou, na semana passada, urgência na resposta das autoridades iraquianas, que responderam que o farão “no tempo adequado”.

Questionado esta sexta-feira pela Lusa, Augusto Santos Silva recordou que está prevista uma reunião com o seu homólogo iraquiano, à margem da próxima assembleia-geral das Nações Unidas, que decorre de 20 a 26 deste mês na sede da ONU, em Nova Iorque. Este será, “para a parte portuguesa, um tema essencial”, garantiu.

Questionado de que forma o executivo português vê a demora na decisão do Iraque, o ministro esclareceu que “não há um prazo fixo marcado nem na lei nem na praxe diplomática para a tramitação deste tipo de pedidos”. “Confiamos que as autoridades iraquianas formem a sua opinião e tomem a decisão tão depressa quanto possível”, afirmou.

No dia 17 de agosto, Rúben Cavaco, de 15 anos, foi agredido em Ponte de Sor, no distrito de Portalegre, pelos filhos do embaixador do Iraque em Portugal, gémeos de 17 anos.

O jovem alentejano sofreu múltiplas fraturas, tendo sido transferido no mesmo dia do centro de saúde local para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, tendo chegado a estar em coma induzido. O jovem acabou por ter alta hospitalar no passado dia 02.

Os dois rapazes suspeitos da agressão são filhos do embaixador iraquiano em Portugal, Saad Mohammed Ali, e têm imunidade diplomática, ao abrigo da Convenção de Viena.

* Se Augusto Santos Silva conseguir o levantamento da imunidade diplomática será um feito.

.
.
HOJE NO  
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Água do mar a 26 graus aproxima tubarões das praias

Subida da temperatura da água está a atrair mais tubarões à costa. Mas não são um grande perigo: só procuram peixes e plâncton

Que a costa portuguesa é abastada de tubarões já não é propriamente novidade. Serão mais de 30 as espécies que "moram" lá para alto-mar, a um mínimo de dez quilómetros dos areais. Mas este verão aconteceu algo invulgar. A temperatura da água subiu para valores recordes, a rondar os 25 a 26 graus, tendo atraído o mais famoso dos predadores - que até Spielberg celebrizou no cinema - para próximo das praias. Mas não há razão para medo. Os especialistas garantem que os tubarões que por cá temos só andam atrás de novos cardumes e não representam perigo para os humanos. É que chegaram peixes invulgares por estas paragens, que este ano se deixaram convencer pela água quente. Quando arrefecer voltarão ao Mediterrâneo.
 .
SUBMARÃO
O avistamento de um tubarão-martelo de 2,5 metros, filmado esta semana por um grupo de pescadores na zona da Comporta, ao largo de Setúbal, é um dos mais curiosos, enquanto dois pescadores foram mordidos. Um ao largo de Peniche, tendo sido resgatado de urgência pela Marinha na quarta-feira, e um outro camarada também sofreu uma dentada a 26 de julho ao largo da Póvoa de Varzim. Ambos estariam a manusear o peixe preso nas redes. Mas há mais testemunhos de quem também foi surpreendido por tubarão-frade ou tintureira, conhecido por tubarão-azul, o mais comum em Portugal.

Que o diga Paulo Martins, pescador da Costa de Caparica, cujas redes de arte xávega têm trazido tintureiras como nunca. "Têm meio metro e é preciso ter cuidado quando as estamos a manusear, porque podem morder para tentarem fugir", revela, recorrendo à experiência de anos para garantir que as águas mais quentes estão a trazer novas espécies e a afastar outras.

"A sardinha e o carapau quase não existiram este verão", diz, revelando que há dias apanhou um lírio com 24 quilos que vendeu em lota por 180 euros, depois de estar tentado a devolver o exemplar ao mar antes de conhecer o seu valor. Desconfia que terá sido o primeiro pescador da zona a capturar esta espécie mais comum nos Açores. "Mas ainda agora fiz nova captura e apanhei seis palmetas, o que também era raro", insiste.

É no encalço das novas espécies que os tubarões se aproximam das praias, como confirma o diretor do Departamento de Educação do Zoomarine, João Neves. "É um fenómeno igual ao dos golfinhos que também têm registado mais avistamentos nas praias, porque andam à procura de outros peixes junto à costa", compara, acrescentando que o risco para os banhistas é "zero".

Recorre às estatísticas para assegurar que Portugal não tem registos objetivos de ataques de tubarão, admitindo que algum animal possa morder um pescador no momento em que está a ser "manipulado", considerando que isso é apenas o instinto de sobrevivência para tentar escapar. "Nós não somos comida para eles e até fogem quando nos veem", insiste o especialista, admitindo que se o aquecimento global elevar a temperatura da água do mar para valores próximos aos deste ano é possível que os tubarões apareçam com mais frequência. "Uns alimentam-se no fundo e outros mais à superfície. Talvez o tubarão-frade, que não tem dentes e come plâncton, passe a ser mais visto", diz.
Nuno Moreira, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), confirma que as temperaturas este verão andaram acima do normal e que as várias situações de levante no Algarve aqueceram o mar como não havia memória, elevando a temperatura da água até às zonas da Comporta e de Troia. "Não tivemos o arrefecimento típico de verão com a chamada nortada."

* Os tubarões em terra são os que dão as dentadas maiores

.
.
No paraíso de Alá, 
o pênis nunca amolece





.
. 
HOJE NO   
"RECORD"

Treinador de Serena diz que 
ela estava lesionada e é arrasado
 por colegas e ex-campeões

Patrick Mouratoglou, treinador de Serena Williams, demorou apenas poucos minutos após a derrota da (ainda) número um mundial nas meias-finais do US Open para justificar o desaire... com uma lesão no joelho, que a terá impedido de jogar ao seu melhor nível.
.
"Ela está desde ontem com dores num joelho, tomou muita medicação, esperávamos que com a adrenalina ela superasse a dor mas isso não aconteceu. Desde o primeiro ponto foram claras as dificuldades de movimentação e foi por isso que não conseguiu desenvolver o seu jogo ofensivo. Não havia dinamismo, velocidade de pés ou capacidade para agredir a adversária", confessou o técnico francês.

Estas palavras enfureceram vários ex-jogadores e antigos campeões, entre os quais Mats Wilander, que tal como Mouratoglou é comentador no Eurosport. "Acho lamentável e fica-lhes mal. Se a Serena não estava em condições de entrar em court para jogar a meia-final de um Grand Slam, não jogava. Ela tem 22 Grand Slams, não tem nada a provar. Assim soa a desculpa e a Serena não precisa de desculpas. É simples: ela hoje não foi a melhor jogadora em court".

Michael Joyce, ex-treinador de Maria Sharapova, foi ainda mais longe nas palavras. "Nunca vi um treinador demorar tão pouco tempo a dar uma entrevista depois de uma derrota. Aposto que ele nem sequer falou com a Serena. Muita gente já me disse que é ele que paga para a poder treinar e só pode ser esse o caso, porque senão, depois disto, ela teria de o despedir de imediato", disparou o norte-americano.

* Uma "cenaça" que Serena não merece.

.
.
HOJE NO   
"JORNAL DE NOTÍCIAS"


Seguro do Andanças só cobre 100 mil
. euros para 300 carros ardidos

A apólice do seguro de responsabilidade civil contratualizada pela organização do festival "Andanças" - onde, em agosto, arderam centenas de carros - só cobre danos até 100 mil euros.
.
A informação, a que o JN teve acesso, é confirmada pela associação PédeXumbo, que explica que se tratam das mesmas condições contratualizadas em anteriores edições. 

"Quando se faz um festival, há processos que são repetidos de ano para ano. E foi o que aconteceu com o seguro. Não mexemos nas condições", diz Catarina Serrazina, da organização.

* Quem licencia  uma empresa organizadora de espectáculos que tem um seguro ridículo para cobrir riscos do recinto? Qual é o serviço público tutelar.

.
.

 "ALEMBRAM-SE?"
Fujam todos, 
vem aí [inserir calamidade] !!!.



.
.
HOJE NO   
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Apreendido tabaco que escapou 
a 2 milhões em impostos

Um contentor, que entrou em território nacional com 9,2 milhões de cigarros, fugiu a impostos, taxas e direitos alfandegários. O tabaco foi apreendido. Há quatro arguidos, em prisão preventiva, indiciados por associação criminosa e contrabando.
.
Um contentor entra em território nacional por via marítima. Lá dentro, há tabaco, mais precisamente 9.200.000 cigarros. Foi, entretanto, apreendido. Havia dinheiro devido ao Estado por aquela entrada de tabaco em Portugal não ter pago impostos e taxas.

"A apreensão realizada envolveu mercadoria cujo valor de impostos, taxas e direitos alfandegários devidos e não pagos ascende a cerca de €2.000.000,00", indica uma nota da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL), publicada esta sexta-feira, 9 de Setembro.

De acordo com o comunicado, foram quatro os detidos que foram constituídos arguidos, ficando igualmente sujeitos à medida de coacção de prisão preventiva, já "que ficaram fortemente indiciados pela prática de crimes de associação criminosa, contrabando qualificado e introdução fraudulenta no consumo qualificada".

A detenção ocorreu esta quinta-feira, dia 8 de Setembro, e a (PGDL) tem "fortes indícios" de que "os quatro arguidos, entre outros, integram uma organização que se dedica à prática de crimes fiscais, relacionados com a entrada de tabaco no território da União Europeia". Não são indicadas as nacionalidades nem as idades dos detidos.

Os crimes de contrabando e de introdução fraudulenta dizem respeito à introdução das mercadorias no mercado alvo de tributação mas sem cumprir todas as exigências legais. Recuando alguns anos, a última nota que consta do site da PGDL relativa a contrabando de tabaco tem quatro anos: data de de 29 de Junho de 2012, quando foram apreendidos 10.000.000 de cigarros com um valor superior a 2.000.000 euros mas cuja "prestação tributária em falta" ascendia a 1.600.000 euros.

"A investigação prossegue sob a direcção do MP [Ministério Público] da 3ª secção do DIAP [Departamento de Investigação e Acção Penal] de Lisboa, com a coadjuvação da UNCC [Unidade Nacional de Combate à Corrupção] da PJ [Polícia Judiciária]", aponta o mesmo documento.

* Gostamos de ver criminosos atrás das grades.

.
.
HOJE NO
"DESTAK"

António Guterres vence quarta votação para secretário-geral da ONU

O ex-primeiro-ministro português António Guterres ficou à frente na quarta votação secreta ocorrida hoje entre os membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas para eleger o próximo secretário-geral da organização, disseram fontes diplomáticas à Lusa. 
 .
Guterres teve 12 votos "encoraja", dois "desencoraja" - melhorando o resultado da anterior votação - e um "sem opinião". Durante a votação, cada um dos 15 membros do conselho indicou se "encoraja", "desencoraja" ou "não tem opinião" sobre os 11 candidatos. 


* Se for nomeado será um bom Secretário-Geral.

.

COMPULSÃO ALIMENTAR

.



.
.


999
Senso d'hoje
NINA SIMONE
CANTORA NEGRA
ACTIVISTA DIREITOS HUMANOS
"A importancia da negritude 


Eunice Kathleen Waymon mais conhecida pelo nome artístico Nina Simone (Tryon, 21 de fevereiro de 1933 – Carry-le-Rouet, 21 de abril de 2003) foi uma pianista, cantora, compositora e ativista pelos direitos civis norte-americanos. É bastante conhecida nos meios musicais do jazz, mas trabalhou com diversos estilos musicais na vida, como música clássica, blues, folk, R&B, gospel e pop.
O nome artístico foi adotado aos 20 anos, para que pudesse cantar blues escondida de seus pais, enquanto treinava para tornar-se uma pianista clássica, em bares de Nova York, Filadélfia e Atlantic City. "Nina" veio do espanhol de menina e "Simone" foi uma homenagem à atriz francesa Simone Signoret. Foi a sexta de oito filhos, sendo sua mãe uma ministra metodista e seu pai um marceneiro, quando jovem foi impedida de ingressar no Instituto de Música Curtis na Filadélfia, apesar de ter cursado piano clássico na severa Juilliard School, em Nova York. Também se destacou por posicionar-se contra o racismo na crescente onda que tomava os Estados Unidos na década de 1960. Devido ao seu envolvimento, cantou no enterro de Martin Luther King.

* Nunca é demais recordar uma cidadã do mundo.


.

NOTÍCIAS PARA HOJE

.
COMPRE JORNAIS













.
.
Deril e Lusy


Campeonato Mundial de Dança Canina 2016 - freestyle
.
.

BOM DIA


.
.


40-CINEMA
FORA "D'ORAS"

V- A GUERRA DO FOGO


* Se está predisposto para ver um extraordinário filme chegou o momento. Assista a cada episódio em sossego e sem interrupções e se quiser repita o visionamento, existem sempre pormenores que escaparam da primeira vez, assuma o prazer duma obra prima.
O filme é de 1981!
VEJA-O EM ECRÃ TOTAL

...