quarta-feira, 6 de julho de 2016

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.



I.O QUE NÓS

"NÃO TEMEMOS"!



4-CHARGES SANGRENTAS

DE MAOMÉ 

video



* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.



.
.

DOIS LADOS DA MOEDA


THAIS CHAVES

(Sem censuras por favor)

VERSUS 

NADIA RODRIGUES

(Moça, não sou obrigada

a ser feminista)



FEMINISMO

video


FONTE: CANAL "JOVEM PAN"
 
* O texto do início do vídeo é claramente capcioso, não  lhe dê importância.


.
.

HOJE NO 
"OBSERVADOR"
Venham eles, alemães ou franceses

Venha o diabo e escolha. Esta quinta-feira, em Marselha, alemães e franceses disputam a outra meia-final do Euro. Portugal já está na final do Stade de France, mas, passe quem passar, não é favorito. 

É o underdog. Tal como a Islândia, a Áustria, a Hungria, a Croácia, a Polónia e o País de Gales eram underdogs (isto olhando, claro, apenas para o ranking FIFA) contra Portugal. Agora os papéis invertem-se para nós e talvez o menos favorito vença. Ainda a propósito de ranking, Portugal (8.º) até está nove posições à frente da França, mas não podemos apagar da História que os anfitriães são a nossa “besta negra”; os franceses eliminaram-nos nas meias-finais dos Euros 1984 e 2000, mas também nas do Mundial 2006.
 .

E qual deles, Alemanha ou França, são teoricamente menos difíceis (fácil não é nenhum) de derrotar? Talvez a França. Talvez.

Mas tracemos-lhes o perfil, começando pelo da Alemanha. É a campeã mundial em título. E, por isso, a favorita a vencer desde o começo. Mais do que a campeã europeia Espanha (eliminada nos “oitavos”) ou mais do que a França, que joga em casa. A mannschaft é experiente — e a experiência é um posto, também no futebol –, mas não envelhecida.

Alguém disse, certo dia, gracejando (ou não), que, chegados ao Brasil, se se der um pontapé numa pedra saem lá de baixo futebolistas às centenas, quiçá milhares – e bons. Pois, na Alemanha não é diferente. E não é desde há muito, provavelmente desde a prestação penosa no Euro 2000. A Federação investiu (mais ainda) na formação, as seleções de base começaram a “limpar” competições umas atrás das outras, os clubes da Bundesliga aproveitaram os talentos quando estes chegaram à idade adulta, e agora para Joachim Löw o difícil é escolher. Opções não faltam.

É que da equipa que venceu o Mundial de 2014, só Lahm saiu, retirando-se com a taça Jules Rimet nas mãos. Os restantes estão lá todos: Neuer, Boateng, Hummels, Khedira, Schweinsteiger, Ozil, Kroos, Gotze ou Muller. E a eles se vieram juntar outros tantos, mais novos, mas com futebol para dar e vender, de Hector a Weigl, de Draxler a Sané. Como se costuma dizer: é só não estragar muito, que a coisa vai. E entenda-se por “coisa”, o título.

E a França? Em 1984 os gauleses venceram o Europeu em casa, levando Platini a seleção às costas do seu número dez. Em 2000 repetiram a brincadeira, na Bélgica e na Holanda, com outro dez, o de Zidane, a liderar os Bleus. E agora, será a Era de Pogba? Talvez. Mas a estrela até aqui tem sido Griezmann.

Um e outro, Pogba e Griezmann, até começaram o Euro a meio gás. Payet foi o “abre-latas” dos primeiros jogos. Sentia-se nervosismo nas botas, talvez o peso de ser anfitrião do Euro e ter que vencê-lo, como Platini (com um recorde de nove golos em cinco jogos) venceu em 1984. Mas, pouco a pouco, as estrelas apareceram. Pogba começou a impor o físico no relvado, começou a ver-se a passada larga que tem, a potência de remate, tudo. E Griezmann começou a ser o que é com Simeone no Atlético de Madrid, ou seja, a acertar com as redes da baliza.
 .

Hoje, ninguém mais se lembrará de Benzema, que Deschamps resolver “riscar” do Euro depois de saber que este chantageou Valbuena, seu colega dos Bleus, com um vídeo de cariz sexual que o segundo gravou e foi parar às mãos erradas. Valbuena, outro habitual titular, também ficou de fora. E também não fez falta. Mas a França teve mais baixas de vulto. E por razões distintas: os centrais Varane, Zouma e Laporte lesionaram-se, Sacko (também ele central) dopou-se no Liverpool e está suspenso, o todo-o-terreno Diarra entrou na enfermaria para não sair a tempo do torneio. Não, ninguém deu por eles. E não deu porque Lloris, o capitão, tem estado seguríssimo entre postes; porque Koscielńy é o patrão a defesa e por ele nada passará; porque Kanté e Matuidi têm, cada um, três pulmões, tal o que correm no relvado; e porque, na frente, Giroud atinou com os golos e Coman, quando entra, entra de “mota”.

Contas feitas, venha quem vier, não poderão mais dizer que Portugal não vale um tostão furado. É que, se vencer os favoritos, vale ouro.

* Estamos muito felizes por  hoje a selecção ter jogado bem e ganho. Não retiramos nada ao que em dias anteriores  criticámos, Portugal  tem  grandes jogadores em todas as posições e Fernando Santos não conseguiu fazer equipa. Incentiva os jogadores, une-os, dá-lhes ânimo mas em campo erra nas escolhas e a estratégia tem sido fraca. 
Sem queremos ser treinadores de bancada consideramos que a  selecção jogou mal  até hoje, na fase de grupos ficou em terceiro no quarteto mais ageitadinho, sem tubarões, foi a penalties  nos "quartos" e frente a Gales finalmente jogou bem, foi o  jogo onde o adepto percebeu que a selecção não ia perder  fruto dos jogadores fantásticos que tem.
Fernando Santos é um homem  honrado, patriota  e respeitável, desejamos-lhe  sucesso na final, para nossa felicidade.

.
.
.

LISE CHARMEL

FASHION LINGERIE SHOW
PARIS MESSE
2016
video


.
.
HOJE NO 
 "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
Polícia mata um homem negro 
que estava a vender CDs

A cena foi filmada por uma testemunha e o vídeo deu origem a protestos

Um homem negro de 37 anos foi morto esta terça-feira pela polícia em Baton Rouge, Luisiana, Estados Unidos. O homem estava completamente imobilizado pelos agentes da autoridade quando foi morto a tiro. A cena foi filmada por uma testemunha e tornou-se viral nas redes sociais.

Alton Sterling é o último nome adicionado à lista de vítimas homenageadas pelo Black Lives Matter, um movimento que pede o fim da violência policial contra os negros.
.

O vídeo, que foi partilhado milhares de vezes na internet, foi captado às escondidas com um telemóvel por alguém que assistia à cena.

Nas imagens, gravadas num parque de estacionamento, veem-se os polícias a atirarem Alton Sterling ao chão e a imobilizarem-no. Uma testemunha contou que um dos agentes tinha o joelho sobre o peito de Alton. Pouco tempo depois, ouve-se um dos agentes a gritar "ele tem uma arma!" e o som de tiros.

Pelo menos três tiros foram disparados, informação confirmada posteriormente pela autópsia, que esclareceu que Alton morreu devido a "vários ferimentos de bala" no peito e costas, segundo a CNN.
Os agentes da polícia tinham sido chamados ao local pois receberam uma denúncia de que Alton Sterling estaria a vender CDs se, licença em frente a uma loja de conveniência.

O dono da loja, Abdul Muflahi, contou a um jornal local que os agentes atingiram Alton com um taser antes de o terem atirado ao chão, parte não captada no vídeo, e que dispararam "entre quatro a seis vezes".

"Eles [os polícias] podiam ter lidado com a situação de uma maneira diferente", afirmou Abdul.
O dono da loja contou que Alton vendia CDs à porta da sua loja há anos e que tinha começado a andar com uma arma há algumas semanas, depois de um amigo ter sido assaltado. Na altura do incidente, a arma de Alton estava no seu bolso.

Toda a cena exibida no vídeo deu origem a um protesto no local onde Alton foi morto e na câmara da cidade de Baton Rouge.

A ação dos dois agentes da polícia vai ser investigada pelo departamento de justiça dos EUA, mas até ao momento os polícias Blane Salamoni e Howie Lake II foram colocados em licença administrativa. o FBI e a polícia do estado de Luisiana vão colaborar nas investigações.

Numa conferência de imprensa esta quarta-feira, a mulher e os familiares de Alton pediram justiça. Cameron, o filho de 15 anos emocionou-se e Quinyetta McMillan, a mulher, afirmou que foi muito doloroso os filhos do casal terem visto num vídeo exibido nos noticiários televisivos como o pai foi assassinado.

Alton Sterling é a 558 pessoa a morrer sob custódia ou pelas mãos da polícia nos Estados Unidos em 2016, segundo uma contagem feita pelo jornal The Guardian.

* 558 é o número terrível de assassinatos cometidos por cowboys fardados de polícias nos EUA em 2016, que bom viver em Portugal.

.
.


II-EVOLUÇÃO


2- EXTINÇÃO

video

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.

HOJE NO
"RECORD"
Tamila Holub 
vice-campeã europeia de juniores

Tamila Holub conquistou esta quarta-feira a medalha de prata nos 800 metros livres no Campeonato da Europa de Juniores, competição que decorre até 10 de julho na Hungria.
 .
A nadadora portuguesa terminou a prova com 8.36,57 minutos, enquanto a vencedora, a húngara Ajna Kesely, completou os 800 metros em 8.34,37. Já a alemã Lea Boy, com 8.36,86 minutos, foi terceira classificada.

"Estou muito satisfeita com este resultado. É um medalha histórica para a natação portuguesa que muito me motiva para as provas que ainda vou disputar na Hungria, principalmente os 1.500 metros", afirmou Tamila Holub citada pela assessoria da Federação Portuguesa de Natação.

A nadador do Sp. Braga volta a competir, nos 400 livres, 1.500 livres e 4x200 livres.

* Portugal tem também nos escalões juniores de várias modalidades desportivas, jovens de  excepcional qualidade que aliam ao desempenho na competição o  enfoque nos estudos, sendo a junção de tempo deste binómio um enorme esforço. Respeitemos e aplaudamos tanta determinação.


.

SÍLVIA DE OLIVEIRA

.




Já mentiu hoje?

Esta semana vi um documentário sobre a desonestidade e a mentira -- (Dis)Honesty: The Truth About Lies.

No arranque veem-se vários mentirosos – palavra rude, mas adequada – a explicar, numa simples ideia, o que os levou a mentir. Um convenceu-se que não estava a prejudicar ninguém, outro alegou estar firmemente convicto de estar a fazer o melhor pelas suas filhas, outro fê-lo porque toda a gente à sua volta o fazia, outro, ainda, acreditava que não estava a cometer nenhuma ilegalidade.

Falavam de mentiras graves, que ameaçaram casamentos e levaram pessoas para a cadeia. Antes, claro, nenhum deles pensou vir a ser apanhado. Dan Ariely, um professor de economia comportamental da Universidade de Duke, onde fundou o Centro de Retrospetiva Avançada, ele e a sua equipa dedicam-se a testar e analisar as nossas decisões, a estudar a racionalidade e a irracionalidade. Ou seja, tentam compreender o comportamento humano. 

O mundo da insondável economia comportamental, que, ao contrário da economia dita normal, não assume que somos todos decisores perfeitos, nem que antes de decidir comparamos, sem limitações, as opções existentes. D e forma muito direta, o que este professor tem concluído é que, em geral, somos míopes, maus, irracionais e desonestos. 

De facto, assistimos, todos os dias, a embustes, da política ao desporto, passando pela alta finança. Mas não é preciso chegar a tanto. Pense um pouco, quantas mentiras já disse desde o início do ano? Esta sexta-feira, ficámos a saber pela Conta Geral do Estado, que o Estado deixou de receber, no ano passado, 136,5 milhões de euros em impostos, neste caso, por prescrição das dívidas fiscais. É óbvio que a clara maioria destes milhões acabou por esvair-se porque ainda existe muita gente que não paga os seus impostos, e com a complacência do vizinho. 

Pagar o arranjo do carro “por fora” para fugir ao IVA é uma mentira pequena, orquestrar uma fraude numa empresa é uma mentira gigante. Felizmente, segundo as conclusões de Ariely, existem no Mundo poucos destes últimos, mas um universo imenso dos primeiros, os “pequenos batoteiros”. São estes, na sua opinião, um grave problema com grande impacto económico, os profissionais da pequena mentira , porque são muitos. 

Veja-se: só em 2015 e apenas em relação às dívidas prescritas – as que não são cobradas em oito anos -, o impacto foi de 136,5 milhões de euros. O IVA foi o mais castigado, mas o mesmo sucedeu com o IRS, com o IRC, e sucederá com o seguro automóvel e com uma infindável lista de pequenos eventos da vida que puxam à mentira. Agora, veja-se ao espelho. O que vê? Uma pessoa honesta e maravilhosa, como gostaria que os outros a vissem? Ou, na verdade, faz parte do clube dos pequenos batoteiros, vistos por tantos com uma irritante condescendência, que cedem aos benefícios da pequena desonestidade e que fazem que a vida seja ainda cada vez mais pequenina.

IN "DINHEIRO VIVO"
02/07/16

.
.


920.UNIÃO


EUROPEIA



.

HOJE NO  
"JORNAL DE NOTÍCIAS"
Quadrilha violenta 
organizava-se pelo Facebook

Uma quadrilha protagonista de assaltos armados cujo principal ponto de contacto era o Facebook foi desmantelado pela Polícia Judiciária de Lisboa.

O grupo constituído por onze elementos autodesignava-se "La Familia", numa referência à máfia italiana, mas sem que houvesse ligação familiar entre os membros.
.
O grupo é responsável por inúmeros assaltos a residências, estabelecimentos comerciais, como ourivesarias, e empresas, onde o principal alvo eram os cofres. Estão referenciados por forçar os funcionários das firmas a abrir os cofres, sob ameaça de arma de fogo.

Os golpes não eram preparados no Facebook, mas esta rede social era o principal meio de ligação e forma de cimentar a relação entre os vários elementos da quadrilha, que incluía uma mulher e que integrava indivíduos entre os 22 e os 44 anos.

Daí que a rede social tenha sido um importante elo de ligação na quadrilha, que vivia em zonas distintas, em concelhos como a Amadora, Sintra e Loures. O grupo operava pelo menos desde finais do ano passado e terá causado prejuízos da ordem das centenas de milhares de euros, entre dinheiro e bens, que rapidamente entravam no circuito de mercado negro.

A quadrilha tinha ainda na sua posse centenas de doses de cocaína e haxixe, daí que os seus elementos estejam também indiciados por tráfico, além de associação criminosa, roubo à mão armada, furto qualificado e falsificação de documentos, associado à alteração de matrículas de carros furtados usados nos golpes.

Na operação, designada "La Familia", participaram 150 inspetores e foram realizadas 34 buscas domiciliárias, um número associado ao facto de os vários elementos do grupo pernoitarem em distintas residências, uma forma de melhor escaparem às autoridades.

* Mais uma vez um grande trabalho da PJ, não nos cansaremos de a elogiar. Não confundimos estes bandidos com facebook, o "crime" da rede é o estímulo à banalização da privacidade

.
.

II.A ERA DOS JOGOS EM VÍDEO


2-O ROSTO

video

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
9-A GUERRA QUE NÃO VÊS

video
A intriga, os interesses económicos, a orgia do poder, os falsos argumentos....

ÚLTIMO EPISÓDIO 


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.>

.
.
HOJE NO  
"JORNAL DE NEGÓCIOS"
Messi e pai do futebolista condenados a 21 meses de prisão por fraude fiscal

O futebolista argentino e o seu pai foram condenados a 21 meses de prisão por fraude fiscal. Segundo o jornal catalão El Periódico como se trata a uma pena inferior a 24 meses nenhum dos arguidos deverá ter de ingressar na prisão.
 .
Já é conhecida a sentença de Lionel Messi e do seu pai, Jorge Horacio Messi, no caso de fuga ao fisco no valor de 4,1 milhões de euros nos anos fiscais de 2007, 2008 e 2009.

Segundo o jornal catalão El Periódico o tribunal de Barcelona condenou esta quarta-feira, 6 de Julho, o avançado argentino e o seu pai a uma pena de prisão de 21 meses pelo crime de fraude fiscal. A pena de prisão é igual para ambos.

Num comunicado emitido pelas autoridades judiciárias e citado pela agência Reuters é referido que os dois arguidos poderão recorrer desta sentença junto do supremo espanhol.

No entanto como refere o El Periódico as penas inferiores a 24 meses de prisão permitem que o cumprimento das mesmas seja feito em liberdade condicional, pelo que nem Messi nem o seu pai terão de ingressar efectivamente na prisão.

O tribunal catalão ordenou ainda a Leo Messi o pagamento de cerca de 2 milhões de euros e a Horacio Messi o pagamento de 1,5 milhões de euros.

Pai e filho estavam acusados de terem defraudado a autoridade fiscal espanhola em 4,1 milhões de euros e apesar de terem solicitado a absolvição justificando que ambos tinham sido "assessorados por um prestigiado grupo de advogados especializados em direito tributário e desportivo", as autoridades espanholas acabaram por considerar que tanto Messi como o seu pai tiveram responsabilidade directa no crime de fraude fiscal.

* Entendemos que a pena aplicada foi pensada  para não levar Messi à cadeia. Infelizmente não temos o histórico de penas aplicadas em Espanha a pessoas com os mesmos valores financeiros ou equivalentes de fraude fiscal. Messi continua a ser um jogador fabuloso.

.
.
JAZZLAND


Paulo Paulelli

Essa é nossa

video


.
.
HOJE NO 
"DESTAK"

Esquerda acusa CDS-PP de querer 
abrir as portas do sistema 
de pensões aos privados

PS, PCP, BE e PEV criticaram hoje o projeto do CDS-PP que cria a possibilidade de um desconto adicional para a reforma e mais informação aos contribuintes, acusando a bancada centrista de querer "abrir a porta aos privados". 
.
"Incentivamos a poupança e aumentamos a liberdade de escolha dos contribuintes, que é quem escolhe onde quer investir o seu dinheiro, no sistema público, privado ou mutualista", justificou o líder da bancada do CDS-PP, Nuno Magalhães, na apresentação do diploma.

Por outro lado, frisou, "para o CDS é importante que seja dada mais informação aos portugueses sobre este sistema, como funciona e as opções que podem escolher, nomeadamente e de forma voluntária, recorrendo a um mecanismo adicional à capitalização pública, privada ou mutualista".

* A sra. Cristas não pára, folclore é com ela, esteve 4 anos no poder e nunca lhe sentimos estes arrobos sociais, compreende-se, andava na  lavoura.

.
.
Lenovo CPlus

video

O Smartphone dobrável

.
.
HOJE NO 

"i"
É já a partir de hoje. 
Novo radar na A5 dá multa imediata

A rede é composta por mais de 30 radares automáticos que vão circular, aleatoriamente, por 50 locais considerados perigosos.

A partir de hoje é mesmo melhor ter cuidado com o excesso de velocidade. É já esta quarta-feira que é instalado o primeiro radar do Sistema Nacional de Controlo de Velocidade (SINCRO), entre Lisboa e Cascais.
.
Quem for detetado em excesso de velocidade vai receber a multa em casa. Sem hipóteses de perdão. O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes explicou à Rádio Renascença o funcionamento do novo sistema: "Quando há uma infração, estes radares comunicam automaticamente para a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, para o sistema SINCRO, que emite de imediato o auto da contraordenação, com respetiva fotografia da viatura e da matrícula e com o certificado de qualidade do radar”

Jorge Gomes adianta que a A5 é “uma das estradas com maior número de sinistralidade no país”, o que justifica a instalação do SINCRO.

Os locais onde vão ser colocados os radares não serão divulgados para que “haja, também, da parte do condutor, alguma expectativa em saber se vai ser fotografado ou não”, segundo Jorge Gomes.

Os radares estão para ficar, pelo menos, até ao final de setembro. Para o Estado o sistema terá um custo de 3,19 milhões de euros.

* Pior que a velocidade é o álcool.

.
.

TANTO PARA PENTEAR

COMO 

APINOCAR



.
.
HOJE NO
"A BOLA"
Atletismo
Dulce Félix vice-campeã europeia 
dos 10 mil metros
 .
A portuguesa Dulce Félix foi segunda classificada na prova dos 10.000 metros nos Campeonatos Europeus de pista, que começaram esta quarta-feira em Amesterdão.

Dulce Félix apenas foi batida pela turca Yasemin Can, primeira a cruzar a meta com 31.12,86 minutos. A portuguesa, campeã europeia em 2012, fez 31.19,03 minutos, seguida da norueguesa Karoline Grovda, que completou o pódio.

Salomé Rocha foi 12.ª classificada, com 32.57,44 minutos, enquanto Sara Moreira, que chegou a andar no terceiro lugar, acabou por desistir.

* VALENTE MENINA

.
.

A mulher que não quer ser adoptada
por....HETEROSSEXUAIS

video


FONTE: CANAL "Q" programa "INFERNO"

.
.
HOJE NO
"AÇORIANO ORIENTAL"
Portugal vai bater 
novo recorde de turistas em 2016

O ritmo de crescimento do setor do turismo em Portugal durante o primeiro semestre indica que vai ser batido novamente o recorde de visitantes estrangeiros neste ano, realçou hoje o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.
  .
"Temos muito ainda para fazer no turismo, um setor em que as coisas estão a correr bem, que está a ter um crescimento muito bom este ano - como já teve em anos anteriores - e vai ter um novo recorde de turistas", salientou à Lusa o governante durante a cerimónia de apresentação do 'Portugal stopover', novo programa da TAP, em Lisboa.

"Está a crescer não só em número de turistas, mas também do valor gasto por turista", vincou o ministro, reafirmando o desejo de afirmar Portugal como um destino de qualidade.

"O turismo tem estado a crescer mas, ao crescer, isso cria uma responsabilidade e significa que temos que fazer não só mais, mas melhor", sublinhou, apontando para o esforço que está a ser feito ao nível da formação profissional, sendo uma das faces mais visíveis o investimento nas escolas do Turismo de Portugal.

"Se vão chegar mais turistas, temos que lhes garantir também um melhor serviço", assinalou Caldeira Cabral.

E destacou: "Estamos a trabalhar numa estratégia agregadora no turismo, para os próximos 10 anos, que inclui aspetos de mobilização do setor como este, em que uma empresa de transportes se associa a 150 empresas de animação, de hotelaria, de restauração e de vinhos para fazer melhor e oferecer o melhor a quem nos visita".

O ministro referia-se ao 'Portugal stopover', programa da TAP que oferece aos seus clientes dos voos de longo curso a oportunidade de fazer uma escala de um, dois ou três dias em Lisboa ou no Porto sem custos adicionais ao nível dos bilhetes.

Além disso, a TAP conta com uma rede de 150 parceiros nos setores relacionados com o turismo que oferece descontos em hotéis, restaurantes e outras atividades.

Segundo a transportadora, em 2017 são esperados 150 mil visitantes ao abrigo deste programa, número que se prevê que dobre para 300 mil em 2018, possibilitando uma injeção de 150 milhões de euros na economia portuguesa só em termos de consumo.

Os Estados Unidos (EUA) são um dos mercados que a TAP quer conquistar com este programa, até de forma a acompanhar o forte aumento da oferta de voos para aquele país nos últimos tempos.
David Neelman, acionista da TAP, considerou mesmo que a companhia não fez um trabalho "sério" naquele mercado nos últimos anos, devido à fraca aposta ao nível de rotas e voos, algo que quer inverter com a nova estratégia.

"Portugal tem uma boa imagem nos EUA, mas ninguém conhece o país [presencialmente]. Há 27 milhões de turistas americanos que visitam a Europa, mas são muito poucos os que cá veem", disse à Lusa.

"Agora, com o 'TAP stopover' podemos dizer-lhes: vão a caminho da Europa, mas fiquem um pouco para conhecer Portugal", frisou.

Fernando Pinto, presidente da TAP, alinhou pelo mesmo diapasão, confirmando que a transportadora fez um "deslocamento" do seu eixo com a aposta nas novas rotas para os EUA.

"Queremos trazer para cá esses turistas. Muitos virão com o destino Portugal, mas outros seguirão para outros destinos na Europa. Nós queremos que eles permaneçam algum tempo em Portugal", afirmou, acrescentando que a aposta não é só nos turistas vindos dos EUA, mas também do Brasil, de África e do Norte da Europa.

Já Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, destacou que "as coisas têm corrido bem no turismo" na capital, tal como no resto do país, mas advertiu que não pode ser cometido o erro de achar que como tudo está a correr bem, não é preciso fazer nada para dar continuidade a esta tendência no futuro.

"Precisamos de fazer mais e precisamos de fazer melhor", considerou, assinalando que o crescimento do turismo não é apenas uma moda passageira, pelo que é preciso redobrar os esforços para manter esta tendência positiva.

* Bem Vindos senhores turistas.

.