segunda-feira, 27 de junho de 2016

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.


4-O caminho de ferro

impossível


video


* Um documentário da RTP2


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.


3-BARBA AZUL

POR PINA BAUSCH

video


BALLET MODERNO NUMA DAS SUAS MAIS BELAS EXPRESSÕES


.
.


HOJE NO
  "A BOLA"
Euro - 2016
Perto de cinco dezenas de jogadores
 em risco de suspensão

Concluídos os oitavos de final do Euro-2016, são 45 os jogadores que partem em risco de suspensão para os compromissos das respetivas seleções nos quartos de final da competição que decorre em França.
.
William Carvalho, Pepe e Quaresma são os jogadores portugueses `à bica´ no jogo com a Polónia, na próxima quinta-feira, em Marselha.

A Itália, com onze jogadores, lidera a lista de nomes em risco de suspensão nos quartos de final do Europeu, fase da qual estão excluídos Kanté e Rami (França) e Thiago Motta (Itália).

Jogadores suspensos:

França (2): Kanté, Rami
Itália (1): Thiago Motta

Jogadores em risco de suspensão:

Alemanha (5): Boateng, Hummels, Khedira, Kimmich, Ozil
França (2): Koscielny, Giroud
Bélgica (8): Alderweireld, Batshuayi, Carrasco, Hazard, Meunier, Vermaelen, Vertonghen, Witsel
Islândia (9): Arnason, Bjarnason J. Gudmundsson, Gunnarsson, Halldorsson, Saevarsson, Sigthorsson, Sigurdsson, Skulason
Itália (11): Barzagli, Bonucci, Buffon, Chiellini, De Rossi, De Sciglio, Éder, Insigne, Pellè, Sirigu, Zaza
País de Gales (4): Davis, Ramsey, Taylor, Vokes
Polónia (6): Grosicki, Jedrzejczyk, Maczynski, Pazdan, Peszko, Piszczek 
* Arriscado meter o pé.
.
.


MINUTOS DE

CIÊNCIA/106


7-TRUQUE


DIVISÃO LONGA POR 9

video


.
.

HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS
DA MADEIRA"

Supremo Tribunal dos EUA reafirma
. direito das mulheres ao aborto

O Supremo tribunal dos Estados Unidos reafirmou hoje o direito das mulheres ao aborto, uma questão que divide o país em pleno ano eleitoral.
.
Esta decisão, que obteve uma maioria de cinco juízes contra três, constitui uma importante vitória para milhões de mulheres e ativistas que defendem a interrupção voluntária da gravidez, assinala a agência noticiosa France-Presse.

Pelo contrário, constitui um duro revés para os "Pro life", os poderosos opositores à IGV nos Estados Unidos, que impuseram múltiplas restrições ao aborto em numerosos estados conservadores do país.

A alta instância judicial considerou ilegal uma lei de 2013 do Texas que impõe às clínicas que praticam abortos possuírem condições cirúrgicas dignas de um meio hospitalar.

A lei obriga ainda os médicos que praticam o aborto a dispor de um direito de admissão dos seus doentes num hospital local.

Os redatores do texto justificam-no em nome da saúde das mulheres, afirmando que dessa forma estão a minimizar os riscos sanitários.

Para os defensores da IVG trata-se antes de um falso pretexto, considerando que o verdadeiro objetivo dos legisladores republicanos locais se insere nas quatro décadas de sucessivos ataques contra "Roe v. Wade", decisão histórica do Supremo que legalizou o aborto em 1973 nos Estados Unidos.

De facto, estas regras draconianas forçaram o encerramento em dois anos de dezenas de centros de IVG no Texas.

A decisão anunciada hoje pelo Supremo tribunal ultrapassa as fronteiras texanas, pelo facto de a prática do aborto ser cada vez mais complicada para milhões de mulheres nos EUA. 

* Uma decisão corajosa num dos países  mais "pudorentos" do planeta, não querem IVG, preferem mortes em massa nas escolas, discotecas, colectividades, etc. 

.
.


IV-TERRA SÚOR

E TRABALHO

5-LEITE

video

ÚLTIMO EPISÓDIO
* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
. 
HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"
Reino Unido é o país 
para onde emigram mais portugueses

Eram cada vez os mais portugueses a escolher o Reino Unido como destino de emigração. Só em 2015, foram 32.301 os portugueses que deram entrada neste país, o número mais elevado desde, pelo menos, o ano de 2000. 
 .

Nos últimos 15 anos, mais de 240.000 cidadãos nacionais trocaram Portugal por terras britânicas, num movimento que se intensificou desde 2011, o ano do pedido de resgate internacional de Portugal. Só nos últimos cinco anos, o Reino Unido recebeu 130.000 portugueses.

Um movimento que é acompanhado pelo aumento das remessas de emigrantes. Se em 2010, os emigrantes no Reino Unido enviavam 94 milhões de euros para Portugal, e eram apenas o sétimo país medido por volume de remessas enviadas para território nacional, no último ano as remessas provenientes de território britânico somaram 255 milhões de euros e representam agora o quarto o país de origem mais relevante.

Uma tendência que continua a intensificar-se já em 2016. Só nos primeiros quatro meses do ano, os portugueses a residir no Reino Unido enviaram 100 milhões de euros para Portugal, um valor só superado pelo emigrantes a residir em França e na Suiça.

* São portugueses que levam as malas cheias de "know-how" que tanta falta nos faz, Passos e Portas tiveram  neste emigrantes o melhor produto exportado durante a sua vergonhosa magistratura de arrogância e  poder.

.

JOSÉ DIOGO QUINTELA

.






Portugal teve chilic

Há uma lesão que percebe mais de futebol que o seleccionador.

Estou com grande dificuldade em concentrar-me para escrever esta crónica. Está uma baderna na minha rua por causa da confusão armada por um cigano.

A Croácia abordou o jogo de ontem com sobranceria. Vê-se que não se preocuparam em estudar a equipa portuguesa. Se soubessem alguma coisa sobre os nossos jogadores, tinham posto um sapo na baliza, para afugentar o Quaresma.

Finalmente, Fernando Santos pôs a melhor equipa. Parece que Moutinho não jogou por estar magoado, o que quer dizer que há uma lesão que percebe mais de futebol do que o seleccionador.

Espero que Adrien não se esqueça de tirar o Modric do bolso antes de pôr os calções para lavar. Aquela penca é capaz de entupir a máquina.

A jogada do golo é um contra-ataque perfeito, mas há que lembrar como começa: um croata cabeceia para golo e Rui Patrício defende para o poste. Mas não defende de uma forma qualquer: dá uma palmada em top spin para que a bola ganhe efeito e fique impossível de controlar pelo adversário e este seja mais facilmente desarmado.

Agora é preparar o próximo jogo. Vamos encontrar as bisarmas polacas nos quartos. A última vez que isso me aconteceu, foi épico. Vamos ver como se saem os rapazes.

IN "CORREIO DA MANHÃ"
26/06/16


.
.



913.UNIÃO


EUROPEIA



.


HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"
Atenção às costas 
ajuda a prevenir cancro 

Liga ajuda a prevenir cancro de pele.

A Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) lançou esta segunda-feira a campanha "Há quanto tempo não vê as suas costas", que visa alertar para a importância da prevenção e do rastreio do cancro da pele. Em declarações à Lusa, o presidente da LPCC, Vítor Veloso, explicou que esta campanha "visa dar continuidade às campanhas anteriores" sobre o cancro da pele, mas desta vez com enfoque na necessidade de se observar as costas, já que uma percentagem significativa destes tumores começa por manifestar-se nesta zona do corpo. "As costas são uma região que pouca gente vê, esporadicamente pode ver pelo espelho, mas não vê com nitidez" e, por isso, "queremos que os portugueses comecem a estar mais atentos aos sinais nesta zona do corpo", disse o oncologista. 
 .

Além desta região do corpo, os portugueses também devem observar outras zonas em que aparecem muitos sinais, como o couro cabeludo, pescoço, orelhas, nádegas e plantas dos pés. O presidente da liga adiantou que esta campanha também é para relembrar que a exposição solar, sem as devidas precauções, aumenta comprovadamente o risco de desenvolver este tipo de cancro. 

Segundo o oncologista, "é necessário explicar que, além da proteção solar, [os portugueses] devem também ficar atentos aos novos sinais que aparecem na pele e que podem ser indício de cancro de pele", salientou. "O cancro da pele é o cancro mais comum do mundo, o que aparece em maior número, felizmente na grande maioria é curável, desde que seja tratado convenientemente, mas aqui interessa-nos sobretudo um deles, que sob o ponto de vista oncológico merece muito respeito, que é o melanoma", frisou Vítor Veloso. 

A fadista Cuca Roseta, as atrizes Liliana Santos e Sara Matos, Sónia Morais Santos e os irmãos Sérgio e Nélson Rosado são os nomes que dão "as costas" por esta campanha e se associaram à LPCC num vídeo que apela à importância de estar atento aos sinais que aparecem nas costas. Neste vídeo, que será partilhado nas redes sociais, os embaixadores convidam os portugueses a tirar uma fotografia às suas costas, a partilhá-la na sua página de Facebook, Instagram e/ou Twitter e a convidarem os seus amigos a juntarem-se ao movimento "Eu vigio as minhas costas". 

O cancro de pele é geralmente causado pela exposição excessiva aos raios ultravioleta e "é mais comum em pessoas com mais de 50 anos, mas pode afetar qualquer pessoa", alerta a Liga. "Embora seja também um dos tipos de cancro mais tratáveis e com maior taxa de recuperação, o conhecimento público sobre os sintomas do cancro de pele é reduzido, o que torna a deteção precoce vital", acrescenta. 

A incidência dos vários tipos de cancros da pele tem vindo a aumentar em todo o mundo, estimando-se que em Portugal, em 2016, serão diagnosticados mais de 12.000 novos casos e cerca de 1.000 serão novos casos de melanoma. 

* Todos os anos apelamos aos cuidados a ter com o sol no dia a dia, chapéu de abas para senhora e homem, pele  exposta exige creme protector, hidrate a pele por dentro, beba água.

.
.
2-Gordo, doente e
quase morto

video

* Uma aventura bem conseguida de quem se preocupou em dar outro rumo à vida. Para sucesso semelhante são precisos dois colaboradores de excelência, médico endocrinologista e dietista.

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
6-SICKO

SOS SAÚDE

video

O drama da assistência social nos E.U.A.

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.

HOJE NO
"OBSERVADOR"

Finanças dizem que défice caiu 453
. milhões face a maio de 2015

O défice público registou “um desagravamento de 453 milhões de euros nos primeiros cinco meses do ano, quando comparado com o nível a que estava em maio do ano passado. O aumento da receita justificou o desagravamento, enquanto a despesa cresceu 0,1%.
 .
A nota do Ministério das Finanças sobre a execução orçamental sublinha que o défice das administrações públicas, em contabilidade pública, foi de 395 milhões de euros até maio, o que “representa 7,2% do previsto para o ano”. O défice apurado até maio do ano passado representava 18,5% do défice anual, sublinha o comunicado do Ministério das Finanças que é divulgado antes da síntese de execução orçamental que apresenta mais detalhes sobre as contas do Estado.

O Ministério das Finanças assinala que a melhoria do défice resulta de um crescimento da receita de 1,6% e de uma estabilização da despesa que subiu apenas 0,1%. A execução orçamental entretanto divulgada aponta ainda para um acréscimo das despesas com pessoal e acrescenta que estes fatores foram “parcialmente compensados pelo decréscimo registado na despesa com subsídios à
formação profissional, com aquisições de bens e serviços correntes e de capital, bem como com prestações de desemprego”.

Do lado da receita, os contributos destacados são o aumento de 2,7% na cobrança de impostos e um acréscimo de 4,9% nas contribuições para a Segurança Social. Do lado fiscal, são os impostos indiretos a puxar pelo motor da receita, com a receita a crescer 7,6% até maio. Nesta rúbrica merecem especial destaque os comportamentos do imposto sobre os produtos petrolíferos, tabaco e automóveis. A receita dos impostos diretos caiu 3,3%, muito influenciada pela contração da cobrança no IRC.

O ministério tutelado por Mário Centeno realça que “a economia e o mercado de trabalho têm apresentado sinais que suportam a evolução favorável” destas duas receitas, apesar de no IRS se ter verificado uma subida de 229 milhões de euros nos reembolsos aos contribuintes.

A evolução da despesa foi condicionada pelo “aumento dos juros pagos”, resultantes de uma emissão de obrigações emitida em 2015. A despesa primária das Administrações Públicas caiu 232 milhões de euros até maio.

O saldo primário registou um excedente de 2.890 milhões de euros, superior em 728 milhões de euros ao apurado nos primeiros cinco meses de 2015. Estes dados contabilizam a evolução das contas do Estado em contabilidade pública. Os números que contam para avaliar o défice são apurados em contabilidade nacional. A Direção Geral do Orçamento diz que o comportamento do saldo das administrações públicas resultou do desagravamento do défice na Administração Central (menos 78 milhões de euros) e de um reforço dos excedentes na Segurança Social (mais 241,9 milhões de euros) na Administração regional (mais 133 milhões de euros).

O Ministério das Finanças destaca ainda que a evolução das contas públicas “ficou abaixo da prevista no Orçamento de Estado” e realça a diminuição em 2,9% verificada nas despesas com aquisição de bens e serviços e um aumento de 1,9% nos gastos com remunerações certas e permanentes. Estas evoluções, sublinha, traduzem “dois vetores fundamentais da política orçamental”.

A divulgação da execução orçamental de maio estava prevista para sexta-feira, mas foi adiada para hoje, tendo sido conhecida pouco tempo depois de uma notícia do Le Monde, segundo o qual a Comissão Europeia deverá propor a aplicação de sanções a Portugal e Espanha pelo incumprimento das metas do défice no ano passado. A evolução das contas públicas este ano poderá ser um fator ponderado na avaliação e decisão de castigar Portugal, bem como na exigência por parte das instâncias europeias da aplicação de medidas adicionais de consolidação orçamental.

* Apesar de sermos pessoas de  boa fé esta notícia  carece confirmação de entidade independente.


.
.

Michael Jackson

Rock With You

video

.
.
HOJE NO   
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Alunos dos Açores vencem concurso
. europeu com protótipo de micro satélite

Equipa açoriana foi considerada a melhor entre as equipas que representavam os 14 países membros da Agência Espacial Europeia, promotora do evento "CanSat"

A equipa de alunos dos Açores que venceu a final europeia do concurso "CanSat 2016", com um protótipo de micro satélite, considerou hoje ter alcançado um "grande feito", que poderá vir a ser "uma mais-valia" no futuro profissional.
.
"Foi um grande feito para todos nós. Teve grande importância para nós e marcou um momento da nossa vida", afirmou em declarações a agência Lusa o porta-voz da equipa da Escola de Novas Tecnologias dos Açores (ENTA), João Chrystello, acrescentando que todos os alunos estavam "altamente motivados".

A equipa açoriana, designada por "ENTA Team SAT2" participou na prova europeia em representação de Portugal e foi considerada a melhor entre as equipas que representam os 14 países membros da Agência Espacial Europeia, promotora da competição "CanSat".

Este concurso europeu, cuja final decorreu no último fim-de-semana em Torres Vedras desafia anualmente os alunos a construir um protótipo de micro satélite, integrando antenas, sensores e uma bateria numa lata de refrigerante para realizar uma missão científica, proporcionando desta forma o primeiro contacto dos alunos com uma missão espacial, desde a fase de projeto, à integração dos componentes, testes, lançamento, análise de dados e apresentação dos resultados.

João Chrystello, 19 anos e aluno do segundo ano do curso técnico de gestão e programação de sistemas de informação, adiantou que um dos membros da equipa, composta por seis alunos no total com idades entre os 17 e 20 anos, já tinha participado na edição de 2015, o que permitiu este ano ajudar os restantes membros a "ultrapassar as várias fasquias".

"O meu papel era tratar de tudo o que era apresentação, pois era o porta-voz da equipa. Toda a apresentação era em inglês. Estive a par de todo o projeto. Sabia mesmo de coisas técnicas do próprio satélite para responder às perguntas do júri", referiu o aluno, acrescentando que a escolha do projeto açoriano foi unânime.

Segundo admitiu João Chrystello este reconhecimento europeu "poderá ser uma mais-valia em termos profissionais".

Para o mentor e professor dos alunos açorianos, Duarte Cota, trata-se de um prémio "muito importante", que representa "o reconhecimento de todo o trabalho desenvolvido nos últimos seis meses" pelos seis elementos de uma "equipa multidisciplinar".

"Nós começamos em dezembro com a candidatura ao CanSat Portugal. Concorreram entre 50 a 60 equipas. Foram selecionadas 14, entre a qual a nossa. Vencemos, depois, a competição nacional e agora a europeia", referiu o docente, de 46 anos, destacando que o projeto açoriano vingou pela "solidez e consistência".

Duarte Cota explicou que os satélites são lançados a 1.200 metros de altitude, com a descida controlada através de um sistema de paraquedas, fase durante a qual é medida a temperatura do ar, pressão atmosférica e calculada a altitude do voo, dados enviados por telemetria para uma estação em terra. Os dados recolhidos são enviados por telemetria para uma estação em terra.

Os alunos da Escola de Novas Tecnologias dos Açores são a segunda equipa dos Açores a vencer este concurso europeu, já que em 2013 alunos da Escola Secundária da ilha de Santa Maria participaram e também conquistaram o primeiro lugar.

O projeto de minissatélite da "ENTA Team SAT2" envolveu o estudo da radiância solar para avaliação de condições de aproveitamento de energia fotovoltaica em missões espaciais, a garantia da sobrevivência e recuperação do minissatélite através de geolocalização por GPS e, ainda, a conceção de um sistema de cápsula protetora flexível para amortecimento do impacto na aterragem.

O "CanSat" é um projeto educativo da Agência Espacial Europeia (ESA) que pretende proporcionar aos jovens estudantes a primeira experiência na área da tecnologia aeroespacial, tendo como objetivo a construção de um modelo funcional de um microssatélite em que todos os sistemas são integrados no volume de uma lata de refrigerante.

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro já felicitou os jovens vencedores e considerou que esta conquista é "um forte motivo de inspiração para que os jovens açorianos acreditem que é sempre possível vingar nos projetos em que se envolvem".

Para além da equipa açoriana, que representou Portugal participaram neste concurso europeu equipas da Grécia, Itália, Espanha, Polónia, República Checa, Alemanha, Irlanda, Holanda, Noruega, Finlândia, Reino Unido, Roménia e Dinamarca.

* Valentes jovens açorianos de inteligência galáctica.

.
.
REAL e VIRTUAL

video

.
.
HOJE NO 
"RECORD"

Governo felicita Fernando Pimenta 
pelo duplo ouro em Moscovo

O governo felicitou esta segunda-feira o canoísta Fernando Pimenta, que conquistou o título de campeão europeu em Moscovo, bem como outros desportistas portugueses recentemente medalhados noutras modalidades.
 .
"O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, saúdam o atleta Fernando Pimenta pelos títulos de campeão europeu de canoagem, resultados alcançados este fim de semana na Rússia, onde competiram outros atletas portugueses, também com marcas dignas de respeito e orgulho", pode ler-se, em comunicado.

O executivo salienta o "percurso invejável" realizado por Fernando Pimenta, que "só deve animar e servir de exemplo a todos os jovens amantes e praticantes de canoagem". O canoísta, de 26 anos, sagrou-se no domingo campeão da Europa em K1 5.000, juntando o título ao ouro conquistado no sábado em K1 1.000 em Moscovo.

Regresso "em grande força" de Telma

No comunicado, o governo aponta ainda o regresso "em grande força" da judoca Telma Monteiro, que no domingo conquistou a medalha de bronze em -57kg no Grande Prémio de Budapeste.

"A provar que o desporto nacional, em toda a sua dimensão, está sobre rodas, destaque para Tiago Ferreira, que venceu o Campeonato do Mundo de Maratonas BTT (XCM), em França, a segunda vez que um ciclista luso ganha um mundial de elite. Trata-se, pois, de uma conquista que deve ser aplaudida, mais ainda quando o corredor se prepara, igualmente, para representar Portugal no Brasil", refere ainda o executivo.

O Governo saúda ainda a seleção nacional de futebol pelo apuramento para os quartos de final do Euro'2016, a decorrer em França.

* Atletas portugueses irrevogáveis em qualidade.

.
.
Adoráveis Criancinhas


.
.

HOJE NO 
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Diretor de Educação e subdiretor 
do Colégio Militar substituídos

O Chefe do Estado-Maior do Exército decidiu substituir o subdiretor do Colégio Militar, tenente-coronel António Grilo, e o Diretor de Educação e Doutrina do Exército, disse à Lusa o porta-voz do ramo.

Questionado pela Lusa, o porta-voz do Exército, tenente-coronel Vicente Pereira, disse que "foi nomeado Diretor de Educação o Major-General João Reis, sucedendo ao Major-General Cóias Ferreira".
.
Prevê-se também, adiantou, que o tenente-coronel António Grilo, subdiretor do Colégio Militar, "seja nomeado para o exercício de novo cargo", quando terminarem as atividades escolares naquele estabelecimento de ensino, que ainda decorrem.

Estas alterações são "efetuadas em conformidade com as Normas de Nomeação e Colocação dos Militares do Exército e no cumprimento das prioridades estabelecidas" pelo Chefe do Estado-Maior do Exército (CEME), Rovisco Duarte.

O ex-diretor de Educação e Doutrina do Exército exerce agora o cargo de 2.º comandante do Comando das Forças Terrestres, adiantou.

O tenente-coronel António Grilo foi o autor das afirmações publicadas numa reportagem no jornal `online" Observador no passado dia 1 de abril a assumir a existência, entre alunos, de situações de exclusão em função da orientação sexual.

"Nas situações de afetos [homossexuais], obviamente não podemos fazer transferência de escola. Falamos com o encarregado de educação para que perceba que o filho acabou de perder espaço de convivência interna e a partir daí vai ter grandes dificuldades de relacionamento com os pares. Porque é o que se verifica. São excluídos", afirmou.

As declarações do subdiretor do Colégio Militar levaram o ministro da Defesa, José Azeredo Lopes, a pedir, interna e publicamente, esclarecimentos ao Chefe do Estado-Maior do Exército, que dias depois se demitiu.

Na semana passada, o Exército divulgou um comunicado com as conclusões da Inspeção realizada ao Colégio Militar no início de maio, que não detetou situações de discriminação em função da orientação sexual ou outras.

Apesar disso, o general Rovisco Duarte decidiu criar um grupo de trabalho para rever o Regulamento Interno do Colégio Militar "no sentido de reforçar a mitigação de eventuais riscos que possam conduzir a qualquer forma de discriminação ou que possam colidir com outros valores centrais definidos na Lei e na Constituição da República Portuguesa".

* Vale mais tarde do que nunca, embora se arranje sempre um bom tacho na mudança. Um assunto que nós não percebemos, porque os oficiais não podem ser despromovidos?


.
.
 IRAQUE
Perseguição aos  cristãos

video

.


HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"
Apesar do primeiro desmentido, a Carlyle
. vai mesmo entrar na Logoplaste

O fundo americano Carlyle acordou uma parceria que dá metade do capital da produtora de plásticos rígidos que estão à volta de vários produtos domésticos. Não há valores do negócio. 

"Nego que esteja em curso qualquer operação de alienação de capital da Logoplaste". "Estamos satisfeitos por entrar numa parceria com o grupo Carlyle para apoiar os planos de crescimento global da Logoplaste".
 .

Apesar do sentido distinto, as frases foram ditas por Filipe de Botton (na foto), co-presidente executivo da empresa de plásticos rígidos: a primeira ao Expresso na semana passada; a segunda no comunicado oficial em que se confirma que a americana Carlyle passa a accionista da empresa que fabrica os plásticos de champôs, garrafas e manteigas.


"O grupo Carlyle anunciou hoje [27 de Junho] ter chegado a um acordo de parceria com o negócio familiar Logopaste para apoiar o continuado crescimento da empresa. O acordo reforça a robustez financeira da Logoplaste e aumenta a sua capacidade de investimento", indica o comunicado do grupo americano cujo título indica que "o investimento vai promover um maior crescimento e dinamizar a expansão internacional nos EUA e na Europa".

Na semana passada, já tinham sido noticiadas negociações para aumentar o capital da empresa. No comunicado de hoje, não há referências às posições percentuais mas Filipe de Botton confessou à Reuters que a Carlyle fica com 50% da Logoplaste, permanecendo os actuais accionistas com o restante capital.

"Espera-se que a transacção fique concluída no terceiro trimestre de 2016", antecipa o fundo americano, que aguarda agora aprovações regulatórias para entrar na empresa portuguesa que tem 60 fábricas por 16 países com destaque para Portugal e Brasil (neste último mercadi, o presidente executivo admitiu que a sociedade destruiu valor).

Do lado da Logoplaste, que foi assessorada pelo Credit Suisse e pela PLMJ, Filipe de Botton refere no comunicado que a "presença e a experiência" globais da Carlyle vão ser positivas para a empresa. Uma indicação também avançada pelo grupo americano, pela voz do director delegado Alex Wagenberg, que acredita que a sua competência poderá ajudar a empresa nacional a "crescer nos negócios internacionais". Foram o Barclays e a Linklaters a assessorar financeira e juridicamente o grupo Carlyle na operação.

O El Economista noticiou na semana passada a operação mas Botton logo negou ao Expresso. Depois, admitiu que afinal estava interessada em "abrir o capital a vários accionistas". O objectivo da operação, disse então, é aumentar a produção e investir em novas unidades.

Não há, no comunicado, a indicação de qualquer valor do negócio embora o jornal espanhol tenha já noticiado que a Carlyle avaliou a empresa portuguesa em 660 milhões de euros.

Ainda não foi possível obter resposta a várias questões colocadas pelo Negócios nomeadamente sobre o montante do investimento e o motivo pelo qual foram avançadas informações contraditórias sobre a operação.

* O desmentido é a alma do negócio. Um bom mentireiro encaixa dinheiro.

.