terça-feira, 21 de junho de 2016

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.
5.Crush List
As 99 mulheres que os homens mais desejam

Todos os anos a revista britânica AskMen pergunta aos homens de todo o mundo quais são as mulheres que eles mais desejam. A lista dos amores proibidos foi publicada recentemente: nasceu a Crush List 2016, com as 99 senhoras que andam a partir os corações do mundo masculino. Elas conquistam porque têm um rosto belíssimo, porque eles não resistem aos seus corpos atléticos ou então simplesmente porque são muito boas. Leia-se, muito boas no que fazem, porque nesta lista fica evidente que o interior interessa mesmo: eles gostam de mulheres bem-sucedidas.
Hoje escolhemos mais 12 do nº36 ao 17.





36 - Kate Upton, 23 anos, 
supermodelo, Estados Unidos da América.


35 - Alexandra Daddario, 30 anos, 
atriz, Estados Unidos da América.



34 - Miesha Tate, 29 anos, 
lutadora de MMA, Estados Unidos da América.



31 - Gigi Hadid, 21 anos, modelo, 
Estados Unidos da América.




 30 - Dakota Johnson, 26 anos,
atriz, Estados Unidos da América.


29 - Lupita Nyong'o, 
33 anos, atriz, México.


28 - Gillian Anderson, 47 anos, 
atriz, Estados Unidos da América.


26 - Jennifer Lawrence, 
25 anos, atriz, Estados Unidos da América.



24 - Selena Gomez, 23 anos, 
cantora, Estados Unidos da América.

23 - Scarlett Johansson, 31 anos,
atriz, Estados Unidos da América.

18 - Amy Schumer, 34 anos, 
comediante, Estados Unidos da América.


17 - Gal Gadot, 
31 anos, atriz, Israel.

.
.

GRANDES LIVROS/24

AUTORES DO MUNDO


3- O PRÍNCIPE


NICOLAU MAQUIAVEL

video

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE NO  
"OBSERVADOR"

Administradora judicial diz que greve
 de jornalistas contribuiu para 
a falência do Diário Económico

A administradora judicial responsável pelo processo de insolvência da empresa que detinha o Diário Económico considera que um dos fatores que contribuíram para o fecho do jornal foi a greve realizada pelos jornalistas em março deste ano.
 .
No relatório de insolvência da ST&SF – Sociedade de Publicações, Lda., a que o Observador teve acesso, a administradora judicial, Paula Mattamouros Resende, explica que o intuito inicial da empresa era o de proceder a “uma reestruturação e reformas profundas” que permitissem continuar a publicar o Diário Económico em papel. “Contudo, diversas circunstâncias concorreram para que a insolvência fosse inevitável”, escreve a responsável, que depois enumera: “os trabalhadores fizeram uma greve geral e os fornecedores deixaram de fornecer a empresa”.

Os trabalhadores do Diário Económico, da Económico TV e do site do Económico — três empresas diferentes que pertencem à Ongoing — fizeram greve a 10 de março de 2016. Na maioria jornalistas, estes trabalhadores reclamavam o pagamento de salários em atraso e do subsídio de Natal de 2015. A greve durou 24 horas, mas, na opinião da administradora judicial, foi o suficiente “para que a insolvência fosse inevitável”.

A última edição em papel do Diário Económico chegou às bancas a 18 de março, uma semana depois da greve. Desde essa altura, a ST&SF dispõe apenas de 30 pessoas que têm estado a trabalhar para a Económico Digital, empresa do grupo que mantém o site Económico. “Apesar dos números razoáveis que está a gerar, estes não são suficientes para tornar viável a manutenção da empresa”, escreve a administradora judicial.

Atualmente, a empresa tem dívidas a rondar 12 milhões de euros. Os principais credores são a Segurança Social, o Novo Banco, o Fisco e a EDP. Há ainda dezenas de jornalistas, outros trabalhadores e fornecedores que têm valores a receber. Na próxima quinta-feira realiza-se uma assembleia de credores para decidir o futuro da empresa, mas a administradora judicial escreve que “não resta outra alternativa do que propor o seu encerramento definitivamente”.

* Vamos separar as águas:
1- Gostamos de ler o "DIÁRIO ECONÓMICO", de segunda a sexta editamos, com o devido respeito e destaque, uma  notícia inserida na página do jornal, se este fechar em definitivo teremos pena mas o mundo não acaba.
2- Consideramos leviano atribuir à greve dos jornalistas qualquer contributo para o fim do jornal porque este só se pode atribuir à má gestão dos administradores da  empresa proprietária.

.
.


 7- A BELEZA


DOS DIAGRAMAS

video

.
.
HOJE NO  
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS/
/DINHEIRO VIVO"
Banco de Portugal alerta para
 créditos fáceis, mas fraudulentos

Supervisor bancário alerta ter encontrado "diversas situações" de tentativa de aliciamento para créditos fáceis do Brasil, Benim ou Mali

O Banco de Portugal alertou esta tarde que tomou conhecimento de “diversas situações” em que estão ser oferecidos “créditos fáceis” através de e-mail e pelas redes sociais por pessoas que “invocando estarem em posições privilegiadas”, nomeadamente junto de supostas instituições financeiras fora da Europa, sugerem a contratação de financiamentos rápidos, sem formalidades ou necessidade de garantias. Mas é tudo falso. 

O banco central alertou em comunicado que estas propostas não são mais que “uma tentativa de obtenção de um benefício ilegítimo pelas entidades em causa”, já que solicitam primeiro o pagamento de uma verba inicial para só depois abrirem, supostamente, o processo do crédito. O BdP refere mesmo que esta atuação “ardilosa” visa aproveitar-se “da situação de especial necessidade das pessoas” e que tem “como único objetivo a receção do pagamento das referidas quantias pelo público e não a concessão de qualquer empréstimo”.

“Além da perda, muitas vezes irrecuperável, das quantias entregues a estas entidades, existe um risco grave inerente à disponibilização de documentação com dados pessoais àquelas entidades, possibilitando o respetivo uso indevido e fraudulento”, alerta ainda o supervisor. 

De acordo com o comunicado do BdP, estas propostas surgem de pessoas que se apresentam como responsáveis de instituições financeiras “sediadas em territórios fora da Europa – por exemplo, no Brasil, na República do Benim e na República do Mali”, que “dizem conseguir crédito, rapidamente, sem formalidades e sem necessidade de garantias, mediante um simples contrato de empréstimo”. 

 As propostas de que o BdP teve conhecimento chegaram, normalmente, por correio electrónico e pelas redes sociais recorrendo “a perfis falsos e com a utilização não autorizada de imagens de pessoas de reconhecida notoriedade pública”. Além de não terem qualquer referência clara às entidades em causa, as propostas exigem “invariavelmente o pagamento de um valor (a título de comissão, taxa, seguro, impostos, custos administrativos, bancários e outros) como requisito prévio à concessão do empréstimo prometido pelas alegadas entidades”. Esta exigência, porém, surge apenas no final do processo, já depois do envio de documentação. 
.
 .
JÁ NOS CHEGAM ESTES
O Banco de Portugal explica de seguida que a atividade de concessão de crédito está “reservada às entidades habilitadas para o efeito”, recomendando que “antes de contratarem quaisquer empréstimos ou entregarem quaisquer quantias no âmbito de contratos de empréstimo, os visados deverão sempre verificar, cuidadosamente, a legitimidade das entidades financiadoras, nomeadamente, mediante consulta prévia do sítio do Banco de Portugal na Internet, onde está publicada a lista de instituições registadas e, portanto, habilitadas a exercer atividade financeira em Portugal”.


* Atenção às vigarices dos banqueiros estrangeiros, já nos chegam as dos banqueiros nacionais  para as quais o Banco de  Portugal não fez questão em nos avisar.

.
.

VIII-CIDADES
PERDIDAS


2- MACHU PICCHU


video

* Depois de "CIDADES OCULTAS" iniciamos neste horário e etiqueta "PEIDA URBANA"  a série "CIDADES PERDIDAS", histórias fabulosas que vai gostar de ver e ouvir. Obrigado por nos visitar.

.
.
HOJE NO
"RECORD"

Missão de Estado até ao Rio

Navio-escola Sagres leva bandeira nacional para os Jogos Olímpicos

Está tudo a postos. O navio-escola Sagres zarpou hoje (16h00) do cais da Rocha Conde de Óbidos, em Lisboa, com uma missão de Estado. Vai transportar até ao Rio de Janeiro a bandeira que o velejador João Rodrigues, porta-estandarte nos próximos Jogos Olímpicos, irá usar na Cerimónia de Abertura, mas também levando a bordo Joana Pratas, um símbolo na vela nacional, depois de ter sido, com apenas 17 anos, a primeira velejadora a representar o país no magistral evento, mais precisamente em Atlanta’1996.
.
"Agora, será uma experiência completamente diferente daquilo que tenho feito ao longo da vida enquanto velejadora e pessoa. Fazer uma travessia atlântica neste mítico navio vai ser uma experiência fantástica. Espero superar os desafios, contando diariamente as histórias que vão ocorrer a bordo", considerou Joana Pratas, que também esteve em Sydney’2000 e Atenas’2004.

Agora com 37 anos, a antiga velejadora da classe Europe comemora 20 anos desde a sua estreia em Jogos Olímpicos, querendo aproveitar os 43 dias de viagem do Sagres, que será a Casa de Portugal no Brasil, entre os dias 3 e 22 de agosto: "Quero passar por todas as funções no navio, aprender com os marinheiros, para perceber como funciona um navio como este, muito diferente do barco em que navegava."

Joana Pratas diz que não pensa em estar numa ‘America’s Cup’ nem numa ‘Volvo Ocean Race’, mas quer contribuir para o desenvolvimento da vela em Portugal, formando jovens na modalidade.

E acredita na representação portuguesa que vai estar no Brasil: "É uma equipa com bastante experiência, com João Rodrigues (RS:X), Gustavo Lima (Laser), José Costa e Jorge Lima (49er), e Sara Carmo (Laser Radial). São ótimos velejadores e vão representar Portugal com dignidade. Quanto a medalhas, nunca se podem anunciar à partida. Espero motivá-los, assim como a todos os outros atletas e tripulação."

* Uma boa viagem para a tripulação do navio que é um símbolo do país.

.

ANTÓNIO PAULA SOARES

.


Fim dos canis de abate: 
a mentira política do PAN

Na semana passada foi aprovado por unanimidade na Assembleia da República um texto produzido pela 11.ª Comissão, sobre o fim do abate de cães e gatos vadios em centros de recolha oficiais de animais.

Esse texto foi produzido após a descida à comissão, sem votação, do projecto-lei do PCP e de uma Iniciativa Legislativa de Cidadãos, apoiada pelo PAN.

Mas, durante a última semana o PAN declarou o fim dos canis de abate como uma estrondosa vitória do seu partido, referindo por diversas vezes que o seu projecto-lei havia sido aprovado. E aqui reside um pequeno equívoco...é que isso é mentira!

O PAN auto congratula-se por ter sido o partido que trouxe o tema à Assembleia da República, o que também é mentira, pois tanto o PCP como o PEV já o tinham feito anteriormente. Apenas em Junho de 2015 é que o documento apoiado pelo PAN, com o mesmo tema, deu entrada na Assembleia, não tendo sido sequer discutido. Em Novembro do mesmo ano, e na actual legislatura, o PAN recupera o documento e submete o mesmo ao plenário, desta vez em conjunto com o documento do PCP.

Se o documento do PCP se foca no real problema do abate de cães e gatos errantes, propondo soluções reais para o problema em questão, o documento do PAN apresentou-se com uma agenda escondida, com um preâmbulo direccionado ao sentimento, de quem de uma forma normal e justa defende os seus animais de companhia. Mas, no meio das inúmeras páginas do documento do PAN surgem os radicalismos que não eram visíveis nem explicados para quem assinou a iniciativa em questão.

Entre os inúmeros artigos e alíneas das suas 72 páginas, são muitas as propostas com vista a regulamentar diversas atividades que pouco ou nada dizem respeito aos canis de abate.

Nas suas propostas, por exemplo, o PAN defendia, de um modo totalitário, a proibição da criação de cães e gatos de raça, pois consideram que se os Portugueses forem proibidos de escolher um animal de raça como o seu companheiro de estimação, teriam então que adoptar os animais dos canis municipais e outros centros de recolha. Pretendiam que todos os cães que não fossem adoptados teriam que ser devolvidos às ruas, sob a figura legal de "animais comunitários", sem qualquer preocupação para com a segurança e saúde dos cidadãos. Queriam que qualquer Português, para ser autorizado a ter um cão ou um gato, teria que frequentar um curso de formação para o efeito, bem como a licenciar a sua casa e habitantes da mesma junto da respectiva autarquia e da Direcção Geral de Veterinária, para poderem ser autorizados a terem o seu animal de estimação.

Mas, e no documento final aprovado por unanimidade, o que é que aparece do projecto-lei do PAN? Única e exclusivamente um artigo, que regulamenta a forma como os animais devem ser… abatidos.

Ou seja, o documento aprovado é na realidade o documento do PCP, com algumas modificações e o artigo do PAN sobre a forma de abate.

Então, como é que o PAN se apresenta ao seu eleitorado como estrondosamente vitorioso? Porque não está a dizer a verdade a quem os apoia. Pois após o esmagador chumbo da quase totalidade das suas propostas em sede de comissão, se não fosse a apresentação do documento do PCP, à data de hoje ainda não se poderia dizer que em Portugal estávamos perante o fim dos canis de abate.

Estranha maneira de fazer política, quando uma derrota é publicitada como uma vitória.
* Licenciado em Engenharia Biofísica e especialista em gestão de propriedades Rurais. Presidente da Associação Nacional de Proprietários Rurais, Gestão Cinegética e Biodiversidade e Presidente da Plataforma Sociedade e Animais.
IN "SÁBADO"
18/06/16

.
.


907.UNIÃO


EUROPEIA



.
HOJE NO 
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Alargamento da TDT prevê quatro canais

O ministro da Cultura, Luís Castro Mendes, afirmou esta terça-feira que o alargamento da oferta na televisão digital terrestre (TDT) prevê quatro canais.

Serão dois públicos e dois para o setor privado.

"Estamos a pensar, como é sabido, alargar a televisão digital terrestre a mais dois canais para o setor público e dois canais que serão atribuídos depois", mas que "estarão abertos obviamente aos privados", afirmou o governante na comissão parlamentar de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto.
 .
Ou seja, no total serão mais quatro canais para a TDT, plataforma que é gerida pela Meo, da PT Portugal, e que atualmente disponibiliza em sinal gratuito a RTP1, RTP2, SIC, TVI e o canal Parlamento.

Castro Mendes respondia a uma questão do deputado do PSD, Pedro Pimpão, que questionou o ministro da Cultura, que tem a tutela da comunicação social, sobre o que estava previsto para este setor nos próximos tempos, tendo em conta a crise que atravessa.

"Na comunicação social, este Governo já alargou as verbas da Lusa de maneira" a que a agência de notícias "pudesse respirar e ganhar o seu papel importante de circulação das notícias entre os países de língua portuguesa" e também de dar notícias ao resto do mundo destes países, disse.

O governante reiterou a "vantagem" da Lusa relativamente a outras agências de notícias internacionais, nomeadamente no que respeita aos países africanos.

"Consideramos que a RTP tem uma boa administração", continuou o governante, salientando que a atual administração foi herdada do Executivo anterior.

"Estamos satisfeitos com os projetos que foram apresentados", acrescentou.

"Respeitamos e temos muita atenção às dificuldades da comunicação social, é um setor que está exposto ao grande desafio da digitalização e todas as empresas têm de saber responder a este desafio", disse.

* Aumento do número de canais na TDT é uma boa notícia.

.
.
85-BEBERICANDO

video

GIN GRAPPE


.
.


IX- PÁTRIA JURÁSSICA

2- ANATOMIA DO

TIRANOSSAURO REX


video


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.

HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Meo e Nos começam a vender todos os equipamentos móveis desbloqueados

O Meo vai vender a partir de hoje todos os seus equipamentos móveis desbloqueados, um movimento que a Nos também fará na próxima semana.

O anúncio do Meo surgiu hoje, tornando-se assim no primeiro operador nacional a desbloquear todos os equipamentos móveis, naquilo que considera ser "a introdução de um novo paradigma no mercado português".
 .
"Introduzindo um novo paradigma no acesso aos equipamentos móveis, o Meo permite aos seus clientes passarem a adquirir todos os modelos do seu portefólio já desbloqueados", diz a operadora em comunicado, colocando o enfoque nos serviços que são disponibilizados, como a oferta adicional de 5 Gigabytes de Internet nos 'smartphones'.

Como tal, acrescenta que todos os equipamentos móveis do Meo adquiridos a partir de agora, desde telemóveis, 'tablets', placas ou 'routers wireless' (dispositivo que encaminha pacotes de dados entre redes de computadores), estão desbloqueados de origem ou podem ser desbloqueados gratuitamente em qualquer momento, "mediante a solicitação do respectivo código de desbloqueio (SUK), em meo.pt ou nos pontos de venda Meo".

A NOS adiantou também à Lusa que a partir da próxima semana vai "comercializar todos os telemóveis desbloqueados e para sempre, num movimento que revoluciona o mercado de terminais móveis em Portugal".

"A Nos disponibiliza a partir de agora todos os telemóveis desbloqueados. Numa primeira fase, os clientes apenas terão que proceder ao desbloqueio dos terminais, sem quaisquer custos, em loja ou através do 'site' (www.nos.pt). Posteriormente, todos os equipamentos comercializados pela NOS serão disponibilizados já desbloqueados no momento da compra", detalha a operadora.

Por sua vez, a Vodafone explicou que a sua campanha "assenta numa proposta de valor diferente", que passa pela disponibilização de 15 gigabytes de Internet este verão na compra de equipamentos 4G (quarta geração) incluídos na campanha".

* Está por um fio a "cartelização" dos aparelhos bloqueados

.
.

THE OBSCURITONES

ROCKABILLY BOOGIE


video

.
.
HOJE NO 
"DESTAK"


Ministro da Defesa "muito contente" com
. resultados da inspeção ao Colégio Militar

O ministro da Defesa Nacional manifestou-se hoje "muito contente" com as conclusões da inspeção ao Colégio Militar e reafirmou que teria feito "essencialmente o mesmo", após críticas do PSD à forma como geriu o processo, numa audição no parlamento. 
 .

"Eu teria feito essencialmente o mesmo", afirmou Azeredo Lopes após questionado pelo deputado do PSD Pedro Roque, na comissão parlamentar de Defesa, onde foi ouvido sobre a política para o setor.

Para o PSD, as conclusões do relatório da inspeção realizada ao Colégio Militar no início de maio demonstram que foi feito "tanto barulho por nada", já que o relatório refere que não foram detetadas evidências de situações discriminatórias. 

* Quem não fica contente com o resultado desta inspecção, mas também se fica estupefacto com as "bojardolas" irresponsáveis do sub-director da instituição, o ex-CEME pode agradecer  a demissão ao sr. tenente coronel.

 .
.
 
PULSEIRA INSUFLÁVEL

video

Esta pulseira pode salvar uma vida
.
.

HOJE NO
"i" 
Mário Machado vai continuar preso

Líder do movimento skinhead português arriscava sair amanhã em liberdade para ser preso horas depois. Mas já não vai chegar a deixar a prisão de Alcoentre

Mário Machado vai continuar preso. O líder do movimento de extrema-direita tinha autorização judicial para sair amanhã em liberdade condicional, por ter cumprido 5/6 de uma pena de prisão de dez anos a que tinha sido condenado pelos crimes de discriminação racial, coação agravada, posse ilegal de arma e ofensa à integridade física qualificada, entre outros.
 .
O caso já era complicado para o líder do movimento skin em Portugal uma vez que, horas depois de sair de Alcoentre, ficaria a conhecer a sentença de um processo em que era visado por tentativa de extorsão.

Mas Mário Machado não vai chegar a deixar a prisão. A juíza que tem em mãos o processo atual - instaurou por queixas de ameaça e tentaiva de extorsão, no início do ano passado - validou um pedido de prisão preventiva interposto pelo Ministério Público. Na prática, e ao contrário do que esperava, Machado não chegará a sair da prisão.

"Não faço ideia de qual será a sentença de amanhã, mas, de qualquer forma, o efeito útil de manter Mári Machado na prisão foi conseguido", diz ao i o advogado, José Manuel de Castro. Mesmo que implicasse condenação a pena efetiva, a sentennça de amanhã seria recorrível e isso permitira a Mário Machado ficar em liberdade. Com a validação da prisão preventiva, o cenário é outro e um recurso não tem efeitos suspensivos sobre a decisão.

* Pode um neo-nazi gozar de liberdade?


.
.


ESTÃO-SE 

MARIMBANDO




.