terça-feira, 29 de março de 2016

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.
VOLÚPIA






























.
.

GRANDES LIVROS/21

AUTORES DO MUNDO


3-O DISCURSO


DE GALILEU
  
GALILEU GALILEI

video


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.


HOJE NO   
"CORREIO DA MANHÃ"

Condutores que têm cadastro
 não serão amnistiados 

Acumulação de infrações leva a cassação do título

A entrada em vigor do sistema da ‘carta por pontos’ a partir do dia 1 de junho não vai ‘apagar’ o cadastro dos condutores. 

Segundo um esclarecimento enviado pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), o novo sistema, que vai atribuir inicialmente 12 pontos a cada condutor, diz que a cassação da carta de condução só será determinada quando foram subtraídos todos os pontos atribuídos a partir do dia 1 de junho. 

Porém, a ANSR esclarece que as infrações graves e muito graves continuam a ser tratadas normalmente até ao dia 1 de junho, o que significa que poderão existir decisões de apreensão da carta de condução na sequência de infrações praticadas até dia 1 de junho e, pode, inclusive, existir a cassação da carta posteriormente a essa data, desde que o processo administrativo tenha sido instruído com base nas regras vigentes até ao dia 1 de junho.

 A ANSR reitera no seu comunicado que a ‘carta por pontos’ não implica qualquer amnistia, limpeza de cadastro ou perdão administrativo aos condutores que tenham infrações graves ou muito graves no seu cadastro.

* Os malucos da estrada queriam o "regabofe" da amnistia.

.
.
IX-OLHO DE 
HÓRUS


1- KOM OMBO

O PORTAL DA

LIBERDADE

video


O documentário apresenta a história de uma suposta organização sacerdotal hermética, pertencente à escola de mistérios conhecida como Olho de Hórus. Esta escola teria sido responsável pela orientação espiritual e a direcção dos destinos do povo egípcio durante milhares de anos.
 
Seu objectivo principal teria sido o de promover a elevação do nível de consciência dos egípcios através, principalmente, da construção de diversos templos sagrados ao longo das margens do rio Nilo. Além disso, os sacerdotes eram os zelosos guardiões da sabedoria acumulada desde tempos imemoriais, quando ainda "existia" o continente perdido da Atlântida.

A série foi baseada nas investigações do egiptólogo e matemático R. A. Schwaller de Lubicz e nas realizações da escola Olho de Hórus.

Para os antigos egípcios, havia um plano divino baseado na reencarnação destinado a que o homem experimentasse em sua própria carne as leis que determinam o funcionamento do universo. Vivendo um processo evolutivo através da acumulação de experiências ao longo de 700 "reencarnações", o ser humano, inicialmente um ser instintivo, ignorante, inocente e primitivo, poder-se-ia  transformar  num super-homem,  um sábio imortal.

Assim se produzia uma iluminação temporal do discípulo, durante a qual podia viajar conscientemente pelo tempo e pelo espaço.

O documentário original está dividido em 10 capítulos:
Capítulo 1: A Escola dos Mistérios.
Capítulo 2: O Senhor da Reencarnação.
Capítulo 3: A Esfinge, Guardiã do Horizonte.
Capítulo 4: A Flor da Vida.
Capítulo 5: O Complexo de Cristal.
Capítulo 6: A Máquina Quântica.
Capítulo 7: O Amanhecer da Astronomia.
Capítulo 8: O Caminho da Compreensão.
Capítulo 9: O Portal da Liberdade.
Capítulo 10: O Princípio Feminino.

.....
.
HOJE NO  
"OBSERVADOR"

FBI avisou que irmãos Bakraoui
. representavam uma ameaça

FBI avisou autoridades holandesas e esta a Bélgica para a ameaça que os irmãos Bakraoui representavam para a segurança do país, seis dias antes dos atentados de Bruxelas.

No dia 16 de março, seis dias antes dos atentados em Bruxelas, o FBI informou as autoridades holandesas que os irmãos Ibrahim e Khalid El Bakraoui tinham cadastro criminal e representavam um perigo por estarem envolvidos numa rede jihadista. Seis dias depois, Ibrahim fez-se explodir no aeroporto de Zaventem e Khalid fez o mesmo na estação de metro de Maelbeek.

O Ministro da Justiça holandês, Ard van der Steur, declarou terça-feira, no Parlamento de Haia, que a informação foi transmitida às autoridades belgas a 17 de março, avança o La Derniere.
.
O governo belga enfrenta agora uma crise no que concerne a gestão de segurança do país. Na sequência de várias falhas apontadas às autoridades belgas na prevenção dos ataques que mataram 32 pessoas, os ministros do Interior e da Justiça apresentaram a demissão, que o primeiro-ministro não aceitou.

Na segunda-feira, a televisão grega ERT divulgou que também as autoridades gregas informaram a Bélgica que Abdelhamid Abaaoud planeava ataques no aeroporto de Zaventem. As descobertas foram feitas depois das buscas feitas ao apartamento do jihadista em Atenas em janeiro de 2015. A ERT diz que a Bélgica tinha conhecimento dos planos desde essa altura.

A polícia judiciária federal belga (PJF) disse, em comunicado, que não recebeu qualquer informação por parte do FBI. Acrescentam, ainda, que, no dia 17 de março, um membro da polícia holandesa reuniu com a PJF na Bélgica. Na reunião foram trocadas informações sobre a operação levada a cabo em Forest no dia 15 de março de 2016, mas as informações do FBI não foram mencionadas.

* Inacreditável esta ineficácia da competência.

.
.
.

V-CIDADES 
PERDIDAS

2- PALENQUE


A METRÓPOLE DOS MAIAS

video



* Depois de "CIDADES OCULTAS" iniciamos neste horário e etiqueta "PEIDA URBANA"  a série "CIDADES PERDIDAS", histórias fabulosas que vai gostar de ver e ouvir. Obrigado por nos visitar.

.
.

HOJE NO    
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Em 3 minutos o PMDB, maior aliado 
de Dilma, deixou coligação

O maior partido do Brasil anunciou esta terça-feira que vai deixar a coligação e o governo da presidente Dilma Rousseff.

O PMDB do vice-presidente Michel Temer demorou três minutos para decidir por aclamação deixar a base de apoio do governo de Dilma Rousseff. "Fora PT" e "Brasil, para a frente, Temer presidente", gritaram os deputados presentes na reunião.
 .
A moção aprovada na reunião que decorreu em Brasília determina a entrega de todos os cargos ocupados por membros do PMDB no governo, bem como a instauração de um processo no Conselho de Ética do partido contra quem permanecer no cargo.

Esta decisão foi tomada após uma reunião entre Temer e o presidente do Senado, Renan Calheiros, considerado pela Folha de São Paulo como o "último bastião" do "governismo" no PMDB.

Apesar dos apelos da presidente Dilma Rousseff e do antecessor, Lula da Silva, nomeado ministro da Casa Civil e suspenso por decisão do Supremo Tribunal Federal, o governo não conseguiu conter a debandada do PMDB que já se tinha materializado na demissão do ministro do Turismo, Henrique Alves.

O abandono do PMDB coloca em causa o futuro político de Dilma Rousseff, que enfrenta um processo legislativo com vista à sua demissão e precisava do apoio do seu principal parceiro de coligação no governo.

* Um vendaval varre o Planalto!! Abutres à espreita.

.

MARCELO REBELO DE SOUSA

.





Um balanço
inequivocamente positivo

1- Quarenta anos volvidos, olhar para o período constituinte ajuda a entender muito do que foi a vida nacional em Democracia.

A Assembleia Constituinte foi eleita na sequência de um movimento de jovens militares, que, pela participação popular, se converteu em revolução e pôs termo a uma longa ditadura constitucionalizada em 1933.

Essa rutura com o passado não impediu, porém, que continuidades sensíveis continuassem presentes no regime nascente, como os efeitos de processos de emigração, de migrações internas com despovoamento do interior, de progressiva integração comercial na Europa comunitária, de assimetrias regionais, funcionais e pessoais e de peso determinante - aliás ancestral - do Estado sobre a sociedade civil.

Por outro lado, a Constituinte cumpriu a sua missão em plena revolução, assim fazendo incidir na própria feitura da Lei Fundamental as várias fases de um inevitável confronto entre projetos doutrinários e ideológicos muito distintos e, por vezes, radicalizados.

De comum entre esses projetos havia a descolonização, a adoção de um regime democrático, a consagração de direitos fundamentais próprios de um Estado de direito, o alargamento desses direitos aos económicos, sociais e culturais, a independência dos tribunais, a autonomia político--legislativa dos Açores e da Madeira e a autonomia administrativa do poder local.

Partilhados por uma maioria mais moderada foram a inclinação para um modelo democrático europeu ocidental e a prevalência dos direitos, liberdades e garantias, e por uma maioria defensora de mais ampla rutura o regime económico de economia dominantemente pública devendo evoluir para a primazia de uma economia gerida por coletivos de trabalhadores e comunidades locais.

Como pano de fundo, uma tutela revolucionária do sistema político - essencialmente partidário - militar ia durar até ao fim de um período transitório.

As fases da revolução explicariam as diferenças abissais entre a organização do poder político de antes de 25 de novembro de 1975 e a organização do poder político depois dessa data - a primeira com maior componente de legitimidade revolucionária do que a segunda.

2 - A vida da Assembleia Constituinte foi muito marcada pela coexistência com uma revolução e acabou por abarcar, além da função cimeira da elaboração da Lei Fundamental, o debate constante acerca das conjunturas que se sucediam, um pouco ao jeito de um Parlamento comum.

Tudo com as paixões próprias do tempo excecional em que se enquadrava, paixões essas por vezes determinando afrontamentos muito duros, mas com um pano de fundo de cordialidade pessoal, que se foi acentuando à medida que a revolução dava lugar à estabilização institucional. Ainda assim, o clima foi, sempre, mais tenso do que é vulgar na atividade parlamentar clássica.

3- A vida política nacional seria largamente definida pelo labor da Constituinte. Desde logo, nas revisões da Constituição, a começar na primeira, de algum modo entrevista na versão originária daquela e, sobretudo, na correlação de forças já patente no início de 1976.

As demais revisões, decorrentes de novos desafios internos e externos, também traduziram opções enunciadas ou subliminares em 1976, como a da adoção de sistema político de matriz europeia comunitária.

Outro corolário da era da Constituinte foi o da permanência de clivagens fundamentais em matéria de regime económico e social.

Quarenta anos depois, já são bastante diversas as formulações das várias áreas políticas. Mas permanece uma evidente diferença entre projetos mais estatistas e mais abrangentes em domínios sociais e projetos mais sensíveis à iniciativa privada e mais preocupados com a viabilidade financeira das políticas sociais.

Fruto ainda da Constituição é a radicação da democracia representativa partidária, a afirmação da democracia participativa, o reconhecimento do setor da economia social, um clima genérico de inclusão e pacificação interna e externa, uma abertura ao mundo que fala português, um multilateralismo universal, uma aceitação pacífica do direito internacional. E, mais relevante, uma visão personalista, que passaria de implícita para explícita, e anunciaria caminhos de defesa dos direitos humanos, de diálogo, de tolerância, e que faria dos portugueses protagonistas vocacionados para as mais complexas incumbências mundiais.

4 - Como Presidente da República saúdo o balanço inequivocamente positivo da Constituição da República Portuguesa, quer nos princípios fundacionais que permanecem inspiradores quer nas adequações subsequentes que ajustaram o texto inicial. E agradeço aos constituintes, tal como aos reconstituintes, o seu contributo empenhado, norteado pelo interesse nacional.

A gratidão para com os constituintes é, naturalmente, mais efusiva, ao evocar o cunho pioneiro e as dificuldades enormes da sua tarefa.

Como constituinte que fui, com 26 anos de idade, não escondo o discreto mas sentido júbilo por poder testemunhar, 40 anos mais tarde, uma tão longa, mesmo se reconvertida, vigência da Constituição que, muito modestamente, ajudei a tornar realidade.

A vida de um Estado não se esgota na sua Constituição, nem deve mitificar uma obra que, como qualquer outra realização humana, é imperfeita.

Mas pode e deve saber compreender a importância única que a existência da Constituição e respetiva plasticidade tiveram para a sua definição como Estado social de direito democrático.

Presidente da República

IN DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
27/03/16


.
.


823.UNIÃO


EUROPEIA



.
HOJE NO
"RECORD"

Belga morre de ataque cardíaco

O mundo do ciclismo voltou a ser abalado por uma morte. Um dia depois da morte de Antoine Demoitié, vítima de um acidente com uma moto durante uma prova, o também belga Daan Myngheer não resistiu a um ataque cardíaco. 
 .

O jovem de 22 anos tinha desistido do Critério Internacional no sábado devido a um enfarte e acabou por morrer na segunda-feira à noite, num hospital de Ajaccio, capital da ilha francesa Córsega.

Em comunicado, a equipa Roubaix Lille Metropole anunciou a morte de Myngheer, lembrando que "perdeu a última corrida depois de lutar como um campeão". "Morreu na presença dos pais e da irmã Fleur Emely. As nossas condolências a todos", dizia o comunicado.

Horas depois, o britânico Mark Cavendish lamentou através do Twitter "mais uma morte trágica".

* O que se passa no ciclismo???


.
.
73-BEBERICANDO

video

Como fazer o drink Mulher de Malandro 
(Com Bartender Julio Cesar)


.
.


VI- PÁTRIA JURÁSSICA
2- O BAGRE
DEVORADOR DE GENTE

video


.
.


HOJE NO 
  "JORNAL DE NOTÍCIAS"
Portuguesas sagram-se campeãs 
do mundo de ginástica acrobática

O par feminino português composto por Joana Moreira e Rita Ferreira sagrou-se campeão do mundo de ginástica acrobática no grupo de idades 12-18 anos, esta terça-feira, em Putian, na China. Duas duplas lusas arrecadaram medalhas de bronze.
.

Joana Moreira e Rita Ferreira terminaram a competição com 27.750 pontos, superiorizando-se a um par da Grã-Bretanha (27.400) e a outro da Holanda (27.000), que arrecadaram as medalhas de prata e bronze, respetivamente.

Em pares masculinos, no mesmo grupo de idades, Henrique Branco e Tomás Filipe, conquistaram a medalha de bronze, terminando atrás da Rússia e da Grã-Bretanha, medalhas de prata e ouro, respetivamente.

Na classe de grupos masculinos, também na categoria 12-18 anos, Henrique Silva, Henrique Piqueiro, João Pereira e Miguel Silva, arrecadaram a medalha de bronze, com a Grã-Bretanha a garantir o ouro, e o Cazaquistão a prata.

Em grupos femininos, Portugal esteve representado por Francisca Branco, Constança Lopes e Irina Quintas, que concluíram no oitavo lugar.

Em pares femininos, no escalão 13-19, Beatriz Ferreira e Catarina Martins foram quartas classificadas, enquanto em pares mistos Marta Nunes e Filipe Santana terminaram a final no sexto posto.
Na prova de grupos feminino Carolina Dias, Matilde Moura e Raquel Ferreira foram quintas classificadas.

* Estas meninas, todas, são umas valentaças, que orgulho!!!

.
.

Nina Simone

I Want A Little Sugar In My Bowl

video

.
.
HOJE NO 
  "JORNAL DE NEGÓCIOS"
BPI tomba mais de 7% com fim 
das negociações entre 
Isabel dos Santos e CaixaBank

Esta foi a primeira sessão após o anúncio do fim das negociações entre Isabel dos Santos e o CaixaBank. As acções do banco liderado por Fernando Ulrich caíram mais de 7% durante a sessão.
 .

Na última quinta-feira, 24 de Março, o banco espanhol CaixaBank, o maior accionista do BPI, informou que terminou as negociações para tentar comprar a posição da Santoro no BPI, sem que tenha sido possível um acordo com a empresa detida pela angolana Isabel dos Santos. 

Esta terça-feira, 29 de Março, foi a primeira sessão que os títulos do banco português negociaram após a ruptura nas negociações. E a reacção dos investidores foi negativa. As acções do BPI encerraram a cair 6,74% para 1,204 euros. Ainda assim, durante o dia, os títulos chegaram a afundar 7,82% para 1,19 euros.


A liquidez deste título foi também elevada. Trocaram de mãos mais de 6,3 milhões de acções quando a média diária dos últimos seis meses é superior a 3,6 milhões.

O BPI tem até 10 de Abril para diminuir a sua exposição a Angola em quase 3 mil milhões de euros, conforme decidiu o Banco Central Europeu há mais de um ano. Não cumprindo essa redução, o banco liderado por Fernando Ulrich (na foto) arrisca ter de pagar uma multa diária de 162 mil euros a partir daquela data.

Esta terça-feira, 29 de Março, numa nota de análise a que o Negócios teve acesso, os analistas do Haitong consideram que o  acordo entre os dois maiores accionistas do banco está agora nas mãos de Isabel dos Santos. Numa nota assinada por Carlos Cobo e Juan Carlos Calvo, o Haitong salienta que o banco espanhol já definiu os termos do acordo, estando a bola do lado da empresária angolana.


"Entendemos que as negociações ainda não estão completamente terminadas, mas o Caixabank parece ter enviado uma mensagem clara sobre o quanto está disposto a ceder", escrevem os analistas do Haitong. "Agora parece estar nas mãos de Isabel dos Santos decidir se está disposta a aceitar os termos finais do Caixabank ou não".

* A incompetência dos "importantes" banqueiros portugueses, a arrogância de há uns tempos transforma-se em baba, o próximo será a CGD. 

.
.
ESTES HUMANOS
SÃO LOUCOS

video

.
.
HOJE NO
"DESTAK"
Exposição dos grandes mestres 
da pintura espanhola soma 25 mil
. visitantes e é prolongada

A exposição "Coleção Masaveu: grandes mestres da pintura espanhola", patente no Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa, desde 20 de novembro, recebeu 25.000 visitantes e será prolongada até 10 de abril, informou hoje o museu. 
 .
A mostra, inicialmente patente até 03 de abril, inclui 60 obras de mestres da pintura espanhola, como El Greco, Goya, Zurbarán e Sorolla, integradas numa das pinotecas privadas mais importantes de Espanha.

Dividindo-se por cinco núcleos, a exposição retrata a história da pintura espanhola entre os séculos XV e XX. 

* Imperdível para quem gosta de pintura de excelência.


.
.


 O QUE NÓS


  "FESTEJAMOS"!!!




O primeiro número da ONDA POP explica quase tudo, os primórdios, os conceitos, a paginação e artigos publicados demonstram o trabalho destes rapazolas nos idos de 60.

Ontem foi publicado o nº75 da edição impressa, que continua a saga de VITOR GOMES músico português, o verdadeiro pai do rock lusitano, agora na sua jornada africana,a notícia é extensa pormenorizada e cheia de interesse.
.
O concurso "SCHWEPPS" desta semana continua em modo Koltural, claro que o logotipo da Onda Pop é um bombo, mal desenhado mas safa-se, ainda pensámos no trompete.
.
FOUR JACKS AND A JILL, começaram com o cabelo comprido mas a censura social da época levou-os ao barbeiro, menos a GLANYS LINNE, óbvio
.
REG DE BEER recordado nesta edição, deu muita música na LM RADIO.

Honra a NICOLAU BREYNER a quem a saúde fez uma emboscada, dizem que os cemitérios estão cheios de insubstituíveis, nós dizemos que é o céu, seja ele qual for.

TECHA LEITÃO, era nossa amiga, na altura uma jovem que se destacava pelos seus conhecimentos musicais, prematuramente partiu. O irmão, João Gomes Leitão fundou a Teal Discos em Moçambique, Fernando Rodrigues um grande pintor português, fez o logo e o roda pé das capas com " Teal é Disco, Disco é Cultura, Cultura é Liberdade! Estava-se no 25 de Abril e a feroz e oportunista nova oligarquia política estava nos primórdios.
.
Cantem com a "ONDA POP", "LEAPY LEE "ENGELBERT UMPERDINCK e os "CREDENCE CLEARWATER REVIVAL".
.
A "ONDA POP" continua cheia de informação verdadeira, bem elaborada e metódica, sem folclores, mantém a coerência da sua génese. Na net e em português tem o condão de informar e trazer ao presente um passado glorioso de música como ninguém faz. Apresenta música variada de escolha criteriosa, temos o orgulho de dizer que os autores são nossos amigos mas não é por isso que estão na "PEIDA", é pelo valor e inteligência que demonstram.
 
Neste blogue, na coluna da direita tem um link directo.
OBRIGATÓRIO IR VER!!!
ABJEIAÇOS

.