sábado, 26 de março de 2016

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.


 II-SEM VERGONHA

 2 - TAMANHO DE ROLA


ATÉ AO PRÓXIMO SÁBADO

A NOSSA FICÇÃO
A MÓNICA MOREIRA LIMA, jornalista de profissão não chegavam as notícias comezinhas do quotidiano, nem que fosse uma bomba de neutrões.
Pensou, pensou, engendrou equipa tão louca como ela, baratinou os maiorais da TV GUARÁ e "amadrinhou"o "SEM VERGONHA" programa despudorado tão ao nosso gosto, cheio de pimenta por todo o lado, sem qualquer grosseria e divertido.
Ela só pode ser inteligente e boa!

O QUE DIZ A AUTORA
O Sem Vergonha é o programa mais polémico e irreverente da TV brasileira. Já rendeu vídeos para os quadros Top Five do CQC e Passou na TV do Agora é Tarde, ambos da BAND. Foi tema de uma matéria de duas páginas na maior revista de circulação nacional, a VEJA. E culminou com uma entrevista antológica ao Rafinha Bastos, no Agora é Tarde. Todos os programas estão disponíveis no blog e no YouTube. Não recomendo sua exibição para menores de 18 (anos ou cm) para evitar traumas futuros. Falo de sexo sem pudor, sem frescuras, sem meias palavras, sem eufemismos e com muito bom humor. Advertimos que o Sem Vergonha pode provocar ereções involuntárias e uma vontade irreprimível de dar, sem restrições de orifícios.


FONTE: TV GUARÁ

.....
.


6-PASCOAZINHA


.
.



OS TUNEZA
COMPADRE PASSA 
A PERNA



* Do melhor humor angolano

.
.

5-PASCOAZINHO



.
.


3-ANTICONCEPÇÃO


SEM ESTROGÉNIO


INDICAÇÃO


Uma interessante série conduzida pela Professora CÉLIA REGINA DA SILVA,Mestre em Ginecologia FCMSCMSP, Coordenadora do Planeamento Familiar.

 
* Uma produção "CANAL MÉDICO"



** As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

... .
.


4-PASCOAZINHA



.
.
.

2-QUEM SOMOS  NÓS?





* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.

3-PASCOAZINHO



.

CELMIRA MACEDO

.


CAO ou caos? 
A pergunta para 
um milhão de euros

Um pouco por todo o país proliferam a uma velocidade galopante os Centros de Atividades Ocupacionais (CAO) para pessoas com deficiência ou incapacidades. Enquadrados nas respostas tipificadas, imperam no conforto de mais facilmente poderem ser apoiados pelo Estado.

Nos normativos legais da Segurança Social, podemos ler que este tipo de respostas deve garantir o respeito pelos direitos das pessoas com deficiências e incapacidades e viabilizar a sua integração social e profissional. Para tal devem ser criadas soluções de complementaridade ou de alternativa à situação familiar, que contribuam efetivamente para a sua autonomia, valorização pessoal e desenvolvimento das suas capacidades e potenciais. Desta forma, considera-se que a qualidade e a segurança das respostas seja um passo fundamental para a promoção de uma sociedade justa, desenvolvida e inclusiva.

Coloco, na certeza de que me cairá o mundo em cima, a questão de um milhão de euros: Será mesmo assim que funcionam?

Porque pelo que vejo e oiço das famílias (de todo o País), não me parece que alguns CAOs disponibilizem serviços promotores de integração e inclusão social dos seus frequentadores. Nem tão pouco se percebem das suas práticas que atividades promotoras de inclusão social (e em alguns casos mais graves, nem o próprio respeito pelos direitos de querem os frequenta) são essas.

Quero pensar que são uma minoria, mas não deixam de me preocupar, por viverem ostracizados em si mesmos, com modelos de atuação bafientos, desfocados da realidade das famílias e dos interesses das populações que servem.

Do outro lado da balança, outros existem que apostam na inovação social. Serão estes alliens no terceiro sector? Poderão as IPSSs apresentar respostas renovadas e inclusivas para as populações que delas necessitam?

Do que conheço, as organizações a funcionar nestes moldes, atípicos por sinal, não se enquadram muito dentro de um CAO, vivem sim num “caos”, porque ao funcionarem outside of the box dificilmente se enquadram nas respostas tipificadas.

Estas organizações vivem num caos organizado, resiliente, encurtado e desgastado de tanta luta para dignificar as pessoas que delas necessitam, criando redes e recursos na comunidade, abrindo a porta aos verdadeiros problemas destas pessoas e famílias e com elas vão traçando soluções.

O caos está lá. O CAO, não. Nem dinheiro fácil, pois não é suado, lutado espremido e sangrado! Permitam-me que dê como exemplo a Associação Leque (havendo outras instituições igualmente atípicas) onde, como dizia Nietzsche, é preciso ter dentro o caos para gerar uma estrela. E ali existem várias!

E assim se vive no interior norte, no tal sítio onde a ruralidade impera, mas com leques com lufadas de ar fresco no Terceiro Setor, a gerar valor e qualidade de vida!

Vivam os “caos” como o nosso!

Kiss, kiss. Bang, bang!

* Presidente da Associação Leque

IN "DELAS"
24/03/16


.
.


820.UNIÃO


EUROPEIA



.

2-PASCOAZINHA



.
.
O TURISMO DA TRAGÉDIA



.
.
.
I- VIDA SELVAGEM
1- O terrível crorcodilo
de água salgada



.
.


1-PASCOAZINHO


 .
.
RECORDANDO


Da Vinci

Conquistador


.
.


HOJE NO 
"CORREIO DA MANHÃ"

Condutor da carrinha hospitalizado
 em unidade psiquiátrica

O condutor da carrinha envolvida no acidente de quinta-feira que provocou a morte de 12 portugueses está hospitalizado numa unidade psiquiátrica e ainda não foi ouvido pelas autoridades, indicou este sábado o Ministério Público de Moulins (centro de França). O condutor de 19 anos, também português, sofreu uma fratura num pulso e é o único sobrevivente entre os ocupantes da carrinha envolvida no acidente, que ocorreu por volta das 23h45 de quinta-feira na estrada nacional N79, perto da cidade francesa de Lyon, na localidade de Moulins. Em estado de choque, o jovem foi admitido inicialmente nas urgências psiquiátricas de Moulins. 
.
NÃO É UM MINI-BUS!
Na sexta-feira, o condutor foi transferido para uma outra unidade psiquiátrica naquela zona por "alguns dias", explicou, em declarações à agência noticiosa francesa AFP, o procurador de Moulins, Pierre Gagnoud. Tendo em conta as circunstâncias, o jovem não deve ser ouvido pelas autoridades antes "do início da próxima semana", indicou o magistrado. As autoridades francesas não revelaram a localização da unidade psiquiátrica. Um outro homem, que "poderá ser o presumível proprietário da carrinha" e que estava a fazer o mesmo trajeto da carrinha acidentada mas em outro veículo, também foi internado na mesma unidade psiquiátrica devido "a um choque psicológico", acrescentou Pierre Gagnoud. O veículo em que seguiam os portugueses saiu da Suíça por volta das 21h00 de quinta-feira e teria como destino a Portugal.

As doze vítimas mortais, com idades entre os 7 e os 63 anos, morreram na sequência de um choque frontal entre a carrinha em que seguiam e um veículo pesado. A carrinha desviou-se para a faixa contrária e colidiu de frente com o camião. A carrinha, do modelo Mercedes Sprinter, "não era um pequeno autocarro e não é adequada, por natureza, para o transporte coletivo", recordou o procurador. Os investigadores vão "reconstruir a carrinha a partir dos destroços" para tentarem determinar "se tinha sido construída especificamente para o transporte de pessoas", o que parece "pouco provável", precisou Pierre Gagnoud. A outra hipótese é tratar-se "de uma adaptação artesanal, totalmente inadequada, com cadeiras dobráveis e com os passageiros sentados na parte de trás em assentos improvisados", detalhou o magistrado.

O motorista italiano do veículo pesado envolvido no acidente já teve alta do hospital e foi ouvido na sexta-feira pelas autoridades francesas. O outro homem que seguia no camião foi operado na sexta-feira a um pulso e deverá ser ouvido durante o dia de hoje, segundo informou ainda o procurador. Alguns familiares das vítimas começaram a chegar na sexta-feira a Moulins e outros são aguardados durante o dia de hoje. Uma unidade de apoio médico e psicológico foi disponibilizada para os familiares das vítimas. O ministro dos Transportes francês, Alain Vidalies, pediu entretanto prudência nas declarações feitas sobre o acidente, nomeadamente sobre as condições da estrada onde se deu o acidente. A N79 é uma das estradas nacionais que compõem a Estrada Centro Europa Atlântico, um itinerário que atravessa a França de leste a oeste e que é conhecido como a "estrada da morte".

"As condições exatas do acidente não foram determinadas. As informações que disponho apelam à prudência sobre o papel da estrada. Existem perguntas legítimas sobre o veículo utilizado", afirmou Alain Vidalies, em declarações à emissora RTL. 

* A notícia é bem clara mas se alguém não a entendeu nós explicamos: um vigarista português proprietário de várias carrinhas de carga, transformava-as com assentos manhosos para transportar ilegalmente emigrantes portugueses iletrados, ao preço de 400 euros por pessoa, ida e volta, entre a Suiça e Portugal, rendia-lhe por etapa quase 5 mil euros. 
Significa isto que há portugueses no estrangeiro que se aproveitam da ignorância de conterrâneos para os aldrabar e conduzir até à morte como foi o caso, desejamos-lhe uma bela e prolongada estada na cadeia. 
Quanto ao puto condutor é mais um parvo explorado pelo tio, que tenha remorsos para toda a vida.

.


.TURBULENCIA


.
.
ESTA SEMANA NO 
"OJE"

Porque é que a Apple 
lançou um iPhone mais barato?

A Apple apresentou esta semana um novo iPhone que assinala o regresso da marca da maçã aos telemóveis de 4 polegadas, convertendo-o no smartphone mais barato lançado pela empresa

O mercado de telemóveis cresceu a passos largos nos últimos anos. Cada vez existem mais fabricantes e a concorrência é mais forte, algo com que a Apple teve que lidar.
 .

A apresentação do novo iPhone SE assinala uma mudança importante na estratégia para este mercado. A Apple conseguido introduzir toda a potência do seu último modelo, o iPhone 6S, num dispositivo mais pequeno, do tamanho do 5S. Mas, porquê?

A Apple assegura que os utilizadores gostam de telemóveis pequenos e que continua a vender muitos iPhone 5 de 4 polegadas, pelo que decidiram voltar a lançar este formato mas com a potência melhorada. A teoria é completamente válida, mas o mais surpreendente não é que tenham diminuído a dimensão do ecrã, mas sim o preço. 

Segundo Carolina Milanesi, diretora de investigação da Kantar Worldpanel ComTech, e citada por alguns meios especializados, com este lançamento a Apple centra-se na atração de novos utilizadores mais sensíveis ao preço. Além disso, segundo Milanesi, “supõe uma boa oportunidade para que os utilizadores do iPhone de gerações anteriores possam permitir-se comprar um novo, o que permite à Apple colocar na mão de mais usuários características como o sistema de pagamento Apple Pay”.

* O que interessa é induzir as pessoas a serem gastadoras, um objecto que não faz falta é sempre caro!!! 

.
.
PAIZÕES















.
.
HOJE NO 
"A BOLA"
«Estou insatisfeito, 
não gosto de perder nem a feijões» 
Fernando Santos



* Porém nós estamos preocupados, ouvimos ontem sexta antes do jogo, uns tugas pacóvios a dizer que a equipa da Bulgária era fraquinha, vimos o excesso de confiança de toda a gente, mas assusta-nos mais o seleccionador dizer que a selecção é candidata ao título europeu, só se for disputado no Samouco.

.
.

5 MANEIRAS DE

 DEFECAR DISCRETAMENTE

NA CASA DOS OUTROS




.
.

HOJE NO  
"OBSERVADOR"

BPI. 
Entre a surpresa angolana
 e a desconfiança espanhola

Surpresa do lado angolano. Silêncio do lado espanhol. O acordo pré-anunciado para o divórcio entre os dois maiores acionistas do BPI, o CaixaBank e Isabel dos Santos, acabou para já em desacordo. Mas o banco português está a ficar sem tempo para mais manobras negociais e recuos táticos. 
 .
A ANAFADA COR DE ROSA
Se não for encontrada nas próximas duas semanas uma solução para os ativos angolanos do BPI, a instituição liderada por Fernando Ulrich terá de pagar uma multa diária superior a cem mil euros, por incumprimento de exigências do Banco Central Europeu em relação à exposição ao mercado angolano.

Para o presidente da Santoro, a empresa de Isabel dos Santos que detém quase 19% do BPI, é difícil compreender o que se passou”. Mário Leite Silva reagia, em declarações à Lusa, ao comunicado emitido quinta-feira à noite pelo banco catalão que anunciava a rutura das negociações.
É difícil compreender o que se passou agora depois de ter havido entendimento entre as partes nos termos principais do acordo, nomeadamente nas questões financeiras“.
Do lado espanhol, a informação não oficial chega via El Pais, segundo o qual os responsáveis do CaixaBank nunca estiveram seguros dos resultados das negociações, ao contrário da confiança manifestada pelo lado angolano. Segundo o jornal espanhol, o acordo passava por uma oferta pública de aquisição (OPA) do banco catalão sobre o BPI, que nunca chegou a ser lançada porque o CaixaBank exigiu que fosse previamente aprovado o fim dos limites aos direitos de voto no banco português por parte de Isabel dos Santos. As ações do banco estiveram suspensas toda a terça-feira passada, por se esperar o anúncio do acordo que, segundo várias notícias, estaria já praticamente fechado.

Já o Jornal de Negócios adianta uma outra versão, a de que o banco catalão acabou por recuar na quinta-feira, depois de uma reunião na Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) por não querer cumprir, alegadamente, a legislação sobre as OPA (ofertas públicas de aquisição). Por estas regras, não só o CaixaBank teria de lançar uma OPA sobre o BPI, ao ultrapassar 50% do capital do banco após comprar a posição de Isabel dos Santos, como teria de oferecer a todos os acionistas um preço equivalente ao pago à empresária angolana.

A transação com Isabel dos Santos envolve a participação de 50,1% do BPI no Banco de Fomento Angola (BFA) e a instituição espanhola não concorda com a avaliação feita ao BFA.

Segundo assinala o El País, os responsáveis do banco catalão mostraram-se “extremamente prudentes, como bons conhecedores da estratégia de negociação da parte angolana” durante todo o período que durou as negociações. A cúpula do banco catalão, que controla 44% do BPI, mas só vota com 20%, terá dito “basta”, depois dos representantes do outro lado terem esticado mais a corda.

O lado angolano ainda mostra convicção de que será possível retomar as negociações. “Mesmo assim, acreditamos que o bom senso prevalecerá e o diálogo será imediatamente retomado”, sublinhou Mário Leite Silva, reafirmando uma disponibilidade logo após o banco catalão ter anunciado o rompimento, frustrando as expectativas de que acordo seria uma questão de tempo, sobretudo depois de noticiada uma conversa do primeiro-ministro António Costa com a filha do presidente angolano sobre o BPI.

O contacto teria envolvido também uma discussão sobre uma futura entrada de Isabel dos Santos no BCP, numa estratégia de travão à “espanholização” da banca portuguesa. A conversa nunca foi confirmada, mas gerou várias reações a nível político, entre ataques do PSD à interferência governamental em negócios privados, e o apoio do presidente Marcelo Rebelo de Sousa a intervenções políticas, desde que articuladas com o regulador e feitas em nome da estabilidade financeira. A discrição encaixa melhor na situação do BPI do que numa eventual investimento da empresária angolana no BCP, que teria sempre de passar no crivo do Banco Central Europeu.

O comunicado do CaixaBank não mostra a mesma abertura para retomar as conversas, apesar da intenção de continuar a “colaborar e a apoiar o BPI para encontrar uma solução para a situação de excesso de concentração de riscos decorrente da sua participação de controlo no BFA [Banco Fomento Angola]”. Se o impasse acionista, que dura já há mais de um ano, continuar, a gestão do banco português terá de propor outra solução. A cisão do BFA pelos acionistas, proposta no ano passado, foi recusada por Isabel dos Santos.

O BPI tem até 10 de abril para cumprir as exigências do Banco Central Europeu (BCE) relativas à exposição aos grandes riscos. Uma vez que Frankfurt considera Angola como um dos países que não tem uma regulação e supervisão semelhantes às existentes na União Europeia, o BPI tem de ajustar a sua exposição ao mercado angolano, onde detém o controlo do BFA, com 50,1%, ou terá de fazer um importante aumento de capital.

* Se perguntar não ofende perguntamos: Quem foram as bestas que permitiram a um dos maiores exemplares da vigarice africana, arrebatasse parte substancial do capital do BPI???

.
.
 JOGO DAS SETAS



.
.
HOJE NO 
 "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Estrelas de Hollywood 
ameaçam boicotar lei "anti-gay"

Empresas e celebridades uniram-se em protesto contra lei que estado da Geórgia se prepara para aprovar

Gigantes como a Disney, Marvel e AMC fizeram um primeiro ultimato: se o governador Nathan Deal, do estado da Geórgia, não vetar um projeto de lei que oferece proteção a organizações e empresas que se recusem a servir pessoas da comunidade LGBT, então serão forçados a parar de trabalhar. Entretanto, cerca de 40 estrelas de Hollywood juntaram-se à ameaça de boicote.
 .
A Disney garantiu firmemente que abandonará o estado. Os estúdios da Marvel mencionaram a suspensão das filmagens da animação Guardiões da Galáxia 2. E o canal AMC fala em levar as filmagens da série de sucesso The Walking Dead para outro ponto do pais.
.
Posteriormente, figuras como Anne Hathaway, Julianne Moore, Lee Daniels, Ryan Murphy ou Seth MacFarlane assinaram uma carta aberta que pede a Nathan Deal para "vetar o decreto H.B. 757 e enviar uma forte mensagem de que a Geórgia não tolera a discriminação de cidadãos, empregados ou visitantes do estado".
 .
Atualmente, existem 38 projetos a serem filmados na Geórgia, incluindo o filme inspirado na clássica série Marés Vivas. No último ano fiscal, frisam ainda as 38 figuras da TV e do cinema que assinaram a carta, "pelo menos 248 filmes e produções televisivas foram filmados na Geórgia, gerando uma receita de pelo menos 1,7 mil milhões de dólares [cerca de 1,5 mil milhões de euros] para o estado".
 .
Se a produção televisiva e cinematográfica parasse, agora, as consequências económicas seriam "desastrosas", preveem especialistas ouvidos pela imprensa norte-americana. Por esse motivo, é de esperar que o responsável da Geórgia não promulgue a lei. "Se eu tivesse que apostar, apostaria que o governador vai vetar isto", admite o professor de economia Tibor Besedes, ao site The Wrap.
 .
A ser aprovado, este decreto, descrito por muitos como "anti-gay", permitiria, por exemplo, que uma pastelaria se recusasse a fazer um bolo de casamento para um casal gay, ou que oficiais religiosos recusassem conduzir cerimónias como essa. O governador da Geórgia tem até ao dia 3 de maio para tomar a sua decisão.
 .
* Nos EUA há de tudo, desde o maior lixo humano às mentalidades mais nobres, pena que o lixo seja em tão grande quantidade e até presidenciável.

.
.

NÚMERO TROCADO




.
.
HOJE NO
"RECORD"

Quem é o melhor jogador da história?

Nunca haverá consenso numa resposta a esta pergunta: afinal, quem é o melhor jogador na história do futebol mundial? 
 
DI STEFANO
Após a morte de Johann Cruyff, na quinta-feira, a "France Football" lançou uma votação no seu site para "tentar" eleger o maior dos nomes da história da modalidade numa lista onde figura o nome de dois portugueses: Eusébio e Cristiano Ronaldo.

Pelé, Diego Maradona, Platini, Cruyff, Messi, Di Stefano, Beckenbauer, Bobby Charlton ou Puskas são alguns dos nomes que constam igualmente na votação.




D'après vous, quel est le meilleur joueur de l'histoire ?
Pelé
Diego Maradona
Michel Platini
Johan Cruyff Lionel Messi
Cristiano Ronaldo
Alfredo Di Stefano
Raymond Kopa
Garrincha
Zinédine Zidane
Ronaldo Franz
Beckenbauer
George Best
Marco van Basten
Bobby Charlton
Eusebio
Gerd Müller
Karl-Heinz Rummenigge
Ferenc Puskas
Andrés Iniesta

* Para nós são todos os melhores jogadores da história, na lista ainda faltam alguns como Gullit, Socrates, Romário e Ibrahimovic entre outros.

.
.
Sujinhos, sujinhos, sujinhos














.
.
.
836
Senso d'hoje

MANUEL VALLS
PRIMEIRO-MINISTRO FRANCÊS
"A Europa fechou os olhos 
à radicalização islâmica"



Um dia depois dos atentados que mataram mais de 30 pessoas em Bruxelas, o chefe do governo francês admite que as autoridades francesas ignoraram a expansão do movimento Salafista em França.


FONTE: EURONEWS

.

ESCOLHAS DE SÁBADO

.
COMPRE JORNAIS







.
.

ENGRAÇADOS


.
.

BOM DIA


.