quinta-feira, 10 de março de 2016

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.
.
.
.

81-ACIDEZ
 

FEMININA


TAMANHO É DOCUMENTO


video



A IMPRESCÍNDIVEL TATY FERREIRA

* Uma produção "ACIDEZ FEMININA" - BRASIL

.
.
 EXTERMINADOR
DO FUTURO

video


.
.
HOJE NO

"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Ou tens sexo ou... 
sei o que fizeste no Verão passado

Comprou um telemóvel num site de vendas e depois de ter o aparelho viu que a proprietária não tinha apagado imagens comprometedoras. A partir daí, começou a chantagem

Um homem de 31 anos chantageou uma mulher, de forma continuada, desde o verão do ano passado, depois de ter ficado com o seu telemóvel e ter acedido a imagens ousadas da vítima. O alegado burlão foi agora detido pela PJ de Aveiro por suspeita dos crimes de burla, extorsão, coação sexual e falsidade informática, praticados de forma continuada desde o verão de 2015.
.
O alegado burlão e a vítima conheceram-se por causa de uma transação comercial feita na internet, num dos sites de vendas onde a mulher colocou o anúncio da venda .do seu telemóvel. O suspeito quis ficar com o aparelho e encomendou. Mas nunca chegou a pagar um cêntimo pelo telemóvel. Em vez disso, decidiu aproveitar-se do facto de a mulher ter deixado no telemóvel ficheiros com imagens ousadas e comprometedoras. "Na posse dos contactos da vítima e sob a ameaça de divulgação generalizada das imagens, passou a exercer junto daquela, quer nas redes sociais quer em contactos diretos, atos de chantagem que determinaram a entrega de dinheiro", informou a PJ hoje, em comunicado.

Nos últimos dias, antes de o homem ser detido, a vítima estava de tal forma em pânico que o burlão aproveitou para a lhe exigir que ela tivesse sexo com ele. Caso contrário, expunha-a aos olhos de todos.

Mas a mulher apresentou queixa-crime rapidamente, o que possibilitou à PJ localizar o suspeito ainda na posse do aparelho. O homem iria hoje ser presente a tribunal para conhecer as medidas de coação.

"A Polícia Judiciária recomenda, uma vez mais, o extremo cuidado que todos devem ter em apagar, de forma segura, todos os seus dados e ficheiros de quaisquer suportes eletrónicos, telefones, computadores, consolas, tablets, pen drives, discos rígidos e outros similares que pretendam transacionar, atento o tipo de uso a que esses dados e ficheiros podem estar sujeitos e que podem causar graves danos, quer no plano pessoal quer no plano profissional", conclui o comunicado da PJ.

* Insistam em expôr-se...

.
.
XXXIX - O UNIVERSO

4- LUGARES PERIGOSOS

NO UNIVERSO


video


As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.
HOJE NO 
"RECORD"

Ex-ministra francesa do Desporto 
acusa Nadal de doping

A ex-ministra francesa do Desporto Roselyne Bachelot acusou o espanhol Rafael Nadal de se ter dopado e de ser essa a razão para a paragem do tenista por sete meses, em 2012, quando este alegou lesão.
.
"Sabe-se que a famosa lesão de Rafael Nadal, quando esteve inativo sete meses, se deve na realidade a um controlo positivo", afirmou a ex-ministra do governo de Nicolas Sarkozy num canal televisivo francês, acrescentando que a lesão no tendão rotuliano do joelho esquerdo era fictícia.

Responsável pela pasta de Saúde e Desporto, entre 2007 e 2010, Bachelot mostrou-se convicta de que as lesões prolongadas no ténis derivam de controlos positivos.

"Quando vês um jogador de ténis que pára durante vários meses, é porque teve um controlo positivo. No ténis não se revelam resultados de doping, mas depois divulgam-se as longas lesões que deixam os jogadores muito tempo fora de prova", finalizou a ex-ministra francesa, em mais um episódio de acusações do país ao atleta de Maiorca.

Rafael Nadal detém o recorde de vitórias em Roland Garros, com nove triunfos, cinco deles consecutivos, e tinha garantido na quarta-feira "estar limpo e longe da tentação de fazer alguma coisa errada", afirmando que a russa Maria Sharapova, que acusou doping no último Open da Austrália, foi vítima de um "erro, mas que deveria ser punida".

"Quero acreditar que se tratou apenas de um erro e que Sharapova não o quis fazer de forma consciente. É um caso de negligência e deve ser punida", comentou na quarta-feira o atual número cinco do ranking mundial.

O ex-número um mundial voltou a declarar-se inocente das acusações de doping lançadas em 2012 pela imprensa francesa, que apontavam os controlos positivos para o sucesso dos atletas espanhóis em várias modalidades, depois de Richard Gasquet, em 2009, ter sido suspenso provisoriamente por uso de cocaína.
 .
* A ex-ministra devia estar calada, afirmações não fundamentadas são calúnias.

.
.



10-O VENENO ESTÁ NA MESA


AGROTÓXICOS

video

As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE NO 
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Há cerca de 70 mil carros abatidos
 a circular

O presidente do Automóvel Club de Portugal, Carlos Barbosa, em declarações à Lusa, explicou que a razão da existência de milhares de carros nesta situação decorre do facto de muitos antigos proprietários, que venderam os veículos sem a venda ter sido registada pelo comprador, acabam por mandar abater os veículos para evitarem continuar a receber notificações para pagar o imposto [IUC], portagens ou multas.
 .
"Começa a receber multas de um carro vendido, contactam o novo proprietário que diz que se esqueceu de fazer o registo e vai fazer, mas não faz. A única maneira que tinha até 2014 de resolver isto era pedir o abate o carro, por isso há milhares nessa situação", contou Carlos Barbosa.

Até 2014 só podia registar o carro quem o comprava, e não podia quem o vendia, e só a partir desse ano é que os vendedores passaram a poder alterar oficiosamente o registo de veículos, quando o comprador não registou o veículo em seu nome.

"Naquela altura, as pessoas não tinham outro meio, senão abater os carros, para não estarem a pagar multas ou IUC", disse.

Dado o prazo de caducidade da lei fiscal, que impede a cobrança de impostos - como o Imposto Único de Circulação (IUC) - com mais de quatro anos, a maioria destes veículos abatidos por antigos proprietários (que continuam legalmente a ser proprietários por não ter sido feito o registo da venda pelo novo proprietário) tinham sido vendidos entre 2012 e 2014.

Quando estes veículos, com certificado de abate, são detetados a circular pela polícia numa operação de fiscalização, são apreendidos até que o novo proprietário faça o registo mas, até a sua situação ilegal ser descoberta, continuam a circular pelas estradas do país.

A Autoridade Tributária (AT), no Portal das Finanças, esclarece os contribuintes de que no IUC é tributada a propriedade dos veículos, independentemente do respetivo uso ou fruição, sendo seus sujeitos passivos as pessoas em nome das quais os mesmos se encontrem registados, sendo o imposto devido até ao cancelamento da matrícula efetuado nos termos da Lei.

"Assim, enquanto a situação do veículo em causa não for regularizada [cancelamento de matrícula], continuará a ser liquidado o respetivo IUC em nome da (...) proprietária em função do registo averbado na Conservatória de Registo Automóvel competente", lê-se nessa informação distribuída aos serviços da AT.

Na sua página da internet, o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), explica que o pedido de apreensão de um veículo, para retirar de circulação os veículos sem registo da propriedade regularizado, deve ser solicitado na Conservatória do Registo Automóvel ou junto do Balcão de Atendimento do IMT da área da sua residência.

Decorridos mais de seis meses após o pedido de apreensão de um veículo, cuja propriedade tenha sido transferida a terceiro há mais de um ano e este não tenha atualizado o registo de propriedade, o titular daquele registo pode requerer o cancelamento da matrícula do veículo.

* As pequenas vigarices em que os portugueses pequeno burgueses  chafurdam, não têm categoria para vigarizar através dum banco ou dum ministério.

.

ANA SOUSA DIAS

.


De igual para igual

Planeta 50-50 em 2030 não é o título de um filme futurista, com naves espaciais e hecatombes cósmicas. É um objetivo apontado pelas Nações Unidas e os "50-50" referem-se à igualdade de género. Parece uma impossibilidade se olharmos para a realidade de hoje, como comprova o relatório que, como todos os anos nesta data, a Organização Internacional do Trabalho divulgou sobre a diferença entre a vida profissional dos homens e das mulheres.

Elas ganham menos e trabalham mais, sobretudo no chamado trabalho não pago - uma expressão do mundo da economia para as tarefas domésticas e familiares. Ah, lá estão os burocratas das Nações Unidas a ser politicamente corretos, que tédio.

No blogue do casal Gates, Melinda e Bill contam que os alunos de uma escola secundária no Kentucky lhes perguntaram que superpoderes gostariam de ter. Ele respondeu "mais energia", ela "mais tempo", e explicam porquê. Ambos vão buscar experiências tidas em África para reforçar estes desejos. Energia pode significar ter água e um frigorífico para conservar alimentos. Tempo quer dizer a possibilidade de estudar e ter uma profissão para sustentar a família, em vez de gastar seis horas por dia em trabalhos não pagos como ir buscar longe água e lenha.

Ah, lá estão os bem-intencionados bilionários a ser politicamente corretos, que tédio. O que é que isto nos diz a nós, que vivemos no conforto da torneira e do interruptor que liga o candeeiro e que até nos orgulhamos de ter uma legislação equalitária bastante avançada? É que não foi há muitas décadas que essa igualdade chegou à lei portuguesa.

E as mudanças na sociedade avançam, em diferentes velocidades, mas avançam. Se nos perturba o desprezo dos fundamentalismos religiosos pelas mulheres, não vamos fingir que o desrespeito é coisa só dos outros. Planeta 50-50, dizem as Nações Unidas. Com todas as diferenças que felizmente existem, de igual para igual.

IN "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
08/03/16

.
.


804.UNIÃO


EUROPEIA



.

HOJE NO  
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Maior avião do mundo está pronto a voar

O Airlander 10 já está a postos para realizar o seu primeiro voo. O maior avião do mundo tem 92 metros de comprimento, 44 de largura e custou 100 milhões de dólares (90,5 milhões de euros).
.
A fabricante de aviões Hybrid Air Vehicles anunciou que o maior avião do mundo está pronto para realizar o seu primeiro voo, revela o jornal britânico Mirror. O Airlander 10 foi produzido pela Hybrid Air Vehicles, empresa britânica de construção de aparelhos aéreos híbridos, e custou 100 milhões de dólares (90,5 milhões de euros).

Este avião tem 92 metros de comprimento, superando em quase 20 metros os maiores aviões da Boeing e da Airbus, e 44 metros de largura. O mesmo comprimento de um campo de futebol e a altura de seis autocarros de dois pisos.

O aparelho custou 90,5 milhões de euros, dos quais 3,2 milhões de euros tiveram origem em fundos estatais para ajudar ao desenvolvimento deste projecto.

O jornal espanhol Cinco Días diz que o Airlander 10 é uma mistura de avião, com dirigível e helicóptero, tendo capacidade para transportar até 10 toneladas de carga e destaca-se pela sua forma pouco comum.

O seu exterior é feito de fibra de carbono e o seu interior contém gás hélio e, por isso, contamina menos 70% do que os aviões convencionais. Estas características fazem com que possa voar durante cinco dias seguidos e aterrar em qualquer superfície, explica a Sky News.

* É estranho o bicho.

.
.
Escolhas de Rio-2016 e Tóquio-2020 
sob suspeita

video


Uma produção AFPBr

.
.

V-AMBIENTE FEROZ

3-VULCÃO

video


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.
HOJE NO 
"DESTAK"
Susana Sargento 
vence 1.º prémio Mulheres Inovadoras 
da UE no valor de 100 mil euros

A professora universitária portuguesa Susana Sargento, cofundadora da empresa tecnológica Veniam, venceu hoje o 1.º prémio Mulheres Inovadoras da UE, que distingue mulheres com ideias de vanguarda, no valor de cem mil euros. 
 .
O prémio - entregue pelo comissário para a Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas - distingue do trabalho de Susana Sargento na área das soluções para a "internet em movimento", transformando automóveis em pontos de acesso à internet sem fios, e cria redes móveis à escala das cidades que recolhem 'terabytes' de dados urbanos.

"É sempre uma grande honra ver os projetos portugueses, como o da Susana Sargento, vencer concursos europeus ao mais alto nível. Este projeto simboliza também o enorme potencial que existe em Portugal na área da economia digital e novas tecnologias. Não tenho dúvidas que, sem mais mulheres inovadoras, nestas áreas, a UE parte com uma enorme desvantagem para a 4.ª revolução industrial", salientou o comissário.

* Inteligência portuguesa a circular!



.
.
Brigada Victor Jara

Arriba Monte

video

.
.
HOJE NO
"i"

Guiné Equatorial 
não usa português dois anos depois

Portal do governo de Obiang está em três línguas mas nenhuma é o português, apesar de essa ter sido condição para adesão à CPLP

Quase dois anos depois de ter entrado para a CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), a Guiné Equatorial continua a ter o site oficial do governo de Teodoro Obiang em espanhol, inglês e... francês. O português não consta da lista das línguas em que é disponibilizada a informação, apesar de o país o ter adotado como língua oficial aquando da adesão à comunidade dos países lusófonos.
.
Ter a língua portuguesa como idioma oficial era um dos requisitos da adesão da Guiné Equatorial à CPLP, mas o governo de Obiang continua sem usar o português, apesar das declarações que fez em 2006, quando requereu o estatuto de observador associado da comunidade. “A Guiné Equatorial foi descoberta pelos portugueses, que colonizaram a ilha a que chamaram de Fernando Pó. Temos raízes profundas com Portugal e muitas famílias portuguesas trabalharam na Guiné Equatorial. Somos fruto dessa grande família”, afirmou então Teodoro Obiang.

Contactado pelo i, o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) não esteve disponível para fazer comentários. Mas a relação entre Portugal e os restantes países da CPLP passa por um momento tenso no qual a Guiné Equatorial volta a aparecer em destaque.

Obiang contra Portugal
Segunda-feira, o primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada, anunciou que São Tomé e Príncipe vai apresentar um candidato a secretário executivo da CPLP. A eleição ocorrerá na conferência de chefes de Estado e de governo da comunidade, que ocorrerá em julho, no Brasil, e Portugal deve apresentar também um candidato. Mas São Tomé apresenta a sua candidatura invocando um acordo não escrito que determinará que Portugal não poderá eleger um secretário executivo por ter já a sede da organização. Para sustentar esta tese, Trovoada cita, entre outros países, a Guiné Equatorial - país que São Tomé ajudou a trazer para a CPLP, ao convidar Teodoro Obiang para uma cimeira em 2004.

“É uma questão de regra. E a regra, no nosso entender, no entender dos PALOP (países africanos de língua oficial portuguesa), no entender da Guiné Equatorial, com quem eu pude partilhar essa questão, é que, de facto, quem tem a sede não poderia ter ao mesmo tempo o secretariado executivo”, sublinhou segunda-feira Patrice Trovoada.

O primeiro-ministro são-tomense quis deixar claro que a candidatura que apresenta não é contra Portugal, mas o governo português mantêm a tese de que não existe o acordo de cavalheiros que Trovoada invoca. E é por isso que, como avançou o “SOL” na edição de sábado, o ministro Santos Silva está a preparar uma candidatura para a qual se perfila o nome do socialista Vítor Ramalho, atualmente secretário-geral da UCCLA (União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa).

De resto, fonte oficial do gabinete de Santos Silva disse à Lusa que “compete agora a Portugal assumir a responsabilidade de apresentar a candidatura a secretário executivo”.

Seguindo uma tradição de rotatividade por ordem alfabética, iniciada na criação da CPLP em 1996, o secretariado executivo foi assumido já por Angola, Brasil, Cabo Verde e Guiné-Bissau. Moçambique assumiu o cargo nos últimos quatro anos, em dois mandatos. Mas de acordo com esta lógica, os próximos a assumir a liderança seriam Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Há várias versões divergentes a correr sobre a existência ou não de um acordo que retira a possibilidade de ter um secretário executivo ao país onde está a sede, mas é certo que Brasil, Angola e Moçambique estão entre os que acham que esse é motivo suficiente para que Portugal não fique à frente da CPLP.

* Talvez esta falha seja um bom argumento pra dar um chuto no cú em Obiang

.
.

Adam Winrich

video

.
.
HOJE NO
"A BOLA"

Sindicato dos Jornalistas lamenta
. campanha de intimidação do Sporting

Em comunicado, o Sindicato dos Jornalistas considera inqualificável a campanha de intimidação do Sporting e aconselha os profissionais visados por Bruno de Carvalho a proceder criminalmente contra o presidente do clube leonino.

Eis o comunicado:
O presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho, tem publicado, nos últimos dias, na sua página na rede social Facebook, infelizes e falsas acusações contra alguns jornalistas, numa inaceitável tentativa de intimidação.
 .

Por pretender condicionar o livre exercício da profissão de jornalista, imprescindível em democracia, entende o Sindicato dos Jornalistas (SJ) que o presidente do Sporting está a ter uma atitude inqualificável para com os jornalistas de quem `não gosta`.

Por ser o futebol um campo de paixões, mas por vezes também terreno de alguma agressividade, entende o Sindicato dos Jornalistas que Bruno de Carvalho está a pôr em risco, por razões óbvias, os visados, identificados pelo nome profissional.

Por isso, o SJ fará uma exposição ao Ministério da Cultura (que tem a tutela da comunicação social), ao Ministério da Administração Interna, à Secretaria de Estado da Juventude e do Desporto, à Liga Portuguesa de Futebol profissional e à Federação Portuguesa de Futebol.

O SJ aconselha ainda os jornalistas visados a procederem criminalmente contra o presidente do Sporting Clube de Portugal.

* A liberdade de imprensa é apanágio dum Estado de Direito, mesmo quando existem profissionais abolutamente tendenciosos quanto aos seus afectos clubísticos.


.
.

MIMO P'RA XÚXÚ



.
.

HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS
DA MADEIRA"

‘Deficientes” alertam para 
os constrangimentos do 
estacionamento abusivo

A Associação Portuguesa de Deficientes – Delegação da Região Autónoma da Madeira e a Associação Portuguesa das Pessoas com Necessidades Especiais – Associação Sem Limites em parceria com a Polícia de Segurança Pública levou a cabo esta manhã mais uma acção de sensibilização intitulada ‘Um Pequeno Gesto Faz Toda a Diferença’.
.
A mesma resulta de um protocolo de cooperação com a PSP, que tem por objectivo a sensibilização dos condutores para os estacionamentos abusivos, nomeadamente em cima dos passeios, na zona de rampas de acesso, obstruindo a passagem quer de peões, cadeiras de rodas e carrinhos de bebé, sendo que muitas vezes estas pessoas têm de circular pela faixa de rodagem, colocando a sua vida em perigo.

Neste sentido, foram as próprias pessoas com deficiência, membros da Associação, em colaboração com a PSP, a sensibilizar os condutores, entregando-lhes flyers alusivos ao projecto.

Depois de duas acções realizadas no Funchal, nas vésperas do Natal e no princípio do mês de Fevereiro, este mês, e de modo a que a mensagem chegue à comunidade em geral, a acção de sensibilização foi agendada para esta quinta-feira de manhã em Câmara de Lobos, tendo sido realizada na Avenida Nova Cidade.

* É apenas um problema de falta de educação, COISA POUCA.

.
.
.
DOUTRO SÉCULO
I - ARMAS, GERMES E AÇO
AS RAÍZES DO PODER
5- SAÍNDO DO JARDIM DO ÉDEN

video


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE NO 
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Televisão paga cresceu 
acima da média em 2015

O serviço de televisão paga tem crescido acima da média dos últimos cinco anos, segundo os dados da Anacom, devido ao aumento das ofertas em pacote e serviços convergentes.

No final de 2015, a taxa de penetração do serviço de televisão por subscrição situava-se nos 86,6 assinantes por cada 100 famílias, mais 4,1 pontos percentuais do que em 2014.
 .
O número de clientes do serviço atingiu 3,52 milhões, mais 167 mil do que no ano anterior, o que se traduz num aumento de 5%, acima da média dos últimos cinco anos (4,6%).

"O crescimento do serviço deveu-se sobretudo às ofertas suportadas em FTTH/B (mais 185,1 mil assinantes. O FTTH/B representava, no final do ano, 23,1% do total de assinantes (mais 4,4 pontos percentuais do que no ano anterior), tendo-se tornado a segunda forma de acesso mais importante, a seguir ao cabo", segundo o comunicado.

O serviço de TV baseado na tecnologia cabo, que diminuiu 1,4%, continua a ser a forma de acesso mais importante (38,3%). O xDSL diminuiu 1,2%, o que aconteceu pela primeira vez desde que esta informação é recolhida, e caiu para o terceiro lugar entre as redes de suporte do serviço (21,3%). Segue-se o DTH (transmissão por satélite), que representa 17,4% do total, que aumentou 1,7%, o primeiro aumento anual registado desde 2011, acrescenta a Anacom.

"O aumento das ofertas em pacote em 2015 determinou uma subida da penetração das ofertas de televisão paga. No final do ano, cerca de 87,8% dos assinantes dispunham do serviço integrado em pacote", refere o regulador das telecomunicações.

 No ano de 2015, o total de receitas proveniente do serviço de TV por subscrição stand-alone e de pacotes de serviços que incluem este serviço totalizou 1.662 milhões de euros.

O Grupo NOS continuou a ser o principal operador do serviço, com uma quota de assinantes de cerca de 43,8%. A MEO tinha 40,7%, a Vodafone 10,2% e a Cabovisão 5,1%.

A Vodafone foi o único prestador a aumentar a sua quota de assinantes (mais 2,7 pontos percentuais), sendo também o prestador que, em termos líquidos, mais assinantes captou em 2015, conclui a Anacom.

* Fica uma curiosidade, que tempo têm os portugueses para ver 100 canais de TV?

.
.
DE QUANTA POBREZA
PRECISAM 
OS LUCROS DOS RICOS?





























.
.
HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"

GNR suspenso por oito meses 

Hugo Ernano matou jovem em perseguição policial 

Hugo Ernano, militar da GNR que matou um jovem numa perseguição policial após um assalto, em Loures, foi suspenso na sequência de um processo disciplinar interno. O militar, de 36 anos, viu ser-lhe aplicada uma suspensão agravada pelo período de 240 dias. Durante os oito meses irá receber um terço do salário. 
 .

Hugo Ernano afirmou que ficou "estupefacto" quando recebeu o despacho do MAI, que o obriga a estar suspenso de funções durante 240 dias (oito meses), período durante o qual passa a receber apenas um terço do vencimento, segundo a legislação aplicada nestes casos. "Dizer que me sinto revoltado é muito brando. Quero ver o que vou fazer com a minha vida, pois tenho família, mulher e dois filhos", lamentou o militar da GNR, que se encontra de baixa médica por mais um mês, acreditando que deverá começar a cumprir a suspensão a partir de maio. 

Hugo Ernano acrescentou que, até hoje, ninguém lhe disse "onde é que falhou" na sua atuação enquanto militar da GNR. Outro processo em 2013 Hugo Ernano já havia enfrentado um processo-crime, em 2013, que o condenou a quatro anos de pena suspensa e ao pagamento de uma indemnização de 55 mil euros. 

O militar da GNR foi condenado, em outubro de 2013, pelo Tribunal Criminal de Loures a nove anos de prisão por homicídio simples, com dolo eventual, e ao pagamento de uma indemnização de 80 mil euros à família do menor, tendo a defesa do arguido interposto recurso para o Tribunal da Relação de Lisboa (TRL). 

A 26 de junho de 2014, o TRL absolveu o arguido do crime de homicídio simples, com dolo eventual, mas condenou-o a uma pena de quatro anos de prisão por homicídio simples por negligência grosseira, suspensa na sua execução por igual período. Além disso, reduziu a indemnização de 80 mil para 45 mil euros a pagar à família da vítima: 35 mil euros à mãe e 10 mil euros ao pai. 

Em dezembro de 2014, o Supremo Tribunal de Justiça manteve a pena suspensa de quatro anos e aumentou a indemnização de 45.000 para 55.000 euros a pagar à família da vítima. Os factos remontam a 11 de agosto de 2008, quando o jovem de 13 anos foi atingido a tiro pelo arguido durante uma perseguição policial a uma carrinha após o assalto a uma vacaria, em Santo Antão do Tojal, concelho de Loures. 

Além do menor, seguiam na carrinha dois homens, um deles o pai da criança, que estava evadido do Centro Prisional de Alcoentre, e que foi condenado a dois anos e dez meses de prisão efetiva pelos crimes de resistência e desobediência, prestação de falsas declarações e de coação sobre funcionários. 

* Nós respeitamos a justiça embora possamos não a compreender e aceitar. 
Um soldado da GNR mata sem intenção um menor que vai escondido numa carrinha de bandidos que persegue, o menor é filho dum criminoso fugido de Alcoentre, o militar leva uma porrada destas!
O crime compensa???

.