quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.
Viúva grávida !!!

Na Vidigueira, uma mulher entregou ao neto um frasco com urina para ele ir entregar no consultório para análise.
No caminho, o miúdo deixou cair o frasco que se partiu e foi pedir ajuda a um amigo que lhe disse:
- Anda ali comigo que eu tenho uma porca que está grávida, e nestas alturas as porcas fazem muito xixi, enchemos um frasco e levas que eles nem dão por isso.


Alguns dias depois a mulher foi à consulta para saber o resultado das análises, diz o médico:
-Tenho más noticias para lhe dar.
-Senhor Doutor, não me diga que vou morrer?
-Não vai morrer mas a senhora está grávida!!!
-Mas senhor doutor, eu sou viúva há 10 anos, nunca mais tive ninguém como é que isso é possível?
>-Mas a gravidez não é o mais grave, o mais grave é que a senhora vai ter 7 porquinhos.
Diz ela:
- Caramba!!! já nem se pode brincar com um chouriço....


.
.

"O QUE NÓS

ENCONTRAMOS"!



3-A RUSSIA DE PUTIN

Vladimir Putin domina a Rússia há 15 anos. A intervenção na Síria revela, mais uma vez, a forma como encara o poder: a ameaça externa une a nação e alimenta uma popularidade que atinge os 90%. Após uma década de crescimento económico, o quotidiano dos russos é atualmente marcado por uma forte recessão agravada pelas sanções internacionais. A Grande Reportagem foi conhecer "A Rússia de Putin", um Presidente amado e odiado num país de contrastes.


* Mais uma excelente "Grande Reportagem SIC"
  
.
.

AVALIAÇÕES

DO ENSINO BÁSICO



CLIQUE EM "Programa OLHOS NOS OLHOS"

Se no dia do programa, 19 de Janeiro, não teve oportunidade de ficar mais esclarecido sobre o tema, dispense-se tempo para se esclarecer agora, este programa é extenso mas terrivelmente claro e polémico.
Fique atento às declarações do Dr. David Justino.

.
.
HOJE NO  
"DESTAK"

Novo método para identificar vírus evitará
. ingestão desnecessária de antibióticos

Um novo método que permite descobrir se uma infeção respiratória é causada por um vírus ou por uma bactéria pode evitar o consumo desnecessário e excessivo de antibióticos e possibilitar a prescrição de medicamentos mais eficazes. 
.

De acordo com a edição de hoje da revista Science Translational Medicine, a partir de uma simples análise ao sangue, investigadores do Centro Médico da Duke University, na Carolina do Norte, demonstraram ser possível determinar a origem de uma infeção respiratória.

Com este procedimento, os cientistas norte-americanos puderam identificar com exatidão se uma infeção se deve ao vírus da gripe, ao rinovírus (que causa o resfriado comum) ou a bactérias estreptococos (causadoras das amigdalites, meningites e pneumonias). 

* Venha de lá o método.

.
.


HUGO BOSS

FASHION SHOW
EXCLUSIVE
OUTONO/INVERNO
2015/2016



.
.
HOJE NO
"i"
Aviação. 
Ano de 2015 foi “muito negro” 
para o setor em Portugal

Em quase 30 acidentes registaram-se oito mortos e 11 feridos. É o maior registo de vítimas desde 2010


Há sete anos que não se registavam tantas vítimas de acidentes de aviação em Portugal. No ano passado, um “ano negro” para o setor, foram 19, oito das quais resultaram em mortes. O Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves (GPIAA) explica que estes números se devem aos acidentes com equipamentos ultraligeiros e, sobretudo, aos pilotos “aventureiros” que, por vezes, quebram as regras.
Fevereiro, maio e setembro: foram esses os meses mais negros de um ano marcado por 29 acidentes, três dos quais fizeram duas vítimas mortais cada. Janeiro e julho foram os dois meses com uma morte.

Na verdade, só o mês de março escapou a esta contabilidade. De resto, em todos os meses do ano houve registo de mortes ou, pelo menos, de feridos decorrentes de acidentes com aparelhos ultraligeiros, equipamentos de asa fixa e com um peso máximo de descolagem abaixo dos 450 quilos.
 .

Foi essa, em concreto, a “categoria negra” de 2015. “Todas as mortes aconteceram na categoria de aviões ultraligeiros, que se insere no campo do lazer e é, comparativamente, menos regulada” que as restantes. Por essa razão, “as pessoas facilitam mais”, explica ao i o diretor do GPIAA, Álvaro Correia Neves.

O gabinete tem apostado numa “mensagem de responsabilidade dirigida a quem opera estes aparelhos”. E, refere o responsável pela autoridade de investigação de acidentes aeronáuticos em Portugal, “95% dos pilotos são excelentes e cumprem as regras, mas depois há a franja dos outros 5%, que atuam nas margens”. São esses os pilotos que Correia Neves apelida de “aventureiros”. E é a pensar sobretudo nesses exemplos que o diretor do GPIAA se refere ao termo “airmanship” - uma ideia que se pode traduzir na “atitude que um piloto adota perante a máquina que tem nas mãos”.
.
Mais regulamentação? 
O facto de esta ser uma atividade “menos regulada” não leva Correia Neves a defender mais regras para o setor. “Se regularmos em demasiado, podemos estrangular uma atividade que se quer livre e barata, deixamos de ter aviação ultraleve barata e passamos a ter uma aviação ultraligeira cara” com as consequências que essa mudança tem no setor.

A solução para menos mortes passará, segundo o próprio, por maior sensibilização. Os seminários e as reuniões com as associações do setor são importantes, mas os relatórios produzidos sobre cada acidente, conduzidos pelas entidades públicas, dão um contributo fundamental para a redução da sinistralidade e das mortes. “É importante cumprir as regras no âmbito do voo, mas a verdade é que só se cumpre aquilo que se conhece e, por vezes, os pilotos conhecem mal as aeronaves que têm nas mãos”, reconhece. “É preciso fazer pedagogia e perceber o que levou a cada uma das mortes, para se aprender com os erros dos outros”, resume o diretor do GPIAA.

No imediato, a solução passa por “trabalhar o fator humano” junto dos cerca de 600 pilotos inscritos para pilotar ultraligeiros em Portugal, sugere Álvaro Correia Neves, até porque “os ultraleves já são, em muitos casos, melhores que as aeronaves ligeiras”, refere. Esse trabalho passará pelo GPIAA e pela Associação Portuguesa de Aviação Ultraleve (APAU), mas apenas em parte, porque “estas instituições não têm capacidade para fazer todo o trabalho”. Terão de ser as restantes associações do setor e os próprios aeródromos a fazer a outra parte, aponta Correia Neves.

Meia década de acidentes 
O ano passado fica marcado pelo grande número de vítimas, mas houve outros anos com cifras negras nos registos do GPIAA - que anualmente produz um relatório-resumo da sinistralidade aeronáutica.

Em termos de mortes - e considerando o período entre 2010 e o ano passado -, 2012 foi particularmente grave. Dez pessoas perderam a vida em acidentes com aeronaves. Ao todo, nesta primeira metade da década, 34 pilotos e passageiros perderam a vida, quase tantos quantos os que ficaram feridos na sequência de acidentes (37).

No mesmo período, 2010 foi o ano com maior registo de acidentes (40). Apenas em 2014 houve uma aproximação mais notória a esse registo, com 38 acidentes. Ainda assim, estes dados poderão estar subavaliados, uma vez que alguns acidentes envolvendo aeronaves de recreio nunca chegam a ser reportados por acontecerem em terreno que é propriedade dos pilotos.

Entre mortos e feridos contam-se 71 vítimas de acidentes com os vários tipos de aeronaves desde 2010. Pelo lado mais positivo, em 2011 não se registaram quaisquer mortes e de 2012 ficou o registo de apenas dois feridos.

* Sem qualquer hipocrisia 8 mortos não é um número grave embora desejássemos não terem acontecido. Vejam os números das estradas portuguesas e arrepiem-se.

.
.


III-GENOMA HUMANO

2 - ABRINDO A CAIXA
DE PANDORA 




* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE NO
"A BOLA"

Mourinho anuncia apoio a 
Marcelo Rebelo de Sousa
.
José Mourinho anunciou, esta quarta-feira, que vai apoiar Marcelo Rebelo de Sousa nas eleições presidenciais deste domingo.
«É a primeira vez que eu assumo publicamente apoio a uma candidatura, porque acho que Portugal precisa da escolha correta, mais do que nunca», declarou o antigo treinador do Chelsea, através de um vídeo divulgado no YouTube. 
 
* Se Marcelo Rebelo de Sousa vencer, tem imensa probabilidade, iremos constatar que é um clone de Cavaco Silva para pior.


.

MARIANA MORTÁGUA

.




Carta a um/a 
candidato/a

Caro candidato/a à Presidência da República, estou quase certa que fará melhor papel que Cavaco Silva. Não necessariamente por acreditar, à partida, no seu mérito, mas sobretudo porque é difícil fazer pior. No entanto essa certeza não me satisfaz nem acalma. É pedir poucochinho para um país que andou tantos anos ao sabor das vontades autoritárias do cavaquismo. Uma anedota, se pensarmos que o ainda presidente se esforçou tanto para nos convencer que nem político era, quanto mais assumir responsabilidades pelos disparates que fez no passado.

Exatamente por recusar a hipocrisia populista de Cavaco Silva desconfio dos candidatos que recusam escolher lados, assumir-se políticos, dizer claramente o que defendem e ao que vêm. Quem diz defender tudo e todos é porque não está disposto a assumir que, às vezes, para defender o povo, é preciso mesmo enfrentar os poderes instalados, os interesses financeiros, os tecnocratas de Bruxelas.

Por isto mesmo, caro/a Candidato/a, devo dizer que não tenho qualquer interesse em saber o que comeu ao almoço, o que comprou ontem na farmácia, e agradeço ser poupada aos pormenores do seu dia a dia. Fico satisfeita se encontrar, em si, a simpatia que lhe permita chegar ao povo, mas pouco me interessam as características do seu rasgado sorriso se ele for usado para nos dar más notícias ou, pior, para ficar calado nas alturas difíceis.

O que interessaria saber, por exemplo, é se está disposto a travar orçamentos com medidas inconstitucionais, mesmo se for a mando da troika. Se considera que uma injeção de 3000 milhões de dinheiros públicos no Banif - para ser depois entregue ao Santander - coloca, ou não, em risco o interesse do país, e que deve ser travada. Queria perguntar se entende que os cortes na saúde, na educação e na Segurança Social são, ou não, uma ameaça ao Estado social, consagrado na Constituição. Se entende, já agora, que as pressões europeias são uma ameaça ao modelo que o país escolheu para si mesmo quando aprovou a Lei Fundamental. Por último, seria importante que nos pudesse esclarecer sobre as suas posições quanto aos principais temas de política externa, uma vez que será o nosso principal representante no exterior. O que pensa do regime angolano e da prisão de Luaty Beirão? O que tem a dizer sobre a Palestina? Sobre os refugiados, o terrorismo e a emigração?

Não é segredo para ninguém que, nesta campanha, apoio a candidata que, na minha opinião, melhor responde a todas estas questões: a Marisa Matias. O que me preocupa não é quem dela divirja, mas quem tenta chegar a Belém sem nunca responder a qualquer uma destas perguntas porque sabe que, no momento que o fizer, cairá por terra a tal hipocrisia populista que Cavaco Silva tão bem soube usar.

IN "JORNAL DE NOTÍCIAS"
19/01/16


.
.


757.UNIÃO

EUROPEIA



.

HOJE NO 
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS
 DA MADEIRA"
Regime de subvenções vitalícias
 não é intocável

O presidente do Tribunal Constitucional, Joaquim de Sousa Ribeiro, disse hoje que o que esteve em causa na decisão das subvenções vitalícias dos políticos foi "a tutela de confiança", considerando que este regime "não está blindado".
 .
"O que esteve aqui em causa do ponto de vista constitucional era uma questão típica da tutela da confiança e a tutela da confiança para ajuizar este tipo de questões não pode olhar só para o presente, temos que olhar para o passado e apreciar as implicações condicionantes", disse aos jornalistas presidente do Tribunal Constitucional (TC), no Palácio de Belém, após os cumprimentos de ano novo ao Presidente da República, Cavaco Silva.

Joaquim de Sousa Ribeiro adiantou que este regime "não é intocável" e "não está blindado", não sendo imune a alterações legislativas, pelo que a Assembleia da República pode alterar esta lei.
"Este regime que estava em vigor anteriormente e que foi agora modificado não é intocável, isto é, não há uma base de confiança na perpetuação inalterada do regime anteriormente em vigor, estou a utilizar palavras exatas que constam do acórdão. Quer isto dizer que o regime anterior não está blindado, não está imune a alterações legislativas", afirmou.

Na segunda-feira, o Tribunal Constitucional declarou a inconstitucionalidade das normas do Orçamento do Estado para 2015 que alteraram o regime das subvenções vitalícias a ex-titulares de cargos políticos tornando-as dependentes de condição de recursos.

* Se não está intocável elimine-se esta  injustiça brutal.

.
.


5.O LEITO

MARINHO






* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

 .
.


3 - OBSESSÃO
 A guerra do Islão radical
contra o Ocidente



* Em nossa opinião não há "Islão radical" há terrorismo. Nesta série o Ocidente é tratado como uma escola de bons valores o que não é verdade, confirma-o a história universal. Sugerimos que filtre o importante.


**As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE NO 
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Hillary começa a perder sondagens
 para Sanders

A subida de popularidade de Bernie Sanders nas primárias democratas compromete cada vez mais a nomeação da senadora Hillary Clinton para candidata do partido à Casa Branca.

O senador Sanders, segundo uma sondagem da CNN divulgada ontem, tem o apoio de 60% dos eleitores democratas no estado de New Hampshire – com primárias marcadas para 9 de Fevereiro –, enquanto Clinton só recolhe a preferência de 33%. 
 .

O resultado representa um aumento de dez pontos percentuais de Sanders face a Novembro e mostra o ascendente que o senador do Vermont, de 74 anos, tem ganho nos debates televisovos com a antiga primeira dama.

No debate mais recente, que teve lugar no dia 17, Sanders foi apontado pelos telespectadores como o vencedor claro, ao afirmar que Clinton tem “fortes ligações” às instituições financeiras de Wall Street. O enfraquecimento do apoio a Hillary ficou ainda demonstrado ontem, na primeira sessão do encontro de Davos, quando o multimilionário e activista ambiental Tom Steyer, que tem sempre apoiado a causa democrata, afirmou que “ainda não estou preparado” para dar o apoio à candidatura da antiga primeira dama.

Do lado republicano, o dia de ontem foi marcado por um mais um triunfo do polémico magnata Doland Trump, quando a antiga governadora do Alasca e ex-candidata do partido republicano à vice-presidência dos EUA, Sarah Palin, saiu a público para apoiar a sua candidatura à Casa Branca.

“Estou orgulhosa de apoiar Donald Trump para presidente”, disse Palin durante um comício realizado no Estado do Iowa. Em resposta, Trump afirmou que, caso seja eleito, “certamente que haverá um lugar para Palin” na sua futura administração. O apoio de uma figura tão importante - que é das personalidades favoritas do movimento conservador ‘Tea Party’ - fez disparar o apoio a Trump, que já era o favorito à liderança republicana. Segundo as mais recentes sondagens, realizadas no estado da Flórida, o magnata é já o preferido de 48% dos eleitores republicanos, enquanto o adversário mais próximo, o senador Ted Cruz, não passa dos 16%.

As primárias em ambos os partidos arrancam a 1 de Fevereiro com o ‘caucus’ no Iowa, durando o processo até Junho. 

* O sr. Trumpa é que não!

.
.
JAZZLAND


Maria Mendes

Agua de Beber


.
.
 
HOJE NO  
"CORREIO DA MANHÃ"
Sal aumenta nos alimentos embalados

O teor de sal em produtos alimentares embalados aumentou desde 2005 em 12 categorias de alimentos e reduziu noutras 16 categorias, segundo um estudo da associação de defesa do consumidor Deco divulgado esta quarta-feira.

Foram analisadas pelos técnicos da Deco 30 categorias alimentares de um total de 250 alimentos: em 16 alimentos a concentração de sal baixou, em dois manteve-se e noutros 12 aumentou. Os resultados recolhidos em 2015 pela Deco foram comparados com os de estudos realizados em 2005 e em 2011.

Entre 2005 e 2015, registaram uma redução no teor do sal produtos como a manteiga, o fiambre, o pão, a margarina ou os cereais de pequeno-almoço de chocolate.

Croissants, batatas fritas e queijo entre os mais salgados
 Em contrapartida, os aperitivos de milho, os croissants, as batatas fritas e o queijo flamengo estão mais salgados do que há 10 anos. "O caso dos croissants é surpreendente pela negativa. Um produto geralmente apontado pelos elevados níveis de gordura ou de açúcar tem também muito sal.
 .
ESQUIFES DE SAL
Os croissants analisados apresentavam entre 0,9 e 1,3 gramas de sal por 100 gramas, quase o mesmo do pão de forma embalado", refere a associação de defesa do consumidor. Contudo, foram os aperitivos de milho o produto que registou um maior aumento (70%): ao consumir uma dose de 30 gramas ingere-se cerca de 10% da quantidade diária de sal recomendada.

A Deco analisou ainda o teor de sal em 50 refeições adquiridas em restaurantes de Lisboa e do Porto: 18 menus de hambúrgueres e 32 refeições de carne (prato do dia). No caso de Lisboa, o menu de hambúrguer tinha em média 0,72 gramas de sal por 100 gramas e no Porto 0,70. Quanto aos pratos, os de Lisboa acusaram em média 0,73 gramas de sal por cada 100 e no Porto uma média de 0,87 gramas. Nalguns casos, com apenas uma refeição atinge-se a dose diária de sal recomendada.

* Reduza drásticamente sal e açúcar da sua alimentação, viverá mais anos e melhor.


.
.
SEXO EXPLICADO

(ESFERO)GRAFICAMENTE


.
.
HOJE NO 
"OBSERVADOR"

José Rodrigues dos Santos ilibado
 pela Entidade Reguladora da Comunicação Social

O jornalista da RTP foi ilibado no caso em que adjetivou de "eleito ou eleita" um deputado socialista homossexual. A entidade reguladora diz que o erro foi "um lapso" corrigido prontamente.

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social ilibou José Rodrigues dos Santos no caso em que se referiu ao deputado do PS Alexandre Quintanilha como tendo sido “eleito ou eleita”, noticia o Diário Económico. Muitos avaliaram estas palavras como uma crítica à orientação sexual do deputado, assumidamente homossexual, apresentando queixa à entidade.
 .
A fonte do jornal afirmou que “o CDSJ conclui que, de acordo com as explicações apresentadas por José Rodrigues dos Santos, se está perante um lapso, que embora lamentável, resulta de erros processuais decorrentes da evolução do alinhamento do noticiário em causa”. O conselho admite então que não houve intenção por parte do jornalista da RTP de discriminar a orientação sexual de Alexandre Quintanilha.

Para a decisão do Conselho ainda contribuiu o facto de José Rodrigues dos Santos ter corrigido o erro no dia seguinte no mesmo espaço noticioso, “com o pedido de desculpas devido aos dois deputados que foram vítimas do seu engano”. A decisão acompanha o parecer Comissão da Carteira Profissional de Jornalista, que adjetivou o sucedido como “involuntário e induzido”.

* Nem outra decisão poderia ter a ERC. Na altura insurgimo-nos contra o facto de quererem crucificar JRS, dele nos lembramos ainda antes da invasão do Iraque, sóbrio, educado e afável, factores de inteligência.

.
.


TANTO PARA BRINCAR
  COMO
DESEJAR



.
.

HOJE NO 
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
Polícia recebe ajuda inesperada. 
ISIS identifica dois atacantes de Paris

Última edição da Dabiq, a revista online em inglês dos jihadistas, dedica penúltima página aos nove homens.

O ISIS revelou que dois dos militantes envolvidos nos ataques de 13 de novembro em Paris são iraquianos, numa homenagem aos atacantes na última edição da Dabiq, a revista oficial, online e em inglês. 
 .
Okasha al Iraqui e Ali al Iraqui (nomes de guerra) foram os responsáveis pelos ataques junto ao Stade de France enquanto decorria amigável entre França e Alemanha. As imagens dos dois homens correspondem às que que foram publicadas pela investigação policial francesa, que tinha pedido ajuda para os identificar.

A única pista das autoridades eram dois passaportes sírios encontrados no local do incidente, no entanto os investigadores duvidaram imediatamente da veracidade dos documentos.

A montagem fotográfica da penúltima página, com o título "Apenas Terror", inclui todos os jihadistas que levaram a cabo os ataques na capital francesa. Entre eles está Abdelhamid Abaaud, considerado pelas autoridades como o mentor da operação e também Chakib Akruh o jovem belga de origem marroquina que foi morto na rusga feita pela polícia a um apartamento em Saint-Dennis. Ausente da imagem está Salah Abdeslam, em fuga desde o dia dos ataques.

O ataque de Paris dividiu-se entre três locais diferentes: o Stade de France, restaurantes e cafés e a sala de espetáculos Bataclan. Foram mortas 132 pessoas.

* É pedir muito que matem os que estão vivos? 


.
.

AS PRESIDÊNCIAIS



FONTE: CANAL Q - "INFERNO"


.
.
HOJE NO
"RECORD"

Ministério Público pede condenação
 de Pereira Cristóvão

O procurador do Ministério Público encarregado do 'caso Cardinal' admitiu hoje a aplicação de penas suspensas aos dois arguidos, um dos quais é Paulo Pereira Cristóvão, antigo vice-presidente do Sporting e ex-inspetor da Polícia Judiciária.
 .
"Não nos repugna a aplicação de penas suspensas, sobretudo ao que ao arguido Vítor Viegas diz respeito", afirmou o procurador do Ministério Público durante a sessão de hoje, na qual se iniciaram as alegações finais.

No âmbito do processo, o antigo vice-presidente do Sporting é acusado de um crime de burla qualificada, outro de branqueamento de capitais, dois de peculato, mais um de devassa por meio informático, um de acesso ilegítimo e, por fim, um de denúncia caluniosa agravada.

Vítor Viegas, o outro arguido do processo desencadeado com a denúncia de um depósito de 2.000 euros na conta do árbitro assistente José Cardinal, era um colaborador próximo de Paulo Pereira Cristóvão e estava, alegadamente, encarregado da vigilância e acompanhamento de jogadores do Sporting.

O procurador do Ministério Público considerou que ficaram provados os crimes de que Paulo Pereira Cristóvão está acusado, mas ressalvou que o envolvimento dos arguidos no caso "é bastante diferente".

"Vítor Viegas teve um papel secundário, de mera colaboração. Ficou provado o seu envolvimento, mas sempre sob a coordenação do arguido Paulo Pereira Cristóvão", afirmou o procurador.

O advogado do antigo árbitro assistente José Cardinal, que reclama o pagamento de uma indemnização total de 103.000 euros, considerou que ficou provado que o antigo vice-presidente 'leonino' "é o autor moral e material da denúncia caluniosa".

De acordo com a acusação, Paulo Pereira Cristóvão terá pedido ao seu colaborador Rui Martins para ir ao Funchal efetuar um depósito de 2.000 euros na conta de Cardinal, para posteriormente acusar o árbitro assistente de ter sido subornado antes de um jogo entre o Sporting e o Marítimo.

A advogada do Sporting, que se constitui assistente no processo, alegou que o clube "é ofendido e não pode ser culpado por atos cometidos pelo arguido".

Segundo a advogada, ficou provado que Paulo Pereira Cristóvão "agiu por conta própria", tendo mesmo "utilizado Godinho Lopes", à data presidente do clube.

De acordo com a acusação, terá saído dos cofres do clube a pedido de Paulo Pereira Cristóvão, uma verba de 3.000 euros, que alegadamente foi depositada na conta de Cardinal, e que acabou por ser justificada com faturas falsas.

Paulo Pereira Cristóvão é também acusado de ter pedido a elaboração de uma lista com dados pessoais de árbitros, que foi posteriormente divulgada na internet.

Um grupo de 33 árbitros, apoiados pela Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, reclama uma indemnização de total de 33.000 euros, considerando que a divulgação na internet terá afetado as suas vidas pessoais e profissionais.

As alegações finais do 'caso Cardinal', que começou a ser julgado a 08 de abril do ano passado, prosseguem na próxima segunda-feira.

* Repugna-nos a ideia de que criminosos com tanta categoria não passem uns tempos atrás das grades.


.
.
EQUIVALÊNCIAS

























.
.

HOJE NO  
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Morreu o arquiteto Nuno Teotónio Pereira

A informação foi avançada à agência Lusa por fonte da Ordem dos Arquitetos. De acordo com a mesma fonte, Nuno Teotónio Pereira "faleceu em casa, rodeado pela família", cerca do meio-dia desta quarta-feira.
.
O funeral realiza-se na sexta-feira, às 13.30 horas, da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Lisboa, para o Cemitério do Lumiar. O corpo do arquiteto estará em câmara ardente a partir das 17 horas de quinta-feira, no salão paroquial da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Lisboa, edifício que Nuno Teotónio Pereira projetou com o arquiteto Nuno Portas.

Nascido em Lisboa, em 1922, formou-se em arquitetura pela Escola de Belas Artes de Lisboa, foi autor e coautor de dezenas de projetos e também um histórico defensor de direitos cívicos e políticos durante o regime salazarista.

Em abril de 2015, Nuno Teotónio Pereira foi distinguido com o Prémio Universidade de Lisboa 2015, pelo exercício "brilhante" na área da arquitetura e como "figura ética".

São da sua autoria - ou em coautoria com arquitetos como Nuno Portas, Bartolomeu Costa Cabral e João Braula Reis - o Bloco das Águas Livres, classificado em 2012 como monumento de interesse público, a Torre de Habitação Social nos Olivais Norte, o chamado Edifício "Franjinhas" e a Igreja do Sagrado Coração de Jesus, projetos realizados em Lisboa, distinguidos com Prémios Valmor.

Teotónio Pereira foi um dos arquitetos pioneiros na área da habitação social, tendo projetado não só para a capital portuguesa, mas também para Braga, Castelo Branco, Póvoa de Santa Iria, Barcelos e Vila Nova de Famalicão, nos anos de 1950 a 1970.

Entre 1948 a 1972, foi consultor de Habitações Económicas na Federação das Caixas de Previdência, tendo realizado o primeiro concurso para habitações de renda controlada.

Foi galardoado com o 2.º Prémio Nacional de Arquitetura da Fundação Calouste Gulbenkian (1961), pelo Edifício das Águas Livres, e Prémios Valmor para a Torre de Habitação nos Olivais Norte (1967), Edifício Franjinhas (1971) e Igreja do Sagrado Coração de Jesus (1975).

Era membro honorário da Ordem dos Arquitetos desde 2004 e Doutor Honoris Causa pela Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (2003) e pela Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa (2005).

Morreu Teresa Almeida, 
presidente da associação Sol

Pedro Bogarim, amigo de Teresa Almeida e membro da direção da Sol, recorda a presidente e fundadora da instituição como "uma benemérita" que dedicou a vida à "associação pioneira" que criou, a 17 de dezembro de 1993, "quando a discriminação em Portugal em relação à doença era muito forte".
 .
O trabalho desenvolvido pela Sol junto das crianças passa pela "elaboração e desenvolvimento de projetos de vida para as crianças infetadas e afetadas pelo vírus da sida", fornecendo acompanhamento psicológico e social, promovendo a integração escolar e ajudando no acompanhamento hospitalar.

A associação acompanha também mães, pais e grávidas infetados pelo vírus HIV/sida, e promove ações de sensibilização e informação à população sobre a doença.

O trabalho desenvolvido pela associação Sol sob a liderança de Teresa Almeida foi distinguido pela UNESCO, no ano 2000, e, no ano seguinte, com o Prémio dos Direitos Humanos da Assembleia da República.

Em 2003 a Sol conquistou enquanto organização não-governamental o estatuto especial consultivo no Conselho Económico e Social das Nações Unidas.

Antes de fundar e se dedicar à associação Sol, Teresa Almeida exerceu a sua atividade profissional na área da psicologia infantil.

Teresa Almeida ficará em câmara ardente na Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes, no Parque das Nações, em Lisboa, a partir das 18 horas de quinta-feira.

Na sexta-feira há uma missa de corpo presente às 13.30 horas na mesma igreja e o funeral segue para o cemitério do Alto de São João, em Lisboa.

* Andam a morrer demasiadas pessoas que deram a cara por causas, é mau! 
Alguém que mate a morte!

.