terça-feira, 5 de janeiro de 2016

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.


.


GOTAS DE


SOBRESSALTOS
















.
.

GRANDES LIVROS/18

AUTORES DO MUNDO


3-A REPÚBLICA

 PLATÃO


video



* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.

HOJE NO
"DESTAK"

Ataque informático cortou energia
 na Ucrânia em dezembro, 
uma novidade mundial

Um ataque informático à rede elétrica ucraniana provocou um importante corte de energia no oeste da Ucrânia no final de dezembro, revelaram hoje à AFP a sociedade de segurança informática ESET e várias fontes locais.
.
"Esta foi uma novidade mundial", asseguraram as equipas da ESET France.

"O vírus foi colocado graças a uma significativa campanha de 'phishing' (envio de correio eletrónico de proveniência falsificada), com um documento Excel infetado", explicaram as fontes na ESET, que detetou o ataque durante a vigilância que as suas equipas faziam ao vírus desde há meses. 

* Um dia podemos ser assassinados por e-mail, ou já somos???

.
.
V-OLHO DE 
HÓRUS


3 - SAQQARA

 O COMPLEXO 

DE CRISTAL


video


O documentário apresenta a história de uma suposta organização sacerdotal hermética, pertencente à escola de mistérios conhecida como Olho de Hórus. Esta escola teria sido responsável pela orientação espiritual e a direcção dos destinos do povo egípcio durante milhares de anos.
Seu objectivo principal teria sido o de promover a elevação do nível de consciência dos egípcios através, principalmente, da construção de diversos templos sagrados ao longo das margens do rio Nilo. Além disso, os sacerdotes eram os zelosos guardiões da sabedoria acumulada desde tempos imemoriais, quando ainda "existia" o continente perdido da Atlântida.

A série foi baseada nas investigações do egiptólogo e matemático R. A. Schwaller de Lubicz e nas realizações da escola Olho de Hórus.

Para os antigos egípcios, havia um plano divino baseado na reencarnação destinado a que o homem experimentasse em sua própria carne as leis que determinam o funcionamento do universo. Vivendo um processo evolutivo através da acumulação de experiências ao longo de 700 "reencarnações", o ser humano, inicialmente um ser instintivo, ignorante, inocente e primitivo, poder-se-ia  transformar  num super-homem,  um sábio imortal.

Assim se produzia uma iluminação temporal do discípulo, durante a qual podia viajar conscientemente pelo tempo e pelo espaço.

O documentário original está dividido em 10 capítulos:
Capítulo 1: A Escola dos Mistérios.
Capítulo 2: O Senhor da Reencarnação.
Capítulo 3: A Esfinge, Guardiã do Horizonte.
Capítulo 4: A Flor da Vida.
Capítulo 5: O Complexo de Cristal.
Capítulo 6: A Máquina Quântica.
Capítulo 7: O Amanhecer da Astronomia.
Capítulo 8: O Caminho da Compreensão.
Capítulo 9: O Portal da Liberdade.
Capítulo 10: O Princípio Feminino.

.
.

HOJE NO 
"i"
Esta mãe ‘obriga’ filho de 6 anos 
a levá-la a jantar fora uma vez por mês

Nikkole Paulun publicou uma mensagem no Facebook que está a gerar uma grande discussão em torno da educação que damos aos nossos filhos.

Esta mãe norte-americana dá dinheiro ao filho pelas tarefas domésticas que desempenha. No final do mês, a criança de seis anos leva a mãe a jantar fora. Mas tudo tem um objetivo.
 .
POBRE CRIANÇA
“Uma vez por mês, o meu filho de seis anos leva-me a jantar fora. Abre-me a porta, puxa a cadeira para me sentar, fala sobre seu dia e pergunta como correu o meu, paga a conta com o dinheiro que ganhou a desempenhar as tarefas domésticas e ainda dá gorjeta aos empregados. Ao fazer isto, estou a mostrar-lhe como se trata uma senhora e como se deve comportar num encontro. Como deve mostrar que respeita a mulher que ama (neste momento, essa mulher é a sua mamã)”, escreveu Nikkole.

“Não pegamos nos telemóveis ou no iPad (só para tirar esta fotografia [publicada no seu perfil]), sentamo-nos e falamos sobre o nosso dia-a-dia, coisas que gostávamos de fazer, etc. Estou a ensinar-lhe a ter maneiras à mesa e que é falta de educação estar ao telemóvel durante um encontro. Ele aprende o valor do dinheiro e como geri-lo. Ao mesmo tempo, aprende também a fazer contas, somamos os preços daquilo que queremos comer e deixamos sempre 15% para as gorjetas”, descreveu esta mãe norte-americana.

Nikkole termina o texto com a defesa do seu método: “Sim, ele é muito novo, mas eu acredito que estas são coisas que ele tem de aprender já. Nunca é cedo para ensinar o seu filho a respeitar os outros, principalmente as mulheres. Sendo alguém que foi abusada e tratada como lixo no passado, é muito importante para mim ensinar o meu filho a ter respeito. Hoje em dia, existem muitos homens que não sabem como se deve tratar uma mulher e como agir num encontro. É bom saber que o meu filho não será um deles”.

A publicação de Nikkole tornou-se viral no Facebook – teve quase 500 mil partilhas e mais de 2.8 milhões de ‘gostos’.

No entanto, algumas pessoas não concordam com o método desta mãe norte-americana: “Apesar de se ruma ideia amorosa, não gosto da ideia de obrigar o seu filho a gastar o dinheiro que ganha a fazer as tarefas num jantar consigo. Eu percebo a ideia por detrás disto, mas acho que é injusto sugerir [ao seu filho] que, se não agir assim, irá tornar-se um mau homem no que diz respeito à relação com as mulheres”, é um dos comentários que aparecem na página.

* Não somos experts em educação familiar, haverá quem seja, no entanto a notícia expõe algumas modernices que não concordamos nomeadamente o de querer fazer do filho um homem com 6 anos, corre ainda o risco de provocar na criança um trauma edipiano com consequências severas, as crianças têm de ter tempo, não devem ser adultos de palmo e meio. Suspeitamos de que esta mãe não digeriu bem o divórcio.

.
.


I-CIDADES 
PERDIDAS


2- SHANG


video

* Depois de "CIDADES OCULTAS" iniciamos neste horário e etiqueta "PEIDA URBANA"  a série "CIDADES PERDIDAS", histórias fabulosas que vai gostar de ver e ouvir. Obrigado por nos visitar.

.
.

HOJE NO 
"A BOLA"

Liga
Benfica e Sporting multados 
em mais de 10.000 euros

O Benfica e o Sporting vão ter de pagar mais de 10.000 euros cada em multas na sequência de incidentes na 15.ª jornada da Liga.

O clube da Luz foi multado em 4.018 euros pelo comportamento incorreto do público na partida frente ao V. Guimarães, mais 7.650 pelo arremesso de objetos perigosos para o relvado.

Pelos mesmos motivos, o Sporting vai ter de pagar 2.296 euros e 7.650, respetivamente, na sequência do clássico com o FC Porto, aos quais se acrescentam 612 euros devido ao atraso no início ou reinício do encontro. Jorge Jesus também foi multado em 346 euros.

O Vitória de Guimarães também terá de pagar 2.296 euros pelo comportamento incorreto dos seus adeptos no jogo com o Benfica.

* Lembramo-nos que na noite do Sporting-Porto, o oficial da PSP coordenador das forças de segurança afirmou às câmaras das televisões que o comportamento dos adeptos de ambas as claques, dentro e fora do estádio tinha sido normal.

.

GONÇALO R. TELLES

.




A história 
que deve ser contada

Há 3 anos por esta altura o Sporting – mais coisa menos coisa – estava a um ponto da linha de água. Godinho Lopes negociava um PER e havia jogadores a serem obrigatoriamente postos à venda para se pagarem ordenados. Antes disso, outro presidente - conduziu os destinos do clube numa sucessão de decisões desportivas falhadas.

Nada que tenha surpreendido alguns que desde cedo o preveriam, quando numa conferência de imprensa se despede o treinador Paulo Bento apresentando outro, mas deixando a ressalva que os sportinguistas iriam sentir a falta do primeiro. “E muito.” Uma forma de gerir no mínimo peculiar em que um supostamente valia mais do que a SAD (neste caso, clube). Acontece que bastou à direcção de Bruno de Carvalho (BDC) a escolha de dois treinadores diferentes (Leonardo Jardim e Marco Silva) nos primeiros dois anos para igualar e melhorar consequentemente os resultados do “insubstituível”. Com um orçamento e uma equipa equivalentes - a par de um futebol que não fazia adormecer quem ia a alvalade.  

Mas se BDC herdou um clube falido com uma massa adepta resignada e conformada - também conheceu uma empresa sem qualquer tipo de cultura vitoriosa ou expansão e plano de engrandecimento da marca – que se tornava cada vez mais irrelevante, sobretudo quando comparada com o que havia sido nalgum tempo anterior.

Foi com um programa que prometia remar contra estas vicissitudes que se apresentou a eleições, perdendo primeiro (?) e ganhando depois, ficando o clube adiado durante dois penosos e quase fatais - anos. Logo no seguimento da reestruturação financeira que permitiu a sobrevivência, começou-se a acentuar uma mudança de mentalidade transposta para jogadores e assente numa contenção orçamental em toda a linha. Passados dois anos brilhantes, a desconfiança na experiência do outrora candidato, deu lugar a uma confiança pública que permitiu a contratação de Jesus e a subida de patamar do clube que alguns preconizavam com ela.

Surpreendentemente (ou não) este caminho - cuja realidade hoje permite aos jornalistas desportivos equiparar nas suas análises o Sporting ao Porto e Benfica – nunca foi tido em conta. No lugar dele e a mando de outros, procuraram sempre enaltecer a postura belicista e os excessos de linguagem.

Nas últimas semanas e conhecida a decisão preliminar prevista e transmitida aos sócios do Sporting, assistimos a um festejo público em prol de uma Doyen cujas operações são questionadas em várias frentes internacionalmente. Constatamos o ressurgimento de uma suposta crise na formação, para o enaltecimento de outra. Quando ao que parece, o líder do campeonato tem uma média de sete portugueses no seu onze e dois extremos com menos de 20 anos nos suplentes/titulares mais utilizados. Por onde aliás, dificilmente não passará o futuro da selecção. Consta também que lidera o campeonato de juniores por muitos pontos. Mas se o “super agente” em causa e proveito próprio diz o que diz, e até no Dubai se fabrica a mentira vezes sem conta, talvez se consiga também- fabricar outra verdade.

Tal como se procurou fabricar durante muitos dias o “extraordinário” contrato do Benfica (resultando na forma de uma cerimónia balofa) com a Nós, que afinal não é bem assim, e que uma vez conhecido o do vizinho da segunda circular, já levou o presidente das águias em menos de um mês a dizer, que se iria rever o do Benfica quanto antes. Assim se confirma o que sempre previ: o mérito de boa gestão com a premiação na negociação coube também aqui ao Sporting, que proporcionalmente - sobretudo quando constatado onde estava há três anos e o número de adeptos de um e outro – faz um contrato muito melhor.

Naturalmente BDC cometeu e cometerá erros. É importante que haja sentido crítico em alvalade para o futuro. Sempre. Mas é na sua ambição que reside a impossibilidade de um regresso ao estado apático, conduzido ao descalabro de ontem, personificado na direcção de Godinho Lopes. E por mais que uma imprensa desportiva “dependente” procure desvalorizar, foi tudo o que BDC e a sua direcção incutiram no Sporting em dois anos - com a sorte e engenho de um muito maior número de boas decisões do que más – que permitiu colocar o clube no lugar em que se encontra hoje com a contratação de Jesus.

Doa a quem doer esta é a história que não só deve, mas merece ser contada. Esta é a história de alguém que reergue um clube num tempo e em tempos que ninguém esperava. Os próximos capítulos vêm já a seguir…       

IN "i"
04/01/16

.
.


742.UNIÃO

EUROPEIA



.


HOJE NO
"AÇORIANO ORIENTAL"
IGAI suspende por 200 dias subcomissário da PSP 
envolvido em incidentes em Guimarães

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI), com a concordância da ministra, suspendeu por 200 dias o subcomissário Filipe Silva, envolvido nos incidentes de Guimarães em maio de 2015, disse hoje à Lusa fonte do Ministério da Administração Interna.
.
A mesma fonte adiantou que a IGAI propôs que o subcomissário fosse suspenso por 200 dias, tendo a ministra Constança Urbano de Sousa concordado com a decisão em despacho enviado à IGAI a 30 de dezembro.

Entretanto, a IGAI notificou, via fax, o advogado do subcomissário e a direção nacional da PSP da sanção aplicada no âmbito do processo disciplinar, mas, com os feriados, só hoje receberam a decisão, dia em que Filipe Silva regressou ao serviço porque a suspensão provisória de 180 dias que lhe tinha sido aplicada terminou na segunda-feira, explicou a fonte do MAI.

Uma vez notificado da suspensão de 200 dias, o subcomissário, que havia regressado hoje ao serviço, foi novamente para casa para cumprir os restantes 20 dias que lhe falta para cumprir a sanção agora aplicada.

Em maio de 2015, Filipe Silva foi filmado a agredir um adepto de futebol, que estava acompanhado de dois filhos, no exterior do estádio de Guimarães e no dia em que o Benfica se sagrou campeão nacional 2014/2015.

O presidente do Sindicato Nacional dos Oficiais de Polícia (SNOP), Henrique Figueiredo, disse à Lusa que o subcomissário vai recorrer da decisão para o Supremo Tribunal Administrativo, tal como está previsto no regulamento disciplinar da PSP.

Henrique Figueiredo afirmou que, apesar de faltarem 20 dias para cumprir o processo disciplinar, o subcomissário vai recorrer da pena porque estão em causa efeitos na progressão da carreira e remuneratórios.

Durante os 180 dias da suspensão provisória o salário do oficial foi parcialmente cortado. Com a decisão agora conhecida deixará de o receber totalmente.

O presidente do SNOP considerou a suspensão de 200 dias aplicada pela IGAI “uma pena exagerada”.

* Porque é que um oficial de justiça que em vez de defender o cidadão o agride e estando suspenso pela tutela  recebe salário? Foi um crime grave.

.
.
 62-BEBERICANDO

video

COMO FAZER "NEGO DRINK"

ESPECIAL CONSCIÊNCIA NEGRA

* Uma produção "BEBIDA LIBERADA"

.
.

 III - PÁTRIA JURÁSSICA
2-A VOLTA DOS
DINOSSAUROS


video


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.



.
.
HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Autarca do PSD explica
 por que convidou José Sócrates

A autarquia de Vila Real de Santo António, liderada pelo PSD, revelou esta manhã que convidou José Sócrates para o debate “Política, Justiça e Indiferença”, que terá lugar este sábado, dia 9 de Janeiro, às 16h00, naquela cidade algarvia.
.
O social democrata Luís Gomes, presidente daquela câmara municipal, defende que "a sessão pretende avaliar – na primeira pessoa – algumas das fragilidades que os organismos governamentais, o sistema judicial e os media revelaram ao lidar com um caso ímpar em termos de popularidade, propenso a diversas leituras e reacções nos mais variados sectores da sociedade portuguesa".
 
No comunicado enviado esta manhã às redacções a autarquia explica que durante o debate, "José Sócrates abordará algumas das questões que conduziram às suspeitas que recaem sobre si, bem como outros assuntos ligados à justiça e política nacional".

Neste cenário, o autarca afirma que “o convite a José Sócrates ganha ainda maior relevância tendo em consideração o facto de este ser talvez o episódio mais mediático da justiça portuguesa, cujos contornos e dimensão são tema diário de análise e discussão nos mais diversos contextos e sectores”.

A sessão será moderada pelo próprio presidente da Câmara e "tem como objectivo discutir a questão da justiça, dos tribunais e dos direitos de uma forma multifacetada, procurando novas abordagens que contribuam, de forma construtiva, para o funcionamento das instituições", acrescenta o mesmo comunicado.

O debate será aberto a "todas as forças vivas da sociedade", desde universidades e escolas a associações, comerciantes, empresários, IPSS, representantes políticos, entre outros convidados.

* José Socrates, "força viva da sociedade" lídimo representante da incompetência e da intrujice terá mais um palco oferecido pelos contribuintes municipais da bonita Vila Real de Sto. António.

.
.

Barbra Streisand

The Way We Were

video

.
.
HOJE NO 
"CORREIO DA MANHÃ"
Governo nomeia novo diretor do SEF 

Atual diretor apresentou demissão. 

A ministra da Administração Interna anunciou esta terça-feira que vai nomear a inspetora Luísa Maia Gonçalves como diretora nacional do SEF, em substituição de António Beça Pereira, que apresentou a demissão. 
.
A SRA. MINISTRA
Em comunicado, o Ministério da Administração Interna (MAI) refere que Constança Urbano de Sousa aceitou o pedido de exoneração apresentado pelo diretor nacional do SEF, António Beça Pereira, que manifestou o desejo de regressar ao Tribunal da Relação de Guimarães, onde é juiz desembargador. 

Para o substituir, o Governo vai nomear a inspetora coordenadora superior da carreira de investigação e fiscalização do SEF Luísa Maia Gonçalves, adianta o comunicado. 

O sindicato que representa os inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras já disse que a nomeação de uma inspetora para diretora do SEF é "uma prova de confiança" nos profissionais que fazem carreira naquele serviço. "Ficamos satisfeitos com a nomeação de alguém de dentro da casa e particularmente com esta pessoa em concreto", disse à Lusa o presidente do Sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do SEF (SCIF-SEF), Acácio Pereira. 

* Desejamos que esteja à altura das exigências da função para nos fazer esquecer o antepenúltimo.

.
.
MEGA ONDAS EM TEAHUPOO

video

.
.

HOJE NO
"OBSERVADOR"

Novo Banco. 
BE insiste em conflito de interesses no
. contrato com Sérgio Monteiro

Mariana Mortágua acusa Banco de Portugal e Sérgio Monteiro de "falta de pudor político" e volta a pedir explicações sobre o alegado conflito de interesses na venda do Novo Banco.

O BE volta a questionar o alegado conflito de interesses na contratação de Sérgio Monteiro para a venda do Novo Banco. Em artigo de opinião “Curiosas coincidências“, publicado esta terça-feira no Jornal de Notícias, a deputada Mariana Mortágua insiste no pedido de explicações ao Banco de Portugal e a Monteiro sobre a escolha do ex-secretário de Estado, a razão de ser do seu salário e o facto de manter vínculo à administração da Caixa Geral de Depósitos, que é credora do Fundo de Resolução que vai vender o Novo Banco.
 .

“Os lugares numa administração não são cativos“, ou seja, Monteiro teria que ser novamente nomeado administrador da Caixa, ou então voltaria a esta instituição apenas como diretor “cujo salário mensal não chega decerto a 25 mil euros”, afirma Mortágua. E, tendo cargo de administrador, Mortágua sugere que Monteiro explique “como pode dirigir a privatização do Novo Banco“, dado o conflito de interesses. Este era um dos pontos que o BE referia no requerimento que enviou ao Banco de Portugal, bem como a ausência do contrato da Base de Contratos Públicos online.

O cargo de administrador da Caixa – Bi é a justificação que o Banco de Portugal (BdP) apresenta para os 304.800 euros que Sérgio Monteiro vai receber ao longo de 12 meses: “o dr. Sérgio Monteiro mantém o vínculo à sua entidade laboral, o Caixa – Banco de Investimento, SA, integrante do Grupo Caixa Geral de Depósitos. Desta forma, o contrato de prestação de serviços, que terá a duração de 12 meses, prevê que o dr. Sérgio Monteiro tenha direito a uma remuneração igual à que auferia na Caixa – Banco de Investimento”, antes do cargo de secretário de Estado do Governo PSD/CDS.

“Mas, se Monteiro tem estatuto de administrador da Caixa para justificar o salário milionário, então deve explicar como pode dirigir a privatização do Novo Banco, uma vez que a Caixa é credora do Fundo de Resolução que é acionista do Novo Banco. É difícil não identificar um conflito de interesses, certo?“, questiona.

Mariana Mortágua refere que somente depois do requerimento do Bloco de Esquerda, feito a 11 de dezembro, é que o BdP realizou o contrato com Sérgio Monteiro, uma vez que este é datado de 18 de dezembro. Isto quando o Banco de Portugal anunciou a contratação do ex-secretário de Estado a 29 de outubro. Mortágua afirma, por isso, que até 18 de dezembro o “o vínculo de Sérgio Monteiro era apenas informal”.

“Se não houvesse pressão pública, não sabemos quanto mais tempo teria passado até ser assinado um contrato. Também não sabemos a razão deste caríssimo ajuste direto, não só pelo montante, mas sobretudo pela completa falta de pudor político“, acusa a deputada.

Já a publicação do contrato na Base de Contratos Públicos online só ocorreu a 31 de dezembro.

* Já tínhamos denunciado esta situação logo que surgiu a notícia, não com tanta informação como refere a peça mas pelo insólito da nomeação.
O homem pode não ser inteligente mas esperto é e dá-nos a comer a palhinha toda.

.
.
 Evolução do SMART
















.
.


HOJE NO   
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
Cameron autoriza ministros 
a fazer campanha pelo "sim" 
ou pelo "não" à Europa 

Referendo no Reino Unido está previsto para o final de 2017.

O primeiro-ministro britânico surpreendeu ao confirmar que os ministros do seu governo conservador têm liberdade de fazer campanha para o referendo que irá ditar a permanência ou saída do Reino Unido da UE.
 .
Cameron anuncia que o governo irá fazer uma recomendação ao povo britânico na esperança de que este tome a melhor decisão para o Reino Unido: "Cabe ao povo britânico decidir o futuro do país votando 'dentro' ou 'fora' de uma reformada União Europeia num referendo que foi prometido e que apenas um governo maioritariamente conservador é capaz de proporcionar."

Especula-se que um considerável número de ministros conservadores vote a favor da saída da UE. Cameron, que neste momento renegoceia os termos da permanência do Reino Unido na UE, deverá votar a favor de ficar na União, no entanto não nega a possibilidade de mudar de posição. Antecipando a fase formal das negociações com Bruxelas, o primeiro-ministro britânico dirigiu-se ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, numa carta onde deixou bem clara a vontade de ver satisfeitas algumas reformas da imigração. A medida mais controversa sugere que, para reduzir o fluxo excessivo de imigrantes no país, estes terão que trabalhar pelo menos quatros anos em solo britânico para se poderem qualificar aos benefícios sociais e salariais.

A decisão que autoriza os ministros a fazer campanha livremente foi bem recebida entre aqueles que querem ver o Reino Unido fora da UE: "O povo britânico merece saber qual é a posição que os seus representantes defendem numa matéria tão importante", sublinha Matthew Elliot, chefe executivo do movimento Vote Leave.

O líder do UKIP (eurocético), Nigel Farage, reconhece que a decisão poderá ser uma solução a curto prazo para manter o Partido Conversador unido, mas alerta que o referendo que se aproxima poderá fazer saltar à vista a falta de harmonia existente dentro do partido de Cameron. Farage alega que o primeiro-ministro ficaria "surpreendido" se soubesse o número de conservadores que pretende fazer campanha com o UKIP para a saída do país da UE.

Já Tim Farron, líder dos liberais democratas, acusa o primeiro-ministro de colocar "a sua luta interna com o partido" acima dos interesses do país.

O deputado conservador, Steve Baker, do grupo Conservadores pela Grã-Bretanha, elogia a atitude do primeiro ministro:" É uma decisão que vai de acordo com os melhores interesses do país, da UE e do Partido Conservador. Estou encantado."

* Parece que o governo inglês não tem nada para fazer, faltam 23 meses para o referendo e já instalaram o folclore.


.
.


OS BÁRBAROS 

DO DAESH


video

* Uma produção "EURONEWS"

.
.
HOJE NO 
"RECORD"

Jogador de críquete multado 
por assediar jornalista 
.

Chris Gayle, jogador dos Melbourne Renegades, foi multado pelo clube em 10 mil dólares australianos (cerca de 6,6 mil euros) por ter assediado em direto a jornalista Mel Mel McLaughlin. O clube australiano também pediu desculpa pelo sucedido.
.
PODIA TER EXPLICADO, É RESPEITÁVEL!
Durante a "flash interview", na segunda-feira, Gayle elogiou a beleza da jornalista da TV Network Ten e convidou-a para sair depois do jogo, deixando Mclaughlin visivelmente incomodada. A atitude de Chris Gayle foi desde logo bastante criticada nas redes sociais.

* Anda toda a gente muito pudorenta, nós por aqui estamos assediáveis.


.