sexta-feira, 9 de outubro de 2015

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

.


 CABEÇAS DE ALHO CHOCHO







.
.


2-SEXO

O PORTAL SECRETO PARA O ÉDEN

video



.
.


HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"
Nobel da Paz foi para ... Quarteto para 
o Diálogo Nacional na Tunísia

A Academia Sueca surpreendeu hoje ao atribuir o Prémio Nobel da Paz de 2015 ao Quarteto de Diálogo para a Tunísia, uma coligação de organizações da sociedade civil, que teve um papel fundamental no caminho da democratização da Tunísia.

A porta-voz do Comité Norueguês, da Academia Sueca, diz que o prémio pretende ser "um elemento encorajador" para todos os tunisinos, mas também poderá funcionar "como uma inspiração para todos os que aspiram à democracia na Tunísia, Norte de África e no resto do mundo".
 .
O Quarteto integra quatro "organizações chave" da sociedade civil tunisina: A União Geral dos Trabalhadores da Tunísia (UGTT), A Confederação de Indústria, Comércio e Artesanato da Tunísia (UTICA), A Liga dos Direitos Humanos da Tunísia (LDHT) e da Ordem Nacional dos Advogados da Tunísia (ONAT). O Quarteto, formado no Verão de 2013, "estabeleceu-se como uma alternativa, um processo político pacífico numa altura em que o país estava à beira de uma guerra civil"

A distinção da Academia Sueca surge pelo papel desempenhado pelo Quarteto na construção de uma democracia pluralista após a Revolução de Jasmim de 2011: "Estas organizações representam diferentes sectores e valores da sociedade tunisina: trabalho, segurança social, direito e direitos humanos. Com esta base, o Quarteto exerceu o seu papel como um mediador e força motriz para avançar com um processo de paz democrático na Tunísia".

Este ano, a Academia teve de escolher entre 273 candidatos: 68 organizações e 205 individualidades. Entre os favoritos estavam a chanceler alemã, o presidente da Colômbia e o líder das Farc, segundo o International Peace Research Institute, um organismo internacional que acompanha temas relacionados com a paz.

No ano passado, os vencedores foram o indiano Kailash Satyarthi e a paquistanesa Malala Yousafzai pela sua "força" contra a opressão de crianças e jovens e pela luta pelo direito à educação das crianças.

* Prémio atribuído com justiça.


.
.

 III-JORNADA GEOLÓGICA


1-O ANEL DE FOGO

 DO PACÍFICO


video

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.
HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"
218 doam órgãos em oito meses 

Maior número de dadores de órgãos dos últimos cinco anos. 

Foram apresentados esta sexta-feira, na Fundação Gulbenkian, em Lisboa os dados de transplantação de órgãos em Portugal. Entre janeiro e agosto Portugal teve 218 dadores de órgãos (mais 14 que no mesmo período de 2014). Nos primeiros oito meses do ano foram realizados 521 transplantes. Nos últimos quatro anos registou-se o maior aumento em transplantes hepáticos e cardíacos. 
 .

Os órgãos mais transplantados são rins, pâncreas, fígado, pulmões, coração e intestino delgado, (sendo que estes quatro últimos são realizados quando o órgão já não permite o funcionamento do doente vivo). Mais de 70 mil pessoas na Europa estão em lista de espera para transplantação. Devido à escassez de órgãos, 12 destes doentes morrem diariamente. Segundo Fernando Macário, presidente da Sociedade Portuguesa de Transplantação, "o transplante de rim é o mais procurado em Portugal." "Estão 1970 doentes em lista de espera.

" Um dador pode salvar até oito vidas. Hélder Trindade, presidente do Conselho Diretivo do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, explicou que "a transplantação não vive dias fáceis, cada vez mais temos de recorrer aos dadores falecidos, porque os dadores vivos são sujeitos a muitos exames." "O processo da transplantação é muito demorado e envolve muita investigação. No entanto, a doação de um dador vivo traz mais benefícios para o doente." 

Os principais objetivos do Comité Europeu para a Transplantação de Órgãos em Portugal são "aumentar a oportunidade de transplantes e diminuir as listas de espera", disse Ana França, coordenador nacional de transplantação. Este sábado, às 12 horas nos Restauradores decorrem actividades com o objetivo de sensibilizar todos os cidadãos para a doação e transplantação de órgãos, tecidos e células. 

* Tem gosto em atirar o seu cadáver aos vermes, ou ser incinerado como lixo, doe-se, talvez possa salvar uma vida.

.
.
AQEELA ASIFI
A VISIONÁRIA QUE NUNCA BAIXOU OS BRAÇOS

video


* Uma produção "EURONEWS"


.
. 
HOJE NO 
"OBSERVADOR"

Uma “escola” para quem 
quer ser estrela porno

Num reality show, que será transmitido em Itália, a estrela pornográfica italiana Rocco Siffredi passará duas semanas a ensinar 21 atores que aspiram entrar na indústria.

Quem disse que os aspirantes a atores pornográficos não podem ter aulas sobre o tema? A estrela pornográfica italiana Rocco Siffredi – conhecido pela alcunha de “o garanhão italiano” – não foi. Siffredi passará de estrela da indústria de filmes para adultos a estrela televisiva, com o novo reality show que estreará em Itália – a “Siffredi Hard Academy”.
.
O “garanhão italiano” passará duas semanas a dar aulas a 21 amadores que desejam ser estrelas pornográficas, explica o jornal inglês Independent. Os 14 homens e as sete mulheres foram escolhidos entre milhares de candidaturas, adianta o jornal.

Os estudantes serão também avaliados pelo “professor” Rocco Siffredi, que avaliará os candidatos através de testes físicos, que serão transmitidos na televisão, bem como as falas destes candidatos a atores pornográficos, que terão de se mostrar credíveis durante as suas performances.

* Não mostrem esta notícia à Teresa Guilherme.


.

FRANCISCO JAIME QUESADO

.





É a competitividade, estúpido!

Quando nos anos 90 o Professor de Harvard Michael Porter elaborou o célebre relatório, encomendado pelo Governo português de então, o diagnóstico sobre o que fazer e as áreas estratégicas de actuação foi muito claro – ou se reinventava por completo o modelo económico ou então a economia portuguesa tenderia a morrer com o tempo. Quase vinte anos depois, o balanço é conhecido – défice estrutural elevado, desemprego incontrolado, um tecido empresarial envelhecido. Como há 20 anos torna-se claro que a competitividade portuguesa é o grande desafio nos próximos tempos! Por isso, a palavra de ordem é simples – é a competitividade, estúpido!

Falta em Portugal um sentido de entendimento colectivo de que a aposta nos fatores dinâmicos de competitividade, numa lógica territorialmente equilibrada e com opções estratégicas claramente assumidas é o único caminho possível para o futuro. Falta por isso em Portugal uma verdadeira rede integrada para a competitividade capaz de produzir efeitos sistémicos ao nível do funcionamento das organizações empresariais. O “novo paradigma” da economia portuguesa radica nesse sentido na capacidade de os resultados potenciados pela inovação e conhecimento serem capazes de induzir novas formas de integração social e territorial capazes de sustentar um equilíbrio global do sistema nacional.

Uma breve radiografia à matriz setorial da economia portuguesa demonstra de forma inequívoca as alterações contextuais produzidas ao longo destes últimos vinte anos, com impactos directos na própria organazação da sociedade. Para além do desenvolvimento duma “nova economia de serviços”, de âmbito eminentemente local e com impacto reduzido em matéria de criação de valor sustentado, é de referir também o fenómeno de progressiva desindustrialização, entretanto acentuado nos anos mais recentes e o ténue desenvolvimento de “novos clusters” associados às dinâmicas da inovação e desenvolvimento. Trata-se duma evolução manifestamente assimétrica, com efeitos negativos em matéria de renovação dos indicadores ativos de “capital estratégico”.

O relatório Porter punha de forma clara a tónica em duas grandes áreas de intervenção sistémica – profunda renovação organizativa e estrutural dos sectores (sobretudo) industriais e aposta integrada na utilização da Inovação como factor de alavancagem de criação de valor de mercado. A mobilização activa dos “actores económicos” numa lógica de pacto estratégico operativo permanente era uma condição central no sucesso desta nova abordagem, sob pena de intervenções isoladas não conseguirem produzir de facto os efeitos desejados. Passado todo este tempo, a leitura dos resultados não é nada abonatória – excluindo os muito conhecidos e divulgados casos de reconversão interna e sectorial conseguida com algum sucesso, na maior parte dos sectores industriais clássicos não foi feita a renovação necessária e os fechos de empresas e perda de quota efectiva de alguns mercados é o resultado mais do que evidente.

Uma nova economia, capaz de garantir uma economia nova sustentável, terá que se basear numa lógica de focalização em prioridades claras. Assegurar que o “IDE de Inovação” é vital na atração de competências que induzam uma renovação activa estrutural do tecido económico nacional; mobilizar de forma efetiva os “centros de competência” para esta abordagem ativa no mercado global – mas fazê-lo tendo em atenção critérios de racionalidade estratégica definidos à partida, segundo opções globais de política pública, que tenham em devida atenção a necessidade de manter níveis coerentes de coesão social e territorial. Se Michael Porter voltasse a Portugal, não poderia dizer outra coisa. A competitividade tem por isso de sair do papel e ir para o país real.

Presidente da ESPAP – Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública

IN "OJE"
02/10/15

.
.
.

654.UNIÃO


EUROPEIA



.


HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
Jogo do empurra. 
PS esperava propostas de PSD/CDS,
. coligação queria propostas socialistas

António Costa disse que reunião foi "bastante inconclusiva". Passos também estava à espera de propostas.

O secretário-geral do PS disse esta manhã, à saída do encontro com os líderes do PSD e CDS, que esta foi uma reunião "bastante inconclusiva". Já Passos Coelho esperava que os socialistas tivessem apresentado as suas propostas para a coligação as discutir. Neste jogo do empurra percebeu-se que as mais de duas horas e meia de reunião serviram para marcar novo encontro para terça-feira.
 .

António Costa disse que não houve propostas concretas e que vinha com outras expectativas, mas que continua aberto ao diálogo.

Também o líder do PSD, com o presidente do CDS a seu lado, explicou que a coligação se vai dedicar "a um exercício mais atrevido" que é o de "selecionar as propostas mais importantes do PS" para as discutir.
Já o líder do PS atirou essa responsabilidade para o partido mais votado, falando em "ónus" para os sociais-democratas adiantarem propostas concretas.

Os líderes do PSD, CDS-PP e do PS estiveram reunidos durante quase três horas, desde pouco depois das 9.00 desta sexta-feira, na sede nacional dos sociais-democratas, em Lisboa, para discutir os resultados das eleições e eventual entendimento entre os três partidos.

O líder socialista António Costa fez-se acompanhar de Mário Centeno, o homem do cenário macroeconómico do PS, e dos dirigentes Ana Catarina Santos, Carlos César e Pedro Nuno Santos.
Já pelo PSD, Pedro Passos Coelho não teve a seu lado Maria Luís Albuquerque, a ministra das Finanças, fazendo acompanhar-se de Marco António e Moreira da Silva.

O CDS esteve representado por Paulo Portas, Assunção Cristas e Mota Soares.

* São uns "enconados"!

.
.


101 INVENÇÕES

 QUE MUDARAM 
 O MUNDO


PARTE TERCEIRA

video

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.
.

  IV-ARQUIVOS SECRETOS

DA INQUISIÇÃO


3-O FIM DA INQUISIÇÃO


video





* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.



.
.
HOJE NO
"RECORD"
Dulce faz último teste em Coimbra

Dulce Félix tem estado a treinar-se bem e fará este domingo, na Meia-Maratona de Coimbra, o seu teste final com vista à Maratona de Nova Iorque, dentro de três semanas (a 1 de novembro).
.
"Está tudo a correr normalmente e tanto os treinos propriamente ditos como os testes que tenho feito com o fisiologista Amândio Cupido têm dado boas indicações", refere a atleta do Benfica, que termina este domingo um estágio de duas semanas em Mira. "A seguir ao Campeonato do Mundo de Pequim, em agosto, parei uns dias para tratar de uma inflamação na garganta que contraí lá mas logo a seguir iniciei a preparação para a maratona, a qual tem decorrido sem problemas", acrescentou a atleta, de quase 33 anos (completa-os no próximo dia 23), que fará a 10.ª maratona da carreira e estará pelo 6.º ano consecutivo em Nova Iorque, onde desistiu na estreia (2010), foi 4.ª em 2011 (2:25.40) e não pôde correr em 2012, pois a prova foi anulada à última hora, devido a um tufão. Só no ano passado não esteve bem (2:35.33) mas em abril último, em Londres, bateu o recorde pessoal, com 2:25.15. "Estou a sentir-me tão bem ou melhor do que nessa altura e os treinos têm-no confirmado. Mas, claro, isso não significa que eu chegue a Nova Iorque e bata o recorde pessoal, até porque o percurso não é tão favorável. Mas estou otimista."

A escolha de Coimbra e da sua Meia-Maratona do Conhecimento (a partida será na universidade) foi feita tendo em conta as três semanas que faltam para Nova Iorque. "Ainda pensei nas ‘Meias’ de Lisboa ou de Ovar, no dia 18, mas achei que correr uma meia-maratona a alto nível a 15 dias da prova era arriscado. Daí a opção por Coimbra, onde quero fazer uma boa marca. Só espero que não esteja o mau tempo que se anuncia… Ainda no domingo passado fiz um treino longo sempre à chuva", concluiu Dulce, que será acompanhada neste teste por Ricardo Ribas, que está com ela no estágio em Mira, tal como a treinadora Sameiro Araújo.

* BOA SORTE!!!

.
.

Rita Ora

Drunk in love

video

.
.
HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"
Polícia Marítima apanha traficantes
 e salva crianças

As detenções ocorreram, em dias distintos, em águas territoriais gregas, numa altura em que a força portuguesa procedia a ações de vigilância para apoio e recolha de refugiados, na área da ilhas de Lesbos. 
 .

A equipa da Polícia Marítima deslocava-se a bordo da lancha "Tejo", quando deu conta de duas embarcações que navegavam apenas com um tripulante a bordo a caminho das costas turcas.

Suspeitando de que se tratava de um traficante ou facilitador - como legalmente são designados os transportadores de refugiados -, a "Tejo" intercetou as duas embarcações. Em ambas as situações os tripulantes não ofereceram resistência, mas um deles tinha várias armas brancas. Os dois tinham elevadas quantidades de dinheiro, com origem em distintos países, o que fez prova de que os indivíduos tinham acabado de fazer transportes e regressavam à Turquia para entregarem o dinheiro aos chefes e fazer novos transportes.

Segundo comunicado da Autoridade Marítima Nacional, desde o início da missão, dia 2, o destacamento da Polícia Marítima já conseguiu resgatar 411 refugiados, dos quais 108 crianças, algumas das quais bebés. As crianças são das maiores preocupações das autoridades que participam na operação conjunta Poseidon Sea 2015, em particular deevido aos riscos de naufrágio.

Um dos refugiados recuperado era um idoso que estava limitado a uma cadeira de rodas.

* Um  BRAVO para a nossa polícia, os agentes intervenientes nem sabem o bem que fizeram para o futuro, aos refugiados resgatados.

.
.

TESTANDO A MAMÃ

video

.
.
HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"
Guilherme d'Oliveira Martins 
abandona Tribunal de Contas

O pedido de exoneração de Oliveira Martins foi feito esta sexta-feira ao Presidente da República. Tem efeitos a partir de 1 de Novembro. O juiz vai para a Fundação Calouste Gulbenkian. Vai ocupar o lugar de Marçal Grilo.
 .
Guilherme d'Oliveira Martins vai sair do Tribunal de Contas, que preside há dez anos. O juiz vai para a Fundação Calouste Gulbenkian.
.
"Completando cerca de 40 anos de serviço público, e 10 como Presidente do Tribunal de Contas - a média de anos dos seus antecessores -, Guilherme d’Oliveira Martins apresentou, hoje, ao Senhor Presidente da República o seu pedido de exoneração deste cargo, com efeitos a partir de 1 de Novembro", indica um comunicado enviado às redacções por parte do Tribunal de Contas.

Na óptica de Oliveira Martins, entre 2005 e 2015, o período em que o liderou, o organismo que vigia as contas públicas "exerceu o cargo corresponderam a um ciclo em que o Tribunal de Contas se consolidou nos planos nacional e internacional".

No comunicado, descreve que houve um reforço do seu estatuto no plano nacional e que, no âmbito internacional, "foi chamado à presidência da Organização Europeia de Tribunais de Contas". Em 2005, Oliveira Martins abandonou o assento de deputado socialista à Assembleia da República para substituir Alfredo José de Sousa na liderança do Tribunal de Contas. Na altura, disse ao Negócios que a prioridade do seu mandato era reforçar a cooperação com o Parlamento.

Nada é dito sobre o sucessor de Oliveira Martins no organismo público. Carlos Alberto Antunes é o actual vice-presidente do Tribunal de Contas, entidade que conta com 19 juízes conselheiros.

.
. Sai Marçal Grilo
Oliveira Martins vai sair do Tribunal de Contas para a Fundação Calouste Gulbenkian, como confirma em comunicado a Fundação, depois de avançado pela TVI.
 
"Licenciado e Mestre em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, Guilherme d´Oliveira Martins (n. 1952) exerceu até à data as funções de Presidente do Tribunal de Contas e tem uma vasta experiência de dedicação à causa pública e de intervenção cívica e cultural", indica o comunicado oficial.

O juiz vai ocupar a vaga aberta na administração esta sexta-feira, 9 de Outubro. Eduardo Marçal Grilo reformou-se e não poderá candidatar-se a novo mandato, sendo hoje o último dia na instituição da entidade presente nas áreas das artes, educação e ciência.

A administração, presidida por Artur Santos Silva, conta com Isabel Mota, Teresa Gouveia, Martin Essayan, José Neves Adelino, a que se juntam os não executivos Rui Vilar, Joaquim Canotilho e António Guterres. Ainda não é certo o dia em que Oliveira Martins vai passar a exercer funções.

* Guilherme d'Oliveira Martins exerceu o cargo de Presidente do Tribunal de Contas com a maior lisura e seriedade, não estamos habilitados para falar da sua competência. Faz falta, mas como não há insubstituíveis desejamos que o sucessor exerça o mandato com a mesma transparência e autoridade.


.
.


RESOLVA


O PUZZLE

Colorful-hot-air-balloons


.
.
HOJE NO
"DESTAK"

"História universal da pulhice humana" 
de José Vilhena regressa em 
edição fac-similada

A editora E-primatur anunciou hoje que vai editar, antes do final do ano, a "História universal da pulhice humana", de José Vilhena, autor falecido no passado dia 03 de outubro. 


Em comunicado enviado à agência Lusa, a editora afirma que "ainda este ano estará nas livrarias 'História universal da pulhice humana', numa edição cartonada, que reúne os três volumes desta obra, publicados entre 1960 e 1965". 

"A edição será fac-similada para preservar a importante relação entre as imagens e o texto, tão importante para Vilhena", lê-se no mesmo comunicado. 

* Quem nunca a leu pode acreditar que é uma genial obra de verdadeiro humor.Tem lá retratados os pulhas até à época em que foi escrita e faz-nos prever o que veio a seguir.

.
.

I- LIÇÕES NÃO APRENDIDAS

1.AMIANTO
video

.

.
HOJE NO
"i"
Isabel Silva premiada pelo novo tratamento da doença da próstata

O trabalho da investigadora do Porto esteve a concurso com outras 300 comunicações provenientes de mais de 30 países.

Isabel Silva começou por ser mais uma entre 300 jovens cientistas com ideias para mostrar ao mundo. E acabou por ser a que mais deu nas vistas com o seu trabalho que propõe um novo mecanismo para tratar a doença da próstata.
 .
A sua investigação foi distinguida com o prémio “Melhor Comunicação-Painel em Investigação Clínica” e foi apresentada na reunião mundial da International Society for Autonomic Neuroscience (ISAN), uma sociedade científica composta por investigadores especializados no estudo do sistema nervoso autónomo.

Os congressos da ISAN são reuniões de âmbito mundial que acontecem todos os anos. Esta edição decorreu em Stresa (Itália), na última semana de Setembro, e estiveram a concurso três centenas de investigações oriundas de mais de 30 países. Isabel Silva, estudante do Programa Doutoral em Ciências Biomédicas do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS), foi premiada por um trabalho que propõe um novo mecanismo para o tratamento da hiperactividade vesical em homens com hiperplasia benigna da próstata.

Este mecanismo – anunciou ontem a Universidade do Porto em comunicado – foi descrito agora pela primeira vez, sendo um passo decisivo para desenvolver no futuro um medicamento para tratar uma doença frequente em homens com mais de 50 anos. A hiperplasia prostática benigna pode provocar estreitamento da uretra e dificultar o fluxo da urina. Como a bexiga não se despeja por completo de cada vez que se urina, o resultado é sentir uma necessidade cada vez maior de ir à casa de banho, sobretudo à noite (nictúria).

O estudo apresentado pela investigadora do Porto foi realizado no âmbito da colaboração entre o Laboratório de Farmacologia e Neurobiologia do ICBAS, o Centro para a Descoberta de Fármacos e Medicamentos Inovadores (MedInUP) do ICBAS e o Serviço de Urologia do Centro Hospitalar do Porto (CHP).

De acordo com a Universidade do Porto, a curto/médio prazo o foco principal deste trabalho, já publicado na revista “Autonomic Neuroscience: Basic and Clinical”, é conseguir tratar a sintomatologia urinária persistente associada à irritabilidade da bexiga (mesmo após a remoção cirúrgica da próstata) com uma nova classe de medicamentos inovadores, eventualmente mais eficazes que os usados habitualmente, cujo sucesso tem sido limitado devido aos seus efeitos adversos.

A proposta deste novo alvo terapêutico está suportada por outras quatro publicações recentes da equipa liderada por Paulo Correia de Sá, duas das quais publicadas no ano passado em revistas científicas e para as quais foram realizados estudos com animais de laboratório. A investigação, aliás, acabou por ser incluída no Top 1% dos artigos mais citados a nível mundial na área da farmacologia, diz a Universidade do Porto em comunicado.

* Em primeiro lugar damos os parabéns à investigadora Isabel Silva, mais uma vez a inteligência e trabalho português a destacar-se. 
No resto a notícia é confusa, refere mecanismo(?), depois medicação, alguém esclarece? Quando existirá definitivamente  a noção de que uma notícia é para esclarecer, não para confundir?

.
.

O  F O R A L






*  SE NÃO VIR BEM TENTE COM LENTE ADICIONAL

.
.
HOJE NO
"A BOLA"

Angola
Federação angolana suspende 
Horácio Mosquito e avança 
com participação criminal

O empresário Horácio Mosquito foi suspenso de toda a atividade, por um ano, pela Federação Angolana de Futebol (FAF), por não ter provado as acusações de corrupção que lançou no passado mês de maio.
.
O DENGUE?
Em comunicado, o Conselho de Disciplina da FAF refere que vai também vai participar o caso ao Ministério Público.

Horácio Mosquito era presidente do Recreativo da Caála desde 2008, tendo apresentado a demissão das funções em junho, um mês depois de ter denunciado alegados «atos de corrupção no futebol» angolano.

O empresário, além de ter sido suspenso de toda a atividade no futebol durante um ano, terá ainda de pagar uma multa de 300 mil kwanzas (cerca de dois mil euros), a pagar pelo Caála no prazo de dez dias.

* Diz o roto ao nú, porque não te vestes tu?

.
.
ALHOS

DESCASCAR E PICAR

video

.
.
HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS 
DA MADEIRA"

Rubina Leal lembra que Portugal tem a maior taxa europeia de doenças mentais

As VII Jornadas de Saúde Mental e Psiquiatria da Casa de Saúde de São João de Deus começaram esta manhã e contaram com a presença, na sessão de abertura da secretária regional a Inclusão e Assuntos Sociais e do Bispo do Funchal, além dos responsáveis das ordens religiosas Hospitaleiras.
 .

Rubina Leal, que fez a última intervenção da sessão de abertura, recordou a parceria da Casa de Saúde de São João de Deus com o Serviço Regional de Saúde e destacou a importância de umas jornadas científicas que também devem servir para “desmistificar” a doença mental e lançar propostas de intervenção ao nível da prevenção.

A secretária regional fez referência a um estudo da Direcção-geral da Saúde que indica que, em 2013, a prevalência anual de perturbações mentais em adultos, em Portugal, atingiu os 22,9%.

“Este indicador não inclui algumas perturbações e é o mais elevado entre os países da Europa integrados neste estudo. O estudo refere a prevalência de perturbações de ansiedade, depressivas, de afectividade e de abuso e dependência do álcool”, informou.

Rubina Leal considera que a prestação e cuidados de saúde mental tem de ser uma área de maior relevância “e não um parente distante da saúde”.

“A saúde mental carece de uma intervenção efectiva do ponto de vista científico, mas também e uma intervenção humanizada junto das famílias e de prevenção”, sublinhou.

A secretária regional da Inclusão e Assuntos Sociais, que foi vereadora na Câmara do Funchal, não terminou sem uma referência e agradecimento à Casa de Saúde de São João de Deus pela sua actuação no apoio às vítimas da tragédia de 20 de Fevereiro de 2010.

“A extraordinária actuação da Casa de Saúde da Ordem Hospitaleira de São João de Deus junto da população do Trapiche e Laranjal nas horas e dias subsequentes ao 20 de Fevereiro de 2010. Nesse dia trágico par aa nossa comunidade, a Casa de Saúde acudiu às necessidades básicas da população. Aqui, durante vários dias, 150 pessoas viveram, tiveram abrigo, alimentação e apoio psicológico. Dessas, 77 aqui viveram durante três meses e meio”, recordou.

* A senhora secretária Regional só se esqueceu duma coisa, gostaríamos de saber qual o valor da taxa atribuída à classe política.

.
.
 PRAXADOS











.