quarta-feira, 15 de julho de 2015

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

Ai mê pai!... Ai mê pai!... 

Um ciganito, menor de idade, levava uma carroça cheia de azeitonas roubadas. 
Mais à frente, um policia mandou-o parar. 
Como não tinha factura das azeitonas, carta de condução, nem dinheiro para pagar a multa, o policia deu-lhe o castigo de meter 10 azeitonas no cú.
Por cada azeitona que o ciganito metia no cú, só gritava:

 ai mê pai,ai mê pai!!!

 O policia, intrigado, perguntou-lhe: 
"Olha lá, porque estas só a gritar pelo teu pai??"
 Diz-lhe o ciganito: 
"É que o mê pai vem lá mais atrás com uma carroça cheia de melões!!!"

.
.


  COMO ELES


  "SE TRANSFORMAM"!


PROJECTO EUROPEU FABRICA 
PLÁSTICO A PARTIR DE CARDOS
EM VEZ DE PETRÓLEO




*Uma produção "EURONEWS"

.
.
POIS...



.
.


A DEMOCRACIA

EM PORTUGAL



CLIQUE EM "Programa OLHOS NOS OLHOS"

Se no dia do programa, 13 de julho, não teve oportunidade de ficar mais esclarecido sobre o tema, dispense-se tempo para se esclarecer agora, este programa é extenso mas terrívelmente claro e polémico.
Fique atento às declarações do Dr. José Ribeiro e Castro.

.
HOJE NO
 "i"

#PorAcasoFoiIdeiaMinha. 
Passos Coelho está viral

Pelos piores motivos. PM está a ser arrasado pelas suas declarações sobre a solução para o impasse nas negociações com a Grécia.
.

Na conferência de imprensa que deu depois da cimeira de líderes europeus em Bruxelas deste domingo, Passos Coelho achou que era boa ideia dizer que “por acaso” foi uma ideia sua que desbloqueou as negociações entre os líderes europeus e o seu homólogo grego, Alexis Tsipras.

“Devo dizer até que, curiosamente, a solução que acabou por desbloquear o último problema que estava em aberto, que era justamente a solução quanto à utilização do fundo [de privatizações], partiu de uma ideia que eu próprio sugeri”, disse o primeiro-ministro português aos jornalistas depois da cimeira da zona euro deste domingo que se prolongou até à madrugada de segunda-feira. “Quer dizer que até tivemos, por acaso, uma intervenção que ajudou a desbloquear o problema.”

As reacções não tardaram a chegar, em forma de memes ou comentários trocistas nas redes sociais, com a hashtag #PorAcasoFoiIdeiaMinha.

* Offshore!


.
.


NAEEM KHAN

MERCEDES BENZ FASHION
PRIMAVERA/VERÃO
2015




.
.
HOJE NO
 "A BOLA"

Mayweather gasta 4.35 milhões de
 euros em mais um «brinquedo»
 .
O pugilista norte-americano Floyd Mayweather revelou que comprou um raro Koenigsegg CCXR Trevita, que está avaliado em cerca de 4.35 milhões de euros.

«Tempos difíceis não duram, pessoas duras duram», escreveu Mayweather na rede social «Instagram».

Apenas existem três Koenigsegg CCXR Trevita, pelo que é um dos superdesportivos mais raros do planeta.

* Enquanto houver na Terra uma pessoa com fome a existência de carros deste tipo é insultuosa.


.
.

V - GRANDES EXPLORADORES

2-SIR WALTER

RALEIGH





* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.
HOJE NO
 "AÇORIANO ORIENTAL"

Estudo alerta para perigo dos riscos
. sistémicos das alterações climáticas

Os riscos das alterações climáticas "devem ser avaliados da mesma forma que as ameaças à segurança nacional ou à saúde pública", defende um grupo de cientistas num relatório da Universidade de Cambridge, no Reino Unido
  .
No documento, publicado nesta segunda-feira, cientistas do Reino Unido, Estados Unidos, China e Índia, especialistas na análise de riscos energéticos, financeiros e militares, desenvolveram um estudo sobre os riscos das alterações climáticas para ajudar os políticos a priorizar a questão.

O mundo não pode continuar a analisar a questão do aquecimento global como um problema de previsões meteorológicas das temperaturas a longo prazo, defendem, acrescentando que os riscos das alterações climáticas devem ser avaliados considerando os “piores cenários”, conforme acontece com as “ameaças à segurança nacional ou à saúde pública”, visto que só assim se compreenderá o pior que pode ocorrer e a probabilidade de isso acontecer.

O relatório salienta os verdadeiros riscos que o crescente aquecimento coloca, evidenciando que ao ritmo atual de emissões de carbono, “o mais provável é verificar-se um aumento da temperatura de 4 graus Celsius" já na segunda metade deste século.

O que leva os especialistas a alertar que “as maiores ameaças advêm dos riscos sistémicos”, das interações entre as pessoas, os mercados e os governos. Pelo que o estudo identifica ainda os limiares para além dos quais “o inconveniente pode tornar-se insuportável”.

Daí ser preciso conhecer os limites da tolerância humana ao calor, e a subsistência da agricultura, uma vez que, no caso de estes limites serem excedidos, isso poderá levar a mortes em grande escala, à progressiva diminuição das colheitas agrícolas e à incapacidade das cidades costeiras de se adaptarem com sucesso à subida do nível do mar.

Por exemplo, "se as políticas e as respostas do mercado amplificarem o choque em vez de o atenuarem", refere o relatório, “o pior cenário plausível nos dias de hoje seria produzir picos de preços sem precedentes no mercado global, com uma triplicação dos preços das sementes das colheitas mais afetadas".

O relatório adverte ainda para as questões de segurança decorrentes dos altos níveis de aquecimento, como o aumento das populações a competirem por recursos, levando a que as migrações se “tornem mais uma necessidade do que uma escolha, ameaçando a estabilidade dos países atualmente considerados desenvolvidos” e desafiando a capacidade humanitária mundial.

A “ausência de um forte compromisso político e desenvolvimento tecnológico mais rápido estão a aproximar-nos da quebra dos limites”, advertem os cientistas, referindo-se nomeadamente às emissões globais de gases de efeito estufa que continuam a subir, sublinhando que todos os países precisam compreender melhor as potenciais consequências de não se atingir a meta de 2 graus Celsius a nível nacional.

Isso exige a construção de regimes nacionais fortes, apostados na gestão dos riscos climáticos, nos próximos anos.

O estudo foi encomendado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, como uma contribuição independente para o debate sobre as alterações climáticas, tendo sido aclamado por ativistas e ecologistas enquanto uma contribuição útil que ajudará a colocar pressão sobre os políticos para elaborarem um novo acordo global até ao final do ano, limitando o aquecimento global a 2 graus Celsius acima dos níveis pré-industriais.

* As bruscas alterações climáticas têm a voracidade da mão humana, o homem está a querer matar a Terra mas ele morre primeiro,

.

MANUEL CARVALHO DA SILVA

.




Vírus, venenos e antídotos

Para a ortodoxia neoliberal instalada nas instâncias de poder da União Europeia (UE), a Grécia é o vírus que está a afetar o "projeto europeu" e, como tal, há que eliminá-lo: seja encostando aquele país à parede não deixando espaço para a sua permanência no euro; seja forçando-o a tomar "voluntariamente" uma forte dose de veneno, oferecendo-lhe antídotos que supostamente impedirão que o veneno mate.
 
Haverá por parte dos gregos força anímica e capacidade política para encontrar algum caminho, mesmo que muito estreito, que permita a fuga a estas condenações? Surgirão pingos de bom senso e coragem que impulsionem alguma mudança, mesmo que pequena, por parte dos grandes atores europeus?

Os vírus que estão a matar a esperança dos povos europeus na construção de um projeto coletivo de solidariedade e cooperação, de respeito mútuo, de convergência com harmonização social no progresso, não são as situações de bloqueio em que mergulharam a Grécia, Portugal, Chipre, Irlanda, Espanha e outros. Os vírus estão no rumo político seguido pela UE, no tipo de estruturação e funções das suas instituições, na divisão essencialista dos povos entre malandros e cumpridores, no papel e nos objetivos atribuídos à "moeda única" e nas imposições orçamentais concebidas à medida dos interesses (internos, europeus e globais) da Alemanha e da sua área de influência, na submissão da política ao poder económico/financeiro, na transferência de soberania dos povos para o domínio dos mercados, na vergonhosa incapacidade de lidar com os movimentos migratórios, na criação de um gravíssimo problema chamado Ucrânia e na persistência em prosseguir caminhos errados na relação com a Rússia, na desistência da afirmação da UE como espaço e projeto que no atual contexto mundial se distinga positivamente no plano social, económico, ambiental, cultural e no exercício democrático.

A situação da Grécia não é, pois, o vírus, mas a manifestação mais relevante de muitos males que estão profundamente inculcados no "projeto europeu". A Alemanha foi levando a água ao seu moinho, com a França e outros países importantes a deixarem-se ir no jogo a troco de contrapartidas conjunturais, a UE embarcou na aplicação entusiasmada da cartilha neoliberal e num perigoso processo de retrocesso social e civilizacional. Assustam os pronunciamentos da sra. Merkel, do sr. Schäuble ou do sr. Schultz pois demonstram que a Alemanha não está preparada nem quer buscar uma alternativa. Este importantíssimo país europeu pode já se ter enquistado num modo de atuação que não dispensa a imposição dos seus interesses contra tudo e contra todos.

A delicada situação interna da Grécia, a necessidade que tem de não se oferecer de corda ao pescoço para uma saída do euro, o seu posicionamento geoestratégico que lhe acarreta pressões de vária ordem, levam o Governo grego a aceitar uma dose de veneno. Que contrapartidas irá apresentar a UE em termos de medidas de longo alcance que permitam a reestruturação da dívida e a anulação de uma parte desta? Vão os senhores da Europa desistir dos seus objetivos de derrubar o Governo grego e de limitar a democracia na Grécia e nos outros países?

Um ministro francês disse estes dias que é preciso "uma profunda reestruturação do euro" nos próximos dez anos. Mas um conjunto de países, entre os quais Portugal, não sobreviverão em tão longo prazo, nem os interesses alemães e de outros se mostram disponíveis para essa reformulação. Uma "reestruturação do euro" só teria significado se inserida numa profunda mudança de políticas orçamentais e numa radical viragem das políticas europeias sustentada num pleno exercício democrático.

No plano nacional estes objetivos impõem, no imediato, pôr a claro que não foram atingidos os objetivos que o Governo PSD/CDS anunciou aos portugueses e pelos quais foi eleito. Que aquilo a que chama vitórias significa tão-só fracassos, com pesados sacrifícios para a esmagadora maioria da população, com a destruição de muitas empresas e a entrega a estrangeiros de partes fundamentais do tecido económico nacional, com uma enorme emigração que depaupera o país no imediato e no futuro.

IN "JORNAL DE NOTÍCIAS"
12/07/15


.
.
.

568.UNIÃO


EUROPEIA




.


HOJE NO
 "DIÁRIO ECONÓMICO"

Quer entrar na Livraria Lello? 
Vai ter de pagar três euros

É considerada uma das livrarias mais bonitas do mundo e o seu edifício está classificado como monumento de interesse público. Por isso, transformou-se num ponto turístico visitado diariamente por milhares de turistas e perdeu muitos dos seus clientes que não gostam de confusão. Para combater a situação, a Livraria Lello, no Porto, decidiu que passará agora a cobrar entrada aos turistas.
.
"Somos uma livraria, e como tal, queremos ser uma boa livraria! Mas é muito difícil conciliar o facto de sermos uma atração turística e de termos essa pressão enorme de visitantes cá dentro com a tranquilidade que uma livraria exige", afirma o responsável pela livraria, José Manuel Lello, ao Jornal de Notícias.

A Livraria Lello recebe diariamente quatro mil visitantes. Na época da Páscoa foram recebidos num só dia 4.522 visitantes, "com tempos de espera enormes e com grande desconforto para quem nos procura", disse o responsável, citado pela TSF.

Assim, daqui a 15 dias, quem quiser apenas visitar a livraria terá que pagar um valor entre os três e os dez euros. O responsável pelo espaço chama-lhe um "adiantamento" e aqueles que comprem algum artigo têm benefícios.

Segundo explica o mesmo jornal, os clientes habituais terão um cartão cliente que é uma espécie de via verde para a livraria. Os restantes terão que pagar entrada. No entanto, se comprarem algum livro, o preço que pagaram à entrada será descontado no valor do artigo.

A Livraria Lello foi considerada a terceira mais bela do mundo pelo Guardian em 2008 e pelo Lonely Planet em 2010. Já este ano, a livraria foi considerada a mais "cool" do mundo pela revista Time.

* A Livraria Lello é um museu de vida, sabedoria e beleza, para tal tem custos de estrutura que podem ser atenuados com esta medida.
Três euros é um valor menor do que gasta um fumador na compra de um maço, para morrer de cancro. 
Três euros é mais barato do que chafurdar em fastfood até arranjar diabetes precocemente. 
Três euros é muito mais barato do que emborcar shots que dão cabo do cérebro. 
Três euros é de borla quando se aprende!



.
.


O MEU INSTRUMENTO



15-FAGOTE





FONTE: TRAMA RADIOLA




* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.


80.O MELHOR
 DA ARTE

08.GRANDES PINTORES

PORTUGUESES


GRAÇA MORAIS


2-NA CABEÇA DE UMA MULHER

ESTÁ A HISTÓRIA DUMA ALDEIA




CRONOLOGIA (3)

  • 2000 Expõe a série 'Terra Quente – Fim do Milénio', na 111, em Lisboa. Joana Morais filma o documentário 'Na Cabeça de uma Mulher está a história de uma Aldeia', sobre a vida e a obra da mãe, Graça Morais.
  • 2001 Em Paris, expõe a mesma série no Centro Cultural da Fundação Calouste Gulbenkian e Deusas da Montanha na delegação do Instituto Camões. Orpheu e Eurydice, de Sophia de Mello Breyner Andresen, é editado com trabalhos da artista.
  • 2002 Exposição na 111, em Lisboa: A Idade da Terra.
  • 2003 Exposição A Terra e o Tempo, no Museu da República Arlindo Vicente, em Aveiro. Nessa ocasião, é editado o livro A Terra e o Tempo (Pintura e Desenho 1987/2003) (Câmara Municipal de Aveiro).
  • 2004 Concebe painéis de azulejos para a estação de Metro da Amadora e para a central eléctrica de Vilar de Frades. É editado o livro O Segredo da Mãe, com textos de Nuno Júdice sobre pinturas de Graça Morais (Quetzal).
  • 2005 Expõe, na 111 do Porto, a série Visitação. É editado o livro Uma Geografia da Alma (Bial). "Retratos e Auto--Retratos", Centro Cultural de Cascais; "Os olhos azuis do mar", Centro de Artes de Sines.
  • 2006 "Diálogos com a Terra", Galeria Ratton, Lisboa; "Retratos e Auto-Retratos", Galeria de Arte do Teatro Municipal da Guarda.
  • 2006/2007 "Graça Morais na Colecção da Fundação Paço d’Arcos – Pintura, desenho e azulejo (1982 a 2006)", Galeria Torreão Nascente da Cordoaria Nacional, Lisboa.
  • 2007 "Silêncios", Biblioteca Municipal de Chaves e Museu Municipal de Amadeo de Souza-Cardoso, Amarante; "Orpheu e Eurydice", Paços da Cultura de S. João da Madeira e Casa da Cultura da Trofa.
  • 2007/2008 "In sofrimento", Museu Municipal - Edifício Chiado, em Coimbra.
  • 2008 "Graça Morais na Colecção da Fundação Paço d’Arcos – Pintura, desenho e azulejo (1982 a 2006)", Galeria do Pálacio, Biblioteca Municipal Almeida Garret, Porto. "Graça Morais: Pintura e Desenhos" na Galeria 111, Porto.
  • 2008/2012 Série de exposições no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais 3 , inaugurado em 2008.
  • 2009 Inaugura na Galeria Ratton, Lisboa, a exposição de pintura e desenho 'A Máscara e o Tempo'.
  • 2012 "A Caminhada do Medo" na Cooperativa da Árvore, Porto e no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, Bragança.
  • 2013 Recebe o Grande Prémio Aquisição 2013, atribuído pela Academia Nacional de Belas-Artes.

.
.

HOJE NO
 "CORREIO DA MANHÃ"

GNR herói salva banhista do mar 

 Militar resgatou homem de 61 anos e ajudou nadador-salvador.

Ao perceber que um nadador-salvador da praia do Cantinho, em Esmoriz, estava com dificuldades em resgatar um banhista da água – e que ambos estavam a ser arrastados pela forte corrente –, o guarda Caldas, 33 anos, não hesitou. Pegou numas barbatanas e atirou-se ao mar: salvou o homem de 61 anos e auxiliou ainda o socorrista da praia a regressar ao areal em segurança. 

O ato heroico ocorreu ontem às 11h00. O militar da GNR, que exerce funções no pelotão ciclo – que faz patrulhas de bicicleta pelas praias –, apercebeu-se de um ajuntamento de pessoas e correu de imediato para o local. 

Após o resgate, e apesar de assustados, nem a vítima nem o nadador-salvador necessitaram de ser transportados ao hospital. "Esta não é a primeira vez que ele salva alguém. Há dois anos já tinha resgatado uma pessoa do mar. 

Ele hoje [ontem] foi um herói. Ele tenta sempre ir além da sua missão", referiu ao CM o capitão Ribeiro, responsável do destacamento da GNR de Ovar. 

* Há já alguns meses dissemos nestas páginas que confiávamos mais num militar da GNR do que em qualquer ministro deste governo. Todos os dias muitos militares da GNR praticam actos de bravura junto das populações, actos frequente e indevidamente valorados, sempre a troco dum salário sem dignidade.

.
.
JAZZLAND

JACINTA


My Baby Just Cares for Me


.
.

HOJE NO
 "OBSERVADOR"

Gonçalo, o aluno com pleno 
de 20 valores a matemática

Vinte na nota interna, vinte no exame nacional, vinte na nota final a Matemática. Gonçalo estuda em Sabrosa, Vila Real, e agora segue para o curso de Medicina.

O aluno de Sabrosa Gonçalo Madureira fez o pleno ao atingir os 20 valores no exame nacional de matemática e acabar o secundário também com média de 20, notas que permitem concretizar o sonho de ser médico.

“É um sentimento de dever concluído e também de que o esforço que tive ao longo destes três anos foi produtivo e realmente consegui concretizar aquilo a que me propus desde o início do secundário”, afirmou o estudante de 18 anos à agência Lusa.
 .

Gonçalo Madureira reside no pinhão, concelho de Alijó, mas estudou nos últimos três anos no Agrupamento de Escolas Miguel Torga, em Sabrosa, no distrito de Vila Real.

E no final os resultados não podiam ser mais positivos: concluiu o secundário com uma média de 20 valores, incluindo na disciplina de matemática, e conseguiu também atingir os 20 valores (200 pontos) no exame nacional de matemática.

“O segredo foi estudar para os exames intensamente”, acrescentou.

E, com estas notas, Gonçalo Madureira acredita que vai conseguir entrar para a Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. “É um sonho. Foi a isso que me propus desde sempre e foi por isso que eu lutei”, sustentou.

Apesar de ter passado muito tempo a estudar, o jovem disse ter tempo para fazer outras coisas de que gosta como ler ou fazer natação.
E fez ainda questão de ajudar outros colegas que revelavam ter mais dificuldades a matemática.
Sempre procurei ajudar os meus colegas e faço isso de bom grado porque é benéfico para eles mas também porque é útil para mim, na medida em que, ao ensinar aos outros, eu próprio também consigo assimilar melhor a matéria e perceber melhor os conteúdos”, salientou.
O pai, Paulo Madureira, mostrou-se muito orgulhoso e confessou que às vezes até era preciso dizer ao Gonçalo “para deixar de estudar”.

“Ao fim de semana chegava a por o despertador a tocar para estudar e durante as férias levava livros para estudar. Mas estuda por prazer e não por obrigação. Sente-se bem a estudar”, sublinhou.

Também Irene Ermida, diretora do Agrupamento de Escolas Miguel Torga, em Sabrosa, disse que o jovem “tem sido um exemplo na escola”.

“É um aluno que foi sempre muito empenhado e metódico, muito responsável e amigo dos colegas. Para a escola é motivo de orgulho termos um aluno que alcance estes resultados no exame nacional de matemática”, frisou.

No geral, os resultados nos exames nacionais do ensino secundário subiram este ano, com destaque para matemática A que atingiu finalmente a positiva passando de 9,2 para 12 valores.

* Um craque!


.
.

INSANIDADE TOTAL


O primeiro backflip quádruplo de BMX da história

.
.
HOJE NO
 "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Pingo Doce multado em 500 mil euros
 pela venda com prejuízo

O ministro da Economia usou esta multa como exemplo para mostrar que a ASAE mudou, passando a fazer "menos gala em ser forte com os fracos" e mais "forte com os fortes". 
 .
A cadeia de supermercados Pingo Doce, da Jerónimo Martins, foi multada pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) em 500 mil euros devido à venda com prejuízo de alguns produtos, disse hoje fonte do Ministério da Economia à Lusa.

O ministro da Economia, António Pires de Lima, disse hoje no parlamento que a atuação da ASAE mudou, passando a fazer "menos gala em ser forte com os fracos" e mais "forte com os fortes" e deu o exemplo de uma multa de meio milhão de euros aplicada a uma grande empresa de distribuição.

Questionada pela Lusa, fonte oficial do ministério adiantou tratar-se do Pingo Doce e que a multa tem a ver com "venda com prejuízo de alguns produtos". A empresa terá sido notificada no mês passado.
A lei sobre as práticas individuais restritivas do comércio (PIRC), que proíbe vendas com prejuízo, está em vigor há mais de um ano, desde fevereiro de 2014.

Em março último, quando questionado sobre as PIRC, o presidente do Conselho de Administração da Jerónimo Martins, Pedro Soares dos Santos, afirmou que a lei não beneficiou ninguém e "desprotegeu os [fornecedores] mais pequenos".

* Amargamente....

.

PEE

.



















.
.


HOJE NO
 "RECORD"

Rui Costa: 
«Não sei o que se passa 
com o meu corpo»

Rui Costa, que abandonou esta quarta-feira o Tour, lamentou nas redes sociais a desistência da prova pelo segundo ano consecutivo, revelando que vai fazer mais exames médicos ainda esta quarta-feira. 
 .

"Desculpem família, amigos, equipa e patrocinadores. Não sei que passa com o meu corpo mas sinto-me muito mal.Vou fazer alguns exames médicos. Abraço", escreveu o campeão nacional de estrada.

* Um trabalhador como o Rui Costa não precisa de pedir desculpa a ninguém, trate-se e volte com confiança.


.
.

MÚSICA SUBMARINA


Concerto subaquático num recife de coral

.
.
 
HOJE NO
 "JORNAL DE NOTÍCIAS"

Libertada menor escravizada 
durante cinco anos em Ovar

O casal, com 36 e 37 anos, foi detido pela PJ, pelos crimes de tráfico de seres humanos, abuso sexual de criança, maus tratos e falsificação de documentos.

Em comunicado, a PJ do Porto adianta que nesta investigação apurou-se que a vítima "foi retirada contra a sua vontade do seu seio familiar quando tinha apenas 12 anos de idade, vindo a ser obrigada a viver uma relação marital, tendo os suspeitos contado com a cumplicidade da mãe da criança que terá recebido uma quantia monetária para o efeito".
 .
A mesma criança "terá já vivenciado anteriormente um outro episódio de vitimização, uma vez que, com apenas 10 anos de idade, terá sido entregue em circunstâncias semelhantes a uma outra família que a transportou para um outro país, submetendo-a durante um ano à prática da mendicidade forçada e forçando-a igualmente a manter uma relação marital contra a vontade, vindo a ser depois restituída à progenitora", garante ainda a PJ.

Em Portugal, a menor tinha a seu cargo toda a lide doméstica da casa, incluindo zelar pelos cuidados de cinco filhos menores dos suspeitos, para além de ser por estes obrigada a praticar furtos em alguns estabelecimentos comerciais. Caso não cumprisse as ordens que lhe eram impostas pelo casal era espancada "com um bastão, instrumento de agressão que veio a ser apreendido".

* Portugal, um país de brandos costumes...


.
.


23.ENRIQUEÇA A

SUA BIBLIOTECA

















.
.

HOJE NO
 "JORNAL DE NEGÓCIOS"

Ministro da Saúde diz que Alemanha 
está interessada em enfermeiros 
e paramédicos portugueses

O estado alemão de Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental, no Norte, mostrou interesse nos recursos humanos portugueses ligados à saúde, nomeadamente enfermeiros e paramédicos, revelou o ministro da Saúde, Paulo Macedo.
 .
O governante, que está presente na Alemanha até quinta-feira e que hoje representa Portugal - país convidado - na conferência sobre economia da saúde em Rostock, desvendou esta pretensão do ministro-presidente daquele estado, Erwin Sellering, na conferência de imprensa para apresentação de uma parceria que vai hoje ser assinada entre as partes.

"Houve essas solicitações quanto aos nossos recursos humanos, que são reconhecidos internacionalmente", disse Paulo Macedo, assumindo ir agora fazer chegar esse pedido dos alemães às universidades portuguesas, mas recordando igualmente que tudo "depende da vontade das pessoas" e que o "Governo não deve intervir" mais do que isso.

Portugal e a CentroPT Health Alliance, estrutura suportada pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, que engloba hospitais, universidades, parques tecnológicos, Administração Regional de Saúde, Turismo do Centro, Ageing @Coimbra e várias empresas celebra hoje uma parceria de cooperação com a rede de saúde alemã Biocon Valley, entidade com mais de 160 parceiros e que está localizada em Rostock e ainda em Greifswald.

Paulo Macedo disse também na mesma conferência de imprensa que esta parceria é uma oportunidade para demonstrar aquilo que o país tem feito, nomeadamente os produtos que as 15 empresas presentes na conferência têm criado, sobretudo na região Centro.

O ministro disse ainda que quer aproveitar esta parceria para estudar eventuais hipóteses de fornecimento de dispositivos médicos e medicamentos.

* Maravilhoso, Portugal torna-se um grande exportador de carne  humana altamente qualificada porque os miolos da dita febra são desnecessários ao país.


.
.

NÃO FICOU SATISFEITO


.
.
HOJE NO
  "DESTAK"

Combate à corrupção e à violência doméstica na lista de objetivos do Ministério Público

A Procuradoria-Geral da República (PGR) definiu o combate à corrupção, à violência doméstica, ao cibercrime e ao terrorismo como intervenção prioritária do Ministério Público para o ano judicial 2015-2016. 
 .
Os objetivos estratégicos do Ministério Público para o ano judicial 2015-2016, extensíveis a 2017 e 2018, constam num documento hoje divulgado pela PGR no seu portal. 

Nas áreas de intervenção prioritária figuram também a recuperação de ativos, a proteção das vítimas, os direitos das crianças, dos jovens, dos idosos, dos consumidores e trabalhadores, bem como os direitos humanos e o ambiente e urbanismo.

* Pensamos que a PGR é obrigatoriamente  o centro nevrálgico desse combate.

.
.

SÓ UM PEQUENO


ATAQUE CARDÍACO



.
.


584.
Senso d'hoje

SUSANA ALBUQUERQUE
DIRECTORA CRIATIVA DA
TAPSA Y&R - MADRID
SOBRE A IDA PARA ESPANHA


 Fui para uma agência que vinha de uma fusão, o que é um contexto difícil; pertence a uma network que tem crescido nos últimos anos em ambição criativa e em resultados, sobretudo em Cannes, com a direção criativa do Tony Granger; é uma agência com um histórico tradicional e com vontade de se renovar. Pareceu-me um desafio difícil. Mas também me pareceu uma grande oportunidade. Primeiro vim sozinha, passados dois meses a família juntou-se. As minhas filhas, que na altura tinham 9 anos, vieram em setembro e aterraram numa escola bilíngue sem saberem uma palavra de espanhol nem de inglês. O primeiro ano foi duro, mas agora já embirram entre elas em castelhano sem darem por isso. Corrigem-me o sotaque a toda a hora. Estão integradas e estudam numa escola que funciona (coisa que não se passava em Lisboa). Espanha tem grandes vantagens para um português. Estamos a 600 kms, por isso quando temos saudades, entramos no carro e em seis horas estamos em Lisboa. Essa proximidade geográfica pesou. Sais, mas Elvas está sempre à vista. E Madrid é uma cidade onde se vive bem, onde tudo é fácil.

O gozo maior para mim vem de ganhar new business ou de produzir uma boa ideia. Nestes dois anos, ganhámos alguns clientes e produzimos algumas campanhas de que me orgulho. Também soube bem subir ao palco em Bilbao para receber um sol de ouro com uma campanha da Opel e ganhar 2 pratas e um bronze em Cannes este ano, mais 17 shortlists.

* Excerto de interessante entrevista ao "DINHEIRO VIVO".



** É nossa intenção, quando editamos pequenos excertos de entrevistas, suscitar a curiosidade de quem os leu de modo a procurar o site do orgão de comunicação social, onde poderá ler ou ver a entrevista por inteiro. 


.