quarta-feira, 6 de maio de 2015

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.

MUITA CALMA! 

Entra um senhor desesperado na farmácia e grita:
- Rápido, dê-me algo para a diarreia! Urgente! 
 O dono da farmácia, que era novo no negócio, fica muito nervoso e dá-lhe um remédio errado:
um remédio para nervos. 
O senhor, com muita pressa, pega no remédio e vai embora. 
Horas depois, chega novamente o senhor que estava com diarreia e o farmacêutico diz-lhe:
- As minhas desculpas, senhor. Creio que por engano lhe dei um medicamento para os nervos, em vez de um para a diarreia. Como é que se sente? 

O senhor responde:
Cagado... mas tranquilo.


















.
.

"O QUE NÓS

MAPEAMOS"!



Os países com mais e menos dívida pública e défice do mundo



.
.
ALZHEIMER CUMPRE O TEU DEVER














.
.


A REALIDADE

ECONÓMICA-FINANCEIRA

DO PAÍS



CLIQUE EM "Programa OLHOS NOS OLHOS"

Se no dia do programa, 04/05/2015, não teve oportunidade de ficar mais esclarecido sobre o tema, dispense-se tempo para se esclarecer agora, este programa é extenso mas terrivelmente claro e polémico.

.
.
HOJE NO
 "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Há 36 milhões de escravos no mundo

A cada cinco segundos existe um novo escravo. São dados do último relatório mundial sobre escravatura. 

O especialista em tráfico de seres humanos Matt Friedman estimou hoje em mais de 35,8 milhões o número de pessoas escravizadas em todo o mundo, adiantando que a cada cinco segundos existe um novo escravo.


"O aparecimento de novas formas de escravatura moderna está a afetar cada vez mais pessoas, dado que a sociedade carece de ferramentas para as combater", declarou Friedman numa conferência em Hong Kong, citado pela agência noticiosa espanhola EFE.

Segundo o especialista internacional, a Ásia é o continente com o maior número de escravos, 69% de acordo com dados do último relatório mundial sobre escravatura elaborado pela Fundação Free Walk.

Seis dos 10 primeiros países com o maior número de pessoas em regime de escravatura moderna são asiáticos, os primeiros lugares são ocupados pela Índia, China e Paquistão.
Friedman, que trabalha há mais de 25 anos na área, disse que 75% dos considerados escravos modernos realizam trabalhos forçados, 60% dos quais integrando cadeias de produção do setor privado cujo resultado chega até nós em forma de inúmeros produtos.

Adiantou que 74% das quase 36 milhões de pessoas submetidas a escravatura são adultas e que 24% estão na indústria do sexo, segundo a EFE.

O especialista, que durante seis anos e até 2012 trabalhou na ONU, viaja pelo mundo para tentar consciencializar o setor privado e obter financiamento para combater o tráfico de seres humanos. Friedman é ainda assessor técnico de vários governos que procuram acabar com a escravatura, especialmente na Ásia.

* Uma notícia medonha!



.
.



INTIMISSIMI


 FASHION SHOW/1
2015





.
.
HOJE NO
 "RECORD"

Rali de Portugal com maior lista
 de inscritos desde 2000

A edição de 2015 do Rali de Portugal, quinta prova do Mundial, vai contar com um total de 96 inscritos, naquele que, segundo anunciou esta quarta-feira a organização, é um recorde de participantes desde o ano de 2000. 

"Inicialmente com um limite regulamentar de 90 participantes, o Vodafone Rally de Portugal acabou por contar com um total de 96 inscrições válidas, o que resultou, numa primeira fase, na criação de uma lista de espera", pode ler-se no site oficial da prova.
.
Num esforço de última hora, o Automóvel Clube de Portugal (ACP) solicitou à Federação Internacional do Automóvel (FIA) o alargamento do número de participantes, permitindo assim que todos os inicialmente inscritos possam participar na prova, que assim irá iniciar-se com um total de 96 duplas, um número recorde desde 2000, ano em que a prova contou com 114 carros.

Depois das últimas 10 edições realizadas no sul do país, em 2015, naquela que será a 49.ª edição da prova, o Rali de Portugal volta a rumar ao norte, com sede em Matosinhos, sendo também essa uma das razões que a organização aponta para o elevado número de inscritos.

O Rali de Portugal estende-se ao longo de quatro dias, entre 21 e 24 de maio, contando com 354 quilómetros cronometrados e 16 provas especiais, num investimento total a rondar os 3,2 milhões de euros.

* Oxalá seja a festa da estrada sem mortos e feridos devido a imprudências.

.
.
 II - GRANDES EXPLORADORES
 3-DAVID
LIVINGSTONE





* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.




.
.
HOJE NO
 "JORNAL DE NOTÍCIAS"


Açúcar contribui para
 doença de Alzheimer

Um novo estudo revela que um nível alto de açúcar no sangue poderá contribuir para acelerar o desenvolvimento de demências e, em particular, da doença de Alzheimer. 
 .
A investigação da Universidade de Washignton, nos EUA, revela que "pacientes com diabetes de tipo 2 ou com aumento de glucose no sangue tem um risco acrescido de desenvolver demência", revela o resumo da investigação. 

Com recurso a ratos, os investigadores descobriram que o nível elevado de açúcar no sangue aumenta os níveis de Amiloide Beta, componente essencial de placas de amiloide presentes no cérebro de pacientes com doença de Alzheimer.

Shannon Macauley, investigadora principal do estudo publicado no "The Journal of Clinical Investigation", afirma que os resultados a "diabetes e outras doenças que dificultam o controlo do nível de açúcar no sangue podem ter efeitos nocivos na função cerebral e exacerbar condições neurológicas como a doença de Alzheimer.

A descoberta será uma nova porta para conhecer melhor esta doença e para encontrar novas terapias que ajudem os pacientes que sofrem de demência.

* CUIDE-SE


.

EDUARDO DÂMASO

.




Cavaco e a corrupção

No seu último discurso de celebração do 25 de Abril, o Presidente da República voltou a proclamar o alto valor do combate à corrupção e a sublinhar o imperativo de que todos os portugueses sejam tratados por igual perante a lei.

No entanto, este discurso de Cavaco Silva comporta em si uma forte evidência sobre os limites da função presidencial – tal como tem sido entendida – em matérias tão corrosivas para o sistema político como é a da corrupção. O Presidente da República vai acabar o mandato como começou: a apelar para que se faça um forte combate à corrupção mas com as suas palavras a caírem em saco roto no parlamento.

Basta ver a forma como o parlamento tratou a questão do pedido de imunidade do deputado Miguel Macedo. Nem mesmo a invocação da defesa da honra do deputado derrubou uma visão formal (para não dizer pior) da imunidade. Ao não aceder ao levantamento da imunidade de Macedo o parlamento parece estar apenas e só preocupado em estabelecer uma muralha defensiva sobre interesses de classe. Uma muralha intransponível, porventura não tanto em relação ao deputado em causa mas a outros que possam vir a concitar o interesse da justiça. O que vale, afinal, um regulamento face à defesa da honra?

Não nos iludamos: o Presidente da República pode fazer uma eficaz magistratura de influência – e Cavaco tem-na feito na justiça –, mas não consegue demolir o muro dos fortes interesses instalados nas máquinas partidárias, hoje em dia quase exclusivamente dedicadas a banquetear-se à mesa do orçamento.

* Director-adjunto do "CORREIO DA MANHÃ"

IN "SÁBADO"
30/04/15

.



501.UNIÃO


EUROPEIA







.
.
HOJE NO
 "JORNAL DE NEGÓCIOS"

Passos criou "130 mil empregos"?
 Sim, mas antes destruiu 420 mil

Passos Coelho tem razão quando diz que foram criados perto de 130 mil empregos. Porém, o primeiro-ministro não referiu que, antes dessa recuperação e durante o seu mandato, foram destruídos mais de 400 mil postos de trabalho. 
 .
O primeiro-ministro decidiu puxar pelos galões. Durante uma das suas intervenções no debate quinzetal de quarta-feira, 6 de Maio, Pedro Passos Coelho lembrou que o seu Governo foi responsável pela criação de quase 130 mil postos de trabalho, comparando esse número com uma promessa antiga, nunca cumprida, de José Sócrates (criação de 150 mil empregos).

Na realidade, até agora, o saldo deste Executivo no capítulo do emprego é muito negativo, com a destruição de 300 mil empregos.

"O número de empregos criados entretanto é já bastante sensível, anda muito próximo dos 130 mil postos de trabalho criados nos últimos oito trimestres", afirmou Passos Coelho, comparando o seu feito com um compromisso do seu antecessor.

"Não sei se se recordam de uma antiga promessa eleitoral de criação de 150 mil postos de trabalho. Houve, na altura, uma promessa que comprometia a criação de 150 mil postos de trabalho."
Vamos por partes. Em primeiro lugar, nos últimos oito trimestres houve, de facto, criação de emprego. Não 130 mil como diz o primeiro-ministro, mas não muito longe: foram 123 mil, segundo o INE).

Mas essa não é a principal imprecisão dessas declarações. É que Passos Coelho não refere que antes desses oito trimestres de recuperação do mercado de trabalho há outros oito com sucessivas destruições de emprego.

Entre o primeiro trimestre de 2011 e o primeiro trimestre de 2013, 420 mil pessoas deixaram de trabalhar.  O que significa que os 123 mil empregos criados são menos de um terço dos destruídos no período anterior. Um saldo negativo de 298 mil.

Se quisermos ser ainda mais rigorosos com a data de início do mandato do actual do Governo, pode ser utilizado como ponto de partida o segundo trimestre de 2011, o último em que Passos Coelho não governou. Nesse caso, a destruição de emprego é ainda maior: menos 445 mil empregos nos dois anos seguintes.

José Sócrates – chamado ao debate pelo actual primeiro-ministro – também não tem um registo positivo no capítulo do emprego, com o desaparecimento de 230 mil postos de trabalho durante os seis anos em que governou o País(entre o primeiro trimestre de 2005 e o segundo trimestre de 2011, período em que houve duas quebras de séries do INE). Ainda assim, números menos negativos do que os do actual Governo (298 mil empregos). 

* Já entrou em delírio eleiçoeiro, perdeu a vergonha de vez.
José Socrates exterminou 230 mil empregos
Passos Coelho e Paulo Portas ganharam, exterminaram 298 mil empregos.

.
.

O MEU INSTRUMENTO



5-GUITARRA




FONTE: TRAMA RADIOLA




* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.


70.O MELHOR
 DA ARTE

06.GRANDES PINTORES

PORTUGUESES


PAULA REGO 


É ASSIM PAULA REGO/3




Paula Rego nasceu a 26 de Janeiro de 1935 em Lisboa.




Oriunda de uma família republicana e liberal.Paula Rego tem ligações às culturas inglesa e francesa, iniciou seus estudos no Colégio Integrado Monte Maior, seguindo para a St. Julian's School em Carcavelos onde os professores cedo lhe reconheceram o talento para a pintura. Incentivada pelo pai a prosseguir o seu desenvolvimento artístico fora do Portugal Salazarista dos anos 50 partiu para Londres, onde estudou na Slade School of Fine Art, até 1956. 



Conheceu o pintor Victor Willing (1950-1999), com quem se casou em 1959. Entre 1959 e 1962 viveu na Ericeira. Numa ida a Londres, conheceu o pintor Jean Dubuffet, referência determinante na sua criação artística, usualmente definida como Arte bruta. Ao longo da década de 1960 assina exposições colectivas em Inglaterra e, em 1966, entusiasma a crítica ao expôr individualmente, na Galeria de Arte Moderna da então Escola de Belas-Artes de Lisboa.




Na década de 1970, com a falência da empresa familiar, vende a quinta da Ericeira e radica-se em Londres. Torna-se bolsista da Fundação Calouste Gulbenkian para fazer pesquisa sobre contos infantis, em 1975, e figura com onze obras na exposição Arte Portuguesa desde 1910 (1978), dominado pelas colagens. Volta à pintura, mais livre e mais directa, retratando o mundo intimista e infantil, inspirado em dados reais ou imaginários, com figuras de um teatro de crianças de Victor Willing (o macaco, o leão e o urso), interpretando as histórias que Paula inventa. 



A obra literária de George Orwell inspira-a no painel Muro dos Proles (1984), com mais de seis metros de comprimento, onde estabelece um paralelismo com as figuras de Hieronymus Bosch.




Dá uma viragem radical na sua obra com a série da menina e do cão. A figura feminina assume claramente a liderança na acção, enquanto o cão é subjugado e acarinhado. A menina faz de mãe, de amiga, de enfermeira e de amante, num jogo de sedução e de dominação que continua em obras posteriores. Tecnicamente as figuras ganham volume, o espaço ganha solidez e autonomia, a perspectiva cenográfica está montada. Em 1987, Paula Rego assina com a galeria Marlborough Fine Art, o passo que faltava para a divulgação internacional.




A morte do seu marido, também nesse ano, é assinalada em obras como O Cadete e a Irmã, A Partida, A Família ou A Dança, de 1988. A convite da National Gallery, em 1990, vai ocupar um ateliê no museu e pintar várias obras inspiradas na colecção. Desse período destaca-se Tempo – Passado e Presente (1990-1991).




Em 1994, realiza a série de pinturas a pastel intitulada Mulher Cão, que marca o início de um novo ciclo de mulheres simbólicas.




Impõe a sua consciência cívica em Aborto (1997-1999), numa crítica ao resultado do primeiro referendo a essa matéria, realizado em Portugal em 1997.






Inaugura, a 18 de Setembro de 2009, a sua Casa das Histórias Paula Rego, em Cascais, que nasce com o intuito de acolher e promover a divulgação e estudo da sua obra, e cuja entidade responsável é a Fundação Paula Rego.
.
WIKIPÉDIA


.
.
HOJE NO
 "DESTAK"

Passos dá Dias Loureiro como exemplo
 de alguém bem-sucedido apesar 
de partir do interior

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, apresentou hoje Dias Loureiro como alguém que foi bem-sucedido apesar de ter partido do interior do país, numa resposta à porta-voz do BE no parlamento. 
.
"É verdade que me encontrei com o senhor doutor Dias Loureiro, e espero que ele não se sinta visado nem ultrapassado por eu ter suposto que - estou convencido que ele sabe - com o que viu no mundo e com a experiência que adquiriu, partindo de Aguiar da Beira, que não é por se viver no interior, que hoje não podemos, graças às muitas renovações tecnológicas, graças a muito trabalho de transformação da economia portuguesa, vencer na vida e ter negócios bem-sucedidos", afirmou Passos Coelho.

O primeiro-ministro foi confrontado com as declarações que proferiu sobre Dias Loureiro na sexta-feira pela porta-voz do BE, Catarina Martins, que responsabilizou o antigo ministro de Cavaco Silva pela "fraude" do BPN, apoiando-se nas conclusões da comissão parlamentar de inquérito aquele banco. 

* Um discurso pacóvio a que já nos habituou  há muito tempo. 
"DIZ-ME COM QUEM ANDAS, DIR-TE-EI QUEM ÉS"!

.
.

Paulo Gonzo

Falamos Depois


.
.
HOJE NO
 "i"

MAI
Ex-director-geral acusado da prática
 de 80 crimes

Esquema de filho de ex-grão-mestre da Maçonaria envolvia corrupção passiva e participação económica em negócio.
PRESUMÍVEL
INOCENTE
O ex-director-geral de Infra-estruturas e Equipamentos do Ministério da Administração Interna (MAI) está acusado da prática de 80 crimes.
No despacho de acusação, a que o i teve acesso, o Ministério Público considera que João Alberto Correia liderava um esquema que visava “beneficiar empresas, empresários, arquitectos e projectistas que pertenciam ao seu círculo de conhecimentos e com os quais mantinha uma relação de amizade e de troca de favores a quem adjudicaria a realização de obras.

* Quantos mais directores da Administração Pública estarão envolvidos em negociatas, mais aqueles que por lá passaram???

.
.

CLAQUES

UM ESPETÁCULO


.
.
HOJE NO
 "A BOLA"

Cristiano Ronaldo doou 7 milhões 
de euros para as vítimas do Nepal

O internacional português Cristiano Ronaldo terá doado 7 milhões de euros à organização “Save the Children” para ajudar as vítimas do sismo que abalou recentemente o Nepal.
.
Ronaldo, que é embaixador daquela organização não-governamental, já tinha feito no Facebook um apelo aos mais de 102 milhões de seguidores que tem naquela rede social para que fossem feitos donativos no mesmo sentido.

* Há homens grandes.


.
.


17-ESTA NOITE 
BEBEU-SE MUITO


OS DONOS DO DINHEIRO APRECIAM O EMPOBRECIMENTO E DEGRADAÇÃO DA CLASSE MÉDIA, NAS FESTAS QUE ELES PATROCINAM.















.
.

HOJE NO
 "AÇORIANO ORIENTAL"

Institutos de oncologia reforçam proximidade com médicos de família

O grupo hospitalar Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil organiza na sexta-feira, no Porto, Coimbra e Lisboa, encontros destinados a "reforçar a proximidade com médicos de família e enfermeiros" na prevenção do cancro digestivo.
  .
Em declarações à Lusa, o diretor do Serviço de Gastrenterologia do IPO/Porto, que promove a iniciativa, afirmou que o objetivo é "tornar mais personalizados e alargados os canais de comunicação para a referenciação de doentes" nos três centros.

"Achamos que, se do outro lado houver rostos, se encurtam distâncias, se facilita a comunicação e se proporciona uma melhor referenciação", sublinhou Mário Dinis Ribeiro, referindo que esta é a primeira vez que os três IPO se juntam para uma iniciativa nesta área.

Sendo o cancro digestivo dos "principais problemas de saúde pública" esta é "uma ação fundamental que a longo prazo terá com certeza efeitos positivos na prevenção e diagnóstico nesta área junto da comunidade", explicou.

"Significa investir um bocadinho no futuro porque grande parte do público são jovens médicos e, portanto, a ideia é que eles conheçam os rostos do outro lado e possam contactá-los sempre que necessário através de um telefonema ou através de um e-mail e vice-versa", frisou.

A meta é trabalhar melhor a prevenção e diagnóstico precoce no âmbito do cancro digestivo em particular do estômago e do intestino.

"Como cidadãos gostaríamos de encontrar a cura para todos doentes com cancro mas, não sendo possível, podemos ter um objetivo mais terreno que é aumentar a sobrevivência das pessoas que padecem. Uma das formas de aumentar a sobrevivência é diagnosticar precocemente e uma das formas de diagnosticar precocemente é estar a atento a coisas que são simples, como a idade, fatores de risco ou história familiar. E ninguém melhor do que a medicina familiar para ter esses dados antes mesmo de se hospitalizar", salientou.

Portanto, frisou o especialista, "em algumas circunstâncias, perante alguns fatores de risco, que pode ser por exemplo a idade, se as pessoas forem submetidas a esquemas de rastreio a tendência é para que as lesões sejam detetadas precocemente e que de cancro digestivo aquele indivíduo não faleça".
Atualmente, existe a indicação da Direção Geral de Saúde para que indivíduos com mais de 50 anos façam o rastreio através da pesquisa de sangue oculto nas fezes, seguido do exame de diagnóstico se for positivo, mas "não há uma organização deste processo, nem uma centralização dos dados", lamentou Mário Dinis Ribeiro.

"Existem indicações, recomendações, mas continua a ser algo muito individual, muito na dependência do médico assistente", frisou.

Durante o curso serão exploradas as temáticas da prevenção e diagnóstico precoce e respondidas todas as questões relativamente a casos clínicos concretos que os médicos e enfermeiros irão apresentar.

*  Uma acção que beneficia quem mais sofre. 


.
.

HÁ CADA IDEIA!


Fazendo cócegas nas barbas dos irlandeses

.
.


HOJE NO
 "DIÁRIO ECONÓMICO"

Operação ‘Fazenda Branca' investiga 
Feira dos Tecidos e detém nove pessoas

Suspeitas de fraude fiscal, associação criminosa, branqueamento de capitais estão na base de dezenas de buscas. Há nove detidos. A Polícia Judiciária (PJ) do Porto lançou hoje uma mega operação sobre um grupo têxtil do Norte que é proprietário da cadeia de lojas Feira dos Tecidos e USCITA com estabelecimentos em todo o país. 
 .

Em causa estão suspeitas de crimes de branqueamento de capitais, associação criminosa e fraude fiscal que levaram a dezenas de buscas no País. Em comunicado, a PJ confirmou nove detidos com idades compreendidas entre os 38 e os 63 anos, entre os quais o proprietário da empresa e uma contabilista.

No âmbito da denominada operação ‘Fazenda Branca', num inquérito dirigido pelo Departamento de Investigação e Acção Penal do Porto e em articulação com a Autoridade Tributária (AT), a PJ avança que desenvolveu "uma investigação visando cessar a actividade de um grupo de pessoas fortemente indiciado pela prática continuada de crimes de associação criminosa, fraude fiscal e branqueamento de capitais".

Segundo a PJ, as investigações permitiram indiciar a existência de um grupo organizado no sector da compra e venda de têxteis que, actuando de forma concertada e permanente, vinha efectuando transacções comerciais sem proceder à respectiva declaração fiscal ou fazendo-o com falsidade, lesava os cofres do Estado em dezenas de milhões de euros em sede de IRC e IVA.

No decurso desta operação foram ainda apreendidos veículos automóveis, diversas obras de arte e outros bens móveis, milhares de euros em dinheiro e documentação relevante.

O Procurador do DIAP do porto, Silvino Pereira, esteve no terreno à acompanhar as buscas ao grupo que detém lojas de comércio de tecidos, malhas e acessórios, e se dedica ainda a outras actividades.

Em comunicado a PJ confirmou a realização de 30 buscas no Grande Porto e ainda noutras cidades como Lisboa, Coimbra e Braga, envolvendo empresas e residências de particulares. Um dos alvos foi a sede operacional do grupo, na sede industrial do Porto.

O grupo já tinha sido alvo de buscas e de uma investigação relacionada com esquemas de fraude carrossel de IVA, que residem no facto de uma empresa não só não se ter pago o imposto devido, como se tenta recuperar impostos que nunca foram pagos, através do reembolso.

* Há muitas lavandarias em Portugal.


.
.

UM CAFÉ À PARTE



Yokohama Subtropical Tea

Os japoneses são sui generis, como qualquer povo, 
aliás. O que um "JAP"  idealizou para notabilizar 
o seu café, meteu ratsejantes lá dentro.


Como qualquer coisa bizarra que se queira impingir 
aos outros deve ter laivos de ciência, inventou-se 
ser a companhia destes animaizinhos um factor
 de alívio para o stress, tão a ver?


Já vimos muitas iguanas mas foi nas Galápagos, andávamos cautelosamente para não as incomodar e 
nunca lhes propusemos uma banhoca nas águas
 geladas do arquipélago.

Não imaginamos o que a pequena está a consumir 
mas será que o colar à volta do pescoço permite 
que engula tudo?


Espantoso este convívio, já imaginou um lagarto
 a gostar de "bjecas"?




O Yokohama Subtropical Tea tem muita afluência 
e consta que ainda não houve nenhuma confusão 
entre fregueses e residentes. Nós pelo sim pelo
 não passaríamos ao largo.



Um mini reptilário completa a decoração do espaço, 
para que o "jap" possa obter uma chapa.


.
.
HOJE NO
 "CORREIO DA MANHÃ"

AMI atendeu 1.511 sem-abrigo em 2014
Menos 10% face ao ano anterior.

A Assistência Médica Internacional atendeu 1.511 sem-abrigo no ano passado, dos quais 515 pela primeira vez, revela o relatório anual da AMI, que aponta uma descida de 10% no número de casos apoiados face a 2013.

Desde 1999, ano em que a AMI começou a fazer esta contagem, já foram apoiadas 10.405 pessoas em situação de sem-abrigo, o que representa uma média de 650 novos casos por ano, adianta o Relatório de Atividades e Contas 2014 da AMI 
.

Em 2014, a AMI registou uma descida de 6% no número de novos casos atendidos (546 em 2013 e 515 em 2014) de pessoas que se enquadram na tipologia de Sem-Abrigo definida pela Federação Europeia das Organizações que Trabalham com a População Sem-Abrigo.

Esta definição contempla situações de pessoas que estão em centros de acolhimento de emergência ou temporário, que vivam em quartos alugados, em barracas ou em casas sobrelotadas. Dos novos casos atendidos, 134 eram mulheres (26%), representando um aumento de 116% relativamente a 1999, altura em que seriam 62, referem os dados da AMI. 

* Um grande exemplo de trabalho humanitário.

.
.

RAPIDEZ E ESTILO


.