quarta-feira, 11 de março de 2015

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA





.
.


O QUE NÓS

"GOSTAMOS"!




COISAS QUE FAZEM

A NET VALER A PENA


 Deixe do tamanho que abrir e veja o que acontece
Exemplo de criatividade para quem acha que já viu tudo na internet.





.
.

 PROMULGAÇÃO EH, EH.



.
.


PROBLEMÁTICA

DA EDUCAÇÃO



CLIQUE EM "Programa OLHOS NOS OLHOS"

Se no dia do programa, 09/03/2015, não teve oportunidade de ficar mais esclarecido sobre o tema, dispense-se tempo para se esclarecer agora, este programa é extenso mas terrívelmente claro e polémico.
Fique atento às declarações do Dr. David Justino.

.
.
HOJE NO 
"A BOLA"

Pancadaria em jogo feminino 
termina com 15 expulsões

A partida de basquetebol feminino entre Texas Southern e Southern University terminou da pior maneira, após uma jogadora efetuar uma falta dura sobre a adversária.
mm
video

As duas atletas começaram a discutir e, em seguida, entraram em vias de facto. Rapidamente, os elementos das duas equipas também trocaram agressões, tendo o encontro terminado com 15 expulsões.

Além disso, os espetadores que estavam nas bancadas saltaram para a quadra e ficou instalada a confusão.

* Verdadeiras ladies.

.
.




YANINA


PARIS
PRIMAVERA/VERÃO
2015

video



.
.
HOJE NO 
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS
DA MADEIRA"

Bispos preocupados com aumento
 de preços, desemprego e 
delinquência em Angola

Os bispos da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST) manifestaram hoje a sua preocupação com a subida de preço dos produtos básicos, do desemprego e da delinquência em consequência da crise económica que Angola vive.

A atual situação de crise, provocada pela queda do preço do petróleo, foi hoje referida pelo presidente da CEAST, Gabriel Mbilingui, no seu discurso de abertura da primeira Assembleia dos bispos de Angola e São Tomé, a decorrer na província angolana do Moxico até à próxima quarta-feira.
 .
O DELINQUENTE-MOR
Gabriel Mbilingui, que é também arcebispo da diocese do Lubango, considerou a crise económica o "verdadeiro calcanhar de Aquiles, que atingiu profundamente Angola", cujas consequências já se fazem sentir "pesadamente na vida dos angolanos e não só, sobretudo os mais pobres".

"Bastaria citar como exemplos, a subida de preço de todos os produtos básicos, o aumento do desemprego e do presumível aumento da delinquência", lamentou.

Segundo o bispo, muitos jovens estão a ver a sua formação académica, moral e espiritual, "fortemente ameaçada, pela corrupção que vê, na grave situação social, uma porta escancarada para a sua ação devastadora".

A nível social, os bispos da CEAST sublinham que continua o desafio da consolidação da paz, da reconciliação nacional, da implementação de uma verdadeira democracia, da justiça social para a construção duma Angola nova em todas as dimensões.

No encontro de uma semana, os bispos vão apresentar o esboço da Nota Pastoral alusiva às celebrações dos 40 anos da Independência de Angola, o esboço da mensagem "A Paróquia, centro da irradiação da Nova Evangelização" para o ano 2016, último do atual triénio de pastoral da CEAST, e a preparação da Assembleia Plenária do Simpósio das Conferências Episcopais de África e Madagáscar (SECAM), a ter lugar em julho de 2016, em Angola.

O ponto de situação relativo ao processo de extensão da emissora vcatólica angolana, Rádio Eclesia, ao resto do país "na senda duma comunicação social que a Constituição de Angola e os angolanos querem ver mais plural e mais respeitadora dos seus legítimos direitos neste campo", vai ser merecer análise dos bispos nesse encontro.

* Só agora a hierarquia da igreja católica se apercebeu da miséria em que o povo angolano vive, ou tem assobiado para o lado por simpatia ao delinquente-mor?


.
.

2 - BACTÉRIAS

video



.
.
HOJE NO 
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Taxa máxima dos cartões de crédito 
pela primeira vez abaixo dos 20%

A partir de 1 de Abril as instituições financeiras não poderão cobrar juros superiores a 19,8% tanto nos cartões de crédito como nas linhas de crédito. Trata-se do valor mais baixo de sempre e que fica, pela primeira vez, abaixo dos 20%. 

O Banco de Portugal já publicou as taxas de juro máximas a vigorar para o crédito ao consumo no segundo trimestre do ano. O segmento que sofre o maior recuo nas taxas máximas é precisamente o que estipula os limites para os cartões, linhas e ultrapassagens de crédito, que ficam assim limitados a uma taxa bruta de 19,8%, o que compara com os 20,4% em vigor até ao final de Março.
 .
DEVORADOR DE JUROS
Recorde-se no entanto que estes limites apenas são válidos para os novos contratos, pelo que se tiver um cartão de crédito antigo ou uma linha de financiamento contratada há vários anos, deverá rescindir esses contratos e realizar novos.

A taxa de juro máxima para os outros créditos pessoais, sem finalidade específica, corrige também face aos actuais limites, de 16% para 15,7%. Já no crédito automóvel, a locação financeira ou ALD para novos fica mais barata, com o tecto a recuar de 7,5% para 7%, enquanto as restantes modalidades ficam praticamente sem alterações.

* Informação importante a reter, se tem créditos veja se consegue reduzir os juros, os bancos vendem dinheiro mas apregoam facilidades.

.

MIGUEL GUEDES

.




O amparo pesa menos

Da mesma forma como o presidente do Novo Banco, Stock da Cunha, não sabe quanto vale o banco que todos os dias avalia, também eu não sei quanto vale o Benfica deste ano, já o tendo visto jogar bem mais do que 24 vezes. A questão futebolística não se prende só com números financeiros ou com a incompetência, claro. Pelo contrário. Prende-se com pontos e com competência. Por isso mesmo, quase todos os que vêem futebol tentando manter alguma equidistância - amando os seus clubes mas não deixando que a falta de sensatez lhes tolde a razão - desconhecem verdadeiramente quanto vale este Benfica, tendo algo como certo: o Benfica não vale os 62 pontos que a classificação indica à 24ª jornada.

Alguns adeptos alimentam a ideia de que quem tece críticas às arbitragens nesta Liga é um antibenfiquista primário. Acontece que o antibenfiquismo primário é uma ilusão de grandeza. É uma ideia de estatura que acompanha décadas e décadas de grandes conquistas, percebo. Mas é uma ilusão de grandeza atroz no momento actual. Como é qualquer forma de acoplar a palavra "anti" a algo primário no desporto. Não pode ser assim tão importante. Quem exerce o direito de opinião, apontando os sucessivos erros que beneficiaram o Benfica este ano ao ponto de não haver já tempo ou dimensão para o equilíbrio que costuma nivelar os fins de época (é verdade, as coisas acabam normalmente por ficar equiparadas no fim e em benefício dos três denominados "grandes" clubes) não é portador de uma voz solitária. Dos comentadores mais díspares, das mais diversas origens, proveniências ou percursos de solidariedade ou afecto clubista surgem vozes unânimes. Este ano, aqueles que desmentem - a todo o custo - que o Benfica tem sido beneficiado por erros de arbitragem sistemáticos, tentam comprar uma parte da realidade que não existe. E a realidade, desculpem, não está à venda.

E como a realidade não está à venda, então imagine-se! Imagine-se que isto se estava a passar exactamente ao contrário. Que era o F. C. Porto que tinha sido beneficiado directamente com pontos nos jogos com o Boavista no Bessa, com o Estoril no António Coimbra da Mota, com o Nacional na Choupana, com o Rio Ave e o Gil Vicente na Luz. Sim, nem me refiro à Académica ou ao Moreirense nos seus redutos. Apenas e só aos resultados "amarradinhos" por um golo de diferença. Imagine-se! O que se diria, o que se escreveria, os pedidos de audiência às mais altas instâncias políticas e desportivas, o regabofe ao quadrado, as capas dos jornais e as insinuações, os livros e os filmes, o circo sem palhaços. Na corrida de fundo por mais uma Taça da Liga, o Benfica faz da conquista do bicampeonato a razão maior da sua existência desportiva esta época. E faz muitíssimo bem. Há 30 épocas que não ganha dois campeonatos consecutivos e, tendo sido este ano eliminado das competições europeias enquanto o Sol nascia, não pode alegar a maldição de Béla Guttmann que o "impede" de conquistar qualquer título internacional há 53 anos. Aposta tudo, distribui jogo e as coisas vão sucedendo das mais diversas formas mas sempre com o bom feitio, bonomia e complacência da maioria porque em relação ao Benfica continuamos num país de "brandos costumes". A maioria.

Para além dos pontos referidos que caíram ao colo (entre 8 a 10 pontos, com alguma benevolência), à 24.ª jornada o Benfica teve 16 jogadores de adversários castigados na jornada anterior e, como tal, impedidos de jogar (não contabilizando 4 outros casos "estranhos" com impedimentos físicos que, convenhamos, já aconteceram com todos os clubes); 2 casos "nada estranhos" de Deyverson e Miguel Rosa...; 10 jogadores adversários expulsos em confronto directo; 4 golos limpos anulados a adversários (Boavista, V. Setúbal, Rio Ave, Nacional); 3 expulsões mal assinaladas a seu favor (Estoril, Penafiel, Arouca); 7 golos precedidos de irregularidades (Académica, Estoril, Gil, V. Setúbal, Boavista, Belenenses, Moreirense); 3 penalties mal marcados que o favoreceram (Belenenses, Paços, Moreirense), 8 penalties por marcar a favor dos adversários (V. Setúbal nos dois jogos, Estoril, Arouca, Braga x2 no Axa, Paços, Boavista). Viu serem perdoadas 3 expulsões a jogadores seus nos primeiros 50 minutos de jogo (Moreirense, Marítimo, Estoril) em jogos apertados. Felizmente que não sofreu qualquer golo ferido por qualquer irregularidade. Podem achar que estou a exagerar. Então cortem os números para metade. Continua a ser impressionante, não?

Como adepto do F. C. Porto, já nem refiro erros que nos penalizaram em Guimarães e no Estoril. E não venham com o ladainha de Penafiel, onde nos dois primeiros golos o passe é realizado para trás ou, no mínimo e com honestidade intelectual, sempre subsistirão dúvidas. Futebolês? Não. Essa é uma linguagem própria que o futebol apresenta dentro das quatro linhas. Como é evidente que todos os clubes em diferentes épocas já foram prejudicados e beneficiados, não é isso que está em causa. Como não estão em causa 41 anos de futebol no Estado Novo e pouco mais de 41 anos de futebol em democracia. Como não estão em causa escutas ilegais que geograficamente pararam cirurgicamente no centro do país. Como se, na realidade, fosse relevante se o ano passado foi assim ou assado ou se há dois anos tenha sido diferente ou igual... Falemos claro, é deste ano que falamos! Branqueamento, não. Este campeonato está poluído de erros, demasiados erros. E é por isso que afirmo que é mais possível (não escrevo a palavra "fácil") ganhar a Liga dos Campeões do que a Liga nacional. Parabéns a Jorge Jesus que tem feito o que deve e até mais do que suporia poder fazer. Onde estaria ele, fora da Europa do futebol e da Taça de Portugal, sem os erros a que temos assistido jornada após jornada? Que contestação enfrentaria, neste momento, Luís Filipe Vieira? Em que encruzilhada estariam fora da luta pela Liga portuguesa? Seria um caminho em curto-circuito. Até o jornal espanhol "As" se refere aos erros da arbitragem desta Liga, reconhecidos como crassos. Em Portugal, brandos costumes, como no antigamente. Assim vai o amparo, já que o andor nem pesa. 

IN "JORNAL DE NOTÍCIAS"
10/03/15


.



448.UNIÃO


EUROPEIA






.
.
HOJE NO 
"CORREIO DA MANHÃ"

Donos de Simba ameaçados de morte

Apavorada é como se sente Andreia Mira. Revela que está emocionalmente fragilizada desde que viu Simba morrer nos seus braços, após ter sido morto com dois tiros de caçadeira. Mas a situação que o casal vive piorou nas últimas horas: a autópsia ao corpo do cão revelou que os disparos foram afinal feitos na direção do animal, a poucos metros de distância, e o casal foi ameaçado de morte. 

"O Diogo recebeu uma ameaça por escrito no telefone, que já foi reportada à GNR. O número está lá, mas não conseguimos saber quem é. Na mensagem, dizem que lhe limpam o sebo se ele não deixar a terra. Não acho que tenha sido o vizinho [autor dos disparos], mas isto está a causar-nos algum medo, principalmente, a mim. Estou em pânico", confessa ao Correio da Manhã Andreia Mira, que já está a receber apoio psicológico.
 .
Simba, de raça leão-da-rodésia, tinha cinco anos e foi abatido a tiro no último sábado, em Monsanto (Idanha-a-Nova), por um vizinho do casal, que disse à GNR ter dado dois tiros para o ar, uma versão contrariada pelos resultados da autópsia, relatados por José Diogo Carriço, dono do cão, ao CM.

"Através da autópsia confirmámos que os tiros foram completamente direcionados ao animal. Completamente e com boa pontaria. Os chumbos presentes na radiografia não deixam qualquer margem para dúvidas. O Simba morreu com uma perfuração da aorta, ou seja, foi um tiro relativamente próximo, do pátio da casa para o jardim. Além disso também havia chumbos alojados na região traseira do animal, o que prova, balisticamente, que o tiro veio de trás para a frente, ou seja, o animal foi baleado pelas costas", afirma José Diogo Carriço, contrariando a versão do autor dos disparos. "À patrulha [o suspeito] confessou ter dado dois tiros para o ar", disse na terça-feira ao CM fonte da GNR. 

Mais portugueses solidários
 Depois de conhecido este caso, alguém, que Andreia e José Diogo desconhecem, criou uma petição pública dirigida ao primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, ao Partido pelos Animais e pela Natureza e ao Ministério do Ambiente, para que seja feita justiça no caso da morte de Simba. Até às 18h30 desta quarta-feira, a petição contava já com mais de 77 mil assinaturas. Apesar da onda de solidariedade, Andreia Mira admite que não tem sido fácil lidar com todo o mediatismo que o "desabafo" do marido, nas redes sociais, gerou. "Nós não queremos vingança, nem mediatismo. Aliás, o Diogo já apelou à paz nas redes sociais porque alguns comentários mais agressivos podem mesmo prejudicar-nos na luta pela justiça no caso da morte do nosso Simba. Há pessoas que querem fazer manifestações. Temo que isto se volte contra nós porque se umas pessoas nos querem ajudar, outras acusam-nos e querer dinheiro" considera.

Contudo, a empresária de 35 anos diz que a ajuda e o apoio dos portugueses que estão solidários com a causa tem sido fundamental para conseguir lidar com a angústia de ficar sem o seu animal de estimação. "As pessoas estão a oferecer-nos apoio jurídico e a cerca para proteger a quinta porque queremos tapar a nossa propriedade e não temos dinheiro. Estamos muito agradecidos pelo apoio e pelas manifestações de carinho e solidariedade", agradece a dona de Simba. "Qualquer euro que eu receba, com uma possível indemnização, vai ser doado a associações que protegem os animais", sublinhara, por seu lado, na terça-feira o dono de Simba. 

* Selvagem que mata desta maneira cobarde um animal, faz o mesmo a uma pessoa.

.
.


O FUTURO DA CALIGRAFIA
NA ERA DIGITAL


video


.
.


62.O MELHOR
 DA ARTE

04.GRANDES PINTORES

PORTUGUESES


HELENA VIEIRA DA SILVA,

ÁRPAD SZENES


MA FEMME

CHAMADA BICHO/4


video



UM FILME DE JOSÉ ÁLVARO DE MORAIS

REALIZADO  EM 1976



* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.
HOJE NO 
"OBSERVADOR"

Citius: 
Maria José Morgado testemunha 
na queixa contra ministra da Justiça

O inquérito por denúncia caluniosa de dois ex-funcionários do instituto que gere a plataforma informática Citius contra a ministra da Justiça transitou para a comarca Lisboa Norte.

O inquérito por denúncia caluniosa de dois ex-funcionários do instituto que gere a plataforma informática Citius contra a ministra da Justiça transitou para a comarca Lisboa Norte, porque a diretora do DIAP de Lisboa é testemunha no processo.
 .

Em resposta à agência Lusa, a Procuradoria-Geral da República indicou que a queixa de Paulo Queirós e Hugo Tavares, contra a ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, deu entrada no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, tendo o inquérito sido remetido para a comarca Lisboa Norte, dado que a diretora daquele departamento, Maria José Morgado, é indicada como testemunha.

“Estes factos levaram a diretora do DIAP de Lisboa a suscitar, perante a procuradora-geral distrital de Lisboa um pedido de escusa e impedimento, propondo a redistribuição do processo ao Ministério Público da comarca mais próxima”, refere a resposta da PGR.

A procuradora-geral distrital de Lisboa determinou remeter o inquérito para a comarca de Lisboa Norte, por ser a que tem sede mais próxima.

A participação contra Paula Teixeira da Cruz faz referência a um relatório do Instituto de Gestão Financeira e Estruturas da Justiça (IGFEJ), na qual Maria José Morgado é mencionada, sendo também indicada como testemunha.

Os dois ex-técnicos do sistema informático Citius, que foram ilibados da suspeita de sabotagem daquela plataforma, apresentaram queixa por denúncia caluniosa, num caso que envolve a ministra da Justiça.

No decorrer do processo sobre as falhas do sistema Citius, no arranque do novo mapa judiciário, Hugo Tavares e Paulo Queirós tiveram de cessar funções no IGFEJ.

Após o “crash” do Citius e da elaboração de um relatório da direção do IGFEJ sobre as falhas do sistema, o Ministério da Justiça enviou um documento para o Ministério Público, que abriu um inquérito-crime por suspeitas de sabotagem agravada.

A investigação foi rapidamente concluída e arquivada, sem que tivesse sido deduzida acusação contra Hugo Tavares e Paulo Queirós.

* Quando a culpa é sempre dos outros...
Aqui neste blogue sempre defendemos a seriedade dos caluniados.


.
.

Janis Joplin

Mercedes Benz

video

.
.
HOJE NO 
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Segurança Social e Fisco declaram
. situação de Passos Coelho "regularizada"

Passos Coelho entregou ao Bloco de Esquerda, durante o debate desta tarde, os documentos 

Os serviços da Segurança Social e da Autoridade Tributária e Aduaneira declararam as situações contributivas do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, regularizadas, em documentos emitidos na véspera e no próprio dia do debate quinzenal no parlamento, que se realizou hoje.

O líder do executivo tinha anunciado durante a discussão na Assembleia da República ter solicitado declarações nesse sentido a ambas as entidades.


"Declara-se que a entidade acima identificada tem a sua situação contributiva regularizada perante a Segurança Social", lê-se no documento entretanto distribuído pelo chefe de Governo ao Bloco de Esquerda, no qual se ressalva que "a presente declaração não constitui instrumento de quitação de dívida de contribuições e ou de juros de mora, nem prejudica ulteriores apuramentos", sendo válida por quatro meses, desde a sua data de emissão, terça-feira, 10 de março.

Noutro documento, a diretora do centro distrital de Lisboa da Segurança Social, por solicitação de Passos Coelho, esclarece que "não existe ou existiu, em nenhum momento, outra dívida, prescrita ou não, registada em seu nome" e que "o tratamento dado à sua situação em concreto em nada foi distinto do que seria ou foi dado a qualquer outro trabalhador independente, nas mesmas circunstâncias".

Por seu turno, o chefe do serviço de Finanças Sintra-4 Queluz certificou hoje mesmo que, "face aos elementos disponíveis no sistema informático", o primeiro-ministro "tem a sua situação tributária regularizada, uma vez que não é devedor perante a Fazenda Pública de quaisquer impostos, prestações tributárias ou acréscimos legais".

* Era melhor que Finanças e SS não "lavassem" o chefe. 
Neste país nenhum cidadão pode alegar desconhecimento da lei e é punido à mesma pela infracção que cometeu, o sr. Primeiro-ministro abriu um precedente e não leva coima. Em qualquer país decente esta atitude levaria à demissão voluntária, mas os nossos grupelhos políticos de centro direita estão pejados de gente intelectualmente desonesta.
António José Seguro não tinha "rabos de palha", estamos à vontade, nunca votámos nele.


.
.
BTT NO FEMININO
video

.
.
 HOJE NO 
"RECORD"

Mário Nascimento: 
«Jovens devem ter a Mafalda 
como referência»

Mário Nascimento é o atual treinador de Mafalda Marques no Sporting. Mas a sua ligação já vem do anterior clube, Simecq, quando a dirigiu na equipa de seniores.
.
"É um orgulho ter a Mafalda connosco, porque a considero uma heroína. Todas as jovens devem ter a Mafalda como uma referência. É uma lutadora, depois de ter uma doença tão grave conseguir ultrapassar a barreira que muita gente por vezes não acredita", começa por referir o técnico.

"Desde que adoeceu na época passada, a Mafalda revelou-se uma guerreira. Tem o apoio de todas as colegas, tanto no ano passado como agora, aqui no Sporting. No primeiro jogo que fez no Algueirão, frente à Escola Alberta Menéres, sempre que tocava na bola era uma alegria. É uma referência a nível nacional", sublinha Mário Nascimento.

* Bem vinda Mafalda, a sociedade precisa do seu exemplo, os jovens principalmente.



.
.

ACELERADOS


















.
.
HOJE NO 
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Ministro admite que um milhão 
não tem médico de família e anuncia 
que metade vai ter

O ministro da Saúde admitiu, esta quarta-feira, que existe um milhão de portugueses sem médico de família, mas anunciou que os concursos que estão a decorrer deverão reduzir esse número para metade.

Paulo Macedo, que falava na Comissão Parlamentar de Saúde, afirmou que existem quatro concursos para a contratação de médicos, os quais deverão resultar em mais 500 mil utentes com médico de família até ao final do ano. 
 .
 Ainda assim, o governante reconheceu que ainda existe um milhão de portugueses sem médico de família, número que ascendia aos dois milhões, segundo as contas de Paulo Macedo.

Segundo o ministro, o défice de médicos de família é maior nas Administrações Regionais de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo e do Algarve, existindo uma cobertura superior a 90% nas outras três regiões.

* Prestidigitação?



.
.

Sargentão

video



.
HOJE NO 
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Best: 
Qual é o melhor dia para atestar
 o depósito do automóvel?

Muitos portugueses só enchem o depósito do automóvel quando precisam de combustível, mas outros procuram fazê-lo só a determinados dias da semana. Há vantagem? Há. Os preços variam. O Best diz-lhe qual é o melhor dia para atestar.
 .
Abastecer o depósito do automóvel a uma segunda, terça, quarta-feira ou no fim-de-semana. Há diferença? Há, diz o Best. Os preços dos combustíveis não são iguais em todos os dias da semana e, refere o banco de investimento, é possível obter poupanças relevantes no valor a pagar na "bomba" se acertar nos dias mais baratos. E há diferença no dia mais barato da gasolina e do gasóleo.
.

"Para os condutores com veículos a gasóleo ou para os que abastecem com gasolina 95, o melhor dia para se deslocar à bomba é o sábado. No caso de abastecer com gasolina 98, aí o melhor dia é à quarta-feira", diz o Best, após realizar uma análise à evolução do preço médio dos combustíveis praticados em Portugal Continental desde 2014 que lhe permitiu constatar que "os preços, em média, registaram as maiores subidas às segundas e quintas e as maiores descidas aos sábados".

Ao sábado, refere o banco de investimento em comunicado, "foi possível constatar que os preços do gasóleo, em média, registaram uma descida de 0,36% face aos valores de sexta-feira, o mesmo acontecendo nos preços da gasolina 95. Já na gasolina 98 os preços registaram descidas diárias mais expressivas às terças-feiras e aos sábados. Contudo, o preço médio foi inferior às quartas-feiras".

"Por sua vez, em termos de subida de preços, os maiores incrementos ocorreram à segunda-feira e à quinta-feira", diz o Best. "A subida média do preço do gasóleo às segundas-feiras foi de 0,28%, enquanto a gasolina 95, que foi a que mais subiu face ao dia anterior, registou um aumento médio de 0,31%", conclui a análise do banco de investimento.

* O estudo está correcto apenas com uma ressalva, algumas low cost mantém o preço durante a semana modificando-o à segunda-feira.



.
.
  
15.OH QUE
ESTÁTUAS
















Se acha que somos depravados fique sabendo que todas estas peças pertencem ao museu "World Erotic Art Museum (WEAM)" situado em Miami.
.















.