sábado, 21 de fevereiro de 2015

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.



.
.


O QUE NÓS 

"VIAJAMOS"





.
.




6- DE CHAMBRE




.
.
CHESS















.
.

Serafim



.
.




5- DE CHAMBRE
 



.
.


4-SÍNDROME


METABÓLICA 


video

PERFIL LIPÍDICO
 
video

DEFINIÇÕES E EPIDEMOLOGIA


Uma interessante série conduzida pelo Prof. Dr. Amélio F. de Godoy Matos, Doutor em Pesquisa Clínica e Experimental em Endocrinologia


* Uma produção "CANAL MÉDICO"



* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.



4- DE CHAMBRE
 



.
.


5-O DESAFIO 

DO ATRITO


O DESAFIO PERPÉTUO

video

ÚLTIMO EPISÓDIO



* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.




3- DE CHAMBRE

 


.

HUGO MENDES

.





Sobrevivência

PSD e CDS têm menos um terço das intenções de voto do que a soma da percentagem obtida pelos dois partidos em 2011.

1. A retoma de 2014 faz lembrar 2004. Tal como em 2014, em que o crescimento assentou totalmente no contributo da procura interna, 2004, depois do governo PSD/CDS ter atirado a economia para a recessão em 2003, foi o ano da década passada em que a procura interna mais contribuiu para o aumento do PIB (3,2 p.p.). Em ambos os anos, a viragem coincidiu com um reforço do poder do CDS na coligação (apesar do espalhafato de Portas com os banais dados das exportações, o CDS sabe que a sua sobrevivência depende da procura interna). A diferença é que a retoma de 2014, depois de uma longa recessão de 3 anos, vale metade da de 2004 (0,9% contra 1,8%), prefigurando um "novo normal" de uma economia estagnada, com menos 500 mil empregos e o dobro da dívida pública.

2. Amarrados um ao outro pela forma como venderam ao país um conjunto de mentiras na campanha de 2011; pelo modo como conduziram, tantas vezes além da ‘troika' e aquém dos mínimos de competência exigida para governar, o programa de ajustamento; isolados a nível interno e pressionados a nível externo (nenhuma instituição internacional subscreve as estimativas ou a inércia táctica do governo); e sem estratégia para o futuro, PSD e CDS chegam a oito meses das legislativas com quase menos um terço das intenções de voto nas sondagens (onde, em conjunto, não passam os 35%) do que a soma da percentagem obtida pelos dois partidos em 2011 (50,4%), e sempre atrás do PS.

3. Enquanto cruzam os dedos para que a queda do preço do petróleo cause um choque expansionista na economia, PSD e CDS buscam a estratégia que minimize a derrota eleitoral. E se é grande a tentação para se esconderem atrás de uma coligação, Portas também sabe que, nas legislativas de 2005, o CDS conseguiu ser bem menos penalizado (perdeu 1,5 pontos em relação aos 8,7% obtidos em 2002) do que o PSD (caiu 11,5 pontos em relação aos 40,2%). Ninguém se espantará se o instinto de sobrevivência eleitoral fizer regressar o registo de "um governo, dois partidos".

IN "DIÁRIO ECONÓMICO"
19/02/15


.



430.UNIÃO


EUROPEIA





.
.




2- DE CHAMBRE

 


.
.


SETENTA X UM


video


.
.

XIV-TABU


PELO MUNDO


3.TRABALHO SUJO


video


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.




1- DE CHAMBRE
 



.
.


António Zambujo


Moda Alentejana

video

.
.

 HOJE NO 
"OBSERVADOR 



Diga asneiras para bem da sua saúde

A Reader’s Digest compilou vários estudos que mostram que dizer palavrões não só não é feio, como faz bem à saúde. Mas apenas em quatro situações.

1. Quando sentir dor
 Um est­udo da universidade de Keele, no Reino Unido, demonstrou que praguejar aumenta a tolerância à dor. Durante o estudo foi pedido aos participantes que mergulhassem uma mão dentro de um balde com água gelada e ficou provado que aqueles que disseram um palavrão aguentaram mais tempo de molho. A próxima vez que bater com o dedo mindinho do pé numa esquina já sabe o que tem de fazer. 

2. Quando estiver chateado 
Segundo o psicólogo John M. Grohol, dizer asneiras, desde que não sejam dirigidas a ninguém, tem um efeito catártico e faz com que as pessoas se libertem de sentimentos de ódio e frustração. A partir de agora esqueça os murros na parede, que ainda se magoa. Se quer extravasar a raiva, é começar a debitar o seu dicionário de calão. 

3. Quando se sentir impotente 
Dizer asneiras faz com que uma pessoa sinta que tem a situação controlada, mesmo quando não tem. Quem o diz é o psiquiatra Neel Burton, acrescentando que essas palavras têm o condão de aumentar a confiança e a autoestima, impulsionando ações futuras. É caso para dizer que o palavrão é a exteriorização da força interior. 

4. Quando estiver com uma chamada em espera 
Já toda a gente passou pela experiência da música clássica em repeat enquanto aguarda que alguém atenda a sua chamada. É daquelas situações capazes de deixar os nervos em franja. O conselho, mais uma vez, passa por não ter mão no palavreado. Além de ajudá-lo a sentir-se melhor, alguns sistemas estão programados para detetar esse tipo de vocabulário e fazer com que a chamada seja atendida mais rapidamente. 

 Se é uma pessoa que diz muitas asneiras, saiba que não merece pimenta na língua. E caso tenha ficado surpreendido por não constarem desta lista situações como um jogo de futebol ou um engarrafamento no trânsito, o melhor a fazer é incluir esses casos na categoria “quando estiver chateado”. 
Tudo em prol da saúde, é claro.

* - Porra Sta Carolina Santos (autora), como lhe estou agradecida!


.
.

HABILIDADES

video


.
.
HOJE NO 
  "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"  

Agricultores da aldeia da Luz pagam
 IMI de terras submersas pelo Alqueva

A mudança para a nova Aldeia da Luz aconteceu entre o verão e o outono de 2002.

Agricultores alentejanos estão a pagar Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) dos seus antigos terrenos na "velha" Luz, em Mourão, submersos pela albufeira do Alqueva, porque ainda não foi feito o cadastro das terras correspondentes na nova aldeia.
 
Antiga aldeia da Luz debaixo de água, sobre a qual se paga IMI.

"Legalmente ninguém tem terras e continua-se a pagar o IMI e as contribuições sobre terras submersas", há quase 13 anos, conta à agência Lusa a presidente da Junta de Freguesia de Luz, Sara Correia, eleita nas últimas eleições autárquicas pela coligação PSD/CDS-PP.

Segundo a autarca, o cadastro das "novas" terras "nunca foi feito" e a maioria dos proprietários não tem as propriedades em seu nome.

"Os proprietários pagam IMI de terras antigas que foram expropriadas e que agora estão submersas e não pagam das atuais, porque não foi feito o cadastro e muitas nem sequer estão em seu nome", explica.
Sara Correia lembra que, quando ocorreu a mudança de aldeia, entre o verão e o outono de 2002, "foi tudo completamente levado à exaustão e apurado", no âmbito do projeto de emparcelamento rural, para que, na "nova" Luz, fosse entregue aos proprietários a terra a que tinham direito.

Mas, passados quase 13 anos, as pessoas "usam as terras, mas, se amanhã quiserem vender, é um problema que têm", porque não estão em seu nome, lamenta, indicando que a situação "está precisamente igual ao que estava" quando saíram da "velha" aldeia.

"Alguns [proprietários] já têm as escrituras feitas" e a terra no seu nome, mas "existe muita gente ainda sem as terras e sem o registo", adianta a autarca.

Por outro lado, "estão a levantar muitos problemas" a quem quer regularizar a situação, assinala, salientando que os proprietários que receberam as terras como herança não possuem "um documento que legitime a sua propriedade".

"O certo é que, na antiga aldeia, assumiu-se que aquela terra era daquela pessoa e, neste momento, por um papel ou dois, estão a levantar questões e não põem as terras em nome das pessoas", critica.
Contactada pela Lusa, fonte oficial do Ministério da Agricultura esclarece que "existem duas situações distintas" em que os proprietários pagam IMI de terras submersas, uma referente ao projeto de emparcelamento e outra a áreas expropriadas para a construção da barragem.

A mesma fonte realça que, no primeiro caso, todos os proprietários que se encontram atualmente na posse dos novos lotes "são devedores dos respetivos impostos incidentes sob o seu aproveitamento, designadamente de IMI".

Por outro lado, refere que a cobrança de IMI sobre os prédios antigos resulta do facto de essas matrizes se "encontrarem em vigor até à conclusão da operação cadastral que está em curso na freguesia da Luz" e que é da responsabilidade da Direção Geral do Território.

Quanto ao emparcelamento rural da freguesia, a fonte indica que o projeto "encontra-se concluído", sustentando que "todos os interessados estão na posse dos novos lotes de terreno".

Contudo, ressalva que se encontram "por elaborar alguns dos autos de emparcelamento", estando a Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR) "a trabalhar", desde outubro de 2014, com a junta de freguesia para a obtenção, junto dos interessados, "dos elementos necessários para a elaboração dos títulos de propriedade".

"Apesar deste esforço, a verdade é que apenas foi possível concluir, desde então, 10 autos dos que se encontravam pendentes naquela data, encontrando-se atualmente em processo de emissão 30 dos 155 autos previstos no projeto", adianta a fonte.

Segundo o Ministério de Assunção Cristas, "a regularização destes processos é morosa, sobretudo dada a escassez, na maioria dos autos pendentes, dos elementos comprovativos da propriedade por parte dos interessados".

* Isto é surreal,  temos que Maria Luís Albuquerque está a cobrar IMI sobre terrenos confiscados pelo Estado e que estão submersos, e que desde 2002, vão 13 anos, o Estado português não teve tempo para regularizar a situação dos novos terrenos atribuídos, preferindo o laxismo da cobrança indevida sobre terras que não existem. Um péssimo exemplo da seriedade do Estado.


.

ALUNOS FANTÁSTICOS

- O Papa vive no Vácuo (!?)

-Antigamente na França os criminosos eram executados com a Gelatina.
(pelo menos assim não doía tanto)/

- Em Portugal os homens e as Mulheres podem casar. A isto chama-se monotonia. 
(é frustrante que até na 2ª Classe já pensem assim...)

- Em nossa casa cada um tem o seu quarto. Só o papá é que tem de dormir sempre com a mamã. (Um destino terrível...)

- Os homens não podem casar com homens porque então ninguém podia usar ovestido de noiva. 
(que pena ahh)

- Um seguro de vida é o dinheiro que se recebe depois de ter sobrevivido a um acidente grave. (Certo! E estas pessoas em regra vivem com outro nome no Brasil)

- Os meus pais só compram papel higiénico cinzento, porque já foi utilizado e é bom para o ambiente. (Que bom!)

- Adoptar uma criança é melhor! Assim os pais podem escolher os filhos e não têm de ficar com os que lhe saem. 
(Pois é, com os animais de estimação também funciona assim!)

- Adão e Eva viviam em Paris. 
(Sim, sim lá também é Paradisíaco)

- O hemisfério Norte gira no sentido contrário do hemisfério Sul. 
(Viver ao longo do Equador deve ser muito divertido)

- As vacas não podem correr para não verterem o leite. 
(Que bom saber isso)

- Um pêssego é como uma maçã só que com um tapete por cima. 
(Nunca tinha pensado nisto!)

- Os douradinhos já estão mortos há muito tempo. Já não conseguem nadar!
(Conseguem sim! No óleo da frigideira)

- Eu não sou baptizado, mas estou vacinado. /(Esta tenho que ensinar aos meus filhos!)

- Depois do homem deixar de ser macaco passou a ser Egípcio. 
(Mmm... isto ainda não sabia!)

- A Primavera é a primeira estação do ano. É na primavera que as galinhas põem os ovos e os agricultores põem as batatas. 
(Nunca mais como batatas)

- O meu tio levou o porco para a casota e lá foi morto juntamente com o meu avô. 
(Bem, se o avô já lá estava...)

- Quando o nosso cão ladrou de noite a minha mãe foi lá fora amamenta-lo. Se não os vizinhos ficavam chateados. (E assim como terão ficado?)

- A minha tia tem tantas dores nos braços que mal consegue erguê-los por cima da cabeça e com as pernas é a mesma coisa. 
(Acho que a mim aconteceria o mesmo ás pernas)

- Um círculo é um quadrado redondo. 
(Esta é absolutamente fantástica!)

- A terra gira 365 dias todos os anos, mas a cada 4 anos precisa de mais um dia e é sempre em Fevereiro. Não sei porquê. Talvez por estar muito
frio. 
(Um génio!)

- A minha irmã está muito doente. Todos os dias toma uma pílula, mas às escondidas para os meus pais não ficarem preocupados.. /(Sem comentários)/

enviado por CARLOS SANTOS


.
.
HOJE NO 
"RECORD"

Rui Machado conquista 
terceiro torneio no Sri Lanka

Rui Machado fez o pleno no Sri Lanka, ao conquistar o terceiro torneio ITF em outras tantas semanas. O campeão nacional, atualmente 270.º classificado do ranking ATP, não teve quaisquer dificuldades para derrotar o sérvio Miljan Zekic (385.º), com os parciais de 6-0 e 6-3.
.
Com mais uma exibição segura, o algarvio, de 30 anos, bateu Zekic durante esta madrugada junta ao seu pecúlio mais 13 pontos para o ranking mundial, que o deverão fazer subir à 231.ª posição.

Rui Machado regressa, agora, a Portugal, onde irá disputar o ITF de Vale do Lobo, no Algarve, onde é o tenista mais cotado na lista de inscritos. João Domingues, Frederico Gil e Romain Barbosa também têm entrada direta no quadro principal.

* Bravo, queremo-lo nos primeiros 100, para já.


.
.
DANÇANDO
video

.
.
HOJE NO 
"CORREIO DA MANHÃ"

SEF fiscaliza autocaravanas no Algarve
. Detetado aparcamento ilegal. 

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) informou este sábado ter fiscalizado nos últimos dias mais de 70 autocaravanas em zonas do Algarve usadas pelos autocaravanistas para aparcar, embora alguns sejam locais não autorizados. 


Em comunicado, o SEF adianta que, em conjunto com a GNR e com a Polícia Marítima, fiscalizou, na quinta e sexta-feira, em Armação de Pera e Quarteira, 73 autocaravanas, tendo identificado 99 cidadãos estrangeiros. Em ambas as ações, os cidadãos identificados eram portugueses ou de países da União Europeia, não tendo, por isso, sido detetadas irregularidades de permanência no país. 

No entanto, a GNR e a Polícia Marítima informaram os autocaravanistas sobre os locais onde não é autorizado aparcar e, em alguns casos, autuaram os condutores que estavam a transgredir a lei. Estas ações do SEF decorreram no âmbito da missão de controlo da permanência de cidadãos estrangeiros no país, o que inclui a fiscalização de autocaravanas que, nesta época do ano, acorrem em grande número à região do Algarve. 

Em janeiro, quatro entidades algarvias anunciaram a criação de uma rede organizada de acolhimento ao autocaravanismo no Algarve, o que permitirá combater o estacionamento desregrado, nomeadamente em zonas de risco, como arribas ou dunas. 

* Antes de multar é pedagógico informar. O autocaravanismo traz dinheiro a Portugal.

.
.


 O QUE NÓS


  "FESTEJAMOS"!!!





O primeiro número da ONDA POP explica quase tudo, os primórdios, os conceitos, a paginação e artigos publicados demonstram o trabalho destes rapazolas nos idos de 60.

Hoje saíu o nº19 da edição impressa. Destaca uma grande cantor da época, ENGELBERT HUMPERDINCK, e, ligada a este, uma cena caricata da direcção de programas da RR nos meados dos anos 80, a provar como era absurda a  "portuguezinhice" de algumas carolas, de que ainda hoje há herdeiros.
Viaje pelos primórdios da gravação de som, ouça Cliff Richard, um apaixonado por Portugal, de tal modo que se tornou viticultor no sul do país, produzindo vinhos de grande. qualidade.Cante com Malcom Roberts e leia muitos mais temas variado que a Onda Pop lhe propociona.
Neste blogue, na coluna da direita tem um link directo.
ABJEIAÇOS

.
HOJE NO
  "i"

Dirigente do Syrisa avisa em Portugal 
que acordo "é sinal do fim da austeridade"

O dirigente do Syrisa Yiannis Bournous afirmou hoje, no Porto, que o acordo alcançado na sexta-feira no Eurogrupo pelo Governo grego, liderado por aquele partido, “é um sinal do início do fim da austeridade na Europa”. 
 .

 “Tenho boas notícias para Portugal: com a decisão do Eurogrupo, temos a morte anunciada dessa instituição não democrática que é a ‘troika’”, frisou Bournous, num comício organizado pelo Bloco de Esquerda no Mercado Ferreira Borges. 

 “Eles sabem que mesmo uma vitória parcial do governo grego nas negociações é um sinal do início do fim da austeridade na Europa”, acrescentou, notando que a reunião de sexta-feira do Eurogrupo mostrou também que “a Grécia não está isolada”. 

De acordo com Bournous, nas semanas que passaram desde que o Syrisa venceu as eleições e formou governo, “tornou-se muito evidente que a negociação [com a 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) e os parceiros europeus] é essencialmente, senão exclusivamente, política e não técnica”. 

“Nos últimos dias, o governo de direita alemão e os seus aliados, o sr. (Pedro Passos) Coelho e o sr. (Mariano) Rajoy [primeiros-ministros de Portugal e Espanha, respetivamente] conseguiram escalar a ofensiva contra a Grécia para tentar parar qualquer gesto de tolerância e as exigências gregas”, lamentou. 

* Este primeiro acordo, hão-de vir mais, revela a tenacidade e destemor dos actuais dirigentes gregos, enquanto nós portugueses temos de nos envergonhar das palavras de Passos Coelho e Maria Luís Albuquerque, convertidos em serventuários do mercado alemão, autênticos capachos.


.
.

A SOBREMESA

video

.
.
HOJE NO 
"A BOLA"

«É um resultado que deixa marcas» 
– Luís Enrique

O treinador do Barcelona admitiu que a derrota, em casa, frente ao Málaga (0-1) deixou marcas no colosso catalão.
.
«É um resultado que deixa marcas. O Málaga fez uma grande partida e cumpriram na íntegra a estratégia com que entraram em campo. O jogo teve duas partes, nos primeiros 45 minutos estivemos mais ou menos bem, mas o rival marcou. Na segunda não estivemos bem nem em termos coletivos e nem em termos individuais. Não tivemos equilíbrio e veio ao de cima a qualidade do rival», afirmou Luís Enrique, em declarações à Imprensa espanhol.

«Fomos uma equipa sem sorte»
 – Van Gaal

O treinador do Manchester United, Louis Van Gaal, argumenta que a sua equipa foi infeliz frente ao Swansea tendo acabado por perder por 2-1.
.
«Obviamente que poderiam dizer que dominámos o jogo e que a única coisa que poderíamos fazer mais era marcar vários golos das inúmeras oportunidades criadas. Hoje fomos uma equipa sem sorte, porque criámos inúmeras ocasiões. Dominámos durante as duas partes», defendeu Van Gaal, em declarações à Imprensa inglesa.


«Sou punido se disser o que penso» 
– Mourinho

O treinador do Chelsea, José Mourinho, não ficou nada satisfeito com o trabalho da equipa de arbitragem no jogo com o Burnley (1-1), mas admitiu que não pode dizer nada porque seria suspenso.
.
«Não, o cartão vermelho não mudou as coisas. Existiram quatro momentos no jogo onde a história ficou escrita. Nos minutos 30, 33, 43 e 69. Não me façam mais perguntas sobre isto», afirmou Mourinho.

O treinador português alertou que será castigado se disser aquilo que pensa sobre a arbitragem:

«Não posso falar sobre esses incidentes. Sou punido quando falo sobre essas situações e não quero ser punido. Para descrever o que aconteceu iria usar palavras que não posso, pelo que é melhor ficar calado.»

* Dois desaires e meio.

.
.
COMOVENTE

Se isto não VOS toca o coração, então é porque não TÊM um... 
Uma história inacreditável de inspiração e de sorte.



Quase inacreditável!

Este gajo ganhou 180 Milhões na lotaria.

E apenas dois dias depois encontrou o amor da sua vida. É preciso ter sorte!

.


INTESTINO



CUIDE DELE




.
.

SERÁ QUE VI BEM?
video


.
.


440.
Senso d'hoje

ELISA FERREIRA
 EURODEPUTADA
 SOBRE GRÉCIA
"Não admito que digam que a Grécia não fez nada"


.