sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.














.
.


O QUE NÓS

"NÃO SANEAMOS"!



Um terço da Humanidade 
– ou 2,5 bilhões de pessoas – 
não tem acesso a saneamento básico




.
.
 
HOJE NO 
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Fisco 'apanha' 235 mil empresas
 com irregularidades fiscais

No balanço feito a 2014, os dados das Finanças mostram que foram detectadas 235.337 empresas com indícios de irregularidades. 

O número abarca desde as companhias que não liquidam o IVA nas facturas e não entregam a declaração periódica deste imposto, às que não declararam ao Estado todo o IVA que liquidam nas facturas que emitem. As divergências são detectadas quando os contribuintes incluem o NIF nas facturas, mas as empresas não as comunicam ao Fisco.
 .

Ainda assim, cerca de 75% das mais de 81 mil empresas notificas regularizaram a situação: em mais de 61 mil empresas foram feitas correcções, voluntariamente regularizadas.

Das mais de 235 mil divergências detectadas, 74 mil concentram-se em Lisboa, 35 mil no Porto, 18 mil em Setúbal e 13 mil em Braga.

No balanço do ‘e-factura', as Finanças direccionam as baterias no combate à fraude e evasão fiscais: ‘Pretende-se desenvolver uma estratégia que assegure que os valores declarados pelos contribuintes nas suas declarações de IVA e IR (imposto sobre rendimento), reflictam integralmente os factos tributários comunicados através do sistema e-factura", lê-se relatório. Para o efeito, serão utilizados os dados comunicados pelas empresas emitentes, como pelos adquirentes e consumidores, com o objectivo de garantir "o cumprimento universal e sistemático da obrigação de comunicação", continua o documento.
.
Em 2014, perto de um milhão e cem mil entidades comunicaram facturas à AT, contra 989 mil em 2013. Entre essas entidades estão empresas, profissionais liberais e empresários em nome individual. Para esta subida de 11% contribuiu sobretudo o concurso ‘Factura da Sorte', que tem funcionado como um incentivo para que cada vez mais contribuintes associem o NIF às facturas.

Mais de 58 mil inspecções 
A AT deu também início ao plano de acções externas com vista ao cumprimento voluntário, no âmbito do sistema ‘e-factura'. Os dados agora apresentados, explica o relatório, reportam os resultados das visitas efectuadas entre Julho de 2014 e 30 de Janeiro de 2015. Neste período, foram efectuadas 58.840 visitas externas a nível nacional, que envolveram 2.515 funcionários da AT nas acções de fiscalização.

* Apesar da crise verifica-se que Portugal ainda tem mais de 235 mil empresas e  que algumas serão geridas por empresários honestos. 

.
.

EXPLICAÇÃO


DAS SOMBRAS













 * Diagrama:Retirado de http://leticce.blogspot.com.br


.
.

4- O FIM DO JOGO


Como menos de 1% da população mundial escraviza o resto do mundo



* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores. 

.
.
  
1- A DEVASTAÇÃO

DOS OCEANOS





* Uma produção "MATÉRIA DE CAPA"


.
.

HOJE NO 
"CORREIO DA MANHÃ"

Desviam fortuna de banco 

Usaram empresas falidas e toxicodependentes para pedir créditos de um milhão.

Com recurso a empresas falidas e a toxicodependentes, um desempregado de Santa Maria da Feira montou um esquema criminoso que rendeu mais de um milhão de euros. Contou com a ajuda do gerente do Montepio de Santa Maria da Feira, de uma promotora de empréstimos e de um ex-advogado. 
 .

Segundo a investigação, em cinco anos, contraíram vários empréstimos em nome de empresas que não tinham atividade ou nem sequer existiam. O banco não tinha assim forma de cobrar a fortuna que emprestou. 

Os quatro arguidos – que têm entre os 42 e os 65 anos – foram ontem detidos pela PJ do Porto. Foi o Montepio que denunciou. A PJ apreendeu ao desempregado – considerado o cabecilha da rede – 11 carros de coleção e topo de gama. 

Tinha em sua posse um Bentley, um Aston Martin, dois Porsche e um Jaguar. As restantes viaturas são das marcas Audi e Mercedes. Só os carros valem um milhão de euros, pelo que a Judiciária admite que o valor desta burla seja muito superior. 

De acordo com a investigação, o grupo começou a atuar em 2010 e estava dividido por funções. O desempregado arranjava as empresas falidas e os toxicodependentes dispostos a constituir sociedades fictícias. Muitas eram criadas na hora. 

Depois cabia ao ex-advogado dar uma aparência real às empresas: fazia contratos de trabalho e forjava contabilidade. Esta falsa atividade permitia à promotora de empréstimos – que trabalhava com o Montepio – tratar dos créditos. 

Depois, o gerente autorizava os empréstimos. O grupo foi ontem presente ao Tribunal de Santa Maria da Feira.

* A táctica é muito semlhante à do GES, que por sua vez se inspirou no Lehman Brothers.

.
.


 UMA COMUNIDADE

DE LIVROS




* Uma produção "EURONEWS"


.
.
 HOJE NO 
"OBSERVADOR

Grécia. 
Artista muda a paisagem 
das notas do euro

Faltava realidade, diz Stefanos. "O desmoronamento da economia grega fez eclodir a violência e a decadência social." As notas de 5, 10, 20, 50, 100, 200 e 500 ganharam outro peso.

Morte, pânico, desespero, risco e medo. Todos estes sentimentos e imagens foram representados por um artista grego… em notas de euro. É a sua visão da crise grega, que nestes dias vive um impasse com o novo governo a batalhar por outras condições de financiamento junto das instituições europeias. O nome dele é Stefanos.
.
“Observando as paisagens das notas de euro nota-se a ausência de realidade”, acusa o autor, em declarações ao Design Boom. “O desmoronamento da economia grega fez eclodir a violência e a decadência social — por isso decidi fundir estas duas coisas.”

O grego explicou ainda que quis usar um documento europeu, que circulasse de país em país, incluindo a Grécia. “Este meio permite-me ‘bombardear’ propriedade pública a partir do conforto de minha casa.”

 * A imagem é bem elucidativa, se fosse no nosso país as pessoas deviam estar penduradas na pala do pavilhão de Portugal, concepção de Siza Vieira, para exorcisar o crime público de abandono, da parte das  autoridades, daquele belo edifício. Uma coisa nos satizfaz, Paulo Portas não se instalou lá, com o seu ministério da inutilidade.

 .

FERNANDA CÂNCIO

.




(A)versão da polícia

"Se mandasse vocês seriam todos exterminados. Não sabem o que eu odeio vocês, raça do caralho, pretos de merda." Constante numa reportagem do Público sobre os acontecimentos de 5 de fevereiro na Cova da Moura, a frase é atribuída a um agente da PSP da esquadra de Alfragide por um membro da direção da Associação Moinho da Juventude, há décadas referência de mediação social. Este diz que foi com outras pessoas à esquadra para tentar perceber o que se passara pouco antes no bairro, onde um homem fora detido por, alegadamente, atirar uma pedra a uma viatura policial, tendo na sequência sido disparadas balas de borracha. Queixa-se de, à chegada, o grupo ter sido agredido e insultado e igualmente alvo de balas de borracha. Detidos e acusados de resistência e coação a funcionário, passaram noite na esquadra, apresentando no dia seguinte queixa por tortura no MP.

Publicada a 10, a reportagem dá também voz ao homem acusado de apedrejar o carro. Este nega: estava na rua, foi agredido sem motivo e, ante protestos dos moradores, a polícia disparou - atingindo por três vezes uma funcionária do Moinho da Juventude na varanda da sua casa (a qual mostra os ferimentos ao jornal). Confrontada com estas versões, a esquadra remete para a Direção da PSP, que se resguarda nos inquéritos entretanto desencadeados: um interno e outro da Inspeção-Geral da Administração Interna.

É tarde para resguardos, porém. Logo após os acontecimentos a PSP, pela voz do "subcomissário Abreu do Comando Metropolitano de Lisboa", certificava à Lusa que a esquadra de Alfragide fora alvo de "uma tentativa de invasão por um grupo da Cova da Moura". Situando o início do ocorrido - o alegado apedrejamento do carro - às 14 horas, admitia "um tiro de shotgun para o ar para dispersar" e um outro quando "os restantes jovens tentaram invadir a esquadra." Pouco depois, informado pelo Público da existência de ferimentos numa mulher, Abreu admitia mais disparos e menos certezas: "A PSP não confirma nem desmente que possa ter ocorrido esse incidente, mas vamos apurar e no final da tarde teremos uma resposta mais consolidada."

Não é possível, nesta altura, saber a verdade dos factos - se algum dia vai ser. Mas podemos, e devemos, concluir várias coisas sobre a PSP. Que veicula para os media versões instantâneas, autojustificativas e incendiárias para depois, confrontada, admitir que não sabe o que se passou; que admite disparar mas não sabe quantos tiros nem se feriu alguém, quanto mais explicar porquê. Numa polícia com esta cultura, com tais graus de irresponsabilidade e desprezo pela verdade, estranho será não haver agentes que acham que podem dizer e fazer tudo. Ser rufias, violentos, racistas, até homicidas - por que não, afinal? Como estranho, tão estranho e triste, é que assim seja há tanto tempo, e que tão pouca gente se escandalize - mas, lá está: fosse diferente a exigência e não seria esta a polícia. 

IN "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
13/02/15

.



429.UNIÃO


EUROPEIA







.
.
HOJE NO 
  "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"  


Danos na pele provocados pelo sol
. continuam várias horas depois 
do final da exposição solar

Usar protetor solar de noite poderá neutralizar o problema. 

Os danos sofridos na pele pelos raios ultravioletas do sol continuam durante várias horas depois do final da exposição solar, segundo um estudo publicado na revista Science.

Os efeitos adversos daquele fenómeno podem, no entanto, ser neutralizados, utilizando o protetor solar de noite, depois de ter estado a apanhar sol.
 
ROUPA COM PROTECÇÃO SOLAR PARA CRIANÇAS
Estar exposto a radiações ultravioletas, quer de lâmpadas solares ou do sol, pode causar danos ao ADN dos melanócitos, as células da pele que produzem a melanina que dá cor à pele ou o bronzeado.

Mas numa nova investigação, os cientistas descobriram que metade dos danos provocados no ADN ocorre no escuro, após a exposição aos raios ultravioletas.

Até agora, os cientistas pensavam que a melanina protegia a pele, bloqueando os raios ultravioleta do sol.

Os cientistas descobriram que aqueles raios ativam duas enzimas que se combinam para "animar" um elétron na melanina, num processo chamado quimio-osmose que é transmitido para o DNA no escuro, criando o mesmo dano genético que os raios de sol.

No estudo, os cientistas também concluíram que a melanina pode ter efeitos adversos e estar relacionada com danos da pele.

A degradação do ADN é uma das principais causas da forma mais comum de cancro na pele.
Para chegarem a esta conclusão, os cientistas expuseram ratinhos e células de melanócito humanas a radiação ultravioleta de lâmpadas para bronzear.

A radiação causou um tipo de dano particular no ADN daquelas células, provocando que a informação genética que contém não seja transmitida de forma adequada.

A pesquisa permitiu mostrar que a melanina tem efeitos tanto cancerígenas como protetores.

"Se olhar para dentro da pele de um adulto, a melanina protege contra danos causados por raios ultravioleta, que atuam como escudos, mas também tem efeitos adversos", explicou o Douglas Brash, professor de dermatologia da faculdade de medicina da Universidade de Yale.

* Sendo assim, bronzeie-se e vá p'rá  cama.


.
.


O SEGREDO 
DAS COISAS

 15 -JEANS




.
..



2-NASCIDOS 


EM BORDÉIS


CRIANÇAS DA LUZ VERMELHA 
DE CALCUTÁ


UMA SÉRIE ANGUSTIANTE QUE NINGUÉM DEVE DEIXAR DE VER


.
.
HOJE NO 
"RECORD"

Vasco Ribeiro no top 16 na Austrália

Vasco Ribeiro, campeão mundial de juniores, qualificou-se esta sexta-feira para a ronda 5 do Burton Automotive Pro, em Newcastle, evento de qualificação para a World Surf League, que em 2015 não vai contar com qualquer português na sequência da despromoção de Tiago Pires.
.

Na ronda 4, Vasco venceu o heat 8, com 16,17 pontos, superando o brasileiro Alejo Muniz (15,63) e havaiano Ezekel Lau (13,70).

O próximo adversário do surfista da linha de Cascais é o norte-americano Michael Dunphy.

* Este Vasco não é um ribeiro, é um oceano de valentia.


.
.


A Moda Mãe


Bem podia a andorinha



.
.
  HOJE NO 
  "JORNAL DE NOTÍCIAS"

Conservatório de Música de Lisboa 
tem 10 salas encerradas por segurança

Uma vistoria da Câmara Municipal de Lisboa ao edifício da Escola de Música do Conservatório Nacional obrigou, por questões de segurança, ao encerramento de 10 salas, o que faz com que os alunos fiquem sem algumas aulas.

A Escola de Música do Conservatório Nacional (ENCM) foi notificada a 30 de janeiro pela Câmara de Lisboa, após ter sido realizada uma vistoria ao edifício, de que teria de encerrar, a partir de 16 de fevereiro, 10 salas de aulas por questões de segurança, disse à Lusa a diretora daquele estabelecimento de ensino, Ana Mafalda Pernão.
 .
 A responsável adiantou que, no mesmo dia em que recebeu a notificação, enviou-a para a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, tutelada pelo Ministério da Educação, responsável pela realização de possíveis obras.

Na terça-feira, referiu, "um engenheiro veio ver a situação", estando agora a EMCN "à espera de uma posição por parte da DGESTE".
Por haver 10 salas encerradas, "os alunos estão a ficar sem aulas", já que não há outras salas que possam substituir as fechadas.

No final do ano passado, alunos, pais e professores conseguiram "angariar algumas verbas e fazer duas intervenções no telhado", de forma a "minimizar os estragos", disse Ana Mafalda Pendão, lembrando que a Câmara de Lisboa tinha avisado para a possibilidade de "a qualquer momento poder cair um teto".

Em dezembro, a escola encerrou o pátio do edifício, onde "caíram pedaços de friso", sendo que, já no mês anterior, a Assembleia Municipal de Lisboa tinha discutido um relatório elaborado pelos deputados da comissão de Cultura após uma visita à EMCN, no qual alertavam para as más condições do edifício.

Aquando da elaboração do relatório, a diretora da escola e a associação de pais escreveram uma carta ao ministro da Educação a pedir uma "intervenção urgente" no edifício, que já tinha atingido um "estado de insustentável degradação".

Em outubro, o PCP apelou, num projeto de resolução apresentado no parlamento, à requalificação do edifício.

"Os problemas no edifício são antigos, sendo necessárias intervenções no telhado, insonorização das salas, recuperação das janelas, aquecimento, porta de entrada e espaço para os alunos poderem praticar a nível individual, bem como uma profunda intervenção no Salão Nobre da Escola de Música", sustentou o grupo parlamentar do PCP.

Esta mesma intervenção tem sido reivindicada pela direção, que em abril do ano passado alertou, por exemplo, para a queda de um teto falso numa sala de aula, por causa de infiltrações de água.
De acordo com a responsável, se até terça-feira a direção da EMCN não tiver respostas por parte do Ministério da Educação, irá realizar nesse mesmo dia uma reunião geral para debater alternativas.
A Lusa contactou o Ministério da Educação, que remeteu esclarecimentos para mais tarde.

* É vergonhoso que pais, alunos e professores tenham angariado dinheiro para obras no telhado substituíndo-se à tutela, embora a sua atitude seja absolutamente respeitável.


.
.
 
PAS DE DEUX



.
.
  HOJE NO 
"JORNAL DE NEGÓCIOS" 

Sindicatos: 
adesão à greve dos trabalhadores 
não docentes das escolas supera 80%

Mais de 80% dos trabalhadores não docentes das escolas aderiram hoje à greve, impedindo a abertura de muitos estabelecimentos, segundo dados da Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais (FNSTFPS).
Em conferência de imprensa à porta da Escola Secundária Passos Manuel, em Lisboa, o representante da federação, Artur Sequeira, apresentou os dados provisórios e disponíveis às 11h, que apontavam para uma adesão "acima de 80% a nível nacional".
.
"Há concelhos totalmente fechados. Há escolas que abriram mas foram fechando à medida que se foi percebendo que o número de trabalhadores que não aderiram à greve não davam condições de segurança suficientes", revelou o coordenador da educação da FNSTFPS, acrescentando que existem ainda estabelecimentos de ensino onde os directores escolares tentaram substituir trabalhadores dos quadros por contratados.

Um balanço realizado pela federação a meio da manhã indicava que estavam encerradas 42 escolas ou agrupamentos no distrito de Lisboa, 35 no distrito do Porto, 28 em Coimbra, 47 em Aveiro, 25 em Leiria, 21 em Viseu, 10 na Guarda e oito em Santarém.

Os trabalhadores admitem fazer novas greves - "podem ser em dias de exames" - e manifestações, contou Artur Sequeira, sublinhando que "todo o tipo de lutas podem estar em cima da mesa" mas as medidas a tomar serão decididas apenas em reunião com os vários sindicatos.

O fim da contratação de desempregados inscritos no centro de emprego para suprir as falhas nas escolas (através de contratos de Emprego-Inserção), a criação de concursos públicos que permita contratar novos funcionários e a alteração da recente portaria que veio definir novos rácios de funcionários são algumas das reivindicações.

"A portaria parece um gozo com os trabalhadores", afirmou, lembrando que faltam cerca de seis mil funcionários nas escolas de todo o país e que o problema não ficou resolvido com o diploma sobre os rácios, recentemente publicado em Diário da República.

O sindicalista lembrou que foi o "próprio Ministério da Educação que reconheceu que estes são trabalhadores fundamentais para dar apoio aos alunos, famílias e professores mas depois é a selvageria total a forma como trata esses problemas".

Artur Sequeira lembrou que o diploma aumenta um trabalhador nas escolas do 1.º ciclo mas diminui em número muito superior os assistentes técnicos nos restantes ciclos de ensino.

O sindicalista alertou para a precariedade instalada nas escolas e voltou a enumerar as restantes exigências destes trabalhadores: criar uma carreira específica para o pessoal não docente dos estabelecimentos de educação e ensino, repor as 35 horas semanais de trabalho, negociar um regime de mobilidade dentro dos agrupamentos de escolas e acabar com o processo de municipalização/privatização e o respeito pela escola Pública.

"Os trabalhadores das escolas sabem que estão a criar dificuldades às famílias e aos alunos mas dizem só isto: atenção, não se virem contra nós por restarmos a fazer greve. Nós estamos a reclamar a nossa dignidade profissional mas também estamos a reclamar mais qualidade para a escola pública", sublinhou à porta da escola onde trabalham 20 funcionários não docentes, mas apenas três se apresentaram ao serviço hoje.

* O ministro de Educação está numa aventura autista que parece interminável.


.
,

ATENDIMENTO
BANCÁRIO



" Bom dia. Quero saber se o meu obstrato já chigou?"

"queria o nibel da conta"

"queria um carneiro de cheques"

" a minha retrete já veio?"

"dou o meu abalo ao suscritor"

"Quero dissolver esta conta"

"Desculpe, a partir de que valor é que a conta fica negativa?"

"A sua colega que está na máquina multibanco ficou-me com as notas!"

"A máquina comeu o meu cartão Securitas!"

"O multibanco enganou-se. Posso falar com a sra que está para ali a falar dentro da máquina?"

"Queria fazer umas perguntas sobre aquele cartão "nespresso"

"estou muito nervosa, o meu cartão foi extraviolado..."

"Bom dia. Tou a chegar agora da França e venho aqui para ver se os seus chiffres batem com os meus..."

"Porque é que os cartões agora têm um chispe?"

enviado por CAMY


.
.

HOJE NO 
"DESTAK"

Acordo é do interesse de Atenas e da zona euro
 mas falta "muito trabalho" - comissário europeu 

 O comissário europeu dos Assuntos Económicos afirmou que o acordo alcançado com Atenas é do interesse da Grécia e da zona euro, mas alertou que ainda é preciso "muito trabalho" para fechar as políticas de reforma. 
 .

"Este acordo é do interesse não só da Grécia e dos cidadãos gregos, mas também é do interesse da zona euro e dos cidadãos dos países do euro", disse hoje em Bruxelas Pierre Moscovici, após a reunião do Eurogrupo onde os ministros das Finanças da zona euro decidiram prolongar o programa de Atenas por mais quatro meses (e não por mais seis, como foi pedido pelo Governo helénico).

 O comissário europeu disse, no entanto, que é preciso "trabalhar muito para acordar as políticas de reforma que vão ser a base para a avaliação" dos esforços gregos, acrescentando que, se a Europa e a Grécia "finalizarem tudo na segunda-feira, vão começar os procedimentos para a aprovação do acordo". 

* O facto é que a Grécia conseguiu este acordo.

.
.

NUNCA MAIS PONTUAVAM


.
.
 
HOJE NO
  "i"

ASAE apreende toneladas de alimentos
. em operação contra fraude alimentar

Em causa estiveram infracções no âmbito da segurança alimentar, da legislação do sector, da rotulagem e dos direitos de propriedade industrial

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu, nos últimos dois meses, milhares de quilos de alimentos no âmbito de uma operação internacional que decorreu em simultâneo em 47 países, foi hoje anunciado. 
 .

Na operação contra a fraude alimentar, a ASAE apreendeu, por exemplo, 19.700 quilogramas de carne (e produtos à base de carne), 13.400 de pescado, 1.200 de fruta e 809 de produtos lácteos, entre outros alimentos. 

De acordo com o comunicado da ASAE, hoje divulgado, foram também apreendidos 5.200 litros de bebidas espirituosas e 42 litros de água mineral e 63 litros de vinho. 

Em causa estiveram infracções no âmbito da segurança alimentar, da legislação do sector, da rotulagem e dos direitos de propriedade industrial. 

A operação internacional, na qual a ASAE participou pelo terceiro ano consecutivo, decorreu entre Dezembro e Janeiro últimos, com acções de inspecção junto de diversos operadores económicos nacionais da área alimentar ao longo de todo o circuito produtivo e comercial. 

A acção, denominada OPSON (operação conjunta da Interpol e da Europol) tem como objectivos “identificar e desmantelar redes de crime organizado envolvidas na produção e/ou comercialização de produtos alimentares objecto de práticas fraudulentas; reforçar a cooperação entre diferentes entidades e sensibilizar os cidadãos para os perigos associados à fraude alimentar, particularmente decorrentes da falsificação de géneros alimentícios”, diz-se no comunicado. 

* Para quando a ASAE indica  identidade de quem prevarica, os cidadãos têm o direito de saber quem atenta contra a saúde.

.
.


MONTRAS














.
.
HOJE NO 
"A BOLA"

Governo reprova atos 
de adeptos do Feyenoord
 
O governo holandês prometeu «apoio total para punir os culpados» em relação aos adeptos do Feyenoord que provocaram estragos numa das praças de Roma, envolvendo-se em confrontos com a polícia antes do jogo da Liga Europa, diante da Roma.
.
Recorde-se que ais de 500 adeptos do Feyenoord espalharam o caos na praça de Espanha, uma das mais emblemáticas da capital italiana, onde lançaram objetos contra a polícia.

«O futebol deve ser uma festa e não há lugar à violência», disse o embaixador holandês em Roma, Michiel Den Hond, acrescentando que as autoridades transalpinas podem contar com a colaboração total da Holanda para que os culpados sejam punidos.

* O problema do hooliganismo é que os seus membros são capazes deste vandalismo até numa partida de matraquilhos.

.
.

DECORAÇÃO


No bar do hotel SLS de Las Vegas

.
.
 HOJE NO 
"AÇORIANO ORIENTAL"

Parlamento dá honras de 
Panteão Nacional a Eusébio

Os grupos parlamentares da maioria PSD/CDS-PP, PS, PCP, BE e "Os Verdes" foram unânimes em conceder honras de Panteão Nacional ao futebolista Eusébio, falecido há cerca de um ano, aprovando a resolução conjunta na Assembleia da República.
  .
"Conceder honras de Panteão Nacional aos restos mortais de Eusébio da Silva Ferreira, homenageando o símbolo nacional, o homem solidário o futebolista e o desportista excecional, evocando o seu estatuto de verdadeiro marco na divulgação e na globalização da imagem e da importância de Portugal no Mundo", lê-se no documento.

O texto prevê a constituição de "um grupo de trabalho, composto por representantes de cada grupo parlamentar com a incumbência de determinar a data, definir e orientar o programa da trasladação, em articulação com as entidades públicas e demais instituições envolvidas, bem como os seus familiares próximos".

* Eusébio é uma honra para o mundo. Foi um "conseguimento" parlamentar.

.
.
ISLÃO
1-Algo pelo qual temos que estar 
MUITO preocupados... e ocupados!

Será o Islão a forma como o “vendem” no Ocidente, ou essa é só a sua versão “light”?

Esta é uma imagem de fervente devoção familiar

Esta é uma outra imagem da mesma fé familiar

# O Islão não é apenas uma religião nem um culto. Na sua forma mais ampla é um modo completo de vida.
# O Islão tem componentes legais, políticas, económico-sociais e militares.
# A componente religiosa será uma máscara para as outras.
#  Num país estrangeiro a islamização começa quando se atinge um número suficiente de crentes capazes de, subrepticiamente, reclamarem direitos e procedimentos religiosos.
# Quando os países de acolhimento aceitam as reivindicações, os elementos do Islão tendem a infiltrar-se em todas as estruturas do país acolhedor.

Enquanto a população muçulmana permanecer ao redor, ou menor que 2% do total de um país qualquer, ela será vista pela população local como uma minoria amante da paz, e não como uma ameaça séria aos demais cidadãos.
Estados Unidos: 0,6% de muçulmanos, Austrália: 1,5% de muçulmanos, Canadá: 1,9% de muçulmanos, China: 1,8% de muçulmanos,  Itália: 1,5% de muçulmanos, Noruega: 1,8% de muçulmanos

Quando sua população cresce entre 2% e 5%, os muçulmanos começam a buscar novos adeptos dentro de outras minorias étnicas e grupos descontentes do lugar, principalmente com recrutamentos consideráveis em presídios e em grupos marginalizados. Isto ocorre hoje em:Dinamarca: 2,0% de muçulmanos, Alemanha: 3,7% de muçulmanos , Reino Unido: 2,7% de muçulmanos , Espanha: 4,0% de muçulmanos , Tailândia: 4,6% de muçulmanos.

A partir de 5% ou próximo de população muçulmana, eles exercem uma influencia exorbitante devido à percentagem da população que representam. Por exemplo, insistirão na introdução de alimentos halal (limpos de acordo com os preceitos islâmicos), assegurando desta maneira empregos de manipuladores de alimentos reservados aos muçulmanos.
Depois pressionam as redes de supermercados à exporem os alimentos "halal" nas prateleiras - juntando com as correspondentes ameaças caso não se cumpram estes requisitos.
Estão neste estágio hoje: Franca: 8,0% de muçulmanos, Filipinas: 5,0% de muçulmanos ,Suécia: 5,0% de muçulmanos , Suíça: 4,3% de muçulmanos , Holanda: 5,5% de muçulmanos , Trinidad y Tobago: 5,8% de muçulmanos

Chegando neste ponto, trabalharão para que a autoridade governamental permita que eles possam viver sobre a “Sharia”, a Lei Islâmica (dentro de seus guetos).
O objetivo principal dos islamitas é estabelecer a Sharia no mundo todo.
O que faz a “Sharia”? Vejamos...

Bastonadas

Decepação de membros

Esmagamento de membros não importa a idade

Enforcamento

(CONTINUA NA PRÓXIMA SEXTA)


* Sabemos quanto este assunto é polémico, ainda bem. Aguardamos o contraditório de quem deseje debater com seriedade este assunto. Os acontecimentos de Paris, Bélgica ou Dinamarca são provocados por radicais islâmicos ou é o Islão que defende este radicalismo?
A sua opinião é importante.

.