sexta-feira, 31 de julho de 2015

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.










.
.


  COMO ELES


  "ASSASSINAM"!

 As provas contundentes
 de que Israel cometeu
 crimes de guerra em Rafah



* Uma produção "EURONEWS"


.
.
 DEMOCRACIA...


















.
.


13- O MARKETING
DA LOUCURA


REPARAR OS DANOS
O QUE DEVE FAZER
ÚLTIMO EPISÓDIO

Os psiquiatras dizem--nos que a forma de resolver comportamentos indesejáveis é alterando a química cerebral com um comprimido.

Mas ao contrário de um medicamento comum como a insulina, os medicamentos psicotrópicos não têm uma doença alvo mensurável para tratar, e podem transtornar o equilíbrio delicado dos processos químicos que o corpo precisa para funcionar bem.

Não obstante, os psiquiatras e as companhias farmacêuticas têm usado estes medicamentos para criar um mercado enorme e lucrativo.

E eles têm feito isto nomeando cada vez mais comportamentos indesejáveis como "perturbações médicas" que requerem medicação psiquiátrica

Mas será que estas realmente se deviam chamar doenças?

A questão é portanto:

Como é que os medicamentos psicotrópicos, sem uma doença alvo, sem poderes curativos conhecidos e uma lista longa e extensa de efeitos secundários, se transformam no tratamento indicado para todo o tipo de distúrbios psicológicos?

E como é que os psiquiatras que apoiam estes medicamentos conseguiram dominar o campo do tratamento mental?
.


* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.

.
.
HOJE NO
 "DESTAK"

Taxa de abandono precoce na educação
. em Portugal era de 17,4% em 2014

A taxa de abandono precoce de educação e formação diminuiu, em Portugal, 5,6 pontos percentuais entre 2011 e 2014, mas mantém-se acima da média da União Europeia (UE), divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE). 
 .

De acordo com dados da 4.ª edição do Retrato Territorial de Portugal, a taxa situava-se, em 2014, em 17,4% (contra 23% em 2011), acima da média dos 28 países da UE (11,1%) e ainda longe da média definida pela estratégia Europa 2020, que coloca a redução do abandono precoce de educação e formação em valores inferiores a 10%.

Essa meta, assinala o INE, "constitui também objetivo estratégico do domínio temático associado ao capital humano no âmbito do Portugal 2020". O Instituto Nacional de Estatística refere ainda que, do conjunto dos 28 países da UE, "19 já alcançaram uma taxa de abandono precoce de educação e formação inferior a 10%".

Em termos regionais, a taxa diminui em todas as sete regiões NUTS II do país mas, em 2014, nenhuma delas havia atingido o valor médio da União Europeia.

As que mais se aproximam são a região Centro (14%) e a Área Metropolitana de Lisboa (14,4%). Já nos Açores, a taxa de abandono escolar situava-se acima dos 30% e nos 20% na Madeira e Algarve.

* É o resultado da "cratiniense" política de educação.

.
.
.

5 - TEMPESTADE NEGRA



ÚLTIMO EPISÓDIO

* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.

.
 HOJE NO
 "i"

Amadora. 
Denúncias de abusos sexuais
 em colégio particular

A Polícia Judiciária recebeu denúncias de abusos sexuais num colégio particular da Amadora.

A notícia está a ser avançada pela TVI, que garante que o alegado agressor é o marido da directora deste estabelecimento de ensino.
 .

O alegado agressor teria contacto permanente com as crianças.
Os pais perceberam por causa das mudanças de comportamento das crianças.

 “Não é normal ela estar fechada dentro do quarto e encontrei-a com a mão no órgão e perguntei-lhe o que se passava, se estava assada, etc. Ela disse-me que o senhor lhe tinha feito massagens”, contou a mãe da menina em causa à TVI.

Os alegados abusos foram conhecidos agora mas o maior medo dos pais é que já tenham começado há muito tempo.

A TVI avança ainda que foi marcada uma reunião de emergência com os encarregados de educação.

* As pessoas têm o direito de saber qual o colégio.

.
.

FUNDAÇÃO 
FRANCISCO MANUEL DOS SANTOS



Carlos Farinha Rodrigues 
(Coordenador) 
Rita Figueiras
Vítor Junqueira

Este texto constitui o Relatório Final do Projecto “Desigualdades em Portugal” realizado pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) para a Fundação Francisco Manuel dos Santos. As opiniões expressas neste relatório são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não vinculam a Fundação Francisco Manuel dos Santos ou qualquer outra entidade. 

Uma leitura obrigatória para quem quiser estar informado sobre Portugal, demore o tempo que quiser a ler, mas leia, é notável este estudo.


.
.
HOJE NO
 "A BOLA"

Pequim vai receber Jogos Olímpicos
 de Inverno em 2022

Pequim foi a cidade escolhida para receber os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022. Na votação por parte do Comité Olímpico Internacional (COI), levou a melhor sobre Almaty, capital do Cazaquistão.
.
A cidade chinesa terá o ónus de ser a primeira a receber os Jogos Olímpicos tradicionais, que organizou em 2008, assim como os de inverno.

O COI decidiu ainda atribuir a Lausana, na Suíça, a organização da 3.ª edição dos Jogos Olímpico de Inverno da Juventude de 2020, em detrimento da candidatura de Brasov, na Roménia.

* Até parece que o COI aprova a ditadura chinesa

.

JOSÉ MENDES





O outro Algarve

A estrada que leva ao Farol de Sagres apresenta, ao fim de cada tarde, um invulgar movimento. Após um soalheiro dia de verão, é ver a romaria em direção à falésia que marca o fim do território europeu. São novos, velhos, adultos e crianças, grande parte estrangeiros, com um agasalho de reforço que indicia que sabem bem ao que vão. Naquele vento que dá ao lugar uma atmosfera mítica, eis que o sol inicia o seu mergulho diário, afundando-se no oceano para lá do horizonte, oferecendo aos entusiastas um inigualável pôr do sol. A multidão aguarda em silêncio, extasiada, e quando por fim a enorme bola de fogo se extingue e a luz subitamente baixa, agradece à natureza com uma simbólica salva de palmas.

Este episódio, que tive o privilégio de viver no final de semana, é bem o exemplo do potencial que "o outro Algarve" tem para para ser conhecido e rentabilizado. Nada contra o sol e a praia, que aliás é de excelência na região, mas vale a pena desfocar a atenção habitual sobre a fruta madura e olhar mais alto na copa da árvore do turismo. Foi isso que fez o município de Vila do Bispo, onde se situa Sagres. Olhou para os seus ativos com olhos de ver e vem construindo uma estratégia de afirmação alternativa, que complementa na perfeição as delícias que todos apreciamos no Algarve. Com a vantagem de combater a sazonalidade.

Para quem, compreensivamente, se espanta com a famosa onda gigante da Nazaré, é ver o espetáculo do mar a bater na rocha dura da falésia de Sagres e a elevar-se bem lá acima dos cinquenta metros, num invernal rugido da natureza digno de se apreciar. Ou, então, apetrechar-se de uns binóculos e do equipamento fotográfico, seja ele o mero iphone ou a câmara de objetiva ultralonga, e apresentar-se nos primeiros dias de outubro para participar num evento de birdwatching que atrai turistas de natureza de tantos países, ansiosos por observar os pelotões de pássaros que, em migração, retemperam energias nas cercanias de Sagres. E que dizer da refrescante atmosfera de liberdade que a comunidade do surf e do bodyboard empresta ao concelho e às praias? Os principais átrios de areia, que dão entrada ao magnífico mar, são sede de escolas que colocam miúdos e graúdos sobre pranchas, e estas sobre as ondas, numa dança que é imagem de marca desta ponta de Portugal. Os mais introspetivos podem sempre descer a falésia e caminhar ao longo da costa, pois as extensas praias quase desertas ali estão para ser usufruídas. Por fim, a gastronomia, que por estes dias eleva Vila do Bispo a capital dos percebes.

Este outro Algarve merece ser descoberto. Pode não ser para as massas, mas é certamente um magnífico diamante por lapidar. Vila do Bispo sabe disso e foi, justamente, considerado o Município do Ano Portugal 2015. Uma lição de como ser grande, sendo pequeno.

*PROFESSOR CATEDRÁTICO DA UNIVERSIDADE DO MINHO

IN "JORNAL DE NOTÍCIAS"
27/07/15

.
.
.
.

584.UNIÃO


EUROPEIA



.
HOJE NO
 "AÇORIANO ORIENTAL"

Projeto "Surf Salva" ensina socorro
 a surfistas e banhistas a 
protegerem-se do sol

As ações de formação do projeto "Surf Salva", destinadas a surfistas, sobre salvamento e suporte básico de vida a banhistas, alargam-se agora aos veraneantes com informação sobre como prevenir o cancro de pele.
 
PROMOVENDO O CANCRO DE PELE
“Este ano vamos associar mais um parceiro a estas ações que é a Liga Portuguesa Contra o Cancro” (LPCC), porque a proteção solar “é uma mais-valia” para os praticantes de surf, mas também para os banhistas, disse à agência Lusa o comandante Nuno Leitão, do Instituto Socorros a Náufragos.

Todos os anos surgem em Portugal 10 mil novos casos de cancro de pele, dos quais cerca de 800 são melanoma, a forma mais perigosa e mortal da doença.

Segundo o comandante Nuno Leitão, a segunda edição do projeto "Surf Salva" arrancou em maio, mas as ações de formação com a parceria da LPCC arrancam, no sábado, na praia de Portimão, no Algarve.

A primeira edição do projeto, que surgiu de uma parceria entre o ISN e o Lidl Portugal, envolveu 32 ações de formação que decorreram em praias de norte a sul do país e que contaram com mais de 1.100 participantes que adquiriram conhecimentos teóricos e práticos de salvamento e aplicação do suporte básico de vida.

O projeto nasceu com o objetivo de atingir cerca de 150 mil praticantes de ‘surf’, dando-lhes uma formação adequada para que sejam uma mais-valia no salvamento aquático, disse o responsável.
“Os surfistas são os primeiros a chegar à praia e os últimos a sair” e praticam a modalidade nas condições menos favoráveis para a prática balnear, mas favoráveis para a prática do surf”, comentou, sublinhando que, por estas razões, são “uma mais-valia no salvamento aquático”.

O comandante Nuno Leitão salientou a importância de dar formação aos surfistas sobre a maneira correta de resgatar um náufrago, porque “muitas vezes um mau resgate põe também em risco” as suas vidas, mas também sobre os mecanismos que devem acionar após um salvamento para que a evacuação seja feita em condições de segurança.

“Todos nós podemos salvar muito bem” e ter “todas as capacidades para poder salvar alguém no mar, mas se quando chegamos a terra nos sentimos sozinhos sem saber a quem é que havemos de ligar todo aquele sucesso que conseguimos desempenhar foi em vão”, salientou.

No ano passado, o ISN registou 80 salvamentos efetuados por surfistas que estavam na praia e ajudaram os nadadores salvadores a desempenharem os salvamentos dentro das áreas vigiadas e não vigiadas.

Este ano, em três meses de época balnear, já foram registados 31 salvamentos feitos por surfistas em praias vigiadas e não vigiadas.

“Podemos ver nestes dados estatísticos que a capacidade de aproveitarmos estes praticantes de surf para que também sejam um agente de proteção civil” e “poderem salvar melhor é uma mais-valia para Portugal, porque salva-se mais e felizmente morre-se menos”.

* Ninguém desconhece que o tabaco mata e o sol também, são voluntários p'ró cancro que o país sustenta.

.
.


O SEGREDO 
DAS COISAS

 38 -ROLAMENTOS




.
.

  II-ARQUIVOS SECRETOS


DA INQUISIÇÃO


2-LÁGRIMAS DE ESPANHA




* As nossas séries por episódios são editadas no mesmo dia da semana à mesma hora, assim torna-se fácil se quiser visionar episódios anteriores.


.
.
HOJE NO
 "DIÁRIO ECONÓMICO"

Carta rogatória para julgar Duarte Lima por homicídio já está na Procuradoria 

A Procuradoria-Geral da República (PGR) anunciou hoje ter recebido a carta rogatória das autoridades brasileiras para que o ex-deputado social-democrata Duarte Lima seja notificado para o julgamento do homicídio de Rosalina Ribeiro, ocorrido em dezembro de 2009.
.
"O pedido de notificação de Domingos Duarte Lima, acompanhado de ofício do Ministério Público Federal, datado de 28 de julho de 2015, foi recebido na PGR, por via eletrónica, nessa mesma data", indicou hoje a PGR à agência Lusa.

A PGR adianta que o pedido de notificação será agora "transmitido à Instância Central Criminal de Lisboa, para execução".

A informação sobre o envio da carta rogatória pelas autoridades judiciárias brasileiras foi avançada na madrugada de hoje pelo "Sol online", tendo sido replicada pelo jornal I que refere que Duarte Lima será intimado nos próximos dias para o julgamento pelo homicídio de Rosalina Ribeiro, morta a tiro em dezembro de 2009, em Saquarema, nos arredores de Rio de Janeiro.

Rosalina Ribeiro foi a companheira do milionário português Lúcio Tomé Feteira, falecido em 2000, e Duarte Lima era o seu advogado num processo na justiça brasileira relacionado com a herança e que envolvia também a filha do milionário português.

Anteriormente, o juiz do tribunal de Saquarema decidiu acusar e levar Duarte Lima a julgamento em tribunal de júri pelo homicídio de Rosalina Ribeiro. A decisão foi tomada pelo juiz de instrução Ricardo Pinheiro Machado, da segunda vara do Tribunal de Saquarema, no estado do Rio de Janeiro.
O pedido para a realização do julgamento perante um júri foi feito, em requerimento dirigido ao juiz, pelo advogado de defesa de Duarte Lima no Brasil, João Ribeiro Filho.

No requerimento, a que a agência Lusa teve acesso, o advogado de Duarte Lima apresentou as alegações finais, considerando que a imputação de homicídio a Duarte Lima é uma "acusação monstruosa feita de forma leviana pela autoridade policial e ratificada pelo Ministério Público".

"Não se baseia em nenhum facto verificável, mas em dados falsos e em meras presunções e especulações, em testemunhos de ouvir dizer ou em testemunhos clamorosamente falsos, como foi o testemunho da principal inimiga que Rosalina Ribeiro teve ao longo da sua vida, e sobretudo num envenenamento sistemático e manipulador dos media pela investigação, procurando dessa forma criar um facto consumado que conduzisse a uma condenação antecipada junto da opinião pública e com isso condicionar uma decisão judicial final", diz o requerimento.

Entretanto, Duarte Lima foi condenado em Portugal a 10 anos de prisão efetiva por burla qualificada e branqueamento de capitais no caso Homeland, relacionado com crédito obtido no Banco Português de Negócios (BPN) para compra de terrenos em Oeiras.

O seu advogado, Soares da Veiga, recorreu da decisão condenatória para o Tribunal da Relação de Lisboa (TRL), que ainda não proferiu acórdão.

* Como sempre, Duarte Lima é a vítima das vigarices e do possível homicídio que cometeu.

.
.
 Cuca Roseta

Fado do Contra


.
.
HOJE NO
 "CORREIO DA MANHÃ"

Museu interativo abre portas em Sintra 

Vai mostrar "mitos e lendas" da vila. 

A revelação dos "segredos" e do "romantismo e misticismo" de Sintra de forma interativa é a proposta do Centro Interpretativo Mitos e Lendas, inaugurado esta sexta-feira no Posto de Turismo local, após um investimento de 1,6 milhões de euros. 
 .

Num edifício com cinco pisos, localizado no centro histórico da vila, a expedição pelos mitos e lendas de Sintra começa logo no elevador, forrado com imagens de Sintra, ao som da floresta e luzes reduzidas. 

Promovido pela Associação de Turismo de Lisboa (ATL), em parceria com a Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa (ERT-RL) e da Câmara de Sintra, o Centro Interpretativo Mitos e Lendas inclui 17 espaços e "cruza a realidade com a ficção". 

* Uma belíssima ideia, também se aprende com a ficção


.
.

O QUE ELES INVENTAM


.
.
HOJE NO
   "OBSERVADOR"

Putin “mandou matar” 
Alexander Litvinenko em 2006

Primeiro dia de novembro, em 2006. Era uma manhã de outono, como qualquer outra. Em Londres, Alexander Litvinenko combinou encontrar-se com dois homens no Hotel Millenium, bem no coração da cidade. Ninguém faltou ao combinado. Os três beberam entraram no Pine Bar, dentro do edifício, sentaram-se à mesa e pediram um chá para ser bebido à boleia da conversa. 
 .

Horas depois, Alexander sentiu-se mal e, passados dois dias, os muitos vómitos e dores internaram-no num hospital. Vintes dias mais tarde, Litvinenko, de 43 anos, morria. A culpa, revelou a autópsia, foi do polónio-210, um químico metálico e radioativo — e também terá sido de Vladimir Putin.

O Presidente russo terá “ordenado pessoalmente” a morte de Alexander Litvinenko, um antigo espião russo que passou os últimos anos de vida em Londres, onde denunciou suspeitas de corrupção no Kremlin e criticou a atuação de Putin, que então cumpria o segundo mandato presidencial (2004-2008). Esta foi uma das alegações finais de Ben Emmerson, advogado da família de Litvinenko, ouvido esta sexta-feira no último dia do inquérito público, conduzido pela justiça britânica, ao caso. As audições começaram em janeiro.

O advogado descreveu Vladimir Putin como “um déspota cada vez mais isolado” e “um autoritário moralmente perturbado”. Emmerson, citado pela BBC, sublinhou que não existe “a menor dúvida” de que o presidente russo foi o responsável pelo envenenamento de Litvinenko. “Está diretamente implicado no crime organizado [e] a sua equipa pessoal está disposta a assassinar quem se colocar no seu caminho”, defendeu, ainda, o representante de Marina e Anatoly Litvinenko, mulher e filho do falecido espião — que trabalhou para a KGB, antiga agência de serviços secretos russos, e a FSB, entidade que lhe sucedeu após a dissolução da União Soviética, antes de colaborar com o MI6 inglês.

Marina Litvinenko, quando discurso à porta do tribunal londrino onde se ouviram as alegações finais, disse que “a verdade foi finalmente” descoberta. “Qualquer pessoa razoável que olhe para as provas apresentadas no inquérito conseguirá ver que o meu marido foi morto por agentes russos, no primeiro ato de terrorismo nuclear de sempre nas ruas de Londres”, acrescentou. O Kremlin, em comunicado, reagiu às alegações, criticando-as por “não serem o resultado de qualquer investigação”. Vladimir Putin ainda não se pronunciou sobre esta matéria.

Quanto aos dois homens que, a 1 de novembro de 2006, se encontraram com Alexander Litvinenko no hotel londrinos, nenhum foi ouvido no inquérito. O governo russo sempre recusou extraditar Andrei Lugovoi e Dmitry Kovtun, também ex-agentes dos serviços secretos do país. O The Guardian escreve que, no inquérito, foram apresentadas provas que ligavam ambos a “um rasto de polónio”, substância que envenenou Litvinenko, durante três visitas que fizeram a Londres.

* Putin mandaria mesmo matar a senhora que o pariu, não dizemos mãe porque de um bandido destes ninguém deve querer ser mãe.

.
.


RESOLVA


O PUZZLE


Moeraki Boulders, New Zealand



.
.
HOJE NO
 "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Todos os meses 500 trabalhadores 
da construção regressam de Angola 

Sindicalista alerta que muitos dos que agora estão a vir de Angola para Portugal "vão ter que acabar por regressar outra vez, porque em Portugal não há trabalho. 
 .

O Sindicato da Construção disse esta sexta-feira que todos os meses regressam de Angola para Portugal 500 emigrantes que trabalham no setor. "Só de trabalhadores ligados à construção estão, desde há cerca de três meses, a regressar de Angola 500 por mês e isto vai aumentar muito mais se não forem tomadas medidas", afirmou o presidente do sindicato.

Segundo Albano Ribeiro, há salários em atraso em "mais de 200" empresas portuguesas que ali operam. E "há muitos mais de outros setores também a regressar".

Comentando um relatório da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que hoje avisa que a quebra de exportações para Angola e Brasil pode motivar o regresso de inúmeros trabalhadores de empresas portuguesas a Portugal, pressionando a Segurança Social e a recuperação económica, Albano Ribeiro considerou que "não é nada de novo" e anuiu que levará o desemprego em Portugal a "aumentar muito mais".

"Ainda hoje pedimos uma audiência urgente com o secretário de Estado das Comunidades, porque há situações de até quatro salários em atraso em Angola e já há trabalhadores que nem lá, nem aqui conseguem sobreviver", afirmou.

De acordo com o dirigente sindical, face à hipótese colocada por estes trabalhadores de recorrerem à greve ou rescindirem o contrato, "as empresas estão a dizer-lhes que, nesse caso, vão para Portugal pelos seus próprios meios, pagando eles próprios a viagem de avião".

"Como não têm dinheiro para o fazer, não vêm, ficando numa situação muito delicada", disse.

Segundo o presidente do Sindicato da Construção, em causa estão "200 e tal empresas [do setor] que foram à falência em Portugal, deixando mais de 220 milhões de euros de dívidas, e que agora estão a fazer isso em Angola a milhares de trabalhadores".

Contudo, alerta o sindicalista, muitos dos que agora estão a vir de Angola para Portugal "vão ter que acabar por regressar outra vez, porque em Portugal não há trabalho e um operário qualificado ganha 545 euros, quando lá ganha, no mínimo, 2.000 euros por mês".

Por outro lado, refere Albano Ribeiro, as obras que estavam em curso em Angola "vão ter que ser retomadas, porque são muitas pontes, autoestradas e habitações que foram destruídas na guerra, o que vai criar, ainda, muitos mais milhares de postos de trabalho".

Contudo, tal acontecerá apenas quando for ultrapassada a atual situação económica local e a situação deixar de estar "instável" como neste momento.

Entretanto, disse, "já há construtoras portuguesas que estão a direcionar-se para outros mercados, como Moçambique, onde não têm problemas nenhuns".

* Há muito tempo avisámos neste blogue de que josé eduardo dos santos iria encetar como  estratégia terrorista o novo retorno dos portugueses 41 anos depois, estamos no ensaio geral.


.
.
HOJE NO
 "RECORD"

Saltadora com vara austríaca fica paraplégica 

A jovem saltadora com vara austríaca Kira Gruenberg ficou paraplégica após lesão grave sofrida quinta-feira durante o treino, revelou esta sexta-feira o seu agente. 
 .

A atleta de 21 anos caiu sobre a cabeça e pescoço na caixa de salto durante um treino em Innsbruck, ao qual assistiam os seus pais, sendo que o progenitor é o seu treinador, que a estava a preparar para tentar disputar os Mundiais de agosto, em Pequim.

Cirurgiões da clínica universitária de Innsbruck operaram a atleta durante várias horas e anunciaram que várias vertebras cervicais de Gruenberg foram fraturadas.

"Depois de termos diagnosticado paraplegia antes da operação, a paciente foi sujeita a intervenção cirúrgica de emergência de modo a estabilizar a coluna vertebral e evitar maiores danos", disse a clínica, em comunicado.

Gruenberg vai permanecer em terapia intensiva e os médicos vão realizar vários testes nas próximas semanas para avaliar a sua evolução.

"O caminho que espera a Kira vai ser longo e difícil", admitiu o seu agente.

Em 2014, Kira Gruenberg fixou o recorde da Áustria em 4,45 metros, durante os Europeus de Zurique, Suíça.

* Uma tragédia pessoal de consequências imprevisíveis.

.

REMÉDIO »»» HOMEM







INDICAÇÕES:
Homem é recomendado para mulheres em geral. Homem é eficaz no controle do desânimo, da ansiedade, irritabilidade, mau-humor, insônia, etc....

POSOLOGIA E MODO DE USAR:
Homem deve ser usado pelo menos três vezes por semana. Não desaparecendo os sintomas, aumente a dosagem ou procure outro. Homem é apropriado para uso externo ou interno, dependendo das necessidades da mulher.

PRECAUÇÕES:
Mantenha longe do alcance das amigas.
Manuseie com cuidado, pois o Homem explode sob pressão, principalmente quando associado a álcool etílico.
É desaconselhável o uso imediatamente após as refeições.

APRESENTAÇÃO:
Mini, Midi, Plus ou Super Mega Maxi Plus

CONDUTA DE OVERDOSE:
O uso excessivo de Homem pode produzir dores nas ancas, dores abdominais, entorses, contraturas lombares, assim como ardor na região pélvica. Recomenda-se banhos de assento, repouso, e contar vantagem para a melhor amiga.

EFEITOS COLATERAIS:
O uso inadequado de Homem, pode acarretar gravidez e acessos de ciúmes.
O uso concomitante de produtos da mesma espécie pode causar enjoo, fadiga crônica e, em casos extremos, lesbianismo.

PRAZO DE VALIDADE:
O número do lote e a data de fabricação, encontram-se no Bilhete de identidade e no cartão de crédito.

COMPOSIÇÃO:
Água, tecidos orgânicos, ferro e vitaminas do complexo P.
Atenção: não contém SIMANCOL.

CUIDADO:
Existem no mercado algumas marcas falsificadas, a embalagem é de
excelente qualidade, mas quando desembrulhado, verifica-se que o produto não fará efeito nenhum, muito pelo contrário, o efeito é totalmente oposto, ou seja, além de não ser eficaz no tratamento das mulheres, podem agravar os sintomas e até inibindo o efeito do medicamento correto.

INSTRUÇÕES:

1 - Ao abrir a embalagem, faça uma cara neutra: não se mostre muito empolgada com o produto. Se fica muito seguro de si, o homem não funciona bem e vive dando defeito.

2 - Guarde em local fresco (homem fedorento não dá) e seguro (não esqueça que ele é o sexo frágil).

3 - Deixe fora do alcance daquela vizinha loira e sorridente. Ela pode fazer um estrago no seu produto.

4 - Para ligar, basta uns beijinhos no pescoço pela manhã. Para desligar, providencie uma noite de sexo. Ele dorme feito uma pedra e não diz nem boa noite (falta de educação é um defeito de fábrica).

5 - Programe-o para assinar os talões de cheque sem fazer muitas perguntas.

6 - Carregue as baterias três vezes por dia: café da manhã, almoço e jantar. Mais do que isso provoca pneuzinhos indesejáveis.
 .
7 - Em caso de defeito, algumas táticas costumam dar certo: Comece escondendo o controle remoto. Se a falha persistir, cancele o futebol do fim de semana e o chope com os amigos.
Mas se o problema for grave mesmo, é preciso tratamento de choque: a única solução é greve de sexo.

8 - Coisas que ele sabe fazer bem (trocar lâmpada, abrir vidro de palmito, azeitonas e maionese, abrir latas em geral, trocar pneu, carregar malas, pregar pregos na parede, trocar torneiras, chuveiros etc ) devem ser estimuladas.

ATENÇÃO:
Homem não tem garantia e todas as espécies são sujeitas a defeitos de
fábrica, como deixar toalha molhada na cama, urinar na tampa da privada, deixá-la levantada, fazer bagunça, espalhar as coisas,criticar, reclamar, se auto-exaltar, beber demais, comer cebola, esquecer datas de aniversário, roncar, etc....

Não existe conserto. A solução é ir trocando até que se ache a fórmula ideal, recentes pesquisas informam que ainda não foi INVENTADA; mas não custa tentar.


.
.
HOJE NO
 "JORNAL DE NOTÍCIAS"

Pharol avança com processos 
contra ex-administradores

Os acionistas da Pharol (43% do capital representado) estiveram reunidos esta tarde em Lisboa, em assembleia-geral de acionistas, para votar a proposta do Conselho de Administração de colocar uma ação de responsabilidade contra ex-administradores da empresa devido a investimentos na Rioforte, do Grupo Espírito Santo (GES).


Questionado no final da reunião magna, que durou cerca duas horas, sobre se Henrique Granadeiro fazia parte da lista dos antigos administradores da PT SGPS que vão ser alvo de um processo, o presidente do Conselho de Administração da Pharol, Luís Palha da Silva, escusou-se a dar nomes, defendendo a privacidade dos mesmos.

"Essa lista está em aberto, não exatamente por falta de definição", disse, apontando duas razões.
Por um lado, disse, esta assembleia-geral não é um tribunal, "um sítio onde se faz um julgamento, há que respeitar a privacidade das pessoas".

Por outro, "podem sempre somar-se ou retirar-se algumas das pessoas que atualmente fazem parte da nossa lista. Não vou entrar em mais nenhuma concretização", acrescentou.

Questionado sobre quantas ações judiciais vão avançar, Luís Palha da Silva foi perentório: "Tantas quantas se revelarem necessárias, dependendo da nossa lista".
"Obviamente, é uma ação conjunta", acrescentou.

Luís Palha da Silva, que falou pela primeira vez aos jornalistas desde que assumiu funções como presidente da Pharol, salientou que há um "dano objetivo verificado na sociedade por determinadas decisões de investimento".

E "nós pretendemos que quem se venha a considerar responsável indemnize a empresa por essas perdas, nada mais do que isso", sublinhou.

Questionado quando é que as ações deverão entrar em tribunal, o presidente do Conselho de Administração da Pharol disse esperar que tal não seja demorado.

No final de junho do ano passado, foi tornado público que as aplicações na Rioforte, datadas de abril de 2014, ascendiam no seu conjunto a 897 milhões de euros. Estes instrumentos de dívida acabariam por vencer a 15 e 17 de julho do mesmo ano, sem a PT SGPS conseguir obter aquele montante.

A situação culminaria na saída de Henrique Granadeiro, na altura presidente executivo e do conselho de administração da PT SGPS, a 7 de agosto do ano passado, e mais tarde de Zeinal Bava da Oi.
Esta foi primeira assembleia-geral da Pharol (antiga PT SGPS) desde que mudou de nome e com Luís Palha da Silva como presidente.

* A acção é mais que óbvia, os amiguinhos de Ricardo Salgado coniventes em negócios escuros, não podem ficar impunes.

.
.

QUE PONTARIA


.
.
HOJE NO
 "JORNAL DE NEGÓCIOS"

Gasolina e gasóleo com descidas até
 três cêntimos na próxima semana

Vem aí uma nova redução dos preços de vendas dos combustíveis, depois de uma semana marcada por quedas na cotação do petróleo. Há margem para que se registem, no arranque da próxima semana, quedas de até três cêntimos por litro.
 .
Muitos portugueses partem este fim-de-semana para as férias. Abasteceram os automóveis com combustíveis mais baratos, já que nas últimas semanas os valores de venda nos postos de abastecimento nacionais têm vindo a descer. Uma poupança maior só se atestar no arranque da semana altura em que, tendo em conta a queda do petróleo nos mercados internacionais, gasolina e gasóleo voltam a baixar. Há margem para reduções até três cêntimos por litro.

O petróleo manteve, esta semana, a tendência de queda das últimas semanas. Tanto o West Texas Intermediate, nos EUA, como o Brent, no Reino Unido, estão em "mercado urso" (perderam ambos mais de 20% face ao último máximo), com o primeiro a cotar nos 47,7 dólares e o Brent nos 52,8 dólares. Desempenhos que se têm feito sentir também nas cotações da gasolina e do gasóleo, nos mercados.

A gasolina, que durante semanas disparou perante a procura elevada registada nos EUA, está a corrigir. O preço médio semanal da tonelada métrica deste combustível, que é o considerado na actualização dos valores de venda nos postos, caiu 4,94% para 581,06 euros. Uma descida acentuada que deverá traduzir-se, no arranque da semana, numa redução entre 2,5 e três cêntimos por cada litro deste combustível.

A pressão nas cotações foi igualmente registada no gasóleo, embora neste caso de forma menos expressiva. O preço médio nos mercados encolheu em 3,93% para 446,14 euros por tonelada métrica, evolução que de acordo com os cálculos realizados pelo Negócios permitirá aos consumidores pouparem entre 1,5 e dois cêntimos no preço deste combustível a partir do arranque da próxima semana.

O gasóleo poderá, desta forma, passar a apresentar um preço médio na ordem dos 1,215 euros por litro, tendo em conta que de acordo com os dados da Direcção-Geral de Energia e Geologia, referentes à última semana, o "diesel" estava a ser vendido a 1,233 euros. A gasolina estava a custar 1,539 euros, pelo que com a redução antecipada poderá passar a ser comercializado em valores em torno dos 1,51 cêntimos, em média.

* Apesar de tudo os automobilistas continuam a ser assaltados

.