sexta-feira, 18 de abril de 2014

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.













.
.



 O QUE NÓS


DIMINUIMOS!




QUANTO VAI CRESCER A




.
.
 OS DONOS
DA TROIKA/2




















.
.
 CRUCIFICAÇÃO

  MATTHIAS GRÜNEWALD

GAUGIN

 REMBRANDT


RAFAEL SANZIO

EMIL NOLDE

MICHEL ANGELO

EL GRECO


VELASQUEZ

PICASSO

DALI

.

HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"

Obama promulga lei que priva
. embaixadores na ONU de obterem vistos 

Os Estados Unidos comunicaram ao Irão, na semana passada, que a escolha de Teerão para o posto de embaixador da República Islâmica na ONU "não era viável". 


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, promulgou esta sexta-feira uma lei que priva os embaixadores nas Nações Unidas (ONU) de países considerados ameaças para os Estados Unidos, ou "envolvidos em atividades terroristas", de obterem visto de entrada. 

Num comunicado publicado esta sexta-feira, Barack Obama sublinha que a interdição promulgada deve ser vista como uma "recomendação", para que não entre em contradição com o poder constitucional de aceitar ou não as credenciais de um embaixador. 

A lei aprovada pelo Congresso norte-americano a 10 de abril proíbe a entrada em solo dos Estados Unidos de "qualquer representante nas Nações Unidas, incluindo o presidente, que tenha feito parte de atividades terroristas visando os EUA, ou os seus aliados, ou que possa representar uma ameaça para a segurança nacional norte-americana".

* A lei seria boa se os USA não fossem responsáveis pelo maior e execrável "terrorismo de Estado" que dificilmente poderemos imaginar, dois pequeninos exemplos: a invasão do Iraque e as escutas da NSA.

.
.

CASAMENTO INFANTIL 
EM MOÇAMBIQUE

video


UMA PRODUÇÃO SEC XXI - ONU



.
.
HOJE NO
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

Maiores produtores na África Ocidental 
sem capacidade para responder às encomendas 
Preço dos chocolates 
não para de aumentar 

A procura mundial por chocolates está a aumentar ao ritmo mais rápido dos últimos três anos, deixando os maiores produtores na África Ocidental sem capacidade para responder às encomendas, o que torna os chocolates mais caros para os consumidores. 

As sementes de cacau, a base dos tradicionais chocolates usados nesta quadra pascal, subiram em março para o preço mais alto dos últimos 30 meses, obrigando os vendedores a refletir este aumento no preço pago pelos consumidores, de acordo com a consultora Euromonitor International, citada pela agência financeira Bloomberg. 


 Um exemplo dado pela agência de notícias financeiras encontra-se no Reino Unido, e revela um aumento de preço do chocolate em bruto na ordem dos 18% só nos primeiros quatro meses deste ano, o que resulta num aumento de 50% no preço final pago pelos consumidores britânicos face ao ano passado. 

De acordo com as estimativas feitas por 14 analistas contactados pela Bloomberg, o preço do chocolate pode subir 6,3% até ao final do ano, o que seria o valor mais alto desde julho de 2011. 

 De acordo com a Organização Internacional de Cacau, o preço nos Estados Unidos da América da manteiga de cacau, responsável por cerca de 20% de uma barra típica de chocolate, subiu 86% nos 12 meses terminados em abril, e os outros ingredientes, como o leite, também continuaram a subir nos Estados Unidos e na Europa. 

Apesar do aumento da produção global de cacau, o que acontece pela primeira vez em três anos, para 4,104 milhões de toneladas entre setembro de 2013 e setembro deste ano, isso não é suficiente para satisfazer as necessidades dos processadores, que deverão usar 4,178 milhões de toneladas.

 "A longo prazo, se realmente continuarmos a ver os grãos de cacau a serem sugados para a Ásia, e se por isso se tornarem mais escassos, então os preços vão inevitavelmente subir", disse um analista do Exobank, lembrando que o aumento do processamento do chocolate na Ásia anda pelos 4% ao ano, contra 1% na Europa e que, assim sendo, "até pode ser que o cacau se torne outra vez um produto de verdadeiro luxo, como o champanhe".

 * Comprar vai ser mais amargo.


.
.


 5-UM POEMA

POR SEMANA



CEASÁRIO
VERDE



O SENTIMENTO DE


UM OCIDENTAL


video



dito por


TIAGO BARBOSA




.
.
.
.

HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Doente pode vir a usar medula óssea 
de Carla Matadinho

A antiga manequim tornou-se dadora de medula óssea há quatro anos. Agora foi informada que alguém compatível consigo precisa das suas células. 

"Ontem à tarde ligaram-me do Registo Português de Dadores de Medula Óssea a dizer que há uma pessoa compatível comigo e que precisa agora das minhas células. Por isso gostava de partilhar convosco esta história.

Queria que soubessem que que não custa nada, e ao ler este meu testemunho todos vocês pensassem também na possibilidade de se tornarem dadores e assim quem sabe mudar o destino de alguém que tem a infelicidade de passar por uma doença tão cruel como Leucemia", escreveu Carla na sua página do Facebook.

Matadinho já fez as análises que permitirão confirmar ou não a compatibilidade: "Estou a aguardar serenamente o resultado e espero que seja confirmada toda a compatibilidade necessária para podermos passar à próxima fase: doar algumas células da minha medula e poder ajudar alguém que pode ter a vida em risco".

* Carla Matadinho deve estar super feliz por proporcionar uma nova vida a alguém.

.

EVA GASPAR

.



Guerra escondida 
nas europeias

Pelo segundo ano consecutivo, os Governos de todo o mundo gastaram em 2013 menos em defesa (-1,9%), consagrando-lhe, ainda assim, o equivalente a 2,4% do que se produz no planeta. Continuando a ser quem mais gasta – 37% do total mundial – os Estados Unidos foi quem voltou a cortar mais (-7,8%) e a intenção do secretário de Estado da Defesa, Chuck Hagel, é reduzir progressivamente os gastos militares norte-americanos à dimensão anterior à II Guerra Mundial.

Na Europa, a tendência de contenção prossegue. No Reino Unido, mas sobretudo em França, o país da União Europeia que investe mais neste domínio, sendo responsável por 3,3% dos gastos mundiais. Já a Alemanha tem subido ligeiramente o seu orçamento de defesa, não impedindo que, hoje, os três "grandes" da Europa representem menos de 10% do orçamento do mundo em homens e máquinas de fazer guerra que, em muito lugar, têm servido para manter ou repor a paz.

Visto o planeta por estas lentes saltam à vista duas tremendas excepções: China e Rússia. Na última década, os gastos militares de Pequim cresceram 170%, acima do crescimento acumulado da economia, de 140%. Os de Moscovo escalaram 108%, mais do que duplicando os 40% que a economia cresceu entre 2004 e 2013. Pela primeira vez, a Rússia consagrou no ano passado uma maior fatia do seu PIB à defesa do que os Estados Unidos. A China é hoje responsável por 11% do total dos gastos militares do mundo; a Rússia por 5%.

Estes dados foram publicados nesta semana pelo Stockholm Internacional Peace Research Institute. Junte-se-lhes o que está programado nos Orçamentos deste ano: a China gastará mais 12% do que no ano anterior; a Rússia mais 18%.

Agora, olhe para a Ucrânia; pense nos Bálticos onde vivem amplas minorias russas; lembre-se de Kaliningrado, enclave russo no coração da nova União Europeia; e tenha em mente que, por razões várias, os Estados Unidos não querem - talvez não possam - continuar a ser o polícia do mundo. Sobretudo da Europa.

"A nova geração que está no Congresso não viveu a guerra fria. Acha que os europeus têm de fazer mais pela sua segurança e que os Estados Unidos não podem continuar a subsidiar o crescimento e o Estado social europeu como fazem há três décadas", alertou recentemente João Mira Gomes, o embaixador de Portugal na NATO.

Recorde-se agora da triste certeza de Kennedy: "Não é lamentável que só possamos obter a paz preparando-nos para a guerra?".

E agora pergunte a Governos e candidatos ao Parlamento Europeu: como tencionam explicar aos eleitores que, nos próximos cinco anos, muito provavelmente a Europa terá de gastar mais em defesa enquanto corta em prestações sociais?

A não-resposta é sempre uma alternativa. E esta não seria a primeira eleição em que os candidatos se envolvem em inflamadas disputas sobre não-assuntos para se livrarem dos inevitavelmente incómodos e incontornavelmente centrais.

* Redactora Principal 

IN "JORNAL DE NEGÓCIOS"
17/04/14


.
.



154.UNIÃO



EUROPEIA



.
.
HOJE NO
"RECORD"

Golfista lança-se a um lago 
para fugir de 40 abelhas

video


"Foi incrível o que aconteceu hoje. Fui atacado por 40 abelhas no quinto buraco. Nunca estive tão assustado a jogar golfe", revelou Pablo Larrazabal, durante o Open da Malásia. O golfista espanhol envolveu-se num episódio insólio, como o próprio descreveu, e acaba num lago em Kuala Lumpur.

* Safa

.
.
 OS DONOS
DA TROIKA/1




















.
.


 2-ARQUITECTURAS

NO MUNDO

XANGAI

video



Arquitetos de renome passeiam por fascinantes cidades e mostram, com base em um olhar bastante singular, características arquitetônicas e urbanísticas que passam despercebidas a quem as visita pela primeira vez. Descubra as particularidades destas cidades que encantam por sua beleza arquitetônica.
Cada arquiteto analisa uma cidade e explica o que constitui uma área urbana. Analisa-se a importância de áreas geográficas, bairros, eventos tradicionais e contemporâneos, bem como a lógica histórica e arquitetônica. Inclui temas da geografia e arquitetura, fotos e sequências de 13 arquitetos, suficientes para se entender o que compõe cada cidade: o tecido do espaço urbano e da paisagem, um lugar para viver.


UMA SÉRIE INTERESSANTÍSSIMA, NÃO PERCA.


FONTE: Docspt Arte


.
.
HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Número total de desempregados 
inscritos caiu 6,1% em março

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego diminuiu 6,1% em março, face ao período homólogo, estando inscritas 689.825 pessoas ao todo, segundo o Instituto do Emprego e Formação Profissional. 

De acordo com os dados do IEFP relativos a março, também se verificou uma queda face ao mês anterior, de 1,6%, o que representa menos 11.129 desempregados inscritos nos centros de emprego.
Estas 689.825 pessoas inscritas correspondem a 73,6% do total de pedidos de emprego registados no IEFP, que ascendem aos 936.858 pedidos. 

Numa análise por género, os números indicam uma quebra anual do desemprego que foi mais acentuada nos homens (-7,4%) do que nas mulheres (-4,7%). 

Quanto à idade, o desemprego entre os adultos caiu em março 7,1%, em relação ao mesmo mês de 2013, mas o desemprego entre os jovens continuou a subir (1,6%) nesse período. 

Olhando para a duração da inscrição, o número de desempregados inscritos há menos de um ano caiu 14,7% em março comparando com o período homólogo, ao passo que o número dos que estão inscritos há um ano ou mais (desemprego de longa duração) aumentou 5,3%. 

Segundo os dados do IEFP, também diminuiu o número de casais em que ambos os conjuges se encontravam desempregados em março tendo-se registado uma queda de 3,4% face ao mesmo mês de 2013 e uma queda de 2,8% face a fevereiro. 

* O IEFP não  faz as contas aos desempregados que deixaram de ter vínculo ao organismo, quer por deixarem de receber subsídio, quer por desanimarem no que respeita à pobreza franciscana dos trabalhos que propõe ou por terem emigrado, um dos truques para mostrar estes resultados é não cruzar dados com outros organismos.


.
.
Lee Williams
Jesus Will Fix It

video



.
.

HOJE NO
"PC guia"

MIT desenha central nuclear flutuante

Cientistas do MIT estão a desenvolver o projecto de uma central nuclear flutuante, para ser ancorada a uma distância de cerca de 11 quilómetros de qualquer costa, de forma a prevenir desastres como o de Fukushima, Japão.

video

Os cientistas estimam que esta distância da costa reduz o risco da central nuclear ser atingida por tsunamis e por terramotos. Outra das vantagens da central nuclear flutuante é a de poder utilizar a água do mar para arrefecer os reactores em caso de desastre.

O projecto do MIT prevê que a central nuclear flutuante fique ligada à costa através de um cabo submarino que conduzirá a electricidade.

O projecto vai ser apresentado esta semana na Small Modular Reactors, uma conferência organizada pela Sociedade Americana de Engenheiros Mecânicos.

* Tecnologia a bem das pessoas

.
.



 O UNIVERSO

video



.
.
HOJE NO
"PÚBLICO"

 A nova sensação da Internet é um 
drone da Marinha que fez “plof” 

O ministro da Defesa estava lá para ver, mas nada correu bem na viagem inaugural do pequeno AR4 Light Ray.

Nos últimos dias foram notícia em Portugal o plano de cortes do Governo para 2015, a nova taxa que o Executivo quer impor sobre a chamada “comida de plástico” e a eliminação com estrondo do FC Porto às mãos do Benfica na Taça de Portugal. Todas tiveram honras de citação nalguma imprensa internacional. Todas e mais uma: a do novo drone da Marinha portuguesa que falhou a viagem inaugural e se afundou — igualmente com estrondo — nas águas do Tejo ao fim de dois segundos no ar. O vídeo no YouTube que documenta o momento tornou-se rapidamente viral e somou mais de 300 mil visualizações em poucas horas.
 .
Aconteceu na última quarta-feira, durante uma visita do ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, à Base Naval de Lisboa para a cerimónia que oficializou a entrega do primeiro veículo aéreo não tripulado da empresa tecnológica Tekever à Marinha portuguesa. Na primeira demonstração pública do AR4 Light Ray, contudo, nada saiu bem e a pequena aeronave caiu de nariz na água logo após ser lançada.

Foi erro humano, justificou a Marinha, provocado por um fuzileiro menos prudente que não evitou que o elevador de descolagem do drone batesse no seu corpo, o que desequilibrou a aeronave e a fez ir ao fundo.

Assim parece ter sido. É que à segunda tentativa tudo correu como previsto e um segundo vídeo entretanto partilhado pela Tekever na sua página de Facebook mostra as imagens captadas pelo pequeno AR4 Light Ray em pleno voo, na sua curta missão de reconhecimento sobre o Alfeite.
Aguiar-Branco — acompanhado pelo chefe do Estado-Maior da Armada, Macieira Fragoso — terá gostado do que viu e previu mesmo que o aparelho "vai ser altamente eficaz nas missões que a Marinha tem de cumprir". Mas não passou ao lado do incidente: "Isto justifica que é sempre necessário investir muito no treino para que na hora certa as missões não falhem", observou o ministro.

O drone comandado remotamente — que poderá ser usado em missões de busca e salvamento, fiscalização das pescas e apoio ao combate à poluição e à segurança marítima — não tem custos para a Marinha e a sua cedência insere-se num plano de colaboração mais vasto que prevê o desenvolvimento de vários projectos de I&D entre as duas entidades. E nem sequer é a primeira parceria da empresa tecnológica portuguesa com autoridades de segurança nacionais. Em finais de 2013, a Tekever foi também notícia pela venda, por cerca de 200 mil euros, de dois destes drones à PSP. 

* Estamos desejosos que o governo imite o drone e faça "plof"



.
.


A FÉ PODE  
TER GRAÇA

































.
.
HOJE NO
"i"

Despir a farda para sobreviver. Polícias que trabalham na clandestinidade

Associações dizem que há milhares de agentes da PSP e militares da GNR a trabalhar por fora. E às escondidas, porque a lei não permite
 .
Trabalham às escondidas. São polícias a tempo inteiro, mas nas horas vagas despem a farda e passam a ser mecânicos, taxistas ou operários da construção civil. A GNR e a PSP não os deixam ter actividades paralelas e, além de se desdobrarem para conciliar horários, têm de garantir que não são apanhados.

Lourenço faz pelo menos duas directas por semana e conduz um táxi pelas ruas de Lisboa à noite. João trabalha numa oficina de carros e os vizinhos chegaram a ser interrogados por um oficial da GNR que andou desconfiado.

Ricardo montou uma firma de pequenas reparações com outro colega da PSP. Os três escondem a identidade com nomes fictícios para poderem contar as suas histórias.

Os sindicatos das duas principais forças de segurança garantem haver mais casos e que o número de polícias com actividades paralelas está a aumentar. Dizem que por culpa dos cortes e dos salários baixos é cada vez mais difícil encontrar polícias a tempo inteiro.

Os regulamentos da GNR e da PSP admitem que um agente ou um militar tenham um part-time, desde que a actividade não seja considerada incompatível com as funções policiais e mediante autorização superior.

Mas boa parte dos polícias vêem os pedidos negados e muitos nem sequer os fazem, por adivinharem que vão ser negados ou simplesmente por vergonha. Acabam a trabalhar na clandestinidade, sem recibos nem descontos e com medo de serem apanhados.

* Os agentes da PSP e GNR viram o dinheiro que levam para casa reduzido em quase 40%, se proíbem estas pessoas de ter um segundo emprego porque os deputados do país não dão o exemplo, ainda ontem PSD, PS e CDS votaram contra o regime de exclusividade dos parlamentares?! 
Afinal o povo tem mais confiança nos agentes.



.
.

TEMPESTADE HERCULES NA PONTA DE SAGRES

video

Filmado em SAGRES, no dia 8 de Janeiro 2014, durante a Tempestade Hércules que atingiu a costa portuguesa.
A rocha (Fortaleza de Sagres) tem cerca de 40 metros de altura.



.
.
HOJE NO
"A BOLA"

Schumacher erraram

A imprensa alemã defende que os paramédicos que atenderam Schumacher, quando o piloto alemão sofreu o grave acidente de esqui (29 de dezembro), erraram.

De acordo com o semanária alemão Stern, os paramédicos que acudiram Schumacher erraram no diagnostico inicial e atrasaram o internamento do piloto do hospital correto.

O problema reside alegadamente no facto da equipa médica não ter percebido a gravidade das lesões cerebrais do piloto, tendo sido perdido um tempo vital neste tipo de lesões.

Schumacher acabou por ser transportado inicialmente para o Hospital de Moutiers, isto quando deveria ter sido levado para Grenoble, onde está atualmente. 

* Pode ser uma calúnia.


.
.

OS CAVALEIROS

DO ASFALTO
















.
.
HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS
DA MADEIRA"

Desemprego aumenta na Madeira 

Em Março estavam registados 23.447 pessoas no Instituto do Emprego, mais 1,3% que em Fevereiro

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego diminuiu 6,1% em março, face ao período homólogo, estando inscritas 689.825 pessoas ao todo, segundo o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP). Na Região Autónoma da Madeira estavam registados 23.447 desempregados, uma diminuição de 5,3% face a Março de 2013 (24.769).


De acordo com os dados do IEFP relativos a março, também se verificou uma queda face ao mês anterior, de 1,6%, o que representa menos 11.129 desempregados inscritos nos centros de emprego. Na Madeira, os dados apontam para um aumento de 1,3% face ao mês anterior (23.137), sendo que nos dois casos (mês anterior e homólogo), o aumento e a diminuição, respectivamente, ficaram abaixo da média nacional.

Estas 689.825 pessoas inscritas correspondem a 73,6% do total de pedidos de emprego registados no IEFP, que ascendem aos 936.858 pedidos.

Numa análise por género, os números indicam uma quebra anual do desemprego que foi mais acentuada nos homens (-7,4%) do que nas mulheres (-4,7%).

Quanto à idade, o desemprego entre os adultos caiu em março 7,1%, em relação ao mesmo mês de 2013, mas o desemprego entre os jovens continuou a subir (1,6%) nesse período.

Olhando para a duração da inscrição, o número de desempregados inscritos há menos de um ano caiu 14,7% em março comparando com o período homólogo, ao passo que o número dos que estão inscritos há um ano ou mais (desemprego de longa duração) aumentou 5,3%.

Segundo os dados do IEFP, também diminuiu o número de casais em que ambos os conjuges se encontravam desempregados em março tendo-se registado uma queda de 3,4% face ao mesmo mês de 2013 e uma queda de 2,8% face a fevereiro.

* Os números sobem e descem, sinais de instabilidade no país.

.