sexta-feira, 4 de abril de 2014

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

 .

1 - CONVERSA DE GALOS

 Diz um galo para outro:
- Vamos ao talho?
O outro galo, com ar muito surpreendido e aterrorizado, pergunta:
- Fazer o quê?
- Daaahhh!... Ver galinhas nuas!...




.
.

O QUE NÓS



PULHÍTICAMOS!



video


Esta vídeo-montagem concebida pelo PS de frases do sr. Primeiro-ministro é verdadeira, as afirmações são dele, as aldrabices também. Mas atenção PS, esta vídeo-fantochada não faz com que os portugueses se esqueçam das sacanagens dum grande malandro socialista  chamado José Socrates, cujo nº2 da sua lista de sequazes, Silva Pereira, foi agora integrado na lista de candidatos às eleições europeias.
Obrigadinho pelo vídeo, aguardamos com curiosidade a resposta laranja.

.
.


LUSITANÍSSIMO





.
.

 TRASPARÊNCIA


















.
.


HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Prestação da casa fica mais cara 
para todas as famílias

Os encargos mensais dos empréstimos à habitação revistos em Abril sofrem agravamentos ligeiros: entre 0,4% e 0,9%.
.
As famílias que revirem a taxa de juro dos empréstimos da casa este mês vão passar a pagar uma prestação mais alta. A boa notícia é que o agravamento não será muito elevado, e mesmo no máximo não irá atingir 1%. 

A principal novidade face às mais recentes revisões é que esta subida será transversal à generalidade das famílias, já que também atinge as que têm créditos associados à Euribor a 12 meses. Há quatro anos que isso não acontecia.

* Mas a maior novidade é que os juros em Maio voltam a subir, também "ligeiramente



.
.

 AUTOMÓVEIS COM

PODER DE DECISÃO


video


UMA PRODUÇÃO EURONEWS


.
.

HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"

Aberto inquérito a casos de empresas privadas em escolas públicas 

Encarregados de educação eram convencidos a pagar formação extra de inglês. 

O Ministério da Educação, tendo por base "factos já detetados em diligências sumárias", vai abrir um inquérito à presença de empresas privadas em escolas públicas com o objetivo de vender formações extracurriculares de inglês.


 "Os factos já detetados em diligências sumárias terão que ser aprofundados em sede de um processo de inquérito", informou o Ministério da Educação e Ciência (MEC), em resposta à agência Lusa, relativamente aos resultados das averiguações da Inspeção-Geral de Educação e Ciência (IGEC). 

Denúncias davam conta da utilização de escolas públicas durante os fins de semana por empresas privadas, com o objetivo de convencer encarregados de educação a pagar formação extra de inglês para preparação para o teste do 9.º ano. 

* Conivência com os responsáveis  escolares.

.
.

 3-UM POEMA


POR SEMANA



ANTÓNIO
GEDEÃO



MÃEZINHA


video

 
dito por


RUTE PIMENTA





.
.
HOJE NO
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

Sindicato dos Enfermeiros Portugueses deixa o alerta 
Aumento do risco de transmissão 
de infeções hospitalares devido 
à falta de desinfetantes 

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) alertou hoje para a probabilidade de aumento do risco de transmissão de infeções hospitalares devido à falta de desinfetantes para superfícies e para as mãos, material que falta frequentemente nas unidades. 

 "Um maior número de doentes, um menor número de enfermeiros e esta falta de desinfetantes podem levar ao aumento da transmissão de infeções hospitalares", alertou Nuno Manjua, da direção regional de Faro do SEP, lembrando que em 2011 ocorreram 11 357 mortes associadas a infeções hospitalares, que representam 24% dos óbitos ocorridos nos hospitais por todas as doenças. 


Em conferência de imprensa, aquele responsável disse ainda que há falta de material básico - como agulhas, seringas, luvas, fraldas ou lençóis -, de medicamentos, entre os quais, antibióticos, analgésicos e medicação para doentes oncológicos, e a existência de equipamento obsoleto, como é o caso dos endoscópios (aparelhos que permitem ver o interior do organismo). 

 "Tudo isto é uma mistura explosiva que tem consequências para os doentes na diminuição da qualidade e segurança dos cuidados prestados e que se traduz em menor disponibilidade dos enfermeiros e maior probabilidade de feridas nos acamados, quedas, erros de medicação e aumento da probabilidade de transmissão de infeções hospitalares", resumiu. 

 Segundo Nuno Manjua, tem-se registado nas unidades hospitalares algarvias um aumento do número de doentes internados por serviço, sem que isso seja acompanhado pelo reforço de enfermeiros, como é o caso da unidade de Portimão, em que os antigos refeitórios foram substituídos por enfermarias, sem aumento do número de enfermeiros. 

Como exemplos, referiu os serviços de Ortopedia e Cirurgia 3 A de Portimão e os serviços de Medicina 3 e Oncologia em Faro, acrescentando que há necessidade, no Algarve, de 350 enfermeiros, no conjunto dos hospitais e unidades de saúde primárias. 

Já o presidente do SEP, José Carlos Martins, calculou que estejam em falta no Serviço Nacional de Saúde (SNS) em Portugal cerca de 25 mil enfermeiros, lamentando que grande parte dos profissionais estejam a emigrar, a optarem por trabalhar nas unidades privadas ou mesmo a desistir da profissão. Aquele dirigente observou que o Algarve é "o espelho" do país, onde a 31 de dezembro de 2013 existiam 38.809 enfermeiros no Serviço Nacional de Saúde (SNS), menos 717 do que no final de 2012 e menos 1.231 do que no final de 2011, uma "contradição", já que "em situações em crise, aumentam as necessidades em saúde". 

Segundo José Carlos Martins, há casos de unidades com dificuldades em atribuir férias aos enfermeiros, como é o caso do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, situações em que há enfermeiros a fazerem dois turnos seguidos, como em Santa Maria da Feira, ou em que vários blocos funcionam apenas com dois enfermeiros. 

"No nosso SNS, neste momento, por ausência de recursos e meios, a qualidade e segurança dos cuidados de saúde que têm muitos serviços é questionável e isto deve-se às medidas do Governo", concluiu. 

* O que também nos custa é estarmos a formar bons profissionais que exportamos a preço de saldo.


.

ANA RITA GUERRA

.



É ele quem 
vai dominar o mundo 

Os investidores estão nervosos e os analistas surpreendidos com as compras sucessivas de startups e empresas por preços elevados 

Duas horas antes da hora marcada para a apresentação, já havia um acampamento à porta do auditório principal da Fira de Barcelona. Mark Zuckerberg ia falar, nem interessava sobre o quê, no primeiro dia do Mobile World Congress. O entusiasmo e a curiosidade eram palpáveis.

Entrou sorridente, vestindo uma tshirt cinza e calça de ganga escura. Falou com uma naturalidade assombrosa de como o seu objectivo é ligar à internet os dois terços do mundo que ainda não têm acesso. Este é o homem que fundou o Facebook e que pôs em sentido os tubarões de Wall Street. O dono do Instagram. O louco que comprou o WhatsApp pela quantia incrível de 12 mil milhões de euros. Ele é, basicamente, o homem que não vai parar até dominar o mundo.

"Depois de comprar uma empresa por 16 mil milhões de dólares, provavelmente vais ficar quieto por uns tempos", disse Zuckerberg, quando lhe perguntaram se ia continuar a adquirir empresas. 

Ou então não. Na semana passada, o Facebook fisgou a startup de realidade virtual Oculus por 1,4 mil milhões de euros. E depois foi uma empresa de drones a energia solar, a Ascenta – embora por uma "pechincha", 14,5 milhões de euros.

Zuckerberg tem comprado tantas empresas que há uma entrada na Wikipédia só para isso (a lista vai em 46, entre 2005 e 2014). Mesmo com tremenda liquidez e as ações acima dos 60 dólares (o preço do IPO foi de 38 dólares, em 2012), esta estratégia de comprar tudo o que mexe começou a fazer correr tinta. Será Zuckerberg um doido que anda a queimar o dinheiro dos seus investidores? Ou será um visionário, com dedo cirúrgico na hora de comprar as startups que serão relevantes no futuro?

A maioria dos analistas torceu o nariz à compra da Oculus RV, como também já tinham franzido o sobrolho na aquisição da WhatsApp – não pelo mérito da plataforma, mas pelo preço muito inflacionado.

Mas os analistas não são propriamente dados a epifanias nem a apostas arriscadas. Tão pouco o são os investidores, que penalizaram o Facebook em bolsa, com uma queda de 7% do preço de cotação assim que o negócio com a Oculus RV foi conhecido.

Há quem questione se Zuckerberg se passou, literalmente. Talvez ter 1,3 mil milhões de utilizadores no seu site o tenha feito perder o contacto com a realidade. Ou talvez ele seja quem é – o dono do maior império em potência da Internet – precisamente porque faz o que outros não fariam. Ele tem uma agenda, e uma grande ambição. Sabe que tem de estar um passo à frente, tal como a Google soube, em 2006, que o YouTube era a próxima grande coisa – apesar do espanto do mercado com o negócio de 1,2 mil milhões de euros.

Mark Zuckerberg nasceu em 1984. George Orwell teria medo dele. 

IN "DINHEIRO VIVO"
01/04/14


.
.



140.UNIÃO



EUROPEIA



.
.

HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Manuel Godinho fez 
"mau negócio de corrupção"

O advogado do ex-presidente da REN (Redes Energéticas Nacionais) José Penedos, arguido no processo "Face Oculta", ironizou hoje que Manuel Godinho fez um "mau negócio de corrupção", pois pagou tanto como aquilo que terá recebido. 
Falando no tribunal de Aveiro, em resposta à réplica do Ministério Público (MP), o advogado Rui Patrício disse não perceber como é que estando José Penedos e o filho Paulo Penedos "engajados" nos interesses de Manuel Godinho, "não tenham conseguido grande coisa" para o sucateiro.

"É contra a experiência comum", exclamou o advogado, afirmando que Paulo Penedos, que segundo a acusação teria sido contratado por Manuel Godinho para ser o seu núncio junto do pai e conseguir favorecimentos para o seu universo empresarial, "serviu para pouco".

Segundo o defensor de José Penedos, com base nas contas do MP, as condutas do ex-presidente da REN deram um ganho de meio milhão de euros a Manuel Godinho, entre 2002 a 2009.
No entanto, Rui Patrício realça que, na lógica do MP, o sucateiro terá pagado um valor próximo daquele, somando os 490 mil euros do saldo favorável a Paulo Penedos, nos fluxos financeiros estabelecidos com Manuel Godinho, e os presentes entregues a José Penedos, que totalizam mais de seis mil euros.

"Manuel Godinho gastou meio milhão de euros e não conseguiu mais do que meio milhão de euros", disse Rui Patrício, concluindo: "foi ela por ela. Mau negócio de corrupção".
O julgamento do processo "Face Oculta" prossegue na próxima terça-feira com a resposta da defesa do arguido Armando Vara à réplica do MP.

Nesse mesmo dia, da parte da tarde, terão lugar as últimas declarações dos arguidos que pretendam falar ao tribunal nesta fase. 

O processo "Face Oculta" está relacionado com uma alegada rede de corrupção que teria como objetivo o favorecimento do grupo empresarial do sucateiro Manuel Godinho, nos negócios com empresas do setor empresarial do Estado e privadas.

Entre os 36 arguidos estão personalidades como Armando Vara, antigo ministro e ex-administrador do BCP, José Penedos, ex-presidente da REN, e o seu filho Paulo Penedos.

* Crónica dos "bons"(?) malandros, que nos perdoe Mário Zambujal.



.
.
SIMPLEX

















.
.
   
3- A VERDADE SOBRE  


AS VITAMINAS


video


Reportagem da BBC investigação sobre a proliferação de venda e consumo de produtos vitamínicos, muitas vezes de modo desnecessário já que o corpo não precisa... a não perder!!!!!!!!!

Exibido no programa "TODA A VERDADE" da "SIC NOTÍCIAS"


.
.

HOJE NO
"RECORD"

Schumacher tem 
"momentos de conhecimento e despertar"

Michael Schumacher tem "momentos de conhecimento e de despertar", revelou, esta sexta-feira, a porta-voz da família, Sabine Kehm, em relação ao estado de saúde do heptacampeão mundial de Fórmula 1. 

"O Michael está a fazer progressos. Demonstra momentos de conhecimento e de despertar", especificou em comunicado a representante, mais de três meses depois do acidente que deixou o antigo piloto em coma.

Schumacher, de 45 anos, está internado num hospital de Grenoble, depois do acidente sofrido a 29 de dezembro, quando esquiava numa estância de Meribel, nos Alpes franceses, em consequência do qual bateu com a cabeça numa pedra.

Na altura, o antigo piloto foi submetido a duas intervenções cirúrgicas e colocado em coma induzido. Em finais de janeiro, os médicos iniciaram o processo de despertar o alemão.

"Estamos ao lado dele nesta longa e difícil batalha, juntamente com a equipa do hospital de Grenoble, e continuamos confiantes", salientou ainda a família no comunicado.

* Era um grande piloto e cheio de fair play, desejamos muito a sua recuperação sem lesões graves.


.
.
Daniela Mercury
Pot-pourri Olodum

video

Ladeira do Pelô / Faraó / Protesto do Olodum


.
.
HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Mais uma prescrição no caso BCP

O Tribunal da Primeira Instância Criminal de Lisboa declarou, esta semana, a extinção dos procedimentos de contra-ordenação, por prescrição, do antigo diretor do BCP Luis Gomes. 
 
Segundo o tribunal, em março de 2006, o antigo quadro do banco deixou de ser o diretor responsável pelo Centro Corporativo do BCP para ser chefe de gabinete da presidência do Conselho Geral e de Supervisão e, neste cargo, o tribunal considera que não se pode imputar qualquer responsabilidade. 

Depois do ex-presidente do BCP, Jardim Gonçalves, Luis Gomes é o segundo arguido a beneficiar da prescrição no processo de contra-ordenação aberto pelo Banco de Portugal, que o tinha condenado a pagar uma multa de 650 mil euros.

* O regabofe continua, atenção ao que hoje disse Carlos Tavares,presidente da CMVM, sobre as contra-ordenações do BPN.
Hoje o BCP estava cotado a 23,58 centimos por acção, são precisas 2,6 para pagar uma bica.









.
.
 Sepaktakraw

video

Criado há mais de 500 anos na Ásia, o Sepaktakraw, ou apenas “Takraw”, é um desporto que mistura os fundamentos do voleibol, as habilidades do futebol e a agilidade das artes marciais.


.
.
HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Norte “ganha” RTP2 
após batalha de 25 anos

Reforçar a “massa crítica” no Centro de Produção do Norte da estação pública era uma promessa que já vinha dos anos 1980 e que agora se concretiza através do segundo canal. O Governo fala num “esforço de descentralização que quer reforçar em vários domínios”.

“É um dia histórico para a RTP2”. Foi assim que o presidente do conselho de administração da estação pública, Alberto da Ponte, classificou a passagem da direcção editorial do canal para o Centro de Produção do Norte (CPN) da empresa, instalado no Monte da Virgem, em Vila Nova de Gaia. Com esta decisão, a empresa pretende também garantir uma mais ampla cobertura geográfica do território e chamar à antena televisiva novos intervenientes, da política às artes, passando pelo mundo empresarial.

“Já nos anos 1980 havia projectos para passar a responsabilidades editoriais para o Monte da Virgem. Passaram bastantes anos. E quando [no início de 2013] anunciámos que o CPN tenderia a produzir os conteúdos da RTP2 dissemos que se poderia ir mais longe. Em diálogo e observando todas as realidades que queremos consolidar – entre as quais uma ampla cobertura geográfica e dar ao Norte e Centro do País a importância que devem ter no contexto nacional e até internacional – foi possível concretizar este sonho”, recordou Alberto da Ponte.

Durante uma intervenção na apresentação do novo projecto, no Porto, o gestor recordou que há um ano e meio o canal estava na esfera da privatização equacionada pelo Executivo, que veio a desistir, embora sempre soubesse que “não era possível cumprir o serviço público sem ter um serviço de programas como a RTP2, que é segmentado, tem determinados grupos-alvo que têm de ser atingidos”. Depois da tempestade vem a bonança de um canal “de futuro, com orçamento consolidado e sede no Monte da Virgem”.

Mesmo ressalvando o atraso de um quarto de século, esta é uma “promessa cumprida” que dá “um gosto particular” ao ministro adjunto e do Desenvolvimento Regional. Por um lado, porque a sua “visão para o CPN era a de um centro de massa crítica, onde se pensa a programação da empresa, e não só um local onde se produzem conteúdos”. Por outro, por ter sido feito “num momento difícil em que os constrangimentos sobre todos os funcionários são importantes, e em que a empresa, num cenário difícil, conseguiu inovar e dar passos importantes como este que agora se concretiza”.

“Ter este centro de massa critica, com responsabilidade editorial, não é apenas um esforço de descentralização, que o Governo quer reforçar em vários domínios. É também para potenciar os recursos humanos que aqui existem, não só na RTP mas também no espaço público, que possam contribuir com pontos de vista diferentes e inovadores face ao que frequentemente domina” os ecrãs da televisão, concretizou Poiares Maduro. O ministro assegurou que, além de produzir e emitir a RTP2, os profissionais do CPN vão continuar a trabalhar na informação e conteúdos que passam nos outros canais, como a RTP1 ou a RTP Informação.

“Sem pronúncia mas pronunciadamente do Porto para todo o País”

O novo director da RTP2, que era até agora director do CPN, prometeu à administração da empresa “realinhar e reordenar a RTP2”, fazendo-a “regressar ao bons tempos” com uma diversidade de programação que cobrirá todo o território nacional, incorporando “maior modernidade a nível estético, captando novos intervenientes”.

“Queremos programação que sirva todas as faixas etárias. Que valorize os diferentes olhares sobre a cultura nacional e onde a designada cultura popular também encontre o seu espaço e enquadramento. Que abra uma janela para o mundo, que inclua o que de melhor se faz em todo o mundo, do bailado aos concertos, às séries históricas. Teremos programas regulares sobre economia, ciência, cultura e empreendedorismo. Programação que ajude a compreender o mundo”, adiantou Elíseo Oliveira, que foi membro do conselho regulador da ERC e presidente do Instituto do Cinema, Audiovisual e Multimédia.

Já a partir de segunda-feira, 7 de Abril, será “recuperada uma marca estratégica” que o director de informação da RTP, José Manuel Portugal, disse que voltará a ser “uma referência para todos os portugueses”. O Jornal 2 será “desenhado para ser uma marca de qualidade e que será distintiva do serviço público, com novos protagonistas para comentar a actualidade com massa critica das empresas, das universidades, em particular do Norte. Será um jornal sem pronúncia mas pronunciadamente do Porto para todo o País e para todos os portugueses”, concluiu.

* Por princípio achamos muito boa a ideia de transferir a RTP2 para o norte do país, haverá quem não goste, talvez a Porto Canal. Interessa saber se  a equipa do ex-CPN tem capacidade para concorrer com os outros canais noticiosos, oxalá tenha.



.
.


 NAS RUAS DO JAPÃO













.
.
HOJE NO
"DESTAK"

Celeste Ribeiro, de 82 anos, vence
. Prémio Melhor Atriz em festival romeno 

 Celeste Ribeiro, de 82 anos, protagonista da curta-metragem "O que eu entendo por amor", foi distinguida com o Prémio Melhor Atriz do Festival ClujShorts, que se realiza em Cluj-Napoca, na Roménia, foi hoje divulgado.


 Em comunicado enviado à Lusa, o júri "destacou a interpretação imaculada e colorida da atriz, num papel profundamente difícil", entre as 50 curtas-metragens a concurso. 

Celeste Ribeiro interpreta a personagem Julieta, uma idosa tolhida pela doença, que se esforça por manter a sua dignidade no mais difícil dos dias, segundo o mesmo comunicado. 

* - Novíssimos actores aprendam, nunca é tarde para o valor ser reconhecido. Celeste Ribeiro é uma senhora, parabéns.

.
.

 TEMPESTADE HÉRCULES

video



.
.
HOJE NO
"i"

 GNR detecta 358 infracções em operação
 de fiscalização de posse de cães

Quanto às outras raças, as infrações verificadas correspondem à falta de registo, de vacinação antirrábica e de "chip" de identificação
 
UM CÃO PERIGOSO

A GNR anunciou hoje a apreensão de cinco cães e o registo de 358 infrações, incluindo falta de licença, "chip" de identificação, seguro e vacinação antirrábica, numa operação de fiscalização sobre a posse de cães. 

A operação, "Perro" (cão em espanhol), decorreu na quarta e quinta-feira, em todo o país, envolvendo 475 militares, que fiscalizaram 1.149 animais. 

Em comunicado a GNR explica que do total de infrações registadas, 70 visam cães de raças potencialmente perigosas, tendo, neste último caso, sido recorrente a ausência de registo, ou licença caducada, e a falta de esterilização ou seguro de responsabilidade civil válido. 

Quanto às outras raças, as infrações verificadas correspondem à falta de registo, de vacinação antirrábica e de "chip" de identificação. 

A operação "Perro", que visava detetar ilegalidades na posse de cães, em especial os de raças potencialmente perigosas, foi conduzida pelo Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente da GNR, em coordenação com a estrutura de Investigação Criminal.

* Alguns dos donos de cães de raças potencialmente perigosas é que são perigosos, há que escrutiná-los.



.
.
 10-INGINHEROS...















.
.
HOJE NO
"A BOLA"

FIFA garante que o Estádio do 
Corinthians estará pronto a tempo

O secretário-geral da FIFA, Jerome Valcke, garantiu esta sexta-feira que a ‘Arena Corinthians’ estará pronta em maio, depois de um acidente esta semana ter suspendido parcialmente as obras do estádio de abertura do Mundial.

«Tendo em conta a fase de construção em que estádio se encontra, bem como as instalações complementares do mesmo, estamos confiantes de que o impacto (do acidente e a consequente interdição) sobre o cronograma será limitado e que o recinto estará pronto para receber os eventos-teste até meados de maio», referiu Jerome Valcke num artigo publicado no site oficial da FIFA.

Recorde-se que na passada terça-feira alguns responsáveis do corpo de bombeiros afirmaram, depois de ser feita uma inspeção, que o estádio não apresenta as garantias de segurança necessárias para receber o público

* Irresponsabilidade, há que prestar atenção ao que os bombeiros dizem, a nós, no Arena, não nos apanham.


.
.

 TENTANDO RECORDE MUNDIAL

video



.
.
HOJE NO
"DIÁRIO DENOTÍCIAS
DA MADEIRA"

Welsh "espantado" com apoio do PS e
. CDS à fuga dos governantes à justiça

O deputado do PND, Eduardo Welsh, admitiu hoje o seu “espanto” por as bancadas parlamentares do PS e do CDS terem, anteontem, votado contra o levantamento da imunidade a dois membros do Governo Regional para que fossem responder a tribunal e desafiou aqueles partidos da oposição a reverem tal posição no futuro, de modo a facilitar a actuação da justiça na Madeira.


“Quando estamos numa luta para trazer justiça à Região e para que os governantes sejam responsabilizados pelos seus crimes, acho totalmente incoerente a actuação desses dois partidos e peço-lhes que mudem de atitude urgentemente”, disse o deputado do PND, numa conferência de imprensa realizada à porta do parlamento regional. “Imaginem que um desses processos era o caso 'Cuba Livre'. Qual seria a posição do PS e do CDS? Vão votar contra o levantamento da imunidade parlamentar? Isso não faz sentido nenhum”, exclamou.

Apesar de tudo, Eduardo Welsh regozijou-se com o facto de, pela primeira vez, o levantamento da imunidade de membros do Governo Regional ter sido votado na Assembleia Legislativa Regional. “Isso foi fruto de um combate que o PND teve na Assembleia e que levou o senhor presidente [Miguel Mendonça] a pedir um parecer de um constitucionalista que veio confirmar aquilo que pensávamos, ou seja, que as imunidades têm de ser votadas”, rematou o porta-voz partidário.

* Espantados estamos nós com a admiração do sr. Welsh, por onde tem andado? Em Portugal os partidos não permitem investigações que magoem as hostes, só feridinhas ligeiras para iludir eleitores. Não mudam.


.