segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.



.
.


 O QUE NÓS



PROCURAMOS!











.
.


BRASILEIRICES























.
.


 DIANA VISHNEVA

Beauty in motion 

 F.L.O.W part I


video



.
.
HOJE NO
  "DESTAK"

Descoberta proteína que impede
. transmissão da malária 

Cientistas do Centro de Investigação de Saúde Internacional de Barcelona (CRESIB) descobriram uma proteína, designada AP2-G, que impede a transmissão da malária, publicou hoje a revista científica britânica Nature. 


A investigação revelou que a proteína AP2-G "atua como um interruptor no desenvolvimento do parasita da malária ao ativar a reprodução dos genes precoces dos gametócitos, formas sexuais do parasita, essenciais para a transmissão dos humanos para os mosquitos".

 Segundo as informações divulgadas pelo CRESIB, centro de investigação criado em 2006, o estudo descobriu novas formas de interromper a transmissão da malária, também conhecida como paludismo, mediante a prevenção da formação e da maturação das etapas sexuais do parasita. 

*  A malária mata centenas de milhar de pessoas por ano.

.
.


9. ORFEU 

NEGRO



video


Filme baseado na peça "ORFEU DA CONCEIÇÃO" de Vinicius de Morais tendo como fonte a mitologia grega, é um manifesto contra a loucura do carnaval do Rio de Janeiro.

Realizador: Marcel Camus
Musica: Antonio Carlos Jobim and Luis Bonfá
Argumento: Vinicius de Morales
 

Intérpretes
Orfeu: Breno Mello
Euridice: Marpessa Dawn
Mira: Lourdes de Oliveira
Morte: Adhemar Ferreira da Silva
Chico: Waldetar de Souza
Hermes: Alexandre Constantino
Benedito: Jorge Dos Santos
Zeca: Aurino Cassiano
Menina: Maria Alice



.

.
HOJE NO
  "i"

Conselho Nacional.
 Passos paga o preço de 
ressuscitar Relvas

Lista do líder ao Conselho Nacional com pior resultado de sempre. Relvas não comenta e porta-voz do partido diz que ex-ministro "é um militante como todos os outros"

Não passou um ano desde que Miguel Relvas se demitiu do governo. Mas Passos Coelho não quis perder mais tempo e, no congresso deste fim-de-semana, trouxe de volta à vida interna do partido aquele que, até Abril de 2013, foi o seu braço-direito no executivo. Os congressistas não gostaram da surpresa e, no domingo, marcaram a votação das listas aos novos órgãos com o seu julgamento político - Passos sai do Coliseu dos Recreios com o seu pior resultado enquanto presidente do PSD.


A maioria absoluta que o líder social- -democrata tinha perdido há dois anos no Conselho Nacional esteve longe de ser recuperada. Relvas - que esteve ausente durante os três dias do congresso no Coliseu - recolhe, para Passos, apenas dezoito mandatos em 70 possíveis. Até à eleição de ontem, a direcção dispunha de 25 lugares, conseguidos graças à "lista de unidade" que Passos desenhou com Paulo Rangel em 2012. 

Ontem, os militantes concederam ao ex-ministro, que se demitiu devido às dúvidas sobre a sua licenciatura, 179 votos em 773 possíveis. A escassa votação na lista do líder do partido foi vista como uma punição à decisão de Passos convidar Relvas para a encabeçar e alguns dirigentes, que pediram o anonimato, expressaram ontem ao jornal "Público" a sua indignação com a escolha do presidente do partido. 

O porta-voz do PSD, Marco António Costa, justificou esta opção com o facto de Relvas ter sido um militante "sempre empenhado no trabalho do partido". "É um militante como todos os outros (...) O Conselho Nacional é um órgão que reúne várias vezes ao ano e ele, com a sua opinião, também poderá dar um contributo relativamente à estratégia e à vida do partido", relativizou o homem forte do PSD. Ao i, Miguel Relvas não quis fazer nenhum comentário sobre o seu regresso aos órgãos nacionais. 

NOVA DIRECÇÃO
Passos Coelho decidiu fazer mudanças na direcção do partido. Jorge Moreira da Silva, Marco António Costa, Teresa Leal Coelho e Pedro Pinto continuam como vice-presidentes. Os lugares de Manuel Luís Rodrigues e Nilza Sena são agora ocupados por Carlos Carreiras e José Matos Correia.
A lista para a Comissão Política Nacional do PSD obteve 660 votos dos congressistas (85% do total), com 74 militantes a votar em branco e 39 a verem os seus boletins serem considerados nulos. 

Na eleição da Comissão Política, o presidente do PSD conseguiu uma subida muito ténue no número de votos, com mais três boletins que aqueles recolhidos há dois anos. Mas, na verdade, o resultado absoluto revela que, também aqui, Passos perde terreno, uma vez que trazia da eleição de 2012 88% dos votos. Dois anos antes, o partido dera uma confiança de 87,2% ao presidente na sua primeira eleição. 

Jurisdição mantém-se  
Confrontado com a gestão do dossiê das expulsões que resultou das autárquicas de Setembro, Calvão da Silva tem sido umas das figuras de destaque no PSD nos últimos meses. Passos deu um sinal de confiança ao presidente do Conselho de Jurisdição Nacional e propôs a sua recondução no cargo. Na votação, 281 militantes atribuíram-lhe o seu voto, conquistando, com isso, quatro dos nove lugares disponíveis.

 Miguel Bettencourt e Paulo Colaço conseguiram, cada um, dois lugares naquele órgão, e Ricardo Bastos Sousa ficou com a última posição, ao receber 93 votos. Para encabeçar o Conselho Nacional de Auditoria Financeira, a escolha de Passos Coelho recaiu em Pedro Reis, eleito com 672 votos em 773 possíveis. 

* Passos Coelho está na curva descendente, chefe de Governo e com este resultado no partido é  derrota  significativa.

.
.

ERIC VOEGELIN


1-FILÓSOFO DA 


CONSCIÊNCIA


video




.
.
HOJE NO
  "A BOLA"

Desmond Tutu compara 
lei anti-gay à Alemanha nazi
 
O arcebispo sul-africano, Desmond Tutu, criticou a promulgação de uma lei anti-gay no Uganda, comparando a discriminação contra os homossexuais com os horrores da Alemanha nazi e da África do Sul sob o regime do apartheid.

«Não há nenhuma justificação científica para os preconceitos e a discriminação. Nunca. E também nenhuma justificação moral. A Alemanha nazi e a África do Sul, sob o apartheid, entre outros, são provas disto», frisou Tutu.

«Devemos ser muito claros a respeito deste assunto: a história do mundo está cheia de tentativas de legislar contra o amor e o casamento entre castas, classes sociais e raças. Mas não há nenhuma base científica nem razões genéticas para se amar. Apenas há a graça de Deus», acrescentou.

* Um homem exemplar que lutou muitos anos contra o apartheid.

.

PEDRO MARQUES LOPES

.



Quem não aparece,
esquece

Como previamente anunciaram, os principais opositores ao Governo não estiveram no Congresso do PSD. E, no entanto, a esmagadora maioria dos mais ferozes contestatários à atuação da equipa de Passos Coelho, os que têm sido mais assertivos e certeiros nas críticas, podiam ter-se sentado na sala reservada aos congressistas. Esses senhores e senhoras tinham a possibilidade até de ter feito mais: podiam ter partilhado com os seus companheiros, com aqueles com quem têm afinidades ideológicas, o seu violento descontentamento face à forma como o País e o partido têm sido conduzidos.

Refiro-me, bem entendido, a Manuela Ferreira Leite, Pacheco Pereira, Rui Rio e outros. Gente filiada, com quotas em dia, homens e mulheres que já travaram combates importantes com as pessoas anónimas que ali estavam sentadas. Antigos deputados, antigos líderes da bancada parlamentar, antigos secretários-gerais, personalidades fundamentais na história do partido e mesmo antigos presidentes dos sociais-democratas. E, já se sabe, nenhum deles abandonou a política ativa. Longe disso. Emitem a sua opinião publicamente de forma periódica em tudo o que é órgão de comunicação social - dispenso-me de explicar, por não querer insultar a inteligência de ninguém, que quando algumas dessas pessoas dizem que não estão na política ativa estão a gozar connosco.

Para quê ir ao Congresso, sujeitarem-se a ser assobiados, talvez insultados, quem sabe ameaçados, se podem confortavelmente mandar as suas mensagens por trás duma câmara de televisão, dum microfone de rádio ou das páginas dum jornal aos militantes do PSD? Para quê a maçada, se eles já sabem que o partido está dominado pelo aparelhismo, que há sindicatos de votos , que em parte os grandes partidos se tornaram agências de emprego? Poder-se-ia muito legitimamente perguntar qual a razão para que aqueles senhores e senhoras continuem num partido que, pelos vistos, tanto desprezam e que acham irreformável - convinha que tivessem a coragem de perder eleições internas para poderem falar com propriedade e não estarem constantemente a especular sobre algo não demonstrado. Mas não parece que essa questão se levante ou seja sequer relevante. É aliás fundamental que fiquem. Sem a diversidade de opiniões, tão característica do PSD, o partido definharia muito rapidamente e perderia uma das suas cruciais forças.

E o pior é que estou certo de que não é por falta de coragem que os contestatários à linha oficial não foram ao Congresso: é apenas porque julgam que não vale a pena. E, isso sim, é muito grave. É contribuir fortemente para uma ainda maior deterioração do PSD.

Se estas pessoas com acesso à comunicação social, que já desempenharam os mais altos cargos no PSD e na sociedade, acham que não se deve lutar por um partido melhor (segundo a sua visão), porque é que um cidadão comum social-democrata e com vontade de participar vai aderir ? E como reagirão os militantes que estão em total desacordo com o caminho trilhado por esta direção quando aqueles com quem concordam não comparecem no mais importante momento da vida duma organização partidária e fogem? Desta forma, ainda mais escancaradas estarão as portas para os que procuram a vida partidária como forma de arranjar um emprego ou o utilizam para indecentes tramoias e não como forma de participar ativamente na comunidade e de defender princípios políticos em que acreditam.

Se essas tão relevantes figuras acham, como muitas têm referido, que está a subverter-se a ideologia da organização, a forma como se construíram as ideias, se pensam que o património político está a ser destruído ou mesmo que o PSD está a deixar de ser um partido social-democrata, é olhos nos olhos e em frente aos representantes dos militantes que o tinham de declarar. Era, sobretudo, lá, na reunião magna, que o deviam ter dito ao líder do partido.

Deviam isso aos militantes, deviam isso aos habituais votantes no PSD, deviam isso pelo papel que desempenharam e pelo respeito que, obviamente, têm pela história e memória do partido.
Sim, o PSD está a ser destruído nos seus valores e princípios fundamentais. Sim, o Governo está a conseguir destruir ainda mais o país e a salgar a terra, na feliz adaptação da expressão do militante Pacheco Pereira. Mas conta com a inexcedível colaboração de quem se recusa até a ir ao Congresso do partido, de que se é figura cimeira, denunciar isso mesmo. De quem se recusa a ir a jogo.
É assim que se perde autoridade.

IN "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
23/02/14


.
.


101.UNIÃO


 EUROPEIA





.
.

HOJE NO
"AÇORIANO ORIENTAL"

Lapas dos Açores são "surpreendente"
. ecossistema com 190 espécies diferentes

Um estudo do Centro de Investigação em Recursos Naturais (CIRN) da Universidade dos Açores revela que as lapas da região são um "surpreendente" ecossistema com 190 espécies diferentes.
 
Em declarações à Lusa, Gustavo Martins, um dos investigadores do estudo "PatelGene - Estrutura Genética das Lapas no Arquipélago dos Açores", que analisou um total de 707 conchas de lapa (Patella aspera) recolhidas em todas as ilhas do arquipélago, refere existirem "uns surpreendentes" 190 registos de espécies diferentes, sobretudo algas.

"Tendo em conta a flora registada nos Açores, é surpreendente como tantas espécies são encontradas num 'habitat' tão pequeno, indicando que é um micro 'habitat' importante para a diversidade algal dos Açores", disse o investigador do Departamento de Biologia da universidade açoriana.

Gustavo Martins destaca ainda que, das 190 espécies que "habitam" nas lapas, "dezassete foram registos novos, nunca antes encontrados nos Açores".

"Já sabíamos, à partida, que a lapa, sendo um herbívoro, tinha um papel importante nas estruturas das comunidades, mas desconhecíamos este papel de fornecer 'habitat' para uma série de outros organismos", reforçou o membro da equipa de invetsigadores, que integra ainda Ana Neto, Nuno Álvaro e João Faria.

O investigador sublinha por isso o papel "regulador" da lapa no controle de algas e na "fixação" de outros organismos, dando o exemplo da pequena craca Chthamalus stellatus.

"A lapa, ao controlar a abundância das algas, permite limpar a rocha e permite a fixação de outros organismos, nomeadamente das cracas pequenas".
A investigação, que aguarda revisão para publicação no Journal of the Marine Biological Association of the United Kingdom, quis ainda apurar as implicações para a conservação e designação de áreas marinhas protegidas.

"Verificámos, em estudos feitos, que em algumas ilhas onde a exploração de lapas é mais intensa existem alterações ao nível do ecossistema: uma diminuição da abundância das cracas e um aumento da cobertura algal", disse.
Por isso, o projeto da academia açoriana contempla ainda um outro estudo, financiado pelo Fundo Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos, para avaliar a "gestão sustentável" dos 'stocks' de abalone, mais conhecida por lapa-burra, pela qual, diz o investigador, existe um "interesse crescente" apesar do pouco conhecimento sobre a mesma.

"É altura ideal para começarmos a fazer um estudo antes de os 'stocks' estarem explorados", sustentou Gustavo Martins, alertando que as espécies de lapas de maior exploração comercial não estão "suficientemente protegidas", quer devido a uma "forte cultura piscatória local", como à "falta de fiscalização", dando a ilha de São Miguel como exemplo onde tal se verifica.

Nos Açores existem duas espécies de lapas, a Patella aspera e a Patella candei, mais conhecidas por lapa-brava e lapa-mansa, que só existem nas regiões macaronésicas.

* Estudo importante para protecção da biodiversidade que não pode ser uma palavra vã.


.
.



ERA FÁBULA




.
.


9.AS FORMAS DO

INVISÍVEL



FLOR



video




.
.
HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Helped recruta enfermeiros
 para Abu Dhabi

O grupo de saúde norte-americano Cleveland Clinic vai recrutar, através do parceiro português Helped International, cerca de 60 profissionais, nomeadamente enfermeiros e técnicos de diagnóstico.


A primeira fase do recrutamento para o Cleveland Clinic Abu Dhabi, onde se apresentará o projecto e se esclarecerão dúvidas aos profissionais interessados, já decorreu em Coimbra e estará amanhã em Faro, quarta-feira em Lisboa e quinta no Porto.

Em Março estará em Elvas no dia 6 e no Porto no dia 15, para regressar a Lisboa a 16 de Março. A segunda fase do recrutamento consistirá em entrevista telefónica e depois, durante o mês de Abril, decorrerão em Lisboa as entrevistas presenciais.

 As informações estão todas em http://www.helpedinternational.com.

*  Formamos técnicos de elevada qualidade para os exportarmos ao preço da uva  mijona.

.
.


Alicia Keys


If I Ain't Got You


video


.
.

HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"

Deficientes com apoios para
 ganharem autonomia

Ação arranca no próximo mês na região Norte e representa um investimento de 400 mil euros.

No próximo mês arrancam os cursos de assistentes para pessoas com deficiência. Com a duração de um ano, esta formação tem início na região Norte e em junho é alargada às regiões do Centro e Alentejo.

O objetivo desta ação é criar junto das pessoas com deficiência mecanismos que promovam a sua autonomia e vida independente. Este curso representa um encargo de 441 mil euros para o Ministério da Solidariedade e da Segurança Social. 


A formação visa preparar 160 profissionais no Norte, 100 no Centro e 40 no Alentejo. O projeto-piloto é promovido pela União das Misericórdias Portuguesas e pelo Instituto do Emprego e da Formação Profissional.

Este ano será também criada um rede a nível nacional de serviços de ajuda e apoio aos pais de crianças com paralisia cerebral grave, com idades até aos seis anos. "A ação visa diminuir a sobrecarga física e emocional dos cuidadores, em particular das mães", define o programa a que o CM teve acesso.

A instalação da rede irá abranger 150 famílias que, no seu conjunto, congregam cerca de 600 pessoas. O custo desta ação representa um investimento de 974 mil euros.

* Uma boa iniciativa, vamos esperar para ver.

.
.


ULTRAPASSANDO OBSTACULOS

video


.
.
HOJE NO

"O PRIMEIRO DE JANEIRO"


Serviço de Anestesiologia do Centro Hospitalar do Porto
Primeiro Centro Europeu de Excelência
. em Treino e Ensino 

O Serviço de Anestesiologia do Centro Hospitalar do Porto (CHP) anunciou hoje ter sido distinguido como “o primeiro” Centro Europeu de Excelência em Treino e Ensino da Anestesiologia na Península Ibérica. 

A acreditação internacional foi-lhe atribuída pela Sociedade Europeia de Anestesiologia e pelo European Board of Anaesthesiology, depois de uma visita recentemente efetuada àquele centro hospitalar. 


“Após a análise e estudo dos resultados recolhidos, aquele prestigiado organismo internacional deliberou reconhecer o serviço do CHP, dignificando a medicina portuguesa e os profissionais envolvidos”, informou Jorge Marvão, do Serviço de Anestesiologia daquele centro hospitalar. 

 O CHP engloba o Hospital de Santo António, a Maternidade Júlio Dinis, o antigo Hospital Especializado de Crianças Maria Pia e o Hospital Joaquim Urbano. Assumindo-se como “o primeiro centro de excelência” acreditado em Portugal, o Serviço de Anestesiologia do CHP junta-se a um grupo restrito de 15 hospitais em toda a Europa. 

A visita que conduziu à acreditação deste serviço teve lugar em setembro último, tendo sido recentemente conhecidos os resultados e publicado o reconhecimento internacional. Atualmente, o Serviço de Anestesiologia do CHP é constituído por 73 médicos especialistas e 34 internos em formação específica, sendo procurado por “um grande número de médicos internos de outros hospitais (mais de 20 todos os anos) para a realização dos mais diversos estágios”, referiu Jorge Marvão. 

Esta distinção, tutelada pelo Programa de Acreditação em Treino, tem por objetivo promover e harmonizar o treino dos futuros médicos anestesiologistas, ao mesmo tempo que valida a qualidade dos cuidados anestésicos prestados, no enquadramento da sua formação. 

 A avaliação do Serviço de Anestesiologia do CHP foi feita por um júri internacional que teve em conta diversos parâmetros, como as instalações, a prática anestésica, os planos de ensino pós-graduado, a ligação ao ensino pré-graduado e à Universidade, bem como a capacidade de investigação. 

* Inteligência portuguesa.


.
.


OS COISOS 
DO CONTRA














.
.


HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Número de casais desempregados
 sobe em janeiro

O número de casais com ambos os cônjuges desempregados avançou 2% em janeiro, face a igual mês de 2013, e atingiu os 13.250. 
 .
De acordo com os dados recolhidos pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), no final de janeiro, havia mais 263 casais do que um ano antes a garantirem a sua sobrevivência com as prestações sociais de desemprego pagas pelo Estado. 


Em dezembro, o número de casais nesta situação fixou-se nos 12.713, o que representa um aumento de 4,2% em janeiro, em termos mensais. 

Segundo o IEFP, no final de janeiro, estavam inscritos nos centros de emprego 669.668 desempregados, dos quais 48% eram casados ou viviam em união de facto, perfazendo um total de 320.572. 

O universo dos casais desempregados em que ambos os cônjuges recebem prestações de desemprego representa assim uma fatia de 4,13% do número total de desempregados inscritos sinalizados como casados ou em situação de união de facto.

* Atão o milagre???


.
.


JARDINEIROS


DE CORAIS


video


.
.
HOJE NO
"RECORD"

João Sousa: 
«É um orgulho ser 44.º no ranking»

O tenista João Sousa salientou esta segunda-feira que o facto de ter atingido o melhor ranking português de sempre, ao ser 44.º da hierarquia ATP, é "ótimo" para o ténis nacional.

"É um enorme orgulho para mim ter atingido novamente o melhor ranking português", começou por dizer à Lusa o melhor português de sempre no circuito masculino de ténis. 

João Sousa sublinhou que a sua 44.ª posição, depois de uma boa prestação no torneio da categoria 500 do Rio de Janeiro, é ótima não só para si próprio, mas também para o ténis luso.

"Creio que o importante é continuar a trabalhar  para melhorar como jogador e, se isso acontecer, espero poder escalar ainda mais posições", acrescentou.

João Sousa, que durante a última semana alcançou os quartos de final do Open do Rio de Janeiro, subiu hoje ao 44.º lugar do ranking mundial, o melhor de sempre de um tenista português.

Sousa, que no Rio de Janeiro foi eliminado pelo número um, o espanhol Rafael Nadal, ascendeu quatro lugares e melhorou a melhor marca da sua carreira na tabela ATP, que era o 46.º lugar, alcançado a 28 de outubro de 2013.

No topo da lista, Nadal aumentou a sua vantagem sobre Novak Djokovic, somando agora mais 4.000 pontos do que o sérvio, enquanto o suíço Stanislas Wawrinka, vencedor do primeiro Grand Slam da temporada, o Open da Austrália, continua no terceiro posto. 

* Não somos uma potência do ténis, João Sousa tem muito valor, está a abrir caminho para os mais jovens, um valente.


.
.


 PAIZÕES

















.
.
HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Portugal entre os países mais débeis 
nas oportunidades de emprego

A disparidade entre o sul e norte da Europa em termos de oportunidades de emprego tem aumentado e Portugal é dos países com maiores debilidades, embora a queda na contratação tenha estagnado em 2013, revela a Comissão Europeia. 
 .
Segundo uma análise da direção-geral de Emprego da Comissão Europeia conhecida esta segunda-feira, países como a Áustria, Dinamarca, Suécia, Estónia ou Letónia são afetados por falta de mão-de-obra, enquanto a competição por um emprego aumentou na Grécia, na Eslováquia e em Espanha.


O documento aponta para falhas no recrutamento laboral para quatro países do sul (Grécia, Portugal, Espanha e Itália) e adverte para a necessidade de adoção de mais medidas para apoiar a contratação de jovens e reforçar a produtividade.

No segundo trimestre de 2013, pode ler-se, houve uma estagnação na oferta de emprego na União Europeia e apenas um ligeiro aumento no número de vagas no setor público, verificando-se contudo uma queda de 4% no recrutamento.

De acordo com a Comissão Europeia, em 2013 o declínio na contratação de trabalhadores estagnou em Portugal, Espanha, Itália e Grécia e surgiram alguns aumentos em setores como a agricultura, floresta e pesca.

No entanto, adverte Bruxelas, as oportunidades de emprego no sul da Europa estão demasiado concentradas em áreas como a saúde, as vendas ou a administração, a par da fraca recuperação do setor da construção, um dos mais afetados pela crise.

A Comissão Europeia alerta ainda para uma desqualificação da força de trabalho, devido à contratação de jovens com qualificações médias para posições menos qualificadas.

* Desemprego, o verdadeiro "milagre" do governo


.
.
MUSEU RODIN


video


.
.

HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Mala diplomática portuguesa 
desaparece em Angola

A mala diplomática portuguesa foi extraviada, na semana passada, em Luanda, soube o Negócios. 
 .
A mala com o correio do Estado português terá sido furtada no aeroporto 4 de Fevereiro e as responsabilidades são apontadas à empresa que assegura o transporte deste tipo de malas em Luanda. O incidente já foi reportado ao Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

Uma fonte diplomática contactada pelo Negócios não quis fazer mais comentários sobre este caso. 

A segurança desta mala, assim como de toda a outra bagagem diplomática portuguesa é assegurada em Angola pela empresa Transportes Joaquim Guerra Logística. Apesar deste extravio, tudo indica que o MNE não irá rescindir o acordo com a referida empresa, por se tratar de uma situação isolada. O conteúdo da referida mala é naturalmente desconhecido. Contudo, por natureza, uma mala diplomática contém informação que um Governo classifica como importante e de natureza confidencial.

Uma mala diplomática é um envelope, uma caixa, um contentor ou qualquer outro volume utilizado pelas missões diplomáticas para o envio e recepção de documentos e objectos destinados a uso oficial a coberto da imunidade diplomática. Este tipo de mala não pode ser aberta ou retida pelas autoridades alfandegárias.

O actual embaixador de Portugal em Angola é João da Câmara.

* Não foi um ladrão qualquer, de certeza.


.