quarta-feira, 20 de novembro de 2013

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA


.


 VAI A TEMPO





.
.


O QUE NÓS
 
APRENDEMOS!










.
.


AS COMPRAS
DA
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA






CLIQUE EM "Programa OLHOS NOS OLHOS"

Se no dia indicado acima não teve oportunidade de ficar mais esclarecido sobre "AS COMPRAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA", dispense-se tempo para se esclarecer agora, este  programa é extenso mas terrívelmente claro e polémico.
Fique atento às declarações do Professor Valadares Tavares



.
.
HOJE NO
"RECORD"

Ronaldo e William Carvalho 
dominaram no twitter

Ronaldo não foi apenas a figura do Suécia-Portugal dentro do relvado. O jogador do Real Madrid foi igualmente o rei do twitter na noite em que Portugal carimbou passaporte para o Mundial do Brasil. 

Segundo a conclusão de um estudo levado a cabo pela "E.Life", o candidato à Bola de Ouro da FIFA foi mencionado em 33,4 por cento dos tweets de utilizadores nacionais na rede social.

Se dentro do campo ninguém roubou o protagonismo ao autor de todos os golos da Seleção Nacional, no twitter a história foi diferente. William Carvalho, jovem médio do Sporting que se estreou pela equipa das quinas, ameaçou a supremacia do CR7 e foi mencionado em 32,4 por cento das mensagens de portugueses na referida rede social.
Os internautas comentaram e elogiaram não só os primeiros minutos do jogador pela Seleção A portuguesa como as declarações do médio de 21 anos na flash interview, logo após a partida. 

* A certeza e a promessa.

.
.


CHANEL


OUTONO INVERNO
ALTA COSTURA
2013/2014




.
.
HOJE NO

"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Doze restaurantes portugueses
. conquistam estrelas Michelin

Doze restaurantes portugueses foram distinguidos na edição de 2014 do Guia Michelin, depois de um espaço em Almancil ter perdido a estrela, outro em Lisboa a ter recuperado e um em Montemor-o-Novo a ter recebido pela primeira vez. 
FORTALEZA DO GUINCHO
A edição 2014 do Guia Michelin Espanha e Portugal foi apresentada, esta quarta-feira, no Museu Guggenheim da cidade basca Bilbau, em Espanha, perante uma plateia de 'chefs', críticos de gastronomia e jornalistas da Península Ibérica.

À semelhança da edição deste ano, o Guia Michelin Espanha e Portugal de 2014 volta a destacar com duas estrelas ("mesa excelente, merece o desvio") o restaurante Ocean, 'comandado' por Hans Neuner em Lagoa, e o Vila Joya, chefiado por Dieter Koschina em Albufeira.

No próximo ano, oito restaurantes mantêm a estrela Michelin ("muito bom na sua categoria"): Willie's (Vilamoura), Henrique Leis (Almancil), Il Gallo d'Oro (Funchal), Casa da Calçada (Amarante), Fortaleza do Guincho (Cascais), The Yeatman (Vila Nova de Gaia), Feitoria e Belcanto (ambos em Lisboa).

Em relação à edição de 2013, a Michelin retira a estrela ao restaurante São Gabriel, em Almancil, chefiado por Leonel Pereira, e atribui a distinção pela primeira vez ao restaurante L'And Vineyards, em Montemor-o-Novo, liderado por Miguel Laffan.

Outra novidade na edição do próximo ano é o regresso da estrela Michelin ao restaurante Eleven, em Lisboa. O espaço, comandado pelo 'chef' Joachim Koerper, tinha perdido a distinção internacional no guia de 2012.

Em Espanha, o Guia Michelin atribuiu um total de 174 restaurantes: oito com três estrelas (a novidade em 2014 é a terceira estrela para o madrileno Diverxo), 20 com duas (dois novos) e 146 com uma.

Em comparação com a edição de 2013, que distinguiu 159 espaços espanhóis, um total de oito perdem a estrela e 23 ganham.

Criado no início do século XX para ajudar os viajantes nas suas deslocações, o Guia Michelin é hoje considerado uma referência mundial na qualificação de restaurantes. Portugal entrou no roteiro em 1910, mas as primeiras estrelas só chegariam em 1974.

Os inspetores do guia valorizam "a qualidade dos produtos, o ponto de cozimento, os sabores, a criatividade, a regularidade da cozinha e a relação qualidade/preço.

* Muito bom para a gastronomia portuguesa.

.
.


II-OS SUPER
HUMANOS
2-INDESTRUTÍVEIS




.
.

HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Parlamento Europeu apoia Comissão 
e pede mais mulheres na 
administração de empresas

Foi com uma vitória de dois terços dos votantes que os eurodeputados deram aval a uma proposta de legislação da Comissão Europeia que pretende que 40% dos administradores de empresas cotadas sejam mulheres. Portugal é o segundo país europeu com menor número de mulheres no topo empresarial. 

459 votos a favor. 148 votos contra. 81 abstenções. Foi com esta maioria de dois terços dos eurodeputados votantes que o Parlamento Europeu mostrou que quer mais mulheres nos conselhos de administrações de empresas.

Com a votação desta quarta-feira, 20 de Novembro, o Parlamento Europeu apoia a legislação que foi proposta pela Comissão Europeia e que pretende que as empresas estabeleçam processos de selecção que previlegiem as qualificações dos candidatos, sejam homens ou mulheres. Isto para que, em 2020, as empresas cotadas em bolsa tenham 40% de mulheres entre os administradores não executivos.

“A Europa necessita de regras sólidas para combater os desequilíbrios entre homens e mulheres nos conselhos de administração das empresas. O Parlamento introduziu as fissuras na barreira invisível que continua a impedir as mulheres com talento de chegar a posições de responsabilidade”, indica a vice-presidente da Comissão Europeia Viviane Reding, também ela comissária da Justiça, numa nota divulgada no site do órgão presidido por Durão Barroso.


Num texto de opinião publicado hoje, 20 de Novembro, no Negócios, a própria comissária, juntamente com Regina Bastos, membro do Parlamento Europeu, escreve que esta barreira invisível “começa a rachar”.

Esta votação no Parlamento Europeu tem de ser acompanhada, agora, por uma decisão no mesmo sentido do Conselho de Ministros, o outro órgão legislador. Quer isto dizer que é preciso que os ministros europeus, reunidos a nível de Conselho, aprovem a proposta. Só assim é que ela é convertida em legislação e passa a fazer parte do direito comunitário. Segundo a nota, os ministros deverão debater o projecto de legislação na reunião de 9 e 10 de Dezembro.

As propostas da legislação
Esta directiva proposta pela Comissão Europeia, hoje alvo de aprovação pelo Parlamento Europeu, que teve origem a 14 de Novembro de 2012, pretende estabelecer um mínimo de 40% de um determinado sexo entre os administradores não executivos de empresas cotadas. A finalidade é que tal proporção seja alcançada até 2020 no caso das empresas cotadas em bolsa (2018, no caso de empresas públicas), com excepção para as pequenas e médias empresas, que não ficam abrangidas pela directiva.

É definida uma “quota flexível”, já que, segundo é dito na legislação, “os candidatos não poderão obter um emprego no conselho de administração pelo simples facto de serem mulheres”. “Mas, em contrapartida, nenhuma mulher poderá ser afastada em razão do género”. Não há uma quota quantitativa fixa. O que se quer é um processo de selecção que dê prioridade às qualificações, sejam apresentadas por homens ou mulheres.

Tendo de apresentar relatórios com os progressos feitos nestas áreas, as empresas serão obrigadas a implementar processos em que não haja discriminação de sexo. Uma obrigação “complementar” é a implementação de objectivos individuais e auto-regulação em busca desta representação igualitária. Os Estados-membros são “convidados” a apoiar as pequenas e médias empresas para incentivar este equilíbrio de género, já que estas não estão sob este projecto.

Com a adopção da proposta de legislação, as empresas poderão ser alvo de sanções. Entre elas, a exclusão de participação em contratos públicos e a exclusão parcial de concessão de financiamento dos fundos estruturais europeus.

Portugal: 7,1% ; União Europeia: 16,6%
 
A média dos 27 países da União Europeia (excluindo a recém-chegada Croácia) é de 16,6% de mulheres presentes nos conselhos de administração. Portugal ocupa, nesta lista, um lugar de destaque. Mas pela negativa. A média nacional é de 7,1%, a segunda mais baixa da União, apenas acima da média de 2,8%, atingida por Malta. No lado oposto, encontra-se a Finlândia, com uma média de 29,1%. Nenhum dos países supera a fasquia dos 40% desejados pela Comissão Europeia.

Já houve países que já introduziram instrumentos jurídicos para promover a igualdade de géneros nos conselhos de administração das empresas. Portugal foi um deles. O Governo decidiu, no ano passado, uma adopção obrigatória, por parte das empresas do sector empresarial do Estado, de planos para a igualdade. Além de Portugal, só outros 10 países já terão tido iniciativas deste género (Bélgica, França, Itália, Países Baixos, Espanha, Portugal, Dinamarca, Finlândia, Grécia, Áustria e Eslovénia).


 * Uma decisão mais que justa!

.

PEDRO TADEU

.



César das Neves 
não pode ficar calado

Ele acha que sem uma descida generalizada de ordenados o País não se safa. Ele garante ser disparatado subir o salário mínimo pois isso prejudica os pobres, os trabalhadores menos qualificados, enviados dessa forma para um despedimento certo. Ele não acredita no Estado. Contraditoriamente, ele acha que o Estado deve pagar aos pais para ficarem em casa alguns anos a cuidar dos filhos.

Ele acusa Portugal de ter desperdiçado dinheiro em consumo fútil. Ele atira-se ao Tribunal Constitucional por fazer política. Ele ataca os sindicatos dos médicos, dos juízes e dos professores com um nome crismado de pecado: corporações. Ele acusa a maior parte dos pensionistas que protesta de estar a fingir ser pobre.

Esta é uma parte do pensamento de João César das Neves, cujo desenvolvimento qualquer leitor do Diário de Notícias pode aprofundar às segundas-feiras, numa coluna de opinião já bem antiga.

Acontece que uma entrevista feita neste mesmo jornal, de que sou subdiretor, publicada no domingo, desencadeou um movimento de protesto nas redes sociais com volume já assinalável. Além de milhares de comentários indignados ou insultuosos em múltiplos fóruns, acrescentou-se até uma página no Facebook chamada "Correr com o César das Neves do DN, TV, Rádio e UCP" (Universidade Católica Portuguesa). E uma série de atores políticos, numa unanimidade rara entre quadrantes antagónicos, criticaram as posições mais polémicas do professor catedrático.

Um dos insultos mais "meiguinhos" que atiram a César das Neves é "reacionário". Um dos "mimos" frequentes que recebo é "estalinista". César das Neves, anticomunista, se pensar alguma coisa sobre o que escrevo (não nos conhecemos) achará que tudo o que defendo é horrível e tenebroso. Eu, ao ler César das Neves, só vejo caminhos de agravamento da exploração do homem pelo homem, algo que acho horrível e tenebroso. Tudo, portanto, nos separa.

Como opositor das ideias de César das Neves estou de acordo com a maior parte das críticas, mesmo as mais violentas, que são feitas ao sentido do que ele diz e escreve. Como indivíduo, no entanto, sinto--me obrigado a tomar outra posição: exijo que ele continue a dizer, a escrever e a tornar público o que lhe der na real gana.

Recuso alinhar em carneiradas que investem, cegas, contra a liberdade de expressão. Indignam-me estes abaixo-assinados ou grupos no Facebook, cada vez mais frequentes, que pretendem silenciar A, B ou C. A História já ensinou vezes sem conta que quem ganha com isso não são nem os explorados nem os oprimidos. Chega.

IN "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
19/11/13

.
.



9.UNIÃO




EUROPEIA




.
.
HOJE NO
"DESTAK"

Adam Levine 
é o homem mais sexy do mundo 

A revista People anuncia hoje o resultado da eleição anual do “Homem mais sexy vivo”, mas uma fuga de informação na véspera da revelação já dava como certa a escolha de Adam Levine. 


O vocalista dos Maroon 5 e mentor do talent show The Voice segue as pisadas de galãs como Channing Tatum, Bradley Cooper, Ryan Reynolds, Johnny Depp, Hugh Jackman, Matt Damon ou George Clooney, recuando até 2006. 

Adam Levine fará história ao ser o primeiro no medo universo musical a merecer tal distinção. Em julho, este “bad boy” de 34 anos e corpo tatuado deixou de lado a vida de “playboy” e ficou noivo de Prinsloo Behati, modelo da Victoria’s Secret.

* Um borracho!


.
.

MISTÉRIOS FANTÁSTICOS

3.A PIRÂMIDE PERDIDA



.
.
HOJE NO

"i"

Tom Cruise e Travolta apoiam novo templo da Cientologia para “super poderes” 

Inaugurado no passado domingo e com um custo de centenas de milhões de dólares, o edifício levou 15 anos a ser construído

Os actores Tom Cruise e John Travolta participaram na abertura do novo templo da Igreja da Cientologia, na Flórida, destinado a potenciar nos seus seguidores uma espécie de “super poderes”. 


Inaugurado no passado domingo e com um custo de centenas de milhões de dólares, o edifício levou 15 anos a ser construído e nele estará pela primeira vez acessível o programa secreto do fundador da Igreja, L. Ron Hubbard. 

O programa “Super Poder”, descrito como uma das grandes descobertas de Hubbard, consiste em potenciar nos seguidores o desenvolvimento de 57 sentidos ou percepções. 

“O Super Poder” é uma série de processos de aconselhamento espiritual criada para dar à pessoa o reflexo do seu próprio ponto de vista, aumentar a sua percepção, exercitar o seu poder de escolha e enaltecer outras capacidades espirituais”, explicou o porta-voz da igreja, Ben Shaw, citado pelo Daily Mail. 

Mas Hubbard chegou a ir mais longe na descrição do programa sobre o qual afirmou tratar-se da “resposta a uma sociedade doente, moribunda e morta…Com ele vamos ressuscitar literalmente os mortos". 

* Não é inédito uma associação criminosa ter o nome de igreja!

.
.



Joe Cocker



You Can Leave Your Hat On






.
.

HOJE NO
"A BOLA"

Doze portugueses no Dakar 2014

O itinerário da 35.ª edição do Rali Dakar foi apresentado esta quarta-feira, em Paris, destacando-se a extensão do percurso em cerca de mil quilómetros e uma passagem inédita pelos planaltos da Bolívia exclusiva para as motos.
.
Entre os mais de 400 pilotos inscritos estão doze portugueses: Paulo Gonçalves (Honda), Hélder Rodrigues (Honda), Ruben Faria (KTM), Pedro Bianchi Prata (Husqvarna), Victor Oliveira (Husqvarna), Pedro Oliveira (Speedbrain) e Mário Patrão (Suzuki) nas motos; e as duplas Carlos Sousa/Miguel Ramalho (Haval) e Francisco Pita/Humberto Gonçalves (SMG) e ainda Paulo Fiúza, copiloto do argentino Orlando Terranova, nos carros.

A grande novidade para 2014 são as cinco classificativas em percursos separados, um para motos e quads e outro para carros e camiões, numa distância de cerca de dois mil quilómetros, cerca de 40 por cento do percurso.

Ao todo, os carros vão percorrer 9.374 quilómetros (5.552 de especiais) e as motos 8.734 quilómetros (com 5.228 de troços cronometrados), repartidos em ambos os casos por 13 etapas.

A prova realiza-se de 5 a 18 de janeiro, entre Rosario, na Argentina, e Valparaiso, no Chile. A única jornada de descanso acontece no dia 11.

* Os portugueses precisam de vibrar com os  vossos êxitos para atenuar as agruras da vida.

.
.

 ONDA NAZARENA




.
.
HOJE NO
"PÚBLICO"

PJ desmantela dois grupos ligados ao
. contrabando de ouro que lesaram 
.Estado em mais de 30 milhões de euros 

Mega-operação que envolveu 131 buscas permitiu congelar mais de quatro milhões de euros em contas bancárias e aplicações financeiras.

Em apenas duas semanas, a Directoria do Norte da Polícia Judiciária (PJ) e o Departamento Central de Investigação e Acção Penal desmantelaram três grupos que se dedicavam ao contrabando de ouro e que terão lesado o Estado em mais de 60 milhões de euros de impostos que ficaram por pagar. A primeira operação ocorreu no início do mês e esta terça-feira foram desactivadas mais duas organizações criminosas suspeitas de uma fraude fiscal superior a 30 milhões de euros.


Nesta terça-feira foram detidas nove pessoas, a maioria empresários, numa mega-operação que incluiu 131 buscas realizadas em vários locais do país, envolvendo mais de 300 investigadores da PJ e cem inspectores tributários. A operação permitiu desmantelar duas organizações criminosas “fortemente indiciadas pela prática continuada de crimes de associação criminosa, fraude fiscal e branqueamento de capitais”, anunciou a PJ em comunicado.
Os dois grupos, que controlavam redes de lojas dedicadas à compra e venda de ouro, mantinham um esquema de exportação do material precioso para países da União Europeia, em alguns casos totalmente à margem do fisco e noutros declarando valores muito abaixo dos efectivamente transaccionados. O modus operandi é o mesmo utilizado por um outro grupo, que tinha o epicentro em Gondomar, desmantelado há duas semanas. Nessa altura, foram detidas sete pessoas, tendo duas ficado em prisão preventiva e três obrigadas a pagar cauções que chegaram aos 1,5 milhões de euros. Cada um dos grupos operava de forma autónoma, estando a ser investigados em inquéritos separados.
“As investigações decorreram ao longo de um ano e permitiram apurar a existência de dois grupos de pessoas do sector da compra e venda de metais preciosos que, actuando de forma concertada e permanente, vinham efectuando transacções comerciais sem procederem à respectiva declaração à Autoridade Tributária ou fazendo-o com falsidade, lesaram a Fazenda Nacional em dezenas de milhões de euros, em sede de IRC e IVA”, adiantou a polícia nesta terça-feira.

Até ao momento, os investigadores contabilizaram nestes dois casos uma fraude fiscal superior a 30 milhões de euros. “Só em sede de IRC e IVA relativos ao período em investigação, estima-se num caso uma fraude superior a 22 milhões de euros, ascendendo no outro a oito milhões”, precisa a nota. Os lucros eram ocultados em alguns casos através da compra de património em nome de terceiros.

 Face ao valor das fraude,s não se estranha que a PJ tenha congelado contas bancárias e outras aplicações financeiras de valor superior a quatro milhões de euros, além de confiscar 22 imóveis e de apreender 31 viaturas topo de gama, incluindo um Porsche e um jipe BMW. A polícia encontrou ainda cem mil euros em dinheiro, 20 quilos de ouro e três armas de fogo. Além dos nove detidos, com idades entre os 30 e os 60 anos, os investigadores detectaram outros dois suspeitos em flagrante delito por posse de arma de fogo ilegal.

Os nove suspeitos, a maioria dos quais detidos no estabelecimento prisional anexo à PJ do Porto, vão ser transportados nesta quarta ou quinta-feira para o Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa, para serem ouvidos pelo juiz Carlos Alexandre, que lhes aplicará as medidas de coacção. Isto acontece porque os inquéritos estão a ser dirigidos pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal, o departamento do Ministério Público especializado em criminalidade altamente organizada de âmbito nacional.

* Há já bastante tempo que alertámos neste blogue, quando do boom da venda de ouro, para a forte possibilidade da existência de crime e fraude à custa das dificuldades das pessoas que se viam na necessidade de se desfazerem do ouro que possuíam. 
Aliás nunca percebemos porque havendo ourivesarias com profissionais certificados e escrutinados, foi autorizada abertura de lojas para negociarem a compra de ouro  ao peso, desprezando o valor da arte de cada peça, parecendo autênticos ninhos de abutres.
Parabéns à Polícia Judiciária pelo seu permanente combate ao crime.

.
.


AI! A


ORTOGRAFIA














.
.

HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Nova PAC aprovada em Estrasburgo

Os apoios agrícolas europeus para o período entre 2014-2020 foram hoje aprovados no Parlamento Europeu em Estrasburgo.

A nova Política Agrícola Comum (PAC) foi aprovada no Parlamento Europeu em Estrasburgo. Para Portugal, embora no total a verba seja reduzida em cerca de 500 milhões de euros, as notícias são positivas. 


Não só o valor pago por hectare pela União Europeia deverá aumentar cerca de 20 euros até 2020, como ainda foi aberto uma linha de apoio específica para países sob intervenção financeira permitindo que os projectos sejam financiados até 95%. Também os apoios ao sistema de regadio, essencial para o financiamento do Alqueva, foram assegurados.

Capoulas Santos, eurodeputado do PS, foi durante os últimos três anos o responsável pela proposta hoje aprovada em Estrasburgo e que prevê até 2020 pagamentos directos aos agricultores nacionais de 3.897 milhões de euros - um aumento de 1,1% relativamente à anterior PAC - e de 3.605 milhões para o desenvolvimento regional. No total, Portugal perde cerca de 600 milhões de euros de apoios comunitários.

* O pior é que os agricultores estão na sua enorme maioria descapitalizados para encetarem novos projectos.


.
.
 EMBRULHO FÁCIL




.
.
HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"

Portugueses não perdoam Pepsi

Ofendidos com a campanha da Pepsi na Suécia, os portugueses têm utilizado as redes sociais para expressar o seu desagrado com a marca e são vários os que afirmam que nunca mais vão consumir a bebida.

A Pepsi criou um boneco de Cristiano Ronaldo vestido com o equipamento da seleção nacional, esmagou-lhe a cabeça com uma lata, amarrou-o a uma linha de comboio e fez-lhe vudu. As imagens rapidamente se difundiram por todo o Mundo, através das redes sociais, e os portugueses não gostaram. Indignados, são já milhares os que protestam nas redes sociais.

Em menos de 24 horas a página ‘Nunca mais vou beber Pepsi' já ultrapassou os 50.000 fãs (às 17h10 desta quarta-feira) com o mote: ‘se és português e tens orgulho no teu País, nunca mais bebas Pepsi'.

Entretanto a Pepsi já pediu desculpas a Cristiano Ronaldo e à seleção portuguesa, mas só através da página portuguesa. Na página sueca não há qualquer comentário ao assunto e os portugueses não perdoaram. "Pepsi, as desculpas não se pedem, evitam-se', pode-se ler na página de protesto contra a campanha da marca.

Entretanto a Pepsi já pediu desculpas a Cristiano Ronaldo e à seleção portuguesa, mas só através da página portuguesa. Na página sueca não há qualquer comentário ao assunto e os portugueses não perdoaram. "Pepsi, as desculpas não se pedem, evitam-se', pode-se ler na página de protesto contra a campanha da marca.
Já na pergunta feita pelo CM na notícia 'Pepsi pede desculpa por fazer vudu a Ronaldo', 94.5% dos leitores (às 11h20 de hoje) consideravam que o pedido de desculpas da marca não é suficiente. Pode votar nesta notícia também.
Nas últimas horas, em defesa do capitão da seleção nacional, dezenas de imagens têm-se espalhado pelas redes sociais. Os portugueses não querem perdoar a Pepsi.

* A publicidade está cheia de novos bárbaros, basta ver como se cria publicidade dedicada ao público infantil. 
Mas a publicidade também tem regras e limites não pode ser nem falaciosa nem insultuosa.
Era desejável que os portugueses não mais bebessem uma garrafa sequer daquela mistela.
Era importante que o governo através da tutela repudiasse o anúncio e aplicasse sanções à marca.

.
.
28.APELO
AO CONSUMO















.
.

HOJE NO
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

Investigadores portugueses vão testar nova descoberta 
Vacina contra a malária mais perto 

Uma equipa de investigadores portugueses modificou geneticamente parasitas da malária em roedores para estes obrigarem o sistema imunitário humano a combater o parasita em pessoas e vão receber 1,2 milhões de dólares da Fundação Gates para testar a descoberta. 

 Miguel Prudêncio, investigador do Instituto de Medicina Molecular (IMM) e responsável pela pesquisa, disse que o projeto começou há três anos, altura em que obteve um financiamento de 100 mil dólares para demonstrar a ideia, que visa obter uma vacina contra a malária. 


Este financiamento da Fundação Bill & Melinda Gates permitiu à equipa fundamentar a investigação, demonstrando, nomeadamente, que o parasita de roedores tinha a capacidade de infetar as células de fígado humano, fase necessária para gerar imunidade. 

Ao nível da segurança, avançou Miguel Prudêncio, a equipa provou que “o parasita é seguro para usar em seres humanos, porque não tem a capacidade de completar o seu ciclo de vida dentro dos glóbulos vermelhos humanos”. Para demonstrar a eficácia da ideia, os investigadores mostraram que “o tal parasita de roedores geneticamente modificado para expressar uma proteína de um parasita que infeta humanos tinha a capacidade de espoletar uma resposta imunitária capaz de identificar e reconhecer o parasita humano e capaz de inibir a infeção pelo parasita humano”. 

Estas provas permitiram à equipa avançar para a Fase II do programa Grand Challenges Explorations (GCE) e obter um financiamento de 1218 mil dólares por um período de um ano. O financiamento será aplicado na realização de experiências pré-clínicas e no desenvolvimento do processo regulatório com vista à obtenção de autorização para o início de ensaios clínicos em humanos para a vacina da malária, a realizar na Holanda. “O que fizemos até aqui são ensaios pré-clínicos (laboratoriais, com modelos animais ou células em cultura). O que pretendemos agora é avançar para ensaios em seres humanos e este financiamento vem neste sentido. 


Não é para começar já os ensaios humanos, mas obter as condições necessárias para avançar com os ensaios clínicos”. Os ensaios deverão realizar-se na Holanda, num “centro com grande experiência nestes centros experimentais” e em voluntários saudáveis (holandeses). 

* Mais uma vez a Inteligência Portuguesa a evidenciar-se.

.
.

 KIARPS A CERVEJA





.
.

HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Nuno Crato tem 2 meses para
 acabar com "discriminação" 
 
A Comissão Europeia insta Portugal a "pôr fim ao tratamento discriminatório" dos docentes que trabalham com contratos a termo nas escolas públicas. 


Num comunicado divulgado em Bruxelas, a Comissão Europeia declara que "recebeu um grande número de queixas", alegando que professores que trabalham com contratos a termo "são tratados de forma menos favorável do que o pessoal efetivo com funções equivalentes". 

"Em especial, estão a ser empregados ao abrigo de contratos de trabalho a termo sucessivo durante muitos anos, o que os coloca em situação de emprego precário, apesar de exercerem essencialmente funções de pessoal efetivo", refere o documento.

A Comissão Europeia considera que "esta situação é contrária à Diretiva da UE relativa aos contratos de trabalho a termo".

Portugal dispõe agora de dois meses para notificar a Comissão das medidas tomadas para se conformar plenamente com o disposto na diretiva. De outra forma, a Comissão pode decidir instaurar uma ação contra Portugal no Tribunal de Justiça da UE.

* O ministro da Educação comporta-se como um negreiro.

.
.
6-INGINHEROS...

.











.
.

COMPETENTES!





Para ler bem clique na imagem para ampliar, em seguida com o botão da direita clique novamente, a imagem será maior, obrigado.


.