domingo, 10 de novembro de 2013

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.


PERDOEM O VERNÁCULO
Diz ele:
  • 'Amor, tu fazes-me lembrar a "nebe"!... Tás sempre tão fria comigo!'...

 Responde ela:
'Pois, e tu fazes-me lembrar o "neboeiro"!... Sempre que bamos prá cama num se bê um caralho!!!

.
.





O QUE NÓS

APRENDEMOS!





CLIQUE ACIMA


.


.


12-BIGODE



D'OCASIÃO




 .
.


2-ARRUACEIRAS


















.
.


11-BIGODE



D'OCASIÃO






.
.



 L E O N


video


.
.


10-BIGODE



D'OCASIÃO

 


.
.

VISITE O SUBMARINO




HMS Ocelot (S17) foi um submarino da  classe Oberon diesel-elétrico  construído pela HM Dockyard em Chatham , em Kent em 17 de novembro de 1960, lançado a 5 de maio de 1962 e comissionado em 31 de janeiro de 1964. 
Juntou-se à  3 ª Esquadra sediada em HMNB Clyde , em Faslane . HMS Ocelot foi o último submarino construído para a Royal Navy em Chatham Dockyard, embora mais três desta classe  os Ojibwa, Onondaga e Okanagan, foram construídos para a Marinha Real Canadense .
HMS Ocelot cessou actividade em  Agosto de 1991 quando  a frota de submarinos convencionais do RN começou a declinar, abrindo caminho para a frota nuclear. Foi vendido em 1992 e preservado como  museu  em Chatham Historic Dockyard .
Em novembro de 2013, o interior do HMS Ocelot foi adicionado ao Google Street View  pelo Google Empresas Fotos Agência CInsideMedia Ltd.

.
.


9-BIGODE



D'OCASIÃO






.

MANUEL TAVARES

.





PS? PCP? BE? 
Não, é o sr. Gill

À luz do que nos tem sido dito repetidamente pelo nosso Governo, o sr. Frank Gill veio dar-nos uma opinião muito improvável para quem é diretor responsável da Standard & Poors pelos ratings das dívidas soberanas europeias: afinal, um segundo resgate pode bem ser um fator positivo para a notação da dívida portuguesa.

A primeira reação é obviamente a de ir consultar os ficheiros do PS, PCP e BE para tentar descortinar alguma ligação do senhor, tal tem sido a tónica posta pelo Governo na identificação da possibilidade de um segundo resgate com os desejos mais ardentes dos partidos da Oposição. E mais ainda: como a expressão irresponsável de quem não tem a noção de como reagem os mercados ao menor sinal ou tentativa de fazer com a dívida do país o que qualquer cidadão faria com a sua, ou seja, negociar taxas de juro e prazos.

Mas não, este sr. Gill é mesmo o responsável-mor pela avaliação da S&P, a tal agência que também repetidamente nos tem sido apresentada como influenciadora dos comportamentos dos mercados financeiros, para além do aceitável segundo alguns e insubstituível segundo outros. Verdade, isso sim, é que sabemos, de experiência vivida, que tem bastado à S&P tossir para o rating da nossa dívida soberana resvalar para o lixo. Ou seja: para o descrédito.

Apenas estávamos refeitos do arrojo de António José Seguro que, em direto na TVI, anunciou que vai pedir aos portugueses uma maioria absoluta, eis que, em entrevista ao Dinheiro Vivo, a Standard & Poors, pela voz autorizada do sr. Gill, nos vem elucidar sobre os benefícios de um segundo programa de ajuda financeira. A saber: "É financiamento com maturidades longas, com taxas de juro extremamente baixas, o que é obviamente bom para o vosso perfil de dívida...".

Melhor é que este sr. Gill não reclama da nossa governação. Pelo contrário, tece-lhe elogios como estes: "Também achamos que globalmente a economia está a equilibrar--se e Portugal está agora a conseguir um superavit substancial na sua conta-corrente, que tem sido orientado cada vez mais pela forte performance das exportações do que pela compressão das importações [...] As maturidades estão a ser alargadas, nos empréstimos oficiais para Portugal e isso aumenta verdadeiramente a sustentabilidade da dívida soberana".

Interessantes são também as preocupações do sr. Gill com as políticas para o futuro, em relação às quais volta a aproximar-se das oposições: "É muito difícil, depois da redução orçamental, que já ocorreu, continuar a avançar com cortes no consumo e no investimento público...".

Conclusão: não fosse o nosso próprio jogo político-partidário e talvez Portugal pudesse negociar com os credores internacionais uma boa saída. Até um segundo resgate...

IN "JORNAL DE NOTÍCIAS"
09/11/13

.
.
OS OPERÁRIOS




.
.


8-BIGODE



D'OCASIÃO




.
.
 VI. O MUNDO SECRETO DOS JARDINS
  

O MIMETISMO


video



.
.


7-BARBA



D'OCASIÃO

 



.
.


6-BIGODE



D'OCASIÃO





.
.


 MENINAS


E TÁ NA HORA D


TIRAR  OS CACHECÓIS


DOS ARMÁRIOS


video



.
.


5-BIGODE



D'OCASIÃO



.
.


18PENSAMENTOS
























.
.


4-BIGODE



D'OCASIÃO





 .
.

 VAMOS P'RÁ CAMA?


video


.
.


3-BIGODE



D'OCASIÃO




 .
.


ASSIM



TAMBÉM SE VIVE



































 .
.


2-BIGODE



D'OCASIÃO




 .
.
H.I.V

video





.
.


1-BIGODE


D'OCASIÃO





.
.

 PREDADORES














.