domingo, 21 de julho de 2013

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.


O PONTO G



O ponto G ou ponto de Gräfenberg é uma pequena área na mulher atrás do osso púbico perto do canal da uretra e acessível através da parede anterior da vagina. 

 
 O ponto G (4) está trás do osso púbico (3) 
no interior do canal vaginal (7 e 12).

Tendo assumido que uma zona erógena é aquela que quando estimulada conduz a elevados níveis de excitação sexuais e ao orgasmo.

A denominação ponto G foi cunhado por Addiego et al. em 1981 . Em homenagem ao ginecologista alemão Ernst Gräfenberg, o primeiro médico da atualidade a criar a hipótese da existência de tal área, em 1950.
O Médico D. Scrocher afirma que fazer sexo ou masturbação pelo menos uma vez por semana ajuda no desenvolvimento do ponto G e evita doenças de pele - além de ajudar contra doenças que atacam o coração e diabetes

WIKIPÉDIA 

Porém novas investigações revelaram que a localização do Ponto G se encontra um pouco  abaixo da área referida, verifique com a imagem a seguir




 Enviado por JOPE


.

DA AUSTRÁLIA COM AMOR

. .




NR: A ampliação do docx foi a que melhor conseguimos. Em alguns monitores, através de ajuste no HTML, poderá obter melhor nitidez, importante era editar o texto. A "mancha" do formato é a possível e mto grande pelo que  este texto se situa bem abaixo do términus do artigo.

.
.

 18.AS PUDOREZAS


















.
.


11.ESTE É O PAÍS


Este é o país em que os filhos da terra, nascidos em aldeias e vilas espalhadas pelo país, são empurrados pelas administrações públicas para os dormitórios das grandes cidade onde já não há empregos, porque os construtores e os bancos que os financiaram e os autarcas que cobraram as taxas e impostos sobre o imobiliário querem forçar a venda das casas desocupadas, e assim não deixam filhos da terra construir casas junto às dos seus pais, por alegadas razões ambientais.  


IN "O MEU PROGRAMA DE GOVERNO"

DE JOSÉ GOMES FERREIRA

UM LIVRO IMPERDÍVEL

.
.
 CASA COMIGO

video


.
.


10.ESTE É O PAÍS



Este é o país em que, quando o gerente de um hipermercado estabelece um contrato de mil quilos de maçãs com um produtor, este fica obrigado a fornecer tantas maçãs ao hipermercado, quantas as que forem necessárias para o mesmo hipermercado vender mil quilos de maçãs. Isto é, para receber por mil quilos de maçãs o produtor chega a ter de fornecer mil e 500 quilos ou mais. Fica obrigado a repor quebras  e ir substituindo o fornecimento caso não se venda de imediato.

IN "O MEU PROGRAMA DE GOVERNO"

DE JOSÉ GOMES FERREIRA

UM LIVRO IMPERDÍVEL
 .
.

A PEDRA... 
A PRESPECTIVA 
VERSUS VALOR 
NUNO VILELA SANTOS


video



.
.


9.ESTE É O PAÍS



Este é o país em que os donos de casas de Turismo Rural estão proíbidos de servir à mesa compotas de fruta produzidasnas quintas onde essas casas se situam porque os organismos do Estado que tutelam a Economia e o Turismo não deixam, alegando condições de higiene e segurança alimentar ( sim, os hipermercados têm muitas compotas para vender...).

IN "O MEU PROGRAMA DE GOVERNO"

DE JOSÉ GOMES FERREIRA

UM LIVRO IMPERDÍVEL 

.

FERNANDO DACOSTA

.



Enjoados 
da democracia

Alguns dos nossos democratas estão a cansar-se da democracia. 

Esse cansaço (enjoo) traduz-se no adiamento, congelamento de regras básicas dela, como protelação de eleições, suspensão de referendos, recusa de contactos, fuga a críticas, a compromissos, etc. No passado não se referendou o ingresso de Portugal na CEE nem, depois, no euro; no presente não se opta pela ida às urnas como solução exigível para o emaranhado político em que estamos.

A intervenção do povo tornou-se, ao que se assiste, inconveniente para o poder que desatou a fugir dela como o diabo da cruz - nem ouvi-lo (ao povo) quer.
Significativo disso foi a recentíssima reacção da segunda figura da democracia portuguesa - uma jurista "milionariamente" reformada aos 42 anos - ao perder a cabeça com representantes de funcionários que, vitimizados pelo Estado, protestavam nas galerias da Assembleia. Antes haviam sido reformados a manifestar-se silenciosamente - de imediato corridos pela abespinhada senhora.
 
"Não podemos permitir que os nossos carrascos nos criem maus costumes", sentenciou ela. Pois não. Por isso, o opormo-nos a eles (carrascos), pelo voto, pelo berro, pela indignação é um acto de cidadania. O que a presidente não parece ter percebido é que os carrascos de hoje não são os manifestantes, são os deputados que, com as suas maiorias, aprovam leis para esbulhar, amputar, matar populações, como tem feito a coligação que domina o parlamento (e o governo, e a Presidência da República), confiscando soberania aos eleitores. 

É que em Portugal os democratas (estes) só querem dar-nos liberdade para concordar com eles!

IN "i"
18/07/13

.
.
 INSIDIOSAMENTE
TOSCOS




.


8.ESTE É O PAÍS



Este é o país em que os piscicultores querem aproveitar as antigas salinas para instalar novas explorações, mas os responsáveis do Ambiente não deixam porque dizem que há uma espécie de pássaros que nidifica nessas salinas, e entretanto continuamos a importar cada vez mais peixe.


IN "O MEU PROGRAMA DE GOVERNO"

DE JOSÉ GOMES FERREIRA

UM LIVRO IMPERDÍVEL

.
.
MITOLOGIAS

V-A LUTA DOS DEUSES
2-BEOWULF


video



.
.


7.ESTE É O PAÍS



Este é o país em que os pequenos agricultores das serras do interior não podem matar qualquer espécie de animal selvagem, um lobo ou um javali que ataque os animais domésticos ou as próprias culturas, porque ficam sujeitos a pesadas multas ou a ir presos se o fizerem. A lei atribui-lhes a possibilidade de pedir indemnizações pelos estragos que as espécies selvagens provoquem, mas a ajuda, em valores irrisórios, só chega ao fim de muitos anos ou acaba por nunca chegar.

IN "O MEU PROGRAMA DE GOVERNO"

DE JOSÉ GOMES FERREIRA

UM LIVRO IMPERDÍVEL

.
.

BANA



NHO MANEL






.
.


6.ESTE É O PAÍS


Este é o país em que, para um grupo de cidadãos passear num parque natural tem de contratar um guia e o guia tem de estar registado no Instituto da Conservação da Natureza e tem de pagar 150 euros pela  licença para guiar as pessoas nesse passeio.



IN "O MEU PROGRAMA DE GOVERNO"

DE JOSÉ GOMES FERREIRA

UM LIVRO IMPERDÍVEL

.
.

 PÍLULA MÁGICA

para perder peso



video




.
.


5.ESTE É O PAÍS


Este é um país em que, para instalar uma empresa industrial são precisos sete, oito, dez anos de espera pelas autorizações.
Em que para abrir um restaurante são precisas 16 licenças e esperar 10 anos pelo alvará.

IN "O MEU PROGRAMA DE GOVERNO"

DE JOSÉ GOMES FERREIRA

UM LIVRO IMPERDÍVEL
 .
.

NÃO FINJA QUE
NÃO É CONSIGO















.
.


4.ESTE É O PAÍS


Este é o país em que a burocracia, propositada para favorecer alguns e em geral para dificultar a vida de todos e justificar a existência dos burocratas, transformou a vida da maior parte dos portugueses que querem viver, trabalhar, investir, criar riqueza no seu próprio país, numa autêntica via-sacra, um carregar permanente de uma cruz que podia ser evitada.


IN "O MEU PROGRAMA DE GOVERNO"

DE JOSÉ GOMES FERREIRA

UM LIVRO IMPERDÍVEL

.
.



 CHINLONE


VERDADEIRAMENTE BELO


video



Chinloe é um desporto tradicional de Burma, Miamar, é uma combinação de habilidade e dança, uma equipa que joga sem adversário. Chinloe é NÃO COMPETITIVO, o principal não é ganhar ou perder mas evidenciar como a harmonia de movimentos  tem uma rara beleza.

Uma equipa de seis jogadores passa a bola, feita de vime, entre eles com os pés, joelhos e cabeça conforme vão se movendo ao longo do circulo. Um jogador vai para o meio criando uma dança de vários movimentos  ligados entre si, é ajudado pelos outros jogadores que lhe passam a bola novamente só com um toque, quando a bola cai o jogo volta ao início.



.
.

3.ESTE É O PAÍS


Este é também um país que tem condições para crescer e dar um futuro digno a todos, mas que se enquistou à volta de interesses muito poderosos e levou o Estado, os grupos económicos, até a Justiça, a servir esses mesmo grupos de interesses.


IN "O MEU PROGRAMA DE GOVERNO"

DE JOSÉ GOMES FERREIRA

UM LIVRO IMPERDÍVEL

.
.
NÃO MERECEM
TER DOMINGO?















.
.


2.ESTE É O PAÍS



Este é o país em que o Estado, em praticamente todas as suas vertentes, Administração Central, Segurança Social, Fundos e Serviços Autónomos, Administrações e Estruturas Regionais, Administração Local, - este Estado extenso e complexo, propositadamente complexo para se justificar a si próprio e ao seu crescimento imparável - virou as costas às pessoas.


IN "O MEU PROGRAMA DE GOVERNO"

DE JOSÉ GOMES FERREIRA

UM LIVRO IMPERDÍVEL

.
.
 AMBULÂNCIA NOVA

video



.


.


1.ESTE É O PAÍS



Este é o país em que o Estado gastou demais e em que passou a estar virado para dentro de si próprio e para servir interesses que se penduraram nesse mesmo Estado, nos seus vários orçamentos.

IN "O MEU PROGRAMA DE GOVERNO"

DE JOSÉ GOMES FERREIRA

UM LIVRO IMPERDÍVEL

.
.
 ROTUNDA




Quando muitas vias convergem para - ou partem de - um único ponto da cidade, o trânsito costuma ficar caótico. E a melhor solução que a engenharia apresentou para o problema até hoje foram as rotundas, um recurso que permite os cruzamentos, mas não elimina a confusão. Pior, dificulta a vida dos peões, os últimos a serem notados pelos condutores mais preocupados em sair ilesos da roleta.







Mas, não no bairro de Pudong em Xangai, na China. Ali, os peões têm uma rotunda só para eles: a passadeira circular Lujiazui, construída do lado leste do rio Huangpu, na zona económica e financeira da cidade, cercada por arranha-céus onde não havia nada além de terra há 15 anos atrás.







Suspensa quase a 20 metros acima da rua, a ponte permite que os peões passem de um lado para o outro da rotunda em segurança, desde que estejam dispostos a percorrer o mesmo trajecto circular dos automóveis. De presente, eles ainda têm a possibilidade de assistir de camarote às confusões em que os automobilistas se metem lá em baixo.
A passadeira dá acesso ao edifício Oriental Pearl Tower, conectando os prédios de escritórios do centro financeiro das redondezas a áreas de lazer e de compras, como shoppings e cafés.









   


Com 5,5 metros de largura, a ponte permite que 15 pessoas caminhem lado a lado, facilita o acesso aos transportes públicos e ainda é toda iluminada à noite, o que dá um bonito efeito à região. Além disso, vãos longos entre as colunas também proporcionam agradáveis experiências em relação ao nível da rua, de onde se pode ver a cidade um pouco mais do alto, tornando a rotunda ideal para passeios turísticos. Xangai style.

.
.
 QUE VENTANIA
 ONTEM À NOITE ADORNEI


video



.
.

MAMÃE É A MELHOR!!!






.
.


BOM DOMINGO





.