sábado, 15 de junho de 2013

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA


.
6- CAIXA DA 
SAÚDE
 Katie Price
.
.
  2-NOSSA QUE BIOLÊNCIA
















.
.
5- CAIXA DA 
SAÚDE
 Kilye Minogue
.
.

2.CAMINHANDO COM AS BESTAS


3. Baleia Assassina






.
.
4- CAIXA DA 
SAÚDE
 Tara Reid
.



1-REPÚBLICA



video

UMA EXCELENTE PRODUÇÃO DA RTP, REVEJA

.
.
3- CAIXA DA 
SAÚDE
Lindsay Loan
.

BAPTISTA BASTOS

.





  

 O 10 de Junho

Bláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblá 

A magistratura presidencial destina-se a manter a coesão nacional 

bláblábláblblábláblábláblábláblbláblábláblábláblábláblábláblábláblá-blábláblábláblá 

 Não governo nem sou corresponsável pela política do Governo

blábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblá-blábláblábláblá 

A agricultura nunca esteve tão bem como nos últimos anos 

bláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblá-blábláblábláblábláblá 

Chego sempre à mesma conclusão: se tivermos uma crise política, os portugueses ficariam muito pior

blábláblábláblá.Blábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblá 

Estou acima das lutas político-partidárias 

bláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblá 

No meu horizonte não está a demissão do actual Governo, pelo menos durante a vigência do programa de assistência financeira 

blábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblá-blábláblábláblábláblábláblábláblá 

 O relançamento da economia será possível com a expansão do investimento privado e o financiamento às empresas

bláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblá-bláblá

 A demissão do Governo não deve ser feita de ânimo leve. Só em ocasiões muito especiais. Nem mesmo numa situação em que o Presidente perde a confiança no Governo 

bláblálábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblá-blábláblábláblábláblábláblábláblá-blábláblá 

Não comento as declarações do senhor Presidente da República; isso compete aos comentadores 

blabláblábláblábláblábláblbláblábláblábláblábláblábláblábláblá-blábláblábláblábláblábláblábláblá-bláblábláblá 

 Não percebo muito bem o discurso do senhor Presidente. Nem uma só vez se referiu ao desemprego em Portugal 

blábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblálábláblá-bláblá 

Aquilo que preocupa os portugueses. Que é a crise, os problemas que os afectam, desemprego, recessão, não tiveram eco, de facto, neste discurso 

bláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblá-bláblábláblábláblábláblábláblá 

O senhor Presidente da República teve um discurso muito responsável, muito galvanizador. Foi um Presidente da República da esperança bláblábláblá 

bláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblá 

O Presidente da República saberá, com certeza, os temas que escolhe. Aquilo que nos parece é que faz sentido falar da agricultura, que é um tema muito importante 

bláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblábláblá-blábláblábláblábláblá 

Gatunos! Gatunos! Gatunos! Demissão! Demissão! Gosto muito de paradas militares. Por isso cá estou. Mas que estão a fazer aqui estes gajos do Governo, que só têm dado cabo do país? (...) Nobre povo, nação valente (...) Às armas! Às armas!

IN "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
12/06/13

.

.
2- CAIXA DA 
SAÚDE

Lil' Kim

 

.


.

2-OPERAÇÃO
 NÓ-GÓRDIO

video


.
.
1- CAIXA DA 
SAÚDE
Nicole Kidman



.
.

SIMONE de OLIVEIRA

Homenagem a Lisboa






.
.
HOJE NO
" CORREIO DA MANHÃ"

Dez dicas para tornar o sol fonte de prazer

No verão, os portugueses adoram apanhar sol e desfrutar de um bom dia de praia. Mas se não estiverem bem protegidos, corre-se o risco de desenvolver cancro de pele.

De acordo com a Liga a Portuguesa Contra o Cancro, surgem anualmente em Portugal 700 novos casos de melanoma maligno, o tipo de cancro de pele mais grave.

Isto acontece porque muitas pessoas não sabem que zonas do corpo proteger e como o fazer.
Sabia que pode desenvolver cancro de pele no pescoço ou na zona entre os olhos e o nariz? E que o consumo de frutas e legumes ajuda a proteger o nosso maior órgão?

* Não se suicide com o Sol!

.

.


 ÁLCOOL E CONDUÇÃO



video


.
.
HOJE NO
"i"

Mais de 14 mil ofertas do centro de emprego ficaram por preencher em Maio 

Estas atividades representam quase 60% das ofertas.

As ofertas de emprego por preencher totalizavam em maio 14.400, um acréscimo de 40,9% face ao mês homólogo e mais 8,4% do que em abril (13.281), segundo o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).
Na informação sobre o mercado de emprego divulgada mensalmente, o IEFP indica que as atividades económicas com mais expressão nas ofertas foram: atividades imobiliárias e administrativas, restauração e alojamento, comércio por grosso e retalho, administração pública, educação, saúde e apoio social e agricultura, caça e pesca.

Estas atividades representam quase 60% das ofertas.

Foram colocadas 8.093 pessoas, o que representa mais 42,5% em termos homólogos, sendo mais relevantes os grupos dos serviços, proteção e segurança, trabalhadores não qualificados das minas, construção civil e indústria transformadora, trabalhadores não qualificados dos serviços e comércio, outros operários e artífices e trabalhadores qualificados da agricultura e pesca.

Em maio, o número de desempregados apresentou uma variação homóloga de 9,7% (mais 61.983 inscritos), sendo o sexo masculino o mais afetado, com um acréscimo de 11%.
Os desempregados inscritos há mais de um ano aumentaram 31,5% e os que procuram o primeiro emprego avançaram 22,8% face ao mês homólogo.

Em termos de escolaridade, verificou-se um agravamento em todos os níveis, comparativamente ao mês homólogo, embora tenham registado variações negativas face a abril.

*  Porque as vagas não são preenchidas???

.
.
 3-CHAMARAM A

POLÍCIA
























.
.

HOJE NO
"A BOLA"

Governo norte-americano 
pediu informações sobre 32 mil 
clientes da Microsoft

A Microsoft revelou, este sábado, que recebeu entre 6 e 7 mil pedidos de informação durante o segundo semestre de 2012 acerca de 32 mil clientes por parte das autoridades norte-americanas.
Esta informação foi divulgada pela gigante informática depois de os jornais Washington Post e The Guardian noticiaram que a Agência Nacional de Segurança dos EUA (NSA) e a polícia federal (FBI) têm acesso aos servidores de nove empresas: a Microsoft, a Yahoo!, a Google, o Facebook, o Skype, o AOL, o YouTube, a Apple e o PalTalk.
O programa de vigilância de telecomunicações PRISM permite à NSA ligar-se aos servidores das empresas para consultar informações sobre os utilizadores. Era secreto e está ativo desde 2007.

Há também especulações análogas sobre a Dropbox, uma plataforma de alojamento de ficheiros na cloud.
O caso foi denunciado por Edward Snowden, um informático de 29 anos que trabalhava numa empresa privada subcontratada pela NSA.
A rede social Facebook revelou que nos últimos seis meses do ano passado recebeu entre nove mil e dez mil pedidos de informação privada por parte das autoridades norte-americanas.

* O delírio dos dirigentes americanos de se tornarem donos do mundo,  nunca conseguirão nem como Big Brother.

.
.
E RESISTIMOS....

video

Os que nasceram até 1980 cresciam assim, sem grandes sofisticações tecnológicas mas com a alegria de partilhar a rua, hoje cresce-se em gaiolas...

.
.
HOJE NO
"PÚBLICO"

Prédio de Cassiano Branco demolido em violação do projecto aprovado 

Câmara condicionou obra à manutenção da fachada e embargou-a na terça-feira. O prédio já estava praticamente demolido.

A história voltou a repetir-se: um edifício com valor patrimonial, cuja demolição integral a Câmara de Lisboa proibira, impondo a manutenção da fachada, foi quase todo abaixo antes de a fiscalização actuar. 


Na terça-feira, duas semanas depois de o blogue do Fórum Cidadania tornar público o início da demolição, e um dia depois de ali ter sido escrito que os três pisos superiores do prédio já tinham sido destruídos, o vice-presidente da câmara, Manuel Salgado, mandou embargar as obras. "Desconformidade com o projecto aprovado" foi o motivo da decisão, informou ontem o Gabinete de Comunicação da Câmara, em resposta ao PÚBLICO.

Construído nos anos 30 no gaveto da Av. Almirante Reis com a Praça João do Rio, perto do Areeiro, o imóvel de habitação colectiva que o arquitecto Cassiano Branco projectou e está inscrito no Inventário Municipal do Património encontrava-se devoluto há vários anos. A empresa proprietária (Hotel do Aeroporto, Actividades Hoteleiras, SA) é presidida pelo anterior grão-mestre adjunto do Grande Oriente Lusitano (2005-2011), o gestor António Justino Alves Ribeiro.

O PÚBLICO tentou ontem contactar o responsável pela sociedade, mas não conseguiu localizá-lo. A Hotel do Aeroporto tem sede numa moradia classificada como imóvel de interesse público, projectada por Porfírio Pardal Monteiro e situada no n.º 290 da Av. 5 de Outubro, junto às antigas instalações da RTP. No mesmo edifício, ao qual foi atribuído o Prémio Valmor de 1930 e é conhecido como Moradia António Bravo, está também sediada uma empresa denominada Residências Sénior do Areeiro - Instalações para Idosos, SA, igualmente dirigida por António Justino Alves Ribeiro.
De acordo com o blogue noticioso O Corvo, os proprietários do edifício da Av. Almirante Reis já em 2006 tinham apresentado à câmara um projecto para a construção de um hotel, prevendo então a demolição integral do imóvel.

O pedido foi indeferido, mas, em 2009, viria a ser aprovado pela autarquia (com 13 votos a favor e três abstenções) um outro projecto com a mesma finalidade hoteleira, que contempla a demolição integral do interior e a construção de um piso suplementar, em mansarda. A proposta de aprovação, assinada por Manuel Salgado, impôs, contudo, a "manutenção das fachadas principais" pela empresa.
O hotel então viabilizado terá seis pisos acima do solo (como tinha o projecto de Cassiano Branco), mais o piso amansardado na zona da cobertura e três pisos subterrâneos.Desde essa altura, porém, o prédio, cujas janelas e portas estavam emparedadas há vários anos e tinha grande parte das paredes cobertas por graffiti, não foi objecto de qualquer intervenção, acentuando-se a sua degradação.

Em Julho de 2010, segundo consta do aviso afixado no estaleiro, o vereador Manuel Salgado aprovou formalmente o início dos trabalhos, mas o alvará de obras só foi emitido, a pedido dos proprietários, a 24 de Abril deste ano, tendo a demolição começado pouco depois.

Tal como aconteceu há alguns meses num outro importante conjunto arquitectónico existente na Av. Duque de Loulé e cuja licença de obras obrigava a manter as fachadas e parte dos interiores, a fiscalização camarária só interveio na Almirante Reis quando a destruição já era irreversível. No primeiro caso nem chegou a haver embargo. No prédio de Cassiano Branco, Manuel Salgado mandou parar a demolição quando só restavam dois pisos em pé.

* Um embargo de fachada, não se acredita que na CML ninguém soubesse da destruição que estava a ser feita. Quem é o responsável do desleixo municipal?

.
.
 EMBRODERIES
















.
.
 HOJE NO
" DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Fenprof fala em mais de 80 mil professores na manif

Segundo o secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, foram mais de 80 mil os professores de todo o País desceram esta tarde a Avenida da Liberdade, em Lisboa, para um protesto que terminou nos Restauradores. "É uma grande manifestação e o Governo tem de tirar conclusões", diz Lucinda Manuela, da FNE. 

"Pensamos que a greve também vai ter uma grande adesão. Não é de ânimo leve que os professores fazem greve nesta altura, fazem-no porque sentem que há uma necessidade imperiosa", conclui a dirigente da Federação Nacional de Educação.

Enquanto muitos professores já se concentravam nos Restauradores e os discursos decorriam, a cauda da manifestação descia ainda a avenida. O protesto junta as duas federações e ainda sete sindicatos."Crato, escuta, os professores estão em luta", "Se a educação é cara, experimentem a ignorância" ou "Mobilidade especial para quem governa mal" ouve-se em uníssono na prata lisboeta.
A aplicação do regime de mobilidade especial aos professores, as distâncias a que podem ficar colocados e o aumento do horário de trabalho das 35 para as 40 horas semanais são os principais pontos que opõem os docentes ao Governo.

Minutos antes de os professores começarem a marcha, o secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, acusava o Governo de ser ele a pôr em risco a realização dos exames nacionais do ensino secundário e garantiu que os professores vão continuar em luta contra as políticas do executivo para o setor.

* Sem medo, este governo merece uma oposição forte na rua já que no parlamento é frouxa.

.
.
 
TREINADOR PRECISA-SE


video


.
.
HOJE NO
" RECORD"

João Pereira em 8.º no Europeu

João Pereira terminou o Campeonato da Europa realizado na cidade turca de Alanya na 8ª posição, com um atraso de 1.21 minutos em relação ao vencedor, o russo Ivan Vasiliev. 

Depois de uma natação de bom nível, Pereira integrou um grupo de 14 unidades de onde saíriam os dois primeiros classificados. No entanto, o segmento de ciclismo - mais técnico - fê-lo perder metros preciosos que rapidamente se alargaram, resultando num atraso para a frente da prova. Pereira acabou absorvido pelo grupo perseguidor onde vinham Miguel Arraiolos e, até certa altura, Hugo Ventura. Bruno Pais perdeu algum terreno na natação e acabou por ver comprometidas as suas aspirações a um bom resultado.

No segmento de corrida, Pereira voltou a ter um registo ao nível dos melhores cruzando a meta no 8º lugar. Quem também exibiu um bom grupo de corrida foi Miguel Arraiolos que alcançou o seu melhor registo em Campeonatos da Europa, com o 13º lugar. Seguiram-se Hugo Ventura em 29º e Bruno Pais em 36º.

O russo Ivan Vasiliev acabou por se mostrar o mais forte nos últimos metros, triunfando com o tempo de 1:42.09 horas, com as medalhas de prata e bronze a ficarem para o italiano Alessandro Fabian e o espanhol Mario Mola, que chegaram 7 e 13 segundos mais tarde, respetivamente. João Pereira fechou com 1:43.31 horas. 

* É um resultado honrado, já pensaram como seria Portugal se fosse o oitavo país da  Europa em qualidade de vida?

.
.

  
Já tiveram


melhores dias
















.