segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA


.


Porque se detesta


o Inverno


video


e o atrevimento


video



.
.
HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Juiz conselheiro do Constitucional 
Recolha de imagens pela polícia 
na RTP "é ilegal" 

O juiz conselheiro do Tribunal Constitucional Guilherme da Fonseca afirmou hoje que a atuação policial de 14 de novembro e a recolha de imagens não editadas na RTP "são ilegais" e "só podem explicar-se com um interesse ilegítimo" da polícia. "A conclusão que eu tiro é que [se tratou de uma] atividade ilegal e ilícita das autoridades policiais, com violação do direito ao sigilo profissional dos jornalistas", afirmou Guilherme da Fonseca, durante uma iniciativa organizada pela Comissão de Trabalhadores da RTP.
Para o juiz conselheiro, esta atuação "só pode explicar-se por um interesse ilegítimo das autoridades policiais para a possível identificação de suspeitos que participaram nestes acontecimentos".
No entanto, explicou o responsável, salvaguardando que falava a título pessoal, "a obtenção destas imagens na RTP não vale nada, é ilegitima e é passível de juízos criminais".

O juiz conselheiro considerou ainda que houve "vários patamares de ilegalidade e de ilegitimidade" nos acontecimentos de 14 de novembro, dia de greve geral, frente ao parlamento.
"As atuações policiais [foram] excessivas e desproporcionadas, contrariam os limites constitucionais. Esta atuação policial, pelo excesso que revela, merece a censura constitucional e não tem cobertura na lei de segurança interna", afirmou.

Relativamente ao acesso por parte das autoridades policiais às imagens não editadas recolhidas pelas equipas de reportagem da RTP, Guilherme da Fonseca referiu que, "no que toca à obtenção das imagens, não há nenhuma cobertura legal", uma vez que esse acesso "não foi precedido de nenhuma autorização das autoridades judiciárias competentes", explicou.

O juiz conselheiro disse ainda que estes direitos "podem conflituar" com o direito à justiça: "Mas, neste caso, é fácil, porque não há verdadeiramente nenhuma confrontação entre os direitos fundamentais e o direito à justiça", defendeu Guilherme da Fonseca.

O responsável participava no debate "Caso Brutosgate: perspetivas jurídicas e deontológicas", uma iniciativa promovida hoje pela Comissão de Trabalhadores da estação pública de televisão.
No final de novembro, a administração da RTP emitiu um comunicado no qual afirma que os "responsáveis da direção de informação facultaram a elementos estranhos à empresa" imagens dos incidentes ocorridos a 14 de novembro, dia da greve geral, em frente ao parlamento e adianta que foi aberto um inquérito. Na sequência desta polémica, o diretor de informação da RTP, Nuno Santos, anunciou a sua demissão do cargo, rejeitando essa acusação.

Num esclarecimento divulgado após notícias sobre a alegada cedência pela RTP de imagens da manifestação do passado dia 14, a PSP refere que "não possui, nem nunca teve na sua posse, quaisquer imagens dos operadores televisivos que não sejam as emitidas pelos diversos canais dessas televisões".

* Que não se olhe para os polícias como os responsáveis por estes visionamentos, porque os orquestradores são os mesmos que lincharam Nuno Santos, era incómodo, os novos chefes são fiéis a Relvas.


,

DSEXO OPOSTO

LUCAS SILVEIRA





Lilia Silveira nasceu no Canadá em 1979 fez historia por ser o primeiro homem trans assumido pertencente a uma banda rock com contrato com uma importante gravadora. 
O vocalista  dos Cliks decidiu não tomar hormonas porque não queria que a sua voz mudasse.


.
 .
HOJE NO
"RECORD"

Guimarães 2013 abre 
Bolsa de Voluntariado Desportivo 

A Cidade Europeia do Desporto Guimarães 2013 procura voluntários para os eventos que serão promovidos no próximo ano, tendo aberto uma Bolsa de Voluntariado Desportivo para "promover o encontro entre a procura e oferta".

Num comunicado divulgado esta segunda-feira, a organização de Guimarães 2013 especifica que pretende encontrar "voluntários experientes" para eventos desportivos que tenham "vontade de promover a prática do desporto".
Os interessados irão ainda ter a "missão" de promover a prática desportiva "assente em princípios de igualdade, diálogo entre gerações e no combate ao racismo e à xenofobia". A bolsa "visa promover o encontro entre a procura e a oferta de voluntariado no concelho de Guimarães, em concreto para os eventos que serão promovidos ao longo do próximo ano".

Além disso, aponta o texto, "os voluntários terão a missão de apoiar a generalização do desporto para todos" e "combater o sedentarismo e a obesidade". A organização da Cidade Europeia do Desporto procura voluntários com idade superior a 15 anos que dominem o português, o inglês e o espanhol e que tenham experiência em eventos de caráter desportivo.

Os candidatos "devem igualmente residir no concelho de Guimarães ou frequentar um estabelecimento de ensino no município". Para mais informações, a organização aconselha a consulta da página www.guimaraes2013.pt e informa que as inscrições devem ser enviadas para o endereço de email: voluntariado@guimaraes2013.pt.

* Excelente ideia

.
A.Isto é Impossível
1.Controlo da Mente


video



.
.


HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

UMAR reivindica eficácia no apoio às vítimas de violência doméstica 

A presidente da União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR) alertou esta segunda-feira, no Porto, para a necessidade de uma resposta "mais eficaz" no atendimento técnico a mulheres vítimas de violência. 

A UMAR diz que este ano já foram já assassinadas mais nove mulheres do que em 2011. Maria José Magalhães falava após uma homenagem a todas as vítimas de homicídio por violência doméstica.

*  Continua a não haver castigo exemplar para estes energúmenos

.

FERNANDA CÂNCIO


 .


 O Presidente com medo

É comum considerar-se que a hipótese de mandar um governo abaixo dissolvendo o Parlamento é "o poder" do Presidente. Chamam-lhe até "a bomba atómica". Já ser a última barreira entre a aprovação de uma lei que desrespeita fundamentos básicos da Constituição - a equidade, a proporcionalidade, a justiça - e a sua entrada em vigor não é muito valorizado. 

É pena: o sistema dá ao Presidente a prerrogativa de enviar as leis ao Tribunal Constitucional para certificar que, mesmo quando um governo e uma maioria de deputados decidam ignorar a Lei Fundamental, ele estará lá para se atravessar por ela - ou seja, pelo povo, contra a possibilidade de injustiça, o que é dizer de tirania. Não é uma escolha: é a mais nobre das suas obrigações.


O atual PR, porém, demonstra um entendimento muito seu dessa obrigação. Quando em 2008 parou o País para se insurgir contra o Estatuto dos Açores, descobrimos que ao enviar o dito para o TC não solicitara a fiscalização da norma que mais o encanitava. Quando pediu a apreciação do diploma que alargava o casamento civil aos casais do mesmo sexo, "esque- ceu-se" da exclusão da adoção - a única parte da lei que suscita sérias dúvidas constitucionais. E, quanto aos orçamentos de 2011 e 2012, reputados por muitos especialistas e por si próprio (disse-os "iníquos" por penalizarem excessivamente os funcionários públicos) como inconstitucionais, promulgou-os sem demora, deixando a outros o ónus de pedir a fiscalização sucessiva (pós-entrada em vigor) - onde o OE 2011 passou por um triz, mas o de 2012 chumbou. 

Ou seja: Cavaco deixou passar orçamentos que considerava desrespeitarem a Constituição, passando pela vergonha de num deles isso ser confirmado pelo TC. Porquê? Segundo o PR, porque nenhum seu antecessor enviou um orçamento para o TC e porque o País não pode ficar "sem orçamento".

Ora, primeiro, com a fiscalização sucessiva o OE pode ser inviabilizado a meio do exercício - o que é muito pior. Depois, nenhum antecessor de Cavaco reputou de inconstitucionais normas de um orçamento - e nunca outro suscitou tantas dúvidas, e tão graves. Além disso, o PR cuja Casa Civil se queixou de ser escutada por um governo, que usou um seu discurso de posse para forçar a demissão do executivo em funções e que usa as publicações de Belém para ajustar contas com um ex-PM, acusando-o de manobras inconstitucionais - coisas todas elas nunca vistas -, teme o quê, ser o primeiro? O PR que preferiu receber pensões ao seu salário, que dá recados políticos no Facebook e vai a cerimónias públicas brincar com a situação do País tem receio de estrear um estilo?

Valha-nos Pacheco Pereira, o mais famoso tradutor de Cavaco. "Se o PR enviar o Orçamento para o TC, o Governo ataca-o", disse na última Quadratura. Como ninguém perguntou "e então?", ficámos a saber que há quem ache normal que um Presidente da República tenha medo de um Governo. Falta então saber porquê - se não for só por feitio.

IN "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
07/12/12

.
.

 HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Ministro da Saúde assegura que 
continuará a política de 
racionalização do medicamento 

O ministro da Saúde, Paulo Macedo, assegurou hoje que o Governo vai prosseguir "na senda da racionalidade" do medicamento para garantir a sustentabilidade do Serviço Regional de Saúde. "Continuaremos nessa senda de racionalidade porque a mesma é indispensável aquilo que nós pretendemos, que é manter uma resposta aos nossos cidadãos no âmbito do Serviço Nacional de Saúde", disse Paulo Macedo no âmbito de uma conferência de imprensa para fazer o balanço da visita que hoje efectuou à Madeira para inteirar-se das medidas adoptadas no combate ao mosquito Aedes aegyti, o principal transmissor do dengue.

O governante reagia assim ao estudo da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) que conclui que o racionamento de medicamentos nos hospitais portugueses apresenta "problemas éticos substanciais" e, no limite, "viola" a Constituição da República.

"O que temos vindo a dizer, e tem havido um consenso, é que há absolutamente uma necessidade de racionalização, ou seja, nós na parte do medicamento vemos que é possível racionalizar", sublinhou Paulo Macedo.

O responsável referiu que tem sido "feito um esforço muito significativo para racionalizar na parte do medicamento do ambulatório", mas, acrescentou, "na parte hospitalar, essa racionalização tem ficado aquém do que seria desejável".

O ministro adiantou que o Governo continuará a "tomar todas as medidas que forem necessárias para assegurar a sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde, ou seja para assegurar que em situações como esta [dengue na Madeira], ou situações de surto de gripe ou quaisquer outros casos muito mais graves, o SNS continue a responder com qualidade aos cidadãos".

O estudo, realizado no Serviço de Bioética e Ética Médica da FMUP, foi apresentado hoje na secção Regional Norte da Ordem dos Médicos. 

* Racionalizar sim, Racionar não. Há muitos milhares de portugueses que não têm 5€  para pagar a taxa de consulta médica.

.
.

b-Génios da Ciência


  6- GALILEU GALILEI





.
.

HOJE NO
"DESTAK"

Ver "espírito e chama de Mandela 
a extinguirem-se é de partir o coração"--Graça Machel 

Graça Machel, mulher de Nelson Mandela, confessou hoje "a amargura" que sente ao testemunhar a deterioração do estado de saúde do seu marido, primeiro Presidente da África do Sul democrática e Nobel da Paz. 
"Tem sido doloroso vê-lo envelhecer. Percebemos que um dia [a morte] terá que chegar, mas é de partir o coração observar o seu espírito e a sua chama a extinguirem-se", declarou hoje a moçambicana Graça Machel, casada com Mandela desde 18 de Julho de 1998, em declarações ao canal de notícias "e-nca". 

Nelson Mandela passa a terceira noite no hospital militar 1, em Pretória, onde foi internado no sábado passado, para, segundo a Presidência sul-africana, ser sujeito a exames clínicos.

* É sem dúvida o "HOMEM" do sec XX e no XXI ainda não surgiu ninguém parecido

.
.
DUDU NOBRE

RODA DE SAMBA - SINHÁ SINHÁ





.
.

HOJE NO
"i"

Combustíveis. 
Hipermercados cobram menos 
sete euros por depósito 

O preço dos combustíveis aplicado pelos hipermercados continua a ser mais barato. Segundo dados da Autoridade da Concorrência (AdC) para o terceiro trimestre, a diferença por litro chega aos 12,4 cêntimos, o que num depósito de 60 litros significa sete euros.
A AdC avança ainda que as empresas petrolíferas a actuar em Portugal apresentam preços semelhantes e menos competitivos face aos postos dos supermercados.

Combustível mais caro. 
Portugal tem a quinta gasolina mais cara dos 27 da UE e o terceiro gasóleo mais caro. Com impostos à mistura - IVA e ISP- Portugal fica no 10º lugar no ranking das gasolinas mais caras e 11º na tabela dos gasóleos europeus.

* E não perdem dinheiro

.
.
Engenho e Arte


 20 Modern Lights por Brighter Future


O Hoppy por Oostrum


 28 Lâmpadas Pendentes por Omer Arbel


 Decorative por Rachel O’Neill


O Hypervoxel Sculptural por Tsunami Glassworks


 Carbon 451 por Marcus Tremonto


O Icarus Light por Tord Boontje



O Hiyam por Cedri/Martini


O Fractalia por Cedri/Martini


O Zabriskie Point Suspension por Denis Santachiara


 O AMEBA por Pete Sans



Andromeda Lamp por Ross Lovegrove


.
 .
 
HOJE NO
"A BOLA"
 
Dulce Félix a dois segundos do ouro 
nos Europeus de Corta-Mato

A portuguesa Dulce Félix conquistou este domingo a medalha de prata nos Europeus de corta-mato, ao terminar a prova que decorreu em Budapeste no segundo lugar atrás da irlandesa Fionnuala Britton.
Dulce Félix, que repetiu a posição alcançada no ano passado, concluiu o percurso a dois segundos de Britton (27.45 minutos), que se tornou na primeira mulher a conquistar dois títulos consecutivos. A holandesa Adrienne Herzog (27.48) completou o pódio.
Sara Moreira chegou a andar no grupo da frente mas acabou por ser 12.ª. Ercília Machado (31.ª), Sara Carvalho (46.ª) e Anália Rosa (50.ª) completaram a participação da seleção nacional, que terminou na sexta posição entre as sete presentes.

Classificação da prova de seniores femininos:

1. Fionnuala Britton (IRL) 27.45 minutos
2. Dulce Félix (POR) 27.47
3. Adrienne Herzog (HOL) 27.48
4. Almensh Belete (BEL) 27.54
5. Laurane Picoche (FRA) 27.55

* Esta menina é brava.

.
.
1A ILHA DO DIABO


video



Alcatraz é uma ilha localizada no meio da Baía de São Francisco na Califórnia, Estados Unidos. Inicialmente foi utilizada como base militar, e somente mais tarde foi convertida em uma prisão de segurança máxima. Atualmente, é um ponto turístico operado pelo National Park Service junto com a Área de Recreação Golden Gate. 

Alcatraz foi uma base militar de 1850 a 1930. Posteriormente, foi adquirida pelo Departamento de Justiça dos EUA, em 12 de Outubro de 1933, quando sofreu a conversão. Em 1 de Janeiro de 1934, foi re-inaugurada como uma Prisão Federal. Durante seus 29 anos de existência, a prisão alojou alguns dos maiores criminosos norte-americanos, como Al Capone, Robert Franklin Stroud (o Birdman of Alcatraz), Alvin Karpis e Frank Morris. 

A prisão foi fechada em 21 de Março de 1963, menos de um ano após a primeira fuga realizada na prisão. O governo alegou que o complexo foi fechado devido ao seu alto custo de manutenção, e ao fato de que não garantia uma total segurança, em relação às prisões mais modernas. Era mais fácil e mais barato construir uma prisão nova do que melhorar as condições de Alcatraz. 

Em 1969, um grupo de nativos norte-americanos criou um movimento que ocupou a ilha, baseando-se num tratado federal de 1868, que permitia que os nativos utilizassem todo o território que o governo não usava ativamente. Após quase dois anos de ocupação, o governo os retirou da ilha. Durante 29 anos, a prisão de Alcatraz nunca registrou oficialmente fugas bem sucedidas de prisioneiros. 

Em todas as tentativas, os fugitivos foram mortos ou afogavam-se nas águas da baia de São Francisco. Três fugitivos, Frank Morris, e os irmãos John e Clarence Anglin, desapareceram das sua celas em 11 de Junho de 1962. Somente algumas provas foram encontradas, e elas levam a crer que os prisioneiros morreram, mas, oficialmente, ainda estão listados como desaparecidos e provavelmente afogados. 

Em 1979 foi feito um filme sobre essa fuga com Clint Eastwood chamado Escape from Alcatraz. A história chegou a ser testada no programa "Mythbusters-Os caçadores de Mitos" no episódio Fuga de Alcatraz.

-
 .

HOJE NO
"PÚBLICO"

Anacom retira licenças a empresas de audiotexto que lesaram consumidores 

 Cinco empresas ficaram impedidas de prestar serviços, após queixas de consumidores. Chamadas para números começados por 607 chegam a custar mais de três euros por minuto. 

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) retirou as licenças de actividade a cinco empresas de audiotexto por práticas lesivas dos interesses dos consumidores, a quem cobravam chamadas de valor acrescentado que podiam atingir preços elevados.
A decisão de revogar os registos destas cinco empresas, que, na prática, as impede de continuar a prestar estes serviços, decorreu de acções de fiscalização promovidas pela Anacom, na sequência de várias queixas de consumidores que tinham ligado para números de telefone começados pelo prefixo 607, usado para serviços de televoto.

Por regra, as pessoas queixavam-se de ter recebido chamadas para emitir opinião sobre um determinado assunto, a troco das quais ficariam habilitadas a ganhar um prémio. Só que este teria depois de ser reclamado através de chamadas para um número começado por 607, facturadas a um preço muito superior ao das chamadas telefónicas para números móveis ou fixos e que pode atingir os 3,49 euros por minuto. Em muitos casos, as pessoas nunca chegavam a receber o prémio prometido.

A Anacom alerta que as empresas autorizadas a trabalhar com estes números são obrigadas a fazer ouvir previamente uma gravação que informe os consumidores sobre o tipo de serviço a que estão a aceder, indicando sempre o respectivo preço. E pede aos consumidores que lhe seja comunicada qualquer situação anómala em que não sejam respeitadas as regras referidas, procurando sempre indicar as circunstâncias em que a mesma ocorreu.

* A notícia é importante mas...os nomes das empresas???



TESOURADAS



















Alguém se lembrou de ir a revistas pornográficas dos anos 70 do sec XX, dar umas tesouradas e deixar estas ideias para cada um de nós "ampliar".
Só podemos desejar uma boa "ampliação".

.
 .
HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Novas encomendas na indústria 
caem 5,8% em Outubro 

O índice de novas encomendas na indústria manteve em Outubro uma tendência de queda face ao mesmo mês de 2011, recuando 5,8%.
Os dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Em Setembro, a variação homóloga tinha sido negativa em 8,1%.
De acordo com o INE, o índice relativo ao mercado nacional passou de uma diminuição homóloga de 20,0% em Setembro para uma variação de menos 16,2% em Outubro.
Já o índice de novas encomendas recebidas do mercado externo apresentou uma variação homóloga de 2,0% em Outubro, mais 0,7 pontos percentuais do que no mês anterior.

* A nossa indústria é pouco competitiva relativamente aos gigantes asiáticos, há alguns nichos  em que ainda conseguimos vender mas é tudo muito pequeno.

.
.
SURFANDO TODO O TERRENO



.
 .
HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"

Ex-SCUT já renderam mais 
de 156 milhões de euros

As sete antigas concessões SCUT (Sem Custos para o Utilizador) já renderam à Estradas de Portugal (EP) mais de 156 milhões de euros, entre Janeiro e Novembro deste ano.

Segundo dados revelados esta segunda-feira por fonte da EP, a receita total com portagens nas antigas SCUT ascendeu, em 11 meses, a 156,3 milhões de euros, incluindo IVA, sendo a concessão da Beira Litoral e Alta (A25) a que mais contribuiu para este encaixe financeiro, com 33,5 milhões de euros.
Já a Via do Infante (A22), que tal como a A25 passou a ser portajada a 08 de Dezembro de 2011, representou um encaixe de 19 milhões de euros, enquanto que nas concessões Interior Norte (A24) e Beira Interior (A23) a cobrança ascendeu, respectivamente, a 13 e 22,1 milhões de euros.
Nestas quatro vias, todas portajadas há um ano, a EP arrecadou 87,6 milhões de euros em 11 meses de 2012.
No caso das antigas SCUT do norte, portajadas desde Outubro de 2010, o maior encaixe foi com as auto-estradas da concessão Costa de Prata, com 26,2 milhões de euros, seguindo-se a A28 (Norte Litoral), com 22,6 milhões de euros.
As vias que integram a concessão Grande Porto representaram um volume de 19,9 milhões de euros no mesmo período, entre Janeiro e Novembro de 2012.
Estas três concessões totalizaram uma receita de 68,7 milhões de euros.
Ainda segundo fonte da EP, a A22 foi a concessão que nos primeiros nove meses do ano (Janeiro a Setembro) mais tráfego perdeu, apresentando uma quebra de 49 %, quando comparado com o mesmo período de 2011, ou seja, antes da introdução de portagens.
Seguiram-se as concessões da Beira Interior e Interior Norte, ambas com uma redução de 35 % no tráfego, e a Beira Litoral e Alta, com menos 26%.
Sobre estas quebras, a EP afirma ser "legítimo inferir" que cerca de 7% corresponde à "descida conjuntural e não ao efeito de aplicação de portagens".
As antigas SCUT do norte registaram quebras homólogas, entre Janeiro e Setembro de 2012, de 7 % no Norte Litoral, 6 % na Costa de Prata e 5 % nas auto-estradas da concessão do Grande Porto.

* Ninguém tinha dúvidas  que as ex-SCUT iriam gerar receitas, no entanto estas receitas são obtidas em estradas que não deviam ser portajadas pois faltam-lhes características técnicas para a cobrança ser legal, mas na nossa partidocracia que é pouco menos que uma ditadura, vale quase tudo.

.
.


 O Parque das


Árvores Gigantes





 Fonte:poliriders


.
.


HOJE NO 
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

Outubro 
Crédito malparado ultrapassou 
os 5 mil milhões de euros 

Os créditos de cobrança duvidosa concedidos a particulares ultrapassaram os cinco mil milhões de euros, em outubro, dos quais cerca de metade são relativos à compra de habitação, segundo as estatísticas do Banco de Portugal. 

 Dos 5 mil milhões de euros de créditos por cobrar em outubro, 2,2 mil milhões eram correspondentes a habitação, 1,5 mil milhões relativos ao consumo e 1,3 destinados a “outros fins”, com o rácio de crédito vencido a atingir os 4,1%. 

Em setembro, o malparado das famílias chegava aos 4,99 mil milhões de euros. Também as empresas revelaram em outubro mais dificuldades em pagar os seus empréstimos com os incumprimentos a chegarem aos 10,7 mil milhões de euros, acima dos 10,3 mil milhões registados no mês anterior. As empresas de construção e o setor do comércio e reparação automóvel representam mais de metade deste crédito malparado: 5,5 mil milhões de euros. 

A percentagem de crédito vencido às empresas subiu de 28,4% em setembro para 28,4% em outubro.

* Já  não se tem dinheiro para dar ao assalto fiscal quanto mais injectá-lo na economia.

.


Pinguins gays adoptam cria 





Os dois pinguins-imperador machos formam um casal há já dois anos. 
Segundo um comunicado do Jardim Zoológico Odense, na Dinamarca, os tratadores perceberam que os dois machos estavam a tentar roubar ovos durante a época de reprodução da espécie.
Quando uma fêmea abandonou os seus dois ovos, os responsáveis do Zoo decidiram deixar um dos ovos com o casal de machos, depois de os terem treinado para chocar com ovos falsos.
Os dois pinguins cuidaram do ovo e dividiram-se na recolha de alimentos, como faria qualquer casal macho/fêmea da sua espécia.
A cria nasceu há mais de um mês. 
.
.
POR DETRÁS DAS CAMARAS

















.