domingo, 2 de dezembro de 2012

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA


.
 NO "DINHEIRO VIVO"

Eurobest
Como ultrapassar a crise?
Numa banheira com versatilidade 



Demonstrar que a criatividade pode ajudar a solucionar a crise económica. Este é o briefing lançado aos jovens criativos, este ano também para profissionais de agências, mas também a freelancers. A competição Young Creatives Integrated Competition está integrada no Festival Eurobest, a competição europeia da indústria publicitária e da comunicação que se realiza este ano em Lisboa, de 28 a 30 de novembro. 
Para promover este evento, a agência Fuel acaba de lançar um filme, que reforça o mote. A direção criativa é de Pedro Bexiga e Marcelo Lourenço, que são também diretor de arte e copywriter.
A produção é da Show Off e a realização de Alexandre Montenegro. Esta já tinha sido a equipa que fez o anúncio de promoção da competição Young Creatives do Eurobest do ano passado.
O vencedor da competição nacional terá oportunidade de representar Portugal a nível internacional, podendo assim mostrar o seu valor aos seus pares, à indústria criativa nacional e a toda a Europa.
O desafio, proposto pelo IADE e pela MOP, consiste no desenvolvimento do conceito criativo e respetiva estratégia 360 º para explicar à comunidade empresarial nacional que a criatividade é a melhor ferramenta para ultrapassar a crise económica.

31/10/12


##################################################################################

O artigo de
PEDRO BIDARRA




Cunnilingus, jacuzzi e anunciantes 

Na semana passada escrevi sobre uma boa e moderna campanha de publicidade. A melhor que vi este ano. Hoje escrevo sobre a pior que vi este ano e que o título deste artigo resume. Uma campanha ordinaríssima. Pelo menos para mim que assino esta coluna como publicitário. Na semana passada citei a agência e o autor. Esta semana não o faço. Não cito nem aos autores nem aos donos da agência. Para não os envergonhar e não envergonhar os clientes que com eles trabalham. 

Antes de mais um esclarecimento. Não sou puritano, antes pelo contrário, e nada tenho contra da prática do cunnilingus em três miúdas de 18 anos que se lambem, nuas, num jacuzzi. Em boa verdade até acho o assunto interessante.
O que acho absolutamente desinteressante, rasca, ofensivo (e muito pouco criativo) é que num anúncio feito para um festival que premeia a criatividade e a excelência na comunicação, num anúncio feito para recrutar jovens para uma das mais sofisticadas indústrias criativas, pelo nível de organização, conhecimento, talento e dinheiro que envolve, se insinue, ou melhor, se compare publicitários a putas e anunciantes a putanheiros. Não exagero.

A triste metáfora que é o anúncio feito para o Eurobest a propósito do concurso de Jovens Criativos pode ser interpretada de duas maneiras:

1. Ou, em alguns sítios, é prática corrente subornar os clientes com sexo para os manter felizes, e então o anúncio é um slice of life da própria agência que o fez…

2. Ou é uma metáfora para definir a relação entre publicitários e anunciantes. A saber: nós executivos (as), planeadores (as) e criativos (as), somos umas putas que trabalhamos para satisfazer os desejos dos clientes que são uns putanheiros. Edificante imagem da profissão, esta que está no vídeo. Uma porcaria muito provavelmente concebida por rapazinhos imberbes, cheios de hormonas e fantasias adolescentes, e aprovada – se é que algum adulto aprovou a coisa – por alguém que confunde arrojo criativo com badalhoquice.

Alguém devia pedir desculpa por esta porcaria. A todos os que trabalham nisto com profissionalismo e competência e, em particular, às mulheres da publicidade e do marketing que duvido se revejam no jacuzzi.

P.S.: Talvez o pedido de desculpas possa ser entregue na Associação Portuguesa de Agências de Publicidade, que tem por missão a defesa da profissão e nos representa a todos.

30/11/12

.
.
 SOLTEIRAS E
LOUCAS




 As muito "british" piquenas inglesas deliram com despedidas de solteiras e solteiros, sempre a bombar, é a valer nem que 6 meses depois do enlace já estejam divorciados, aprecie...


* Em "TODA A VERDADE" »» SIC NOTÍCIAS

 .
.

O CRISTAL


 A droga mais perigosa do mundo




O assunto é horrível, de nada nos serve ignorá-lo, é muito melhor saber como o "negócio" nos pode bater à porta.

Um trabalho de excelência do National Geographic


.

JOANA PETIZ




Quer emprego? 
     Não tenha vergonha de pedir 

Anda atrás de um novo emprego. Ficou desempregado ou simplesmente está farto de se matar a trabalhar todos os dias sem o menor reconhecimento. Chegou a hora de ter a oportunidade que merece. Mas como sequer começar a procurar? E onde? Se chega aos ouvidos do seu chefe que anda a pedinchar um novo lugar noutra empresa é o fim da picada. 

Então, o melhor é manter os olhos bem abertos e a boca fechada. Certo? Errado
 .
Se está mesmo decidido a pôr um ponto final nesta fase da sua vida e a atirar-se para voos mais ambiciosos, é sempre melhor ser honesto. Não precisa de apregoar no escritório que anda à procura de novo emprego, mas não fará mal em falar com um par de colegas que acredita que podem ajudá-lo na sua busca. Evite alongar-se sobre os motivos pelos quais está desiludido com o seu trabalho. Explique simplesmente que não veria com maus olhos viver novos desafios profissionais em determinada área ou função e resuma os seus melhores talentos e competências – mas mantenha a conversa curta e objetiva, para não ser interpretado como um melga pedinchão.

Fora do escritório, o método a seguir é semelhante. Não esconda que anda à procura de algo novo, mas evite disparar em todas as direcções. Se lhe perguntarem como vão as coisas, seja honesto – mas mantenha a resposta curta: está à procura de uma oportunidade de mostrar o que vale; se souberem de quem precise de alguém com os seus talentos, agradece o contacto.

De resto, foque-se: identifique as pessoas que estão nos lugares certos ou têm conhecimentos que podem revelar-se interessantes para si. Recue aos tempos da escola primária, se preciso for. Aquele miúdo ranhoso a quem nunca dirigiu uma palavra é hoje o CEO da sua própria empresa e tem relações profissionais excelentes com algumas das maiores multinacionais? Ligue-lhe, recorde-o de que foram colegas de turma e explique-lhe que anda à procura de um novo emprego e que ficará muito agradecido se ele puder ajudá-lo.

Inscreva-se em workshops, palestras e outros tipos de actividades que possam revelar-se duplamente úteis: enriquecem o seu currículo e permitem-lhe contactar com profissionais que têm acesso aos meios onde quer entrar. Não tenha receio de puxar o orador ou formador de parte e apresentar-se, explicando brevemente o que procura e porque acredita que seria a pessoa certa para as funções que pretende desempenhar.

Tão importante como falar com as pessoas certas é não desanimar. Não espere que o seu emprego de sonho lhe caia no colo só porque falou com uma dúzia de pessoas – por muito influentes que elas sejam. As coisas demoram o seu tempo e nem sempre as oportunidades estão ao virar da esquina, só à sua espera. Mas se se mexer devidamente pode ter a certeza de que mais cedo ou mais tarde, elas vão surgir e o seu nome vai aparecer ligado a elas. Mantenha-se confiante e empenhado nos seus contactos e quando finalmente conseguir chegar onde deseja, não se esqueça de agradecer a todos quantos o ajudaram a atingir os seus objetivos – e aos que tentaram, ainda que sem efeitos. Construir relações duradouras é meio caminho andado para o sucesso.

Chefe de redacção adjunta

IN "DINHEIRO VIVO"
26/11/12

.

SIMPLEX


.
 História do menino prodígio da 
. Serra Leoa que visitou o MIT



 * Não há legendagem em português mas a de língua inglesa é bastante acessível

.
.


GILBERTO GIL



TODA A MENINA BAIANA





.

 .

ESTA SEMANA NO
"VIDA ECONÓMICA"

Turistas em visita ao Porto e Norte 
gastam mais 

Os turistas que visitam o Porto e Norte de Portugal em lazer estão a gastar mais.  O estudo trimestral do IPDT, ERTPNP e Aeroporto Sá Carneiro sobre o perfil dos turistas que visitam a região revela que, entre julho e setembro, o gasto médio situou-se nos 693 euros, um aumento de 10% face ao mesmo trimestre do ano passado, quando o gasto se situou nos 625 euros.

Já no que toca aos turistas que visitaram o país em negócios, o gasto foi de, em média, 488 euros, o que corresponde a um aumento de apenas cinco euros em relação a 2011.

À semelhança da tendência que se tem vindo a verificar nos últimos tempos, as companhias "low-cost" são as preferidas pelos turistas que procuram o Porto e Norte de Portugal com o intuito específico de gozar férias. Destaca-se a Ryanair, a companhia aérea escolhida por 72,7% dos turistas em lazer para viajar.
No segmento de negócios, a TAP é a eleita, na medida em que três em cada quatro turistas chegaram ao país com a companhia portuguesa.

Turistas mais satisfeitos
De acordo com o inquérito, o principal motivo que traz os turistas ao Porto e Norte de Portugal continua a ser o lazer: 75% dos turistas viajaram para a região com o intuito de gozar férias.

Quanto aos principais mercados emissores de turistas no segmento de lazer, entre julho e setembro, destacam-se, por esta ordem, França e Espanha. Por outro lado, um em cada quatro turistas que visitaram o Porto e Norte de Portugal em negócios eram de nacionalidade espanhola, seguindo-se Inglaterra e Itália.
O estudo revela ainda que os turistas estão globalmente satisfeitos, apresentando a intenção de recomendar o Porto e Norte de Portugal aos amigos e ainda de regressar. 

* O Norte tem argumentos de peso:
- A navegabilidade do rio Douro
- As rotas dos vinhos e o vinho do Porto
- A variadíssima gastronomia a preços convidativos

.
.

SÓ DESASTRES













.
 .

ESTA SEMANA NO
"EXPRESSO"

Venda do Pavilhão Atlântico 
interrompida para esclarecimentos

 Presidente da AdC diz que processo não está atrasado, foi interrompido para pedir esclarecimentos 

 O presidente da Autoridade da Concorrência (AdC) não sente pressões para acelerar o processo de venda do Pavilhão Atlântico à Arena Atlântida. "Esta operação está a decorrer normalmente. Não estamos a atrasar o processo. Os prazos têm sido interrompidos para pedir os necessários esclarecimentos", explica Manuel Sebastião. 
 A perda de acesso em igualdades de circunstâncias a uma estrutura única e sem concorrência em Portugal, a concentração vertical entre o Pavilhão Atlântico, a promotoras que integram o consórcio vencedor e a empresa de bilhética Blueticket são as preocupações expressas por Álvaro Covões, sócio da Everything is New, que também esteve na corrida a esta privatização.  


* E um genro impaciente.

.
,
ILUSÕES ANAMORFICAS



.


 .
ESTA SEMANA NA
"VISÃO"

Os estudos 
mais estapafúrdios de sempre 

Uns concluem o óbvio - como "as pessoas gostam mais de beber álcool e fazer sexo do que arrumar a casa ou fazer trabalho comunitário" -, outros são menos previsíveis, mas igualmente "relevantes", como "os jovens que têm smartphones têm mais relações sexuais". 
E MAIS CORNOS?
 Confira o top dos estudos mais bizarros Investigadores neozelandeses apresentaram na semana passada as conclusões do seu estado, que analisou informação sobre o que as pessoas fazem ao longo do dia e como cada atividade as faz sentir. 
O psicólogo Carsten Grimm, que liderou a investigação explica que enviou mensagens escritas três vezes ao dia, para cada um dos participantes, tendo obtido uma taxa de resposta de 97 por cento. Sem surpresas, a atividade que proporcionou mais satisfação aos inquiridos foi o sexo, seguida de ir a festas e beber álcool. 

Participar em atividades religiosas, voluntariado e brincar com crianças ocupam os lugares seguintes no ranking.
Mais surpreendente é o facto de o Facebook surgir quase no fim da lista, atrás de atividades como limpar a casa... 

-Jovens com smartphones fazem mais sexo 
-Os mais velhos são mesmo mais sábios 
-Ver televisão queima calorias 
-Texas conclui que... produz demasiados estudos 

 * Muita parra pouca uva.

.
.

TOSTADINHOS!!!











ESTA SEMANA NO
"AUTOHOJE"


Empresa norte-americana propõe novo conceito de semáforo 



A empresa norte-americana Uni-Signal desenvolveu um novo conceito de semáforo, que se destaca dos convencionais pelo recurso a formas geométricas diferentes para cada luz do sinal.

No protótipo apresentado, o sinal vermelho encontra-se dentro um triângulo, o verde passa a estar dentro de um quadrado, mantendo-se o amarelo inalterado, dentro de uma caixa com a forma de um círculo.
 De acordo com a empresa, as formas geométricas contribuem para o reforço da mensagem transmitida pelo equipamento luminoso.

* Os daltónicos beneficiarão com a visualização das diferentes formas geométricas

.
.
PEQUENINO MAS TESO



.
.
ESTA SEMANA NO
"SOL"

 Oeiras tem 163 jardineiros 
para seis hectares

Câmara de Oeiras diz que técnicos não são suficientes e recorre a privados, por 2,7 milhões por ano. Trabalhadores criticam

Os 163 jardineiros da Câmara de Oeiras têm a seu cargo pouco mais de seis hectares de jardins, ocupando-se sobretudo de operações de podas e desmatação. Tudo por que a autarquia concessiona a privados a manutenção dos espaços verdes.
Helder Sá, da Comissão de Trabalhadores da Câmara de Oeiras fala em «subaproveitamento da mão-de-obra municipal». A autarquia contesta, explicando que a área verde do concelho tem crescido e que só com o recurso a privados é possível manter os cerca de 264 hectares de jardins.

Esta é uma guerra antiga, que se arrasta desde que a autarquia começou, em 2001, a concessionar a manutenção destes espaços. Na semana passada, a polémica voltou devido à aprovação, em sessão de câmara, da adjudicação que resultou de um concurso público para uma parcela dos jardins de Oeiras.

Em tempos de austeridade, Helder Sá vê na «externalização de serviços uma das ‘gorduras’ que pode ser cortada e não é, vá-se lá saber porquê». E aponta as Normas Internacionais de Conservação para Jardins Botânicos para sustentar a sua posição. Segundo estas regras, num jardim botânico, o ideal é que haja um jardineiro para cada hectare cultivado. «Ora, um jardim botânico requer uma maior permanência de jardineiros no local, ao contrário dos espaços verdes de Oeiras, com excepção dos jardins históricos (Quinta Real de Caxias e Palácio Marquês de Pombal) e patrimoniais (como o Parque dos Poetas» – argumenta aquele o membro da Comissão de Trabalhadores. «O rácio de um jardineiro por hectare cobriria, pelo menos 160 hectares, sendo os restantes 80 hectares mantidos em regime de outsourcing», conclui.

A Câmara liderada por Isaltino Morais recorda que os espaços verdes no concelho têm crescido, ao mesmo tempo que o quadro de pessoal da autarquia tem sido reduzido. Ao SOL, fonte oficial da autarquia explica que, «nem que os horários de trabalho fossem susceptíveis de prolongamento com horas extraordinárias (o que nos termos legais não é possível), não seria exequível garantir a qualidade dos espaços verdes do concelho só com os nossos jardineiros».

A mesma fonte diz que actualmente a Câmara gasta 2,7 milhões de euros com os contratos de concessão, mas assegura que há uma preocupação com a poupança: «As novas propostas prevêem manter o encargo actual, reduzindo a área a intervencionar e reduzindo o valor do m2/mês do preço-base em 1 cêntimo por m2/mês, sobre os valores médios actuais».

* Mais uma Isaltinice
 . 
.
MOVIMENTOS

HOWARD SCHATZZP















.
.

ESTA SEMANA NA
"SÁBADO"

Sociedade
Os 10 países onde se faz mais sexo

Sabe qual é o povo sexualmente mais activo? A marca de preservativos Durex foi procurar a resposta. Com o objectivo de saber com que frequência pessoas de diferentes países têm relações sexuais, a empresa realizou um inquérito a cerca de 26 mil voluntários de 26 países. 

Os japoneses foram o povo que revelaram ter menos relações sexuais – apenas 27% disse ter sexo pelo menos uma vez por semana. No extremo oposto, os russos e os brasileiros superaram largamente esse valor – 80% e 82% dos inquiridos revelaram ter relações sexuais regularmente. Mas não foram eles que ficaram no topo da lista...

10º Lugar: México (71%) 
9º Lugar: Espanha (72%) 
8º Lugar: Suíça (72%) 
7º Lugar: Malásia (74%) 
6º Lugar: Polónia (76%) 
5º Lugar: Itália (76%) 
4º Lugar: China (78%)
3º Lugar: Rússia (80%) 
2º Lugar: Brasil (82%) 
1º Lugar: Grécia (87%) 

* Será por tanto fornicarem que se vêem "gregos" com o déficit???

.


 
.

PAVÊ DE CHOCOLATE


Ingredientes

250 g / 1 pacote de biscoito champanhe
1 copo americano leite
3 colheres (sopa) de achocolatado em pó
2 colheres (sopa) de conhaque
200 g de chocolate meio amargo
2 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres (sopa) de manteiga
1/2 xícara (chá) de leite

 

Modo de Preparo

1. Numa panela pequena, junte 1 copo de leite, o achocolatado e o conhaque e leve ao fogo médio. Quando ferver, desligue e deixe esfriar.

2. Com o auxílio de uma colher, mergulhe um biscoito champanhe de cada vez na mistura de leite com achocolatado e o conhaque por apenas 10 segundos. Retire, deixe escorrer o excesso e disponha o biscoito numa travessa retangular de tamanho médio. Repita a operação com todos os biscoitos, colocando-os uns ao lado dos outros até formar uma camada completa. Reserve.

3. Numa panela, coloque a 1/2 xícara (chá) de leite, o chocolate picado, o açúcar e a manteiga. Leve ao fogo baixo, mexendo sem parar até o chocolate derreter completamente. Desligue o fogo.

4. Com uma colher, regue a camada de biscoitos com a mistura de chocolate derretido. Espalhe bem a mistura com as costas da colher.

 

Para a cobertura

 

Ingredientes

2 latas de leite condensado
1 medida de lata de leite
3 ovos
1 caixinha de creme de leite
2 colheres (sopa) de açúcar

 

Modo de Preparo

1. Em duas tigelinhas, separe as claras das gemas.

2. Numa panela, junte o leite, as gemas e o leite condensado e leve ao fogo médio até ferver, mexendo sempre. Abaixe o fogo e continue mexendo. Quando o creme começar a desgrudar do fundo da panela, conte 5 minutos e desligue. Deixe esfriar.

3. Na batedeira, coloque as claras e bata até o ponto neve. Acrescente o açúcar e continue batendo por mais 3 minutos. Junte o creme de leite à e bata rapidamente para misturar por, aproximadamente, 30 segundos.

4. Na travessa com os biscoitos, despeje o creme de gemas e de leite condensado. Espalhe bem com as costas de uma colher. Cubra com o creme de claras e espalhe com cuidado, para que o pavê fique bem nivelado. Leve ao congelador por 1 hora e meia. Retire do congelador e sirva a seguir.

 

.

.

ENVENENA-SE??


.
.

2.PAISAGENS ÚNICAS













.

ESCOLHAS PARA LER AO DOMINGO

.
 COMPRE JORNAIS E REVISTAS








.