segunda-feira, 24 de setembro de 2012

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA


 
Professora: Maria, aponte no mapa onde fica a América do Norte.
 
Maria:
Aqui está.
Professora:
Correto. Agora turma, quem descobriu a América?
Turma:
A Maria. (uauuuuu!!!)


.

AS MAMAS VALEM UMA VIDA





.
.

 BRASIL

A Arte da favela/12
 


.
.
ESTUPEFACTOS


Algures numa pequena cidade belga, numa praça onde nada acontece, colocámos um botão vermelho com o seguinte cartaz:

"CARREGUE PARA DRAMA"

e esperámos que alguém carregasse ...




,
 .

HOJE NO 
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Défice deste ano a 400 milhões 
do limite da ‘troika' 

O défice da Administração Central e da Segurança Social atingiu os 5.493 milhões de euros até Agosto.

 O défice está a 400 milhões do limite imposto pelas autoridades internacionais para o terceiro trimestre, de acordo com o boletim de execução orçamental publicado hoje pela Direcção-Geral do Orçamento (DGO).

O documento avança que entre Janeiro e Agosto a despesa efectiva recuou 2,6% e a despesa primária caiu 4,4%, quando descontada a transferência de 1.353,6 milhões de euros para as instituições de saúde do Serviço Nacional de Saúde e que têm como objectivo pagar as dívidas a fornecedores. As autoridades internacionais aceitaram que esta despesa não contasse para as contas do défice.
As despesas com pessoal estão a cair a uma taxa de 15,5%, menos do que em Julho.
As receitas fiscais voltaram a cair, mas menos do que o acumulado até Julho. O Fisco arrecadou menos 2,4% nos primeiros oito meses do ano face ao período homólogo. Até Julho, a queda acumulada era de 3,4%.

* Revelando a incapacidade do governo dar um impulso à economia para gerar receitas.

.
.

 BRASIL

A Arte da favela/11
 



.
.
  MODELOS TRANSEXUAIS

Claudia Charriez



É dificil de acreditar que Claudia Charriez tenha nascido homem, mas a sua transsexualidade não a impediu de se transformar num modelo internacional. Foi afastada dos programas da America's Next Top Model e da The Janice Dickinson Modeling Agency TV em 2008, mas ganhou o concurso para America's Next Top Transsexual Model no programa The Tyra Banks no final desse ano.



.

 .

HOJE NO 
"CORREIO DA MANHÃ"

Lisboa  recebe  
‘Olímpicos’ da Engenharia Sísmica  

Os maiores especialistas do mundo em sismologia e engenharia sísmica vão estar em Portugal durante toda a próxima semana, para participar na 15ª conferência mundial sobre Engenharia Sísmica que se realiza no Centro de Congressos de Lisboa (antiga FIL).

São mais de 3000 participantes inscritos, com origem em mais de 80 países, que irão apresentar os resultados mais actualizados das respectivas investigações.
“Esta conferência está para a Engenharia Sísmica, como os Jogos Olímpicos estão para o desporto. Portugal recebe este encontro pelo seu passado histórico, devido ao sismo de 1755, e pelo reconhecimento do trabalho desenvolvido nesta área”, comentou Carlos Sousa Oliveira, Professor Catedrático do Instituto Superior Técnico, presidente da Sociedade Portuguesa de Engenharia Sísmica que organiza o evento.
Para receber esta conferência, que se realiza de quatro em quatro anos, Portugal recebeu 25 votos, mais dez do que a candidatura da França. Pequim (2008), na China, Vancouver (2004), no Canadá e Auckland (2000), na Nova Zelândia, foram as últimas cidades a organizar este encontro mundial.
O objectivo, segundo explicou Carlos Sousa Oliveira, é juntar “cientistas, investigadores e técnicos de todo o mundo para se discutir a mitigação do risco sísmico”.
Segundo as estimativas da organização, o impacto económico em Portugal será na ordem dos 9 milhões de euros.

* Isto é um assunto que interessa a todo o país, que tem falhas geológicas com fartura.  À priori pensamos que o assunto  interessará ao governo dado que há pouco tempo Paulo Portas provocou uma implosão no seu seio sem que tenha ruído qualquer ministro, talvez um sismozinho político viesse a calhar  e já que estão cá os engenheiros...

.
.

 BRASIL

A Arte da favela/10
 



.
.
O Degelo dos Glaciares Alpinos



O "Euronews" lançou o alerta

.
.
HOJE NO
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

Beleza premiada

O filme "A Beleza da Simplicidade", que promove as paisagens, monumentos e cultura portugueses, voltou a ser distinguido em festivais internacionais, agora na Sérvia e em Cannes, revelou o Turismo de Portugal.

O trabalho promocional foi premiado com grau ouro no Festival Internacional de Filmes de Turismo e Ecologia da Sérvia - "SILAFEST 2012", na categoria Melhor Filme de Turismo. O filme foi também um dos distinguidos no Festival Cannes Corporate Media & TV Awards 2012, um dos mais representativos eventos de filmes corporativos em todo o mundo, acrescenta a informação. A cor do troféu (branco, ouro, prata ou preto) será divulgada a 18 de outubro, em Cannes, de um total de 666 participantes a concurso, de 35 países de todo o mundo.
###########################
 Já tinhamos editado este vídeo há pouco mais de meio ano, 
não é demais revê-lo

A produção do Turismo de Portugal já tinha sido premiada com uma medalha de ouro no "Tourfilm Riga" 2012, categoria Filme Comercial, na Letónia, e com medalha de prata no "World Best Films Awards", categoria Curta-Metragem, em Nova Iorque. "O filme mostra um país que se distingue pela diversidade paisagstica e monumental, pela cultura, pela modernidade e pelas inumeras experiências que proporciona", explica o Turismo de Portugal. A música é da responsabilidade de Nuno Mal�, músico português radicado em Los Angeles, com uma carreira internacional na área publicitária e na indústria cinematográfica de Hollywood, acrescenta.

* Portugal tem gente de muito talento mas não pertencem ao governo. 

.
.


 BRASIL

A Arte da favela/9
 



.

JOÃO MARCELINO









 Perigosa realidade 


 1- Uma coligação que cria uma "comissão coordenadora", seja lá o que isso for, reconhece a evidência: o Governo está preso a um equilíbrio precário e a crise política no imediato só é travada pela necessidade absoluta de o País ter um Orçamento do Estado para apresentar aos credores internacionais e evitar males maiores. Não fora isso e a forma violenta como Paulo Portas respondeu às medidas anunciadas por Pedro Passos Coelho teria dado eleições a curto prazo. 

E agora? 

 Agora segue-se a política naquilo que ela tem de melhor e de pior. 

No melhor, Passos e Portas vão ter de dar ao País a estabilidade possível. Não podem ter estados de alma, pensar em demissões. No atual momento, quem detonasse a bomba seria penalizado em termos eleitorais de forma violenta, muito para além das sondagens conhecidas. Por isso, independentemente da posição do PS, a coligação vai ter de acertar um orçamento e seguir em frente sabendo que já não tem a compreensão da sociedade portuguesa para a austeridade. Isso foi deitado pela borda fora com a intenção peregrina de tirar dinheiro aos trabalhadores para financiar as dificuldades dos patrões. 

 No pior, todos entendemos que a desconfiança e a hipocrisia vão marcar as relações entre PSD e PP, entre o primeiro-ministro e o ministro dos Negócios Estrangeiros. Algures num momento futuro, mais ou menos próximo das eleições, ou Portas escreve o capítulo final da peça que agora encenou ou Passos Coelho devolverá com juros a afronta que desta vez tem de calar. 

Não há comissão coordenadora (da coligação) que possa ultrapassar este equilíbrio instável em que o Governo, muito fragilizado na rua, continuará a viver. 

2- Naturalmente, Passos Coelho vai ter de ceder na TSU. O problema está em que talvez já não baste ceder. 

 Seja qual for a forma encontrada para tornear a insensatez, o apertar do cinto permanecerá numa dimensão aproximada, ou até igual, ao que estava previsto - e, portanto, nada se alterará no substancial. O descontentamento continuará. 

A infeliz ideia da TSU parece ter minado de vez a confiança de muitos cidadãos nos decisores políticos nacionais, e não apenas naqueles que neste momento estão no poder. A sondagem da Universidade Católica, publicada esta semana no DN, é muito elucidativa quanto a isso. A desconfiança instalou-se. 

O futuro próximo dirá, ou não, se foi ultrapassada a linha limite do bom senso - e se os apupos a todos os conselheiros de Estado são, ou não, um prenúncio de um perigoso e longo afastamento da generalidade dos portugueses em relação aos senadores da República, ao Presidente, ao Governo, aos partidos. E se esse ambiente vai ou não envenenar a nossa democracia durante alguns tempo, com prejuízo para todos e cada um dos portugueses. 

 Esta realidade deveria impor inteligência, e limites, à luta política nos próximos tempos. 

As forças de segurança estão de parabéns pela forma como têm exercido a sua ação nos últimos dias. O profissionalismo, a eficiência e a preparação para o contacto com as manifestações fizeram esquecer os problemas do Chiado, em Lisboa, há alguns meses, e contribuíram para a serenidade do protesto que tem ocupado as ruas. 

IN "DIÁRIO DE NOTÍCIAS" 
22/09/12 

 .
 .
HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Chávez não apresenta 
"coerência fisica nem mental" 


 José Rafael Marquina, médico especialista, assegura que a recuperação de saúde do presidente venezuelano é enganosa. Na sua opinião, Chávez está a fazer um grande esforço para parecer saudável, embora se encontre num estado muito delicado. 

Em entrevista ao diário espanhol ABC, o médico refere que o presidente tem estado "muito mal fisicamente, muito débil", dizendo que o seu estado de saúde é sério e que o líder venezuelano não apresenta "coerência física nem mental", vivendo à base de esteroides. Marquina salienta ainda que as suas aparições públicas são muito poucas e que se nota que Chávez caminha com dificuldade.
O médico explica ainda a doença do presidente, dizendo que o cancro já se metastizou para o fígado e para as glândulas suprarrenais. Existe também a especulação sobre se o cancro terá ou não atingido o cólon e pulmões. O especialista relembra que a partir do momento em que existem metástases, existe também febre, e consequentemente, frio. Esta observação vem no seguimento de várias visitas oficiais em que o presidente aparece com cachecol e casaco.

"É evidente a dose altíssima de calmantes e esteroides que está a receber para a dor", continua o médico. A medicação está a ser feita ao final da noite e pela manhã, devido à campanha eleitoral, daí as suas aparições em público serem sempre à tarde.
Marquina aponta ainda o mês de dezembro como o ponto de recaída de Chávez. A sua doença, apesar de assintomática continuará a progredir, pelo que o líder não estará em condições de governar durante mais seis anos.

O médico reforça que não foi pago para afirmar que Chávez estaria muito doente, dizendo que quem o afirma se encontra muito desesperado. Refere ainda que todas as informações que lhe foram dadas acerca da doença do presidente foram confirmadas antes de serem tornado públicas.


* Nos países em que os ditadores estão numa fase terminal faz-se tudo para escamotear a verdade, no nosso país Salazar até presidia a "conselhos de ministros" a fingir, já Marcelo Caetano governava   (In "Diário Político" de Raul Rego, edição de autor 1969).

.
.

 BRASIL

A Arte da favela/8






.
.

  4.LOCOMOTIVAS A VAPOR



 Encontrámos esta interessante série sobre máquinas de caminho de ferro a vapor, mas apenas com som e legendagem em língua castelhana, não é difícil entender.

.
 .


HOJE NO
"RECORD"

 Leões lembram a Vieira que Benfica 
"tem o maior passivo de sempre 
do desporto português"

O Sporting emitiu, esta segunda-feira, um comunicado no site oficial, avisando Luís Filipe Vieira para não se meter nos assuntos do clube leonino e recordando ao presidente do clube da Luz que "o passivo do Benfica é o maior que jamais existiu no desporto português".

O Sporting acusa Vieira de utilizar "a velha tática de atirar areia para os olhos para distrair os mais incautos".

"Convém, que o senhor presidente do Benfica e todos os arcanjos que o rodeiam saibam que não se devem atirar pedras aos outros quando se têm telhados de vidro", pode ler-se.


Comunicado

"No afã pré-eleitoral que tem caraterizado a sua atuação nos últimos tempos, o senhor presidente do Sport Lisboa e Benfica vai recitando pelo País fora os textos que lhe são postos à frente por um qualquer arcanjo de serviço. Mas, em vez de se cingir a falar do Benfica, que é o assunto que deve interessar aos benfiquistas, e utilizando a velha tática de atirar areia para os olhos para distrair os mais incautos, o senhor presidente do SLB vai fazendo referências menos adequadas a outros clubes, designadamente ao Sporting Clube de Portugal, ao qual a única coisa que o liga foi já ter sido sócio, quando ainda não se tinha decidido a qual dos três grandes do desporto português acabaria por dedicar mais do seu tempo, depois de passagem pelo Alverca, clube que se encontra nos distritais de Lisboa.

Em relação ao Sporting Clube de Portugal decidiu fazer uma referência, que só não honra quem a proferiu, sobre o facto do Sporting não ter decidido transferir alguns dos jogadores sobre quem recaia o interesse de vários clubes internacionais, fazendo referência a «prejuízos milionários». Ora, convém que o presidente do Sport Lisboa e Benfica saiba que, apesar da sua antiga qualidade de associado do Sporting, os assuntos do Sporting Clube de Portugal são tratados no interior do Sporting Clube de Portugal e dizem apenas respeito aos legítimos associados do clube. O Sporting e os sportinguistas não recebem lições do presidente do Benfica.

Não é que não se reconheça ao senhor presidente do Sport Lisboa e Benfica autoridade para falar sobre «prejuízos milionários». Trata-se mesmo, há que reconhecê-lo, de uma autoridade nessa matéria. Afinal, trata-se do mesmo dirigente que, nesse insane desígnio de considerar que o seu clube é sempre o maior do Mundo em tudo, já conseguiu um inolvidável recorde: o passivo do Benfica é o maior que jamais existiu no desporto português! Esse recorde já ninguém tira ao atual senhor presidente do Sport Lisboa e Benfica, que conseguiu na sua gestão multiplicar por mais de vinte (20!) esse passivo fazendo com que se encontre numa situação de falência técnica.

Mas esse é um problema do Sport Lisboa e Benfica e dos seus associados e dirigentes. Mas convém, que o senhor presidente do Benfica e todos os arcanjos que o rodeiam saibam que não se devem atirar pedras aos outros quando se têm telhados de vidro.

O senhor presidente do Benfica que se entretenha com os seus problemas, que o Sporting trata dos seus. Nem todos os métodos para distrair as pessoas e ganhar eleições são aceitáveis. Sabemos que há pessoas que são capazes de tudo para alcançar os seus objetivos. Mas faça o obséquio de não meter o Sporting ao barulho."

* As vespas da 2ª  Circular trocam de zumbidos para gáudio do bolchevique do norte.

.
.

 BRASIL

A Arte da favela/7
 



.
.

JOSÉ MÁRIO BRANCO, SERGIO GODINHO  e FAUSTO BORDALO

EU VI ESTE POVO A LUTAR





,



HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Governo não desiste de medidas 
para a competitividade e emprego, 
diz Passos Coelho

 O primeiro-ministro anunciou, esta segunda-feira, que o Governo procurará um consenso alargado em torno de medidas para promover a competitividade das empresas e o emprego, mas, se isso não for possível, não desistirá delas.
"O Governo comprometeu-se em explorar, nos próximos dias, com os parceiros sociais, medidas que possam de alguma forma apresentar-se como favoráveis ao combate ao desemprego e à melhoria da competitividade das empresas", declarou Pedro Passos Coelho aos jornalistas, à saída de uma reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, em Lisboa.


Segundo o primeiro-ministro, "não foi claro que existisse entre os parceiros sociais um consenso quanto à melhor solução a adotar nesta matéria", havendo "quem pense que uma descida seletiva da Taxa Social Única (TSU) possa ser uma resposta" e "quem entenda que a descida da TSU não é em qualquer circunstância, financiada por que via for, a melhor solução".
O primeiro-ministro acrescentou que o ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, vai procurar, nos próximos dias, "encontrar com os parceiros sociais um consenso o mais alargado possível para que o Governo possa construir uma solução do lado do emprego e da competitividade" a incluir no Orçamento do Estado para 2013.

Em qualquer caso, o executivo não prescindirá de agir nesta matéria, avisou: "O Governo, independentemente de existir um maior ou um menor consenso nesta matéria, não deixará de ponderar algumas medidas que levem mais longe aquelas que já tem vindo a adotar, nomeadamente quanto ao desemprego mais jovem".
Passos Coelho referiu que o Governo já avançou com estágios para jovens isentos de contribuições para a Segurança Social e rematou: "Medidas desta natureza, que possam ser desenvolvidas não estritamente no setor público, mas a pensar no setor privado, serão construídas pelo Governo".
Segundo o primeiro-ministro, "medidas sobre a competitividade e o emprego terão de ser procuradas, mas nunca terão o impacto tão relevante quanto uma medida de desvalorização fiscal como aquela que estava desenhada permitiria": uma descida de 23,75 para 18 por cento da TSU paga pelas empresas, compensada por um aumento de 11 para 18 por cento das contribuições dos trabalhadores.
DÃO-SE
"Não havendo condições para prosseguir o financiamento que estava previsto através do trabalho, julgo que a sobrecarga do lado dos impostos diretos e de outros impostos para fazer o financiamento de uma medida com essa amplitude traduziriam inequivocamente uma contração da procura superior àquela que qualquer pessoa em Portugal ou fora de Portugal desejaria para ver bem-sucedido o processo de ajustamento", justificou.
De acordo com Passos Coelho, "a medida de desvalorização fiscal esteve prevista desde o início", mas só "pode ser financiada de três maneiras: ou através diretamente do trabalho, ou através do consumo, que é uma parte mais alargada, ou através de outros impostos que saiam de transferências do Orçamento do Estado para a Segurança Social", tendo o Governo entendido já no ano passado não haver margem para a financiar através do IVA.

* O governo está a testar até onde vai a sua capacidade de aldrabar...

.
.

 BRASIL

A Arte da favela/6
 



.
.

 I R O N I A S
















.
.
 .
HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Pedir serviços policiais pode custar 
60 euros por quatro horas 

A solicitação de prestação de serviços de segurança é possível, sem prejuízo da missão da PSP e GNR. O Governo fixou agora a remuneração que os policiais (PSP) e militares (GNR) devem receber por estarem ao serviço nessas operações. 

As entidades públicas ou privadas podem solicitar à Guarda Nacional Republicana (GNR) e à Polícia de Segurança Pública (PSP) serviços de segurança, mediante pagamento e depois de autorizado. O Governo já fixou a remuneração que os agentes e chefias têm de auferir para prestar esses serviços. O pagamento é feito pelos requisitantes.

De acordo com a portaria publicada esta segunda-feira, 24 de Setembro, quatro horas neste tipo de serviços podem custar, durante a semana no período laboral (das 8 horas às 20 horas), entre 36 e 42 euros (o que significa entre nove e 10,5 euros à hora). Será de 36 euros consoante se trate de cabo, agente principal, guarda ou agente, subindo para 38 euros caso estes agentes desempenhem funções de coordenação ou caso sejam destacados para essas missões sargentes ou chefes. Se nessas operações estiverem oficiais, quatro horas terão de ser remuneradas a 42 euros.

Se o serviço for prestado fora do horário laboral, ou aos fins-de-semana ou feriados, o custo será, respectivamente, de 51,7 euros, 54 euros e 60 euros.

Por cada hora acrescida ou fracção superior a quinze minutos acresce um pagamento que varia entre os nove e os 15 euros.

De acordo com a Lei, e "sem prejuízo do cumprimento da sua missão, a PSP [ou GNR] pode prestar colaboração a outras entidades públicas ou privadas que a solicitem, para garantir a segurança de pessoas e bens ou para a prestação de outros serviços, mediante pedidos concretos que lhe sejam formulados, os quais serão sujeitos a decisão caso a caso".

Há ainda uma tabela para a prestação de serviços de segurança pela PSP e GNR em competições desportivas de natureza não profissional, variando os valores, em horário laboral, entre os 25,50 euros e os 36 euros. No restante horário, o valor varia entre 37,6 e os 53,3 euros.

O Governo, na portaria assinada pelo ministro das Finanças e ministro da Administração Interna, determina ainda que os valores agora fixados são anuais e automaticamente actualizados com base na taxa de inflação.

Segundo a portaria, "os valores determinados encontram-se de acordo com a avaliação feita das tarefas e dos custos envolvidos nos serviços prestados, não deixando de se contemplar, pelas características específicas e interesses aí implicados, normativo especial referente aos espectáculos desportivos tributários de um tratamento específico". 

* Poder-se-hão contratar polícias ou guardas para nos protegerem dos assaltos perpretados pelo governo???

.
.

 BRASIL

A Arte da favela/5
 



.
.

FAIR PLAY

  



.
 .

HOJE NO
"DESTAK"

Governo prepara aumento do IRS para compensar devolução parcial de subsídios 

O Governo está a preparar uma proposta de aumento de impostos, incluindo o IRS, para compensar uma devolução parcial dos subsídios de Natal e de férias retirados ao setor público e pensionistas, anunciou hoje o primeiro-ministro.

Em declarações aos jornalistas, à saída de uma reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, em Lisboa, Passos Coelho afirmou que "o IRS será imposto privilegiado para o fazer", mas adiantou que "a tributação sobre o capital e sobre o património" poderão também "ajudar a fazer esta compensação".
Segundo o primeiro-ministro, esta proposta está a ser trabalhada pelo Governo como alternativa às alterações à Taxa Social Única (TSU), medida que considerou ter sido "mal entendida" e ter visto os seus propósitos "subvertidos". No entanto, Passos Coelho referiu que está ainda em discussão com os parceiros sociais a possibilidade de haver uma "descida seletiva" da TSU, que disse não ser consensual. 

* O governo atirou com pólvora seca à TSUZINHA dos cidadãos, agora mudou de pólvora e atira novamente ao IRS, importante é acertar nos portugueses, se não fôr nos cornos é nos tomates, o que mais dará???

.
.

 BRASIL

A Arte da favela/4
 



.
.
DESERTO DE SAL

BOLÍVIA





O Deserto de Sal de Uyuni (ou Salar de Tunupa) é a maior de deserto de sal plano do mundo com uma área de 10.582 quilômetros quadrados (4.086 sq mi). Localizado nos departamentos de Potosí e Oruro, no sudoeste da Bolívia, perto da crista da Cordilheira dos Andes, e a uma altitude de 3.656 metros (11.995 pés) acima do nível médio do mar.   
O Salar foi formado como resultado de transformações entre vários lagos pré-históricos. Está coberto por alguns metros de crosta de sal e é extraordináriamente plano, com variações de altitude média de um metro em toda a sua área.  
A crosta serve como uma fonte de sal e cobre um lago de salmoura, que é excepcionalmente rico em lítio, contém 50 a 70% das reservas mundiais de lítio, o qual está em processo de extracção. 
A grande área, o céu claro e o excepcional nivelamento da superfície faz do Salar um objecto ideal para calibrar os altímetros dos satélites de observação da Terra. 
O Salar é a rota  de transporte principal através do Altiplano Boliviano e é uma zona importante para a criação de várias espécies de flamingos cor de rosa.

.
,

 .
HOJE NO
"i"

Estaleiros de Viana. 
PS consignou receitas das construções para a Marinha depois das eleições 

Os pagamentos que deveriam ser feitos aos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) sobre as construções para a Marinha estão consignados desde 2011 às Finanças, segundo um despacho do anterior Governo a que a Lusa teve acesso.
Em causa está um contrato de financiamento entre aquela empresa pública e a Direção-Geral de Tesouro e Finanças (DGTF), no valor de 13 milhões de euros, autorizado pelo então secretário de Estado da Defesa Nacional e dos Assuntos do Mar, Marcos Perestrello (PS).

Em despacho datado de 16 de junho de 2011 - onze dias depois de realizadas as eleições legislativas -, o governante autorizou, em concreto, uma cláusula (sétima) desse contrato de financiamento, prevendo que os pagamentos devidos pelo Ministério da Defesa Nacional passariam a ser liquidados diretamente ao então Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público (IGCP).
Nesse despacho, consultado hoje pela agência Lusa, Marcos Perestrello aceitou essa cláusula, alegando os "compromissos urgentes e inadiáveis" dos ENVC.

Neste contrato, autorizado também pela administração dos ENVC, prevê-se que as "receitas provenientes dos contratos de fornecimento de navios para a Marinha" passariam a ser retidas, como "garantia" e "para efeito de pagamento do serviço da dívida do presente empréstimo".
Desta forma, qualquer pagamento a realizar pelo Ministério da Defesa aos ENVC passaria a ser liquidado, a partir de junho, ao IGCP.
Contactado pela agência Lusa, o gabinete do atual ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, escusou-se a comentar este assunto.
 Recorde-se que o Governo decidiu revogar, há dias, o contrato de reequipamento da Marinha, assumido com os ENVC, para a construção de seis Navios-Patrulha Oceânicos (NPO), por 300 milhões de euros, e cinco Lanchas de Fiscalização Costeira (LFC), por 100 milhões de euros.
A encomenda foi feita em 2004, ainda por Paulo Portas enquanto ministro da Defesa, no âmbito do reequipamento da Marinha, e estes onze navios destinavam-se a substituir a frota de corvetas e patrulhas, que já levam mais de 40 anos de serviço.
No âmbito da reprivatização dos ENVC, a concluir até final do ano, o Governo decidiu revogar este contrato, alegando a defesa dos interesses do Estado, pelo que a empresa apenas construiu dois, um dos quais ainda por concluir.

* Qual é a diferença entre PSD e PS? Nenhuma! 
E a semelhança entre PSD e CDS? Toda

.
.

 BRASIL

A Arte da favela/3
 



.

,

IGUANAS


VERDES


,



O iguana da espécie Iguana iguana, também chamado de iguana-verde, é um dos répteis mais criados em cativeiro.
Esta espécie apresenta-se distribuída por toda a América, desde o Sul dos Estados Unidos até o Paraguai.
Têm hábitos arborícolas, isto é, vivem em árvores, podendo atingir 180 cm. Quando novos, os iguanas possuem uma coloração verde intensa, já quando maiores, apresentam, ao longo do corpo, listras escuras. A cauda de uma iguana possui dois terços do comprimento total do corpo. Iguanas podem ser criadas em terrário tropical húmido, por habitar florestas tropicais.

A família Iguanidae compreende vários grupos de iguanas (marinhas e terrestres de Galapagos, Fiji, spinytail, pedras, deserto, verde e  chuckwalla iguanas).
 
Wikipédia


,