terça-feira, 28 de agosto de 2012

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

.
A ADVOGADA E O SURDO-MUDO
Um chefão da Máfia descobriu que o seu contador havia desviado dez milhões de dólares da caixa.
O contador era surdo-mudo, por isto fora admitido, pois nada poderia ouvir e em caso de um eventual processo, não poderia depor como
testemunha.
Quando o chefão foi dar um arrocho nele sobre os US$10 milhões, levou junta sua advogada, que sabia a linguagem de sinais dos surdos-mudos.
O chefão perguntou ao contador:
- Onde estão os U$10 milhões que você levou?
A advogada, usando a linguagem dos sinais, transmitiu a pergunta ao contador que logo respondeu (em sinais):
- Eu não sei do que vocês estão falando.
A advogada traduziu para o chefão:
- Ele disse não saber do que se trata.
O mafioso sacou uma pistola 45 e encostou-a na testa do contador, gritando:
- Pergunte a ele de novo!
A advogada, sinalizando, disse ao infeliz:
- Ele vai te matar se você não contar onde está o dinheiro!
O contador sinalizou em resposta:
- OK, vocês venceram, o dinheiro está numa valise marrom de couro, que está enterrada no quintal da casa de meu primo Enzo, no nº 400, da Rua 26, quadra 8, no bairro Santa Marta!
O mafioso perguntou para advogada:
- O que ele disse?
A advogada respondeu:
- Ele disse que não tem medo de Viado e que você não é macho o bastante para puxar o gatilho, seu Corno!!!
,
.

DISCRETAMENTE


SINAIS DE FOGO/2



Carolina Marconi

Katie Vernola

Sharon Stone


Victoria Beckham


 Serena Williams


Maria Sharapova


Olivia Wilde


Carolyn Murphy


 Scarlett Johanson

Naomi Watts


 Jessica Alba
.

.
INTERNET
Formas mais comuns de ter dados pessoais roubados

Invasão
Como acontece: 
1. Você baixa um arquivo em seu computador/celular/tablet ou acessa um site que tenha escondido o chamado Cavalo de Tróia.
2. O Cavalo de Tróia se instala no equipamento, abrindo uma porta para que um hacker possa acessar seus dados.
3. Daí em diante, sempre que seu aparelho estiver ligar e conectado a internet, seus dados (arquivos pessoais e até senhas) poderão ser acessados.
Como evitar:
1. Instalando sistemas de proteção.
2. Se você tiver antivírus, o "Cavalo de Tróia" não conseguirá se instalar porque será barrado.
3. Se você já tiver um "Cavalo de Tróia" antes de ter o antivírus, assim que instalar o programa de segurança ele irá alertá-lo e apagar o programa, fechando a porta para o hacker.
4. Se você não tiver antivírus, mas tiver um software de proteção que criptografe os dados, seus arquivos só poderão ser acessados com senha. Nesse caso, mesmo que o hacker entre em seu computador, ele não conseguirá visualizar o conteúdo sem ter a senha. 

 Manutenção de equipamentos 
Se seu computador for para a manutenção e seus arquivos estiverem salvos sem nenhum sistema de segurança qualquer pessoa poderá copiá-los. 

Como evitar:
1. O ideal, segundo especialistas, é fazer back up de arquivos em DVD ou pen drive e apagar qualquer arquivo da memória do computador.
2. Mesmo que você apague os arquivos, eles continuam no HD e podem ser acessados por especialistas. Nesse caso, o ideal é utilizar programas de segurança que criptografam os dados e, dessa forma, só é possível acessar com senha.
Cuidados para escolher a senha
 Datas óbvias como aniversário devem ser evitadas;
 Para uma senha chamada "forte", o ideal é utilizar caracteres (como @, %, $), letras maiúsculas e minúsculas e números;
 É recomendado também trocar a senha periodicamente. Especialistas apontam que o mais seguro seria troca a senha uma vez por mês.
 IN "VISÃO revista brasileira" - 07/05/12
.


TEST DRIVE




.
.
FAÇA EM CASA




Parece fácil mas se tentar fazer vai verificar que é mais fácil contratar alguém, mais barato é de certeza

.

HELENA GARRIDO



Os trabalhos 
        (mais difíceis) 
                              da troika 

A equipa da troika inicia hoje a quinta e mais difícil avaliação ao programa português de ajustamento. Será o exame que envolve as decisões mais difíceis, pelos riscos políticos e económicos que envolve. Em meados de Setembro, poderemos receber novas notícias de mais medidas de austeridade ainda para este ano. A dimensão depende do que entretanto se passar com a Grécia

Vamos aos factos. Portugal não vai conseguir cumprir o défice público projectado para este ano, de 4,5% do PIB, sem mais medidas. A derrapagem será, no mínimo, da ordem de 1% do PIB, ou seja, cerca de 1.700 milhões de euros. O "buraco" é totalmente explicado pela receita fiscal, nomeadamente de IVA, inferior à prevista. Na última avaliação, quando já se detectavam riscos de derrapagem orçamental, o líder da missão do FMI Abebe Selassie manifestou-se favorável à flexibilização do objectivo para o défice público desde que a derrapagem fosse explicada pelos estabilizadores automáticos, isto é, por uma quebra da actividade económica superior à prevista. A economia não afundou mais que o previsto, mas a estrutura do crescimento, com menos consumo privado e mais exportações, jogou contra a receita fiscal na última avaliação.

Deixados os factos vamos às expectativas, condicionalismos e estratégias de cada uma das partes.

O governo espera que a troika leve em consideração esta alteração de perfil na evolução da economia, menos amigável para a receita fiscal. Vítor Gaspar está, desde Junho, a preparar os avaliadores, a opinião pública e os investidores para a elevada probabilidade de não se cumprir o objectivo do défice público. Contou com o apoio do Eurogrupo que recomendou à troika que trabalhasse em conjunto com o governo de Lisboa. E a adopção ou não de mais medidas depende do que for decidido durante esta avaliação, numa estratégia diametralmente oposta à seguida há um ano, quando o governo se antecipou à troika. Foi a 30 de Junho de 2011 que, perante a impossibilidade de respeitar o objectivo do défice, Pedro Passos Coelho anunciou no Parlamento o imposto extraordinário de cerca de metade do subsídio de Natal. Para o Governo, na altura, esta era uma forma de mostrar à troika que Portugal não apresentava problemas, dava de imediato soluções. Uma estratégia que não vai seguir agora, contando com a colaboração da troika para encontrar uma solução para a derrapagem deste ano. Ou seja, a solução já não é tão fácil este ano.

Do lado da troika, a atitude que podemos encontrar é muito diferente, caso se trate do FMI ou da Comissão Europeia. O Fundo é muito mais flexível e, se dependesse apenas dele, não existiriam mais medidas de austeridade e o objectivo do défice público seria totalmente flexibilizado. O mesmo já não se pode dizer em relação à Comissão Europeia. A equipa europeia tem-se mostrado muito mais rígida e está neste momento politicamente condicionada pelo que se passa na Grécia e pela opinião pública do norte da Europa. Como explicar que se flexibiliza os objectivos para Portugal e não se faz o mesmo para os gregos? Há, claro, argumentos que favorecem um tratamento diferenciado de Portugal: o governo de Lisboa está a cumprir a maioria das medidas consagradas no Memorando, o que não acontece com a Grécia; as taxas de juro da dívida pública portuguesa não subiram com o anúncio da derrapagem orçamental; os analistas internacionais têm-se manifestado mais favoráveis à flexibilização do défice público do que a mais austeridade e, finalmente, viabilizar a subida do défice este ano - ou seja, dar mais tempo - não exige mais dinheiro da troika. O caos em que está a Zona Euro, com a Espanha e a Itália a enfrentarem também o espectro da ajuda externa é mais um factor favorável a Portugal que deixou de ter sobre si os holofotes dos media e dos investidores internacionais.

As decisões vão começar a ser tomadas hoje. Mas dada a dimensão da derrapagem e os condicionalismos que a Zona Euro enfrenta, o cenário mais provável é o de metade para cada lado: mais austeridade ainda este ano com alguma flexibilização do objectivo do défice público. 


 IN "JORNAL DE NEGÓCIOS"
27/08/12
.
.

 LADY GAGA


BAD ROMANCE




L
.
  QUER DISFARÇAR 
                                 O RABO?

É fácil, uma t-shirt com a figura duma linda mulher que conjugada com a fissura entre "nalgas" parece o colo da dita.


Não disfarça mas protege, uma banda adesiva


Brilhante, uma "discreta" banda de tecido encarnada que vibra quando a pessoa se debruça demasiado


Disfarça e ainda ganha dinheiro exibindo um autocolante publicitário


Uma tatuagem in loco resolve definitivamente o problema


Ou um pechebeque decorativo



Um tecido da cor da pele cozido à roupa para ela e para ele


Melhor mesmo é exibi-lo com tranquilidade

.
.
1-A LUTA CONTINUA



Nada melhor que este tema para terminar o mês de Agosto. Cada vez mais em nós ou no círculo das nossas relações mais importantes surge esta espécie de buraco negro, a luta continua.

..
.
 
NAMORANDO




L
.
PONTES  BAIXAS











h

b
.


BOM DIA






c