terça-feira, 14 de agosto de 2012

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA


-

DISCRETAMENTE


SINAIS DE FOGO



 
Alicia Silverstone

Cameron Diaz

Drew Barrymore
 
Mischa Barton

 
Heather Graham
 
Halyson Hannigan

 
Julia Stiles

 
Pamela Anderson

Jessica Simpson
.
.



Encontrem uma cura para o cancro, antes que me cresçam as maminhas



,

MUITOS E MORDAZES












.
.
Os anjos do 
meio da praça



Uma extraordinária animação brasileira

Prêmios: 

• Prêmio especial do júri oficial -XXXVIII Festival de cinema de Gramado -- RS 
• Melhor Direção e Melhor Curta-Metragem -- IV Brazilian Film Festival of Toronto -- Canadá. 
• Melhor Video de Animação - XIV FAM - Florianópolis Audiovisual Mercosul 
• Melhor Curta - II Festival de Itapetinga 
• Melhor Filme de Animação - Festival Locomotiva 2010 
• Melhor curta-metragem nacional de animação -- VI Fantaspoa - RS 
• Melhor filme mostra teen --VIII FICI 
• Melhor Música - Festival Locomotiva 2010 
• Melhor Curta Metragem de Animação - Festival de Cinema de Maringá 
• Melhor Direção (Animação) - Festival de Cinema de Maringá 
• Melhor Roteiro (Animação) - Festival de Cinema de Maringá 
• Melhor Música (Animação) - Festival de Cinema de Maringá 
• Melhor Cenário (Animação) - Festival de Cinema de Maringá 
• Melhor Personagem (Animação) - Festival de Cinema de Maringá 
• Menção Honrosa - I Curta Amazônia 2010 

 Seleção Oficial: 

• Anima Mundi 2010 
• Festival Guarnicê de cinema -- MA 
• V mostra de cinema de Ouro Preto -- MG 
• V Cine Fantasy -- Festival curta fantástico 
• VI Mostra Mosca -- Cambuquira -- MG 
• XIII Fenart -- PA 
• X Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe  




FICHA TÉCNICA

Realização: 
Ministério da Cultura / Secretaria do Audiovisual 
Produção: 
Buba Filmes Roteiro  
Direção: 
Alê Camargo & Camila Carrossine 
Argumento: 
Alê Camargo 
Direção de arte / Desenho de produção: 
Alê Camargo & Camila Carrossine 
Desenho de produção adicional /Pintura cenográfica: 
Fernando Faria Storyboard / Animatic: Alê Camargo & Camila Carrossine 
Modelagem: 
Alê Camargo , Camila Carrossine , Fernando Faria , Gustavo Rodrigues 
Texturização: 
Alê Camargo & Camila Carrossine 
Rigging: 
Alê Camargo, Camila Carrossine,Fernando Faria 
Animação: 
Alê Camargo , Camila Carrossine , Diego de Paula , Jonathan Bento , Ricardo Jost , Rodrigo Mendes 
Iluminação / Render / Composição: 
Alê Camargo & Camila Carrossine 
Desenho Sonoro : 
Maurício Fonteles 
Assistente de som : 
Marco Rezende 
Narração: 
Ivete Jayme 
Técnico de som : 
Cleyton Pereira 
Estúdio de Dublagem : 
Luminus Dublagens e Produções 
Produtora Musical : 
Opus 10 
Produtora Trilha sonora : 
Rodrigo Domingos 
Coral: 
Coral del Chiaro 
Vozes : 
Danillo Ferreira, Juliana Damião , Mariza Marzan 
Trompete: 
Luciano Melo 
Flauta : 
Rodrigo Domingos 
Captação de áudio : 
Ricardo Marui 
Pós - produção : 
Módulos 
Direção geral de pós - produção : 
José Francisco Neto, ABC 
Supervisão de pós - produção : 
Giba Yamashiro 
Correção de cor : 
Ricardo "Kodo" Odo 
Edição on line : 
Henrique Reganatti , Tadeu Parrillo Frede 
Edição / Finalização: 
Alê Camargo & Camila Carrossine



.

SÍLVIA DE OLIVEIRA




Bom dia, 
 eu gostaria de o inquietar 

Não preciso de justificação, mas decidi voltar ao tema batido da licenciatura de Miguel Relvas porque me inquietaram as respostas que dois entrevistados - Proença de Carvalho e Ilídio Pinho - me deram, recentemente, sobre o assunto.

Na opinião do advogado (Dinheiro Vivo de 4 de Agosto) e do empresário, que também foi o último patrão de Passos Coelho (pode ler a entrevista no próximo sábado), este é um tema menor, que não nos deve tomar muito tempo e muito menos desviar-nos dos verdadeiros problemas do país, entre os quais, está, claro, à cabeça, a enorme crise por que passamos. Defendem ambos que em Portugal, essa é, aliás, uma prática normal e que somos todos peritos em desfocar-nos e desconcentrar-nos do que é essencial e realmente relevante. E, porque não querem cometer esse erro, justificam, não perdem muito tempo a dar importância ao suposto favorecimento de que o ministro beneficiou para se licenciar.

Os dois entrevistados até podem ter razão na parte do desfocar e desconcentrar, mas fazem mal em não se importar com este caso, que chegou à Volta à França e aos Jogos Olímpicos de Londres, recentemente aterrou em Manta Rota, onde o primeiro-ministro passa férias,  invadiu as redes sociais com anedotas estúpidas e é responsável por me criar um sentimento estranho, o da vergonha alheia.

Os dois entrevistados até podem ter-se sentido comprometidos ou constrangidos com a pergunta, mas poderiam ter fugido à resposta, ter dado voltas e voltas e terminar sem dizer nada. É comum, isso acontecer. Mas reduzir a polémica da licenciatura à luta política e à intriga e a um problema causado por pessoas que não têm nada que fazer é um mau sintoma  e um sinal do que pode estar a acontecer a muita gente.

Não é porque existe uma crise grave em Portugal, que nos deve exigir um esforço redobrado no nosso dia-a-dia, que devemos desvalorizar outros problemas aparentemente menores mas igualmente importantes, da mesma maneira que, no Brasil, é errada a tolerância para com a corrupção, explicada também pela existência de outros problemas graves.

A condescendência é sempre perigosa e o caso de Miguel Relvas é um óptimo teste ao bom estado da inquietação nacional. Acha normal que Relvas ainda se mantenha em funções? Como dizia o jornalista norte-americano Finley Peter Dunne (1867-1936), a obrigação dos jornais e dos jornalistas deve ser a de confortar os aflitos e afligir os que se sentem confortáveis. Era assim há 100 anos e assim deve continuar. 



IN  "DINHEIRO VIVO"
09/08/12

 .
.

AS 100 MELHORES CANÇÕES DOS ANOS 80

(PARA A NME)
 .
Nº 9
BIZARRE LOVE TRIANGLE
.NEW ORDER



M
.


ulTRA 



 PRODUZIDAS











.
.
 Toda  a pachorra 
do mundo

  

Um gato destes só acontece porque está no seio duma família tranquila, convém não esquecer que os animais domésticos são o melhor reflexo do ambiente onde estão inseridos

 .
 .

 OH...OH !!!



















N
.

PONTES  BAIXAS







.M
.



BOM DIA








c