terça-feira, 17 de julho de 2012

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA


-

 GUERREIROS



.
-


 OBAMA LOVES 

MICHELLE




Naturalmente, sem cenas, assim se ama assim se beija.
Em Portugal os políticos são muito pudorentos, naturalidade só p'ra enganar o povo!
 .
-
 GUERREIRAS



.
-

NÃO FAZ SENTIDO




Filipe Neto é um jovem comunicador brasileiro, contundente e usuário miltante do vernáculo, não é crítica mas informação para quem tenha auriculares sensíveis. 
Circulam no you tube vários takes do autor sobre variadíssimos temas, num país como Portugal em que as "sub-celebridades" são mais que muitas, a começar no próprio governo, achamos oportuno a inserção desta peça. Só para ouvidos Hi-Fi.

.
-

 GUERREIRO



.
 .

HOJE NO
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

                  Justificações do BPN

O PCP quer que o primeiro-ministro esclareça eventuais contrapartidas dadas ao banco BIC nas negociações para a compra do BPN e como justifica ter contactado diretamente o Governo angolano para interceder junto do presidente do BIC.

Estas questões fazem parte do requerimento entregue pelo PCP na comissão de inquérito parlamentar sobre a nacionalização e reprivatização do Banco Português de Negócios (BPN) e que deverão ser respondidas por escrito, até setembro, pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.
 
Na sexta-feira passada, no âmbito da comissão parlamentar de inquérito sobre o BPN, o presidente do banco BIC Portugal, Mira Amaral, disse que o primeiro-ministro teve intervenção direta no acordo de compra por 40 milhões de euros e adiantou que se realizaram duas reuniões em São Bento: Uma primeira a 23 de novembro de 2011, que fracassou; e uma segunda, a 28 de novembro de 2011, em que as negociações foram retomadas.

Mira Amaral afirmou ainda que o primeiro-ministro terá contactado o ministro de Estado de Angola, Carlos Feijó, para pedir ao presidente do banco BIC, Fernando Teles, que regressasse a Lisboa e retomasse as negociações.


* Não temos a certeza se é mais um imbróglio deste governo, mas parece. Também há mais dois que estão a ser investigados pelo MP, as privatizações da EDP e REN. 
Já não descortinamos diferenças entre Passos Coelho, Socrates e Barroso, a não ser no físico e nos nomes, despudoramente iguais.


.
-

 GUERREIRO



.
-


IV . O MUNDO 



SEM NINGUÉM

   3- a ameaça à capital




.
-
 GUERREIRO



.
 .

HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Ministro diz que 5211 militares 
vão ser promovidos 

O ministro da Defesa afirmou hoje que o despacho conjunto para a promoção de militares vai ser assinado esta semana com o Ministério das Finanças e abrange 5.211 elementos, entre 1.104 oficiais, 1.099 sargentos e 3.008 praças. 

Depois de ser questionado pelo deputado do PCP António Filipe sobre o anúncio que fez, Aguiar-Branco precisou que o que vai acontecer esta semana é a assinatura do despacho conjunto e que as promoções cabem às chefias militares num momento posterior (após publicação em Diário da República).

"Como pode imaginar, não é ao ministro que cabe fazer as promoções, eu tenho respeito pela separação de competências com as chefias militares", afirmou o ministro da Defesa.
José Pedro Aguiar-Branco sublinhou que, como define o Orçamento retificativo, as promoções autorizadas não vão "implicar aumento de despesa global com pessoal".
Durante a audição, os deputados da maioria João Rebelo (CDS) e Hélder Sousa Silva (PSD) congratularam-se com o anúncio de Aguiar-Branco e salientaram que as Forças Armadas têm de ser "diferenciadas" dos funcionários públicos.
"A coesão e a estabilidade são fatores de primordial importância para as Forças Armadas, que têm especificidades próprias e diferentes da administração pública", observou o social-democrata Hélder Sousa Silva.
 ESTAS ESTRELAS CUSTAM-NOS 
UMA PIPA DE MASSA

Durante a audição, Aguiar-Branco referiu-se ainda à situação da Base das Lajes e às negociações com a administração norte-americana para defender que o Governo "tem agido" e é graças a isso que estas ainda se mantêm, apesar de reconhecer que a atual presença militar americana "não é possível de manter" como está.
O ministro salientou já ter tido quatro reuniões com o secretário da Defesa norte-americano, Leon Panetta, e que as conversações têm mesmo envolvido o Presidente da República e o primeiro-ministro.


* Uma despesa desnecessária.Há mais generais que índios...

.
.
 GUERREIRO




































 .
-

 ACONTECEU EM 2011



Um funcionário duma ONG regista a desolação algures em África, com o topo da tecnologia , o Ipad


A polícia de Nova York usou  gás pimenta contra esta perigosíssima idosa quando participava pacificamente na  manifestação “occupying Wall Street.”


Empregados de escritório tentam escapar dum andar elevado do edifício onde trabalhavam, quando eclodiu um sismo na Nova Zelãndia.



A noite mais tenebrosa para esta criança atingida pelas cheias de monção na Tailãndia


Fukushima no Japão



Um manifestante mostra literalmente o rabo à polícia anti-motim durante uma manifestação sindicalista em Bruxelas junto à sede da União Europeia


Na China, uma noiva antes da cerimónia salva de morte certa um conviva que se desiquilibrou duma janela e não perdeu a vida porque se agarrou com toda a força à perna da dama, surreal.


Mihag Gedi Farah, 7 meses, 3 ,4 Kg,  num campo hospitalar de socorro na cidade de Dadaab, Kenya, queixamo-nos de quê???



O cão morre junto ao esquife do seu dono.



Cristãos egípcios fazem um cordão de protecção enquanto outros, muçulmanos, se viram para Meca e rezam, aconteceu durante as manifestações contra Mubarak.


.
.
 GUERREIRO




.
 .
HOJE NO
"RECORD"


Ginástica acrobática: 
Portugal organiza Europeus de 2013 

A Federação Portuguesa de Ginástica (FPG) bateu a concorrência polaca e vai organizar os Campeonatos da Europa de ginástica acrobática, em outubro de 2013, em Odivelas, confirmou, esta terça-feira, à agência Lusa o presidente do organismo.

"É sinal da grande confiança que a União Europeia de Ginástica (UEG) deposita em Portugal para receber mais um grande evento. Está a decorrer agora o EuroGym, que trouxe a Coimbra mais de 4.000 ginastas. A Polónia jogou os seus trunfos, como nós, mas a UEG decidiu-se por Portugal", disse João Paulo Rocha, referindo o festival de ginástica para todos, na "Cidade dos Estudantes", entre 15 e 19 de julho.

A 26.ª edição dos Europeus de ginástica acrobática está agendada para entre 21 e 26 de outubro de 2013, contemplando os escalões de seniores, juniores e juvenis, e com um orçamento global de mais de um milhão de euros.

"Vão ser duas semanas, com cerca de 1.000 ginastas, e esperamos encher o Pavilhão Multiusos de Odivelas, cuja Câmara Municipal também tem sido inexcedível", continuou o responsável.

O dirigente elogiou as instalações desportivas daquela cidade "vizinha" da capital, com capacidade para 2.500 espetadores, e frisou que também será importante no plano desportivo, porque, "no ano passado, Portugal já teve um par misto campeão da Europa".

João Paulo Rocha classificou o evento como "o ponto mais alto do plano de atividades do próximo ano", além das "seis etapas da Taça do Mundo, entre março e setembro, em várias especialidades, e o PortugalGym, outra reunião de mais de 2.000 atletas, em Guimarães". 


* A primeira vitória dos campeonatos.

.
.
 GUERREIROS



.

JOANA PETIZ




Conquiste 
   o emprego certo para si


Já lá vai o tempo em que encontrar trabalho era tarefa fácil.
E já nem sequer vivemos naqueles dias em que conhecer alguém bem posicionado ditava o sucesso quase certo na busca de emprego. Com a taxa de desemprego mais alta que o país já conheceu – acima dos 15% e a subir –, hoje mesmo um bom currículo é apenas meio caminho andado. O que fazer quando nada é garantido?

Para começar, pesquise. Procure em todos os sites de recrutamento e nas páginas online das próprias empresas o emprego que gostaria de ter e no qual acredita que seria bom. Não seja modesto: afinal, quanto mais difícil é encontrar trabalho, menores são as probabilidades de, caso não goste ou não se adapte, poder mudar de ramo e conseguir rapidamente novo lugar noutra empresa.

E lembre-se que Portugal é apenas uma entre dezenas de possibilidades. Se nos dias que correm tem contra si uma quantidade absurda de candidatos a um lugar, não se limitando sequer as propostas a pessoas do mesmo país onde vive, a ausência de fronteiras na União Europeia e a afinidade com países como o Brasil, Cabo Verde, Angola ou Moçambique abrem-lhe portas que há apenas uma dezena de anos nem sequer existiam. O limite para a sua busca é apenas definido por si, pelas suas ambições e por aquilo que está disposto a fazer (ou de que está disposto a abdicar) para conseguir trabalho.

Quando a sua pesquisa estiver reduzida a meia dúzia de hipóteses consistentes – atenção, ser ambicioso não é o mesmo do que ser irrealista; se nunca fez mais do que uns ovos estrelados não pode realmente pensar que seria boa ideia candidatar-se a um lugar de chef... –, está na hora de dar um passo em frente.

Comece pela via tradicional: atualize e adapte o currículo. Mas esqueça o formulário europeu. Inove, crie uma carta de apresentação que capte a atenção de quem a ler e complemente o seu currículo com informação relevante para a empresa e o cargo a que se candidata.
Na maioria dos casos, porém, há um caminho mais fácil para fazer o primeiro contacto. Lembre-se que vive na era das redes sociais. A maioria das empresas e agências de recrutamento estão presentes nas principais redes (LinkedIn, Twitter, Facebook...) e muitas vezes utilizam-nas para procurar talentos. Construa uma página profissional e preencha-a com todo o tipo de informação que acredite ser relevante para o recrutador – incluindo o seu gosto por desportos radicais e alturas se estiver a tentar chegar a alguém que todos os fins-de-semana se atira de aviões de para-quedas. 

Não tenha medo de parecer animado, mas não minta – na maioria das vezes as bombas rebentam-lhe na cara. Já imaginou o que aconteceria à sua credibilidade se fosse escolhido para o lugar, o seu novo chefe o presenteasse com um salto e você tivesse de lhe confessar que sofre de vertigens?

Marcar reuniões com os recursos humanos das empresas onde gostaria de trabalhar também pode ajudar. Mesmo que nessa altura não estejam à procura de ninguém, quando surgir uma vaga é natural que se lembrem de si como uma pessoa com iniciativa, segura de si, o género de colaborador que gostavam de ter na equipa.
Acima de tudo, não desanime e não deixe de tentar. Pode demorar algum tempo, mas se não estiver a voar demasiado alto decerto conseguirá aquilo que procura.


Chefe de redacção-adjunta

IN "DINHEIRO VIVO"
16/07/12

.
 .
HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Águas de Portugal gastou 3,8 milhões 
de euros com viaturas 

Uma auditoria do Tribunal de Contas detetou que os custos com viaturas ao serviço do grupo Águas de Portugal aumentaram entre 2010 e 2011, recomendando que a tutela e os gestores tomem medidas para reduzir esta despesa. 

Embora exista "maior rigor na gestão das viaturas", com o encargo a descer de 2,5 milhões de euros em 2006 para 780 mil em 2011, o Tribunal de Contas (TC) salienta que os custos têm vindo a aumentar, na sequência de um despacho de 24 de Setembro de 2010 que visava o efeito contrário.

Este despacho impediu a renovação da frota das empresas do grupo AdP, com exceção das viaturas operacionais cuja renovação fosse considerada urgente e inadiável, mas o TC tem dúvidas de que as orientações que contém sejam as mais "adequadas à desejável economia de dinheiros públicos" e pede que o diploma seja reapreciado.

"[A] suspensão da renovação da frota automóvel não implicou que as viaturas fossem sendo entregues aos locadores à medida que os respetivos contratos de 'renting' chegassem ao seu término, antes foram prolongados os prazos desses contratos", agravando os custos, aponta o relatório.

A título de exemplo, o TC refere que o custo das rendas mensais de 380 viaturas personalizadas foi de 175,9 mil euros em novembro de 2011, aumentando para 182 mil euros no mês seguinte.

Em 2010, o grupo despendeu 3,6 milhões de euros com as viaturas (incluindo rendas e combustíveis), valor que subiu para 3,8 milhões em 2011.

"Assim, tendo em vista a necessária redução de custos nas empresas do setor empresarial do Estado, importa avaliar o impacto financeiro daquele despacho com vista a garantir que o prolongamento dos contratos é o mecanismo que mais poupança garante em detrimento de outros, como seja, por exemplo, a aquisição das viaturas ou a celebração de novos alugueres ainda que de viaturas mais antigas", recomenda o tribunal.

O TC questionou também a atribuição de prémios que "não se encontra associada à evolução dos indicadores económicos das empresas que os distribuem", contrariando o que foi recomendado numa auditoria anterior que detetou que os incentivos não estavam apoiados numa política transparente.
Segundo o TC, entre 2004 e 2006, a AdP apresentou 75,5 milhões de euros de prejuízos, o que não impediu a distribuição de 2,3 milhões de euros de prémios naquele período, o que contribuiu para agravar a situação deficitária das empresas.
O tribunal quer que o pagamento de prémios pecuniários aos trabalhadores das empresas do grupo AdP se baseie nos indicadores económicos e financeiros das correspondentes empresas e que seja dado conhecimento prévio à tutela dos critérios adotados para a sua distribuição.

Na auditoria de seguimento que foi hoje divulgada, o TC verificou que das 15 recomendações que constavam do relatório anterior, datado de 2008, só sete foram acolhidas pelas entidades destinatárias (Estado e administração do grupo AdP).
Três foram acolhidas parcialmente, três não tiveram acolhimento, uma perdeu o seu efeito porque as condições se alteraram e uma outra, relativa à gestão da frota automóvel, não foi acatada literalmente, embora tenham sido encontradas medidas alternativas para atingir o objetivo da recomendação.


* É um fartar vilanagem, quase 800 mil contos na moeda antiga. 
380 viaturas personalizadas!!!

.
-

5-TERRA RARA




Prepare-se para presenciar um verdadeiro e assombroso espectáculo. Mergulhe em oceanos e escale montanhas para conhecer o catastrófico passado e o violento presente de nosso planeta. Os eventos aqui registados são assustadores e fascinantes! Sabia que todos os anos uma média de 18.000 meteoritos cai na Terra; que apenas 7,4 km abaixo dos seus pés a temperatura chega a 3.000 graus; ou que o topo do Monte Everest um dia já foi o fundo do oceano? Fique por dentro da história da Terra, explore a Lua com os astronautas da Apollo, esteja presente na maior exploração subterrãnea do mundo. Veja o mais antigo artefacto geológico da Terra - uma rocha de 3.7 bilhões de anos. Descubra como a África e a América do Sul se separaram milhões de anos atrás. Testemunhe os efeitos devastadores de um terremoto e de um vulcão em erupção. Pare acreditar no poder deste extraordinário planeta! * Os episódios anteriores foram editados nas terças-feira precedentes à mesma hora. 


 .
 .
HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Pessoa e Amália dão boas vindas no desejado metro do aeroporto lisboeta 

Fernando Pessoa, Amália Rodrigues ou José Saramago são algumas das personalidades portuguesas que dão as boas vindas a quem entra na estação do metro do Aeroporto em Lisboa, que abriu hoje as portas e está a receber vários elogios. 

Além dos diversos vultos da sociedade portuguesa desenhados pelo cartoonista António em todas as paredes, a luz e o design moderno 'inundam' aquela estação, que se pretende afirmar como um cartão de visita para quem visita Lisboa.
A linha cinzenta pertence à C.P.

De manhã eram já muitos os turistas e portugueses em viagem que frequentavam o metro no aeroporto. Mas a estação era também, ela própria, um ponto de turismo: eram várias as pessoas que estavam a passear de metro para "ver como era" e a tirar fotografias.

Não foi o lazer, mas o trabalho que levou Luís Marinho a entrar na recém-inaugurada estação da Encarnação com destino ao aeroporto.

Frequentador assíduo do aeroporto por motivos de trabalho, Luís Marinho disse à Agência Lusa estar "muito satisfeito" com a extensão da linha vermelha do metro até à Portela.

"De 15 em 15 dias vou ao aeroporto. Normalmente, ou vou com pouco tempo e deixo o carro nos parques de estacionamento do aeroporto, onde é bastante caro, ou então, com tempo, deixo o carro nos Olivais Sul e venho de táxi. Desta vez, obviamente que com o metro é melhor vir de metro", afirmou.

Luís Marinho tenciona tornar-se cliente assíduo do metro do aeroporto porque "é mais rápido e mais barato".

O trabalho também obriga Bernardo Carvalho a viajar frequentemente de avião. Este português chegou hoje a Lisboa sem saber da inauguração da estação do aeroporto, mas admitiu que foi uma "agradável surpresa".

"Fazia imensa falta. Costumava vir de táxi ou deixava o carro no parque. Saía bastante mais caro", afirmou.

António Ramos foi buscar hoje a filha que veio a Portugal passar férias e decidiu experimentar o metro porque reside no Lumiar e assim "o percurso é mais rápido, mais cómodo e mais barato".

"Normalmente apanhava autocarros da Carris mas agora é metro. Mesmo para circular dentro de Lisboa é só metro", afirmou.

Aos jornalistas, o presidente do Metropolitano de Lisboa disse estar satisfeito com a adesão inicial ao metro no aeroporto.

"Tenho visto muitos estrangeiros, não estava à espera de que a afluência fosse tão elevada ao nível de estrangeiros. Tenho visto também muitos portugueses. Espero que cresçam cada vez mais com a habituação e com a melhoria da informação que temos de promover em conjunto com a ANA" (Aeroportos de Portugal), afirmou Francisco Cardoso dos Reis.

Contudo, o presidente do Metropolitano de Lisboa admitiu que é preciso melhorar a sinalética dentro do aeroporto e adiantou que a "ANA está a trabalhar neste sentido".

"Há um concurso que está em curso e permitirá melhorar a informação dentro do aeroporto, que é fundamental. É isso que vemos em todos os aeroportos do mundo e não vai ser excepção em Lisboa. Esperamos que rapidamente esse problema seja resolvido e, a partir daí, teremos muitos mais passageiros", disse.

O Metropolitano de Lisboa abriu hoje ao público as estações do Aeroporto, Encarnação (a mais profunda de toda a rede, com cerca de 30 metros) e Moscavide, que ligam à Gare do Oriente pela Linha Vermelha. 


* ATÉ QUE ENFIM!!!

.
.

AS 100 MELHORES CANÇÕES DOS ANOS 80

(PARA A NME)
 .
Nº33
LIKE A PRAYER
.MADONA






v
 .

 
HOJE NO
"DESTAK"

Todos os dias são entregues quase 20 imóveis por incumprimento - APEMIP 

Cerca de 3.300 imóveis foram entregues em dação em pagamento por famílias e por promotores imobiliários no primeiro semestre deste ano, o que corresponde a uma média de 18 casas por dia, segundo estimativas hoje divulgadas.

De acordo com as estimativas divulgadas hoje pela Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), "no primeiro semestre de 2012, foi possível apurar cerca de 3.300 imóveis entregues em dação em pagamento tanto por famílias, como por promotores imobiliários".
O regime da dação em pagamento consiste na entrega da casa para saldar a dívida do crédito à habitação.                                   

 *  Uma desgraça por um lado, o das famílias que não suportam o pagamento do crédito, por outro os exorcistas do imobiliário, banca e agentes, que constatam que impingir casas foi chão que deu uvas.

.


 .MICHIO KAKU


O Bosão de Higgs e a Teoria das Cordas



m
.




                         
HOJE NO
"i"
Pedidos de ajuda para pagar contas da água, luz e gás aumentaram 40% 

 Os pedidos de ajuda para o pagamento de contas da eletricidade, água e gás aumentaram este ano devido à crise económica no país, segundo as instituições de solidariedade, como a Cáritas, que aponta uma subida de 40 por cento (%). Contactado pela agência Lusa, Eugénio da Fonseca, presidente da Cáritas Portuguesa, indicou que uma boa parte dos donativos da instituição de solidariedade social são para pagar este tipo de dívidas às famílias. "A pobreza é estrutural no país, mas tem aumentado agora com o agravamento da crise", disse o responsável, acrescentando que a instituição privilegia o apoio para pagamento da renda da casa e, depois, para as contas da água, eletricidade e gás. "Nós facultamos os alimentos e se as pessoas não têm este tipo de recursos básicos não podem confecioná-los para comer e a sua subsistência fica comprometida", sustentou. 

 Descreveu que, na maioria dos casos, quando as famílias entram em rotura financeira, o primeiro encargo que fica logo em causa é o da renda de casa. Depois, as famílias em dificuldades "cortam nas despesas com a saúde, adiando as consultas e não comprando todos os medicamentos de que necessitam e, a seguir, deixam de pagar as despesas com água, luz e gás". O presidente da Cáritas não dispõe de números sobre os apoios, mas estima que se verificou um aumento de pedidos da ordem dos 40% nos mais de 4.000 postos de atendimento que a instituição tem no país. 

 "A situação agravou-se de tal maneira que estamos a tentar encaminhar as pessoas para outras instituições porque não podemos dar resposta a todas", indicou. No sistema de solidariedade da Cáritas, os apoios em dinheiro para este tipo de dívidas são dados diretamente às famílias, que trazem depois um comprovativo do pagamento, ou então é a própria instituição que paga diretamente às empresas de cobrança. A União das Misericórdias Portuguesas também notou um aumento de pessoas que deixam de ter dinheiro para pagar estas dívidas, mas o sistema é diferente, passa antes pelo encaminhamento das pessoas para as cantinas sociais, com serviços de creches e apoio aos idosos. 

 Acrescentou que há um número crescente de pessoas que pedem ajuda - "uns milhares largos" -, mas só no final de agosto as Misericórdias farão um balanço, disse à Lusa Manuel de Lemos, presidente da União das Misericórdias. "Ao setor social não lhe compete pagar as dívidas, até porque não temos os recursos. Essa resposta cabe ao Estado", defendeu o responsável. Manuel de Lemos recordou que a instituição já tinha um sistema de cantinas sociais, que agora veio a ser reforçado mediante protocolos realizados com o Governo devido à situação de emergência social. 


 * A desgraça é muita, a gestão é má.

.



                             HOJE NO


                            "A BOLA"

Man. United é o clube 
mais valioso do Mundo 

O Manchester United continua a liderar a lista dos clubes mais valiosos do Mundo, revelou a revista Forbes. O clube de Old Trafford, pertença da família Glazer, vale uns exorbitantes 2.23 biliões de dólares. Já o Real Madrid ascende em 2012 ao segundo posto, com uma cifra de 1.88 mil milhões.

 O pódio é completado pelos New York Yankees, da liga profissional de basebol americana, que valem 1.85 mil milhões de dólares. No top 10 contam-se apenas mais dois clubes de futebol, o Barcelona (8º) e o Arsenal (10º). Mais uma vez a lista da Forbes confirma a hegemonia do desporto norte-americano, nomeadamente da NFL, a liga de futebol americano. Todos os 32 clubes que fazem parte da competição...estão presentes na lista das 50 equipas mais valiosas do planeta! 

 Confira o top 25 da lista da Forbes: 
1º - Manchester United (Inglaterra/Premier League) 
2º - Real Madrid (Espanha/La Liga) 
3º - New York Yankees (EUA/MLB) 
4º - Dallas Cowboys (EUA/NFL) 
5º - Washington Redskins (EUA/NFL) 
6º - Los Angeles Dodgers (EUA/MLB) 
7º - New England Patriots (EUA/NFL) 
8º - Barcelona (Espanha/La Liga) 
9º - New York Giants (EUA/NFL) 
10º - Arsenal (Inglaterra/Premier League) 




 * Desporto, um grande negócio
.
.


JÁ TIVERAM 
MELHORES DIAS


 





.
 .

HOJE NO
"PÚBLICO"

Bispo das Forças Armadas acusa Governo de ser “profundamente corrupto” 

 O bispo das Forças Armadas, D. Januário Torgal Ferreira, considera que o Governo liderado por Passos Coelho é “profundamente corrupto” e compara “alguns” ministros a “diabinhos negros”, por oposição aos “anjos” que integraram o anterior Executivo.

“Há jogos atrás da cortina, habilidades e corrupção. Este Governo é profundamente corrupto nestas atitudes a que estamos a assistir”, disse D. Januário Torgal Ferreira em entrevista à TVI24, ontem à noite. Numa crítica à forma como o Governo tem lidado com as exigências da troika, o bispo prosseguiu: “Nós estamos numa peregrinação em direcção a Bruxelas e quando tudo estiver pago daqui de Portugal, sai uma procissão de mascarados a dizer: vamos para um asilo, salvem-nos”.

"O problema é civilizacional, porque é ético”, sustentou o bispo. “Eu não acredito nestes tipos, em alguns destes tipos, porque são equívocos, porque lutam pelos seus interesses, porque têm o seu gangue, porque têm o seu clube, porque pressionam a comunicação social, o que significa que os anteriores, que foram tão atacados, eram uns anjos ao pé destes diabinhos negros que acabam de aparecer”, afirmou, no programa “Política Mesmo”.

Contactado pelo PÚBLICO, o assessor de imprensa de Pedro Passos Coelho, Rui Baptista, disse que as declarações do bispo das Forças Armadas "não merecem comentário" 

* Um bispo que foge à "nomenclatura", Portugal tem alguns.

.
-

DIVIRTA-SE












.
 .

HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Espanhóis querem fim da cobrança
. de portagens em Portugal 

A Federação Espanhola de Transportadores recusa os novos sistemas de portagem que facilitam a cobrança aos estrangeiros nas autoestradas portuguesas e defendeu a sua supressão, insistindo na necessidade de favorecer a cooperação transfronteiriça. 

Portugal inaugurou ontem, em vários pontos fronteiriços com Espanha, dois novos sistemas de pagamento de portagem na autoestrada para estrangeiros, cujas dificuldades geraram críticas de utilizadores e empresários dos setores do transporte e turismo, dando resposta aos acordos celebrados por Portugal e Espanha na cimeira realizada no Porto, em maio último.

 O secretário-geral da Fenadismer, Juan Antonio Millán, declarou à Efe que a associação sempre defendeu a "supressão" das portagens ou, pelo menos, a criação de espaços sem estas cobranças, num raio de cem quilómetros nas zonas transfronteiriças, para favorecer a cooperação entre as partes.
Afirmou ainda que é necessária uma unidade de ação entre Portugal e Espanha para que, como Estados periféricos, solicitem à União Europeia "uma compensação nas portagens para a Europa para facilitar as [suas] exportações".
Millán insistiu que o que se pretende não são estes sistemas de pagamento "mais ágeis" e classificou a cimeira do Porto como "uma burla" para as pretensões feitas por transportadores, cidadãos e empresários.
"O que fizeram foi materializar a interoperatividade, que implica cobrar a toda a gente, isto é, que ninguém escape e encaixar mais", justificou.
O dirigente da Fenadismer disse ainda que já foi apresentado ao governo de Madrid "o protesto mais enérgico" pelo que está a acontecer.

Uma reportagem da Agência Lusa, realizada hoje em Castro Marim, identificou que os sentimentos dominantes entre os estrangeiros que procuraram entrar em Portugal pela Ponte Internacional do Guadiana eram confusão, dúvidas e incompreensão, ao serem confrontados com o novo sistema de cobrança de portagens na Via do Infante (A22).
VAZIAS, O DINHEIRO QUE SE PERDE

Depois de a Estradas de Portugal ter instalado um novo sistema para cobrança de portagens a estrangeiros, que associa a matrícula a um cartão de crédito (de nome 'Easy Toll', em inglês), os turistas que visitam Portugal são encaminhados por sinalética para o parque onde está o posto de controlo aduaneiro luso-espanhol, onde foram instaladas as máquinas que fazem a leitura do cartão e da matrícula.
À chegada ao local, muitos não sabem o que fazer e só com a ajuda de cerca de cinco funcionários conseguem optar por uma das várias modalidades de pagamento, que continuam a merecer críticas dos visitantes, sobretudo espanhóis, como a Agência Lusa constatou hoje no local.

A Via do Infante (A22) é uma das antigas autoestradas sem custos para os utilizadores (SCUT) que o Governo decidiu portajar desde 8 de dezembro. Os responsáveis pelo setor turístico do Algarve e a comissão de utentes daquela via sempre contestaram a medida, que dizem ter provocado uma quebra na entrada de espanhóis e prejudicado a principal atividade económica da região. 


 *  Sempre estivemos contra o pagamento das portagens nas ex-SCUT: Mas não é uma qualquer federação espanhola que decide eliminar seja o que for em Portugal. O governo tem de respeitar as opiniões dos cidadãos portugueses e não submeter-se a reivindicações castelhanas, seria a genuflexão absoluta e vergonhosa.

.







BOM ALMOÇO
.

Carne de Porco Cozida com Molho Shoyu - Nibuta


Ingredientes:
  • 500g de lombinho de porco
  • 1 galho de cebolinha verde
  • 1 pedaço de gengibre socado grosseiramente
  • ½ xícara de shoyu (100ml)
  • 4 xícaras de água
  • 2 colheres de sopa de sakê
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • linha número 10 o suficiente
  • 1 folha de papel manteiga o suficiente, com algumas perfurações

Modo de Preparo:
  1. Amarre o lombo com a linha a intervalos regulares. Perfure com 2 a 3 espetos de madeira para melhor penetração do tempero. 
  2. Leve uma panela grande com bastante água para ferver e mergulhe a carne por alguns segundos (foto 1). 
  3. Retire da água, lave-os rapidamente com as mãos em água corrente e enxugue com um pano limpo. 
  4. Em uma outra panela, coloque o restante dos ingredientes juntamente com o lombo e leve para cozinhar. 
  5. Assim que começar a levantar fervura, tampe com a folha de papel manteiga (foto 2) e por cima coloque a tampa da própria panela. 
  6. Deixe cozinhar por aproximadamente 1 ½ hora no fogo baixo até que o caldo fique com uma certa viscosidade. 
  7. Retire a linha do lombo ainda quente, corte em fatias e saboreie acompanhado do caldo que restou na panela.

IN: http://www.cozinhajaponesa.com.br

.
 .

HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"

Sida: "Luz verde" para 

tratamento de prevenção

.

 A agência norte-americana dos medicamentos (FDA) deu esta segunda-feira "luz verde" à comercialização do anti-retroviral "Truvada", o primeiro tratamento de prevenção contra a sida.



Na sequência de uma recomendação de uma comissão de especialistas, a FDA aprovou o "Truvada", do laboratório norte-americano Gilead Sciences, "para reduzir a possibilidade de transmissão do vírus da sida (VIH) nas pessoas saudáveis com alto risco de serem contaminadas", precisou a agência em comunicado.
 
* Precisam-se produtos mais modernos.

.
.

 NÃO TAVA NA HORA D'ELE
  


m
.
 BOLAS ...BOLAS!!!!!!










n