segunda-feira, 18 de junho de 2012

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA



Mentirinhas mentirosas 

O Neves diz a uma colega de trabalho: 
- Você quer boleia ?... 
- Claro, respondeu ela, entrando no carro. 
Chegando ao destino, parou o carro para que ela saísse. 
- Entre, vamos um cafezinho, um whisky, ou alguma coisa? 
- Não, obrigado, tenho que ir para casa. 
- Faço questão, foi tão gentil comigo, vamos entrar só um pouquinho. 
Ao chegarem ao apartamento, ela seviu-lhe uma cerveja, foi ao banheiro e voltou toda dengosa e perfumada. O Neves não resistiu. 
 Por Volta das 4:00 hs da manhã, acordou, olhou o relógio e levou o maior susto. Pensou um pouco e pediu um lápis à miúda, colocou o lápis na orelha e foi para casa. 
Ao entrar encontrou a mulher louca de raiva, decidiu contar toda a verdade. 
- Aconteceu-me uma que nem vais acreditar. Dei boleia a uma colega de trabalho que depois me convidou para subir, me ofereceu uma cerveja, perfumou-se e apareceu-me quase nua. Fomos para a cama, fizemos sexo, adormeci e só acordei às 4 da manhã. 

 A mulher deu um berro e disse: 
-Seu mentiroso sem vergonha!!!... estiveste na tasca a jogar Sueca com OS TEUS AMIGOS!!! Nem mentir sabes!... ATÉ TE ESQUECESTE DO LÁPIS AÍ, ATRÁS DA ORELHA, seu Aldrabão !!!!!!!!


.
-
POR PORTUGAL






.
.


A importância 
 
do cão-guia/2



  

Um trabalho muito interessante sobre os benefícios de ter como companheiro o cão-guia


.
 .

HOJE NO

"CORREIO DA MANHÃ"

Ministra reconduz Almeida Rodrigues 

na Polícia Judiciária

 

A ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, reconduziu Almeida Rodrigues enquanto director nacional da Polícia Judiciária, cargo que ocupa desde Maio de 2008.

"Com esta recondução reconhece-se, assim, a excelência dos resultados obtidos pela Polícia Judiciária, distinguidos quer internamente, quer a nível internacional, designadamente os conseguidos nos últimos meses, com elevado grau de eficácia, no combate à criminalidade grave, organizada e de elevada complexidade", lê-se na nota do Ministério da Justiça, divulgada esta segunda-feira.


* É discreto em vez de ser fala barato, não se lhe conhecem contestações, a organização funciona e está unida, se tivesse mais meios seria mais eficaz,  tem de ser inteligente!!!

.
-

POR PORTUGAL





.
-


  1 - OS REIS SALOMÃO E DAVID 
NUNCA EXISTIRAM ?!?!?!?!




 Polémico quanto baste assim definimos este trabalho, temos para nós opinião própria e privada, o estimado visitador pensará o que lhe aprouver, nós, não faltaremos ao respeito da fé de quem quer que seja.

 .
.

HOJE NO

"O PRIMEIRO DE JANEIRO"
Quase 30 mil 

Os museus tutelados pelo Governo da Madeira registaram nos primeiros quatro meses do ano 29.771 visitantes, um número que representa uma subida de 33 por cento em relação ao mesmo período do ano passado. 

As contas são da Secretaria Regional de Turismo e referem-se aos dados mais recentes da tutela. Entre janeiro e abril houve mais 10 mil visitantes do que no mesmo período de 2011. Para esta subida contribuíram, sobretudo, as oito mil entradas registadas no mês de abril, mais 1.500 do que um ano antes (num acréscimo de 23 por cento em relação a abril de 2011). 

São sete os museus tutelados pelo sector público, sendo que o Museu das Cruzes, instalado naquela que terá sido a primitiva casa de João Gonçalves Zarco, o 1.º capitão donatário do Funchal, é o mais procurado nestes primeiros quatro meses, com 7.410 entradas. 

O Museu das Cruzes integra desde 2002 a Rede Portuguesa de Museus e foi constituído com base na doação do ourives César Filipe Gomes. Foi aí que ficou o legado do colecionador João Wetzler e diversas aquisições que foram no seu conjunto um percurso através da evolução das Artes Decorativas, bem como da história da Madeira. 


* "A Madeira é um Jardim" é uma coisa, "ser do Jardim" é outra.

.
.

POR PORTUGAL






.
-


CHAMA-SE CLASSE




  

Demonstração da perícia de um agente de autoridade a conduzir uma potente mota, muito seguro.

 .
 .


HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

1.500 pessoas vão meditar com 
Sri Sri Ravi Shankar 

Mais de 1.500 pessoas são esperadas numa sessão de meditação conjunta no Parque Eduardo VII, em Lisboa, por ocasião da vinda a Portugal, pela primeira vez, do líder espiritual Sri Sri Ravi Shankar. Em comunicado, a organização adianta que a sessão de meditação acontece na próxima quarta-feira, dia 20, quando "ocorre o solstício de verão". "Sri Sri Ravi Shankar vai participar numa sessão de meditação global no Parque Eduardo VII, pelas 17:00, na qual são esperadas mais de 1.500 pessoas", lê-se no comunicado. De acordo com a organização, "a meditação vai ser coordenada com vários países e várias organizações diferentes pelo mundo fora, guiada e transmitida desde Lisboa, por Sri Sri Ravi Shankar, para mais de 400 cidades do mundo". 
O SRI SRI  EM VERSÃO ECOLÓGICA

Além da iniciativa no Parque Eduardo VII, de entrada livre, o líder espiritual vai estar também na Faculdade de Medicina Dentária, pelas 20:00, para "uma sessão denominada Noite do Conhecimento, na qual os participantes poderão conhecer de perto" Sri Sri Ravi Shankar. Nesta iniciativa haverá lugar a uma sessão musical com o líder espiritual, com quem o público poderá interagir e fazer perguntas, sendo o valor da entrada de 10 euros. "Trata-se da primeira vez que Sri Sri Ravi Shankar vem a Portugal, promover os valores humanos e divulgar as atividades a nível humanitário da associação Arte de Viver, que está presente em mais de 152 países", adianta a organização. 

 O comunicado acrescenta ainda que a associação Arte de Viver trabalha com estatuto consultivo especial no Conselho Económico e Social das Nações Unidas. 


* 1.500 pessoas enchem um canteiro do parque Eduardo VII. Prespectiva-se um bom negócio para Shankar a debitar  baboseiras.


.
-

POR PORTUGAL






.

CARLOS FIOLHAIS




E no final 
      ganha a Alemanha


O antigo jogador inglês Gary Lineker explicou uma vez: «O futebol é um jogo para 22 homens, 11 de cada lado. Os jogadores chutam a bola de um lado para o outro. A bola tem de entrar numa baliza, defendida por um guarda-redes. O jogo demora 90 minutos e no final ganha sempre a Alemanha». Mais uma vez se cumpriu esta ‘regra do jogo’ no recente Portugal-Alemanha no Campeonato da Europa. 

De nada valeu o violento pontapé de Pepe à barra que ressaltou para o chão sem a bola ultrapassar a linha de baliza. A jogada, embora mais clara (ninguém reclamou desta vez o golo), fez-me lembrar o famoso ‘golo de Wembley’, na final de 1966 do Campeonato do Mundo entre a Inglaterra e a Alemanha. Aos 11 minutos do prolongamento, o inglês Geoff Hurst chutou forte contra a barra e a bola ressaltou para a linha de golo. O árbitro ficou na dúvida. Olhou para o juiz de linha soviético e este validou o golo, que daria a vitória à Inglaterra em nítida violação da regra de Lineker. 

A jogada é uma das mais discutidas de sempre. Foi analisada por físicos e engenheiros, incluindo uma equipa da Universidade de Oxford que publicou um artigo sobre o assunto. Apesar desse artigo ser inglês, a conclusão foi favorável à Alemanha (o fair play é inglês!). A bola não entrou na baliza completamente, como exigem as regras do futebol: o diâmetro da bola tem de ultrapassar totalmente a linha de baliza e, no caso, faltaram 6 cm. Este caso é discutido num livro da autoria de um físico alemão, Metin Tolan, Professor na Universidade de Dortmund, que tem o título Por vezes ganha o melhor (Piper, 2011), uma frase que bem pode rivalizar com a de Lineker, e o subtítulo A física do jogo de futebol. 

Este livro não está ainda traduzido em português, mas, num país que, em profunda crise, procura a salvação no futebol, bem poderia estar. Aprende-se lá não só a ciência do futebol, incluindo toda a complicada mecânica que descreve a trajectória de uma bola com efeito, mas também a filosofia do jogo. 

A frase que achei mais interessante não foi a de Lineker, mas sim a de Max Merkel, um jogador e treinador austríaco: «No futebol é como no amor. O que acontece antes pode ser muito bonito, mas não passa de um namorico. A bola tem de entrar lá dentro».


 IN "SOL" 
17/06/12 .

.

 .
HOJE NO

"RECORD"

Nani teme que o United esteja a forçar transferência Nani teme que o impasse nas negociações para renovação de contrato com o Manchester United se deve a uma decisão do clube inglês de realizar um bom encaixe financeiro com a sua transferência, relata a comunicação social britânica, destacando que a Juventus continua muito atenta ao desenrolar do processo.
 Os relatos revelam que o internacional português já baixou o valor que pretende de aumento salarial em duas ocasiões e que, mesmo assim, o United não se decidiu a assinar por baixo. O contratro atual termina em junho de 2014. Além da Juventus, o Anzhi Makhachkala é outro dos clubes que está muito interessado na contratação de Nani - e os russos podem pagar um salário milionário. Milan e Inter Milão também estarão à espreita. 


* Este tipo de notícias não é adequado ao esforço e à concentração exigidos a Nani nos trabalhos da selecção. Quem está interessado em desestabilizar???

.
-

POR PORTUGAL



.
.

7. DENTRO DO
CORPO HUMANO



 

M


 .

HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Mais disciplinas do Ensino Básico 
terão exames finais 

O Ministério da Educação tenciona aplicar provas de exame a mais disciplinas, de acordo com o documento divulgado, esta segunda-feira, pelo Governo para fazer o balanço de um ano de atividade e enquadrar as medidas. O Governo diz estar em curso o reforço da avaliação externa do processo de aprendizagem pela introdução de provas externas finais de ciclo "e em mais disciplinas, com maior nível de clareza, exigência e rigor". 

O atual ministro Nuno Crato sempre defendeu que Portugal não tinha um verdadeiro sistema de exames e decidiu aplicar já este ano letivo uma prova final no 2.º Ciclo (6.º ano), que se estenderá ao 1.º Ciclo (4.º ano) no próximo ano letivo. As provas (atualmente realizadas a Português e Matemática no Ensino Básico) contam 25% para a nota final do aluno no ano de transição, passando a valer 30% nos restantes, tal como os exames do secundário e as provas finais do 9.º ano. 


O Ministério da Educação e Ciência (MEC) estima também que no próximo ano letivo se eleve para 60 o número de novos contratos de autonomia a celebrar com escolas. Nas anteriores legislaturas, havia 22 escolas com contrato de autonomia. Segundo o documento, o processo legislativo para rever este modelo está em fase de conclusão. 

O MEC pretende que o contrato assente em "objetivos e incentivos" definidos por si e pela comunidade escolar para que as escolas possam abrir-se a "projetos educativos diferenciados e credíveis". No âmbito da seleção inicial de professores, para integrar no sistema "os mais bem preparados e vocacionados," prevê a realização de uma prova de acesso à carreira cuja componente comum deve ter lugar em dezembro deste ano. A realização das componentes específicas da prova de avaliação de conhecimentos de acesso à profissão docente decorrerão entre fevereiro e abril de 2013, "a tempo dos próximos concursos de recrutamento de professores", lê-se no documento. 
Em curso está também, de acordo com o documento, a transferência de algumas competências das direções regionais de Educação para as escolas até 31 de dezembro deste ano, no âmbito dos novos contratos de autonomia. A erradicação do abandono escolar está na meta do MEC para "idades inferiores a 15 anos", através da sinalização dos alunos em risco e intervenções articuladas a nível local. Neste sentido, será também reavaliado o programa das escolas inseridas em Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP), atualmente 105, segundo informação do MEC. Vão manter-se os projetos do Plano Nacional de Leitura (PNL) com maior adesão e melhores resultados ao nível das escolas. Já o Plano de Ação da Matemática vai acabar por falta de resultados objetivos. 


* Até ao presente os professores passavam tudo e todos porque sabiam que se chumbassem alunos tinham uma carga de trabalhos burocráticos mais a penalização na sua própria avaliação. 
É a ditadura das estatísticas a bem da "burrice nacional". Exames que venham eles quem sabe, sabe quem não sabe volta para o ano. 
Os pais são os primeiros responsáveis pelo abandono escolar, multas em cima, quem não tem competência para se responsabilizar por crianças não as faz nem as adopta. 

Já sabemos que somos radicais nas nossas opiniões, não molestamos ninguém e é democrático ter opinião.

A seguir acabemos com a bandalheira do "acordo ortográfico" que desrespeita em absoluto as raízes da língua portuguesa. 

Respeitamos o Brasil, maravilhamo-nos com a sua beleza e temos o maior afecto pelo seu povo, mas o português do Brasil não é língua, é uma corruptela continental da verdadeira língua portuguesa. 

Não nos ofende como os intelectuais brasileiros amam o seu sotaque e as suas diferenças de escrita, ofende-nos os "cultos de pacotilha" portugueses, muito modernaços, a estraçalharem a nossa língua, veículo legítimo de identidade portuguesa.
 Ou Maria do Carmo Vieira e Vasco Graça Moura são analfabetos??? 

 .
 .
-

POR PORTUGAL






.
.


AS 100 MELHORES 


CANÇÕES DOS ANOS 80
.
 
(PARA A NME)
 .
Nº 58

.
BEAT DIS
 
  
BOMB THE BASS



 
 
.
 .

HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Nova Democracia já pode formar 
governo e tenta união com Pasok.

 Syriza disse que não 
"O país não pode passar mais uma hora sem governo", avisa o presidente da Grécia na hora em que entrega o mandato presidencial a Antonis Samaras, o líder do Nova Democracia, partido vencedor das eleições de ontem. 

A Nova Democracia já pode tentar formar um governo e está a reunir-se com os líderes dos restantes partidos mais votados para tentar constituir um governo que tenha estabilidade parlamentar. Karolos Papoulias, o presidente da Grécia, entregou o mandato para a formação do governo hoje de manhã a Antonis Samaras, o líder da Nova Democracia, depois da vitória do partido conservador, pró-Europa e pró-resgate com 29,66% dos votos. “O país não pode passar mais uma hora sem governo. 

Desejo-lhe todo o sucesso no esforço que está a fazer para formar um governo”, afirmou Papoulias, citado pelo “Athens News”, dirigindo-se a Samaras. 

Da mesma forma, ao receber o poder para formar governo, Samaras garantiu que vai tentar juntar-se a partidos “pró-europeus”. O Syriza já deu uma resposta negativa. “Temos de fazer as necessárias alterações ao programa, para que o nosso povo se afaste do desemprego e das dificuldades que as famílias gregas estão a ultrapassar. O novo governo tem de ser decisivo no que diz respeito à coesão social. 

O entendimento nacional é imperativo”, considerou o responsável do Nova Democracia. Hoje, Antonis Samaras já se encontrou com o líder da segunda força mais votada nas eleições, o Syriza, que alcançou 26,89% dos votos. A reunião acabou com o dirigente, Alexis Tsipras, a dizer que vai fazer parte da oposição, ou seja, dando a entender que não fará parte de nenhum governo. Ainda assim, Tsipras acredita que será formado um novo governo, já que considera que não há tempo a perder. Samaras também já anunciou que o Syriza não fará parte do governo. 

Hoje à tarde, pelas 16 horas de Lisboa, Antonis Samaras irá encontrar-se com Evangelos Venizelos, o líder do socialista Pasok, que ontem deu a entender que não está disponível para uma coligação em que não esteja presente o Syriza (que, entretanto, se recusa a entrar em coligações). Juntos num governo, o Nova Democracia e o Pasok teriam maioria absoluta no Parlamento. Mas o Nova Democracia quer uma coligação com o maior número possível de partidos. 

 Caso o Nova Democracia não consiga formar um governo estável, o presidente da República Helénica, Karolos Papoulias, tem de entregar o mandato para a formação de um governo à segunda força política mais votada nas eleições, que é, neste caso, o Syriza ou Coligação da Esquerda Radical. 

Contudo, Alexis Tsipras já anunciou que não irá usar esse poder. Como aconteceu nas eleições de 6 de Maio, na eventualidade de os partidos não conseguirem formar um governo, Papoulias deverá tentar conciliar, por sua iniciativa, posições para que se constitua um Executivo. Nessa data, não foi bem sucedido. 


* Desgraçado país que entrega o poder a um partido de aldrabões. Convém não esquecer que governava a Grécia a Nova Democracia, com outro líder, quando aldrabou as contas públicas para ingrominar a União Europeia e entrar no grupo do euro, não perca a memória estimado visitador!!!
Bem faz o Syriza em não pactuar com estes vígaros.

 .
-

POR PORTUGAL






.
-
.


Vinho



é cultura


CULTURA É LIBERDADE



1.ESSÊNCIa








.
 .

HOJE NO

"DESTAK"


Quatro centros de cirurgia cardíaca pediátrica deviam ser fundidos em dois - cirurgião José Fragata 

O cirurgião cardiotorácico José Fragata considerou hoje "excessiva" a existência de quatro centros de cirurgia cardíaca pediátrica no país, defendendo que deviam ser apenas dois para responder aos 500 casos que surgem anualmente e para concentração de experiências. 
O SÁBIO

O diretor do Serviço de Cirurgia Cárdiotorácica do Hospital de Santa Marta, em Lisboa, disse à agência Lusa que as orientações técnicas estabelecem a existência de um centro para cinco milhões de habitantes. "Em Portugal surgem cerca de 500 casos por ano e isso justifica a existência de dois centros", mas, por "questões regionais", o especialista admite que possam ser três. 


 * Atenção que José Fragata é um sábio, sabe bem o que diz. Sábio traduz o respeito que lhe temos.

.


.
-

POR PORTUGAL





.
-



TRÂNSITO NO CÉU



  


Uma explicação muito clara de como funciona o espaço aéreo de um país, o Brasil neste caso.

.
 .

HOJE NO
"i"

Gaspar vai propor ao PS a criação 
de um grande regulador nacional 

Proposta do governo prevê a fusão da ERSE, Anacom e Autoridade da Concorrência e a eleição dos novos dirigentes pelo parlamento 

O ministro das Finanças inicia hoje uma ronda de contactos com responsáveis do Partido Socialista com o objectivo de alcançar um amplo acordo sobre diversas áreas antes do Conselho Europeu de 28 e 29 de Junho. Na mesa de negociações estará, sabe o i, uma proposta que irá revolucionar por completo a regulação em Portugal. 

A ideia do governo é propor a fusão de três entidades reguladoras e criar um grande regulador. Assim, a Anacom, da área das telecomunicações, a Erse, da energia e do gás natural, e a Autoridade da Concorrência serão extintas e em seu lugar surgirá um grande regulador nacional, que não só poupará recursos como será mais eficaz na tomada de decisões. 

Mais do que isso, e indo ao encontro de muitas sugestões e de críticas sobre a independência dos órgãos dirigentes destas entidades, que agora são escolhidos pelo governo, os responsáveis do novo regulador passarão a ser nomeados pela Assembleia da República, com uma maioria qualificada de dois terços, o que implica, no actual quadro parlamentar, um amplo consenso político que abrange não só os partidos que apoiam o actual executivo, PSD e CDS, como o PS. 

Esta iniciativa governamental vai também ao encontro de algumas preocupações do Presidente da República como da própria troika, que incluiu no Memorando de entendimento a necessidade de uma ampla reforma da regulação em Portugal. 


* Uma faca de três gumes: 
1º - Concentrar sinergias é bom, neste momento os reguladores são nomeados pelo governo e quase funcionam como extensão. No entanto tem sempre havido um partido forte fora do governo que faz soar o alerta relativamente a determinadas decisões dos reguladores. 
2º - A nomeação através do parlamento e por maioria de dois terços é bom. No entanto constituirá o regulador único um feudo de três partidos para encaixar boys e girls. Deixará de haver quem reclame porque os três actuais maiores partidos partilham o tacho. 
3º - Não custa acreditar na objectividade séria do ministro das Finanças. Temos é o direito de desconfiar absolutamente no oportunismo das cliques políticas.  Jurídicamente não sabemos se esta medida será inconstitucional.


 .
-
POR PORTUGAL






.
-



PARA IR DE FÉRIAS





Six Senses Yao Noi, Thailand  



Portillo Ski Resort, Chile





Lofoten, Norway




 El Escorial, Madrid, Spain



Pemba - MOÇAMBIQUE




Galápagos - EQUADOR



Porto Santo - Madeira - PORTUGAL


.
 .

HOJE NO
"A BOLA"

Facebook vai doar dez milhões 
para impedir queixa judicial 

 O Facebook revelou que vai doar dez milhões de dólares para caridade para travar uma ação judicial em que é acusado de violar os direitos dos utilizadores. 

Na base desta queixa, apresentada por cinco assinantes da rede social, estará a alegada utilização não autorizada dos nomes, fotografias e «gostos» dos utilizadores. Segundo os queixosos, o Facebook violou a lei da Califórnia ao divulgar os seus «gostos» na página de alguns anunciantes. 

A administração da rede social criada por Mark Zuckerberg anunciou, depois, a doação, mas não comentou a mesma. 


* Para o Facebook tudo se compra, basta fingir ser generoso!

.
-

POR PORTUGAL





.
-


  TUDO É POSSÍVEL

CRIANÇAS EM DISCOTECAS


NA RÚSSIA




































.
 .

HOJE NO
"PÚBLICO"

Fiscalização rodoviária 
Operação “Criança Segura” nas estradas até dia 26 

A GNR inicia esta segunda-feira a nível nacional uma operação de fiscalização rodoviária a veículos de transportes colectivo de crianças. 
SEMPRE ASSIM

Durante a operação “Criança Segura”, que se prolonga até ao próximo dia 26, vão decorrer acções de vigilância e fiscalização nas vias e períodos do dia mais críticos onde normalmente se verifica um maior tráfego deste tipo de veículos, com especial atenção aos transportes escolares com destino a zonas balneares e colónias de férias. 
NUNCA ASSIM

Esta operação surge no âmbito do plano definido pelo Euro Contrôle Route (ECR), um grupo de serviços de controlo das estradas europeias, que pretende melhorar a segurança rodoviária através do cumprimento das normas de transporte por estrada. O ECR é composto por 14 países-membros, havendo quatro estados observadores, entre os quais Portugal. 


* Operação importante no que toca a sensibilização dos adultos.

.

.m
-

POR PORTUGAL






.
.


 COMO SE FAZ UM


 MICROPROCESSADOR


 

m
 .

HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Empresária é parceira 
da PT e Zon em Angola 

Isabel dos Santos tem 25% da Unitel, onde está com a PT, e 70% da ZAP, com a Zon. Operam em segmentos diferentes em Angola, mas têm em comum na estrutura accionista concorrentes ferozes em Portugal. 
A empresária Isabel dos Santos está presente no mercado angolano das telecomunicações em duas frentes: na ZAP e na Unitel. Os parceiros? A Zon e a PT, respectivamente. Na ZAP, empresa de televisão paga que opera em Angola e Moçambique, a empresária angolana tem uma fatia de 70% - os restantes 30% pertencem à Zon, que iniciou desta forma o seu processo de internacionalização. 
 Já na Unitel, a maior operadora móvel de Angola, Isabel dos Santos e a PT têm uma participação de 25%. No mercado angolano, as duas empresas não são concorrentes, já que a convergência ou ofertas ‘triple play' ainda não são uma realidade. Mas, em Portugal, PT e Zon competem no mercado de televisão, com o Meo a disputar quota de mercado com a ex-TV Cabo - a Zon caiu de uma posição de 70% em 2009 para 52,8% em Junho de 2012, enquanto o Meo saltou de 18,7% para 36,1% no mesmo período de tempo. 
 As divergências entre a Zon e a PT não parecem, para já, ter impacto nas operações angolanas ou no accionista comum. José Sarmento, da Fincor, esclarece que "as duas empresas operam em mercados distintos e têm estruturas accionistas e dimensão bem distintas. Nesta fase, não deverá existir nenhuma união nem concorrência directa entre as empresas, apesar do accionista comum existente entre ambos". Uma visão partilhada também por Ricardo Pinto, da Sartorial, que lembra que as duas operam em áreas de actividade distintas. 

 * Mas os "ricos" empreendedores portugueses querem lá saber que a fortuna da "vampireza" esteja assente na fome, na doença, na falta de habitabilidade digna de 90% do povo angolano, já que ela é a testa de ferro do papá ???? São peanuts...


.