sábado, 9 de junho de 2012

UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA




Esta noite, entrou-me um ladrão em casa, à procura de dinheiro.

Levantei-me da cama e pusemo-nos os dois à  procura ...
-

AINDA SORRI...






.
-


 AVISO ATEMPADO




.



A Raríssimas – Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras – foi fundada em Abril de 2002, com o objectivo de apoiar doentes, famílias e todos os que convivem de perto com as Doenças Raras.

Pretendemos ser uma associação com elevado reconhecimento nacional e internacional no que às Doenças Raras diz respeito e para isso empenhamo-nos em participar em diversos projectos, quer de âmbito nacional, quer internacional.

Uma das razões da nossa existência é a divulgação das Doenças Raras. Para isso:

 Incentivamos a reflexão e o debate sobre as necessidades dos portadores de doenças raras e suas famílias;

 Sensibilizamos a comunidade para a realidade das doenças raras;

 Alertamos a Comunicação Social para a importância da divulgação da informação sobre as doenças raras, bem como a importância das organizações que as representam;

 Demonstramos à sociedade a importância do movimento associativo no apoio e acompanhamento dos portadores de doenças raras e das suas famílias.

O apoio aos doentes e às respectivas famílias é outra dos nossos pilares de actuação. Por isso mesmo, continuamos a prestar o melhor apoio possível aos nossos associados e aos cidadãos em geral, na temática da (in)formação, tendo em conta os seguintes objectivos:

 Promover a igualdade de direitos dos portadores de doenças raras e suas famílias;

 Melhorar a divulgação de meios e recursos, que permitem aos portadores de doenças raras a escolha, digna, do seu modo de vida com interacção no seu meio social e cultural;

 Melhorar a coordenação entre técnicos, instituições nacionais das áreas de medicina, ensino, reabilitação e o sector associativo.

A todos os nossos doentes raros e respectivas famílias, um grande bem hajam!

Como apoiar

O maior projecto da Raríssimas é, neste momento, a conclusão da Casa dos Marcos, uma obra de grande envergadura que necessita do apoio de todos para que esteja brevemente ao serviço da comunidade.

Caso queira contribuir para esta obra solidária, por favor faça o seu donativo para o NIB:
Conta BPI nº 0010 0000 3796 8970 0018 0

IBAN : PT50 0010 0000 3796 8970 0018 0
SWIFT/BIC
BBPIPTPL

Para além do projecto megalómano da Casa dos Marcos, a Raríssimas, encontra-se a desenvolver neste momento mais dois projectos de suma importância.

O Centro Multidisciplinar, em Lisboa, é um projecto de apoio aos doentes raros e que necessita, para já, de obras que permitam o funcionamento em pleno desta unidade. O Centro Multidisciplinar procura não só apoios a nível de construção, como também de materiais que possibilitam uma completa integração do utente. Caso queira participar deste projecto, poderá fazer o seu donativo para:

0010 0000 4235 5060 0017 6 - Banco BPI

Para mais informações ligue 21 362 31 91

Linha Rara é o nome de um serviço de utilidade pública que visa promover o esclarecimento e encaminhamento de todos os utentes com dúvidas e problemas relacionados com as doenças Raras. Para que este serviço funcione na perfeição é necessário, além dos profissionais que colaboram voluntariamente, toda uma estrutura de telecomunicaçõ,es que possibilite o funcionamento em pleno deste serviço. Para fazer o seu donativo para este projecto :

0010 0000 4235 5110 0013 8 - Banco BPI

PORQUE ESPERA??? 

.
.

31- DANÇAS NATIVAS

DANÇA DO ALGARVE  
CORRIDINHO DA ADIAFA



 .
-

 INTENCIONAL





.
.



ARCO IRIS








.
.

                      PORQUE FICARAM 
TÃO FEIOS???


STEVEN TYLER
SHANE MACGOWAN





MICHAEL JACKSON

.
.

11.KAMASUTRAM

Kamasutram (Sânscrito: कामसूत्र), geralmente conhecido no mundo ocidental como Kama Sutra, é um antigo texto indiano sobre o comportamento sexual humano, amplamente considerado o trabalho definitivo sobre amor na literatura sânscrita. O texto foi escrito por Vatsyayana, como um breve resumo dos vários trabalhos anteriores que pertencia a uma tradição conhecida genericamente como Kama Shatra.

“Ao contrário do que muitos pensam, o Kama Sutra não é um manual de sexo, nem um trabalho sagrado ou religioso. Ele também não é, certamente, um texto tântrico. Na abertura de um debate sobre os três objectivos da antiga vida hindu - Darma, Artha e Kamadeva - a finalidade do Vatsyayana é estabelecer kama, ou gozo dos sentidos, no contexto. Assim, Darma (ou vida virtuosa) é o maior objetivo, Artha, o acúmulo de riqueza é a próxima, e Kama é o menor dos três.” — Indra Sinha.

Kama é a literatura do desejo. Já o Sutra é o discurso de uma série de aforismos. Sutra foi um termo padrão para um texto técnico, assim como o Yôga Sútra de Pátañjali. O texto foi escrito originalmente como Vatsyayana Kamasutram (ou "Aforismos sobre o amor, de Vatsyayana"). A tradição diz que o autor foi um estudante celibatário que viveu em Pataliputra, um importante centro de aprendizagem. Estima-se que ele tenha nascido no início do século IV. Se isso for correto Vatsyayana viveu durante o ápice da Dinastia Gupta, um perído conhecido pelas grandes contribuições para a literatura Sânscrita e para cultura Védica.
 
 
 

 


"Foi dito por alguém que não há ordem ou momento exatos entre o abraço, o beijo e as pressões ou arranhões com as unhas ou dedos, mas que todas essas coisas devem ser feitas, de um modo geral, antes que a união sexual se concretize, ao passo que as pancadas e a emissão dos vários sons devem ocorrer durante a união. Vatsyayana, entretanto, pensa que qualquer coisa pode ocorrer em qualquer momento, pois o amor não se incomoda com o tempo ou ordem." 
 
 
 
 "Quando o amor se intensifica, entram em jogo as pressões ou arranhões no corpo com as unhas. As pressões com as unhas, entretanto, não são comuns senão entre aqueles que estejam intensamente apaixonados, ou seja, cheios de paixão. São empregadas, juntamente com a mordida, por aqueles para quem tal prática é agradável."
 
.
 
-
 INTENCIONAL



.
-



ARCO IRIS








.
-

 PORQUE FICARAM 
TÃO FEIAS???


TORI SPELLING
DONATELLA VERSACE


AMY WHINEHOUSE


.
-


CIRQUE  



DU SOLEIL




  


.
-


ARCO IRIS







-

CARLA HILÁRIO QUEVEDO

  
Afirma Lagarde 



A presidente do FMI, Christine Lagarde, numa entrevista ao Guardian, afirmou que, no que respeita à Grécia, pensa nas pessoas que estão constantemente a tentar fugir aos impostos. Segundo Lagarde, as crianças gregas não têm os problemas graves que têm as crianças na África Subsaariana, e é fácil perceber porquê. Na Grécia, apesar de tudo o que é mau e péssimo, há saídas. O que Lagarde diz é que a Grécia tem soluções ao seu alcance que os países mais pobres do mundo não têm. Lembremos que a presidente do FMI não é eleita pelo povo e que as suas declarações valem o que valem. Lagarde disse a verdade. Vivi três anos em Atenas e sou fã da Grécia caótica. 

Como o amor a sério não vive de mentiras, tenho a dizer que nunca vi uma factura. Claro que há gregos que pagam impostos, mas não são nem foram durante anos a maioria. Se acrescentarmos a realidade da evasão fiscal quotidiana à corrupção nas classes dirigentes e aos gastos absurdos do Estado, percebemos o que se passa na pátria de Platão. Ou será Camilo?

Por si  
No fim-de-semana passado, em mais uma campanha de recolha de alimentos levada a cabo pelo Banco Alimentar contra a Fome, várias pessoas solidárias nos supermercados foram entrevistadas a respeito dos motivos que as levavam a contribuir para esta nobre causa. Muitas responderam que hoje estavam a dar comida e outros bens essenciais porque amanhã podiam ser elas a precisar de ajuda. A exortação «não faças aos outros aquilo que não gostas que te façam a ti» parece deste modo adaptada de uma forma positiva, mas que me causa desconforto. O que me incomoda neste modo de pensar é o medo do futuro que aí vemos manifestado. O medo nunca foi bom conselheiro, porque ao contrário de ajudar à prudência, intimida e fragiliza as pessoas. A solidariedade é importante, diria mesmo que essencial nos nossos tempos. Não há nenhum país evoluído que viva sem ela. Mas ninguém quer viver da bondade alheia. Se tivesse sido entrevistada naquele dia, diria que sou solidária sem mais explicações. Só porque sim.

Deus não dorme 
O caso é um clássico da infidelidade amorosa, mas só há pouco foi objecto de estudo na Universidade de Florença: os homens infiéis no casamento têm uma disposição maior para sofrer um ataque cardíaco do que aqueles que se mantêm fiéis e sossegados. Li o artigo no Telegraph que anunciava os resultados do estudo, mas não estou bem certa da veracidade das causas. Sentimentos de culpa e a preocupação de a mulher não descobrir o caso extraconjugal foram os principais motivos apontados para o sobressalto cardiovascular e a subida repentina da tensão arterial. Fiquei a pensar no que levaria ao ponto da insuficiência cardíaca. Imaginemos uma realidade conjugal muitíssimo chata e silenciosa, daquelas que leva à desistência do prazer e da diversão. Um dia aparece uma rapariga divertida e o rapaz fica encantado. A novidade é tão excitante que o coração pede mais oxigénio para acompanhar o ritmo. É nessa altura que acontece o previsível ataque cardíaco. Moral da história: não deixe de se divertir com a sua mulher. 

Terá sido o mordomo? 
Com a detenção de Paolo Gabriele, o mordomo do Papa Bento XVI, o Vaticano recupera o estilo de intriga na corte e até de novela policial à maneira de Umberto Eco. O detective não é Sean Connery, mas o cardeal Julián Herranz, que descobriu a garganta funda, mas ainda não esclareceu a trama urdida pelos intriguistas. Gabriele será um ganancioso? Um guerreiro solitário que combate a corrupção no papado? Ou um mero instrumento das forças ocultas que lutam pelo lugar de Ratzinger? Enquanto se espera que Gabriele denuncie os cúmplices ou aqueles que lucraram com esta falta de lealdade, vamos observando pequenas pistas. Para mim, a mais estimulante foi a declaração do confessor do mordomo que, com uma indiscrição inesperada, afirmou não acreditar que Paolo Gabriele fosse capaz de cometer tal traição. Talvez o padre tenha aberto a porta para desvendar o caso. Perguntem aos confessores dessa legião de bispos que opinião têm dos seus confessados. Aquele que nada disser sabe de certeza quem é o culpado.

Lisboa no NYT
O crítico gastronómico do The New York Times escreveu um artigo comovente sobre Lisboa e aconselhou quatro restaurantes, dois deles da responsabilidade do chef José Avillez. A paixão começou há dois anos, quando numa paragem de 24 horas na cidade Frank Bruni se apaixonou pelo castelo, o azul do Tejo, o encarnado dos telhados, os azulejos de cores e as calçadas de pedra azul e branca. No seu mais recente regresso, em Abril, o crítico consolidou o amor por Lisboa e andou pela cidade como um autóctone. Não é por uma pessoa ser turista numa cidade que não conhece bem que é incapaz de compreender a vida que ali se respira. E Bruni percebeu bem a mistura de melancolia dos mais velhos com a criatividade do sangue novo, que sobrevive graças às suas ideias e à sua capacidade de as concretizar em pequenos negócios. Fala do futuro com uma esperança que nos escapa, de tal modo estamos invadidos por sentimentos negativos. O crítico do NYT recomenda uma visita a Lisboa. A recomendação é bem-vinda. 


IN "SOL
" 08/06/12 

.
-.



 FORÇ


PORTUGUESES




.


SE

 OS GÉNIOS DO "EIXO DO MAL"



OS SÁBIOS DA "QUADRATURA  DO CÍRCULO"


SE ATÉ O "INSUSPEITO" PROFESSOR


 DIZEM QUE ELE MENTE!!!!!!


QUEM SOMOS NÓS PARA OS CONTRARIAR????



.
-
  
F – CONSTRUÍNDO

        UM IMPÉRIO


  1.GRÉCIA



  



.
.





INTERNET
Formas mais comuns de ter dados pessoais roubados

Invasão
Como acontece: 
1. Você baixa um arquivo em seu computador/celular/tablet ou acessa um site que tenha escondido o chamado Cavalo de Tróia.
2. O Cavalo de Tróia se instala no equipamento, abrindo uma porta para que um hacker possa acessar seus dados.
3. Daí em diante, sempre que seu aparelho estiver ligar e conectado a internet, seus dados (arquivos pessoais e até senhas) poderão ser acessados.
Como evitar:
1. Instalando sistemas de proteção.
2. Se você tiver antivírus, o "Cavalo de Tróia" não conseguirá se instalar porque será barrado.
3. Se você já tiver um "Cavalo de Tróia" antes de ter o antivírus, assim que instalar o programa de segurança ele irá alertá-lo e apagar o programa, fechando a porta para o hacker.
4. Se você não tiver antivírus, mas tiver um software de proteção que criptografe os dados, seus arquivos só poderão ser acessados com senha. Nesse caso, mesmo que o hacker entre em seu computador, ele não conseguirá visualizar o conteúdo sem ter a senha. 

 Manutenção de equipamentos 
Se seu computador for para a manutenção e seus arquivos estiverem salvos sem nenhum sistema de segurança qualquer pessoa poderá copiá-los. 

Como evitar:
1. O ideal, segundo especialistas, é fazer back up de arquivos em DVD ou pen drive e apagar qualquer arquivo da memória do computador.
2. Mesmo que você apague os arquivos, eles continuam no HD e podem ser acessados por especialistas. Nesse caso, o ideal é utilizar programas de segurança que criptografam os dados e, dessa forma, só é possível acessar com senha.
Cuidados para escolher a senha
 Datas óbvias como aniversário devem ser evitadas;
 Para uma senha chamada "forte", o ideal é utilizar caracteres (como @, %, $), letras maiúsculas e minúsculas e números;
 É recomendado também trocar a senha periodicamente. Especialistas apontam que o mais seguro seria troca a senha uma vez por mês.
 IN "VISÃO revista brasileira" - 07/05/12
--



CANÇÕES DOS ANOS 80

(PARA A NME)
..  .
Nº65


White Lines (Don't 

Don't Do it)

 Melle Mel



 .
.

CÃO DE
    CRISTA CHINÊS

  



 


Classificação F.C.I.: Grupo 9 - Cães de Companhia Seção 4 - Raças de cães sem pelo 
Padrão FCI nº 288 - 16 de fevereiro de 2011. 
País de origem: China 
País Patrono: Grã-Bretanha 
Nome no país de origem: Chinese Crested Dog 
Utilização: Companhia Sem prova de trabalho 

RESUMO HISTÓRICO
O cão de crista chinês apresenta-se em duas variedades – o Pelado e o “Powder Puff”. O Pelado tem uma crista de pelo em sua cabeça que se estende para a parte de baixo de seu pescoço, "meias", abrangendo os dedos das patas, e uma pluma em sua cauda. O resto do seu corpo é, como seu nome implica, sem pelos. 
A variedade “Powder Puff” é inteiramente coberta por um véu de pelos longos e macios. Embora seja difícil identificar sua origem, é dito que eram de propriedade de famílias da dinastia Han da China. 
Os Cães de Crista Chineses foram desenvolvidos nesta época como guardiões das casas do tesouro e com um tamanho maior, mais pesados, como cães de caça. Eles foram vistos em exposições na América entre 1885 e 1926, mas, depois, raramente foram vistos por cerca de cinquenta anos. 

MAIS HISTÓRIA 
O Cão de Crista Chinês é uma raça muito antiga, com mais de 500 anos e por volta do século XVI cães semelhantes já podiam ser encontrados em quase todos os continentes. 
A origem do Chinese Crested Dog ou Cão de Crista Chinês não é muito clara, mas acredita-se que descenda de raças de cães africanos sem pêlos, que eram levados pelos mercadores chineses em seus navios para eliminar os ratos nos porões. Os chineses eram hábeis navegadores e em seus navios de exploração ou mercantes sempre tinham esses cães. 

Nos diversos portos por onde passavam mundo afora esses pequenos cães eram com frequência vendidos ou trocados por mercadorias variadas . Dessa maneira acabaram por dar origem a diversas outras raças de cães sem pêlos. Exploradores espanhois encontraram o Chinese Crested Dog no México e em outros países da América Central e do Sul. Também exploradores ingleses e franceses encontraram a raça em várias partes da Áfica e Ásia durante o século XIX. 

Em torno da metade do século XIX era comum encontrar pinturas e gravuras retratando esses cães. Existem duas variedades deste cão, o Hairless de corpo pelado, com pelos somente na cabeça, pés e rabo e o Powderpuff totalmente peludos, com pelagem macia, sedosa e lisa. Entre os Hairless a quantidade e comprimento dos pêlos varia bastante de cão para cão. Tanto o Hairless (pelado) como o Powderpuff (peludo), são julgados por um único padrão, mas sempre levando em consideração a característica do Powderpuff quanto a pelagem longa e abundante e dentição que no caso deve ser completa, diferentemente da variedade pelada, na qual a falta parcial não é penalizada. 

A lenda diz que o Powderpuff foi colocado no mundo para manter os recém nascidos pelados aquecidos. Com o início das exposições de cães nos anos 1800, não demorou até que a raça começasse a aparecer nas competições. Durante quase todo o século XX, apesar de ainda meio raro, o Chinese Crested Dog era visto em exposições por todo o mundo e hoje existem inúmeors Clubes e Associações da raça mundo afora. A raça é reconhecida pela grande maioria dos Kenel Clubes e em números crescentes. 

Pouco antes de 1965 a raça entrou para o Grupo das raças ainda não reconhecidas internacionalmente (Miscellanious Class) e aí ficou por vários anos. O Chinese Crested Dog foi reconhecido oficialmente e internacionalmente no Grupo 9 dos Cães de Companhia somente em 1991, passando assim a integrar as exposições de todas as raças.
 
APARÊNCIA GERAL: um cão pequeno, ativo e gracioso; de ossatura média à fina; corpo uniformemente sem pelos, com pelos somente na cabeça, patas e cauda; ou coberto por um véu de pelos macios. Existem dois tipos distintos desta raça: o “Deer Type”, vivaz e de ossatura fina e o “Cobby Type”, de constituição e ossatura mais pesadas. 

COMPORTAMENTO/TEMPERAMENTO: feliz e nunca agressivo. 

CABEÇA: lisa, sem excesso de rugas. A distância da base do crânio ao stop, é igual à distância do stop à ponta da trufa. A cabeça apresenta uma aparência graciosa com uma expressão alerta. 
REGIÃO CRANIANA 
Crânio: ligeiramente arredondado e alongado. 
Stop: ligeiramente pronunciado, mas não excessivo. REGIÃO FACIAL 
Trufa: uma característica importante estreita em relação ao focinho; qualquer cor para a trufa é aceitável. 
Focinho: estreita-se ligeiramente, sem ser pontudo, seco e sem lábios pendentes. 
Lábios: aderentes e finos.  
Maxilares/Dentes: maxilares fortes, com uma perfeita e regular mordedura em tesoura, isto é, os dentes superiores recobrem os dentes inferiores e são inseridos ortogonalmente aos maxilares. 
Bochechas: bem esculpidas, magras e planas, afilando-se até o focinho. 
Olhos: tão escuros que pareçam pretos. Um pouco ou nenhum branco da conjuntiva deve aparecer. De tamanho médio, inseridos bem separados. 
Orelhas: de inserção baixa: o ponto mais alto da base da orelha está nivelado com a parte externa do olho. Grandes e eretas, com ou sem franjas, exceto na variedade “Powder Puffs”, onde as orelhas caídas são permitidas. 

PESCOÇO: magro, sem barbelas, longo e inclinando-se graciosamente em fortes ombros. Quando em movimento, está portado alto e levemente arqueado. 

TRONCO: de médio a longo, flexível. 
Dorso: plano. 
Lombo: firme. 
Garupa: bem arredondada e musculosa. 
Peito: largo e profundo, sem ter costelas em barril. O esterno não é proeminente. A caixa torácica se estende até os cotovelos.  
Linha inferior: ligeiramente esgalgada.  

CAUDA: de inserção alta, portada para cima ou para fora quando em movimento. Longa e afilada, razoavelmente reta, nem enrolada nem dobrada para nenhum lado, caindo naturalmente quando em repouso. Franjas longas e flutuantes, limitadas aos últimos dois terços (2/3) da cauda. Franjas pouco abundantes são aceitáveis. 

MEMBROS

MEMBROS ANTERIORES  
Aparência geral: 
Pernas: longas e finas, bem inseridas sob o tronco. Ombros: limpos, estreitos e bem inclinados para trás. Cotovelos: bem ajustados ao corpo. 
Metacarpos: finos, fortes, quase verticais. 
Patas: pés de lebre estendidos, estreitos e longos. Unhas de qualquer cor, moderadamente longas. “Meias” preferencialmente limitadas aos dedos, indo no máximo até o topo do metacarpo. As patas não devem virar nem para dentro, nem para fora. 
POSTERIORES 
Aparência geral: 
Pernas:bem separadas. As angulações devem ser suficientes, de maneira a deixar o dorso nivelado. 
Joelhos: firmes e longos, passando suavemente nos jarretes. 
Metatarsos: jarretes bem descidos. 
Patas: pés de lebre estendidos, estreitos e longos. Unhas de qualquer cor, moderadamente longas. “Meias” preferencialmente limitadas aos dedos, indo no máximo até o topo do metacarpo. As patas não devem virar nem para dentro, nem para fora. 

MOVIMENTAÇÃO: alongada, fluente e elegante, com bom alcance e muita propulsão.

PELE: de espessura fina, lisa, quente ao toque. O único traço diferente dos cães pelados é que eles possuem glândulas sudoríferas. Em vez de ofegar para aliviar o calor do corpo eles suam. Outra vantagem é que sua pele mais grossa tem um poder de cicatrização bem alto. 

PELAGEM 
Pelo: em nenhuma parte do corpo deve haver grandes áreas com pelos. Uma longa e fluida crista é preferível, mas uma crista escassa é aceitável; de preferência começando do “stop” e diminuindo até a parte de baixo do pescoço. Nos “Powder Puff” a pelagem de cobertura consiste de um subpelo com um véu macio de pelos longos, sendo característica a pelagem em forma de véu. 

COR: qualquer cor ou combinação de cores. 

TAMANHO / PESO 
Ideal na cernelha: 
machos: 28 a 33 cm 
fêmeas: 23 a 30 cm 
Peso Médio: 3 kgs 

NOTA:• os machos devem apresentar os dois testículos, de aparência normal, bem descidos e acomodados na bolsa escrotal.

- IN 
- http://www.chasse.com.br
- CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA 

 .
.


A TERRA COMO ARTE



What look like pale yellow paint streaks slashing through a mosaic of mottled colours are ridges of wind-blown sand that make up Erg Iguidi, an area of ever-shifting sand dunes extending from Algeria into Mauritania in northwestern Africa. Erg Iguidi is one of several Saharan ergs, or sand seas, where individual dunes often surpass 500 metres - nearly a third of a mile - in both width and height.


O que parece pinceladas amarelas sobre um mosaico de cores esbatidas são cristas de dunas de areia sopradas pelo vento, em Erg Iguidi uma área de dunas moveis que se estende da Algéria até à Mauritania.



Nota: A Pesquisa Geológica Americana compilou várias colecções denominadas ' A Terra como Arte'. Esta colecção tem como característica a qualidade artística e não a científica das imagens recolhidas pelo programa Landsat. Este programa é um conjunto de Observações-terrestres feitas por satélites geridos conjuntamente pela NASA e pela Pesquisa Geológica Americana.
Desde 1972 que os satélites do Landsat têm recolhido informações sobre a Terra a partir do espaço. As imagens são apresentadas em 'cor falsa' - os satélites usam tanto a parte visível como invisível do espectro magnético.


m
-


MULHER E TECNOLOGIA


  


 .
f

.
A RUA MAIS TORTUOSA


DO MUNDO








Esta famosa rua de nome Lombard Street situa-se na cidade de S. Francisco e é a mais tortuosa rua do mundo, tem uma inclinação de 27% e a velocidade está limitada a 8 Km hora.

ESCOLHAS DA SEMANA OU DO MÊS

-

 COMPRE  JORNAIS E REVISTAS




























Semana Informática











.


-

ESPAÇO NAVE TERRA


SEMANA 43




Episódio da série Espaçonave Terra, que mostra as relações entre a Terra, o Sol e os planetas do Sistema Solar, e as consequências dessa relação para a vida em nosso planeta - cada episódio equivale a uma semana do ano.


NR: Os episódios anteriores desta série foram inseridos nos sábados precedentes às 13h00



M
-


 AS 15 MAIORES ÁREAS


 METROPLITANAS DO MUNDO

























15ª. Moscovo, Rússia (2ª parte)

Área metropolitana: 13,7 milhões de pessoas
Cidade: 10,5 milhões de pessoas
Moscou foi considerada a cidade mais cara do mundo para funcionários expatriados em 2006, 2007 e 2008. Embora a capital da Rússia esteja cada vez mais rica, sua população vem declinando devido aos baixos índices de natalidade e à expectativa de vida curta.

Detalhe urbano
 Com mais passageiros do que as cidades de Nova Iorque e Londres juntas, Moscou possui o 2º sistema metroviário mais movimentado do mundo, depois de Tóquio. O metro moscovita atende mais de 9 milhões de pessoas por dia, possui 182 estações e percorre 301 quilômetros. 

Clima
A cidade de Moscou (ou Moscovo), estando localizada no interior da Rússia, possui invernos rigorosos, verões amenos e breves primaveras e outonos. As temperaturas no verão variam entre os 15 °C e os 25 °C, enquanto no inverno as temperaturas baixam até os -15 °C. A precipitação é estável, tendendo a ser maior no verão e menor no inverno. 
INVERNO
O clima de Moscou é sobretudo influenciado pela corrente fria proveniente da Sibéria. As temperaturas mais altas raramente alcançam os 30 °C, mas há casos em que os termômetros passaram dos 35 °C, o que representa um grande perigo para o país — cuja vida e hábito são moldados para resistir ao frio, motivação de vários incêndios causados em florestas e acidentes caseiros, e até mesmo mortes por falta de resistência. 
Ao mesmo tempo, temperaturas baixíssimas, menores de 20 °C negativos também são raras, e congelam a vida da cidade, fazendo com que a população tome novas medidas para suportar o frio intenso. 
A média mais baixa de um mês registrada em Moscou foi de 42 °C negativos em Janeiro de 1940, enquanto que a média mais alta de um mês foi de 39 °C em Julho de 2010. Os meses de Junho e Setembro não alcançam recordes de temperatura há mais de um século, quando estiveram em um clima de 34 °C e 32 °C, respectivamente — o que representaria, se tudo ocorresse no mesmo ano, que Moscou teria uma temperatura que não seria menor que 30 °C por quatro meses seguidos.

Economia
Moscou é uma das maiores economias entre as cidade da Europa e compreende aproximadamente 22% do PIB russo.  Em 2009, a economia de Moscou chegou a 7,16 trilhões de rublos (US$ 225 bilhões). 
A cidade tem a menor taxa de desemprego de todos as subdivisões federais da Rússia, situando-se em apenas 1% em 2010, em comparação com a média nacional de 7%. O salário médio mensal na cidade é 41.600 rublos (€ 1.070), que é quase o dobro da média nacional de 21.800 rublos (€ 560) e o quarto maior da Rússia. 
 A capital russa é o indiscutivelmente centro financeiro da Rússia e a sede dos maiores bancos do país e de muitas de suas maiores empresas, como a Gazprom, a maior empresa da Rússia. Moscou responde por 17% das vendas de varejo e 13% de toda a atividade de construção do país. 



Panorama de Moscou vista da Colina dos Pardais (Vorobyovy Gory): Centro Internacional de Negócios, rio Moscou, Estádio Lujniki, Estação Vorobiovy Gory e a sede da Academia de Ciências da Rússia.

Desde a crise financeira russa de 1998, vários setores de atividade em Moscou mostraram taxas exponenciais de crescimento. Muitos centros de negócios novos e prédios de escritórios foram construídos nos últimos anos, mas a cidade ainda enfrenta escassez de espaços de escritório. Como resultado, muitas antigas instalações industriais e de pesquisa estão sendo reconstruídas para se tornarem adequadas para uso de escritórios.  
No entanto, enquanto a estabilidade global melhorou nos últimos anos, o crime e a corrupção continuam a ser um problema, impedindo o desenvolvimento de negócios.
O mercado Cherkizovskiy é o maior mercado na Europa, com volume diário de cerca de 30 milhões de dólares e cerca de 10 mil vendedores de diferentes países (incluindo China, Turquia, Azerbaijão e Índia). 

Em 2008, Moscou tinha 74 bilionários com uma fortuna média de US$ 5,9 bilhões, o que a colocou acima dos 71 bilionários de Nova York. No entanto, em 2009, havia apenas 27 bilionários em Moscou em comparação aos 55 bilionários de Nova York. No geral, a Rússia perdeu 52 bilionários durante a recente crise econômica. 
No topo da lista de bilionários da Rússia em 2009 estava Mikhail Prokhorov, com US$ 9,5 bilhões, à frente do mais famoso Roman Abramovich, com US$ 8,5 bilhões, em 2º lugar. A companhia de Prokhorov, o grupo "ОНЭКСИМ" (ONÈKSIM), possui ativos enormes em energia de hidrogênio, nanotecnologia, energia tradicional e setor de metais preciosos, enquanto Abramovich, que vendeu a sua companhia petrolífera Sibneft para a gigante estatal russa do gás Gazprom em 2005, comprou os ativos de siderurgia e mineração. Ele também é dono do Chelsea Football Club. 
A mulher mais rica da Rússia permanece sendo Yelena Baturina, uma mulher de 45 anos de idade e segunda esposa do prefeito de Moscou, Yuri Luzhkov. 
Oleg Deripaska, o primeiro desta lista em 2008, com US$ 28 bilhões, em 2009 é apenas o 10º, com US$ 3,5 bilhões. Com base na lista de 2011 da Forbes de bilionários, Moscou é a cidade com mais bilionários no mundo, com 79. Os novos ricos, também chamados de "novos russos", muitas vezes pejorativamente, têm uma reputação de ostentar sua riqueza, os caminhos para fazê-la, e sutilmente. 

Política
Moscou é a sede do poder para a Federação Russa. No centro da cidade, no distrito administrativo central, está o Kremlin de Moscou, que abriga a casa do Presidente da Rússia, bem como muitas das instalações do governo nacional. Isso inclui a sede militar e a sede do Distrito Militar de Moscou. A cidade, como em qualquer capital nacional, é também a sede de todas as embaixadas estrangeiras e diplomatas que representam várias nações na Rússia. 

Moscou é designada como uma das duas únicas cidades federais da Rússia (a outra sendo São Petersburgo). Entre as 83 subdivisões da Rússia, Moscou representa a cidade mais populosa e a menor em termos de área. Por fim, a cidade está localizada na Região Econômica do Centro, uma das doze regiões no interior da Rússia com as mesmas metas econômicas. 

Subdivisões administrativas 
Moscovo é dividida em 10 distritos administrativos e em 123 sub-distritos administrativos (muito similar a Viena). Todos os distritos possuem o seu brasão, bandeira e políticos eleitos por voto. E mais, praticamente todos os distritos possuem a sua emissora de televisão.

Distritos Administrativos Nome em Russo População (2005)
Central (5) Центральный 694 664
Norte (2) Северный 1 106 673
Nordeste (3) Северо-Восточный 1 237 069
Leste (6) Восточный 1 385 621
Sudeste (8) Юго-Восточный 1 131 738
Sul (7) Южный 1 584 665
Sudoeste (9) Юго-Западный 1 199 593
Oeste (10) Западный 1 062 737
Noroeste (4) Северо-Западный 788 105
Zelenograd (1) Зеленоград 215 713



Religião 
O cristianismo é a religião predominante na cidade, sendo a Igreja Ortodoxa Russa a denominação mais popular. 
Moscou é a capital russa do cristianismo ortodoxo, que tem sido a religião tradicional do país e foi considerada uma parte do "patrimônio histórico" da Rússia em uma lei aprovada em 1997. 
Outras religiões praticadas em Moscou incluem o islã, protestantismo, velhos crentes, budismo e judaísmo. 
O Patriarcado de Moscou serve como a sede da igreja e reside no Mosteiro de Danilov. Moscou era chamada de "cidade de 1600 igrejas" antes de 1917. Em 1918 a Rússia se tornou um Estado laico e religião perdeu sua posição na sociedade. Desde a desintegração da União Soviética, em 1991, muitas das igrejas destruídas foram restauradas e religiões tradicionais estão ganhando popularidade. Enquanto a população muçulmana da cidade é estimada em 1,2-1,5 milhões (de um total de 10,5 milhões), há apenas quatro mesquitas na cidade em 2010. Apesar de uma mesquita adicional ter sido aprovada no sudeste, ativistas anti-mesquita bloquearam a construção.

(continua no próximo sábado) 

IN 
- WIKIPEDIA 
- http://sustentabilidade.allianz.com.br 

 .