sexta-feira, 11 de maio de 2012

.
Gonçalves é o cara!


O casal estava assistindo televisão, à noite.
O marido diz:
- Posso saber por que você está emburrada desde que eu cheguei?

E, irada, a mulher responde:
- Hoje completamos 25 anos de casados e estamos aqui, parados em frente a esta televisão.....

- MEU DEUS! Eu estava tão atarefado que me esqueci completamente! Perdoe-me, minha querida. Vá pôr seu melhor vestido de noite, que vamos sair! Você terá uma noite inesquecível!

- Ah, querido, eu sabia que você não era um monstro insensível.
À Entrada do restaurante, o maitre, todo solícito:
- Prepare a mesa do senhor Gonçalves.

A mulher:
- Parece que eles te conhecem bem por aqui, querido.
- Ah é!... Acho que eu vim aqui para almoçar com alguns clientes.

Eles acabam de jantar e o marido propõe a ida a uma boate. Na entrada tem uma fila enorme. O marido diz à mulher que vai arranjar tudo e se dirige ao porteiro:
- Diga aí, Chicão!!! Como vai essa força?

E o Chicão, responde:
- Tá muito bem, Sr. Gonçalves. Pode ir entrando!

Dentro da boate, o dono vem falar com eles:
- Boa noite, Sr. Gonçalves! E diz, logo em seguida: - Liberem a mesa do senhor Gonçalves!!

A mulher, desconfiada: - Você vem sempre aqui?

- Ah, não! O dono é um cliente da firma...

Uma vez na mesa, a garçonete vem e diz: - O de sempre, Sr. Gonçalves?

Enquanto isso, uma mulher que terminava um strip-tease em cima do palco grita: - E A CALCINHA, VAI PRÁ QUEM, GALERA?!!!

A boate, em peso, exclama: -GONÇALVES!!! GONÇALVES!!! GONÇALVES!!!

A esposa, furiosa, sai da boate, o marido vai atrás e eles entram juntos num táxi.

O marido tentando apaziguar as coisas:
- Querida, não vamos estragar esta noite maravilhosa, com certeza eles me confundiram com outro Gonçalves...
- Você está pensando que eu sou alguma idiota? Canalha! Não me toque mais!!! Blá, blá, blá... Eu sou mesmo uma otária, blá blá blá.... Seu grande filho-da-puta, blá, blá, blá...

Nisso, o motorista de táxi se vira e diz:
-  Gonça, quer que coloque a gaja pra fora do carro?

b
.

ELE NÃO É PRETO
É UMA BESTA




Será esta a maneira de tratar um alegado racista? Zokora apresentou queixa contra Emre por este ser, alegadamente, racista. Mas, mesmo antes dos resultados judiciais, fez justiça pelos próprios pés... no sítio onde ela mais doi.

 .



 NÃO HÁ TEMPO 
A PERDER






.


Segundo o 
Almanaque Bertrand de 1908





Enviado por J. MILHAZES


.

 .

MODA FEMININA

GIORGIO ARMANI

WOMEN's COLLECTION 

SPRING/SUMMER 2012

FASHION SHOW

 

 


.
 .

HOJE NO
"RECORD"

Onda da Nazaré coloca 
McNamara no Guiness

 O livro do Guiness reconheceu na quinta-feira o recorde estabelecido por Garrett McNamara, que em novembro de 2011 surfou na praia do Norte, na Nazaré, uma onda com 78 pés (23,77 metros). 
O havaiano, de 44 anos, afirmou que depois de ter surfado a onda ficou com a sensação de que era "muito grande", mas admitiu que só depois de ter sido instado por muitas pessoas, nomeadamente habitantes da Nazaré, decidiu pedir a confirmação oficial. McNamara, que começou a surfar aos 11 anos e se tornou profissional aos 17, bateu um recorde que pertencia a Mike Parsons, que em 2008 surfou uma onda de 23,47 metros. 

 A 1 de novembro de 2011, durante o projeto ZON North Canyon Show, Garrett McNamara fez história e as imagens correram mundo. A 5 de maio último, a praia do Norte, na Nazaré, foi também galardoada com o prémio de Maior Onda Surfada do Ano, do Billabong XXl Big Wave Awards, uma espécie de óscares do surf de ondas grandes. 


 * A Nazaré na crista da onda.


.
.

  BERNARDO SASSETTI

MÚSICO GENIAL MORREU ONTEM

.

"Podem piratear 

os meus discos à vontade"

 

IN "DIÁRIO ECONÓMICO" - 11/05/12 

 

.


 .


URSO URBANO





 .
 .


HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Infarmed e Pfizer chegam a acordo sobre medicamento para paramiloidose 

 O Infarmed e a Pfizer chegaram a acordo para disponibilizar o medicamento tafamidis, para a paramiloidose, no Serviço Nacional de Saúde, disse o presidente da associação que representa aqueles doentes. No final de uma reunião com o presidente do Infarmed, a Associação Portuguesa de Paramiloidose (APP) foi informada de que a autoridade do medicamento tinha chegado a acordo com o laboratório que comercializa o tafamidis, e que brevemente o medicamento iria entrar no Serviço Nacional de Saúde(SNS), disse à Lusa Carlos Figueiras. O mesmo responsável adiantou que o contrato irá para apreciação e decisão do ministro da Saúde, "o que deverá acontecer na próxima semana". "Tudo indica que este assunto chegará a bom porto", acrescentou, manifestando-se "muito satisfeito" e crente "na palavra do presidente do Infarmed e do ministro da Saúde". 
FIGADO DOENTE E BOM

O fármaco será disponibilizado gratuitamente pelo Serviço Nacional de Saúde, através da "Unidade Clínica de Paramiloidose, no Porto, e do Hospital de Santa Maria, em Lisboa", explicou ainda Carlos Figueiras. Numa primeira fase, podem ser "abrangidos 250 doentes", o que é uma "excelente notícia para os doentes com paramiloidose e seus familiares que tanto têm sofrido ao longo de todo este processo". O responsável lembrou que este é o concluir de um longo processo para tentar introduzir no SNS um medicamento que, "num ensaio clínico realizado em oito centros de excelência em todo o mundo, mostrou 100% de eficácia em 60% dos doentes, e uma redução significativa nos restantes 40%". 

 Entre os centros onde foi desenvolvido o ensaio clínico, contam-se o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, e Hospital de Santo António, no Porto. A Lusa contactou o Infarmed, mas este organismo escusou-se a fazer qualquer comentário sobre este assunto. 


* Pôr fim a uma desumanidade, o Infarmed tem discriminado estes doentes.


 .
.

4.2-A IGREJA CATÓLICA

CONSTRUTORA DA CIVILIZAÇÃO


O CASO GALILEU





Série da EWTN apresentada por Thomas E. Woods, autor do livro Como a Igreja Católica Construiu a Civilização Ocidental. 


NR: Há muito que somos zurzidos por muitos amigos e alguns visitadores, pela nossa atitude agreste, alguns dizem agressiva, em relação à igreja católica, nos vários comentários que por vezes dirigimos à estrutura ou a alguns dos seus intérpretes.
Lá nos vamos defendendo destas "vis" acusações referindo que só zurzimos em quem se põe a geito...
Mas, como apreciamos a imparcialidade decidimos editar uma série longa em defesa acérrima da igreja católica, não para nos redimirmos ou ganharmos o céu mas por respeito aos nossos amigos e visitadores que professam esta religião.
A Redacção
M
 .


HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Rehn admite agravamento das perspectivas para 
.o desemprego em Portugal 

Comissão Europeia antevê que a taxa de desemprego em Portugal vai atingir 15,5% este ano e diminuirá apenas para 15,1% em 2013, números acima das estimativas do Governo. 

Olli Rehn não afasta um agravamento das perspectivas para o desemprego e recusa falar sobre mais medidas de austeridade. O comissário europeu dos Assuntos Económicos admitiu hoje em Bruxelas que as previsões quanto ao aumento do desemprego em Portugal se agravaram e a situação no mercado de trabalho português continuará a piorar no curto prazo. 
 Questionado sobre a eventual necessidade de Portugal adoptar medidas adicionais, já que as previsões económicas hoje divulgadas pelo executivo comunitário mantêm um cenário de recessão para este ano e um défice superior ao acordado, Olli Rehn limitou-se a dizer que "o programa (de ajustamento) português está no caminho certo, o que significa que as medidas orçamentais também estão no caminho certo". O vice-presidente da "Comissão Barroso" falava numa conferência de imprensa em Bruxelas depois de apresentar as "previsões económicas da primavera" do executivo comunitário, segundo as quais a taxa de desemprego em Portugal vai atingir os 15,5% este ano e diminuirá apenas para 15,1% em 2013, números acima das estimativas do Governo. Nas suas previsões, Bruxelas antecipa ainda que a economia portuguesa encolha 3,3% este ano e cresça 0,3% em 2013 e prevê que o défice orçamental irá este ano chegar aos 4,7% do Produto Interno Bruto - o compromisso do Governo com a 'troika' era 4,5%, recuando em 2013 para os 3,1% - mais um ponto percentual que a meta do Executivo.

 Referindo-se a estes números, Olli Rehn sublinhou todavia que se assiste a uma mudança na evolução do PIB português, com a composição do crescimento a ser cada vez mais assente no aumento das exportações, e não tanto na procura interna, o que segundo o comissário "é positivo em termos de médio prazo", pois torna a economia portuguesa "mais solidamente sustentável" e abre perspectivas de criação de postos de trabalho nos próximos anos. No entanto, admitiu, "no curto prazo a situação no mercado de trabalho continua a piorar", inclusivamente desde a última revisão do programa de ajustamento, e esse é de facto o principal dado a retirar das "previsões da primavera" relativamente a Portugal, a par de uma revisão em baixa igualmente para o consumo privado.

 De acordo com as "previsões da primavera" da Comissão, "no último trimestre de 2011, a situação do mercado laboral deteriorou-se consideravelmente, com o emprego a encolher 2,5% em relação ao trimestre anterior e a taxa de desemprego a atingir os 14%". "A taxa de desemprego subiu para 15% em Fevereiro, e deverá aumentar mais ainda este ano", prevêem ainda os técnicos de Bruxelas. Num anexo ao seu Documento de Estratégia Orçamental, o Governo divulgou projecções de uma taxa de desemprego de 14,5% este ano e 14,1% no próximo. 

No entanto, estas previsões vão ser revistas no início do Junho. O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, disse esta semana no Parlamento que o aumento do desemprego está a ser superior ao que seria de esperar tendo em conta a diminuição da actividade económica, e que por isso o Governo ia fazer uma nova análise aos números do mercado do trabalho para elaborar novas previsões. Todos estes valores são médias anuais, e referem-se ao desemprego na definição do Eurostat - que é ligeiramente diferente da taxa oficial calculada pelo Instituto Nacional de Estatística. 

* Estamos desapontados com estes iluminados da economia e das finanças, falam em sussurro, parece que vão à bola de cristal, ninguém tenha dúvidas, o desemprego vai aproximar-se dos 20%, se estes senhores saírem da limousine e andarem a pé nas ruas de Portugal percebem logo!

.

CARVALHO DA SILVA






  
Des)emprego: forte alerta 

Esta semana a Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgou o seu "Relatório sobre o Trabalho no Mundo - 2012", onde expõe os efeitos negativos das políticas de austeridade sobre o crescimento económico e o emprego. O enfoque aplicado no "combate" aos défices públicos tem--se traduzido na quebra de investimento, na redução do crédito, do emprego e da sua qualidade, no aumento acelerado da precariedade. 

O relatório confirma que as medidas de desregulação do mercado de trabalho e de diminuição da proteção laboral e social, forte componente das políticas de austeridade, em vez de favorecerem o crescimento económico e a criação de emprego estão, exatamente, a contribuir para o aumento do desemprego, sendo os países do Sul da Europa disso exemplo. Na sua síntese pode ler-se que "a instabilidade laboral é sobretudo uma tragédia humana para os trabalhadores e as suas famílias; (...) um desperdício de capacidade produtiva; (...) uma tendência para perder competências; (...) uma produtividade mais débil no futuro; (...) menos oportunidades para ascender profissionalmente". 

Num artigo no "Público", de 01.05, Juan Somavia, diretor-geral da OIT, escreve: "Um trabalho de qualidade é uma fonte de dignidade pessoal, estabilidade familiar, paz na comunidade e, certamente, uma fonte de credibilidade para a governação democrática. No entanto, em demasiados locais perdeu-se a noção básica de que o trabalho não é uma mercadoria".

 Há três dias, o Eurostat informou--nos que Portugal - onde está em curso uma desastrosa revisão da legislação laboral e imposições brutais de flexibilidades e mobilidades - registou uma taxa de desemprego de 15,3% em março. E todos sabemos que a emigração de muitos milhares de portugueses - grande parte deles qualificados - está a contribuir para que a taxa de desemprego não seja maior. 

Alguns representantes patronais disseram que é preciso travar este "ciclo ruinoso". Tal afirmação devia significar o assumir de que todo o desemprego deve ser combatido e, acima de tudo, que o salário não é somente um custo, pois representa poder de compra indispensável para as suas empresas.

 O primeiro-ministro disse, sem vergonha e quase fazendo campanha pelo desemprego, que "temos de nos habituar a viver com um desemprego elevado". O ministro das inevitabilidades (Miguel Relvas) limitou-se a expressar o seu "convencimento" de que vamos, no futuro próximo, inverter a tendência, certamente pensando em doses cavalares de sacrifícios que rapidamente levem a situação ao fundo. 

Mas onde está o fundo? E quais os significados da emigração? 

O fundo pode ser um percurso bem penoso, muito longe de estar todo percorrido! 

Quando as pessoas emigram é porque não têm respostas para a sua situação, nem as perspetivam a curto prazo. Da emigração massiva resultam cenários de depressão e limitações ao desenvolvimento muito difíceis de ultrapassar. Basta olhar para o que aconteceu em algumas regiões do nosso país. 

 Mário Draghi, governador do BCE, manifestou-se em Barcelona contra a ineficácia, a médio prazo, das "medidas fáceis" de corte nos investimentos e aumento de impostos, mas faz propostas incongruentes e prossegue no desastre. Diz que é preciso "equidade entre as gerações" depois de invocar a receita de mais flexibilidades e mobilidades o que, associado à fragilização da contratação coletiva e ao profundo desequilíbrio na relação de forças entre patrões e trabalhadores, só nos pode conduzir para a harmonização no retrocesso. 

 Retoma as teorias do empreendedorismo e dos seus mitos, quando existe uma ausência total de políticas de crédito que possibilitem o desabrochar de micro e pequenas empresas, de novas formas de organização económica solidária e emancipatória, de atividades diversas que se poderiam desenvolver no plano social, ambiental e outros. 

 Um dos denominadores comuns necessários para formular propostas políticas alternativas é, sem dúvida, a luta contra a remercadorização da força de trabalho, afirmando o valor e a dignidade do trabalho no desenvolvimento dos recursos do país em todas as áreas de atividade económica, social e cultural. 



IN "JORNAL DE NOTÍCIAS"
 05/05/12 

.
 ,

HOJE NO
"DESTAK"

Açores
 Reclusos de Angra do Heroísmo concluem estudos na cadeia

 Cerca de três dezenas de reclusos do Estabelecimento Prisional de Angra do Heroísmo, nos Açores, concluíram este ano a sua formação escolar, através de um protocolo entre a instituição e a secretaria regional da Educação. "Se não fosse esse protocolo haveria limitações para que estas pessoas que cumprem uma pena pudessem aceder à sua formação", frisou, hoje, em declarações à Lusa a secretária regional da Educação e Formação, Cláudia Cardoso. 
A governante, que falava após uma reunião com o diretor do Estabelecimento Prisional de Angra do Heroísmo, revelou que no primeiro ano o protocolo contou com 28 formandos, que agora concluem os estudos, assegurando que esta iniciativa "é para continuar". 


 * Um grande exemplo

 .
.


III - GALÁPAGOS
  

3- FORÇAS DA NATUREZA




O lugar que inspirou a teoria da evolução de Darwin. As ilhas Galapagos são um laboratório vivo, um cinturão geológico que gerou e viu morrer inúmeras espécies de plantas e animais. As ilhas ocidentais ascendem no mar dando mais chances a vida enquanto as ilhas orientais afundam garantindo a morte de vários seres e plantas. Entre os dois existem as ilhas centrais, fertéis e imponentes elas dão abrigo a um sem número de seres vivos. Em nenhum outro lugar na terra encontramos o ciclo da vida e da morte tão aparente quanto aqui. Veja os ciclos se desdobrando perante seu olhos nesta fantástica filmagem feita em alta definição HD pela BBC e o National Geographic Channel. 
N





HOJE NO
"i"

Isaltino Morais. 

Crime por corrupção prescreveu. Isaltino Morais já não pode ser condenado por corrupção no processo de contas da suíça, apesar do crime ter ficado provado no julgamento, avança o semanário Sol. Em causa está o favorecimento de um empreiteiro a troco de dinheiro, em 1996. 
 O crime de corrupção por acto ilícito prescreve ao fim de 15 anos. Como se provou que a corrupção ocorreu em 1996, o crime está prescrito desde o ano passado. Em Julho de 2010. O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) confirmou a condenação atribuída ao autarca pelo Tribunal de Oeiras, mas anulou a parte da corrupção, invocando irregularidade no processo. Assim, a Relação voltou a pedir a repetição dessa parte do julgamento, mas só agora é que isso aconteceu.

 O ex-presidente da Câmara Municipal de Oeiras (CMO) esteve presente, na passada quinta-feira, no Tribunal de Oeiras para repetir o julgamento. Apenas um dos crimes é reconhecido pelo Tribunal, nomeadamente o que remete para 1996: um cheque passado no valor de quatro mil contos (20 mil euros) pelo seu amigo João Algarvio. Esse cheque destinava-se ao “pagamento de um despacho proferido pelo presidente da CMO, onde deferiu dois pedidos de licenciamento que violavam a construção estabelecidos nos alvarás dos terrenos anteriormente aprovados”, lê-se na acta da audiência, citada pelo mesmo jornal. 

Recorde-se que Isaltino Morais foi condenado em 2009 a sete anos de prisão e à perda de mandato autárquico por fraude fiscal, abuso de poder e corrupção passiva para ato ilícito e branqueamento de capitais. Posteriormente, a pena foi reduzida para dois anos pelo Tribunal da Relação. Em Maio, o Supremo Tribunal de Justiça rejeitou um pedido de anulação da pena de dois anos de prisão efectiva e fez subir para o dobro a indemnização cível a que estava sujeito a pagar. 


* Por vezes temos tanta vergonha de ser portugueses...

,
.


AS 100 MELHORES 
CANÇÕES DOS ANOS 80
(PARA A NME)
 .
Nº 90
VELOCITY GIRL
PRIMAL SCREAM






.

HOJE NO
"A BOLA"

Conselho de Justiça suspende alargamento a 18 clubes

 O Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol decidiu suspender a deliberação da Assembleia Geral da Liga de Clubes relativamente ao alargamento do campeonato principal para 18 clubes. 
 Na base desta decisão está um recurso apresentado pelo FC Porto, pedindo efeito suspensivo da decisão tomada pelos clubes em Assembleia Geral da Liga. O alargamento, de qualquer forma, ainda estava dependente de ratificação por parte da Federação Portuguesa de Futebol. 


* A liga principal devia ser reduzida para 12 clubes e que não tivessem salários em atraso. Os clubes incumpridores  costumam pagar até Dezembro da época em curso para poderem continuar a participar e depois é um regabofe! Abaixo os caciques.

.

ALMORRÓIDA LIBIDINOSA


 .

Estudo revela que romã é viagra natural 

Há já algum tempo que se sabe que a romã tem benefícios para a saúde, quer pelo facto de ajudar a reduzir a pressão arterial quer por poder ser utilizada na prevenção de alguns problemas cardiovasculares. No entanto, um novo estudo da Universidade Queen Margaret, na Escócia, vem agora revelar que este fruto é também um viagra natural. 
Na investigação, agora publicada pelo jornal 'Daily Mail, foi avaliado o comportamento de 58 homens e mulheres, com idades entre os 21 e os 54 anos, que, ao longo de duas semanas, beberam um copo de sumo de romã. Os resultados mostram que, após este período, se verifica um aumento de testosterona que pode variar entre 16 e 30 por cento. 

Segundo a equipa de investigadores, se a testosterona aumenta também o desejo sexual aumenta. Mas uma dose diária de sumo de romã não traz apenas benefícios a nível sexual. O mesmo estudo revela que os sentimentos negativos, como a tristeza ou o medo, sofrem uma diminuição. A investigação confirma, assim, que o sumo deste fruto pode substituir o viagra, sem trazer consequências para a saúde.

IN "CORREIO DA MANHÃ"
10/05/12
.
 .


HOJE NO
"PÚBLICO"


Previsões Económicas de Primavera
 Salários dos portugueses caem mais 
de 12% entre 2011 e 2013 

Só este ano, os salários reais dos portugueses vão cair 6%. A Comissão Europeia prevê uma descida mais profunda das remunerações e diz que Portugal terá maior redução do consumo e do investimento da Europa. 
De acordo com as Previsões Económicas de Primavera, divulgadas pela Comissão Europeia (CE) nesta sexta-feira, Portugal vai sofrer um ajustamento salarial gigante, na sequência dos planos de austeridade, da recessão e do desemprego recorde. Bruxelas prevê que os salários reais resvalem 6% este ano, acima da anterior previsão de 5%, constante nas previsões de Outono.

 Em termos acumulados, entre 2011 e 2013, a quebra salarial chegará aos 12,3%, também acima das últimas previsões, que apontavam para uma descida acumulada de 9,4%. Só a Grécia apresentará uma contracção dos salários superior (14,7%). Os salários reais têm já em conta o efeito da inflação, que será de 3% este ano e de 1,1% em 2013. 
 A contribuir para esta quebra das remunerações está também o corte dos subsídios de férias e de natal para os funcionários públicos e o ajustamento salarial que tem vindo a ocorrer no sector privado, decorrente nomeadamente do aumento do desemprego, que força os trabalhadores a aceitarem remunerações mais baixas. Segundo as previsões de Bruxelas, a taxa de desemprego deverá atingir os 15,5% da população activa este ano. 

 Produtividade estagna 

O ajustamento salarial em curso na economia portuguesa vai contribuir para uma redução significativa dos custos unitários de trabalho. Só em 2012, estes vão cair 3,8%, mas, desde 2010 até 2013, a quebra acumulada será bem superior: 9,6%. No entanto, a produtividade irá estagnar durante dois anos (2012 e 2013), o que significa que Portugal ainda terá de esperar para concretizar aquele que é um dos objectivos do programa de ajuda externa. 

Estas previsões mostram que a melhoria da competitividade externa, que permitirá sustentar o aumento das exportações e impedir uma recessão maior na economia, terá de ser conseguida graças à diminuição dos custos do trabalho, e não com o aumento da produtividade.

 Menos consumo e investimento

 O desemprego recorde e a diminuição dos salários reais vão levar a uma quebra recorde do consumo privado que, segundo as últimas previsões da CE, será mesmo a maior da Europa. Em 2012, os gastos das famílias vão recuar 6,1%, a maior em toda a zona euro e na União Europeia. 

Em 2013, a tendência irá manter-se, com o consumo privado a recuar 1%, uma diminuição que só será maior na Espanha e na Grécia. Também o investimento irá registar a maior quebra da Europa – uma redução de 11,8% este ano. Será o quinto ano consecutivo de diminuição deste indicador, que só voltará a crescer, embora timidamente, em 2013.


 * Quando um ministro deste governo acena com provável descida de impostos está certo, os portugueses não vão ter dinheiro para continuar a pagar a brutalidade fiscal vigente..

 .
.



A CRISE DO CAPITALISMO




 .
 .

HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Quebra de publicidade na televisão penaliza cotadas de media

 Media Capital apresentou prejuízo de 995 mil euros
 no trimestre. 
Na Impresa, as perdas atingiram 3,3 milhões. 

A forte retracção do mercado publicitário, no primeiro trimestre deste ano, penalizou as empresas cotadas de media, em particular as que actuam no mercado televisivo. Depois dos prejuízos de 3,3 milhões de euros registados pela Impresa, ontem, a Media Capital comunicou ao mercado um resultado líquido negativo de 995 mil euros, entre Janeiro e Março de 2012. 

Só em receitas de publicidade, as donas das duas televisões privadas portuguesas perderam 11 milhões de euros, no primeiro trimestre, face ao homólogo de 2011. Depois de ter 2,1 milhões de euros de lucro, no arranque de 2011, a Media Capital justifica as perdas deste ano com a redução de 25% nos proveitos operacionais, com as receitas publicitárias a cifrarem-se nos 25,3 milhões - um valor inferior em 5,8 milhões face a igual período do ano anterior.

Só na TVI, a publicidade caiu 17%, mesmo com a estação a garantir liderança nas audiências. 

Fonte da Media Capital garante que "já esperava um primeiro trimestre muito complicado, em plena recessão, quando comparado com o de 2011, em que o mercado publicitário não estava tão mau". Por isso, a holding portuguesa da Prisa já tinha orçamentado um valor "muito diferente" para 2012, tendo em consideração a quebra dos proveitos e a atenção redobrada na gestão dos custos. 


* Há um ditado antigo que reza assim: "Quando a economia se constipa a publicidade tuberculiza".

 .
.


RECRIANDO IMAGENS











L
 .

HOJE NO
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

CNA apresenta propostas 

Melhorar relações com distribuição Travar 'os abusos', das marcas próprias e regular a 'atividade parabancária', dos hipermercados são duas das propostas que a Confederação Nacional da Agricultura apresenta, hoje, para melhorar as relações entre distribuição e fornecedores.

 A CNA quer também regular os prazos de pagamento aos fornecedores e os descontos que lhes são impostos.

 * Só agora é que pensam nisso. Chamam actividade "parabancária" a quem recebe a pronto e paga a perder de vista, não é agiotagem??? 
As cadeias de distribuição destroem o pequeno comércio do ramo, mantém estratégicamente na miséria os produtores agrícolas e pequenas indústrias que delas dependem e ainda são tomadas por entidades sérias.

.
.


GINÁSTICA PARA 


EMAGRECER



Z

 .

HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"

Bebidas energéticas consumidas
.diariamente podem destruir dentes 

O consumo regular de bebidas energéticas ou isotónicas destrói o esmalte dos dentes, o que os pode escurecer de forma irreversível, conclui um estudo científico realizado nos Estados Unidos. 
  A acidez desse tipo de bebidas, cada vez mais consumidas por jovens e praticantes de desporto, ataca o esmalte dos dentes, bastando, nalguns casos, o consumo cinco dias consecutivos para que a dentição comece a deteriorar-se, indica a investigação realizada na Universidade de Southern Illinois. 

 Os autores do estudo analisaram 13 bebidas isotónicas e nove bebidas energéticas, concluindo que os níveis de acidez variam até na mesma marca, em função dos diferentes sabores. Embora a acidez exista em muitos alimentos e noutras bebidas que ingerimos, esse tipo de bebidas, tal como sucede com as açucaradas, como os refrigerantes, destroem o equilíbrio que é mantido pela saliva. "Se o equilíbrio se mantiver, não teremos grandes problemas ao longo dos anos. 
 O problema é quando a tendência é maior para o lado da desmineralização" e a saliva não consegue compensar o efeito da acidez sobre o esmalte, explicou à agência Lusa o professor da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto Mário Jorge Silva. Além de escurecer os dentes de forma irreversível, pela perda de esmalte que não pode ser reposto, o excesso de acidez aumenta a sensibilidade dentária. O estudo conclui que embora os dois tipos de bebidas tenham elevados graus de acidez, as energéticas são ainda mais nefastas por terem o dobro dos ácidos das isotónicas. Um gesto que agrava mais o efeito da acidez é escovar os dentes para "limpar" os dentes desse efeito.
  Como o esmalte está afectado, a passagem da escova vai removê-lo de forma irremediável, pelo que o dentista Mário Jorge Silva recomenda que depois de ingerir alimentos ou bebidas ácidas deve-se aguardar umas horas para possibilitar o efeito regenerador da saliva, antes de usar a escova. Desconhece-se a existência de estudos actuais sobre o consumo deste tipo de bebidas em Portugal, mas nos Estados Unidos, entre 30 a 50 por dos adolescentes consomem regularmente bebidas energéticas e isotónicas e destes 62% admitem beber pelo menos uma dose por dia. 


* Para os jovens água, é quanto basta. Os refrigerantes têm demasiado açucar e outros aditivos que não fazem bem. O álcool nos jovens nem para desinfectar feridas. E agora podem rir-se e chamarem-me lírica, não me importo. 


.
.

5 - OPUS DEI


SÉRIE DECIFRANDO O PASSADO




m
 .


HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Proteção Dados
 Comissão com falta de pessoal 
está em situação "precária"

A Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD) está numa situação "precária" em matéria de recursos humanos e as restrições ao nível das contratações na administração pública estão a "agudizar" a situação, refere o relatório de atividades da instituição. Segundo o relatório de atividades de 2011, o último sob a presidência de Luís Lingnau da Silveira, a CNPD tem de ser dotada de "condições essenciais que lhe permitam cumprir a sua missão de forma cabal e independente", uma vez que o seu papel passa por garantir "um direito fundamental, com consagração nacional e europeia". 
 Em matéria de reforço de recursos humanos, a CNPD diz que "os condicionalismos restritivos da contratação na administração pública" fizeram com que apenas contratasse um administrativo em mobilidade e tivesse aberto concurso para juristas e informáticos. "No entanto, no final do ano, os meios humanos tinham decrescido para 23 pessoas, sobretudo ao nível de contratações externas para projectos específicos e com uma diminuição do pessoal administrativo por razões variadas, o que veio agudizar ainda mais a situação existente, já de si precária", lê-se no relatório, a que agência Lusa teve acesso. 

De acordo com a comissão, o orçamento total em 2011 foi de cerca de 3,3 milhões de euros, "sendo que apenas 1.308.280,00 euros correspondem à dotação inscrita no Orçamento da Assembleia da República". "Os restantes 2.018.108 euros são provenientes de receita própria cobrada em 2011", diz a CNPD. 

A comissão indica que deste orçamento "apenas foram gastos um total de 1.719.550 euros, enquanto 116.597 euros foram objecto de cativação à despesa, decorrente das medidas de contenção orçamental". "Uma vez que têm de ser utilizadas prioritariamente as receitas próprias, foram requisitados à Assembleia da Republica somente 218.046 euros, para fazer face às despesas nos primeiros meses do ano", revela a comissão. Diz ainda que em 2011 a receita própria, proveniente da aplicação de coimas e da cobrança de taxas de notificação, foi "por si só suficiente para suportar todas as suas despesas, incluindo com o pessoal". 


* A esta comissão não pode faltar nem pessoal competente nem dinheiro, está em causa o respeito pela vida privada das pessoas.

  .
.


APOSENTADORIA


porque gosto dela











x
.


4 - LEGOLANDIA












c

JORNAIS DE HOJE


 .


COMPRE JORNAIS 















.