segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

- UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA


OUTRO TEMPO






.


.


4-SEM-ABRIGO




















 Contabilista tira fotos a sem-abrigos

Lee Jeffries começou a retratar sem-abrigos em 2008. Desde essa altura, juntou uma enorme colecção de fotografias, dignas de um fotógrafo profissional. Mas o inglês de 40 anos encara a fotografia como um passatempo – o resto do dia passa-o no escritório de contabilidade onde trabalha.

Os retratos a preto e branco dos sem-abrigo despertaram a atenção dos profissionais da área, que elogiam até a sua técnica.

Tudo começou em 2008, em Londres. Jeffries tentou fotografar uma mulher que dormia na rua, e quando esta se apercebeu, elevou a voz e protestou. Envergonhado, o inglês tinha duas hipóteses, “ou ia embora, ou falava com ela e pedia desculpa”. Optou pela segunda e revolucionou a maneira como tirava fotos.

As imagens são posteriormente retocadas: “Faço-o para destacar os olhos. Eles é que me atraem verdadeiramente e são sempre o ponto de partida para a emoção presente em cada fotografia”.

De Nova Iorque a Roma, passando por Los Angeles e Manchester, Jeffries continua a fotografar sem-abrigos. Mas agora dá-lhes dinheiro para "agradecer".

.
.

MUTILAÇÃO GENITAL
BARBARIDADE




TREZENTAS RAPARIGAS MUTILADAS POR HORA, 
TODOS OS DIAS


.


O FRIO ESTÁ A APERTAR
ATÉ QUARTA 15/02
DIAS "GELADOS"




NÃO ESQUEÇA

- Use luvas, gorro, meias quentes e cachecol
- Use várias camadas de roupa em vez de apenas uma muito grossa
- Reduza o intervalo das refeições, faça refeições mais pequenas e numerosas
- Prefira sopas e bebidas quentes
- Evite roupa demasiado justa ou transpirada
- Pratique exercício em casa
- Mantenha a temperatura em casa acima dos 18º até aos 24º
- Se utilizar aquecimento com material de queima tenha atenção ao arejamento
- Se viajar evite fazê-lo sózinho e leve mantas, bebidas quentes, comida e uma lanterna
- Em caso de aflição ligue 112

.


HOJE NO
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

'É preciso manter dádivas '
Presidente do IPS recorda que é necessário 
continuar doações, para evitar picos seguidos 
de quebras que não beneficiam os «stocks».

O presidente do Instituto Português do Sangue (IPS) pediu, ontem, que os portugueses mantenham a dádiva de sangue durante todo o ano, para evitar picos seguidos de quebras que não beneficiam os «stocks». Questionado sobre a reação dos portugueses após o alerta da redução das reservas de sangue, Hélder Trindade disse que 'reagiram muito bem', já que perceberam a necessidade de 'serem solidários', mas não adiantou se estas são agora suficientes. 'Houve um aumento, se são ou não suficientes vamos continuar a analisar nos próximos dias', afirmou.
Na quinta-feira, Hélder Trindade disse que as reservas de sangue dos grupos A e 0 negativos eram, na altura, suficientes para 'dois ou três dias', apelando aos dadores de sangue que voltem a doar. As dádivas de sangue baixaram, então, em cerca de 20 por cento na sequência de notícias sobre o desperdício de plasma em Portugal, disse na quinta-feira o secretário de Estado adjunto da Saúde, Leal da Costa, em Lisboa.
Contrariamente ao habitual, ontem o IPS esteve aberto em Lisboa, Porto e Coimbra, podendo vir a estar também aberto no próximo domingo se for necessário continuar com as recolhas de sangue. No entanto, o responsável afirmou que, mais do que uma resposta em massa neste momento, é preciso que os portugueses deem sangue regularmente. 'Agora pode haver uma forte adesão e a seguir uma quebra. Peço que as doações se mantenham', apelou Hélder Trindade.
Quanto aos motivos da quebra verificada na semana passada, o responsável disse que é habitual registar-se uma quebra em fevereiro, admitindo que este ano se intensificou. Hélder Trindade afirmou que o fim da isenção do pagamento das taxas moderadoras das urgências hospitalares pelos dadores pode também ter sido um motivo para a redução, mas destacou que estes cidadãos continuam isentos nos serviços primários e que se pretende sobretudo 'dadores benévolos',
Atualmente há em Portugal 370 mil dadores de sangue, um número considerado 'confortável', pelo presidente do IPS, acrescentando que o Instituto 'gosta de ter stocks estáveis para 20 a 25 dias', 'Não gostamos de fazer isto, mas tivemos de dar o alerta antes de haver uma rutura', afirmou Hélder Trindade, explicando porque se assumiu a necessidade de apelar a mais doações.
O ministro da Solidariedade e Segurança Social, Pedro Mota Soares, foi, ontem, dar sangue aos Instituto Português do Sangue no Hospital Júlio de Matos, em Lisboa.


* Haja "um" ministro que dê sangue por Portugal, Mota Soares, não é um herói mas um exemplo para a classe política.
O fim da isenção das taxas moderadoras para os dadores de sangue é verdadeiramente ridículo. A poupança não dá para cobrir as despesas de remodelação de gabinete dos secretários de Estado e a sua frota automóvel, e, ainda não se verificou que o seu desempenho tenha trazido algum benefício ao país.

.


4 -  HISTÓRIA DA MATEMÁTICA




A História da Matemática (The story of maths) foi escolhido como Melhor Documentário produzido no ano pela estação BBC, em votação. Apresentado pelo pesquisador e professor da Universidade de Oxford, Marcus du Sautoy, o filme volta à história da matemática da Grécia e de Atenas e explica o quão importante ela ainda é para nós nos dias de hoje.


.


HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Jovem do vídeo do Facebook 
detido por agressão a jornalista

O jovem que filmou as agressões a uma jovem e as publicou no Facebook foi detido esta manhã, avança a SIC Notícias. Em causa está a agressão a uma fotojornalista do Correio da Manhã, no dia da leitura do acórdão.

De acordo com aquele canal de televisão, Rodolfo Santos foi detido em casa esta manhã, por volta das 11.00.

O jovem está acusado de crime de ofensas qualificadas, especialmente censuráveis, no entender das autoridades, já que a agressão à fotojornalista aconteceu depois da leitura de um acórdão.

Recorde-se que a 16 de janeiro, depois de lida a sentença do caso em que duas raparigas agrediram uma terceira, tendo Rodolfo filmado tudo e publicado o vídeo na internet, o jovem agrediu uma fotojornalista do Correio da Manhã à saída do tribunal.

Assim que chegou à rua, Rodolfo Santos e a mãe agrediram, com um pontapé e uma estalada, uma fotojornalista do Correio da Manhã, noticiou na altura o próprio jornal.

Na leitura da sentença, cinco dos seis arguidos foram condenados a pena suspensa. Rodolfo foi condenado na altura a dois anos e dois meses, por ofensa à integridade física agravada, roubo e gravação ilícita.

Vai hoje ser presente a tribunal. Segundo a SIC Notícias, foram ouvidas nesta investigação da PSP três testemunhas e recolhidas provas fotográficas.


* Um "gajo" que se delicia a filmar duas "gajas" a baterem numa terceira, é um malandro. O mesmo malandro mais a "mãe que o pariu" que agridem uma jornalista, não podem andar em liberdade.


.

CIDADANIA 
É URGENTE




.







EXPECTATIVAS









CURRICULUM INVEJÁVEL

Além do seu histórico como jogador, Sá Pinto é conhecido pelas suas brigas dentro e fora de campo. Em 1997, agrediu o então técnico de Portugal, Artur Jorge, por não ter sido convocado para uma partida. Em novembro de 2009, foi anunciado como diretor de futebol do Sporting, cargo que ocupou até 21 de janeiro de 2010. O motivo da saída? Briga, claro. Sá Pinto se envolveu em agressões com o atacante Liedson (Levezinho, para os amigos).

DAQUI A 30 ANOS NO BENFICA







.



HOJE NO
"RECORD"

Marco Fortes bate recorde nacional
do lançamento do peso (20,91 metros)

O atleta do Benfica Marco Fortes bateu este domingo o recorde nacional absoluto do lançamento do peso, ao conseguir 20,91 metros, na segunda jornada dos nacionais de atletismo de clubes em pista coberta, em Pombal.

Marco Fortes, que tinha superado quarta-feira, em Bydgoscz, na Polónia, o recorde em pista coberta, com 20,77 metros (depois de já o ter batido ao segundo ensaio, com 20,74), acrescentou dois centímetros ao seu melhor registo.

A anterior melhor marca (20,89 metros) de Fortes e de Portugal tinha sido conseguida ao ar livre, a 11 de agosto de 2011, em Copenhaga.

Em Pombal, a marca recorde de Marco Fortes foi inicialmente considerada nula, mas o atleta protestou e, depois de analisada as imagens, os juízes validaram o seu registo, que havia sido medido.

O atleta do Benfica já tinha confirmado os mínimos para os Mundiais de pista coberta, em Istambul, em março (20,00 metros), e o mínimo A para os Jogos Olímpicos (20,50).


* Um "marco" de trabalho.

.

FERNANDO SOBRAL


A árvore das patacas



Todos os clubes portugueses gostariam de ser como o Real Madrid ou o Manchester United ou ter como mecenas o sr. Abramovich. Lamentavelmente não é possível. Têm de se contentar com menos receitas televisivas. E têm de aprender a pagar os impostos a tempo e horas.
De que falamos quando falamos de dinheiro no futebol português? De receitas mas não de dívidas. Estas são encaradas de forma infantil ou atiradas para a frente à espera de que alguém, um dia, e com um milagre qualquer, as resolva. Todos os clubes portugueses gostariam de ser como o Real Madrid ou o Manchester United ou ter como mecenas o sr. Abramovich. Lamentavelmente não é possível. Têm de se contentar com menores receitas televisivas, com menos patrocínios e com menos receitas de bilheteira. Por isso deveriam também saber fazer contas. Algo que não sabem ou não conseguem. O caso paradigmático do Sporting, que nos últimos anos sempre se gabou das suas "gestões profissionais", é sintomático de como se gerem clubes de futebol em Portugal. A sorte é que os clubes vivem de adeptos e de emoções e por isso sobrevivem à penúria e à incompetência.

Mas parece que ninguém ainda aprendeu que vivemos numa outra era. Onde há menos dinheiro e o crédito é mais difícil. A questão das dívidas dos clubes de futebol ao Fisco já não é um escândalo. É uma incredibilidade. Agora, os clubes, depois de sucessivas formas arranjadas para protelar o pagamento, querem mais um bónus de 10 anos para o fazer. E o Governo, mansamente, e em vez de dar um murro na mesa igual ao que tem feito com os comuns contribuintes, diz que vai analisar o caso e criar mais um grupo de trabalho para reflectir sobre o caso. Tudo seria anedótico se não fosse real. Os clubes ou querem ser profissionais ou não querem, ou querem ser empresas ou não querem. Não podem é querer ter os benefícios de uma coisa e não ter os encargos inerentes.

Esta benesse aos clubes é mais uma afronta à sociedade portuguesa cercada pelos impostos. É certo que em momentos de crise é preciso futebol e bolas de Berlim para animar a rapaziada desesperada, mas esta não é uma forma séria de resolver o problema. Tudo isto surge num momento em que o Benfica surge como o 21º clube mais rico da Europa, mas cujas receitas mostram uma percentagem ínfima gerada pelas receitas televisivas. Mas, em Portugal, é difícil que elas subam muito. Com o sr. Paes do Amaral fora da corrida, o sr. Luís Filipe Vieira já mostrou, nas entrelinhas, que o clube está condenado a entender-se com a Olivedesportos. Esta terá de abrir um pouco mais os cordões à bolsa, o Benfica resmungará, mas aceitará. Até porque não se sabe o que será a nova política da Liga de Clubes na redistribuição dos dinheiros televisivos. No fundo, o futebol tornou-se num espectáculo e num negócio. Tem emoção mas tudo gira à volta de dinheiro. E da árvore das patacas que é preciso semear para colher.


IN "JORNAL DE NEGÓCIOS"
12/02/12

.



HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Lidl tem de pagar 200 euros 
para julgar furto de 77 cêntimos
Minístério Público reabriu inquérito por furto 
no valor de 77 cêntimos. Caso tinha sido arquivado
pelo valor "irrisório"

Uma procuradora do Departamento de Investigação e Acção Penal de Coimbra reabriu o inquérito sobre o furto de 77 cêntimos de feijão-verde num supermercado Lidl, que uma procuradora-adjunta arquivara, a 5 de Janeiro, considerando aquele valor "irrisório".

O processo-crime foi reaberto pela procuradora Paula Garcia em resposta à reclamação hierárquica do Lidl contra o arquivamento. Mas aquela decisão, comunicada recentemente ao Lidl, só conduzirá o caso até julgamento se a empresa se constituir assistente no processo, pagando 204 euros ao Estado.

"Não podemos considerar que o valor do furto - 77 cêntimos - seja desprezível, irrisório, já que da sua subtracção resultou, de facto, um prejuízo ao lesado", defende, observando que, numa sociedade com pensões mensais "a raiar os 200 euros, (...) um euro não será um valor desprezível. "Desprezível será um palito, um bago de uva, uma folha de papel...", justifica o despacho de reabertura. Por outro lado, defende que o arquivamento levaria a que um sem-número de produtos expostos nas superfícies comerciais perdesse a protecção penal, incentivando, "quiçá", a prática de furtos.

Mas o despacho da procuradora não agradará ao Lidl. Esta empresa alemã queria que o indivíduo apanhado pela segurança a furtar uma embalagem de feijão-verde no supermercado de Eiras, em Coimbra, a 19 de Julho de 2011, fosse acusado de um crime de furto simples, previsto no artigo 203º do Código Penal e punível com prisão até três anos ou multa. Sendo um crime semipúblico, a queixa do Lidl seria suficiente para o DIAP, eventualmente, acusar o autor do furto e levá-lo a julgamento.

Sucede que, para Paula Garcia, está em causa o chamado "furto formigueiro". Um crime consagrado no artigo 207º do mesmo código, para situações em que o ladrão visa a satisfação imediata de uma necessidade básica. Por ser um crime de natureza particular, o DIAP avisou que só prosseguirá a investigação se o Lidl se constituir assistente, até dez dias após a sua notificação. Caso contrário, o inquérito será definitivamente arquivado.

Na reclamação hierárquica, o Lidl mostrara-se determinado a levar o caso até ao fim. Resta saber se a obrigação de pagar abalará essa determinação. O advogado da empresa esteve indisponível para esclarecer a dúvida, sendo certo que, na queixa inicial, reclamara uma indemnização de 300 euros. O valor do prejuízo que o Lidl alegou ter sofrido, pela perturbação que o furto causou no supermercado. A embalagem de feijão-verde, essa, foi recuperada.

* Lidlichisses, ou piegices...

.

Afaste de si este cálice





.

ALMORRÓIDA CU MENTADORA


Domingos sai,
Sá Pinto promovido

Domingos Paciência já não é treinador do Sporting. Os últimos maus resultados ditaram a saída do treinador, cujo trabalho, apesar do recente voto de confiança do presidente Godinho Lopes, já não era bem visto por uma série de adeptos da equipa de Alvalade.

Para o lugar de Domingos a SAD vai recorrer a Sá Pinto, que até aqui orientava a equipa júnior do Sporting.


CU MENTÁRIO:É por estas razões que o Sporting não convence, não se fixa num técnico para que este numa equipa de gente nova consiga estruturar um balneário.
Eu como sportinguista vindo do oriente, que cheguei de charter há muitos anos, entendo que o Sporting não tinha pior pessoa para substituir Domingos.
Um trauliteiro indisciplinado que gosta de andar à porrada o que vai ensinar aos jogadores, manobras de kung-fu. Continuarei a ser sportinguista, triste, por ver o meu clube dirigido por incompetentes.



IN "A BOLA"
13-02-2012

.


HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Portugueses estão tão desiludidos 
com Passos como estavam 
com Sócrates antes das eleições

Quase metade dos inquiridos considera que a actuação do Governo, eleito há oito meses, está aquém das expectativas criadas. O socialista António José Seguro já é o líder partidário com maior popularidade.

O barómetro de Fevereiro da Aximage, para o Negócios e o Correio da Manhã, mostra que 47,8% dos inquiridos vê o Governo liderado por Pedro Passos Coelho a governar "pior do que esperava". Já 40,7% refere estar a ser "igual ao que esperava", enquanto apenas 9,1% estão surpreendidos pela positiva em relação ao Executivo de coligação.

Contas feitas, o Índice de Expectativas pontua o actual Governo com -18, que era precisamente a "performance" atribuída à governação da equipa liderada por José Sócrates na última vez que foi avaliada neste barómetro, em Abril de 2011. Então, já demissionária e prestes a arrancar para uma campanha eleitoral que resultaria em derrota nas legislativas antecipadas.

Se a nível colectivo, a avaliação popular evidencia que as coisas não estão a correr pelo melhor – embora em Fevereiro até suba um ponto no índice, de -19 para -18 –, a nível individual, Passos Coelho não tem mais motivos para sorrir. É que pela primeira vez, pelo menos no espaço de um ano, o presidente do PSD é, de forma isolada, o líder partidário com pior avaliação do eleitorado: nota 8, numa escala de zero a 20. Há precisamente um ano, era o mais amado pelos portugueses, com nota 10,5.

Para o eleitorado, pior do que o primeiro-ministro, só mesmo o Presidente da República. Conforme já foi noticiado pelo Negócios, Cavaco Silva bateu em Fevereiro o recorde de apreciações negativas à sua actuação no último mês – o mesmo em que se queixou publicamente dos cortes nas suas pensões de reforma –, registando um índice de popularidade de 6,4 na mesma escala.

Seguro é o mais popular, mas gera menos "confiança" para primeiro-ministro Prosseguindo a "performance" oscilante desde que foi eleito pelos socialistas para suceder a José Sócrates na liderança do partido, António José Seguro consegue igualar em Fevereiro o melhor resultado (10,3) desde a eleição como secretário-geral. Tinha-o conseguido já em Novembro do ano passado, curiosamente a coincidir com a "viabilização" do Orçamento para 2012, com o voto de abstenção.

Embora não tenha ainda conseguido suster alguma contestação interna, o eleitorado atribui a Seguro a única apreciação positiva a um líder partidário, superando neste mês o anterior "comandante", o comunista Jerónimo de Sousa, que baixa de 10 para 9,9 valores.

Com a quebra de Paulo Portas (de 9,3 para 8,9) e a ascensão de Francisco Louçã (de 8,5 para 8,9), o presidente do CDS-PP e o coordenador do Bloco de Esquerda têm agora igual apreciação do eleitorado, enquanto líderes partidários, de acordo com o mesmo barómetro.

Apesar de liderar a tabela de popularidade em que Passos ocupa o último lugar, quando questionada a amostra sobre "em quem é que tem maior confiança para primeiro-ministro", o social-democrata é apontado por 39,4%.

Seguro recolhe a preferência de 27,2%, enquanto um em cada quatro inquiridos responde "nenhum dos dois". A tendência nos últimos três meses, porém, é a de subida para o secretário-geral "rosa" e de descida para o presidente "laranja".

FICHA TÉCNICA

Universo: indivíduos inscritos nos cadernos eleitorais em Portugal com telefone fixo no lar ou possuidor de telemóvel.

Amostra: aleatória e estratificada (região, habitat, sexo, idade, escolaridade, actividade e voto legislativo) e representativa do universo e foi extraída de um sub-universo obtido de forma idêntica. A amostra teve 600 entrevistas efectivas: 277 a homens e 323 a mulheres; 155 no interior, 246 no litoral norte e 199 no litoral centro sul; 170 em aldeias, 220 em vilas e 210 em cidades. A proporcionalidade pelas variáveis de estratificação é obtida após reequilibragem amostral.

Técnica: Entrevista telefónica por C.A.T.I., tendo o trabalho de campo decorrido nos dias 1 a 4 de Fevereiro de 2012, com uma taxa de resposta de 73,8%.

Erro probabilístico: Para o total de uma amostra aleatória simples com 600 entrevistas, o desvio padrão máximo de uma proporção é 0,020 (ou seja, uma “margem de erro” - a 95% - de 4,00%).

Responsabilidade do estudo: Aximage Comunicação e Imagem Lda., sob a direcção técnica de Jorge de Sá e de João Queiroz.


* É a justa recompensa para quem toma de assalto o bolso dos portugueses e quer parecer sério.

.

OS 50 MELHORES DE 2011
(PARA A ROLLING STONE)


37 – PANDA BEAR
TOMBOY
BENFICA





LISTAGEM DE FAIXAS

No. Title Length
1. "You Can Count on Me" 2:33
2. "Tomboy" 4:55
3. "Slow Motion" 4:36
4. "Surfer's Hymn" 4:10
5. "Last Night at the Jetty" 4:40
6. "Drone" 4:01
7. "Alsatian Darn" 4:16
8. "Scheherazade" 3:53
9. "Friendship Bracelet" 5:54
10. "Afterburner" 6:50
11. "Benfica" 4:11

INTÉPRETE
Noah Benjamin Lennox

.


HOJE NO
"DESTAK"

Empresas com apoio à contratação 
de jovens desempregados a 
partir de terça-feira

As empresas passam a partir de terça-feira a beneficiar de um apoio à contratação de jovens desempregados que poderá ascender aos 419,22 euros mensais, foi hoje publicado em Diário da República.

A medida - "Estímulo 2012" - foi anunciada pelo Governo no final do ano passado e tem como meta o apoio à criação de 56 mil postos de trabalho dirigidos a desempregados com menos de 25 anos, com um orçamento estimado de 100 milhões de euros.

De acordo com as regras publicadas, esta medida de incentivo prevê a atribuição de um apoio entre os 50 e os 60 por cento (até ao máximo do valor do IAS, os 419,22 euros) do salário dos jovens contratados pelas empresas e que estejam em situação de desemprego há pelo menos seis meses.


* Álvarissas...perdão alvíssaras!


.

.




6- PELOS CÉUS












.


HOJE NO
"i"

Fisco vai passar a pente fino declarações de IRS para verificar cortes nos subsídios de Natal

O fisco vai cruzar as declarações de IRS dos contribuintes e das empresas para verificar se foi devidamente efetuado o corte de 50 por cento do subsídio de Natal a que todos os contribuintes estavam obrigados em 2011.

"Todas as retenções na fonte, quer a nível de retenções gerais de IRS, quer a nível de retenções na fonte em sede de sobretaxa, serão cruzadas e analisadas detalhadamente pela Autoridade Tributaria e Aduaneira", disse à Lusa fonte oficial do ministério das Finanças.

O modelo das declarações fiscais de rendimentos referentes a 2011 inclui novas colunas para a inscrição dos cortes dos subsídios de Natal retidos em dezembro, segundo dois ofícios da Autoridade Tributária difundidos aos serviços de finanças no início deste mês.

Se os serviços de finanças detetarem declarações falsas ou retenções que não foram feitas, quando deveriam tê-lo sido, podem aplicar multas (contraordenações) ou mesmo abrir processos criminais.

"As eventuais irregularidades detetadas serão objeto dos procedimentos de cobrança coerciva e de responsabilização contraordenacional e criminal previstas na lei", advertiu o ministério das Finanças.

No ano passado os contribuintes foram sujeitos a retenção na fonte todos os meses e, em Dezembro, tiveram uma retenção especial de 50 por cento sobre o subsídio de Natal.

Esta retenção foi a forma encontrada para aplicar já em 2011 a sobretaxa de 3,5 pontos percentuais que o Governo somou a todos os escalões de IRS.


* Talvez o "pente fino" encontre caspa.

.
.
49 - GUIA DOS CURIOSOS
 
clique para ampliar



HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Fernando Gomes reuniu-se 
com Cavaco Silva

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol esteve esta manhã reunido com Cavaco Silva, tendo-lhe dirigido convite para marcar presença na final da Taça de Portugal e acompanhar a Seleção Nacional no Campeonato da Europa de 2012.

O Presidente da República ficou de dar resposta aos convites dirigidos por Fernando Gomes, que esteve acompanhado por Hermínio Loureiro e Ângelo Brou, mostrando-se, no entanto, desde já disponível assim que a agenda o permita.

Na audiência acabou também por ser abordada a difícil situação económica do País, com natural influência no futebol, conforme confirmou o presidente da Federação questionado por A BOLA: «Foi, naturalmente, uma situação abordada de forma ligeira.»

O líder federativo vai continuar o seu périplo de reuniões com os mais variados agentes, tendo agora em agenda encontro com o presidente da FIFA, Joseph Blatter.


* Não percebemos como o líder da FPF, aborda de forma ligeira, naturalmente, a situação económica do país, com o sr. Presidente da República. Não lhes interessa o assunto?


.
6 - AVÔZINHOS









..


HOJE NO
"PÚBLICO"

Duque de Bragança recebe nacionalidade timorense e a Ordem de Mérito

O duque de Bragança recebeu nesta segunda-feira a nacionalidade timorense atribuída pelo presidente do parlamento de Timor-Leste, Fernando La Sama Araújo, tendo depois sido condecorado com a Ordem Mérito pelo chefe de Estado do país, José Ramos-Horta.

“É um gesto de grande simpatia e que muito me alegra e honra da parte do parlamento timorense, que eu acho que ultrapassa uma relação pessoal e que tem a ver de algum modo com a ligação entre Portugal e Timor”, disse no final da cerimónia de entrega da nacionalidade. A cerimónia decorreu no gabinete do presidente do parlamento timorense.

De seguida, Duarte Pio de Bragança deslocou-se para o Palácio Presidencial onde foi condecorado com a Ordem de Mérito pelo chefe de Estado timorense, a primeira que recebe de um governo. A Ordem de Mérito pretende demonstrar o reconhecimento de Timor-Leste às pessoas que contribuíram para a causa timorense.

O duque de Bragança “dedicou uma grande parte da sua vida a defender a causa da justiça, da liberdade do povo timorense”, afirmou José Ramos-Horta, agradecendo o apoio dado aos timorenses deslocados em Lisboa. O chefe de Estado timorense destacou também que continua a contar com o Duque de Bragança como “embaixador itinerante, da boa vontade de Timor-Leste” em Portugal e em todos os países.


* Nos idos de oitenta foi Duarte Pio de Bragança a única figura pública portuguesa a defender a causa de Timor. Nessa altura os "democratas" portugueses estavam mais preocupados com a distribuição de "tachos" do que com os massacres de que o povo de Timor era vítima.
Nem se percebe, que a propósito desta sua luta determinada mas muito solitária, o Estado português ainda não tenha reconhecido convenientemente. Será complexo republicano?
Saliente-se que Cavaco Silva foi o primeiro governante a olhar para Timor com seriedade, o seu a seu dono.

.


2 - ARTÉRIAS URBANAS









..


HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"

Contratados sem subsídios

Uma nota informativa enviada às escolas, pelo Gabinete de Gestão Financeira do Ministério da Educação e Ciência, está a gerar controvérsia. A nota esclarece que o pessoal que terminou contrato até 31 de Dezembro de 2011 "tem direito ao subsídio de férias relativo ao período em que exerceu funções em 2011". Quem terminou contrato a 1 de Janeiro de 2012, ou após esta data, "fica abrangido pela suspensão do pagamento dos subsídios de Férias e Natal".

Para Mário Nogueira, secretário--geral da Fenprof, é uma situação de "desigualdade, ilegalidade e de constitucionalidade duvidosa". "Para trabalho realizado no mesmo período, uns recebem, outros não. Penaliza-se quem trabalhou mais". E exemplifica: "um professor contratado em Setembro, cujo contrato acabou a 29 de Dezembro, tem direito a quatro duodécimos do subsídio de férias. Quem terminou contrato a 2 de Janeiro, nada recebe". Nogueira frisa que está apenas em causa o subsídio de Férias, porque o de Natal já foi pago. "O subsídio de Férias é constituído entre Setembro de um ano e Agosto do seguinte". Podem ser afectados "milhares de professores, a começar pelos 15 mil com contratos anuais". O MEC não prestou esclarecimentos.


* Malabarismo financeiro ou vigarice?

.
.

3 - CADA UM VIAJA COMO PODE


IVETE SANGALO


Uma das rainhas dos ares, Ivete Sangalo já deu até declarações do seu amor pelo jatinho Citation SII, que custou mais de R$ 4 milhões. Além de poltronas bem largas, ele também possui uma cama para a cantora descansar durante as viagens entre um show e outro. Mãe zelosa, Ivete hoje diz ser indispensável ter umjatinho, já que não dorme longe do filho Marcelo, de 11 meses.




..


HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Dependência energética
baixa 12%em cinco anos
Números da DGGE apontam para uma dependência energética de 76% em 2010.

A dependência energética de Portugal face ao exterior está a cair. Desde 2005, ano que marca o reforço das políticas de incentivo às energias renováveis, este indicador passou de cerca de 87,2% para 76,8%, em 2010, traduzindo um decréscimo real de 12% (10,4 pontos percentuais).

Os últimos dados da Direcção-Geral de Geologia e Energia mostram ainda que, em períodos muito húmidos, a dependência energética regista igualmente quedas e vice-versa. Esta tendência reflecte o peso crescente que a energia hídrica tem na matriz energética do país e a necessidade de recurso a centrais eléctricas a carvão e gás natural, sempre que os anos são mais secos.

De acordo com fontes do sector, contactadas pelo Diário Económico, a geração em regime especial, na qual se inclui as renováveis e a cogeração (produção combinada de electricidade e gás natural, usada sobretudo em processos industriais), representou uma poupança de combustíveis de 550 milhões de euros, só em 2010. Ou seja 10% do total da factura energética nacional registada neste neste ano, a qual se cifrou em 5.561 milhões de euros.


* Depender 76% em energia do exterior é péssimo, reduzir 12% em cinco anos é muito pouco. E agora com este inverno seco vai aumentar quanto a dependência ao estrangeiro?

.


38 - AMIGOS





.

1 - ESPANTÁSTICO

A Mortalha de Turim
A mortalha de Turim é um pedaço de linho que contém a imagem de um homem que aparentemente morreu de crucifixão. Muitos católicos o consideram como sendo o manto que envolveu o corpo de Jesus Cristo. Atualmente está guardado na Catedral de São João Batista, em Turim, Itália. 

Apesar de várias investigações científicas, ninguém ainda conseguiu explicar como a imagem foi impressa na mortalha, e apesar de várias tentativas, ninguém ainda conseguiu replicar o feito. Testes de radiocarbono o dataram como da Idade Média, porém os apologistas do sudário acreditam que ele é incorrupto – e a datação por carbono só pode datar coisas que decaem.
Anterior à idade média, relatos da mortalha existem como a Imagem de Edessa – confiavelmente reportados desde pelo menos o século 4. Além disso, outro tecido (o Sudário) conhecido desde os tempos bíblicos (João 20:7) é dito ter coberto a cabeça de Cristo na tumba. Um estudo de 1999 de Mark Guscin, um membro da equipe de investigação multidisciplinar do Centro Espanhol de Sindonologia, investigou a relação entre os dois tecidos. Baseado na história, patologia forense, tipo sangüíneo (do Sudário é relatado ter manchas de sangue AB), e padrões de manchas, ele concluiu que os dois tecidos cobriram a mesma cabeça em dois períodos distintos, mas próximos de tempo. Avinoam Danin (um pesquisador da Universidade Hebréia de Jerusalém) concordou com esta análise, acrescentando que os grãos de pólen no Sudário são os mesmos da mortalha.

.
.

3 - MARAVILHAS  DA AMÉRICA DO SUL
.










..