segunda-feira, 28 de novembro de 2011

- UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA..... ADULTOS

.



.

PEPLUM & OTHELLO 
chez Patrick Sebastien





.

FUMAR EMAGRECE


E definitivamente alivia o stress 

.


O GÉNIO DA LÂMPADA





.

HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"

Crédito Agrícola cumpre metas da ‘troika’ 
e não recorre ao Estado
Grupo tem ‘core tier 1’ de 12% e o 
rácio de transformação é inferior a 90%.

O Crédito Agrícola não prevê ter de recorrer à linha de recapitalização dos 12 mil milhões de euros, uma vez que tem neste momento os seus níveis de solvência e liquidez acima do pedido pela ‘troika'. A garantia foi dada sexta-feira pelo seu presidente, João Costa Pinto, à margem do congresso do centenário do grupo.

A instituição está entre os oito bancos que têm de cumprir as exigências estabelecidas pela ‘troika' no memorando assinado com Portugal. Até final do ano, terão de atingir um ‘core tier 1' de 9% e de 10% em 2012. Já em termos de desalavancagem, é pedido aos bancos que cumpram um rácio de transformação (crédito/depósitos) de 120% até 2014.

João Costa Pinto adianta que o Crédito Agrícola (CA) tem actualmente um ‘core tier 1' de 12% e "um rácio de transformação inferior a 90%". Por isso, assegura o responsável, o grupo "está numa situação confortável para fazer face à crise".


* Em Portugal deve ser caso único

.
10 -  LIÇÃO DE  BIOLOGIA




HOJE NO
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

Dos maiores hotéis do País
Empresário investe 38 milhões na Lourinhã

O empresário indiano Rajan Sahay vai investir 38 milhões de euros na construção de um hotel de quatro estrelas na Lourinhã, estando há um ano a espera da alteração do Plano de Urbanização da vila para obter licenciamento da Câmara. O projeto tem previsto um hotel de quatro estrelas com 878 camas (um dos maiores do País), um hotel low coast de 124 camas, centro de congressos, spa, piscinas, campos de ténis e outros espaços de uso desportivo. O empreendimento vai criar 560 novos postos de trabalho diretos e indiretos.


* Sugere-se que não traga vacas sagradas para a pátria dos dinossauros.

.













 As fotos são reais, falta pelo  menos  uma foto da bosta 
que a vaquinha larga enquanto passeia

.


HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTICIAS"

Adeptos do Sporting detidos 
são membros de grupo neonazi

Cerca de 20 elementos da claque do Sporting 1143 recusaram-se a entrar na caixa de segurança. Dois vão hoje a tribunal.

O polémico grupo sportinguista 1143, conhecido pela sua conotação neonazi e por ter sido dirigida pelo skinhead Mário Machado, actualmente detido por vários crimes violentos, voltou a criar problemas no sábado, antes do Benfica-Sporting, da 11.ª jornada da Liga e que terminou com a vitória dos encarnados, por 1-0.

Cerca de 20 elementos recusaram-se, ostensiva e agressivamente, a integrar a "caixa de segurança" - estrutura que o clube da Luz estreou e que tem por objectivo isolar os adeptos do clube visitante - e a PSP encaminhou-os para os "calabouços" policiais que existem no estádio, onde ficaram até ao final do jogo. Dois dos membros do 1143 foram alvo de processo-crime por danos no acrílico da bancada e vão hoje a tribunal.


* Estou muito à vontade, sou sportinguista há muitos anos , "neonazis" NÃO!
Nenhum clube deve admitir gente desta como associada ou espectadora, "jail" com eles de vez.

.

ISABEL STILWELL


Pílula para a insónia 
             do meio da noite

Adormecem com facilidade, de tal forma estão exaustos, mas depois, quando o sono mais pesado passa, acordam e não conseguem voltar a fechar os olhos. Se por acidente alguém os desperta nas primeiras horas, levantam-se num surto de irritação e desespero, gritando pela casa «Agora é que não volto a adormecer».

Há muita gente assombrada por esta Insónia do Meio da Noite, que por vezes é um óptimo pretexto para que o pai não se levante nunca para ir a um bebé que chora: «Se lá vou, já sei que depois não volto a adormecer, e amanhã tenho reuniões importantes», partindo sempre do princípio que o sono das mães é muito mais fácil de conciliar, e que as reuniões delas nunca são importantes, mas adiante.

As razões desta insónia são fáceis de entender. Quando andamos preocupados, mal despertamos somos atacados pela ansiedade, que cumpre a sua função ancestral, ou seja a de nos deixar alerta contra um perigo eminente. A adrenalina dispara, preparando-nos para contra-atacar, o que é absolutamente incomptível com a serenidade necessária para confiar e dormir.

Em tempos de crise este tipo de insónia é compreensivelmente o pão nosso de muita gente. E deve ser mesmo, porque um laboratório criou uma pílula especialmente desenhada para a combater. Com o romântico nome de Intermezzo, foi agora aprovada pela FDA, e vai estar à venda no mercado americano. Em que é que consiste? Aparentemente é uma fórmula muito simples, uma dose mais baixa de um comprimido para dormir, de forma a que o seu poder só funcione durante quatro horas (a tomar apenas se ainda tiver esse tempo para dormir), permitindo acordar sem se sentir grogue.

Sinceramente, nunca sei como saudar estas invenções de mais um comprimido para adormecer um problema... É claro que há problemas que não podemos resolver, mas sempre que possível era de certeza mais saudável gritar com o chefe, esmurrar um saco de boxe, ou quebrar uma relação que envenena.


IN "DESTAK"
24/11/11

.
 
GUIA MICHELIN  2012

RESTAURANTES PORTUGUESES

1 - Ocean do Vila Vita Parc Hotel
(duas estrelas)



 
Inserido no Vila Vita Park, é o restaurante gourmet deste hotel de luxo, cujo chefe, Hans Neuner, foi nomeado Chef do ano 2009. Uma refeição saboreada quer na sala, quer no deslumbrante terraço, desfrutar de uma vista magnífica sobre o oceano. Num ambiente elegante e cuidado, aqui se vivem memoráveis experiências gastronómicas, baseadas em apelativos menus gourmet elaborados semanalmente, aos quais se junta uma notável selecção de vinhos e um serviço ao mais alto nível. 


Localização Alporcinhos
8400-450 PORCHES
Distrito: Faro
Concelho: Lagoa (Algarve)
Freguesia: Porches

Contactos
Telefone282310200
Fax        282315333

.

HOJE NO
"RECORD"
Rui Teixeira e Dulce Félix 
vencem Corta-Mato da Amora

Rui Teixeira e Dulce Félix, ambos do Maratona, ganharam esta a 22.ª edição do Corta-Mato Cidade de Amora, última das três provas de observação com vista ao Campeonato da Europa, a realizar dentro de duas semanas em Velenje (Eslovénia).

Dulce Félix foi uma fácil e folgada vencedora da principal prova feminina. Durante boa parte do percurso ajudou a sua companheira de treino Ercília Machado a garantir o 2.º lugar, destacando-se depois para terminar em 21.01 minutos, com 13 segundos de vantagem sobre a atleta do Sporting de Braga.

Doroteia Peixoto (NA Joane) foi a terceira, com 21.39, devendo ter garantido também um lugar na selecão para o Europeu. Catarina Lima (UD Várzea), sétima classificada, foi a primeira do escalão sub-23.

Na principal corrida masculina, Rui Teixeira destacou-se no final da terceira das cinco voltas ao percurso (10 km) e ganhou em 32 minutos exatos, menos três segundos do que Pedro Ribeiro (Maia AC) e menos 16 do que Ricardo Ribas (Maratona).

Jorge Santa-Cruz (Benfica) foi o melhor sub-23, na quinta posição. O júnior Rui Pinto (Benfica), que foi terceiro no Europeu do ano passado e já ganhara em Felgueiras a primeira das provas de observação, optou hoje pela corrida de seniores, mas desistiu no nono quilómetro, quando perdeu o contacto com o grupo da frente, então já reduzido a quatro unidades.

Ruben Silva (Benfica) e Marta Martins (J. Vidigalense) ganharam as provas de juniores.

A seleção definitiva para o Europeu deverá ser conhecida ao longo desta segunda-feira.


* Determinação


.


19–  OS MESTRES DO DINHEIRO







.
Dia Mundial para a Prevenção do Abuso de Crianças

Prevenção do Abuso de Crianças

.

ALERTA PARA TODOS OS DIAS

.

"Mais de 20 mil crianças morrem por ano nos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), sendo mais de 3.500 vítimas de violência e maus-tratos".
Os números foram recentemente divulgados num relatório do Centro de Pesquisa Innocenti da UNICEF e são sublinhados hoje, Dia Mundial para a Prevenção do Abuso de Crianças.
A nível nacional, e segundo dados recentes das Comissões de Protecção de Crianças e Jovens em Risco, em 2006 houve acréscimo de mais 10 mil processos do que em 2005. No total, 22.673 menores foram assistidos, sendo na maioria vítimas de negligência e maus-tratos.
Foi assinalado neste 19 de Novembro - data que que pretende alertar os Governos e as organizações da Sociedade Civil para um papel mais activo na promoção e respeito dos Direitos da Criança (artigos 19º e 34º da Convenção dos Direitos da Criança), a Associação de Mulheres Contra a Violência (AMCV) exibiu um spot televisivo na SIC que alerta para o dever do Estado e responsabilidade de todos na protecção das crianças e prevenção da violência.
Ainda no âmbito das iniciativas que assinalaram a data a Sociedade Internacional para a Prevenção do Abuso e Negligência de Crianças (ISPCAN) organizaram a Conferência Regional Europeia sobre o Abuso e Negligência de Crianças, que  no dia 21 reuniu peritas/os internacionais e profissionais de 60 países no Centro de Congressos de Lisboa.
Em debate estavam as questões: Será possível parar o Abuso e Negligência de Crianças? O que poderemos aprender com os sobreviventes e seus familiares? Serão os actuais modelos de prevenção e intervenção eficazes?
Entre outros conferencistas, destacaram-se as presenças de Arnon Bentowim (Reino Unido), Kevin Browne (Reino Unido), Claire Brisset (França), Bragi Gudbrandsson (Islândia) e Carl Göran Svedin (Suécia).
Constituída notarialmente em 1993, a Associação de Mulheres Contra a Violência é uma organização não governamental (ONG), independente, laica e sem fins lucrativos, cuja missão é questionar e desafiar as atitudes, crenças e padrões culturais que perpetuam e legitimam a violência contra as Mulheres, Crianças e Jovens.
É membro fundador da Associação Portuguesa para a Prevenção do Abuso e Negligência de Crianças (2005).




Associação de Mulheres Contra a Violência
Alameda D. Afonso Henriques nº 78 - 1º Esq. 1000-125 Lisboa - Portugal
Telf: 21 3802160 | E-mail: sede@amcv.org.pt | Web: www.amcv.org.pt
 

HOJE NO
"JORNAL DE NOTICIAS"

Escrever SMS pode alterar forma 
como o cérebro processa a linguagem

A utilização de abreviaturas e símbolos nas mensagens de texto enviadas por telemóvel ou Internet pode alterar a forma de processar do cérebro, modificando a própria linguagem, defende o neuropsicólogo Michael Corballis.

Para o neuropsicólogo neozelandês, que est�onfer�sta segunda-feira, em Portugal, para participar na conferência "A Origem da Linguagem", as mudanças vão acontecer "em pequenas doses".

Apesar desta evolução ser natural, até porque "a linguagem está continuamente a mudar e a diversificar-se", Michael Corballis duvida que o futuro traga uma língua universal.

Embora reconheça que as rádios, televisões e Internet proporcionem uma "maior universalidade", o cientista lembrou que "as pessoas tendem naturalmente a defender a sua língua e a preservar as diferenças".

Mesmo os gestos e as expressões faciais, que são tidos como comuns à população mundial, não podem considerar-se uma linguagem universal, alerta Michael Corballis.

"A comunidade científica ainda não tem certeza se os gestos podem ser considerados uma linguagem universal, porque não se trata de uma linguagem no sentido estrito", explicou, adiantando que "muitos gestos variam consoante as culturas, o que dificulta perceber o quão universais são".

De acordo com o neuropsicólogo, as expressões do rosto são "provavelmente as mais universais, mas reflectem mais as emoções do que afirmações".

A origem da linguagem vai estar em destaque no Instituto de Ciências da Saúde, em Lisboa, onde o neozelandês vai explicar as suas teorias sobre o assunto.


* A "telemaneira" de abreviar o conhecimento.

.

PATRIMÓNIO IMATERIAL 
DA HUMANIDADE

ALFREDO MARCENEIRO

CABELO BRANCO É SAUDADE





,

ALMORRÓIDA APLICADA


Portuguesa eleita presidente 
                  da maior sociedade 
norte-americana 
                 de Matemática Aplicada

A matemática portuguesa Irene Fonseca foi eleita presidente da Sociedade de Matemática Aplicada e Industrial, sedeada em Filadélfia, sendo a primeira vez que um português preside à instituição fundada em 1952, anunciou neste domingo o Ministério da Educação.

“Irene Fonseca acabou de ser escolhida para um importante cargo científico norte-americano e internacional. Foi eleita presidente da SIAM – Society for Industrial and Applied Mathematics”, a maior sociedade científica dedicada à Matemática Aplicada, constituída por cerca de 13.000 membros individuais e 500 institucionais de todo o mundo, refere o Ministério da Educação e Ciência (MEC) em comunicado.

O ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, felicitou a investigadora pela eleição para o cargo, considerando que é “mais um reconhecimento” da sua dedicação à investigação.

“Em meu nome e do Ministério da Educação e Ciência felicito-a pela sua eleição como presidente da SIAM. Este é mais um reconhecimento de uma exemplar dedicação à ciência e à investigação que a conduziu a uma brilhante carreira de nível internacional, que nos honra. Os nossos mais sinceros parabéns”, escreveu Nuno Crato numa mensagem enviada à investigadora.

O Ministério da Educação salienta no comunicado que é a primeira vez que um português preside à instituição e a segunda que uma mulher é designada para o cargo desde a sua fundação, em 1952.

Irene Fonseca é professora do Departamento de Ciências Matemáticas da Universidade de Carnegie Mellon, nos Estados Unidos, onde dirige o Center for Nonlinear iv rysis.

Desenvolve investigação em mecânica dos meios contínuos, equações às derivadas parciais e cálculo das variações, bem como em aplicações como visão computacional e novos materiais.

A investigadora é colaboradora regular da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), do Ministério da Educação e Ciência e da comunidade matemática portuguesa, nomeadamente da Sociedade Portuguesa de Matemática. Pertence ainda ao Conselho de Curadores da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior.

Irene Fonseca licenciou-se em Matemática na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e doutorou-se na Universidade do Minnesota, Estados Unidos.

Trabalhou em Paris e no Instituto Max Planck em Leipzig, Alemanha. Em 1997 foi condecorada pelo presidente da República com o grau de Grande Oficial da Ordem Militar de Sant´Iago da Espada. 


IN "PÚBLICO"
27/11/11


.


HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Portagens nas Scut 
entram em vigor a 8 de Dezembro

As portagens nas estradas sem custos para o utilizador (Scut) do Algarve, Beira Interior, Interior Norte e Beira Litoral/Beira Alta vão entrar em vigor a 8 de Dezembro. Os residentes nas áreas circundantes terão acesso a isenções e descontos.
As portagens serão aplicadas na A22, na A23, na A24 e na A25, a partir de 8 de Dezembro, de acordo com os Decreto-Lei nº111/2011, publicado hoje em Diário da República. O diploma revela que haverá isenções para as “primeiras 10 transacções mensais” para pessoas com residência ou empresas com sede naquelas áreas. “Usufruem de um desconto de 15% no valor da taxa de portagem aplicável em cada transacção que não beneficie da isenção” prevista anteriormente, revela a mesmo fonte.

Este diploma foi hoje publicado, depois de a 16 de Novembro o Presidente da República ter promulgado o diploma que introduzia portagens nestas concessões.

* Ao assalto...

.


9– África em beleza








África em beleza mostra o insólito, a mágoa, o esforço a criatividade e a natureza, tudo sem troçar de quem lá vive, que, na sua grande maioria é gente sofrida e explorada.

.

HOJE NO
"DESTAK"

Banco Alimentar
Campanha angariou mais 
de 2.950 toneladas de alimentos

O Banco Alimentar contra a fome angariou mais de 2.950 toneladas de alimentos durante o fim-de-semana na campanha realizada em 1.615 superfícies comerciais do país e que atingiu resultados semelhantes aos do ano passado.


De acordo com um comunicado do Banco Alimentar, os géneros alimentares recolhidos em 1.615 superfícies comerciais vão ser distribuídos na próxima semana a mais de 2.047 Instituições de Solidariedade Social que os vão entregar a 329 mil pessoas com carências alimentares.

A presidente da Federação dos Bancos Alimentares Contra a Fome, Isabel Jonet, refere em comunicado que “tanto as quantidades recolhidas como o número de voluntários (mais de 36 mil) ultrapassaram todas as expetativas”.

“Em termos de quantidades, os resultados atingidos comparam muito razoavelmente com os melhores alcançados no ano passado por esta altura do ano, pese embora a evidente contração do rendimento disponível e do poder de compra dos portugueses”, refere Isabel Jonet.

Ao longo desta semana, até domingo os portugueses podem ainda contribuir para os Bancos Alimentares Contra a Fome on line, no site www.alimentestaideia.net, uma nova plataforma de recolha de alimentos na Internet.

A nova plataforma permite comprar na Internet “ao mais baixo preço do mercado, um conjunto de seis produtos alimentares para ajudar as famílias e cujo pagamento pode ser feito por Multibanco ou Visa.

Em 2010, os 19 Bancos Alimentares Contra a Fome Operacionais distribuíram um total de 26.567 toneladas de alimentos, ou seja um movimento médio de 106 toneladas por dia útil”.


* Como é possível este povo poder ser tão solidário e ao mesmo tempo tão ingénuo para se deixar enrolar por políticos tão pouco escrupulosos.


.
.

38 - GUIA DOS CURIOSOS
 
clique para ampliar



C A N C R O  DA  M A M A

L U T E  P O R  E S T A   C A U S A





INFORME-SE COMO

.

HOJE NO
"i"

Oportunidades low cost
Torne-se patrão de si próprio com mil euros

Está com receio de ser o seu próprio patrão? Apostar num negócio já testado e com provas de sucesso são algumas das mais--valias de investir no franchising. "Permite a quem tem pouca ou nenhuma experiência empresarial abrir um negócio com menos risco e com maior probabilidade de ser bem sucedido porque beneficia do facto de estar inserido numa rede de apoio e formação por parte da estrutura do franchisador e da notoriedade de uma marca já existente", refere ao i a directora do IIF, Andreia Jota.

Há negócios para todos os gostos e preços. De acordo com a responsável é possível iniciar uma actividade a partir dos mil euros – em áreas como publicidade e comunicação online ou serviços de gestão – ou ir até aos 250/500 mil euros, em áreas como a restauração, health clubs ou mobiliário e decoração.

Andreia Jota reconhece, no entanto, que o sector dos serviços é aquele que tem maior potencial de crescimento "porque é o mais procurado", sendo responsável por 54% das oportunidades de negócio existentes no mercado. "Isto deve-se essencialmente a três factores: o perfil do investidor existente no mercado é um quadro médio superior mais vocacionado para esta área, maior procura por parte das empresas e consumidores de serviços especializados, sendo que é neste sector que se reúnem o maior número de oportunidades de baixo investimento", adianta.

A estética, saúde e bem-estar são, dentro dos serviços, as áreas de negócios responsáveis pelo maior número de abertura de unidades e pesam 34% nos novos negócios. Já a compra e venda de ouro é a principal actividade e é responsável por 35% das novas aberturas nos primeiros seis meses do ano.

Andreia Jota afirma ainda que, devido à crise financeira, o franchising foi obrigado a reinventar-se e, como tal, assistimos à criação de novos conceitos de negócios para serem "à prova de crise", mais ajustados à realidade económica actual e com custos mais flexíveis. "Esta situação deu origem ao aparecimento de uma nova geração de modelos de negócio, as chamadas oportunidades low cost, que o são não apenas ao nível de investimento, mas também no que diz respeito aos custos envolvidos e ao nível de serviço oferecido ao consumidor."

Segundo as contas do IIF, cerca de 60% das marcas tem um nível médio de investimento igual ou inferior a 50 mil euros, enquanto que há 10 anos o nível médio de investimento situava-se nos 100 mil euros. Esta tendência tem vindo a acentuar-se: mais de metade das novas marcas surgidas no primeiro semestre do ano não ultrapassam os 22 500 euros.


* Parece fácil, né! Vamos ser um país de empreendedores.

.


6 - ECONÓMICOS












Mesmo em crise e grave duvidamos que houvesse muitos portugueses a adoptarem carros destes em óbvios modelos recentes. 
O "show off" instalou-se com o "cavaquismo", desde os jeeps "pipi" que nunca pisaram uma estrada de terra, até à troca de cars dee dois em dois anos tudo é possível neste país de gastadores eméritos.



HOJE NO
"PÚBLICO"


OCDE antecipa a pior recessão e desemprego para Portugal em 2012 
No próximo ano, a economia portuguesa deverá
contrair 3,2%, antecipa a OCDE. Esta é a pior 
previsão feita por uma organização internacional 
até à data. A taxa de desemprego vai subir mais 
do que o previsto e ultrapassar os 14% em 2013.

No seu Economic Outlook (relatório sobre perspectivas económicas), hoje divulgado, a Organização para a Cooperação e do Desenvolvimento Económico (OCDE) antecipa a pior recessão para Portugal. Em 2012, a economia nacional deverá recuar 3,2%, mais do que os 3% admitidos pelo Governo e pela troika.

A taxa de desemprego prevista pela OCDE para 2012 é, também, pior do que estima o Governo e a troika. A organização projecta que o número de pessoas desempregadas atinja, no próximo ano, os 13,8% da população activa, enquanto o Governo aponta para 13,4% e a Comissão Europeia (CE) para 13,6%.

Do mesmo modo, em 2013, a OCDE prevê que o desemprego volte a aumentar, para um máximo histórico de 14,2%, enquanto Bruxelas admite uma subida ligeira para os 13,7%. Quanto ao Governo, antecipa que, dentro de dois anos, a taxa de desemprego já esteja a descer, fixando-se nos 13%.

Na proposta do Orçamento do Estado (OE) de 2012, o Governo aponta para uma contracção económica de 2,8% no próximo ano, mas, recentemente, o ministro das Finanças, Vítor Gaspar, veio já admitir que a recessão deverá ser pior do que o esperado, alinhando as suas previsões com as da CE, que aponta para um recuo do PIB de 3%.

Agora, é a vez de a OCDE apresentar uma previsão ainda pior, na sequência das sucessivas revisões em baixa das perspectivas de crescimento da zona euro, onde se concentram a grande maioria das exportações nacionais.

Além disso, a organização está também mais pessimista do que o Governo e a troika quanto à recuperação da economia portuguesa depois de 2012. Nas previsões da OCDE, o PIB nacional deverá crescer apenas 0,5% em 2013. A Comissão Europeia está a antecipar o dobro do crescimento (1,1%) e o Governo também (1,2%).

Só nas metas do défice parece haver correspondência entre as previsões da OCDE e as da troika. Em linha com o que está traçado no programa de assistência financeira, Portugal deverá chegar ao final deste ano com um défice de 5,9% e de 4,5% no próximo ano. Em 2013, o défice orçamental descerá para 3%, dentro dos limites de Bruxelas.

Riscos negativos prevalecem

A OCDE alerta ainda que permanecem vários riscos negativos no horizonte, o que poderá levar a uma revisão em baixa destas projecções. “A forte deterioração das condições globais e os efeitos mais negativos do que o previsto da consolidação orçamental na procura poderão levar a uma contracção mais pronunciada da actividade económica”, avisa a instituição sedeada em Paris.

A OCDE deixa ainda outro alerta: “Mais más notícias do lado orçamental podem vir a enfraquecer a confiança”, numa referência ao desvio detectado nas contas públicas deste ano, que obrigou a medidas extraordinárias – como o imposto equivalente a um corte o subsídio de natal e a transferência do fundo de pensões da banca para o Estado – para atingir a meta do défice de 5,9% do PIB.

A este respeito, a OCDE recorda o Governo de que terão de ser tomadas medidas para compensar a eliminação dos subsídios de férias e de natal dos funcionários públicos e pensionistas, em 2012 e 2013, quando esta deixar de se aplicar.

“Para sustentar o esforço de consolidação no médio prazo, reformas estruturais na administração pública devem ser implementadas para aumentar a sua eficiência e capacidade de atrair funcionários altamente qualificados”, refere a instituição.


* Só quem anda na rua a assobiar para o lado é que não percebe que 2012 vai ser um ano de miséria em Portugal, com mais empresas a fechar, muito mais desemprego, a economia paradinha e as exportações também a descerem, não é preciso ser Einstein para concluir isto.
Agora tome nota desta previsão:
- a economia vai contraír no mínimo 3,5%
- o desemprego vai ficar entre 14% e 14,5%.
Muito gostaríamos de estar errados


.
.
5 - BASTIDORES DE PALCO
 






 


HOJE NO
"A BOLA"

Luís Filipe Vieira admite 
«rever relações com o Sporting»

Luís Filipe Vieira reage com dureza à posição assumida pelo Sporting após o derby de sábado, no Estádio da Luz. Presidente do Benfica lamenta que Godinho Lopes se reveja nas declarações de Paulo Pereira Cristóvão e, face à gravidade das afirmações do vice-presidente leonino, admite «rever as relações» com o clube de Alvalade.

«Custa-me muito que um presidente de um clube com a grandeza do Sporting se reveja nesse tipo de declarações. Mal vamos quando isto acontece. A ser assim, admito rever as relações com o Sporting daqui para a frente», afirmou Luís Filipe Vieira, esta segunda-feira, à saída de um encontro com o presidente da República de Moçambique, em Lisboa.

O presidente dos encarnados está convicto de que o incêndio que deflagrou após o derby resultou «de fogo posto e premeditado», tendo «destruído por completo» aquele sector do Estádio da Luz.

Os responsáveis, acusou, são «marginais que não merecem protecção nem conforto».

De resto, Luís Filipe Vieira refutou as críticas leoninas de sobrelotação no sector destinado aos adeptos do Sporting.

«O sector em causa tem mais de três mil lugares e o Sporting apenas pediu 2400 bilhetes. Não percebo as acusações de sobrelotação», argumentou. 


* As picardias não beneficiam ninguém mas parece que são uma das almas do negócio chamado futebol, que de desporto vai tendo pouco.

.
 
11 - Onde as crianças dormem

James Mollison viajou ao redor do mundo e decidiu criar uma série de fotografias mostrando quartos infantis, que foi, depois, compilada em um livro, intitulado Onde as crianças dormemCada par de fotografias é acompanhada por uma legenda estendida que conta a história da criança. As diferenças entre cada espaço do sono são impressionantes, revelando e confirmando, sob mais um aspecto, como somos desiguais.

 Mollison nasceu no Quênia em 1973 e cresceu na Inglaterra. Depois de estudar arte e design na Universidade de Oxford Brookes, e cinema e fotografia em Newport School of Art and Design, ele se mudou para a Itália para trabalhar no laboratório criativo da fábrica da Benetton.
O projeto tornou-se uma referência de pensamento crítico sobre a pobreza e a riqueza, sobre a relação das crianças com as suas posses -ou a falta delas. O fotógrafo espera que seu trabalho ajude outras crianças a pensar sobre a desigualdade no mundo, para que, talvez, no futuro eles pensem como agir para diminuir esta diferença.
 
 Nantio, 15, é membro da tribo Rendille no norte do Quênia. Ela tem dois irmãos e duas irmãs. Sua casa é uma pequena barraca feita de plástico. Há um fogo no centro, em torno do qual a família dorme. As tarefas de Nantio incluem cuidar de caprinos, cortar lenha e carregar água. Ela foi até a escola da aldeia por alguns anos, mas decidiu não continuar. Nantio está esperando o seu moran (guerreiro) para casar. Ela só tem um namorado no momento, mas não é incomum para uma mulher Rendille ter vários namorados antes do casamento.
 
 .

HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"

Dor Crónica: 
Doentes não fazem tratamento
por falta de dinheiro
Um em cada quatro portugueses com dor crónica 
não consegue realizar o tratamento prescrito
pelo médico por falta de dinheiro, indica um 
estudo da revista Deco Proteste.

Segundo o estudo divulgado esta segunda-feira, os doentes queixam-se da rápida perda de eficácia dos fármacos prescritos, sublinhando o custo elevado do tratamento, que ronda os 77 euros por mês, a que se junta, muitas vezes, a despesa com o transporte até à unidade de saúde ou hospital e o preço das consultas privadas.

Os custos apurados para o Estado e para as empresas são "de grande dimensão" uma vez que a dor mal controlada é a causa de cerca de 11 milhões de faltas ao trabalho todos os anos.

Os dados indicam que, no último ano, 28% dos portugueses faltaram ao trabalho nove dias em média por sentirem dores.

Os problemas nas costas e no pescoço são responsáveis pelo sofrimento da maioria das pessoas que responderam ao inquérito. Cerca de metade dos inquiridos revelou dores de cabeça e enxaquecas e quatro em cada 10 dores nos músculos e nas articulações.

Além de Portugal, o estudo foi feito ao mesmo tempo noutros quatro países - Bélgica, Brasil, Espanha e Itália - por organizações de consumidores e em todos as dores musculoesqueléticas lideram o ranking.

Recorde-se que a dor crónica, de forma continua ou persistente por mais de três meses, afecta 27% dos portugueses e um em cada três não tem acompanhamento médico.

A amostra do estudo da Deco Proteste, que decorreu entre Janeiro e Marco de 2011, abrangeu 2.370 portugueses que responderam ao inquérito, cujos dados foram depois tratados "para assegurar a representatividade por idade, sexo, região e nível de educação", referem os responsáveis pelo trabalho.


* O país está muito doente

.
27 – AMIGOS


.


9 – Dos cafés mais lindos