quarta-feira, 16 de novembro de 2011

- UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA


 HOMEM BOMBA

Um sujeito conhece uma loira numa noitada
e leva-a para um Motel.

 
Já instalados no apartamento, ele tira a camisa,
deixa os seus bíceps à mostra e diz:
 - Isto são 80 kg de dinamite!
Mostra o abdómen e diz:
- 100 kg de dinamite!
Depois tira a bermuda, mostra as coxas e diz:
- 120 kg de dinamite!
Enfim, ele tira a cueca samba-canção e a mulher sai a correr 
pelos corredores do motel, gritando:

 
- Evacuem o Motel!!! ...

 
O meu quarto está cheio de explosivos 
e o pavio é curto !!!

.
9 - VIDA SUBMARINA





AOS NOSSOS/AS 
VISITADORES/AS


Os comentários feitos às notícias veículadas nos jornais e inseridas neste blogue são a título gratuito.
Nenhum comentador recebe dinheiro, robalos, charutos, electrodomésticos,  automóveis, barris de petróleo, diamantes ou droga. Também não há nenhum saco azul.

A Redacção
.

ONTEM NO
"PÚBLICO"

Presidente do BES Angola interrogado 
em Lisboa por suspeita de
branqueamento de capitais

O presidente do Banco Espírito Santo de Angola (BESA), Álvaro Sobrinho, foi interrogado na terça-feira à tarde, no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, no âmbito de um inquérito que decorre desde meados do ano passado no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP).

A investigação teve origem numa denúncia apresentada pelas autoridades de Angola, depois de ter sido detectada uma fraude de 137 milhões de dólares no Banco Nacional de Angola.

O responsável máximo pelo BESA é suspeito de participação em crimes de branqueamento de capitais, já que terá sido através da instituição por si dirigida que parte daqueles dinheiros (33 milhões) terá sido encaminhado para Portugal. Álvaro Sobrinho já teria prestado depoimento logo no início do inquérito, mas só esta terça-feira terá sido constituído como arguido.

O advogado, Artur Marques, adiantou à Lusa que Álvaro Sobrinho, interrogado pelo juiz Carlos Alexandre, durante cerca de sete horas, foi sujeito às medidas de coacção de proibição de contacto com os outros arguidos do processo e uma caução de 500 mil euros. O arguido mantém-se em liberdade já que o seu advogado vai recorrer das medidas de coacção impostas pelo juiz.

Tanto por parte de fonte oficial do BES como da agência que faz a comunicação do BESA em Portugal, a Youngnetwork, foi dito ao PÚBLICO que, de momento, não havia comentários a fazer. O site do BESA esteve, durante a tarde, “temporariamente indisponível”, e assim continuava ao início da noite, conforme se lia na página de Internet da instituição. Outros sites de empresas angolanas estavam a funcionar.

No início do passado mês de Junho, a Polícia Judiciária (PJ) procedeu a buscas na moradia de Álvaro Sobrinho onde terão sido apreendidos um automóvel, uma mota e cerca de 200 mil euros em dinheiro. No dia seguinte, a Procuradoria-Geral da República de Angola divulgou um comunicado revelando que numa busca, realizada nos arredores de Lisboa, no âmbito das investigações do DCIAP, tinham sido “apreendidas viaturas de topo de gama e diversa documentação”.

A mesma nota dava também conta que tinha sido possível “recuperar avultadas quantias em dólares americanos e em euros”, indicando tanto o procurador responsável pelo inquérito como os elementos da equipa da PJ afecta à investigação, sublinhando o seu “excelente desempenho”.

A fraude terá sido desvendada em Fevereiro do ano passado, na sequência de um inquérito do banco central angolano. As autoridades de Luanda revelaram então que tinham sido presas 18 pessoas, acusados de terem montado um esquema fraudulento que entre Setembro e Novembro de 2009 tinha permitido desviar 137 milhões de dólares.

O dinheiro teria sido encaminhado para países como Portugal, Alemanha, China, Dubai, Áustria Suíça e as Ilhas Caiman. O procurador-geral da República angolano, João Maria de Sousa, informou ainda que todos os presos eram funcionários de baixo escalão do Banco Nacional de Angola e do Ministério da Finanças, mas admitiu também a possibilidade de virem a ser feitas detenções entre oficiais de alto escalão.

Segundo foi então noticiado, o esquema de fraude consistia em falsas importações de produtos de outros países, através das quais eram justificadas as saídas do dinheiro. Entre os produtos supostamente importados estariam produtos como máquinas limpa-neves.

Angolanos detêm 48% do BESA

Presidido por Álvaro Sobrinho, o BESA é actualmente um dos principais bancos a operar neste país africano, tendo iniciado as suas actividades em Janeiro de 2002.

O Banco Espírito Santo (BES) foi diminuindo a sua participação accionista, mas ainda hoje é o principal investidor, com 52% por cento do capital.

A última alteração ocorreu em Dezembro de 2009, quando a instituição financeira liderada por Ricardo Salgado vendeu 24 por cento a investidores locais por 254 milhões de euros, negócio que gerou uma mais-valia líquida de 180 milhões de euros. O comprador foi a Pormill, uma empresa pouco conhecida e que o BES apenas apresentou como estando ligada à área de investimentos e telecomunicações.

Em Agosto de 2010, com base numa investigação do jornalista e activista Rafael Marques, o PÚBLICO escreveu que a Portmill tinha como accionistas oficiais militares afectos à Casa Militar da Presidência da República deste país, chefiada por Manuel Hélder Vieira Dias Júnior (conhecido por Kopelipa).

De acordo com o relatório de Rafael Marques, intitulado Presidência da República: o epicentro de corrupção em Angola, numa primeira fase os accionistas da Portmill eram Kopelipa, Manuel Vicente (presidente da Sonangol) e o general Dino (chefe das comunicações da Presidência da República).

Depois, houve uma transferência formal da titularidade das acções da Portmill para os subordinados de Kopelipa, que ocorreu em Junho de 2009. Além da Pormill, o BES conta com outros parceiros angolanos, destacando-se o grupo Geni, ligado a Isabel dos Santos, com cerca de 19% do capital.


* A razão da denúncia das autoridades angolanas não é movida pela fraude de 137 milhões de dolares ao Banco Nacional de Angola. 
A razão é que este "Chico esperto" não se baldou convenientemente com uma parte substancial da "massa" para os seus cúmplices. Daí as autoridades "chibarem". Entendidos???

.
ORMIE THE PIG






.

ALMORRÓIDA BEIJOQUEIRA



Benetton põe líderes políticos e religiosos a beijarem-se












Para já estão disponíveis seis imagens, das quais se destacam Barack Obama a beijar o presidente venezuelano Hugo Chavez e o Papa Bento XVI a dar um beijo na boca do Imã Al-Azhar.
Mais uma campanha publicitária da Benetton que promete dar polémica, com montagens de líderes políticos e religiosos a beijarem-se na boca - a marca de moda italiana fez furor com campanhas deste género na década de 90.
O tema central desta campanha intitulada "UnHate" é o beijo e resume-se a um slogan: "Neste mundo, o ódio nunca é apaziguado pelo ódio. Só o não odiar pode apaziguar o ódio".
Esta manhã, a fotografia onde se vê o Papa Bento XVI a beijar o Imã egípcio foi colocada num enorme cartaz publicitário na Ponte de Sant'Angelo, em Roma, a poucos metros do Vaticano.

Texto IN "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
16/11/11
.


HOJE NO
"A BOLA"

«Bosingwa e Ricardo Carvalho no Europeu? Só como espectadores» 
- Paulo Bento

Não há pedido de desculpas que valha a Bosinwga e a Ricardo Carvalho. Quem o diz é o seleccionador nacional Paulo Bento, que afastou por completo a possibilidade de os dois jogadores virem a ser chamados para representar Portugal no Campeonato da Europa de 2012.

«Só como espectadores», atirou Paulo Bento, quando questionado sobre a situação dos dois jogadores, na conferência de imprensa referente ao jogo com a Bósnia, que valeu o apuramento de Portugal para o Euro-2012.

Ricardo Carvalho abandonou um estágio da Selecção a 31 de Agosto, em vésperas de Portugal defrontar o Chipre na fase de qualificação. Bosingwa não é chamado desde Fevereiro e já disse que não voltará à Selecção com Paulo Bento.


* Merito dos "empregados", demérito dos "patrões".
Numa grande multinacional nenhum empregado da qualidade de Bosingwa ou Ricardo Carvalho seriam despedidos por causa duma escaramuça de palavras. O administrador da empresa teria o bom senso de tratar dois trabalhadores que valem milhões, duma maneira firme, punindo-os, mas sem azo a despedimento.
Agora em Portugal, os patrões da empresa minorca chamada FPF, que detém o monopólio da representatividade nacional, despede sem apelo estes trabalhadores.
Chama-se boçalidade de primas-donas em full-time.
Pior ainda é que a tutela assobia para o lado.


.
DUO MAINTENANT




N


HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"
 
Alunos de 18 anos consomem mais quantidades de bebidas destiladas

A quantidade de bebidas destiladas consumida pelos alunos de 18 ano aumentou de 13 por cento em 2007 para 32,5 por cento em 2011. Os dados constam no Estudo sobre o Consumo de Álcool, Tabaco e Drogas, apresentado esta quarta-feira no Instituto da Droga e da Toxicodependência.

O consumo de álcool nos jovens continua a ser a grande preocupação do IDT, com os alunos de 18 anos a preferirem agora o consumo de bebidas destiladas em detrimento da cerveja. Nos alunos com 13 e 14 anos, o consumo de cerveja tem maior prevalência.

No que diz respeito às drogas ilícitas, de referir uma ligeira diminuição do consumo frequente de canábis, apesar de ter existido um aumento dos jovens que admitem ter experimentado.


* E se prendessemos os pais destes miúdos??? Desculpem qualquer coisinha...


.

ÁUREA SAMPAIO






  

Venha de lá o plano B

Mesmo quando a nossa vida é dominada pela necessidade de sabermos fazer bem as contas, este não é o tempo dos contabilistas. E muito menos dos banqueiros

É humilhante ver a Europa a pedinchar junto dos seus parceiros do G20 e a levar tampa e puxões de orelhas por mau comportamento. A Europa berço da democracia, até ainda há pouco admirada pela construção de um espaço único de civilização e prosperidade, a Europa sinónimo de liberdade e de pujança jaz, doente e isolada, no leito de um destino incerto. Até este frenesim inconsequente de cimeiras, de onde os líderes vão saindo com uma mão cheia de nada e outra de coisa nenhuma, emana já o cheiro insuportável da putrefação. Por detrás da coreografia das aparências, com sorrisos, apertos de mãos e as inevitáveis photo opportunities, esconde-se a debilidade das lideranças. Por ali não se descortina pensamento político estruturado e muito menos sombra de causa ou ideal, o que é trágico quando o objetivo primordial da política deveriam ser as pessoas, o seu bem-estar e a sua felicidade. Pelo contrário, a esmagadora maioria dos poderosos que nos governam guia-se pela frieza dos números, como se a política fosse um pingue-pongue estatístico em que inflação, taxas de juro e cotações valessem por si e não pelo reflexo que têm no emprego, nas pensões ou na qualidade de vida das pessoas reais.

Mesmo quando a nossa vida é dominada pela necessidade imperiosa de sabermos fazer bem as contas, este não é o tempo dos contabilistas. E muito menos dos banqueiros, pois é a governação da alta finança que tem mergulhado a Europa na instabilidade e na angústia. Se olharmos com atenção para o currículo da maior parte das figuras que decidem as nossas vidas a partir das chancelarias europeias, reconhecemos-lhes percursos quase miméticos, desde os bancos de escola. Pensam todos da mesma forma, frequentam os mesmos sítios, revezam-se nos cargos importantes. Por exemplo, Mario Draghi, o italiano que chegou agora à presidência do Banco Central Europeu (BCE), foi governador do Banco de Itália, ex-diretor executivo do Banco Mundial e diretor executivo da famosa Goldman Sachs, um dos bancos causadores da crise do subprime. Instituição financeira de onde, curiosamente, foi conselheiro Mario Monti, o ex-comissário europeu agora muito falado para substituir Berlusconi à frente do Governo italiano. Também António Borges, o português que dirige o Departamento Europeu do FMI, foi vice-presidente do conselho de administração da mesma Goldman Sachs. Lucas Papademus, o nome que poderá suceder a Papandreou como primeiro-ministro grego, tem, igualmente, experiência na banca. Além de governador do Banco da Grécia, foi vice-presidente do BCE, sendo visto como um homem da confiança do sistema financeiro europeu. Jean Claude Juncker, o conhecido presidente do chamado Eurogrupo, foi governador do Banco Mundial e presidiu ao FMI...

Esta gente e outra da mesma estirpe já provou que não serve. Precisamos de políticos, precisamos de ideias, de ideias protagonizadas por gente de coragem, capaz de resistir à cartilha de uma austeridade que não está a resolver os problemas, mas a agravá-los. É urgente ter um plano B e é fundamental estarmos o mais unidos possível, mesmo com todas nossas diferenças. Em tempos de guerra não se limpam armas, e nós estamos em guerra. Só quem entender isso ficará na História.


IN "VISÃO"
10/11/11

.

VAMOS TODOS FAZER, 
PARA VER SE ELES ABREM A PESTANA!


PROPOSTA:

- no dia 20 (Domingo) de Novembro de 2011,  15:00, a nível nacional, vamos, todos nós consumidores domésticos, desligar TUDO durante uma hora (os nossos congeladores aguentam mais do que isso quando há uma "anomalia" na rede que nos deixa sem energia e as baterias dos nossos portáteis também)

A EDP  teme os prejuízos desta medida motivado pelos milhões de portugueses, que tomaram consciência dos abusos a que estão sujeitos e por isso estão dispostos a esta acção.



.

HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"
 
Saiba quais os carros de luxo
que o Fisco já penhorou

Entre a lista de automóveis penhorados, a Mercedes e a Volkswagen são as marcas mais representadas.
Dois Ferrari, um Rolls Royce, quatro Jaguar e dez Porsche são alguns dos 1.343 carros de luxo que foram este ano penhorados pelo Fisco e que correm o risco de serem vendidos a preço de saldo, caso os proprietários não paguem as suas dívidas.
Saiba quais e quantos são os carros de elevado valor que o Fisco já penhorou.

Carros penhorados em 2011
Marca Número de penhoras
Volkswagen 336
Volvo 159
Mercedes 370
MV Agusta 1
Alfa Romeo 27
Husqvarna 4
Harley-Davidson 3
BMW 140
Saab 9
Land Rover 21
Range Rover 3
Lotus 1
Jeep 18
Lancia 28
Porsche 10
Yamaha 95
Chrysler 7
Lamborghini 4
Ducati 3
Ferrari 2
Audi 97
Jaguar 4
Rolls-Royce 1



* Um significativo exemplo da "Sociedade do Armário" em que vivemos, sem no entanto passarmos da pinderiquice.

.


4 – A HISTÓRIA DOS JOGOS EM VÍDEO



Apanhado a 292 km/h 
porque publicou vídeo no Youtube


Um condutor holandês foi detido por circular a 292 quilómetros/hora numa estrada belga com um Aston Martin. O pendura filmou a peripécia que depois foi publicada no Youtube, o que permitiu às autoridades chegar até ao acelera. Veja o vídeo.

No vídeo, colocado na internet e divulgado pelos meios de comunicação locais, podemos acompanhar a viagem de dois passageiros ao longo da estrada número 17 na Flandres, na Bélgica.




No início do vídeo ouve-se o condutor apresentar o seu Aston Martin como o "Carbon Black Edition", pelo que foi possível chegar até ao condutor, já que, na Bélgica, apenas foram vendidos três exemplares do veículo, que custa cerca 190 mil euros.

Um porta-voz da polícia belga disse que outros vídeos publicados na internet ajudaram a que as autoridades identificassem o veículo pois é possível ver a matrícula do Aston Martin a acelerar pela estrada com algum trânsito.

O motorista pode ser processado com base no conteúdo do vídeo e arrisca-se a uma multa de 2750 euros bem como a perder a carta de condução e o automóvel, diz a imprensa belga.


Texto  IN "JORNAL DE NOTÍCIAS"
10/11/11


.


HOJE NO
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

Visita oficial a Angola
Passos Coelho viaja hoje para Luanda

O primeiro-ministro viaja hoje para Angola para uma visita oficial, durante a qual se encontra com o presidente José Eduardo dos Santos. Durante a estada de cerca 40 horas em Angola, onde chega ao final da tarde de hoje, o primeiro-ministro encontrar-se-á ainda com o presidente da Assembleia Nacional, Paulo Kassoma, após o que visitará as obras do novo edifício do parlamento. O programa inclui visitas à Escola Portuguesa de Luanda e às obras de requalificação da Baía. O regresso a Portugal está marcado para sexta-feira.


* Continuamos de modo inconsequente a apoiar o "Caciquismo Eduardino". Virá o tempo em que teremos de receber os empresários portugueses que lá se encontram como "os espoliados do ex-ultramar".
Isto para além de que as "madames" vêm a Portugal ao cabeleireiro via TAP e devem milhões em viagens à transportadora.


.


OS CAPITÃES DA AREIA
BAILAMOS NO TEU MICRO ONDAS





.


HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
.
O cabeleireiro onde se chora mais
do que antes da operação

Há quase 40 anos que um grupo de voluntárias da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) mantém a funcionar um pequeno cabeleireiro, onde as mulheres "choram mais do que antes de serem operadas".

"O cabeleireiro começou a funcionar em 1972 porque considerávamos que era importantíssimo ter este espaço uma vez que durante a quimioterapia a perda de cabelo é muito traumatizante", contou à Lusa a presidente da LPCC do Sul, Manuela Rilvas.

Todas as terças e quintas-feiras, uma pequena equipa de voluntárias ajuda a criar uma nova imagem às doentes. "Oitenta por cento das mulheres vêm cá para rapar o cabelo e pôr peruca", estimou Dinas Dias, coordenadora do espaço que funciona num dos pré-fabricados da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa.

Mas este é um espaço onde se tenta aperfeiçoar a imagem exterior mas, acima de tudo, melhorar o estado de espírito. "Estas mulheres sentem necessidade de desabafar e não há melhor sítio para o fazer do que num cabeleireiro", acrescentou Dina Dias.

A teoria é corroborada pela psicóloga clínica da liga, Albina Dias, que salienta a "influência positiva a nível psicológico" daquele espaço onde "as pessoas sentem que estão a ser ouvidas por quem percebe bem o que estão a dizer".

Teresa Pereira é cabeleireira voluntária há três décadas e está habituada ao ambiente, onde "as clientes desabafam" e as profissionais "puxam para cima".

"Os médicos dizem que elas choram mais connosco do que quando estão com os médicos e vão ser operadas", revelou Teresa Pereira, contando que há dias em que tem dificuldades em abandonar o IPO: "Muitas vezes não conseguimos sair porque nos agarram a mão".

As voluntárias tentam sempre recordar as histórias felizes, como a da paciente que apareceu com o marido para rapar o cabelo e, no final, ele também pediu para ficar careca ou das mulheres que fizeram tratamento quando tinham filhos pequenos e mais tarde aparecem com fotos dos netos.

Mas quando saem do cabeleireiro para fazer serviço nas enfermarias as histórias são sempre mais duras. Todas apontam a pediatria como o sítio mais difícil. Teresa Pereira salienta a força das mães "que choram sem lágrimas".

No final do dia, "sinto que dei qualquer coisa de mim mas que recebi muito mais em troca", diz Teresa, que na sexta-feira comemora 31 anos de voluntariado no cabeleireiro da Liga.



* Por causa da malvada emoção ficámos sem palavras.


.
3 – A Contracção Muscular




HOJE NO
"RECORD"

Grupo dedica vitória a Carlos Martins
Filho do médio sofre de doença grave

Apesar da vitória, os festejos foram comedidos e transformaram-se numa homenagem a Carlos Martins. O filho do médio, Gustavo, de apenas 3 anos, sofre de leucemia e tem de receber um transplante de medula óssea. No final do jogo, os jogadores reuniram-se com o companheiro de equipa, que não escondeu a comoção, e o médico Henrique Jones explicou o que é a doença.

O selecionador nacional foi o primeiro a comentar a questão. “Quero fazer uma dedicatória ao Carlos Martins que atravessa um momento complicado”, disse. Cristiano Ronaldo garantiu que todos vão divulgar a questão e apelar à doação de medula. “Estamos com ele. Acredito que vai correr tudo bem”, rematou.


Fábio Coentrão, Nani e Cristiano Ronaldo foram os jogadores da Seleção que esta manhã de quarta-feira lançaram um apelo no twitter para encontrar um dador compatível para o filho de Carlos Martins, que necessita de um transplante de medula óssea.

Mensagem:

Ontem conseguimos uma importante vitória para Portugal. Infelizmente o dia não foi de alegria como esperávamos porque o nosso colega de selecção, Carlos Martins precisa da ajuda de todos os portugueses para superar a doença do filho. Temos todos de nos unir e em conjunto, doar sangue de forma a que se encontre alguém compatível e também se supere este obstáculo da mesma forma que o fazemos no futebol: juntos e em equipa.

Visitem os centros:
no norte em :http://www.chnorte.min-saude.pt/ , 
no centro em http://www.histocentro.pt/ 
no sul em http://www.chsul.pt/


* Como sempre estamos solidários nesta questões. Não esqueça Carlos Martins já fez mais por Portugal que a grande maioria dos nossos políticos.


,

15 - FOTOS EM MOVIMENTO







A fotógrafa novaiorquina Jamie Beck mudou totalmente o conceito de GIFS animados ao criar uma respeitada forma de arte, apresentando fotos extremamente impressionantes.
Para quem não sabe, os GIFs animados são famosos na internet. Entretanto, a grande maioria tem caráter humorístico e não guarda grandes preocupações com a qualidade das imagens. O que Jamie faz é exatamente o contrário. As imagens possuem incrível realismo e chama atenção pelos detalhes.
Batizadas como “cinemagraphs”, ela busca não esgotar as possibilidades de uma imagem. Esta realmente parece ser a chave para criar uma arte respeitável. 




HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Paulo Portas recusa 'dirigir'
RTP Internacional

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, deixou implícito, esta quarta-feira de manhã, no Parlamento, que não pretende tutelar a RTP Interncional, ao contrário do que foi sugerido pelo grupo de trabalho liderado por João Duque para a reforma do serviço público.

"Já fui jornalista e não me lembrou de alguma vez ter deixado que um Governo me influenciasse. Não tenho qualquer intenção de influenciar qualquer jornalista", declarou Paulo Portas.

Foi com esta frase, em respostas a alguns deputados, durante a discussão do Orçamento de Estado na especialidade, que o governante se distanciou da recomendação de João Duque, que pretendia uma "filtragem da informação" a emitir pela RTP Internancional por parte do Ministério dos Negócios Estrangeiros, "a bem da nação".

O ministro ainda deixou a garantia que não confunde grupos de trabalho com decisões, marcando mais um vez uma distância em relação à possível tutela do serviço de informação internacional da RTP.



* As recomendações do famigerado grupo de trabalho do qual se demitiram duas pessoas são próprias duma ditadura latino-americana. O grande risco para a RTP Internacional se o ministro Paulo Portas passasse a dirigir a antena, seria provávelmente o de falência tal como aconteceu ao defunto Independente, ao qual o ministro tinha vaticinado maior tiragem que o "Expresso".


.

BACON





.

HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Certificado de óbito 
passa a ter emissão electrónica

Novo sistema de informação acaba com os impressos em papel passados pelo médico para declarar a morte e autorizar a remoção e transporte do cadáver. Governo fala em redução de constrangimentos burocráticos, diminuição de custos e melhoria da qualidade estatística.
O Governo acaba de entregar no Parlamento a proposta que cria o Sistema de Informação dos Certificados de Óbito (SICO). A desmaterialização do certificado evitará as deslocações e a recolha de informação clínica junto das diversas entidades intervenientes, permitindo a sua emissão electrónica. Também para efeitos de remoção e transporte do cadáver, o médico competente emite, a partir do sistema na Internet, a correspondente guia.

O tratamento da base de dados do SICO ficará a cargo do Director-Geral da Saúde e o prazo máximo de conservação dos dados recolhidos é de 20 anos. Todos os intervenientes que contactem com os dados registados estão obrigados ao sigilo profissional, “mesmo após o termo das suas funções”.

“Esta medida, para além de reduzir os constrangimentos burocráticos impostos às famílias num momento penoso, como é o da perda de um ente querido, traduz um esforço de diminuição dos custos de funcionamento do serviço público e, sobretudo, representa um acréscimo da qualidade da prestação”, justifica o Executivo na exposição de motivos do diploma.

Melhorar a estatística da morte e reduzir os “eleitores fantasma”

A proposta de lei do Governo justifica ainda que esta desmaterialização do certificado de óbito “torna ainda possível o tratamento estatístico das causas de morte, de forma a permitir que as políticas de saúde melhor se adeqúem às necessidades da população”.

Mas o SICO não vai apenas agregar a informação que actualmente consta no certificado de óbito. Incluirá também informação recolhida pelas autoridades policiais e pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), cujos dados vão ajudar à avaliação dos meios de socorro e ao estudo das causas de morte.

Finalmente, o novo sistema vai articular-se com as bases de dados de várias outras entidades, como o da identificação civil, o registo nacional de utentes do sistema de saúde, a Segurança Social e a Caixa Geral de Aposentações. O Instituto Nacional de Estatística (INE) passará também a receber informação periódica da Direcção-Geral da Saúde sobre as causas de morte.

Além disso, o Instituto dos Registos e Notariado vai assegurar o envio periódico da informação dos óbitos à Direcção-Geral da Administração Interna (DGAI), “para efeitos de organização, gestão e actualização da base de dados do recenseamento eleitoral”. Esta informação vai ajudar a minorar o problema dos “eleitores fantasma” que constam nos cadernos eleitorais depois da morte.

Segundo um estudo dos investigadores Luís Humberto Teixeira e José Bourdain, haverá mais de 755 mil “eleitores fantasma” nos cadernos eleitorais – perto de 8% do total dos inscritos para as últimas legislativas de 5 de Junho deste ano –, na sua maioria pessoas já falecidas e emigrantes.


* A inovação é bem vinda desde que não se enganem no nome do defunto e "matem" alguém por engano, como já acontece em números engraçados, mesmo com registo em papel.
Mas notável é a existência de mais de 755 mil "eleitores fantasma" nos cadernos eleitorais. Uma vergonha de todo o tamanho para todos os ministros da Tutela, para quem gere o sistema informático do Estado e para a Comissão Nacional de Eleições.
Já agora uma ideia, porque não propor para deputados "eleitores fantasmas", sebastianismo já existe.


.


LONDRES

100 ANOS DE MODA






.


HOJE NO
"i"

Troika contradiz Gaspar.
300 milhões de euros 
a mais em comissões
Governo anunciou que vai pagar cerca de 700 milhões 
em comissões pelo programa de ajustamento. 
A troika diz que número é “exagerado”

A troika considera “exagerado” o valor que o governo prevê pagar em comissões pelo programa de assistência financeira. Numa reunião com os deputados da comissão parlamentar que acompanha a aplicação do programa, os representantes da Comissão Europeia (CE), do FMI e do Banco Central Europeu (BCE) foram confrontados pelo PCP com o facto de estar previsto o pagamento de uma verba de cerca de 700 milhões de euros para comissões durante os próximos quatro anos. Na resposta, os membros da troika garantiram que “desconhecem tal valor” e que o consideram “exagerado”.

O deputado do PCP Miguel Tiago revelou que, de acordo com estes responsáveis, é usual neste tipo de programas o valor dos juros ser “inferior a meio ponto percentual do empréstimo”. No caso português, corresponde a cerca de 400 milhões de euros, ou seja, quase mais 300 milhões do que a verba anunciada pelo governo.

O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, revelou no parlamento, há umas semanas, que, além dos juros, o país pagaria em comissões quase 700 milhões de euros. A maior verba – 385 milhões – será paga já este ano. Em 2012, o governo prevê pagar 211 milhões e mais de 100 milhões repartidos entre 2013 e 2014.

Miguel Tiago diz que essa verba serviu para “justificar o tal desvio colossal” e teme que o executivo esteja a fazer “um malabarismo orçamental”, alinhando assim na tese do PS, que defende que há uma almofada financeira no OE causada também por uma sobreorçamentação dos juros a pagar à troika.

Ajustamentos Na reunião com os deputados, a troika deixou a porta aberta a alterações ao Memorando devido às mudanças na conjuntura económica. Para os responsáveis do BCE, do FMI e da CE, a crise europeia não é apenas da periferia mas sim da Europa e as alterações nunca poderão ser feitas devido a falhas do governo. A maioria não adiantou que tipo de ajustamentos estão em causa, mas o primeiro-ministro já tinha admitido a necessidade de garantir o financiamento à economia.

Ao i, o deputado do CDS, Adolfo Mesquita Nunes, disse apenas que as mudanças não deverão trazer mais austeridade: “A troika confirmou que o Orçamento é adequado e por isso não creio que tenha a ver com mais austeridade, mas com a reacção da economia à crise.” Para o deputado, os ajustamentos poderão alterar a calendarização, antecipando ou adiando medidas.

À tarde, a equipa da troika reuniu-se com António José Seguro na sede do PS. No final do encontro, que durou pouco mais de uma hora, Eurico Dias, do secretariado do PS, disse apenas que os socialistas defenderam “a necessidade óbvia de ajustamento do programa” e alertaram que “o regresso de Portugal aos mercados parece cada vez mais difícil a curto prazo”.

O PS recusou esclarecer se houve abertura às propostas apresentadas por Seguro, embora tenha feito sentir aos representantes da CE, do FMI e do BCE a necessidade de o OE “reflectir mais equidade na distribuição dos sacrifícios”. Contudo, na reunião com os deputados, os representantes da troika terão dito que, apesar de uma medida como o corte nos salários ser uma medida de “fim de linha”, tornou-se incontornável.


* Não desconfiando da seriedade do Ministro das Finanças, será que alguém anda a baralhar números para confundir o cidadão???


.


HOJE NO
"DESTAK"

Taxa chega aos 12,4%, 
quase 700 mil sem emprego

A taxa de desemprego subiu no terceiro trimestre para os 12,4 por cento, face aos 12,1 por cento observados no trimestre anterior, com o número de desempregados a aproximar-se dos 700 mil, divulgou hoje o INE.
De acordo com o Instituto Nacional de Estatística, a taxa de desemprego aumentou assim, em termos trimestrais, 0,3 pontos percentuais.
Entre julho e setembro, o INE contabilizou 689,6 mil desempregados, uma subida de 2,2 por cento face ao trimestre anterior.

Os números do INE não comparam períodos homólogos, uma vez que a metodologia utilizada para o cálculo da taxa de desemprego foi recentemente alterada pelo INE.
No entanto, no terceiro trimestre de 2010, altura em que a taxa de desemprego chegava aos 10,9 por cento, foi amplamente noticiada a ultrapassagem da barreira histórica das 600 mil pessoas sem trabalho.
Depois da descida em 0,3 pontos percentuais observada no trimestre passado, o número hoje divulgado retoma assim o ciclo de subidas da taxa de desemprego em Portugal iniciado em 2008, altura em que a taxa de desemprego se situava nos 7,3 por cento, o equivalente a 409,9 mil desempregados.
Segundo o INE, para a variação homóloga da população desempregada contribuiu nomeadamente o aumento do número de mulheres desempregadas (8,9 mil) que explicou 61 por cento da variação ocorrida no desemprego total.

O número de homens desempregados também aumentou (5,8 mil), mas menos.
O número de desempregados à procura do primeiro emprego contribuiu também para a subida da taxa de desemprego, com 8,9 mil pessoas.
Já o número de desempregados à procura de novo emprego registou um aumento menor (5,7 mil), tendo origem essencialmente no setor dos serviços.
O número de desempregados à procura de novo emprego há menos de 11 meses subiu 10,1 por cento para 333,2 mil pessoas.
O desemprego de longa duração (12 e mais meses), por sua vez, baixou em 15,9 mil indivíduos, destaca o INE.
Por regiões, as taxas de desemprego mais elevadas no terceiro trimestre do ano foram registadas nas regiões de Lisboa (14,6 por cento), Madeira (14,3 por cento), Algarve (13,3 por cento) e Norte (12,7 por cento).
Os valores mais baixos, por sua vez, foram observados no Centro (9,4 por cento), Açores (11,6 por cento) e Alentejo (12,3 por cento).

Face ao trimestre homólogo, o desemprego aumentou em todas as regiões à exceção do Centro e do Algarve, onde diminuiu.


* 700 000 desempregados registados mas há também os que foram retirados administrativamente das listas para compor estatísticas.


.
 Volkswagen

fábrica alemã








.



4 - PESSOAS









SOMENTE UM 

LÁPIS …..





17 - PENSADORES