quinta-feira, 15 de setembro de 2011

- UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA..... ADULTOS




GUIA DE CONVERSAÇÃO PARA PORTUGUESES NO ESTRANGEIRO

RUSSO

Conjunto de árvores
Boshke

Insecto
Moshka

Político
Caganopovo

Defunto
Sefoy Prakova

Sogra
Storvo
 
ALEMÃO

Abrir a porta
Destranken

Não me interessa
Queselich

Bombardeio
Bombascaen

Chuva
Gotascaen

Sogra
Ajjj


ÁRABE

Metralhadora
Allavai Abalabalabalabalabala

Elevador
Alicima Vai

Necessito um banho
Molhamed

Sogra
Alvíborah

CHINÊS

Cabelo sujo
Chin-Champu

Descalço
Chin Chinela

Top-less
Chin-Chut-Yiã

Náufrago
Chin-Chu-Lancha

Nudista
Chin-Calxao

Pobre
Chen Luz, Chen Agua e Chen Gaz

Veneno
Bai Gon

Estudante
Xu-Lo-Pai

Ladrão
Phin-To-Xui

Politico
Chin-Pan-Ze

Sogra
Bru-Xa-Feia

Mini-saia
Vi-Tu-Ku

INGLÊS

Banheira giratoria
Tina Turner

Indíviduo de bom autocontrole
Auto Stop

Copie bem
Copyright

Talco para caminhar
Walkie Talkie

JAPONÊS

Adivinhador
Komosabe

Bêbado
Yochi Tomo Whiski

Café amargo
Takaro Azukar

Top Less
Sakare Ateta

Diarreia
Kagasoagua

Carro
Kenon Hémoto

Compre
Adkira

Terror
Aikimedu

Fraco
Yono Komo

Roubaram-me a moto
Yononvejo M'yamaha

Meia volta
Kasigiro

Bilhar
Takada Nabola

Bar
Boti Kin

Político
Roba Kasitudo

Se foi
Non-ta

Acabou a gasolina
Yaminhamoto Nonanda

Vice-campeão
Kuasi-Ganho

Ainda tenho sede
Kiro Maisagwa

WC
Akisicaga

Aspirador
Limpó-Pó

Fim
Saka-bo

.


HOJE NO
"DIÁRIO ECONÓMICO"


Espanha vai aplicar imposto às 
90 mil maiores fortunas
O Imposto sobre o Património vai recair 
sobre quem tem mais de um milhão de euros.

Com a reactivação do Imposto sobre o Património, o governo espanhol quer obrigar os 90.000 contribuintes mais ricos de Espanha a entregar mais dinheiro aos cofres do Estado.

Segundo José Blanco, ministro do Fomento e porta-voz do executivo, o valor mínimo do património que terá que pagar a taxa irá ser "com toda a probabilidade" um milhão de euros. Um valor muito superior aos 120 mil euros sobre o qual incidia esta taxa quando foi desactivada em 2008. Com este patamar, precisou o governante, mais de 90% dos contribuintes irão ficar isentos de pagar o novo imposto, negando assim que o imposto é um ataque à classe média.

"Não perseguimos ninguém. O objectivo é de que as pessoas que têm grandes patrimónios paguem mais", disse Blanco. Acrescentando que 70% dos espanhóis declaram rendimentos anuais inferiores a 24 mil euros, o ministro afirmou que o imposto deverá permitir receitas adicionais superiores a mil milhões de euros, um valor que é inferior aos 1,4 mil milhões de euros inicialmente estimado, mas que ainda assim é "muitíssimo dinheiro".

Já o líder do Partido Socialista Espanhol (PSOE), Alfredo Rubalcaba, foi mais ambicioso e estimou em cerca de 200 ou 300 mil o número de cidadãos que terá que pagar o imposto. 


* Porque não seguir o exemplo dos vizinhos, ou há o medo dos ricos não gostarem e não "entrarem" mais para os partidos?


.



CHICO BENTO





.

HOJE NO
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"
 
Governo extingue 1712 cargos dirigentes
O Governo aprova hoje o Plano de Redução e 
Melhoria da Administração Central, que prevê 
a extinção de 1712 lugares e 137 entidades.

'Serão extintas cerca de 162 entidades no âmbito da Administração Central, serão criadas novas 25 através de fusões de entidades existentes, e isso dá um saldo líquido de cerca de 137 entidades que serão extintas e que beneficiarão a Administração Central para futuro de uma estrutura mais leve', frisou Passos Coelho.
O primeiro-ministro acrescentou que 'será de 100 milhões de euros o impacto orçamental durante 2012 que esta medida trará', e, quanto aos 1712 lugares dirigentes a extinguir, referiu que isso 'equivale a cerca de 27 por cento de redução', Passos Coelho assinalou que a redução de lugares, que vai ser aprovada pelo Conselho de Ministros hoje, fica 'muito acima dos 15 por cento que tinham ficado indicados como objetivo a alcançar',
O Governo estabeleceu, no dia 20 de julho, as linhas gerais do Plano de Redução e Melhoria da Administração Central (PREMAC), fixando como 'objetivo mínimo uma redução de pelo menos 15 por cento do total das estruturas orgânicas de cada ministério e de pelo menos 15 por cento do número de cargos dirigentes, tanto de nível superior, como de nível intermédio', Este anúncio do primeiro-ministro foi feito na sequência da intervenção do líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, que lhe perguntou pela 'concretização do programa de corte da despesa que o Governo tem vindo a implementar', e pela 'relação com a execução orçamental do primeiro semestre deste ano e com a necessidade de ter de se fazer um esforço adicional em 2012'.


* Estes lugares são, na maioria, de boys e girls dos aparelhos dos partidos, ninguém explica onde os vão colocar, mas também não vão para o desemprego. Alguém sabe???

.

VAMOS DANÇAR
A RUMBA




.


Creme de duas meloas com tártaro de morangos e kiwis




Ingredientes:
  • 400g de meloa Gália
  • 400g de meloa Guadalupe
  • Hortelã q.b.
  • 200g de kiwis
  • 200g de morangos
  • Frutos vermelhos q.b. (para decoração)

Preparação:
  1. Descasque a meloa Gália, retire-lhes as pevides e triture-a com a ajuda de uma varinha mágica. Repita a mesma operação para a meloa Guadalupe.
  2. Corte os kiwis e os morangos em cubos pequenos e envolva-os em hortelã picada.
  3. Encha uma pequena forma cilíndrica de tártaro de kiwi e morango e pressione bem.
  4. Disponha-a no centro de um prato fundo de servir. À volta, coloque os cremes das meloas.
  5. Decore o tártaro com os frutos vermelhos.

JOSÉ MARINHO



O anti-Barcelona


Há pouco mais de um ano que Espanha vive um novo futebol, uma nova rivalidade. Mais do que a tradicional antipatia desportiva e social entre o Real Madrid e o Barcelona, ela foi substituída pelo intenso cheiro a pólvora que deixa cada rixa entre José Mourinho e o clube catalão. De facto, o Barcelona teme mais o treinador português do que propriamente o seu rival de sempre. Com uma tendência quase patológica de substituir o futebol pelos negócios, o Real Madrid, de Florentino Pérez, perdeu imenso terreno para o Barcelona nos últimos anos. Com a contratação de José Mourinho, as coisas mudaram e, como sempre, com uma sensibilidade desportiva mais aguda do que o seu rival, claro, o clube catalão percebeu isso antes do próprio Real Madrid.

Em Barcelona, há mais de um ano que todos perceberam que existe um novo eixo de rivalidade no futebol espanhol. Essa rivalidade já não é entre o Real Madrid e o Barcelona, mas sim, entre a melhor equipa do Mundo e o melhor treinador do planeta. Também por isso, cada jogo entre ambos, deixou de ser um confronto entre estilos, é quase sempre um tiroteio entre futebol e estratégia. O futebol do Barcelona e a estratégia de Mourinho.

Daí que, também, como normalmente sucede nos clubes onde Mourinho deixa a sua marca, até a comunicação do Real Madrid passou por uma transformação quase genética. Já não é uma comunicação comercial, virada para o negócio, é uma comunicação agressiva virada para tornar Mourinho o alvo a abater. É uma estratégia consciente, desenvolvida e alinhada com toda a gente no clube, desde o presidente até ao roupeiro. Intencionalmente, a estratégia é centrar em Mourinho todo o processo de transformação. Claro que num clube como o Real Madrid, esta transformação não se concretiza sem desconforto ou vítimas. Jorge Valdano foi uma vítima, porque com José Mourinho não há duas estratégias possíveis. E também por isso é que no seu primeiro ano no Real Madrid, Mourinho perdeu mais tempo com os seus adversários internos do que a preparar o Real Madrid para atacar a hegemonia do Barcelona. Agora, o caminho está livre e o perfil de contratações do Real Madrid é quase um "back do basics" do treinador português.

Por isso, o Real Madrid e o treinador português fundiram-se e, agora, o Barcelona sabe que a sua hegemonia está em perigo. Por isso gastou, em reforços, o que a tesouraria não lhe recomendaria e essa é a primeira grande vitória de José Mourinho. Como num jogo de xadrez, obrigou o seu adversário a fazer um movimento. Há poucos dias, Fabio Capello foi premonitório quando considerou que um dia o Barcelona irá perder. Sinceramente, acho que o vetusto treinador italiano estava a pensar em Mourinho. Da mesma forma que só os espanhóis sabem fazer a verdadeira paella, só Mourinho sabe como derrotar o Barcelona. E, aparentemente, já andou mais longe de o conseguir.

E esse é o grande aliciante do futebol espanhol e internacional dos próximos anos. Saber como vai acabar esta batalha final entre a melhor equipa do Mundo e o melhor treinador do Planeta.

IN "RECORD"
13/09/11

.
Truques para abastecer de combustível

O autor deste texto trabalha numa refinaria desde há 31 anos.

Assim, se quiser pode levar a sério os truques que a seguir lhe expõem, para aproveitar ao máximo seu combustível e, portanto, seu dinheiro. Esperamos que lhe sejam proveitosos.

*1º.Truque: Encher o tanque pela manhã cedo.
A temperatura ambiente e do solo é mais baixa. Todas as estações de serviço têm seus depósitos debaixo terra. Ao estar mais fria a terra, a densidade da gasolina e do diesel é menor. O contrário se passa durante o dia, pois a temperatura do solo sobe e os combustíveis tendem a expandir-se. Por isso, se você enche o tanque ao meio-dia, pela tarde ou ao anoitecer, o litro de combustível não será um litro exatamente. Na indústria petrolífera a gravidade específica e a temperatura do solo têm um papel muito importante. Onde eu trabalho, cada carregamento de combustível nos caminhões é cuidadosamente controlado no que diz respeito à temperatura. Para que cada galão vertido na cisterna do caminhão seja exato.

*2º Truque: Quando encher o tanque, não aperte a pistola ao máximo. 
Segundo a pressão que se exerça sobre a pistola, a velocidade pode ser lenta, média ou alta. Prefira sempre o modo mais lento e poupará mais dinheiro. Ao fluir mais lentamente, cria-se menos vapor e a maior parte do combustível contribui para um abastecimento eficaz. Todas as pistolas devolvem o vapor ao tanque. Se encherem o tanque apertando a pistola ao máximo uma significativa percentagem do precioso líquido que entra no depósito do veículo se transforma em vapor e volta pela mangueira de asbastecimento ao depósito da estação. Neste cenário, consegue-se menos combustível pelo mesmo dinheiro. 

*3º. Truque: Encher o tanque antes que este baixe da metade.
Quanto mais combustível tenha no depósito, menos ar há no mesmo. O combustível se evapora mais rapidamente do que você pensa. Os grandes depósitos cisterna das refinarias têm tetos flutuantes no interior, mantendo o ar separado do combustível, com o objetivo de manter a evaporação ao mínimo.

*4º Truque: Não encher o tanque quando o posto estiver a ser reabastecido, nem imediatamente depois.
Se você chega ao posto de serviço e vê um caminhão cisterna que está repondo os tanques subterrâneos do mesmo, ou os acaba de reabastecer, evite, se puder, abastecer nessa dita estação, nesse momento. Ao reabastecer-se os tanques, agita-se o combustível restante nos mesmos e os sedimentos depositados no fundo. Assim sendo, você corre o risco de abastecer combustível sujo.

NR: Publicamos este artigo, em português do Brasil, tal como o recebemos, o seu conteúdo parece lógico mas não somos especialistas para o confirmar. Se alguém entender que está errado agradecemos que façam o respectivo comentário. Obrigado

.

HOJE NO
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

Suspensos computadores 
'Magalhães' para alunos

Pais informados de que não há novas inscrições. Governo está a "analisar".

O presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais, Albino Almeida, confirma ter sido informado pelas direcções regionais de Educação de que não estão autorizadas novas inscrições no programa e-escolinhas, de entrega de portáteis Magalhães.

Ministério da Educação diz apenas que está a "analisar" a iniciativa.

Lançado no primeiro Governo de José Sócrates, o programa já permitiu entregar mais de 700 mil computadores a alunos do 1.º ciclo, os mais caros a 50 euros, mas motivou também muitas críticas.

Fundação que gere o programa deve 65 milhões às operadoras móveis.


* Um desígnio político desnecessário segundo António Barreto

.

7 - ZEITGEIST





Esse filme é muito esclarecedor, mas temos que tomar muito cuidado e não nos apaixonar cegamente. Tem muita coisa certa mas não tudo. Devemos filtrar todas as informações que recebemos. Sejam elas nas áreas que forem. Tudo o que é feito por homens é sempre passivel de erros!!!



HOJE NO
"RECORD"
LIGA DOS CAMPEÕES
Fase de grupos: Resultados e marcadores

Grupo A
Manchester City-Nápoles, 1-1
(Kolarov 74'; Cavani 69')
Villarreal-Bayern Munique, 0-2
(Kroos 7' e Rafinha 76')

Grupo B
Inter Milão-Trabzonspor, 0-1
(Celustka 76')
Lille-CSKA Moscovo, 2-2
(Sow 45' e Pedretti 57'; Doumbia 72' e 90')

Grupo C
Basileia-Otelul Galati, 2-1
(Fabian Frei 39' e Alexander Frei 84'; Pena 58')
Benfica-Manchester United, 1-1
(Cardozo 24'; Giggs 42')

Grupo D
Ajax-Lyon, 0-0
Dínamo Zagreb-Real Madrid, 0-1
(Di Maria 53')

Grupo E
Chelsea-Leverkusen, 2-0
(David Luiz 67' e Mata 90'+2)
Genk-Valencia, 0-0

Grupo F
Borussia Dortmund-Arsenal, 1-1
(Perisic 88'; Van Persie 42')
Olympiacos-Marselha, 0-1
(Lucho 51')

Grupo G
APOEL-Zenit São Petersburgo, 2-1
(Manduca 73' e Aílton 75'; Zyryanov 63')
FC Porto-Shakhtar Donetsk, 2-1
(Hulk 28' e Kléber 51'; Luiz Adriano 12')

Grupo H
Barcelona-Milan, 2-2
(Pedro 35' e David Villa 49'; Pato 1' e Thiago Silva 90'+2)
Viktoria Plzen-BATE Borisov, 1-1
(Bakos 45'+1; Renan Bressan 69')


* Se não gosta de futebol faça o favor de desculpar

.
.m
.

Jason Argos Paul McCandless

 Lullaby of Birdland




.

HOJE NO
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Estádio de Leiria penhorado pelo Fisco

A Direcção-Geral dos Impostos penhorou o estádio municipal de Leiria, disse hoje à agência Lusa o presidente da Câmara, Raul Castro.
Em causa está uma dívida que ronda os quatro milhões de euros relativa ao pagamento do imposto sucessório.

"A Lerisport [empresa municipal] foi notificada, fez-se uma reclamação graciosa que não foi atendida e avançámos agora para a impugnação judicial", explicou o autarca.

É, por isso, sublinha, expectável que "as Finanças tenham realizado a penhora em função da dívida, enquanto decorre todo o processo".

Raul Castro adiantou que esta situação não compromete a venda do estádio de Leiria, cuja hasta pública esteve agendada para 22 de Setembro, mas que foi adiada -- para data ainda não conhecida - para cumprir "formalismos legais".

A situação remonta a 2003, quando foi feita uma escritura de doação do direito de superfície dos terrenos onde está o estádio a favor da empresa municipal Leirisport.

Em Fevereiro deste ano, o presidente da Câmara de Leiria explicou que "sendo gratuita [a doação], está sujeita a imposto sucessório", mas que a situação poderia ter sido ultrapassada "com a venda simbólica por um euro".

Outra alternativa seria o pedido de excepção ao Ministério das Finanças, dado que o estádio integrava um projecto nacional, o Campeonato Europeu de Futebol que se realizou em 2004.

A situação foi detectada em 2006 no decurso de uma inspecção tributária à empresa municipal Leirisport.

Na sequência da inspecção, o fisco aplicou "algumas contra-ordenações", tendo sido pagos em 2008 mais de 20 mil euros em coimas.

Da dívida de quatro milhões de euros que as Finanças exigem liquidação, 600 mil respeitam a juros.


* Está a aparecer a tromba do elefante branco chamado Euro 2004

.



2 - JOAQUIN  SOROLLA

EXPOSIÇÃO NO MUSEU DO PRADO










Joaquín Sorolla y Bastida (27 de Fevereiro de 1863, Valência - 10 de Agosto de 1923, Cercedilla), na fase inicial da sua carreira, foi dos mais tradicionais. Ele cumpriu toda a trajetória considerada necessária na época para o pintor que se valorizasse como acadêmico. Entretanto, a partir de 1900, seu estilo se revelou de forma espetacular, manifestando-se em pinceladas rápidas e carregadas de tinta, que em poucos traços plasmavam a rica e vibrante gama de cores das praias e transeuntes que ocupavam suas telas.
Em poucos anos sua técnica notável o tornaria mundialmente famoso, chegando a pintar um enorme friso para a Hispanic Society de Nova Iorque, recriando diferentes regiões da Espanha, embora com um resultado irregular. Conhecido como o Pintor da Luz, foi o mais prolífico dos pintores espanhóis, com mais de 2 200 obras em seu poder, além de ser um retratista notável.

In "WIKIPÉDIA"

.


HOJE NO
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Portugal cria emprego 
pela primeira vez desde 2009
Os países da Zona Euro e da União Europeia têm vindo a criar emprego. Já em Portugal a evolução tem sido negativa. O segundo trimestre marca uma viragem nesta tendência, pela primeira vez desde 2009.

Os países da Zona Euro conseguiram aumentar, em média, a criação de emprego em 0,3%, no segundo trimestre quando comparado com os três meses anteriores. Face ao homólogo, a subida foi de 0,4%, de acordo com o Eurostat.

Na União Europeia o aumento do emprego em cadeia foi de 0,2%, e em termos homólogos foi de 0,3%.

Em Portugal, verificou-se uma inversão de tendência, com o segundo trimestre a verificar um aumento de 0,1% na criação de emprego em cadeia. No primeiro trimestre deste ano, este indicador tinha estabilizado, enquanto que nos últimos dois trimestres de 2010 se verificaram quebras.

Portugal já não registava um aumento na criação de emprego, em cadeia, desde o último trimestre de 2009.

Já em termos homólogos a evolução continua a ser negativa, mas a destruição de emprego tem vindo a abrandar de ritmo. A quebra foi de 0,8%, segundo o Eurostat.

O instituto de estatísticas da União Europeia estima que, no segundo trimestre do ano, estivessem empregados 223,4 milhões de homens e mulheres na União Europeia, dos quais 147,0 milhões são da Zona Euro.


* Ficamos 0,1% satisfeitos

.



11- OS MELHORES DA PUBLICIDADE








.


HOJE NO
"i"

Rating. Portugal paga 360 mil euros 
por ano à Fitch e Standard&Poor''s
Instituto de Gestão do Crédito Público não tem 
qualquer vínculo contratual com a Moody''s, 
agência que mais castigou Portugal

O Instituto de Gestão do Crédito Público (IGCP) paga 360,7 mil euros por ano às agências Standard&Poor''s (S&P) e Fitch para que estas avaliem o rating da República Portuguesa - a forma de medir os riscos que o país representa para os seus credores. Já a Moody''s, a outra agência de rating que domina o panorama mundial, não tem qualquer contrato celebrado com Portugal.

Segundo o estipulado nos contratos entre o IGCP e as agências de rating, a S&P é aquela que vende mais caro os serviços a Portugal. "O IGCP aceita pagar-nos uma verba anual de 255,7 mil euros pelo período (...) entre 1 de Novembro de 2010 e 31 de Outubro de 2012", lê-se na adenda ao contrato celebrado entre o instituto que gere a dívida portuguesa e aquela agência. Num contrato anterior - e que esteve em vigor entre Novembro de 2006 e Outubro de 2008 -, Portugal pagava 243,5 mil euros anuais por esse serviço.

Esta verba visa apenas as avaliações à dívida directa da República, não incluindo qualquer serviço adicional (como as empresas públicas ou os municípios, que também têm rating).

Já o contrato com a Fitch, que cobre o mesmo tipo de serviços com a República Portuguesa, sai um bocado mais barato aos cofres públicos. Segundo o contrato assinado com esta agência (e que vigora entre Janeiro de 2010 e o final deste ano), Portugal paga à Fitch 91 mil libras/ano - 105,4 mil euros, à cotação de ontem -, para avaliar as emissões de dívida soberana do país. Mas além desta verba, o contrato com a Fitch prevê ainda o reembolso das despesas da "missão de avaliação anual" que os técnicos desta agência fazem ao país. O limite máximo deste reembolso está fixado em 3 mil libras - 3475 euros.

Nos termos e condições presentes nos contratos, o Estado português aceita ainda que a avaliação que será feita por estas agências "é uma opinião e não um facto ou declaração verificável".

Moody''s sem contrato Segundo o Ministério das Finanças, Portugal não tem contrato com a Moody''s, agência que tem sido criticada depois de em Julho ter baixado a nota da República para "lixo". "O Estado português celebrou contratos com as empresas S&P e Fitch Ratings. Acresce que as agências podem, no entanto, atribuir classificações à generalidade dos Estados, independentemente de serem por estes contratados", explica o ministério em resposta a um pedido apresentado em Agosto pelo deputado do CDS, Ribeiro e Castro.


* É compreensível que a Moody's tenha dor de corno

.
3 - O DESERTO DOS LAGOS MISTERIOSOS








HOJE NO
"PÚBLICO"

Portugal e Angola 
vão facilitar emissão de vistos

O ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Chicoti, em visita oficial a Portugal, assina hoje com o homólogo português, Paulo Portas, um protocolo que irá facilitar a emissão de vistos.

Georges Chicoti, reconheceu, nesta quarta-feira, que existem “muitas dificuldades” na obtenção de vistos para Angola e garantiu que o acordo a assinar hoje em Lisboa facilitará todo o processo.

A dificuldade de obtenção de vistos para entrar em Angola é uma das maiores preocupações de investidores e empresas portuguesas e tem levado algumas a recorrerem a vários expedientes para conseguirem renovar os vistos dos seus trabalhadores.

O mais recente episódio envolveu 42 funcionários de uma empresa com sede em Sintra, que foram detidos por trabalhar ilegalmente em Angola, tendo sido depois expulsos do país.

Segundo explicou na altura uma responsável da empresa, um dos funcionários trouxe para Portugal o passaporte dos restantes trabalhadores para acelerar a revalidação dos vistos na embaixada de Angola em Lisboa. A empresa reconheceu tratar-se “de um expediente infeliz” e garantiu que iria pagar as multas aplicadas pelo Estado angolano.

Mas as referências aos problemas na obtenção de vistos pelos cidadãos dos dois países são recorrentes. Relatos da imprensa dão conta da existência diariamente de filas enormes diante da embaixada portuguesa em Luanda. Trata-se maioritariamente de cidadãos angolanos que esperam conseguir um visto para visitar familiares em Portugal, gozar férias ou fazer negócios.

No sentido inverso, a situação é semelhante, com a agravante de que a crise económica e financeira em Portugal e as potencialidades da economia angolana estarem a levar cada vez mais portugueses a procurar trabalho em Angola.


* Mais facilidades para os serviçais do soba EDU

.

4 - EVIDÊNCIA


Sabia que as três coisas mais difíceis de dizer são: Amo-te,
desculpa e ajuda-me?

.



HOJE NO
"A BOLA"
 
Moutinho vai em 72 jogos consecutivos nas provas europeias

A carreira europeia de João Moutinho tem sido fulgurante. Estreou-se a 16 de Fevereiro de 2005 pelo Sporting, frente aos holandeses do Feyenoord (2-1), em Alvalade, entrando aos 61 minutos para o lugar de Carlos Martins. Até sair do Sporting, não falhou um jogo da UEFA: 53 presenças entre Liga dos Campeões e Taça UEFA/Liga Europa.

Há pouco mais de um ano ingressou no FC Porto e a história europeia manteve-se intacta: os dragões fizeram, até ao jogo com o Shakhtar, nada menos de 19 jogos e o ex-sportinguista não falhou nenhum. Tem, pois, nada menos de 72 presenças europeias, entre Sporting e FC Porto.

Frente ao Barcelona, na Supertaça Europeia, igualou o benfiquista Humberto Coelho com 71 jogos na UEFA e anteontem, com os ucranianos, saltou para o 9.º lugar na lista de futebolistas com mais jogos europeus por equipas portuguesas. Se jogar os cinco que faltam da fase de grupos da Liga dos Campeões, Moutinho completará 77 jogos, igualando Veloso, partindo do princípio que Luisão já será, nessa altura, o terceiro atrás de Vítor Baía e Jorge Costa. Depois, se continuar a jogar em Portugal, não lhe será difícil chegar-se a este duo. 


* A "maçã pôdre" dum presidente com bicho

.

CÃO ALENTEJANO

TÁ-SE COÇANDO


video


.


HOJE NO
"CORREIO DA MANHÃ"
 
Estado corta mais de três mil milhões

O Governo prepara-se para aplicar em 2012 um corte na despesa primária (sem juros) do Estado superior a três mil milhões de euros. O Documento de Estratégia Orçamental para o período 2011/ /2015, apresentado este mês pelo ministro das Finanças, admite uma redução dos gastos públicos de, "no mínimo, 7%". Mas segundo apurou o CM, a redução da despesa pública pode ser aumentada para cerca de 10%.

O Executivo de Pedro Passos Coelho está neste momento a definir metas orçamentais que permitam a Portugal descolar da Grécia.

Por esta via, pretende-se garantir que o Estado português conseguirá cumprir não só a redução do défice público como também honrar os seus compromissos financeiros com os credores.

Com uma redução média de 10% na despesa pública, significa que haverá ministérios que terão de fazer mais esforços para diminuir os gastos do Estado do que outros. Nos ministérios da Defesa e da Administração Interna, por exemplo, estão a ser ponderadas diminuições de cerca de 10% na despesa.

De qualquer forma, neste momento, segundo fonte governamental, está ainda em análise a dimensão do corte nos gastos do Estado em 2012. Para já, o Documento de Estratégia Orçamental para o período 2011/2015 fixa limites financeiros para a despesa financiada pelas receitas gerais do Estado. Com base nestes limites, constata-se que a redução da despesa primária em 7% corresponde a um corte de cerca de 2,7 mil milhões de euros nos gastos do Estado.

As despesas com funções sociais são as mais afectadas: caem 22,7 mil milhões de euros, para 21 mil milhões, uma redução de 1,7 mil milhões de euros.

O Documento de Estratégia Orçamental estabelece como despesa primária financiada por receita geral um montante máximo pouco acima dos 37 mil milhões de euros.


* Vamos ser um estado mais que magro, próximo do tísico...


.

Para o céu 
ainda estar longe





.
7 - CANAIS  DO  MUNDO






12 - ILUSÕES FANTÁSTICAS





COMPRE JORNAIS













.