quarta-feira, 27 de julho de 2011

- UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA


A Madeira é um Jardim...
 
 Uma senhora foi para a maternidade para ter dois bebés: 1 rapaz e 1 rapariga gémeos.
 
Em homenagem a sua terra ela chamou a menina de Madeira e o menino de João Jardim. 
O Dr. Alberto João Jardim, ao saber da notícia, foi visitar a mãe e bebés.
 Ao chegar, a Sra. estava a dar peito ao menino e o Sr. Jardim tenta agradecer pela linda ideia dos nomes.
 A Sra. interrompe-o e diz baixinho: 
- Chiiiiuuuu!!! Se a Madeira acorda, o João Jardim não mama mais..

.

NOSTALGIA - YOUNG LOVE





Directed by Matthew Toffolo
.

 

26 - EXPRESSÕES POPULARES SEU SIGNIFICADO

  

Meter uma lança em África


Significado: Conseguir realizar um empreendimento que se afigurava difícil; levar a cabo uma empresa difícil.
Origem: Expressão vulgarizada pelos exploradores europeus, principalmente portugueses, devido às enormes dificuldades encontradas ao penetrar o continente africano. A resistência dos nativos causava aos estranhos e indesejáveis visitantes baixas humanas. Muitas vezes retrocediam face às dificuldades e ao perigo de serem dizimados pelo inimigo que eles mal conheciam e, pior de tudo, conheciam mal o seu terreno. Por isso, todos aqueles que se dispusessem a fazer parte das chamadas "expedições em África", eram considerados destemidos e valorosos militares, dispostos a mostrar a sua coragem, a guerrear enfrentando o incerto, o inimigo desconhecido. Portanto, estavam dispostos a " meter uma lança em África".



HOJE NO 
" DIÁRIO  DE NOTÍCIAS"


Brincadeiras radicais filmadas
para a Net são crime
As brincadeiras de risco filmadas para a Internet, cada 
vez mais presentes nas redes sociais, acarretam, em 
geral, a prática de crimes ou de contra-ordenações sujeitas a penas de prisão ou elevadas coimas

O juiz desembargador Eurico Reis afirma que a brincadeira no IC8, em Proença-a-Nova, que culminou no atropelamento mortal de um jovem de 17 anos, quando alegadamente simulava o "toureio" de uma viatura  pode enquadrar o crime de atentado à segurança de transporte rodoviário, com pena de um a cinco anos de prisão.

Os amigos da vítima que filmariam a brincadeira para a divulgar na Internet incorrem, por seu lado, segundo o advogado Rui Patrício, no risco de serem indiciados por colaboração ou cumplicidade.

Esta foi a última "brincadeira" radical que chamou à atenção. Mas há outras que, embora sem um fim tão dramático, não só colocam em risco a vida dos protagonistas, como violam as leis do País.


* Apoiado, basta de palermas exibicionistas


.

8 - PATRIMÓNIO DA HUMANIDADE








.

HOJE NO 
" RECORD"


Mundial'2014: Portugal é cabeça de série 
no sorteio da qualificação
Europa terá nove pré-designados

Portugal é cabeça de série no sorteio para a fase de qualificação do Mundial'2014, que se realiza no próximo sábado, no Rio de Janeiro.

A colocação de Portugal no grupo dos mais fortes resulta do ranking da FIFA, publicado esta quarta-feira, no qual a seleção portuguesa ocupa o sétimo lugar a nível mundial e quinto europeu, sendo que na Europa são nove os pré-designados.

A nova ordenação de "favoritos" ficou definida depois do sorteio para o anterior Mundial, disputado na África do Sul em 2010, com a FIFA a mudar os critérios, adequando-os ao seu ranking mensal.

Para compor os nove grupos de apuramento da zona europeia - oito com seis equipas e um com cinco -, os 53 países filiados na UEFA serão divididos em cinco potes de nove equipas e um apenas com oito.

Os nove melhores europeus na classificação da FIFA estarão no pote 1 na qualidade de cabeças de séries, os nove seguintes no pote 2 e assim em diante até ao pote 6, onde serão colocados os oito pior classificados.

Os primeiros de cada um dos grupos qualificam-se diretamente para o Mundial, que se disputará no Brasil, e os oito melhores segundos classificados terão ainda que disputar um playoff para definir mais quatro apurados, num total de 13 equipas.


* Que façam melhor figura...


.

MARGARIDA REBELO PINTO



Querer é poder

Para prender uma mulher, não basta conquistá-la. A grande missão vem depois, e requer artes variadas e combinadas. É preciso ser um ouvinte atento, um bom amante, um razoável cozinheiro, uma óptima companhia e um grande amigo. Se for arrumado, bom rapaz, com bom coração e boa cabeça, então ainda melhor. Mas o mais importante, e que se soma a uma série de atributos cuja natureza e intensidade variam de pessoa para pessoa, é querer agarrar aquela mulher.

Um homem que sabe o que quer ganha sempre a corrida. Ele pode viver noutra cidade, mas se souber fazer-se presente, ganhará pontos. Ele pode ser mais velho ou mais novo, mais alto ou mais baixo, mas se se mostrar sempre feliz e bem-disposto, puxará a sorte para o seu lado.

O que é fundamental é mostrar serviço, dar a cara, vestir a camisola. Um homem que sabe o que quer, espera o tempo que for preciso. Vai marcando o território conforme a mulher vai deixando, sem nunca ser impaciente. Ele insiste, sem nunca ser insistente. Ele persiste sempre, sem nunca desistir, mesmo que se mantenha à margem quando lhe é pedido.

Ele está ali, para o que der e vier, seja o que for que aí vem, porque, em bom rigor, nunca sabemos o que a vida nos traz e nos leva. Pode alternar o estilo caçador, que é o proactivo, com o do pescador, que é o que se senta e espera. Mas ele sabe que estar quieto também pode ser uma acção. E por isso ele sabe esperar, sem desesperar, e sabe ouvir um ‘não’ sem se encolher, e sabe que um ‘talvez’ se pode transformar num ‘sim’, se ele souber fazer bem as coisas.

O oposto do homem que sabe o que quer é o homem que hesita; pondera, analisa os prós e os contras, avança mas não se compromete, até gosta dela, mas acha que aquilo ainda não é bem o que sonhou para ele. Então vai deixando andar, e depois deixa arrastar, e depois até pode deixar cair, porque no fundo nunca chegou a agarrar com unhas e dentes, com o seu corpo e a sua alma, o corpo e a alma daquela mulher.

E depois há ainda a terceira categoria e a mais perigosa, que é uma espécie mutante: tudo começa muito bem, nos primeiros anos todo ele é desvelos, atenções, carinhos e promessas, mas depois deixa-se vencer pelo tempo, pela vida, pela rotina, pelo choro dos miúdos a meio da noite, pelas fraldas e pelo peso das responsabilidades.

O príncipe encantado vai perdendo o seu espírito e as suas feições e, quando se dá por ele, está feito um sapo. Já vi muitos casamentos que se desfazem assim, sufocados numa morte lenta, como uma estátua de pedra que entra em erosão irreversível e quando uma rajada de vento mais forte a apanha desprevenida, se desfaz em pó, cinzas e quase nada.

O homem que sabe o que quer é consistente e decidido. Até pondera, mas no momento certo não hesita. Conquista e depois agarra. E quando sabe agarrar, sabe prender. Não há nada mais sedutor para uma mulher do que saber que há um homem que lhe pertence.

E não há nada mais arrebatador para uma mulher do que entregar-se a um homem. E no fundo, não há nada que a faça mais feliz. Como dizia a Charlotte, a mais romântica das quatro mulheres de Sexo e a Cidade, «in the end we all want to be rescued. Don’t we?». Eu acho que sim. Aliás, não acho. Tenho a certeza.

IN "SOL"
26/07/11

53 - IPSIS VERBIS


   VÍTOR GASPAR
Ministro de Estado e  das Finanças

 

"A divisão entre capitalistas e trabalhadores 

está ultrapassada"

 

 

IN "CORREIO DA MANHÃ"

27/07/11



HOJE NO 
" PÚBLICO"



Exigência de estágio para psicólogos
em debate no Parlamento
A exigência, com carácter retroactivo, de experiência profissional de 18 meses de trabalho para que os psicólogos possam exercer, imposta por nova legislação, está a gerar protestos e originou uma petição que será debatida hoje no Parlamento

O Sindicato Nacional dos Psicólogos apoia a petição e discorda que a exigência seja feita a todos os licenciados em psicologia e não apenas aos que obtiveram o diploma após a entrada em vigor das novas regras.

Já a Ordem dos Psicólogos defende a realização de um estágio profissional de um ano e também é contra a retroactividade nos moldes em que está na lei, propondo antes que vigore apenas a partir do momento em que foram abertas as inscrições na Ordem, em Dezembro de 2009. O bastonário, Telmo Batista, disse que já endereçou essa e outras propostas à Assembleia da República para alterar a actual legislação.

A dirigente do Sindicato Nacional dos Psicólogos Elsa Couchinho apoia a petição e critica o facto de os portadores da anterior cédula passada pelo Ministério do Trabalho – antes de existir a Ordem – deixarem de poder exercer psicologia. A sindicalista fala mesmo em “elitização” da profissão, somando os custos da licenciatura às novas restrições no acesso ao exercício da psicologia.

As regras em debate atingem principalmente licenciados há mais tempo que não tenham ainda exercido a profissão ou aqueles que mais recentemente concluíram a formação universitária, defende Elsa Couchinho. Quem não tenha experiência profissional de um ano e meio vai ter que a obter através de um estágio que, para dificultar ainda mais a situação, agora terá obrigatoriamente que ser remunerado, quando antes poderia ser gratuito para a entidade ou o profissional que o facultasse, acrescenta.


* O direito à dignidade

.

2 - ATÉ QUANDO ESTA VERGONHA???












.

À BOLEIA




.


HOJE NO 
" i"


Há 4 mil professores destacados 
e a maioria vai voltar às escolas
Três em cada dez docentes estão a trabalhar
nos serviços tutelados pela Educação

O ministro da Educação e Ciência (MEC) já avisou que a partir de Setembro quer que a maioria dos professores que foram destacados em 2007 para desempenhar outras funções regresse às suas escolas. Os docentes requisitados são, segundo os números da tutela, cerca de 4 mil. Os professores em mobilidade estão em todo o lado - nas escolas privadas e públicas, nas associações culturais e desportivas, nas autarquias, nas instituições privadas e até nas fundações. A maioria, porém, ocupa cargos nos serviços e nas entidades sob a alçada do MEC, onde três em cada dez docentes (600) estão nas direcções regionais ou centrais do ministério.

Quantos destes vão voltar a dar aulas é ainda uma incógnita, já que Nuno Crato prometeu avaliar caso a caso para não comprometer o funcionamento dos serviços. Para já, os únicos a escapar a esta regra são os docentes a trabalhar em instituições de ensino vocacionadas para alunos com necessidades especiais (cerca de 300 docentes) ou em hospitais e centros de saúde (50 docentes). Nas cinco direcções regionais de educação, contudo, as contas do ministro já estão feitas - dos cerca de 400 professores, 320 vão voltar ao ensino.

Os dados, recolhidos da lista da Direcção-Geral dos Recursos Humanos da Educação para o ano escolar 2010/2011, mostram que as entidades tuteladas por outros ministérios ocupam o segundo lugar do ranking: é para lares e centros de apoio geridos, por exemplo, pelo Ministério da Solidariedade e da Segurança Social, que trabalham 16% dos professores destacados.

Os agrupamentos escolares, os centros de Novas Oportunidades e ainda as escolas profissionais são o domicílio profissional "emprestado" para 11,6% dos professores em mobilidade. Há também cerca de 8% (163) a desempenhar funções em associações, cooperativas e fundações. Mas da lista constam exemplos curiosos: 31 foram destacados para associações de professores e outros 31 estão nas federações desportivas.

Resta saber que impacto terá o regresso destes professores na diminuição das vagas para os contratados que concorreram a uma vaga nas escolas no próximo ano lectivo. Há sempre um efeito dominó, defende Manuel Pereira, da Associação Nacional de Dirigentes Escolares, que, contudo, não acredita que os professores em mobilidade provoquem grandes alterações no número de docentes a serem dispensados.

"No universo das escolas, os que estão destacados representam uma minoria, por isso, estou convencido que o seu regresso implicará apenas alguns reajustamentos", diz, acreditando ser esta uma "boa oportunidade" para redefinir as regras da mobilidade que "nunca foram muito claras". Por outro lado, o dirigente da Federação Nacional do Ensino e Investigação, Carlos Chagas, acredita que o ministério vai reforçar as disciplinas de Português e Matemática com os docentes que voltarem ao ensino: "É preciso que estes docentes sejam um trunfo para combater o insucesso escolar e apoiar os alunos com maiores dificuldades." 


* Professor é para ensinar


.

FF




.

HOJE NO 
" JORNAL DE NEGÓCIOS"

Investimento estrangeiro em Portugal
baixou 46% no ano passado
Entre 1995 e 2004, a média anual de entrada de IDE foi 
de 3,2 mil milhões de dólares, o que compara com 
os 2,7 mil milhões de 2009 e os 1,5 mil milhões de 2010

Os fluxos de entrada de investimento directo estrangeiro (IDE) em Portugal baixaram 46% em 2010, face ao ano anterior, para 1,5 mil milhões de dólares (mil milhões de euros), revela um relatório da UNCTAD hoje divulgado.

Este valor, adianta a agência da ONU para o comércio e o investimento, equivale a 3,4% do total da formação bruta de capital fixo (FBCF) [investimento], depois de ter representado 5,9% em 2009 e 9,7%, em termos médios anuais, na década 1995-2004. Por comparação, na União Europeia o IDE equivaleu a 10,1% da FBCF em 2010.

A informação disponibilizada pelo 'World Investment Report 2011' indica ainda que o País tem perdido capacidade de absorver IDE nos últimos anos.

Entre 1995 e 2004, a média anual de entrada de IDE foi de 3,2 mil milhões de dólares, o que compara com os 2,7 mil milhões de 2009 e os 1,5 mil milhões de 2010.

Por outro lado, o investimento directo português no exterior está em retracção, contrariando a tendência dos últimos anos. Em 2010, houve uma entrada líquida de 8,6 mil milhões de dólares, depois de anos consecutivos de saídas líquidas, que entre 1995-2004 foi de 3,9 mil milhões de dólares, em termos médios anuais, e entre 2005-2007 de 4,9 mil milhões de dólares por ano.

Em termos de stock no País, Portugal perdeu IDE acumulado, uma vez que o nível deste baixou de 115 mil milhões em 2009 para 110 mil milhões de dólares no ano seguinte, que significa 48,2 por cento do produto interno bruto (PIB).

Este stock correspondia em 1995 a 16,3% do PIB, disparando para os 39,7% em 2008 e 49,1 por cento no ano seguinte.



* Por causa da burocracia a mais e justiça a menos


.

6- TUNING’S DELIRANTES









.M


HOJE NO 
" CORREIO DA MANHÃ""


Caminho à privatização
A contestação ao aumento do preço dos transportes, que chega aos 25%, tem levado utentes e deputados, sobretudo à esquerda, a acusarem o Governo de estar a preparar as empresas de transportes para a privatização.

No PSD, dois deputados desmentem tal intenção. Ao CM, Luís Menezes, vice-presidente da banca social-democrata, garante que "o aumento não tem relação com qualquer intenção de privatização", uma ideia partilhada por Nuno Matias.

Ontem, a comissão de utentes de transportes da Margem Sul considerou que a decisão do Executivo é forma de aumentar a atractividade das empresas públicas de transporte para os capitais privados. PCP e Bloco, pela voz de Honório Novo e Catarina Martins, não têm dúvidas de que será esse o caminho. "De forma directa ou indirectamente", frisou ao CM Honório Novo, apontando como exemplo o Metro do Porto ou os STCP. "É torná-las apetecíveis para os privados", sublinha Catarina Martins, do BE. Hélder do Amaral, do CDS-PP, acredita que o serviço público se manterá. "Há algumas linhas que não são serviço público, são serviços já concorrenciais e aí tem de se jogar com as regras de mercado", disse.


* Será uma tramóia???


.
3- FOTOS 
EM MOVIMENTO



A fotógrafa novaiorquina Jamie Beck mudou totalmente o conceito de GIFs animados ao criar uma respeitada forma de arte, apresentando fotos extremamente impressionantes.
Para quem não sabe, os GIFs animados são famosos na internet. Entretanto, a grande maioria tem caráter humorístico e não guarda grandes preocupações com a qualidade das imagens. O que Jamie faz é exatamente o contrário. As imagens possuem incrível realismo e chama atenção pelos detalhes.
Batizadas como “cinemagraphs”, ela busca não esgotar as possibilidades de uma imagem. Esta realmente parece ser a chave para criar uma arte respeitável. 
 
.
 
 .


HOJE NA
" A BOLA"


Mundiais 2011: Diogo nas ‘meias’ 
de 200 estilos com recorde nacional
Depois de Carlos Almeida nos 100 bruços, foi agora a vez de Diogo Carvalho também bater um recorde nacional nos XIV Mundiais de Xangai, desta feita aos 200 estilos (1.59,51). Porém o homem do Galitos de Aveiro não ficou por aí e garantiu igualmente a presença na meia-final desta tarde (12h24, transmissão no Eurosport) com a 9.ª melhor marca das eliminatórias entre 47 adversários.

Diogo vinha determinado para a China e não falhou. Após em Abril, durante a Swim Cup Eindhoven, ter elevado a fasquia do máximo nacional dos 200 estilos - que já lhe pertencia - para 1.59,54 m, o que lhe conferiu imediatamente mínimos A da FINA para os Jogos Olímpicos de Londres-12, esta madrugada em Portugal e três meses volvidos do brilharete na Holanda, o melhor nadador português da actualidade retirou outros três centésimos ao recorde.

Contente? Não! Satisfeito? Não! Cansado? Muito! Mesmo muito. Após ter integrado a terceira das seis séries dos 200 estilos Carvalho vinha estoirado e na verdade pouco feliz por só ter apagado três centésimos de segundos à marca. «Foi bom mas...». Achava que poderia ter feito melhor. Que havia pequenos erros a corrigir. O primeiro logo na saída do bloco.

Mas, ainda que não o dissesse, o maior receio nada tinha a ver com o recorde ou o visto para os Jogos. Tudo isso já era seu. O desassossego era o risco de não terminar entre os 16 mais rápidos e garantir que seria o primeiro português a ganhar a honra de nadar à tarde neste Mundial que não está a correr de feição para a maioria da Selecção.


* Os verdadeiros heróis quase anónimos


.
8 - BIBLIOTECAS  EUROPEIAS




1



HOJE NO 
" JORNAL DE NOTÍCIAS"


Barão escondia cocaína 
em tijoleira importada do Brasil
A Polícia Judiciária do Porto apreendeu, ontem, 52 quilos de cocaína que vinham dissimulados entre grandes quantidades de tijoleira importada do Brasil. Foi detido o destinadário da encomenda, que planeou levar o produto para um armazém em Valongo.

Desde o início do mês, a PJ apreendeu já cerca de 3100 quilos de cocaína em seis operações nos Açores, no Algarve, Lisboa e em Matosinhos. Num dos casos foi detida uma mulher, de 35 anos, alegada líder de um grupo ligado à máfia marselhesa, em França.

* Bandidagem que expõe os agentes que a combatem a elevados riscos, é sustentada por governos corruptos


.

A casa ideal para seu Signo

Leão - 22/7 a 22/8
 


Elemento: fogo
Planeta: Sol
Ambiente preferido: um banheiro luxuoso é o local perfeito para o signo de leão, que adora passar cremes e perfumes
Cores: laranja e terracota
É o signo da exuberância e do bom gosto. A casa deve encher os olhos de quem chega e contar com móveis e enfeites luxuosos. A leonina costuma escolher acabamentos elaborados, como forro de gesso e pedras (mármores e cristais). Seus adornos preferidos são peças com assinatura de designers e artistas conhecidos no mundo inteiro. Gosta de muito brilho em todos os espaços.

.

HOJE NO 
" O PRIMEIRO DE JANEIRO"


Assunção Cristas
pede ajuda a agricultores
'Com erros, temos que devolver verbas '

A ministra da Agricultura, Assunção Cristas, apelou, ontem, aos agricultores para colaborarem na elaboração do parcelário do País, processo que quer ver concluído antes do final do ano, sob pena de Portugal voltar a ser penalizado por Bruxelas. Segundo a ministra, a conclusão do parcelário (definição das parcelas, por culturas, alvo de apoios comunitários) é neste momento 'uma prioridade absoluta', a concluir até final do ano. Assunção Cristas referiu que a identificação correta de 1,6 milhões de parcelas é um 'trabalho intenso', que está a ser desenvolvido pelas associações de agricultores e pelas direções regionais de agricultura, 'fundamental para Portugal não continuar a pagar multas por ter um parcelário com erros', Para Assunção Cristas, este é um 'desígnio', do País. 'Se o trabalho não for bem feito, temos que devolver verbas', disse.
Para a ministra, a agricultura será 'parte na superação da crise', e dará um contributo para o 'desígnio do crescimento económico', do país, sendo, por isso, necessário que todos os recursos sejam 'bem aplicados', e não haja devoluções a Bruxelas.


* SOS terra


.

QUEBRA GELOS






.



HOJE NO 
" DIÁRIO ECONÓMICO"


Dívida do SNS 
é de três mil milhões de euros
Governo admite pela primeira vez dívida do SNS

Finalmente está desfeito o mistério. O ministro da Saúde assumiu ontem que a dívida actual do Serviço Nacional de Saúde (SNS) chega aos três mil milhões de euros. Um valor sobre o qual se especulava mas que o Governo anterior nunca assumiu. Só a indústria farmacêutica reclamava uma dívida de mil milhões de euros, mas afinal o SNS deve o triplo aos seus fornecedores.

"Em mãos temos o desafio de estancar e sarar uma dívida actual de cerca de três mil milhões de euros e um défice orçamental de 2010 que se aproxima dos 450 milhões", afirmou Paulo Macedo em Viana do Castelo, durante a primeira visita oficial como ministro da Saúde.

Desde que o Executivo tomou posse, Paulo Macedo tem sido um dos ministros mais reservados quanto ao diagnóstico da sua pasta e às soluções que pretende apresentar. Só ontem, no primeiro acto oficial - a inauguração da nova Unidade de Cirurgia de Ambulatório da Unidade Local de Saúde do Alto Minho - é que o ministro da Saúde levantou o véu: para "sarar" uma dívida de três mil milhões de euros, Paulo Macedo vai apostar na transparência.




* A saúde em "coma"

.

CAMILO PESSANHA
1867-1926

Na cadeia os bandidos presos!
O seu ar de contemplativos!
Que é das feras de olhos acesos?!
Pobres dos seus olhos captivos.

Passeiam mudos entre as grades,
Parecem peixes n'um aquario.
—Campo florido das Saudades
Porque rebentas tumultuario?

Serenos... Serenos... Serenos...
Trouxe-os algemados a escolta.
—Extranha taça de venenos
Meu coração sempre em revolta.

Coração, quietinho... quietinho...
Porque te insurges e blasfemas?
Pschiu... Não batas... De vagarinho...
Olha os soldados, as algemas!


.

3 - FAMOSOS  EM  GRAFITE


DESPORTO







.m

7 - PENSADORES








.

JORNAIS DE HOJE


COMPRE JORNAIS













.

BOM  DIA






.