domingo, 10 de julho de 2011

- UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

















MENINO IMAN




Carro da TV francesa atropela ciclistas 
10/07/11
TOUR DE FRANCE



DINHEIRO




Um chimpazé artilheiro





.
CONE ING




A estranha moda do "cone-ing"

Depois da moda do 'planking', da Austrália chega mais uma tendência insólita: pedir um cone num drive-thru e quando o funcionário entrega a encomenda, o cliente pega diretamente no gelado, em vez de o fazer pela bolacha...


Curva apertada faz-se larga

video

Richard Dawkins 

1 - O Serviço Irracional de Saúde





Filme que mostra a absurda realidade de um mundo onde ciência e tecnologia é deixada de lado para dar lugar a crenças e superstições infundadas em medicinas alternativas. Bilhões de dólares são gastos todos os anos com tratamentos que a ciência já demonstrou claramente não terem nemhum resultado, a não ser, enriquecer médiuns, videntes e homeopáticos por todo o mundo, aproveitando-se da ignorância do povo. Assistam ao vídeo e tirem suas próprias conclusões, obrigado!

Carregado por

PAULO FERREIRA


As contas e a regionalização

 

O secretário de Estado da Administração Local lançou, ontem, um balde de água fria sobre os cerca de mil autarcas que estão reunidos em Coimbra, no XIX Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses.
Paulo Júlio, ex-autarca de Penela, informou os presentes de que a regionalização não está nos planos do Governo. Argumento: "Há um plano de emergência social que é preciso colocar no terreno, há um plano de emergência financeiro e um plano de emergência económica que é fundamental. A regionalização não é um tema que está na agenda".
Assim à primeira vista, a coisa parece fazer sentido: a urgência em pôr as contas em ordem e a economia a crescer; o facto de a troika nos ter imposto a sangue-frio uma redução substancial de freguesias e autarquias; a circunstância de as câmaras serem obrigadas a reduzir pessoal; e esse ligeiro problema decorrente do corte de 1200 milhões de euros de transferências do Estado para os municípios nos próximos dois anos - tudo parece aconselhar prudência e ponderação num salto tão delicado como é a criação de regiões.
Sucede que, ultrapassadas as primeiras e superficiais vistas, há, entre muitos outros, três factores que aconselham o contrário daquilo que defende o secretário de Estado.
Primeiro factor. A transição para um Portugal mais desafogado financeiramente não pode ser feita apenas e só com base na análise das colunas do deve e haver. Sim, essa lente é fundamental, mas não deve matar a política, aqui entendida no seu mais nobre sentido. E a política, creio, aconselha reformas que, mais cedo ou mais tarde, se nos imporão, como a regionalização.
Segundo factor. Politicamente falando, Passos Coelho prometeu (está escrito no projecto de revisão constitucional do PSD, artigo 255) criar uma região piloto para avaliar custos e benefícios e, lia-se nas entrelinhas, convencer os cépticos. O PSD queria mesmo eliminar a obrigatoriedade de criar regiões administrativas em todo o país e ao mesmo tempo. Uma de duas: ou era engodo, ou a vontade de (tentar) regionalizar passou-lhe depressa.
Terceiro factor. Mesmo mergulhada numa crise ainda mais grave do que a nossa, a Grécia criou regiões, vendo nelas um instrumento de modernização do país, de redução de custos na administração pública, de eliminação de assimetrias regionais e de impulso ao desenvolvimento económico. Estão loucos? Se sim, são acompanhados pelos restantes 12 países que, na Europa a 15, também têm regiões. Faltamos apenas nós e os irlandeses. Pode ser que os inteligentes sejamos nós e os irlandeses. Mas também pode ser que, um destes dias, fiquemos, outra vez, orgulhosamente sós.
É o nosso fado...

IN "JORNAL DE NOTÍCIAS"
10/07/11


SPENCER TUNICK









Voluntários nus representam para o fotógrafo norte-americano Spencer Tunick.
As cerca de 800 pessoas que posaram nuas esta manhã, fingiram dormir, fizeram lutas de almofadas e imitaram estátuas, em frente e nos jardins do Castelo de Gaasbeek, na Bélgica, a seis quilómetros de Bruxelas.
A peça chama-se "Belezas Adormecidas".
Tunick é especialista em fotografias de nus ao ar livre. Começou por capturar imagens de pessoas nuas em locais insólitos em 1986 e iniciou o seu portfolio de nus em locais públicos em 1995, a partir de sua terra natal, Nova Iorque.
Desde então construiu uma grande e impressionante carteira de trabalhos nus por todo o mundo. 

IN "SÁBADO"
09/07/11

Cosmos 

1 - Céu e Inferno






Em 1908, na Sibéria, uma explosão misteriosa abalou a paisagem, projetando árvores a milhares de quilômetros de distância e produzindo um som que se ouviu em todo o mundo.
Teria uma nave espacial extraterrestre sofrido um acidente nuclear?
Carl Sagan examina os testemunhos e conclui que a Terra foi atingida por um pequeno cometa.
Um modelo do sistema solar demonstra a possibilidade de outros planetas terem sofrido impactos semelhantes.
Tal como Immanuel Velikovsky proclamava, teria o planeta Vênus sido já um cometa gigante?
O Dr. Sagan conclui que não, que as provas não confirmam a afirmação.
Embarcamos numa viagem descendente através da atmosfera infernal de Vênus, para explorar a superfície de braseira, atingida esta pelo chamado efeito de estufa.
O destino de Vênus pode ser uma história de alerta para o nosso mundo.
O Dr. Sagan lança um aviso sensato para que sejam tomadas medidas de proteção do frágil planeta azul, a Terra.

Carregado por

Moody's Junk Mail




A 5 de Julho de 2011, a Moody's considerou Portugal "LIXO".

Na sequência disso, Pedro & Hugo, uma dupla de criativos, aproveitou um tempo livre entre o seu trabalho na BBDO e mandou uma carta para a sede da Moody's em Nova Iorque. Uma carta com um pedaço de Portugal como ele é visto pela Moody's.

Só para que saibam que estamos a trabalhar para elevar o nosso rating.

.

ANGÉLICO VIEIRA

 MAU DEMAIS PARA SER VERDADE

Caso insólito: 
Mulher engravida de chimpanzé

30 de Junho de 2011, 15:18

Segundo vários órgãos de comunicação do Brasil, o ADN comprova que o filho que a jovem espera é de um chimpanzé. Caso aconteceu no interior do Amazonas.

[cid:1.184452153@web125802.mail.ne1.yahoo.com]Um caso misterioso ocorrido em Manicoré, interior do Estado brasileiro do Amazonas, está a intrigar cientistas de todo o mundo.

Uma jovem de 19 anos de idade está grávida de um macaco chimpanzé. Na tarde do passado sábado, 25 de Junho, alguns médicos e cientistas (entre eles, brasileiros, japoneses, argentinos, americanos) e também uma equipa da NASA, estiveram no Amazonas para analisar o caso da rapariga.

A jovem, cujo nome está a ser preservado para não causar constrangimento, manteve a gravidez em sigilo até a barriga crescer e ser impossível manter o segrego. Os pais foram os primeiros a saberem, mas não acreditaram na versão dada pela jovem de que o pai seria o macaco.

A mãe da rapariga, disse ao site G17.com.br que só acreditou na história quando os médicos confirmaram que a criança que está a ser gerada pela rapariga tem o ADN do macaco.

O pai disse que desconfiava que a filha tinha "qualquer coisa" com o macaco mas achou que era apenas carinho de ser humano para animal de estimação. "Ela dormia na cama com o macaco, mas não imaginei que eles faziam algo mais", afirmou.

Sobre o futuro, o pai sugere o casamento da rapariga com o chimpanzé. A mãe é contra.


enviado por E. FRANÇA


TENHA UM BOM DOMINGO


...viva um dia de cada vez, poupando


COMPRE JORNAIS E REVISTAS


quantos ficam????
Blatter quer irradiar suspeitos 
de manipulação de resultados
O presidente da FIFA, Joseph Blatter, anunciou que vai suspender os jogadores, treinadores e árbitros envolvidos em alegadas manipulações de resultados que estão a ser investigados em diversos países.
«A decisão que temos é a de suspender todos eles, sejam jogadores, treinadores ou árbitros, para toda a vida», referiu Joseph Blatter em Pachuca, no México, onde se encontra para assistir à final do Campeonato do Mundo de sub-17, que se joga este domingo.
Chris Eaton, chefe de segurança da FIFA, acrescentou ainda que está a liderar uma investigação em El Salvador, precisamente sobre manipulação de resultados no futebol.
«É muito difícil e preocupante para a FIFA. Temos recebido diversos relatórios de jogo ilegal e manipulação de resultados», acrescentou ainda Blatter, que pede agora rigor nas investigações: «Vimos nas últimas semanas esses problemas surgirem na Grécia, Turquia, Malásia e outros países. É uma investigação a nível mundial e temos de agir com grande rigor.»
"A BOLA"

destaque português
Maria de Medeiros vence em festival checo
Portugal esteve nos prémios do festival da República Checa, que consagrou o prémio Globo de Cristal ao filme 'Restoration', do israelita Adon Fidelman. Judi Dench e John Turturro foram igualmente homenageados.
A expressiva interpretação de Maria de Medeiros em 'Holidays by the Sea' (Férias na Praia), ajudou a que o filme viesse a ganhar, neste sábado, o prémio de melhor realização na 46ª edição do festival de cinema de Karlovy Vary, um dos mais importantes festivais europeus que tem ligar na deslumbrante estância balnear da República Checa. Ainda o ano passado a actriz portuguesa apresentara o filme 'Hitler in Hollywood'.
"SÁBADO"

mais de 50% de nós
Doença silenciosa afecta cinco milhões
Silencioso mas fatal, o excesso de colesterol no organismo afecta mais de metade da população nacional, cerca de cinco milhões: um em cada dois portugueses tem níveis superiores a 190 mg/dl. A situação é em tudo semelhante à de outros países do sul da Europa, onde os maus hábitos alimentares, aliados ao estilo de vida, fazem com que os cuidados com a saúde sejam renegados para segundo plano.
De acordo com o cardiologista Ricardo Seabra Gomes, é possível que "o principal problema em Portugal seja o desconhecimento dos níveis de colesterol por parte da população que se considera saudável". Existe ainda o problema do diagnóstico ser realizado tardiamente, já que se trata de uma patologia sem sintomas físicos e que "nem sempre é atempadamente tratada", revela o especialista do Instituto do Coração.
Para que os comportamentos de risco não se perpetuem nem venham a ter consequências nefastas, é necessário estar alerta e evitar que o excesso de colesterol se acumule no interior das artérias.
"CORREIO DA MANHÃ"

 futuro negro
Mais de 200 mil famílias podem 
ficar sem casa até final deste ano
Cerca de 200 mil famílias podem perder a médio prazo as suas casas. A esta projecção, feita com base nos dados do Banco de Portugal para o primeiro trimestre, há que acrescentar ainda os casos de contribuintes alvo de penhora e execução por parte do fisco ou da Segurança Social, que também podem perder os seus imóveis. Isto porque as medidas impostas pela troika a Portugal exigem maior celeridade por parte da justiça nacional.
Ou seja, os actuais prazos de três e mais anos para a conclusão deste tipo de processos devem descer para menos de um, como acontece noutros países da União Europeia.
O incumprimento no crédito à habitação atinge actualmente 5,5% do total dos cerca de 2,5 milhões de famílias que compraram casa própria recorrendo à banca. Contudo, a esmagadora maioria continua a morar nas habitações, embora não pague, à espera dos processos legais que permitem aos bancos recuperar as casas hipotecadas para as voltarem a vender ou leiloar.
As casas que estão actualmente no mercado, em consequência de incumprimentos bancários, e que têm estado a ser leiloadas ou vendidas directamente por empresas imobiliárias, dizem respeito a processos que datam de há três, quatro ou mais anos. Ou seja, o mercado está actualmente a absorver a crise que teve início no final de 2008 e começou por atingir as classes mais desfavorecidas dos subúrbios das grandes cidades, como Lisboa e Porto.
Sintra, Abrunheira e Massamá são três das localidades da Grande Lisboa que mais têm alimentado os recentes leilões de casas ou venda directa por parte dos bancos ou por empresas por estes subcontratadas para escoarem estes produtos, que deixaram de ser pagos há cerca de três anos.
As classes de menores rendimentos, que deixaram de conseguir pagar os empréstimos das casas à banca desde essa altura, começam agora a ficar realmente sem casa.
execuções fiscais Esta é uma parte da realidade. Existe outra, mais difícil de quantificar, que tem a ver com as dívidas ao fisco e/ou à Segurança Social e a outros credores. Segundo explicou uma fonte da banca ao i, nem todas as casas que vão a hasta pública têm a ver com o incumprimento bancário. No caso das dívidas ao fisco e à Segurança Social, as habitações são penhoradas e leiloadas ao fim de três ou quatro anos, uma vez que as reclamações têm sempre efeito suspensivo.
Mas nestes casos há uma agravante para o detentor do imóvel: se a dívida do contribuinte for de 12 mil euros, por exemplo, o licitante que se apresente a uma hasta pública pode adquiri-la por aquele valor, independentemente de esta valer muito mais. Entretanto, se o contribuinte faltoso tiver recorrido ao crédito bancário, tem de continuar a pagá-lo, independentemente de ter perdido o imóvel.
Esta variedade de situações, que frequentemente se sobrepõem, têm tendência a agravar--se a curto e médio prazo se a justiça começar a actuar mais depressa. Segundo a mesma fonte bancária, "ainda estamos muito longe de termos um quadro real do que está a acontecer por causa da lentidão dos tribunais."
"i"

evitar a morte
Congresso mundial debate 
alterações climáticas em Lisboa
A divulgação de novos dados sobre alterações climáticas e o debate de soluções para minimizar os efeitos do aquecimento global vão ser debatidos a partir de segunda-feira numa conferência mundial que se realiza em Lisboa.
Mais de uma centena de cientistas, políticos e investigadores vão reunir-se durante quatro dias na terceira edição da Conferência Mundial Sobre Aquecimento Global, que decorrerá na sede da Fundação Calouste Gulbenkian.
As alternativas energéticas aos combustíveis tradicionais - petróleo, gás natural e carvão – serão um dos temas em discussão e a questão que ocupará o primeiro painel de debate.
Para além das consequências ambientais, os especialistas irão ter em conta que as reservas de petróleo deverão durar para apenas mais 40 anos, num crescendo de preços que está a incrementar cada vez mais o recurso a fontes de energia alternativas, como o sol ou o vento, disse à agência Lusa o moderador desse primeiro módulo, o professor catedrático Manuel Collares Pereira.
Previsões dos peritos apontam para já se tenha consumido metade do petróleo existente em todo o mundo, enquanto o pico de consumo do gás natural deverá ser atingido em breve e a sua vida útil não deverá ir além de mais 60 anos, ainda de acordo com o especialista em energias alternativas e docente na Universidade de Évora.
"SOL"

gestores caloteiros
Empresas do Estado 
devem 130 milhões a fornecedores
As dívidas de 12 empresas públicas a fornecedores alcançaram praticamente 130 milhões de euros em 2010, de acordo com a informação que foram obrigadas a publicar nos seus sites. As construtoras são as mais penalizadas pelos atrasos, suportando 55 por cento do passivo total. Metro do Porto e CTT foram as que mais ficaram a dever, atingindo, em conjunto, 96,1 milhões de euros.
O Orçamento do Estado para 2011 impôs às empresas com um prazo médio de pagamento acima de 90 dias a obrigatoriedade de publicarem, até 31 de Março, a lista das dívidas a fornecedores e respectiva antiguidade. Uma regra que a maioria destas 12 sociedades cumpriu. A Metro do Porto e a STCP foram as únicas, do grupo analisado, que não disponibilizaram a informação no prazo estipulado.
No caso desta última transportadora, o atraso foi justificado com um projecto de "actualização do site". As restantes empresas (TAP, NAV, Refer, CP, Metro de Lisboa, Lusa, Águas de Portugal, CTT, REN e Carris) já tinham colocado os dados nas suas páginas oficiais, respeitando as imposições do Governo.
A informação disponibilizada por estas 12 entidades do Sector Empresarial do Estado (SEE) mostra que, a 31 de Dezembro de 2010, havia uma dívida total de 127,5 milhões de euros a fornecedores. Deste montante, 29 por cento tinha uma antiguidade superior a 360 dias. Ou seja, havia mais de 37 milhões por pagar desde 2009.
"PÚBLICO"

por um canudo
Comboios: Acordo entre CP e Renfe para ligação 
a Vigo é só até 30 de setembro 
e Governo espanhol estuda alternativas
O Ministério do Fomento espanhol confirmou, sexta-feira, o acordo alcançado entre as duas transportadores ferroviárias ibéricas, Renfe e CP, para manter o serviço Porto-Vigo, mas que para já só será válido até final de setembro.
Citado por vários órgãos espanhóis, o secretário de Estado dos Transportes, Isaías Táboas, explicou que este acordo, que prevê o pagamento da Renfe, pelo serviço prestado em território espanhol, à CP, estará em vigor "até 30 de setembro".
Até lá, acrescentou Isaías Táboas, a operadora pública espanhola vai estudar "com que material e serviços" será mantida a ligação, depois dessa data.
"EXPRESSO"

valentes
Desporto adaptado: 
Portugal arrecada cinco medalhas nos Europeus
duas de prata e três de bronze

O português Emanuel Gonçalves (S10) conquistou a medalha de prata na prova dos cinco quilómetros em águas abertas nos Europeus de natação adaptada, que este domingo terminou em Berlim e na qual Portugal arrecadou cinco medalhas.
Emanuel Gonçalves, que em agosto do ano passado também tinha conquistado a prata na prova de águas abertas dos Mundiais de natação adaptada, terminou hoje atrás do alemão Lucas Ludwing, medalha de ouro, e à frente do belga Sven Decaesstecker, que completou o pódio.
A prata conquistada por Emanuel Gonçalves junta-se às quatro medalhas arrecadas por João Martins (S1) que subiu ao pódio em todas as provas em que participou, tendo conseguido um segundo lugar e três terceiros.
Portugal fechou a competição no 22.º lugar do quadro de medalhas, com duas de prata e três de bronze, liderado pela Ucrânia, que arrecadou 105 medalhas.
"RECORD"

a seguir nós
Euro/Crise: Responsáveis da UE reúnem-se 
para "coordenar posições" sobre 
novo plano de resgate grego
Os principais responsáveis económicos da União Europeia reúnem-se na segunda-feira, em Bruxelas, para "coordenar posições" sobre o segundo plano de ajuda à Grécia, que tem suscitado divisões quando aumentam os receios de contágio da crise da dívida.
O presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, "convocou para a manhã de segunda-feira uma reunião de coordenação com os principais atores" do dossier, afirmou hoje à agência noticiosa France Presse o seu porta-voz, Birk De Backer.
"Não se trata de uma reunião de crise, mas sim de coordenação de posições", acrescentou o porta-voz.
"VISÃO"

ena tantos, à fome
População mundial deverá 
ultrapassar os 7.000 milhões
Este ano seremos mais do dobro dos habitantes de há 50 anos, um crescimento que aumenta as preocupações sobre como alimentar todos e com a sobrecarga para os recursos naturais.
No Dia Mundial da População, que se assinala segunda-feira, são recordados os alertas dos especialistas para a disparidade existente entre a subida da população e a capacidade de resposta da natureza às necessidades cada vez mais exigentes dos cidadãos.
Em 2010 viviam cerca de 6.934 milhões de pessoas na Terra e a Organização das Nações Unidas prevê que dentro de 50 anos a população chegará aos nove mil milhões, sendo em África que o crescimento é mais acelerado.
A organização ambientalista WWF já chamou a atenção para o desperdício de recursos devido ao consumo desenfreado, realçando que, a continuar assim, dentro de pouco tempo serão necessários dois planetas e meio para responder às solicitações.
As características da população alteraram-se e está mais acentuada a diferença entre os países desenvolvidos e aqueles em vias de desenvolvimento.
Nas nações mais ricas, a população envelhece, resultado da quebra da natalidade e da subida da esperança média de vida. Nos países mais pobres, os bebés continuam a nascer ao mesmo ritmo.
"LUSA/DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

trambiqueiros
Tráfico de drogas é principal causa 
da prisão de portugueses no Brasil
O tráfico internacional de drogas está na origem da quase totalidade das detenções de portugueses no Brasil, segundo o grupo de trabalho dos presos estrangeiros da Defensoria Pública da União brasileira.
A maioria dos prisioneiros portugueses no Brasil foram apanhados em flagrante quando actuavam como correios de droga, ou "mulas", na linguagem brasileira.
Em geral, os presos têm origem pobre. São, em grande parte, jovens portugueses com idades entre os 20 e 25 anos, mas também há registo de idosos, afirmou à Agência Lusa o defensor público federal brasileiro Gustavo Henrique Virginelli.
Normalmente, os correios de droga não passam do aeroporto, porque são detidos ali mesmo, mas o defensor brasileiro diz que já defendeu um casal preso num hotel do centro de São Paulo.
A maioria dos presos não tem dinheiro para contratar um advogado. Por esse motivo, a defesa dos portugueses fica sob a responsabilidade da Defensoria Pública. O Consulado-Geral de Portugal em São Paulo, Estado que é a principal porta de entrada do país, não tem um departamento jurídico próprio.
As condenações são quase certas, diz o defensor público, pois a maioria dos correios de droga é presa em flagrante. Ainda assim, a Defensoria acompanha quase todo o processo contra estrangeiros na Justiça, inclusive recorrendo das condenações. Esta entidade também faz visitas semestrais às cadeias.
"JORNAL DE NOTÍCIAS"
V I N H A Ç A














4 - PLANTAS BENFAZEJAS

5 - OS  PALHEIROS









FAÇA  BOAS FÉRIAS