segunda-feira, 6 de junho de 2011

- UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

12 - LIDAR COM ATREVIDOS

 



AZULEJO PORTUGUÊS





Os portugueses não inventaram o azulejo, mas usaram-no de forma original, para revestir paredes, pavimentos, bancos, lagos e fontes. Fizeram-no tão bem que estes pequenos quadrados de barro, a que o fogo dá vida, atingiram o estatuto de obras-primas.O Azulejo é uma das expressões mais fortes da Cultura em Portugal e uma das contribuições mais originais do génio dos portugueses para a Cultura Universal.
Aqui, o Azulejo ultrapassou largamente a mera função utilitária ou o seu destino de Arte Ornamental e atingiu o estatuto transcendente de Arte, enquanto intervenção poética na criação das arquitecturas e das cidades.

Gravado no Canal História dia 8/6/2009

Michael Flatley 

Lord of the dance finale


ALZHEIMER
CAMPANHA INTELIGENTE



RUI  SIMAS   

“O DEMENTISMO”




O dementismo, uma forma diferente de olhar a realidade. Rui Simas fala-nos deste movimento dementista, que segundo ele é "quebrar todas as regras mesmo quando elas não existem". Aviso: foi a primeira vez que alguém teve que sair de palco num colete de forças...

IN "IGNITE"

MARIA DE LURDES VALE

MARIA DE LURDES VALE

Transformar é preciso...

Eduardo Souto de Moura esteve na terça-feira no Andrew Mellon Auditorium, em Washington, para receber o Prémio Pritzker. Frente a Barack Obama, o arquitecto português disse isto: "Com dez séculos de História, Portugal encontra-se hoje numa grande crise social e económica, como já aconteceu em vários períodos anteriores. Hoje, como ontem, a solução para a arquitectura portuguesa é emigrar. Como dizia Paul Claudel: 'Le Portugal est un pays en voyage, de temps en temps il touche l'Europe.' Resta-nos a 'mudança', como quer dizer a palavra 'crise' em grego. Resta-nos decifrar o significado dos dois caracteres chineses que compõem a palavra 'crise': o primeiro significa 'perigo', o segundo 'oportunidade'. Em África e noutras economias emergentes não nos faltarão oportunidades, o futuro é já aí. 'Trabalhar na transmutação, na transformação, na metamorfose é obra própria nossa (Herberto Helder).'"
Foi Portugal que esteve ali presente e foi do nosso País que se falou na imprensa americana. O mérito é de Souto de Moura, que, nas palavras do Presidente dos EUA, "puxou os limites da sua arte, mas fê-lo de uma forma que serve o bem comum" e "nunca se satisfez com soluções fáceis". Obama acertou em cheio, não há melhor imagem para definir as qualidades dos portugueses quando, e aproveito a citação do poeta, conseguem trabalhar "na transmutação".
É este o desafio que nos espera nos próximos tempos. Sermos capazes de transformar a crise em oportunidades e fazer com que o nome de Portugal não fique associado a um naufrágio colectivo. Para isso, é preciso um esforço individual e comunitário, dos que estão dentro e fora do País. E há bons exemplos.
Uma jovem consultora de marcas resolveu fazer com que as festas do São João sirvam de pretexto para atrair mais turistas à Invicta e dinamizem mais negócio. Patrícia convidou dois amigos para a ajudarem a activar o Porto Forward, criou um site, bateu a várias portas, e já pôs em marcha um movimento que no dia 10 de Junho organiza uma "martelada" no centro de Madrid para dar a conhecer a alegria com que os tripeiros celebram o seu santo.
João Francisco, presidente do Portuguese Circle em Nova Iorque e Domitília dos Santos, a portuguesa mais influente em Wall Street, juntaram-se à cônsul de Portugal em Newark, e organizaram em poucos meses e com a ajuda de dezenas de voluntários - desde a chefe Luísa Fernandes até ao Melhor Bolo de Chocolate do Mundo - a primeira corrida de cinco milhas de Portugal na Big Apple. Sabem quantas pessoas se inscreveram? Sete mil. No dia 19 de Junho, lá estarão todos com a camisola verde e vermelha no Central Park a celebrar o País.

É destes que precisamos. Dos que transformam ideias em actos. 

IN "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
04/06/11
D - INVENTOS DA ANTIGUIDADE

4 - A CIÊNCIA CONTIDA NA BÍBLIA



ALMORRÍDA ESCHERICHIA COLI


E.coli: Testes a rebentos vegetais negativos

Os primeiros testes conduzidos a rebentos vegetais de uma quinta orgânica no norte da Alemanha, que se suspeitava estarem na origem de um surto da bactéria E.coli, tiveram resultados negativos, anunciaram esta segunda-feira autoridades regionais alemãs.

"Por enquanto, a origem ainda não pôde ser determinada", declarou o ministério da Agricultura do estado da Baixa Saxónia (noroeste da Alemanha).

No domingo, as autoridades de saúde alemãs tinham apontado rebentos da planta de soja e de outros legumes cultivados perto de Bienebuttel como a causa provável do surto de uma estirpe da bactéria E.coli, que já provocou até agora 22 mortes, das quais 21 na Alemanha e uma na Suécia.

O comunicado do ministério acrescentava que serão feitas mais análises, mas advertia que não se pode esperar por "um desfecho rápido na investigação da origem", e que "a curto prazo" não será encontrada uma "explicação para a contaminação".

Só na Alemanha, 2231 pessoas já foram infetadas pela bactéria desde 2 de Maio.

Entretanto, as autoridades sanitárias polacas confirmaram o primeiro caso de infecção por esta estirpe de E.coli, uma mulher de 29 anos que tinha estado recentemente na Alemanha.

IN "CORREIO DA MANHÃ"
06/06/11

BERNARDO SASSETTI

4 - CHINA MARAVILHOSA






3 – PONTES PERIGOSAS









2 - PIRINÉUS SEM NEVE







23 - GUIA DOS CURIOSOS

clique 2x para ler


3 - STURGIS
clique para ampliar







TENHA UM BOM DIA............


... não mintam mais, 
                     conseguem????


COMPRE JORNAIS


trabalhador
Obikwelu segundo em Rabat
O português Francis Obikwelu foi hoje segundo classificado na prova dos 100 metros do meeting de Rabat, em Marrocos.
Obikwelu registou 10,31 segundos, sendo apenas batido pelo atleta da «casa» Azaz Ouadi, que gastou 10,27 segundos.
A prova acabou por ficar marcada pela prestação do jamaicano Asafa Powell, ex-recordista mundial, que foi o último a cruzar a meta nos 100 metros, evidenciando problemas físicos.
No lançamento do dardo feminino, ganho pela espanhola Mercedes Chilla, com 63,77 metros, a portuguesa Sílvia Cruz foi quinta classificado, com 56,11.
"A BOLA"

a "passos" de caracol
Governo vai demorar
As negociações para a formação do novo governo podem começar hoje, mas a tomada de posse irá demorar cerca de um mês. Só no próximo dia 15 de Junho é que serão contabilizados os votos dos eleitores residentes no estrangeiro.
Sem que haja qualquer prazo constitucional, a constituição de um governo é sempre um procedimento longo, que começa com o Presidente da República a ouvir os partidos sobre os resultados das eleições, depois de estes serem oficiais. Segue-se a nomeação do primeiro-ministro pelo Presidente e, depois, os convites para os restantes membros do governo.
"CORREIO DA MANHÃ"

e onde é o exílio dourado???
Sócrates abandona a política 
com o peso da maior derrota desde 1987
O líder cessante anunciou que nem sequer será deputado para não influenciar a escolha da nova liderança do PS. Na despedida assumiu erros "aqui e ali".
José Sócrates entrou ontem para a galeria dos antigos primeiros-ministros, ao perder as eleições e ao abandonar a liderança do PS depois de obter a quarta pior derrota de sempre dos socialistas desde a fundação do partido. Para encontrar um resultado mais fraco é preciso recuar até às já longínquas legislativas de 1983, 1985 e 1987. 
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

não é a distância, é a capacidade!!!
Urgência da Maternidade do D. Estefânia 
encerra hoje debaixo de protestos
As urgências da Maternidade Magalhães Coutinho deixam hoje de funcionar no Hospital D.Estefânia, sob protesto dos profissionais da unidade e com a garantia governamental de que a segurança de mães e bebés ficará garantida. A data do encerramento foi conhecida a 27 de maio, quando a administração da maternidade do Hospital D.Estefânia informou os funcionários de que as urgências obstétricas encerrariam um dia após as eleições legislativas. Na reunião, os técnicos foram informados de que as consultas e o bloco operatório deverão continuar a funcionar normalmente.Dias depois, e para assinalar o Dia Mundial da Criança, largas dezenas de profissionais concentraram-se à entrada das instalações da unidade, silenciosamente, contra o que consideram "o desmembramento" do hospital.A ministra da Saúde, no entanto, frisou que a segurança dos bebés não fica posta em causa com o que designa como a "fusão" das urgências obstétricas do Hospital D. Estefânia e da Maternidade Alfredo da Costa."Não é um encerramento de uma maternidade. Há uma junção de uma urgência única. Estamos a falar de duas urgências a 500 metros uma da outra", acrescentou.
"i"

há muita inteligência no país
Nortávia concebeu projecto pioneiro 
de dirigível no armazém de uma têxtil
O NFAP, de Nature Friendly Airship Program, é um dirigível versátil e ecológico, pensado por Cassiano Rodrigues, dono da empresa de aviação Nortávia e da fábrica Rodrilinea.
Há sete projectos destes em todo o mundo, e um deles está em Portugal, "escondido" há quase quatro anos nas traseiras de uma empresa têxtil com sede na Maia, a Rodrilinea. Está agora pronto para ser mostrado ao mundo e tem muitos ingredientes para impressionar.
Com a dedicação exclusiva de uma equipa de sete profissionais, quatro anos de esforço e um investimento de quase dois milhões de euros, a Nortávia (uma empresa criada em 1989 e que está certificada na prestação de vários serviços de aeronáutica e aviação) está pronta para mostrar ao mundo o seu NFAP - Nature Friendly Airship Program, um dirigível aéreo pioneiro a nível mundial.
Mesmo adivinhando que há mais seis projectos de dirigíveis de última geração a ser desenvolvidos em todo o mundo, Cassiano Rodrigues, ex-piloto da Força Aérea e um dos primeiros pilotos de aviação civil executiva privada em Portugal, sabe que o projecto que está a ser desenvolvido nas suas empresas (é o dono tanto da Nortávia, como da Rodrilinea) é um projecto pioneiro. Porque é versátil, e pode chegar onde mais nenhum meio de transporte chega, pode estar no ar umas horas, ou vários dias ou meses.
"PÚBLICO"

dinheiro a mais para um país pobre
Real Madrid oferece 25 milhões e Garay
Está iminente a transferência de Fábio Coentrão para o Real Madrid de José Mourinho. Nas últimas horas, o clube merengue reformulou a proposta que já havia feito chegar a Lisboa, considerando a partir de agora que Ezequiel Garay, de 24 anos, será incluído no negócio que levará o lateral do Benfica para a capital espanhola. Assim, o Benfica receberá, muito provavelmente, 25 milhões de euros e o central argentino.
A decisão está nas mãos de Luís Filipe Vieira, que deverá responder nas próximas horas. O presidente do Benfica havia garantido que Coentrão não saía por um valor inferior à cláusula de rescisão (30 milhões), mas a realidade é que o valor de mercado de Garay torna apetecível o negócio que, na prática, significaria 35 milhões para os encarnados, considerado que o central do Real Madrid tem uma cotação atual a rondar os 10 milhões.
"RECORD"

redacção inflacçionada
Atestados médicos estão 17 vezes mais caros
O preço dos atestados supera em muito a actualização de acordo com a inflação, segundo parecer da Entidade Reguladora
Os portugueses estão a pagar entre três e 17 vezes mais do que deviam para obter atestados médicos de incapacidade ou de autorização para conduzir.
Os atestados médicos tinham até Janeiro um custo de 90 cêntimos, um valor que se mantinha desde a última revisão em 1982. No entanto, foram aumentados para 20, 50 e 100 euros, quando a inflação apenas ditaria subidas até 5,93 euros para os três atestados, de acordo com um parecer da Entidade Reguladora da Saúde (ERS).
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

um negócio superior
Cursos de Direito e Arquitectura 
não cumprem a lei
Mais de metade dos cursos superiores não cumprem regra que exige que 50% dos professores sejam doutorados na área que leccionam.
"Se neste momento aplicássemos a lei, tal como está, fechava mais de metade do ensino superior", assegura Alberto Amaral, responsável pela primeira avaliação e acreditação dos cursos superiores portugueses em cinco anos.
O presidente da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) explica ao Diário Económico que grande parte das escolas universitárias não está a cumprir o estipulado no Decreto-Lei de 2006, segundo o qual 50% do corpo docente de cada curso em funcionamento terá de ser doutorado na área que lecciona.
Em causa estão sobretudo as escolas de "Direito, Arquitectura, Turismo, Artes e Design", acrescenta Alberto Amaral. Segundo os dados enviados pelas instituições para a A3ES até Abril de 2010, em Direito, a percentagem de cursos que não cumprem a lei ronda os 54%, sendo que a nível nacional a média de doutorados nesta área é de 48,6%. No caso de Arquitectura a percentagem de cursos em incumprimento é menor: cerca de 30% dos cursos desta área não têm no seu corpo docente metade de doutorados, sendo que a nível nacional existem 49% de professores doutorados em Arquitectura.
"DIÁRIO ECONÓMICO"

estrangular o pequeno comércio
Abertos pelo tribunal
Até à decisão final da justiça, as lojas do Continente e Aki de Viana do Castelo vão continuar abertas depois das 13h00 de domingo.
As lojas do Continente e do Aki de Viana do Castelo continuaram, ontem, abertas além das 13h00, em resultado do diferimento pelo Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga à contestação da Sonae ao regulamento municipal. Desde abril que a aplicação do regulamento municipal, definindo o encerramento de grandes superfícies acima dos 2.000 metros quadrados aos domingos à tarde e feriados, está suspenso, pela aceitação das duas providências cautelares interpostas pelos grupos Sonae e Aki. O Tribunal decidiu-se esta semana pelo deferimento da providência cautelar interposta pela Sonae e, até à decisão sobre a ação principal – ou caso a Câmara de Viana do Castelo decida recorrer e ganhe a contestação -, todas as grandes superfícies do concelho vão funcionar sem limitações.
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

porque é contestado????
Fundo de garantia 
para proteger viajantes já disponível
As agências de viagens e operadores turísticos começam, segunda-feira, a contribuir para o Fundo de Garantia das Agências de Viagens e Turismo, criado para proteger turistas quando há incumprimentos por parte das empresas.
A nova lei das agências de viagens prevê a criação de um Fundo de Garantia para a protecção de turistas quando as agências ou operadores não cumprirem os contratos.
A partir de hoje, as agências vendedoras (agências de viagens) e as agências organizadoras (operadores turísticos) têm de começar a fazer a sua contribuição para o Fundo, cujo valor total dependerá sempre do número de agências registadas.
As agências vendedoras têm de contribuir com 2500 euros inicialmente e as agências organizadoras com cinco mil euros e, posteriormente, poderão ter de fazer contribuições anuais de valor equivalente a 0,1 por cento do volume de negócios.
As agências e operadores que já estejam em actividade à data de entrada em vigor da nova lei têm um ano para seguir as novas regras enquanto que as que vão ser criadas a partir de segunda-feira têm de fazer o pagamento de imediato.
A nova lei tem sido alvo de contestação no sector, com a Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) a afirmar que viola as regras da concorrência e "abre porta à fraude".
"JORNAL DE NOTÍCIAS"
7 - AMIGOS
pra ir contigo pra qualquer lugar....

2 - RELÓGIOS 






1 -ESCULPINDO COM MOTOSERRA



JORNAIS DE HOJE


COMPRE JORNAIS