segunda-feira, 9 de maio de 2011

- UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA


A viúva do rabino

Um rabino, ainda jovem, falece tragicamente num acidente. 
Como ele vivia em uma comunidade pequena, todos se conhecem e, depois de algum tempo, acabam aconselhando a viúva a que volte a se casar... Na comunidade (kibutz) havia somente um candidato disponível e era um mecânico, simpático, mas com pouca instrução.
Embora relutasse no início, pois era habituada a viver com uma pessoa erudita, a viúva finalmente aceita.

Após o casamento, na sexta-feira, véspera de Shabat, após o banho ritual no mikve, o mecânico diz à sua nova esposa:
- Minha mãe sempre falou que era uma boa ação praticar sexo antes de ir para a sinagoga.
Foi dito e feito.

Voltando do templo, ele informa:
- Segundo meu pai, é uma santa obrigação fazer sexo antes de acender as velas de Shabat.
Foi dito e feito, de novo.

Pouco antes de irem dormir, o mecânico volta ao assunto:
- Meu avô sempre disse que é costume fazer sexo no Shabat.
Resultado: foi dito e feito, mais uma vez.

Amanhecendo o dia seguinte, ele diz:
- Minha tia Sarah, muito religiosa, me disse certa vez que um bom judeu não começa a manhã de Shabat sem ter sexo (adivinhe o que aconteceu...)

A viúva, já no domingo, sai para fazer compras.
No mercado encontra com várias amigas, que perguntam:
- E aí? Que tal é o novo marido?
- Bom - responde ela - não é tão instruído como o 
anterior, mas vem de uma família maaaaaraaaaaaaaviiiilhooooooooosaaaaa... 

enviado por D.A M.

8 - LIDAR COM ATREVIDOS

Governador da BA 'vende barba' por R$ 500 mil para Gillette

 
foto

O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), vai fazer uma doação de R$ 500 mil, como pessoa física, para um projeto beneficente de educação do Instituto Ayrton Senna, comandado pela empresária Viviane Senna.
Para isso, Vagner vai raspar a barba usando o barbeador da Gillette. O dinheiro virá da Procter & Gamble, dona da marca.
Vagner afirmou que mantém o visual barbado há 34 anos.
"Vou vender minha barba para a Gillette, mas esse dinheiro tem que ser investido aqui na Bahia", disse.
Para financiar o projeto, o empresário João Doria Jr lançou uma campanha durante o seu fórum de empresários em Comandatuba, pedindo doações anuais de R$ 60 mil --12 prestações de R$ 5 mil mensais-- para empresas e empresários participantes.
Em menos de quatro horas, Viviane Senna já arrecadou no evento mais R$ 2,2 milhões, valor levantado no evento no ano passado.

NO ELEVADOR


video


ASOCIAÇÃO PORTUGUESA 
DE LEUCEMIAS E LINFOMAS




">Inscreva-se como sóci@ da APLL por apenas € 5/ano. As verbas que recolhidas através dos novos sócios ou donativos revertem integralmente a favor dos doentes: oferecemos pijamas, uma vez que o tratamento de quimio e radioterapia os leva a transpirar imenso, pelo que têm de trocar de pijama várias vezes ao dia; oferecemos um plafond de 200/250 euros/mês, conforme o caso, para compra de medicamentos em farmácia por doentes carênciados, que permitam complementar o tratamento ambulatório - estes casos são analisados pela assistente social do IPO do Porto e remetidos para a APLL.

Dadores de Sangue

As colheitas de sangue podem salvar vidas. Os doentes sujeitos a tratamentos de quimio, rádio e imunoterapia precisam, muitas vezes, de transfusões de sangue aquando do tratamento.

Dadores de Medula

O registo como dador de medula óssea não traz benefícios directos ao dador. No caso de se encontrar um dador compatível com um doente que precise de transplante, o dador poderá, ou não avançar com o processo de dádiva. Nos dias de hoje, o processo é extremamente simples e indolor, podendo ajudar a salvar uma vida.

Associação Portuguesa 
de Leucemias e Linfomas
Clinica Oncohematologia
R. Dr. António Bernardino de Almeida,
4200-072 Porto
Tel. 225 084 000 - ext. 3100 | 93 440 50 12
E-mail: geral@apll.org

Associação Portuguesa Contra a Leucemia
Rua D. Pedro V - nº 128
1250-095 Lisboa
Tel: 213 422 204/05
Fax: 213 422 206
E-mail: apcl@contraleucemia.org | 
Web: http://www.contraleucemia.org

CEDACE – Registo Português 
de Dadores de Medula Óssea
Centro de Histocompatibilidade do Norte
Pavilhão "Maria Fernanda"
R. Dr. Roberto Frias
4200-467 Porto
Tel: 225 573 470
Fax: 225 501 101

2 - ALMORRÓIDA ECOLOGISTA



Cortejo deixou "16 toneladas 
de resíduos sólidos" nas ruas

O cortejo da Queima das Fitas de Coimbra, em que participaram, na tarde de domingo, 106 carros alegóricos, deixou nas ruas da cidade por onde desfilou e artérias circundantes, "16 toneladas de resíduos sólidos", segundo fonte da autarquia.

Daquelas 16 toneladas, "6,5 toneladas eram garrafas de plástico e latas de bebidas", revelou, esta segunda-feira, durante a sessão quinzenal da câmara de Coimbra, o vereador do CDS Luís Providência, eleito pela coligação PSD/CDS/PPM, que detém maioria no executivo.

Luís Providência, responsável pelo pelouro do Ambiente, sublinhou o facto do vasilhame em vidro recolhido, imediatamente a seguir ao desfile, ao final da tarde de domingo, corresponder apenas a meia tonelada de resíduos.

A "reduzida quantidade de vidro" recolhido pelos serviços de higiene e limpeza da autarquia resulta, em boa medida, com certeza, das campanhas de sensibilização que têm sido desenvolvidas junto dos estudantes e distribuidores de bebidas, no sentido de evitarem o uso de recipientes de vidro, acredita o vereador.

Durante a mesma reunião, na tarde de hoje, a vice-presidente da câmara, Maria José Azevedo Santos, lamentou os "excessos" cometidos, durante a Queima das Fitas, pelos estudantes dos diferentes estabelecimentos de ensino superior da cidade e muitos forasteiros.

Reflexo desses "excessos" é, designadamente, a "vandalização de 15 stands" dos já 70 instalados no Parque Verde do Mondego, para a realização da feira do livro da cidade, que abre no próximo fim de semana, disse a autarca social democrata.

Sublinhando que não se quer imiscuir nas questões da Academia de Coimbra, Maria José Azevedo Santos, propôs que a câmara promova, para o ano, reuniões, designadamente, com os organizadores da Queima das Fitas para os sensibilizar no sentido de "que sejam regulados os excessos".

"Quero os estudantes irreverentes", mas "não posso aceitar que vandalizem o património", como sucedeu também, por exemplo, com a ponte pedonal sobre o Mondego, disse a autarca, reagindo a advertências dos vereadores eleitos pelo PS.

"O pior que nos pode acontecer é tentarmos ser paternalistas em relação à Academia ou tentarmos impor-lhe regras", alertou o socialista Carlos Cidade, considerando que a Queima das Fitas, que é "a maior festa de Coimbra, tem muitos mais aspectos positivos que negativos".


IN "JORNAL DE NOTÍCIAS"
09/05/11
Eythor Bender
Exoesqueletos




 

Eythor Bender, da Berkeley Bionics trás ao palco dois impressionantes exoesqueletos, HULC e eLEGS -- acessórios robóticos que podem um dia permitir humanos carregarem aproximadamente 90 quilos sem se cansarem, ou permitirem que um inválido se levantar e andar. Uma demonstração poderosa acontece no palco, com implicações para o todo tipo de potencial humano.

JORGE GABRIEL


Manhosos
JÁ ESTÁ





Nota introdutória: parabéns ao FC Porto e ao Sp. Braga pela presença na final da Liga Europa.

Frank W. Abagnale era um jovem de 21 anos, que fintou as autoridades, e se fez passar por piloto de aviação, advogado e médico sem possuir quaisquer habilitações para tal. Falsificou dezenas de cheques, ludibriou dezenas de pessoas com as seus ardilosos esquemas e levou anos a ser capturado. Esta história real foi há uns anos contada pela mão do mestre Steven Spielberg no filme “Apanha-me se puderes”. A película mostra um incrédulo perseguidor, Tom Hanks, e um displicente Leonardo DiCaprio que se serve da credulidade, para dirigir ao ridículo qualquer vulgar cidadão que com ele se cruze.

Este burlão foi capturado e reabilitado, acabando por colaborar com a polícia na descoberta de outros criminosos homólogos. Durante toda a película ganhamos um carinho pelo vigarista, que suplanta a lei sem que a autoridade, que tanto tememos e odiamos, o alcance. Esta admiração cúmplice por quem corre riscos, mesmo ilegais e intrujas, só perde o sorriso matreiro quando é atingido diretamente. Qualquer coincidência entre este enredo e alguns episódios manhosos vividos esta semana é pura imaginação conspirativa. Na certa.

Segunda-feira desvendou-se o enigma do patrocínio nas camisolas do Barcelona que tanto incomodava José Mourinho. Senes Erzik é vice-presidente do comité de árbitros da UEFA e, simultaneamente, diretor de projetos da Unicef. Curiosamente este dirigente tem dois ídolos no futebol: o brasileiro Pelé e o holandês Johan Cruyff, atual selecionador da não reconhecida equipa representante da Catalunha. Assistiram ao jogo da segunda mão da meia-final da Liga dos Campeões, entre o Barcelona e o Real Madrid? Tudo normal para os culés. Uma vergonha para os madridistas. Já agora, o passado recente, polémico, na prova, dos catalães é capaz de acrescentar umas achas para a fogueira da desconfiança coletiva.

Quarta-feira, o jornal espanhol “Marca” traz à estampa um jantar entre o árbitro do jogo do FC Porto-Villarreal, Bjorn Kuipers e dirigentes portistas. A administração do clube azul desmente a notícia, porém confirma que António Garrido, em representação da Federação Portuguesa de Futebol, acompanhou a equipa de arbitragem nesse repasto. A memória de alguns prega partidas desagradáveis. Há anos que se sabe que o ex-árbitro tem uma predileção pelo clube do Dragão, pelo que a minha única estranheza é a insensibilidade da FPF na escolha de tão suscetível representante.

Finalizo com a operação montada pela Polícia Judiciária, para incriminar o ex-árbitro Martins dos Santos, apanhado em flagrante delito, a receber mais de mil euros de um dirigente do S. P. da Cova para evitar a descida de divisão do clube. Este é a segunda vez que Martins dos Santos e o seu filho, árbitro também, Daniel Santos, se envolvem neste comportamento manhoso. Este árbitro do Porto andou, durante vários anos, nos principais palcos do futebol português. Para além de toda censura que envolve este processo, lamento, profundamente, que os jornais desportivos tenham ignorado este escândalo nas suas capas. Apenas um, “O Jogo”, escreveu uma singela frase. Os generalistas encararam-no com outro critério.

IN "RECORD"
06/05/11
B - INVENTOS DA ANTIGUIDADE 
2 - ROBÔS

ALMORRÓIDA FINLANDESA


Resposta Finlandesa ao vídeo Português


JÚLIO PEREIRA


7 - VIAGEM AO FUNDO DA TERRA








Prova irrefutável que "Bin Laden" 
está no fundo do mar


TUMBLING



 Sabem o que é o Tumbling? Não? 
Ótimo!!! Ao menos estão bem entretidos!!!




video


Então vejam aqui!
(Tomem boa atenção à altura do tapete, 
mas mesmo assim, é diabólico!)

enviado por M. COUTINHO

LEOPARDO


video
19 - GUIA DOS CURIOSOS


7 - OS AGRICULTORES






TENHA UM BOM DIA


...e dão-nos música

COMPRE JORNAIS

é tabu antes das eleições
Despedimentos individuais mais fáceis, 
mas não se fala de liberalização
A liberalização dos despedimentos é uma palavra tabu entre os maiores partidos portugueses e até entre os parceiros sociais, apesar de no memorando assinado entre o governo e a troika estar claramente definido que vão aumentar as causas que dão origem à rescisão dos contratos individuais de trabalho. Mais: até se equipara o despedimento individual ao despedimento colectivo no que diz respeito à antiguidade - em igualdade de circunstâncias pode ser despedido o trabalhador mais novo ao invés do mais velho, como sucedia até agora.
A desadequação ao posto de trabalho passa a ser extensível a trabalhadores e não apenas aos gestores e aos administradores. Quanto à diminuição da taxa social única (TSU), todos concordam com a sua diminuição, se bem que com algumas reticências - embora haja quem recorde, como o programa do PSD ontem apresentado, que quando Cavaco Silva era primeiro-ministro houve uma redução da TSU de 24,5% para 23,75% compensada por uma transferência de 1% do IVA, que acabou por superar o decréscimo da TSU. Agora, o PSD defende uma redução até quatro pontos.
"i"
a música não é p'ra todos
Sócrates acusado no FT de fazer discurso 
enganador sobre pacote de ajuda
A gestão da crise por Portugal tem sido “apavorante”, e o anúncio por José Sócrates do acordo alcançado com a EU-FMI é um “ponto alto do lado tragicómico da crise”, segundo um artigo de opinião publicado no Financial Times de ontem.
José Sócrates é acusado de ter escolhido atrasar o pedido de assistência financeira “até ao último minuto” e o seu discurso de que o acordo pacote português é melhor do que o grego e o irlandês e que não seria muito doloroso não é verdade, na opinião de Wolfgang Münchau, um dos colunistas de longa data do diário financeiro britânico.
Münchau assinala que o pacote de ajuda a Portugal contém “cortes selvagens” de despesa, congelamentos nos salários do sector público e pensões, aumentos de impostos e a previsão de dois recessão “profunda”, o que em sua opinião desautoriza o discurso de Sócrates.
“Não se pode dirigir uma união monetária com pessoas como o sr. Sócrates, ou com ministros das Finanças que espalham rumores sobre uma cisão” da moeda única, diz ainda.
"PÚBLICO"

obrigatório ajudar
Paulo Bento: 
«Oportunidade única de ficarmos em primeiro»
A Noruega não tem tirado o sono a Paulo Bento. A menos de um mês do encontro decisivo da Seleção Nacional frente à formação nórdica (4 de junho, no Estádio da Luz), o selecionador aposta tudo no salto para a liderança do Grupo H de apuramento para o Euro’2012.
“O jogo é extremamente importante para conseguirmos o apuramento. Acredito e desejo que o Estádio da Luz esteja cheio. O público pode ajudar a ultrapassar as dificuldades que possam surgir”, disse Paulo Bento em entrevista à Antena1.
"RECORD"

igualdade no género
Mulheres não chegam a um terço dos autarcas
Nas últimas autárquicas foram eleitas mais 8,3 por cento de mulheres do que nas anteriores, mas elas continuam a representar menos de um terço dos autarcas e são poucas as que ocupam lugares de liderança, revelou a Administração Eleitoral.
Segundo dados ainda não definitivos da Administração Eleitoral, acerca da participação de mulheres nas eleições autárquicas de 2009, dos 50.891 autarcas eleitos para o conjunto dos órgãos autárquicos (Câmara e Assembleia municipais, Junta e Assembleia de Freguesia), apenas 14.031 são mulheres (27,6 por cento) e 36.860 (72 por cento) dos autarcas continuam a ser homens.
As mulheres ainda representam menos de um terço dos eleitos, mas houve uma evolução significativa entre a participação feminina nestas eleições em relação às anteriores, onde apenas 19,3 por cento dos eleitos eram mulheres.
Para esta evolução terá contribuído a lei da Paridade, de agosto de 2006, que estabelece que as listas para a Assembleia da República, para o Parlamento Europeu e para as autarquias locais são compostas de modo a assegurar a representação mínima de 33 por cento de cada um dos sexos.
No entanto, quando se comparam os lugares de topo, a diferença entre os dois sexos é ainda maior: apenas 23 (4,5 por cento) dos 308 municípios têm uma mulher como presidente da câmara.
No total nacional, são 137 os concelhos que têm mais de 30 por cento de mulheres em cargos autárquicos e 28 os que têm menos de 20 por cento de mulheres eleitas.
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

lingua enganadora...
Catroga defende subida do IVA mas no vinho
O coordenador do programa do PSD admite que se enganou quando defendeu esta manhã a subida do IVA na cerveja.
Esta manhã, durante o Fórum da TSF, Eduardo Catroga propôs a reestruturação do IVA num 'mix' de produtos e optou por destacar a cerveja. "A cerveja não deve estar na taxa reduzida", afirmou o ex-ministro das Finanças.
Minutos mais tarde, em declarações ao Económico, Catroga admitiu que se enganou, dado que a cerveja é um produto que já está taxado a 23%. "Foi um Lapsus Linguae. Estava a pensar no vinho", diz o coordenador do programa eleitoral dos social-democratas.
"DIÁRIO ECONÓMICO"
foi o professor do consumismo
Alterar comportamentos
O Presidente da República considera que o acordo para ajuda financeira é o sinal da necessidade de se alterar o rumo das políticas.
'O acordo é o sinal mais evidente da necessidade de alterarmos o rumo das políticas e de mudarmos de atitudes e comportamentos. Não podemos continuar a viver acima das nossas possibilidades', advertiu, numa comunicação ao país.
Neste contexto, o Presidente da República deixou mais um sério aviso: 'Quero dizer aos portugueses que, se não mudarmos, estaremos daqui a três anos, ou até antes disso, pior do que nos encontramos agora',
Sem se pronunciar sobre os aspetos específicos do acordo negociado pelo Governo com a «troika» o chefe de Estado referiu que o montante de 78 mil milhões de euros de ajuda que chegará a Portugal 'não representa um cheque em branco', que os países europeus e as instituições internacionais concedem a Portugal 'para que tudo permaneça na mesma',
'O compromisso assumido constitui uma oportunidade que não é gratuita, é temporária e não se irá repetir nos próximos anos', disse, antes de defender que a execução do acordo deve ter duas preocupações essenciais, a justiça social e o crescimento da economia.
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

despesa necessária
Papilomavírus humano custa 45,8 
milhões de euros por ano ao Estado
As doenças causadas pelo papilomavírus humano (HPV) representam um custo anual para o Serviço Nacional de Saúde estimado em 45,8 milhões de euros, revela um estudo da Escola Nacional de Saúde Pública.
O estudo, que será divulgado, segunda-feira, em Lisboa no congresso "Eurogin 2011", visou estimar a carga de doenças relacionadas com HPV em homens e mulheres e teve como base a incidência e os custos totais para o SNS, bem como o total de mortes por cancro ocorridas em 2009 em Portugal.
A investigação focou em especial os tipos de HPV 6, 11, 16 e 18, abrangidos pela vacina quadrivalente integrada há três anos no Plano Nacional de Vacinação. Os cancros da cabeça e pescoço, do colo do útero e verrugas genitais são as doenças que representam os maiores encargos financeiros entre as doenças relacionadas com HPV.
Segundo o resumo do estudo, a que a agência Lusa teve acesso, os custos totais com estes quatro tipos de HPV representam cerca de 24,2 milhões de euros (52,9% dos custos totais de doenças por HPV).
Embora as verrugas genitais não sejam tão relevantes em termos de mortalidade, a sua incidência e os custos totais com diagnóstico e tratamento representam um custo estimado de 8,5 milhões por ano, superiores aos custos totais estimados em 2009 para tratamento do cancro do colo do útero.
O estudo refere ainda que a administração da vacina poderá traduzir-se numa poupança anual estimada de 11,5 milhões de euros em diagnóstico e tratamento.
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

couceiradas
V. Setúbal alcança permanência 
à custa do Sporting
O Sporting perdeu, este domingo, em casa, com o V. Setúbal, por 0-1 e está a um ponto do terceiro lugar, ocupado pelo SC Braga. Ao invés, os sadinos asseguraram a permanência na Liga.
Um golo de Jaílson, na segunda parte, deu aos setubalenses uma vitória que fugia desde 2003, altura em que o V. Setúbal eliminou o Sporting da Taça de Portugal. Os leões somaram a quarta derrota em Alvalade, para desilusão de mais de 30 mil espectadores que encheram o estádio.
O Sporting foi melhor na primeira parte, sobretudo quando Izmailov e Matias Fernández carregaram a equipa para o ataque. No entanto, escassearam as oportunidades de golo para os leões, com excepção para um remate de Hélder Postiga, salvo por Hugo Leal em cima da linha.
Perto do intervalo, Zeca desperdiçou uma oportunidade soberana e deixou o aviso para o segundo tempo. Após ter chegado à vantagem, os sadinos recuaram, mas controlaram a partida, ante um Sporting que dominou, atacou, mas não criou qualquer ocasião de perigo. Um remate de Matias Fernández, defendido por Diego, foi o melhor que se viu.
"A BOLA"

negligência ou má fé!!!
Parkinson: Doentes sofrem com 
falta de medicamento há mais de um mês
Há mais de um mês que vários doentes com Parkinson têm dificuldade em adquirir o medicamento Parkadina, esgotado na maioria das farmácias portuguesas, revelou à Lusa a presidente da Associação Portuguesa do Doente de Parkinson (APDP).
Segundo Helena Machado, a APDP teve conhecimento desta situação por associados, alguns dos quais tentaram obter esclarecimentos ou resolver a sua falta através da associação."
"Inicialmente, tentámos resolver a falta através de empréstimos de medicamentos a outros doentes que tinham mais ou fomos pedindo a farmácias onde ainda estavam à venda", disse.
Helena Machado desconhece a causa desta ruptura de stock, mas sublinha que não é a primeira vez que acontece medicamentos para a doença de Parkinson estarem esgotados.
Aos associados que perguntam o que fazer perante esta falta, os responsáveis da APDP advertem para não procederem a qualquer substituição, a menos que esta seja orientada pelo médico do doente.
"CORREIO DA MANHÃ"

porque não???
Carros atribuídos pelas empresas 
aos trabalhadores na mira do IRS
Regras do IRS para os rendimentos em espécie vão ser revistas. Objectivo é garantir que as remunerações que agora escapam ao imposto, o paguem efectivamente.
Ter um carro atribuído pela empresa e não pagar IRS por esta remuneração em espécie é um benefício que deve ter os dias contados. O documento acordado na semana passada entre a troika, Governo, PSD e CDS prevê uma revisão do IRS sobre os rendimentos em espécie de modo a tornar o imposto efectivo. E, neste capítulo, os carros estão na linha da frente.
"JORNAL DE NEGÓCIOS"
3 - AMIGOS
 para quando  precisar de um ombro ... 

16 - ESTÁ À VENDA MAS ONDE???





IMAGINAÇÃO




JORNAIS DE HOJE


COMPRE JORNAIS











BOM  DIA