sexta-feira, 6 de maio de 2011

- UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

SÓ PARA ADULTOS



CARTA DA BRUNINHA

Observações da Bruninha (8 anos), depois de ter recebido da sua mãe a espinhosa missão de vigiar escondida sua irmã Suzana (17 anos), que teve permissão de sua severa mãe de poder namorar no sofá da sala. Ela faz seu ingênuo e detalhado relatório de tudo que viu, ouviu e sentiu.

Para Mamãe:
Mãe, a Suzana e o namorado dela apagaram a maior parte das luzes da casa e se sentaram no sofá. Ele chegou perto dela e começou a abraça-la. A Suzana deve ter começado a ficar doente, porque o rosto dela começou a ficar vermelho. O namorado dela deve ter percebido que ela começava a passar mal, porque ele colocou a mão dentro da blusa dela, acho que pra sentir seu coração, só que ele demorou muito pra encontrá-lo!!!! Aí, foi ele quem começou a ficar doente, porque os dois começaram a ficar ofegantes, com falta de ar. Acho que a mão dele estava fria, porque ele a colocou dentro da saia da Suzana, que deitou no sofá dizendo que estava muito quente. 

Depois de algum tempo consegui ver o que estava deixando os dois doentes: uma grande Lumbriga enorme tinha saltado de dentro do bolso da calça dele. Foi então que a Suzana agarrou a enguia com as duas mãos, acho que para evitar que ela fugisse.
De repente a Suzana deve ter ficado maluca, porque ela tentou comer a enguia. Colocou ela inteirinha na boca e ficou tentando engolir. Acho que enguia é uma coisa muito dura e ruim de comer, principalmente viva, porque depois de um tempão a enguia vomitou e saiu da boca da Suzana ainda inteirinha!!! 
O namorado da Suzana então, enfiou a enguia em um saco plástico, tentando sufocá-la, daí a Suzana tentou ajudá-lo e deitou, prendendo a enguia entre as pernas, enquanto o namorado deitava em cima dela, eles ficavam tentando esmagar a enguia entre eles. Mãe, eu confesso que fiquei assustada porque a Suzana gritava tanto e se contorcia toda... Depois de muito tempo os dois soltaram um suspiro de alívio. Acho que conseguiram matar a enguia, porque eu a vi pendurada embaixo da barriga do namorado da Suzana. 

A Suzana e o namorado sentaram no sofá e começaram a beijar e, quero que um raio caia na minha cabeça, se a enguia morta não ressuscitou e eles começaram a batalha novamente. Acho que o namorado dela estava cansado, pois foi a Suzana que tentou esmagar a enguia desta vez, sentando em cima dela. Imagino que a Suzana é muito fraquinha, porque depois de algum tempo o namorado pediu para ela deitar de bruços e voltou a tentar esmagar a enguia, mas dessa vez com muita força. Fiquei preocupada, porque a Suzana gritava muito, porém, a vontade de matar a enguia era tão grande que a Suzana gritava: 'Vai, vai, não para, não para'.
Depois de uns 40 minutos enfim o alívio: a enguia morreu!!! O namorado da Suzana disse que tava todo esfolado e jogou a pele da enguia pela janela.

Mãe, eu estava pensando, acho que as enguias são como os gatos, têm sete vidas ou mais...

Ass: Bruninha

LOUCURA TOTAL



video


PRO(K)DER

Uma peça literária de fino humor  dum amigo meu
   
Acho que tem “tudo”: compleição robusta, perna grossa, saia curta, zip à frente para facilitar, a meio caminho entre a provocação e o convite, sapatos de 5º andar para produzir efeitos basculantes durante a locomoção, unha vermelhona para dar nas vistas, dupla volta do colar de pérolas (até à altura da pérola das pérolas), cabelos louros pintados de fresco, ar compenetrado de quem sabe o que está a fazer. Reparei que traz aliança – precioso adereço de respeitabilidade nestes dias de luxúria furiosa e insensata – e que segura um molho de papéis – outro insuspeito indicador de maturidade intelectual. Está esta “fera” a perder-se sem proveito no Ministério da Agricultura, sintomaticamente ao serviço da sigla PRODER, e o PS continua a incensar o Sócrates para mal dos nossos pecados…
Que tal propor a Dra. Gabriela para negociar o auxílio do FEEF?







































Na foto: Gabriela Ventura - dirigente do Ministério da Agricultura, gestora do PRODER, numa sessão pública de esclarecimento

enviado por D.A.M.

ALMORRÓIDA CIVILIZADA



Merkel processada por se ter alegrado 
com morte de bin Laden


Um juiz alemão processou a chanceler Angela Merkel, por esta se ter alegrado publicamente com a morte do líder da al-Qaeda, Osama bin Laden.

A queixa-crime contra a dirigente democrata-cristã foi apresentada ao abrigo de um artigo do código penal germânico, que coloca a aprovação de delitos sob a alçada da lei, confirmou o ministério público de Hamburgo, Wilhelm Moeller.

Merkel declarou na segunda feira, logo após a Casa Branca ter anunciado o êxito da operação contra Bin Laden, que se congratulava com a morte do chefe da al-Qaeda, o qual assumiu a autoria moral dos atentados de 11 de Setembro de 2011, nos EUA, em que morreram mais de três mil pessoas.

"Alegro-me por terem conseguido matar Bin Laden", disse Merkel na chancelaria federal.

A afirmação já tinha sido criticada por várias personalidades da vida pública alemã, incluindo membros da União Democrata Cristã (CDU), o partido da chefe do governo.

Na opinião do magistrado que apresentou a queixa, Heinz Uthmann, tal afirmação, "proferida pela filha de um pastor protestante, está para além de todos os valores, como a dignidade humana, a misericórdia e os valores do estado de Direito", afirma-se na fundamentação da queixa, entregue na quinta feira no ministério público de Hamburgo.

O jurista, 54 anos, exerce as funções de juiz no Tribunal de Trabalho de Hamburgo há 21 anos, e disse a um jornal de Berlim que é "um cidadão cumpridor das leis e que jurou fazer cumprir a justiça e o Direito", acrescentando que as afirmações de Merkel "revelam um comportamento indigno".

A chanceler tinha entretanto suavizado a sua declaração, através do porta-voz do executivo, admitindo que compreende que haja críticas às palavras que proferiu.

IN "JORNAL DE NOTÍCIAS"
06/05/11

A BELA COSTA DO ESTORIL





Espantosos sete minutos de emoções 
entre o Estoril e Sintra
VÁ PARA FORA CÁ DENTRO


JOÃO QUERIDO MANHA


Bom padrinho


O universo portista tem estado esta semana a digerir a última diretriz do Grande Líder, hierarquizando com a autoridade que se lhe reconhece o valor das equipas que deram ao emblema a maior glória internacional. Ficámos a saber que o Porto de 1987 passa por ter a suavidade e elegância de um “Vintage” para servir à mesa de Reis, numa alusão a Artur Jorge, dito “Le Roi”, e que o Porto de 2004 não passaria de um “Reserva”, bom para acompanhar sobremesas, especial, mas não tão especial como José Mourinho gosta de ser reconhecido.

Não deve haver muita gente que concorde com esta hierarquia de ânimo leve, sobretudo porque ela pretende abrir caminho ao reconhecimento do Porto de 2011 igualmente acima de uma equipa que ganhou duas competições europeias consecutivas e respondia em campo com a harmonia e infalibilidade de uma máquina. Logo aqui, na afinação coletiva e na exploração do talento em prol da equipa, o trabalho de Villas-Boas tem mais afinidades com Mourinho do que com Artur Jorge, baseia-se muito mais no equilíbrio total, na solidariedade de grupo e no primado da tática, do que na liberdade criativa e na vertigem do risco que distinguiam Futre ou Madjer.

A saída apressada de Mourinho do Porto ter-lhe-á custado uma fatia do reconhecimento oficial e ele nunca aproveitou os anos de sucesso europeu para distinguir dos outros o emblema que o revelou. Mourinho desenvolveu uma marca tão forte que chega a rivalizar com os próprios clubes que serve, e da sua ingratidão à proclamação de figura non grata dista apenas o tempo de lhe arranjar uma alternativa afetiva.

Essa premência justifica os erros que Porto, Chelsea e Inter cometeram no ano pós-Mourinho, antes de compreenderem que só o tempo e um novo choque de paixão podem adormecer as suas recordações. Nem os anos de Jesualdo Ferreira criaram tal impacte, apesar da coleção de títulos, por causa do apagão social provocado pelos processos judiciais e pelo baixo teor carismático do treinador.

Mas o advento de André Villas-Boas com todos os títulos e recordes que soma e a perspetiva de uma carreira de grande sucesso suscitam o estratégico pedido de boleia do presidente ao treinador fenómeno. Num ápice, subiu de incógnita a certeza, de lufada de ar fresco a furacão, de miúdo a mestre: o jovem aprendiz que ousou comparar cátedras com Jorge Jesus passa da dimensão paroquial ao fabuloso mundo dos predestinados. Quem o descobriu, apadrinhou e empossou teve uma visão genial e merece o reconhecimento.

A euforia de Pinto da Costa em relação a este novo afilhado radica na progressiva tranquilização do discurso de Villas-Boas, primeiro treinador do FC Porto a vincar uma ligação afetiva e um aparente desprendimento em relação à carreira internacional, que tão facilmente roubou Artur Jorge e José Mourinho. A mirífica ideia de ultrapassar o Benfica, em títulos e em afetos, ganha um novo impulso com a adoção de um treinador que se confessa adepto, em primeiro lugar, e que concretiza conquistas pelo domínio transversal de todas as áreas da competição, incluindo o esvaziamento do prestígio dos adversários que podem fazer sombra. Talvez seja excessivo, mas o que faz a grandeza das instituições é a ambição dos objetivos.

IN "RECORD"
04/05/11

RELATÓRIO DE VISITAS AO BLOGUE



Com a modéstia que nos caracteriza, mas confessamos com  indisfarçável alegria, publicamos resultados das visitas à "a peida é um regalo do nariz a gente trata" desde o seu início e também da semana compreendida entre 23/04 e 29/04
A fonte, é a empresa citada já a seguir

reports@sitemeter.c





a peida é um regalo...do nariz agente trata      
                    (s18pencaxeirante)                      

                    -- Site Summary ---                     
          Visits

            Total ....................... 23,312            
            Average per Day ................. 75            
            Average Visit Length .......... 5:21            
            This Week ...................... 527            

          Page Views

            Total ....................... 55,887            
            Average per Day ................ 173            
            Average per Visit .............. 2.3            
            This Week .................... 1,214            

  http://s18.sitemeter.com/stats.asp?site=s18pencaxeirante  

                  --- Visits this Week ---                  
       Day
Hour  4/23   4/24   4/25   4/26   4/27   4/28   4/29   Total
---- ----- ------ ------ ------ ------ ------ ------ -------
 1       2      1      3      1      4      2      2      15
 2       3      0      5      1      4      1      3      17
 3       3      1      3      0      0      1      2      10
 4       1      0      0      3      1      1      2       8
 5       1      1      1      1      0      1      1       6
 6       1      3      1      0      0      1      1       7
 7       1      0      0      1      0      1      0       3
 8       2      0      0      0      0      2      0       4
 9       1      0      1      4      5      2      2      15
10       4      3      1      1      1      3      2      15
11       1      2      2      5      5      1      3      19
12       1      4      3      5      3      8      2      26
13       4      3      2      3      5      1      8      26
14       1      3      4      6      3      3      3      23
15       2      2      3      3      3      5      6      24
16       7      4      2      3      5      5     13      39
17       3      2      2      4      6      7     11      35
18       4      7      3      3      5      5     15      42
19       1      2      6      4      6      3      9      31
20       2      4      7      3      8      4     10      38
21       2      5      8      3      8      7      3      36
22       3      3      6      7      5      4      5      33
23       3      4      4      2      3      5      4      25
24       6      5      2      7      2      2      6      30
    ------ ------ ------ ------ ------ ------ ------ -------
        59     59     69     70     82     75    113     527

                --- Page Views this Week ---                
       Day
Hour  4/23   4/24   4/25   4/26   4/27   4/28   4/29   Total
---- ----- ------ ------ ------ ------ ------ ------ -------
 1      28     26      5      1      4      4     26      94
 2       6      1     14      1      5      3     11      41
 3       3      1      3      0      0      1      4      12
 4       1      0      0      3      1      1      4      10
 5       1      1      3      1      0      1      1       8
 6       2      4      2      0      0      1      2      11
 7       1      0      0      1      0      5      0       7
 8       2      0      0      0      0      3      0       5
 9       5      0      2     11     10      8      8      44
10       5      4      2      3     10      4      4      32
11       1      8      3     10     22      2     14      60
12       1     11      4     14      7     19      4      60
13       6      4      3      6     16      2     10      47
14       9      5      5     13      3      5      4      44
15       2      2      5     13      4      7     11      44
16      18      4      3      9     13      5     19      71
17       3      2      2      4      8     10     22      51
18      11      8      6      4      5     13     29      76
19       4      7     14      4      6      4     35      74
20       3      5     19      6     20     18     57     128
21       3     17     13      3     10      9     12      67
22       4     18     26     14      7      7      5      81
23       3      7     22      3      7      8      9      59
24      23      8     18     11      7      3     18      88
    ------ ------ ------ ------ ------ ------ ------ -------
       145    143    174    135    165    143    309   1,214
HOMENS DA LUTA
O SHOW


11 - MUDANÇAS AMBIENTAIS GLOBAIS

2 - ALMORRÓIDA OBSERVADORA


Estudo concluiu que cortes nos apoios 
podem aumentar desigualdades sociais


Portugal é dos países com maior nível de desigualdade da Europa apesar de na última década a desigualdade familiar ter diminuído graças aos apoios sociais. Situação que pode regredir se a crise financeira obrigar a cortes, revela um estudo.

O estudo "Desigualdades Sociais", da autoria do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) de Lisboa para a Fundação Francisco Manuel dos Santos, permitiu fazer duas constatações: Portugal é um dos países com maior nível de desigualdade da Europa e as desigualdades familiares têm diminuído.

"O primeiro resultado é a constatação de algo que já conhecíamos: somos o último ou o penúltimo no ranking dos países com maior desigualdade e se pensarmos numa Europa não a 27, mas a 15 somos indiscutivelmente o país mais desigual", adiantou, à Lusa, o coordenador do estudo.

Por outro lado, de acordo com o professor Carlos Farinha Rodrigues, "em termos das desigualdades familiares, tem-se registado nos últimos 10, 15 anos uma ligeira diminuição da desigualdade que no entanto não é suficiente para alterar a posição em termos europeus".

"Nós temos uma ligeira redução na desigualdade dos rendimentos das famílias, mas a manutenção de altos níveis de desigualdade salarial", constatou ainda Farinha Rodrigues.

De acordo com o coordenador do estudo, a explicação para este "comportamento dual" tem a ver com o facto dos indivíduos mais pobres terem vindo a ver a "sua posição melhorar, ainda que ligeiramente, e é isso que tem feito alguma pressão para a descida da desigualdade familiar".

Farinha Rodrigues apontou que um "elemento importantíssimo para a redução das desigualdades familiares têm sido as políticas sociais de apoio aos indivíduos mais desfavorecidos" e deixou um alerta caso a reacção à crise traga cortes nestes apoios.

"As políticas sociais foram concebidas para a redução da pobreza e a exclusão social, mas têm um efeito ligeiro sobre a desigualdade e tem sido esse um fator determinante na evolução da desigualdade. Se a forma de reagir à crise for em Portugal como foi noutros países a redução dos apoios sociais, eu penso que haverá a anulação deste efeito e provavelmente um aumento das desigualdades", avisou.

No caso das desigualdades salariais, o coordenador apontou que "os indivíduos que têm os salários mais altos têm sido o motor do agravamento das desigualdades".

Farinha Rodrigues disse que esta é uma situação que já vem desde "há vários anos" e que não tendo uma razão única, há vários factores que têm contribuído.

"Em primeiro lugar os fracos níveis de qualificação da sociedade. Não temos tido políticas direccionadas para a promoção da equidade. Outro aspecto é que o próprio funcionamento da nossa economia, o nosso modelo de crescimento, gera desigualdades", explicou.

Outro motivo está relacionado com "uma relativamente fraca abrangência do nosso sistema fiscal que deixa de fora uma série de rendimentos ligados à economia informal", acrescentou, ressalvando que esta é uma questão que precisa de um estudo mais aprofundado.

O estudo "Desigualdades Sociais" é apresentado  esta sexta-feira no ISEG.

IN "JORNAL DE NOTÍCIAS"
05/05/11

ORQUESTRA DE VEGETAIS

5 - PATRIMÓNIO PORTUGUÊS NA UNESCO





5 - PARCEIROS






15 - IPSIS VERBIS


TEIXEIRA DOS SANTOS

“O meu esforço não foi em vão, 
tenho a sensação de dever cumprido”

IN PÚBLICO
05/05/11

NR: Concordamos, o "dever" ao merceiro, à farmácia, ao café, ao FMI, ao FEEF, etc
6 - METRO DE MOSCOVO





V I N H O




CLIQUE PARA AMPLIAR














MESMA QUE NADA DISTO SEJA VERDADE
BEBA VINHO

21 - PABLO NERUDA




TENHA UM BOM DIA............


... não embarque 
              em conversas ao coração


COMPRE JORNAIS


um feito à nossa dimensão
Portugal garante sétimo título europeu
O futebol português assegurou a conquista da edição 2010/11 da Liga Europa, ao colocar duas equipas na final de Dublin, a 18 de maio, garantindo, sete anos depois, o sétimo troféu do seu historial. Resta saber quem levará o trofé: Sp. Braga ou FC Porto.
A formação de Domingos Paciência venceu em casa por 1-0, depois do desaire por 2-1 na Luz, enquanto os comandados de André Villas-Boas limitaram-se a controlar o Villarreal (2-3), que haviam arrumado, praticamente, no Dragão (5-1).
O FC Porto pode, assim, conquistar o quarto troféu continental da sua história, depois das vitórias na Taça dos Campeões de 1986/87, na Taça UEFA de 2002/2003 e na Liga de Campeões de 2003/2004. Por seu lado, o Sp. Braga, que nunca havia sequer chegado aos quartos de final de uma prova europeia, partirá para a Rep. Irlanda à procura do seu primeiro troféu.
"RECORD"

paga e não bufes
Penhoras atingiram 107 mil até Março
Pela primeira vez foram penhoradas contas bancárias por 30 mil dívidas de IVA. Cobrança aumentou 17% em Março.
A Segurança Social está a intensificar a cobrança de dívidas, agora também alargadas aos impostos. Só no primeiro trimestre deste ano, os serviços de acção executiva do ministério lançaram cerca de 107 mil penhoras, um aumento de 343% face aos primeiros três meses de 2010.
E, pela primeira vez desde que a Segurança Social aplica o plano de combate à fraude e evasão contributiva, as penhoras envolveram dívidas em sede de imposto sobre o valor acrescentado (IVA). Relativas aquele imposto foram desencadeadas 30 mil penhoras nos três primeiros meses do ano, segundo dados oficiais do Ministério do Trabalho e da Segurança Social, a que o DN teve acesso. Uma novidade que promete fazer caminho à luz dos termos do acordo obtido entre a troika e o Governo português (ver texto ao lado).
Mas também as dívidas de IRS passaram pelo crivo da Segurança Social desde o início do ano, sendo que as penhoras que lhes estão associadas mais do que duplicaram, um crescimento de 220% face ao primeiro trimestre do ano passado.
Os elevados crescimentos, em comparação com o primeiro trimestre de 2010, devem-se ao facto de desde Julho do ano passado terem começado a realizar-se penhoras automáticas, como explica fonte da Segurança Social.
Essa nova ferramenta ao dispor da cobrança de dívidas permitiu que as penhoras a contas bancárias executadas até Março tivessem aumentado 334%, de acordo com dados oficiais.
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

toca a assumir
Comissão recomenda validação 
do plano da 'troika' no Parlamento
Bruxelas saúda o apoio já declarado pela oposição à estratégia de resgate, mas pede mais. Explicação do programa aos 27 da UE já está no terreno.
A Comissão Europeia "recomenda claramente" a Portugal que aprove o plano de resgate acordado com a 'troika' no Parlamento. Amadeu Altafaj-Tardio reconheceu ontem ao Diário Económico que Bruxelas já recebeu um primeiro sinal de compromisso dos principais partidos da oposição ao plano - tanto de forma escrita como verbal -, mas adiantou que espera uma validação mais formal.
"Recomendamos claramente a aprovação no Parlamento", disse o porta-voz do comissário para a Economia, Olli Rehn. A recomendação de Bruxelas implica que o Governo sozinho, ou já articulado com os partidos da oposição, levem uma resolução à Comissão Permanente da Assembleia da República, o órgão de Estado que se mantém, depois da dissolução do Parlamento. Em teoria, esta resolução poderá ser aprovada apenas com os votos favoráveis do PS, desde que o PSD e o CDS se abstenham. Contudo, tal não significaria o apoio explícito da oposição que Bruxelas quer ver.
"DIÁRIO ECONÓMICO"

saúde no verão
Recorde de 271 bandeiras
Um número recorde de 271 praias portuguesas vão receber este ano a Bandeira Azul, anunciou ontem a ABAE, que celebra 25 anos.
A Bandeira Azul vai estar hasteada este ano em 271 praias portuguesas, um número recorde nos 25 anos de existência da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE).
'Pela primeira vez ultrapassamos as 250 praias. É um recorde', constatou ontem o presidente daquela associação, José Archer.
Este ano há a registar a entrada de 12 novas praias, 28 regressos e 10 praias que deixaram de ter a bandeira azul.
O Algarve continua a ser a zona com mais bandeiras azuis (74), seguida da região Norte (63), do Tejo (45), do Alentejo (22) e do Centro (18). A região autónoma dos Açores foi contemplada com 33 bandeiras azuis e a da Madeira com 14.
José Archer disse que Portugal vai hastear bandeiras azuis em '50 por cento das zonas designadas',
'Isso coloca-nos largamente à frente de todos os outros países com bandeiras azuis e nível mundial, em termos de percentagem', afirmou.
Para os próximos anos, o presidente da ABAE estabeleceu o mar como um dos desafios.
'Vamos voltar a olhar para o mar, a recentrar o mapa de Portugal no mar. Está em curso uma proposta de alargamento da nossa Zona Económica Exclusiva que, se for atingida, Portugal passará a ser, em termos de superfície, um dos dez maiores países do mundo', sublinhou José Archer, acrescentando que 'os recursos económicos que daí podem advir leva a que isto seja considerado um desafio',
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"


quem ganha e manda é a "troika"
PS de novo à frente do PSD
O PS (36%) ultrapassou o PSD (34%) e lidera as intenções de voto na última sondagem da Universidade Católica para o JN. O CDS/PP está a crescer (10%) mas a soma dos dois partidos de centro-direita deixa-os cada vez mais longe da maioria absoluta.
O PS (36%) ultrapassou o PSD (34%) e lidera as intenções de voto na última sondagem da Universidade Católica para o JN. O CDS/PP está a crescer (10%) mas a soma dos dois partidos de centro-direita deixa-os cada vez mais longe da maioria absoluta.
De acordo com a sondagem do Centro de Estudos e Sondagens de Opinião da Universidade Católica Portuguesa (CESOP) para o JN, DN, RTP e Antena 1, entre Abril e Maio o PS subiu três pontos percentuais, enquanto o PSD acusa um trambolhão de cinco pontos.
Se se considerar o bloco de centro-direita, a queda do PSD (cinco pontos) só parcialmente é compensada pela subida do CDS-PP (três pontos). Em conjunto, os dois partidos têm agora 44%, menos dois pontos do que no mês passado. E portanto mais longe de uma maioria absoluta no próximo Parlamento.
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

castigado por dizer a verdade
UEFA decide hoje castigo a José Mourinho
A UEFA vai decidir hoje o castigo a aplicar a José Mourinho depois das declarações do treinador português, após o jogo da primeira mão, com o Barcelona, para a Liga dos Campeões.
Segundo a Imprensa espanhola desta manhã, José Mourinho poderá sofrer um castigo de sete jogos. Um cenário que, porém, a acontecer, será prontamente recusado pelo Real Madrid que já prometeu seguir a todas as instâncias para defender o treinador.
"A BOLA"

acabem com institutos 
                    e empresas municipais
Câmaras disparam dívida
O endividamento das câmaras e empresas municipais ascendeu a 9,55 mil milhões de euros em 2009, um aumento de quase 12% face aos 8,53 mil milhões de euros registados no ano anterior. Lisboa, presidida por António Costa, e Vila Nova de Gaia, liderada por Luís Filipe Menezes, são as autarquias mais endividadas.
O Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, publicação promovida pela Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas (OTOC) ontem apresentada no Porto, deixa claro que a dívida das 308 câmaras municipais ultrapassou, em 2009, os oito mil milhões de euros, uma derrapagem de 12,6% em comparação com os 7,12 mil milhões de euros do ano anterior. Já o endividamento das 281 empresas municipais atingiu os 1,53 mil milhões de euros, um crescimento de 8,3% em relação aos 1,41 mil milhões de euros em 2008.
O documento revela que "são os municípios de pequena e média dimensão, incluindo Lisboa e Vila Nova de Gaia, de grande dimensão, os que se debateram com pior situação financeira, em 2009, e mais próxima da situação de desequilíbrio estrutural ou de ruptura financeira". A dívida da capital ascende a 1,16 mil milhões de euros e a de Vila Nova de Gaia ronda 286 milhões de euros.
"CORREIO DA MANHÃ"

andaram a especular...
Petróleo a caminho de registar 
maior queda semanal desde 2008
O petróleo está a cair em Nova Iorque pelo quinto dia, anulando os ganhos anteriores e encaminha-se para a maior queda semanal desde Dezembro de 2008, de acordo com a Bloomberg.
A pressionar o petróleo estão as preocupações com a redução da procura da matéria-prima, depois de relatórios terem indicado o abrandamento das economias dos Estados Unidos e da Europa.
O Brent do Mar do Norte, negociado em Londres e preço de referência às importações europeias, está a cair esta manhã 0,27% para 110,5 dólares por barril. O barril de crude WTI também segue a tendência negativa e está a perder 0,57% para 99,23 dólares por barril.
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

é demasiado alarme
Habitação. "Muitos proprietários 
vão perder as suas casas"
O programa da troika é esmagador para quem escolheu ter casa própria. O imposto municipal (IMI) aumenta, as isenções vão reduzir até desaparecerem, as deduções fiscais com créditos à habitação seguem o mesmo caminho e, à margem do plano apresentado ontem, a Euribor vai manter a tendência de subida. Um verdadeiro pesadelo para quem tem casa (75% dos portugueses), tanto que as associações de proprietários temem que muitos portugueses que têm créditos à habitação tenham que entregar a casa aos bancos nos próximos tempos.
"Receamos que os bancos venham a tornar-se nos grande proprietários nacionais", diz ao i Menezes Leitão, presidente da Associação Lisbonense de Proprietários. Ou na leitura mais dramática de António Frias Marques, na Associação Nacional de Proprietários: "os portugueses que têm casa estão sentados em cima de um vulcão que, a partir de Julho, vai começar a expelir lava". A explicação para estes receios está na "falta de capacidade económica dos proprietários", diz Frias Marques ao i. E Menezes Leitão acrescenta que os proprietários acabam por ser alvos fáceis "quando se quer encontrar receita de forma cega, já que o património imobiliário não sai do país como outros bens, mas agravam-se impostos sobre o património mesmo que a pessoa não tenha mais rendimentos".
"i"

pagamos mais de dez aos especuladores
Portugal vai pagar 3,25 por cento de juro 
ao FMI nos primeiros três anos
Sobre a fatia de 26 mil milhões que o Fundo Monetário Internacional (FMI) vai emprestar a Portugal – do total de 78 mil milhões da ajuda externa –, o país vai pagar uma taxa de juro final de 3,25 por cento nos primeiros três anos e de 4,25 por cento a partir do quarto.
O valor das taxas de juro base foram hoje reveladas pelo dinamarquês Poul Thomsen, responsável do FMI, durante a conferência de imprensa conjunta da troika FMI, Comissão Europeia e Banco Central Europeu sobre o Memorando de Entendimento sobre o programa de ajustamento financeiro celebrado com o Governo.
Os restantes 52 mil milhões de euros vão ser emprestados pela União Europeia, no âmbito do Fundo Europeu de Estabilização Financeira (FEEF). Bruxelas ainda não revelou os juros que vai cobrar a Portugal pelo resgate, até porque o prazo do empréstimo ainda não está definido e da maturidade dependerão as taxas de juro a pagar. Segundo o ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, o prazo do empréstimo será próximo ao negociado com a Irlanda e a Grécia (de sete anos e meio), já intervencionadas pela União Europeia e o FMI.
"PÚBLICO"

16 - FOTOMONTAGENS





14 - ALEIVOSIAS

6 - BICHEZAS






JORNAIS DE HOJE


COMPRE  JORNAIS