quarta-feira, 27 de abril de 2011

- UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA


clique para ampliar


 SABIAM ESTA??? 


O SIGNIFICADO DA PALAVRA ANFITRIÃO

Na mitologia grega, Anfitrião era marido de Alcmena, a mãe de Hércules.
Enquanto Anfitrião estava na guerra de Tebas,
Zeus tomou a sua forma para deitar-se com Alcmena, e Hermes tomou a forma de seu escravo, Sósia, para montar guarda no portão.
Com a gravidez de Alcmena, uma grande confusão foi criada, pois evidentemente, Anfitrião duvidou da fidelidade da esposa.
No fim, tudo foi esclarecido por Zeus e Anfitrião ficou contente por ser marido de uma mulher escolhida do deus.
Daquela noite de amor nasceu o semideus Hércules.
A partir daí, o termo anfitrião passou a ter o sentido de "aquele que recebe em casa".

Portanto, ANFITRIÃO é sinónimo de
CORNO MANSO e FELIZ!

RESUMINDO: QUANDO DISSEREM QUE VOCÊ É UM BOM ANFITRIÃO
FIQUE DE ORELHA EM PÉ

Cultura demais pode ser uma droga!!!
 
enviado por J.V.A.

5 - NÃO ME OBRIGUEM A VIR PARA A RUA GRITAR



Zeca Afonso. O Homem e a Obra marcaram toda uma geração de portugueses. E deixaram uma herança social e cultural às gerações seguintes. Todos temos um pouco de Zeca Afonso, um homem cujo génio ultrapassa qualquer época ou catalogação. Um homem cuja mensagem é veiculada por letras que se revelam sempre actuais.

Eu sou aquilo que fiz. Zeca Afonso deu-nos tanto que agora é a nossa vez de lhe darmos algo. Este programa de homenagem ao Zeca Afonso é uma retribuição por tudo aquilo que ele nos deu.

A SubFilmes convidou por isso vários artistas de áreas criativas contemporâneas para criarem uma obra de arte especialmente para Zeca Afonso um filme, uma música, um desenho, uma animação de motion graphics. Será essa a interpretação, a homenagem, o tributo de cada um desses artistas.
Assim, podemos ter uma colagem de um artista de street art, uma reinterpretação de um tema do Zeca ou uma produção de teatro. Rádio Macau, Nancy Vieira, Couple Coffee, Vicious 5, Raquel Tavares na música; a companhia de teatro Primeiros Sintomas; a dupla de videojamming Daltonic Brothers; Target e Mosaik no street art; Quebra-Diskos no turntablism; etc.

Além disso, foram gravadas várias tertúlias, cuja conversa gira à volta da importância do Zeca enquanto músico e activista, mas principalmente à volta da figura humana que foi o Zeca.

A aposta forte deste programa reside numa abordagem de conteúdos que pretende captar por um lado a actualidade da mensagem do Zeca e por outro a faceta mais humana da sua vida.

De: AssociacaoJoseAfonso | Criado: 21 de Mar de 2009

ALMORRÓIDA DEPRIMIDA



16,6% das crianças portuguesas 
são pobres
É a 8ª maior taxa da OCDE


A taxa de pobreza infantil em Portugal é de 16,6 por cento, um valor superior à média dos países da OCDE (12,7 por cento) e a oitava maior do grupo, refere um estudo da Organização hoje publicado.

Portugal apresenta a oitava maior taxa de pobreza infantil entre os 34 países da OCDE, atrás de Israel, do México, da Turquia, dos Estados Unidos, da Polónia, do Chile e de Espanha.

De acordo com o relatório “Doing better for families”, hoje publicado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), referindo dados da última década, Dinamarca, Noruega e Finlândia têm as menores taxas de pobreza infantil, com 3,7 por cento, 4,2 por cento e 5,5 por cento, respetivamente.

Para a generalidade dos países da OCDE, as crianças que vivem em famílias monoparentais em que apenas um adulto aufere rendimentos tendem a ter taxas de pobreza mais elevadas do que as que vivem em famílias duo-parentais em que apenas um adulto trabalha. No entanto, Portugal configura uma exceção a esta tendência, a par da Dinamarca, da Noruega e da Suécia.

A percentagem de crianças que vivem em famílias em que os dois pais estão empregados é, regra geral, elevada, com destaque para a Eslovénia, Portugal e os Estados Unidos, onde mais de 60 por cento das crianças vivem em famílias cujos pais trabalham a tempo completo.

A taxa de mortalidade infantil caiu em quase todos os países da OCDE, com Portugal a apresentar a descida mais acentuada da mortalidade entre crianças dos 0 aos 14 anos desde 1970, tanto por ferimentos acidentais como intencionais.

IN "LUSA + i "

15 - EXPRESSÕES POPULARES SEU SIGNIFICADO

Fila indiana
Significado: enfiada de pessoas ou coisas dispostas uma após outra.
Origem: Forma de caminhar dos índios da América que, deste modo, tapavam as pegadas dos que iam na frente.

ALMORRÓIDA ALMARIADA


Estado adjudicou contratos 
a empresas que não existiam


Dezenas de entidades públicas assinaram nos últimos anos contratos por ajuste directo no valor global de cerca de 800 mil euros com empresas que ainda não tinham sido constituídas, revela o novo serviço online Despesa Pública.

O site Despesa Pública (www.despesapublica.com), anunciado hoje, foi lançado por um grupo de cidadãos no Dia da Liberdade, 25 de Abril, com o lema "Saiba onde, como e por quem é gasto o dinheiro dos contribuintes".

Cruzando dados oficiais da criação de empresas e dos ajustes directos (sem concurso público), o site permite chegar a "alguns resultados bastante curiosos e de carácter duvidoso", nomeadamente de contratos e adjudicações feitos por entidades da administração central, regional ou local a empresas ainda inexistentes ou criadas pouco dias antes.

A maior parte dos casos de adjudicações a empresas ainda não formalmente constituídas refere-se a contratos feitos com revisores oficiais de contas (ROC).

O caso extremo é o dos Serviços Municipalizados de Abrantes, que terão adjudicado uma prestação de serviços a uma sociedade ROC mais de um ano e meio (606 dias) antes de esta ter sido criada.

Também a Direcção Geral dos Impostos terá adjudicado a compra de uma envelopadora por 14.450 euros a uma empresa que só foi constituída 15 dias depois.

O Ministério da Defesa terá assinado um contrato de 9.160 euros para o fornecimento de material de combate a incêndios por uma empresa que só terá sido constituída 11 dias depois.

A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa terá contratado o fornecimento de 50,7 mil euros de material elétrico a uma empresa constituída três dias depois.

Os 30 casos referem-se apenas à data de publicação da adjudicação, mas há mais algumas dezenas de contratos assinados antes de as empresas terem sido constituídas e publicados só depois.

A equipa do site Despesa Pública reconhece que, "por vezes", a informação recolhida "não está 100 por cento correta", pelo que apela à colaboração de todos na sua validação.

Para testar o novo serviço, a Lusa fez algumas pesquisas directamente nos sites do Governo que servem de fonte ao Despesa Pública (www.base.gov.pt e http://publicacoes.mj.pt) e verificou que são iguais, pelo que, a haver engano, será de alguma das bases de dados.

IN "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
27/04/11
2 - CONSCIENCIALIZAÇÃO






VISITAS EM 24 HORAS AO BLOGUE


26 de Abr de 2011 20:00 – 27 de Abr de 2011 19:00

Visualizações de páginas por país
Malásia....................................1
 Portugal..............................
83
Brasil...................................
38
Estados Unidos
...................18
França....................................
2
México
...................................2
Irão
.........................................1
Japão.......................................
1
TOTAL.................................146

EDUARDO CINTRA TORRES

.



Licor Beirão


As declarações do ex-futebolista Paulo Futre numa conferência de imprensa do Sporting Clube de Portugal foram menos delirantes do que muitas de políticos que nos vão passando pelo governo e pela televisão, mas ganharam o estatuto instantâneo de mirabolantes.


Nos arquivos dos jornais e das televisões, há centenas de declarações políticas mentirosas, promessas falsas, fugas às questões, demagogia embrulhada em retórica; todavia, a política tornou-se de tal forma um espaço de invenção surreal que já nos habituámos e nem damos pela trapaça.

Ao contrário dos profissionais da política, Futre não escapou ao escrutínio da opinião pública. Não tem o treino deles, nem de futebolistas estrelas. Ganhou um sotaque espanhol na maneira de falar que resulta um pouco apalhaçado. E, na célebre conferência de imprensa, Futre não quis ou não soube enganar e sofreu as consequências da chacota nacional.

Agora, na campanha do Licor Beirão, Futre brinca consigo mesmo. Se não os podes vencer, junta-te a eles. A campanha agarra a oportunidade, o momento entre as eleições no Sporting Clube de Portugal e as eleições legislativas, transformando o candidato a director desportivo em fictício candidato a primeiro-ministro. A linguagem política nos anúncios está, pois, directamente ligada à linguagem considerada delirante na conferência de imprensa do Sporting. Se o discurso da equipa e do jogador chinês são delirantes, então tomem lá promessas eleitorais e digam-me qual das linguagens é a mais absurda. Futre entra neste jogo que faz da política um "cambalacho" como o futebol.


Ele pousa como um político (ou dirigente desportivo) para os cartazes, de fato e gravata, com um fundo quase monocromático, em dois tons de amarelo torrado. Ao lado do ex-futebolista, está a mensagem humorística, com promessas mirabolantes intituladas "Soluções à portuguesa". Uma faz referência à promessa do jogador chinês: "Acabaram-se os tachos. Um wok para cada português!" Outra promete "Um diploma de engenheiro para cada cidadão!", não fosse Portugal o único país do mundo que tem como primeiro-ministro um "engenheiro" com testes enviados pelo correio para o senhor reitor e a licenciatura confirmada ao domingo. Um terceiro, um pouco mais básico, promete um governo de "19 amigos e mais um para trabalhar!", referindo-se também à ideia do jogador chinês a fechar um magnífico plantel de 20 para o Sporting.

O Licor Beirão tem um historial publicitário dos mais sui generis entre as empresas portuguesas; criou ao longo das décadas uma ideologia de marca associada ao humor, a um nacionalismo brincalhão permitindo a uma bebida nacional competir com os gigantes das multinacionais do álcool; passa por uma certa auto-depreciação e por um sentido "rabelaisiano" da vida, de não levar muito a sério o que se toma por sério e de basear a felicidade no beber, comer e dormir. Esta campanha faz jus ao passado do Licor Beirão, pelo fair-play de Futre, pelo humor despretensioso, pela inscrição dos anúncios num universo referencial que só pode ser português e entendível pelos iniciados do futebol e do YouTube.

A oportunidade da campanha foi de imediato compensada com uma divulgação gratuita dos materiais em notícias em diversos media jornalísticos nacionais e através de "sites" e blogues na internet. Trata-se de uma compensação, de alto valor em notoriedade, que só algumas campanhas conseguem obter.


IN "JORNAL DE NEGÓCIOS"
21/04/11
C A N C R O  DA  M A M A

L U T E  P O R  E S T A   C A U S A









INFORME-SE COMO DEVE LUTAR

9 -TOUR AUTO 2009









2 - ALMORRÓIDA INFORMADORA


Sony alerta clientes Playstation 
para roubo de informação pessoal

A Sony informou hoje ter ocorrido o roubo de informação privada dos seus clientes com conta de utilizador da rede PlayStation, incluindo na informação pessoal a relativa aos cartões de créditos.

O anúncio da empresa nipónica, feito através da sua divisão para os Estados Unidos, ocorre quase uma semana depois de ter suspenso o acesso em linha à sua plataforma de jogos, devido ao que disse então ser uma "intrusão externa", sem ter dado mais detalhes, noticia a Efe.

A Sony admite agora que o nome, a morada, o correio electrónico, a data de nascimento e as palavras-passe para entrar na rede PlayStation poderiam estar na posse de terceiros, alheios à empresa, que conseguiram ultrapassar os seus sistemas de segurança.

A empresa admitiu ainda que os piratas informáticos podem ter tido acesso aos números dos cartões de crédito dos utilizadores e à data da sua validade, alertando os clientes para que tomem precauções.

"IN DIÁRIO ECONÓMICO"
27/04/11

D E O L I N D A

8 - IPSIS VERBIS

 .

 ANTÓNIO NOGUEIRA LEITE

AFINAL LELLO É APENAS UM CIBER-NABO. 
FICO MAIS TRANQUILO

POLÍCIA JUDICIÁRIA


clique 2 xs para poder ler




Isto era uma norma de conduta para os agentes da P.J. nos idos de 1962, nada a dizer. Estranhamos que este texto não sirva de exemplo aos lideres políticos e administradores públicos que gastam à tripa forra em mordomias. Deviam esforçar-se por ter uma vida mais decente e não desbaratarem o dinheiro do contribuinte.

5 - ALUNOS DE PORTUGAL





5 - A Madeira vista por um turista




6 - OH QUE AVIÕES






ALMORRÓIDA REINADIA



PSP cobra 10 euros por voto antecipado

por Ana Tomás


A PSP está a cobrar 10 euros aos polícias que solicitarem a declaração para votarem antecipadamente.
A denúncia é feita pelo Sindicato Nacional da Polícia, que refere em comunicado existirem queixas de que alguns serviços da PSP estão a cobrar ilegalmente uma taxa de 10 euros.

O sindicato pondera apresentar uma reclamação junto da Comissão Nacional de Eleições, caso a direcção nacional não suspenda a cobrança daquele valor.
Segundo uma portaria emitida pelo Ministério da Administração Interna em Dezembro do ano passado, as certidões de documentação eleitoral estão entre os custos administrativos a serem taxados e suportados pelos requerentes.


IN "i"
27/04/11

12 - AZARES






TENHA UM BOM DIA............


.
...cuidado com os políticos, 
                                          mas todos


COMPRE JORNAIS


obra dos bons políticos
2007-2010. Dívida portuguesa 
cresceu mais 41% do que a média da UE
Dívida portuguesa saltou de 68% para 93% do PIB 
em quatro anos. Na UE27, a dívida média 
passou de 44% para 61%

A crise financeira que eclodiu em 2007 obrigou os países do Velho Continente, e não só, a aumentar as dívidas públicas para conter o seu impacto negativo. Porém, e adaptando um ditado popular à economia, é agora evidente que "país prevenido vale por dois". E Portugal não estava preparado, ao contrário da maioria dos parceiros da União Europeia.
No final de 2007, a dívida pública média dos países da UE26 - sem Portugal e fazendo contas sobre os números individuais de cada Estado - era de 43,8% do produto interno bruto (PIB), valor que até ao final de 2010 deu margem para um aumento do endividamento médio até 61,3% do PIB - mais 17,5 pontos -, fruto não só do impacto da crise, como das medidas anticíclicas que cada Estado lançou.
Já em Portugal, a economia não só não estava preparada como reagiu mal. Apesar de o Estado ter aumentado o seu endividamento mais do que os seus parceiros da Europa - de 68,3% para 93%, ou 24,7 pontos (mais 41% que a média da UE) -, certo é que o país continua hoje como o único sem perspectivas de crescimento económico. Feitas as contas à evolução das dívidas dos 27, Portugal foi o quinto que mais se endividou no período - só atrás do Reino Unido [44,5% para 80%], da Irlanda [25% para 96,2%], da Letónia [9% para 44,7%] e da Grécia [105% para 142,8%].
Além do mau comportamento da dívida, os números do Eurostat ontem oficializados mostram também que Portugal fechou os quatro exercícios em questão - 2007, 2008, 2009 e 2010 - com um défice anual médio de 6,45%, o quarto pior da UE - pior só Irlanda (13,47%), Grécia (10,5%) e Reino Unido (7,3%). Considerando todos os 26 (sem Portugal), o défice médio anual de cada Estado da UE nestes quatro anos foi de 3,5%.
Fechando o foco nos países do euro, geografia sobre a qual reside a crise da dívida, as conclusões não diferem.
Fazendo contas aos 17 países da moeda única, a dívida pública média de cada Estado passou de 51,5% em 2007 para 69,9% no final de 2010 - valores que incluem Grécia, Irlanda e Portugal, os que já pediram ajuda ao FMI. Sem estes três países, os números do euro seriam inferiores: de 48,4% para 61%.
"i"

uma medida 
    que os banqueiros não gostam
Serviços mínimos bancários vão ser 
alargados a todos os cidadãos que os solicitem
O acesso a serviços mínimos bancários, a custo reduzido, vai ser alargado a todos os cidadãos que o solicitarem e não apenas aos que não tenham qualquer conta bancária, como acontece actualmente, o que tem limitado o sucesso da medida.
Criado em 2000, para combater a exclusão financeira de cidadãos com menores rendimentos, o mecanismo de serviços mínimos bancários tem tido uma adesão reduzida, em boa parte porque o diploma que instituiu o mecanismo apresenta algumas limitações e sua divulgação tem sido reduzida.
Para ultrapassar essas falhas, quatro partidos com assento na Assembleia da República apresentaram projectos de alteração, que acabaram por ser fundidos num único diploma, que melhora substancialmente o mecanismo ainda em vigor.
O diploma, que foi aprovado na última sessão da Assembleia da República e seguiu para promulgação do Presidente da República, entrará em vigor um dia após a sua publicação em Diário da República. Ao Banco de Portugal competirá a elaboração das normas e regulamentos necessários à operacionalidade do diploma, e um dos aspectos a melhorar prende-se com as questões relativas à informação e divulgação do mecanismo junto do público alvo.
O conceito de serviço mínimo bancário não sofre grandes alterações, incluindo a constituição, manutenção, gestão e titularidade de conta de depósito à ordem, e a titularidade de cartão de débito. É assegurado ainda o acesso à movimentação de conta através de caixas automáticas, serviço de homebanking e balcões da instituição de crédito. Nas operações autorizadas estão os depósitos, levantamentos, pagamentos de bens e serviços, débitos directos e transferências interbancárias nacionais.
"PÚBLICO"

dinheirinho...
Vieira torce pelo Real Madrid
O duplo embate entre Real Madrid e Barcelona para a Champions tem eco no Estádio da Luz, onde Luís Filipe Vieira torce por uma vitória da formação liderada por José Mourinho. Patriotismo à parte, o presidente do Benfica quer ver os merengues a vencer a final, até porque isso pode ser financeiramente vantajoso para os encarnados.
Se o Real Madrid marcar presença em Wembley e vencer a prova, os cofres da Luz vão receber 1 milhão de euros, verba contemplada no contrato da venda de Di María aos merengues e que é válida em todos os anos de ligação do argentino aos madridistas.
"RECORD"

 europa amiga...
Doentes e ministra temem "desigualdades"
Directiva europeia permite cirurgia no estrangeiro. Estado só paga tratamento. Viagens e alojamento a cargo dos doentes.
A ministra da Saúde e os movimentos de utentes temem que a directiva europeia que vai permitir aos doentes serem operados em qualquer Estado membro aumente as "desigualdades" no acesso a tratamento.
A medida, ontem noticiada pelo DN, só é aplicável aos doentes em lista de espera que não tenham resposta nos prazos definidos legalmente, e o Estado deverá ser apenas responsável pelo pagamento dos tratamentos, ficando a cargo do utente as deslocações e a estada.
"Se não for bem regulamentada, corre o risco de aumentar as desigualdades, porque quem tem capacidade de ir vai imediatamente, e quem não tem ficará sem essa possibilidade", declarou a ministra Ana Jorge.
"DIARIO DE NOTÍCIAS"

não cumprem quesitos???
Quase 258 mil desempregados 
não recebem subsídio
Segurança Social pagou 294.116 subsídios de desemprego em Março, o que significa que 257.745 desempregados não tiveram direito ao apoio.
Em Março, a Segurança Social pagou 294.116 subsídios de desemprego (incluindo a prestação social, para agregados pobres) o que significa que houve 257.745 desempregados que, apesar de estarem inscritos nos centros de emprego, não tiveram direito à prestação.
Contas feitas, apenas 53,3% dos desempregados registados tiveram acesso ao subsídio da Segurança Social. Este volta a ser o valor mais baixo desde, pelo menos, meados de 2004.
De acordo com os dados da Segurança Social actualizados hoje, houve mais pedidos de subsídio aceites em Março - uma subida de 2,3% face a Fevereiro, para 17.734 novas prestações. Ainda assim, o número total de desempregados a receber estas prestações voltou a baixar. Contas feitas, os 294.116 desempregados subsidiados no final do mês de Março representam uma descida de 2,3% face a Fevereiro.
Também do lado do Rendimento Social de Inserção há cortes. O número de beneficiários com requerimento activo desceu 2%, chegando a 3% no caso de famílias.
"DIÁRIO ECONÓMICO"

a  falta de educação completa o desastre
'Extinção da BT foi um desastre completo '
A Associação Sócio-Profissional Independente da GNR (ASPIG) e o Automóvel Clube de Portugal lamentam os resultados da operação «Páscoa 2011», que terminou com 10 mortos, mais cinco que em 2010, e criticam a extinção da Brigada de Trânsito da GNR. Em comunicado, a ASPIG lembra que o número de vítimas mortais e feridos graves nas estradas portuguesas tende a aumentar de forma exponencial, demonstrando que 'a reestruturação da Guarda, na sua valência trânsito, diminuiu a eficácia e eficiência no ordenamento e fiscalização de trânsito', Para a ASPIG, a extinção da BT/GNR foi 'um erro inconcebível',
Também para o ACP os números da sinistralidade rodoviária nesta época pascal 'vêm revelar, mais uma vez, que há um longo caminho a fazer para inverter este drama nas estradas', 'A extinção da BT da GNR revelou-se um desastre completo. A fiscalização é feita sem critério, a repressão sem cuidado e a prevenção não existe', critica o ACP.
Por outro lado, a PSP registou menos acidentes e menos feridos graves na operação Páscoa em Segurança 2011, mas o mesmo número de vítimas mortais (duas) que em 2010.
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

o bronze do descontentamento
Exposições solares excessivas 
causam 10 mil novos cancros por ano
Dez mil novos cancros da pele surgem por ano em Portugal, provocados por exposições solares excessivas, alertou a Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo, quando os portugueses começam a expor-se ao sol.
"São para cima de 10 mil novos casos de cancros da pele por ano e mais de mil novos melanomas [cancro da pele de maior gravidade]", disse à agência Lusa o dermatologista e secretário-geral da Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo, Osvaldo Correia.
Esta advertência surge também numa altura em que os raios ultravioletas atingem índices muito altos.
De acordo com a página do Instituto de Meteorologia sete áreas de Portugal apresentam hoje um índice de radiação ultra violeta muito alto: Bragança, Faro, Funchal, Lisboa, Penhas Douradas, Sines e Viana do Castelo.
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

ele sabe o que diz
«Perdemos com Ricardo Carvalho 
o melhor central do mundo» - Mourinho
José Mourinho diz que Ricardo Carvalho é baixa de vulto no Real Madrid para o jogo com o Barcelona, referente à primeira mão da meia-final da Liga dos Campeões. «Perdemos o melhor central do mundo», argumenta.
«E não jogar com o melhor central do mundo num jogo da dimensão de uma meia-final da Champions é uma baixa importante e fundamental», acrescenta Mourinho, privado do defesa português para o jogo de quarta-feira, no Santiago Bernabéu, devido a castigo.
«Mas... sem chorar e sem relembrar por que razão temos tantos cartões amarelos», atira o treinador dos merengues.
"A BOLA"


os anjos da luta
Radiação mais eficaz
Destruir o tumor através da radiação sem prejudicar os órgãos envolventes é agora uma realidade. O novo tratamento de radioterapia já está a ser feito no IPO do Porto, onde cinco doentes estão a seguir esta técnica

O tratamento RapidArc é recente e foi desenvolvido nos Estados Unidos da América. Desde 4 de Abril está a ser aplicado naquela unidade do Porto, precisamente um mês depois da inauguração do novo Serviço de Radioterapia. "A radioterapia convencional é feita com um acelerador, que acelera partículas radioactivas e consiste numa cabeça através da qual emite radiação. A diferença neste tratamento é que essa cabeça [gantry] faz movimentos de 360 graus e vai emitindo radiações através das multifolhas [pequenas folhas de aço] que mexem e fazem formas diferentes de campos de tratamento, protegendo os órgãos normais e permitindo a passagem da radiação para o tumor", explicou a directora do Serviço de Radioterapia do IPO do Porto, Helena Gomes Pereira.
Para já, estão a ser seguidos cinco pacientes. "O tratamento será alargado a todos os doentes que precisem dele e tenham indicação para tal. É todos os dias por um determinado número de semanas. A taxa de cura é mais elevada e a toxicidade é menor do que no tratamento convencional", disse.
No futuro, o mesmo tratamento será aplicado em superfícies irregulares, como a mama.
"CORREIO DA MANHÃ"

bastam 200.000 (2%)  para dar esta imagem
Portugueses vão de férias 
ainda sem medo do FMI
O futuro ainda é incerto, mas os portugueses parecem não estar, para já, muito preocupados. As férias são prioridade, mesmo que mais baratas.
Apesar da indefinição sobre o futuro, especialmente sobre as medidas de austeridade que poderão afectar o rendimento disponível das famílias, as férias continuam entre as prioridades dos portugueses. E quer na Páscoa como no Verão, os portugueses estão a agendar as suas férias dentro e fora do País, ainda relativamente imunes aos receios que as medidas da "troika", chefiada pelo FMI, possam provocar.
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

7 - IPSIS VERBIS

.
 PEDRO SANTANA LOPES

"Este primeiro-ministro é em certos aspectos como o Tony Carreira. Ele a cantar os seus êxitos é insuperável. Agora depende da oposição ser capaz de cantar também. O primeiro-ministro canta sempre o seu 'hit parade'"

TVI 24





3 – POESIA ETERNIZADA
clique 2xs para ler bem
CARLOS DRUMOND DE ANDRADE





19 - REFLEXÃO

15 - EVASÕES

JORNAIS DE HOJE


COMPRE  JORNAIS