sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

- UMA GRAÇA PARA O FIM DO DIA

Sapatos de tia:

Uma tia foi ao centro comercial comprar um par de sapatos de jacaré legítimo.  O vendedor informou-a do preço:
- São 500 euros!
- O quê? Não é possível... Não há outra maneira de conseguir um par de sapatos de jacaré legitimo?.
- Humm, acho que sim... - respondeu o vendedor - Eu conheço um parque aqui perto onde há alguns jacarés. A senhora pode ir até lá caçar um deles e fica com o seu próprio sapato!
A tia , decidida, disse que iria até ao tal parque caçar os jacarés para conseguir sapatos legítimos!
No início, o vendedor não acreditou, mas resolveu ir ao parque verificar se ela estava por lá.
Quando chegou, viu a tia dentro do pântano, a dar um tiro num jacaré enorme e arrastando-o até à margem, onde estavam mais ou menos uma dúzia de jacarés mortos.
Espantado, sem acreditar no que estava a ver, o vendedor viu a caçadora tia com muita dificuldade em tirar o jacaré morto da água e  exclamar, com cara de decepção:
- Mas que porcaria! Outro sem sapatos!

enviado por J.MILHAZES

CHOP CUP


CHOP CUP from :weareom: on Vimeo.

3 - TIAGO HOISEL








TODAS AS COISAS SÃO MOLEEDS

ALMORRÓIDA FRAUDULEIRA


Eles copiam e não são apanhados. 
          70% de cábulas na universidade

por Marta F. Reis

Plagiam, forjam assinaturas e reciclam trabalhos. 
Estudo sobre integridade académica 
nas universidades revela doença crónica

Para ter vergonha é preciso ser apanhado? Se a resposta for sim, a explicação da dimensão da fraude académica nas universidades portuguesas pode estar na diferença entre os alunos que admitem copiar e os que são apanhados: 70% já copiaram num exame e apenas 2,4% foram apanhado. Os dados são de um novo estudo sobre integridade académica coordenado por Aurora Teixeira, da Faculdade de Economia da Universidade do Porto. Para a investigadora, que nos últimos anos tem contribuído para a literatura internacional sobre o tema, os resultados revelam um verdadeiro flagelo no meio académico.

A análise preliminar, avançada ao i, tem por base as repostas de 5403 estudantes de mais de 400 cursos e uma centena de escolas. Neste estudo Aurora Teixeira quis aprofundar os resultados de um inquérito realizado em 2005 junto de alunos de Gestão e Economia, centrado na cópia em exames. O novo inquérito realizou-se entre Maio e Julho de 2010 e questionou alunos de todas as áreas sobre comportamentos como o plágio, a compra de trabalhos ou assinaturas falsas em folhas de presença.

Os resultados revelam que mais de metade dos alunos acredita que se copia deliberadamente e não porque a oportunidade surge ou por uma situação de pânico durante a prova. Pode concluir-se também que há uma continuidade neste tipo de comportamento: o estudo anterior, embora com alunos diferentes, revelava uma propensão para copiar de 62%. A percepção geral dos estudantes é que as práticas são reprováveis, mas não muito. Os alunos entendem ainda que haveria menos comportamentos desonestos se estudassem mais e organizassem melhor o tempo, mas também se os professores se interessassem mais pela sua aprendizagem.

Para Aurora Teixeira, a experiência académica em Inglaterra e os estudos comparativos sobre este tipo de fraude permitem concluir que em Portugal existe uma lacuna na forma como as instituições lidam com o problema. "O comportamento desculpabilizante é transversal a toda a sociedade", defende. "Quando falamos com alguém que tem alguma responsabilidade nas escolas sentimos que a questão da ética é relegada para segundo plano." Apesar de Portugal não ter taxas de incidência tão elevadas como outros países europeus, por exemplo a Polónia (ver texto ao lado), Aurora Teixeira frisa que as amostras portuguesas têm sido sempre maiores nos estudos comparativos, o que poderá ter atenuado a dimensão do problema.

Fraude generalizada O estudo só estará pronto daqui a dois meses e permite a primeira avaliação do plágio nas universidades portuguesas, problema que Aurora Teixeira diz ultrapassar a cópia nos exames. De acordo com dados preliminares, 11,2% dos alunos inquiridos não citam fontes deliberadamente para "reclamar a originalidade de material copiado". Questionados sobre se já viram alguém fazê-lo, 43,6% responderam de forma afirmativa. Quase dois em cada dez estudantes admitem ter copiado "uma secção de um livro, artigo ou website e submetê-lo como seu".

Para Aurora Teixeira, outro dado revelador é a dimensão da reciclagem de trabalhos: 45,6% dos estudantes já entregaram o mesmo trabalho em mais de uma disciplina. "Os casos graves que vêm a público só acontecem esporadicamente, mas quem lecciona tem a nítida noção de que o plágio nas universidades é um problema aterrador", afirma a investigadora. O caso mais mediático é recente: uma professora do Instituto Politécnico do Porto foi acusada de plagiar um autor brasileiro no doutoramento, na Universidade do Minho.

Aurora Teixeira defende que os softwares de detecção de plágio, não sendo perfeitos, são uma ajuda. Numa ronda pelas universidades portuguesas, a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e a Universidade Lusófona revelaram usar o sistema Ephorus, mas tanto as que o usam como as que não têm qualquer sistema implementado têm dados sobre o problema.

Aurora Teixeira alerta para a importância de existirem códigos de honra, dissuasores da fraude, e sanções claras. A prática nas universidades não é homogénea. Na FCSH, o plágio dá reprovação imediata na unidade curricular ou no mestrado/doutoramento em questão. Na licenciatura, só a reincidência conduz à abertura de procedimento disciplinar, medida que é imediata nos estudos avançados. A Universidade de Aveiro sustenta que "os casos detectados têm sido pontuais e de imediata resolução, em contexto de avaliação contínua, e por isso até agora sem consequências graves para os autores".

Na UA optou-se por uma "atitude pedagógica e de informação, promovendo acções de divulgação da propriedade intelectual dirigidas a docentes, investigadores e alunos". Já a Universidade Católica Portuguesa diz que os casos têm sido raros. "A formação académica deve alertar para a ética da investigação científica e procuramos, logo na formação de base dos estudantes, familiarizá-los com o devido tratamento das fontes." Esta é também a opinião de Aurora Teixeira, que acredita existirem falhas na formação para a investigação, mas também na forma como a avaliação está estruturada. "As escolas têm de se organizar de outra forma", defende, considerando inconcebível avaliarem-se trabalhos escritos de 80 alunos. O processo de Bolonha é parte do desafio: "Bolonha, com uma maior autonomia dos alunos, não funciona nas antigas estruturas em que não existia o hábito de dar feedback. Se ao longo do curso tive sempre 18 e fui sempre à Wikipédia fazer copypaste, é natural que não veja problema."

Apesar de os dados não serem revelados por escola, cada instituição que participou no estudo vai receber um relatório detalhado com o tipo de fraudes mais praticadas pelos seus alunos.

IN "i"
11/02/11

A PASTELARIA »»» MÁRIO CESARINY

JOÃO CAUPERS


CLIQUE 2XS EM CADA PÁGINA PARA LER BEM




João Caupers é doutor em direito e professor associado da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, escola em que rege as disciplinas de Direito Administrativo e de Ciência da Administração Pública e em que desempenha as funções de subdirector.

Tem estado ligado a diversas reformas importantes no âmbito da administração pública e do direito administrativo:
- Código do Procedimento Administrativo, reforma do contencioso administrativo, estatuto das instituições de investigação científica, leis orgânicas dos Ministérios da Ciência e Tecnologia e da Justiça, reorganização da administração tributária, criação da Agência de Qualidade e Segurança Alimentar.

É também jurisconsulto, membro eleito pela Assembleia da República do Conselho Superior dos Tribunais Administrativos e Fiscais e administrador da sociedade de capitais públicos Portugal 2001, SA, responsável pela participação portuguesa na exposição mundial Hannover 2000.

É autor de várias obras, de que sobressaem Os direitos fundamentais dos trabalhadores e a Constituição, Introdução ao Direito Comunitário, A administração periférica do Estado - Estudo de Ciência da Administração e Direito Administrativo - Guia de Estudo.

RELATÓRIO DAS VISITAS AO BLOGUE

Com a modéstia que nos caracteriza, mas confessamos com  indisfarçável alegria, publicamos resultados das visitas à "a peida é um regalo do nariz a gente trata" desde o seu início e também da semana compreendida entre 29/01 e 04/02
A fonte é a empresa citada já a seguir

reports@sitemeter.co

      a peida é um regalo...do nariz agente trata      
                    (s18pencaxeirante)                      

                    -- Site Summary ---                     
          Visits

            Total ....................... 17,066            
            Average per Day ................. 74            
            Average Visit Length .......... 4:20            
            This Week ...................... 521            

          Page Views

            Total ....................... 40,856            
            Average per Day ................ 162            
            Average per Visit .............. 2.2            
            This Week .................... 1,132            

  http://s18.sitemeter.com/stats.asp?site=s18pencaxeirante  


                  --- Visits this Week ---                  
       Day
Hour  1/29   1/30   1/31    2/1    2/2    2/3    2/4   Total
---- ----- ------ ------ ------ ------ ------ ------ -------
 1       3      4      4      1      1      2      7      22
 2       1      2      3      0      3      0      2      11
 3       1      1      1      3      1      1      4      12
 4       1      1      0      1      0      1      0       4
 5       0      0      1      1      0      3      0       5
 6       1      2      1      2      2      1      0       9
 7       0      2      1      0      0      0      0       3
 8       0      0      0      2      1      0      0       3
 9       1      1      3      2      1      3      2      13
10       2      1      2      5      2      3      3      18
11       1      2      4      4      6      4      5      26
12       2      1      4      2      3     10      3      25
13       1      7     10      6      5      1      4      34
14       2      3      4      4      4      4      3      24
15       1      0      8      4      5      4      1      23
16       3      4      6     11      5      6      3      38
17       7      1      8      3      5      6      3      33
18       6      4      4      5      9      2      2      32
19       1      3      4      3      5      3      6      25
20       6      1      4      7      3      2      9      32
21       3      6      7      4      2      6      5      33
22       6      3      6      5      6      4      3      33
23       3      8      4      1      4      7      8      35
24       6      1      4      5      6      3      3      28
    ------ ------ ------ ------ ------ ------ ------ -------
        58     58     93     81     79     76     76     521


                --- Page Views this Week ---                
       Day
Hour  1/29   1/30   1/31    2/1    2/2    2/3    2/4   Total
---- ----- ------ ------ ------ ------ ------ ------ -------
 1       3      7     23      4      3     12     10      62
 2       4     20      5      0      3      0      4      36
 3       2      3      2      3      2      1     13      26
 4       1      9      0      1      0      5      0      16
 5       0      2      1      2      0      3      0       8
 6       1      2      4      3      2      1      0      13
 7       0      2      1      0      0      0      0       3
 8       0      0      0      2      1      0      0       3
 9       1      5      4      2      6      3      3      24
10       6     15      7      9      6     15      6      64
11       1     13      7      8      7      8     10      54
12       2      1      9      4     11     30     10      67
13       1     13     16     10      8      9      6      63
14       4      5     11     11      8      6      8      53
15       4      0      9      7     11     16      1      48
16       6     11      6     14      5     12      3      57
17      14      1     19      4      7      8      4      57
18      15      8     10     11     13      2      3      62
19       5      3     13     13      9     11      8      62
20      20      1      5     15      6      2     23      72
21       4      7      8      5      3     13      7      47
22      15      7     13      5     19     14      7      80
23      14     10     22      5      6      8     16      81
24      20      6     11     13     17      3      4      74
    ------ ------ ------ ------ ------ ------ ------ -------
       143    151    206    151    153    182    146   1,132

1 - COMO FUNCIONA O UNIVERSO

5 - MÚSICA NA RUA

APROVEITE ESTA IDEIA


Os seus sapatos 
ainda têm muito para andar!

Vamos participar? E ainda ganhamos espaço lá em casa... 
Sapatos, botas, ténis, chinelos, sandálias... Todos eles fazem parte das nossas vidas, até que um dia nos deixam de servir, gastam-se ou deixamos de usá-los.
Neste sentido, e para evitar que deixe de "dar corda" aos seus sapatos, a empresa de reparação de calçado Botaminuto lançou a campanha solidária "Sapatos com Histórias", que convida as pessoas a desfazerem-se dos sapatos que já não usam e deixá-los em qualquer loja desta cadeia. Depois de arranjado, todo o calçado é encaminhado para instituições de solidariedade social e ajuda a aquecer os pés frios de Norte a Sul do país.
Até 15 de Fevereiro, participe nesta iniciativa e entregue os seus sapatos usados, de adulto ou criança, no ponto de recolha mais perto de si. Poderá ainda partilhar a história do seu par de sapatos nas redes sociais!
É tempo de ajudar...dê os seus sapatos a quem não os tem!


CLIQUE EM "SAPATOS COM HISTÓRIAS" PARA VER PONTO DE ENTREGA

Sabia que este é o 4ºano consecutivo que a Botaminuto promove esta campanha e que, em 2010, conseguiu angariar 9000 pares de sapatos?

1 - CARICATURAS






4 - CURIOSIDADES NO MUNDO

clique para aumentar






A MENINA DANÇA

LOJA DE MARIDOS



















.

CURIOSIDADES


Este ano vamos experimentar quatro datas invulgares


1/1/11, 1/11/11, 11/1/11, 11/11/11

 

TENHA UM BOM DIA............


... e tente não ter pesadelos, 
                         chega-lhe o país


COMPRE JORNAIS

as megalomanias 
        e as luvas pagam-se caro
Augusto Mateus defende 
demolição de estádios do Euro 2004
O antigo ministro da Economia afirma que os estádios construídos para o Euro 2004 e que não dão lucros devem ser demolidos para evitar a asfixia das autarquias.
São mais de 13 milhões de euros que as autarquias de Braga, Aveiro, Coimbra, Leiria, Faro e Loulé pagam anualmente, e tudo somado, à banca pela amortização e juros das dívidas contraídas pela construção dos seus estádios de futebol.
Um luxo demasiado caro para estas cidades que quiseram entrar no roteiro do Europeu de 2004, algumas para receber apenas dois jogos. Desde então, o seu estado normal é vazio, ou quase.
A venda e/ou a demolição de alguns destes recintos parecem ser as soluções para travar o agravamento da dívida e a asfixia das câmaras.
Em declarações ao 'DN', Augusto Mateus considera mesmo que estes são os únicos caminhos para os recintos de Leiria e Aveiro, de forma a controlar os custos das autarquias.
"A construção dos estádios foi uma precipitação, uma opção pelo presente. Estes projectos foram derrotados, não têm viabilidade", comentou Augusto Mateus.
As seis câmaras, que além da dívida são responsáveis pela manutenção, reconhecem que não têm meios para sustentar e rentabilizar os recintos.
"DIÁRIO ECONÓMICO"

guerra intestina para desviar atenções
Medicamentos
Governo 'não desiste', do diploma vetado
O ministro da Presidência assegurou que o Governo 'não desiste', do diploma que foi vetado pelo Presidente da República, que instituía a obrigatoriedade da prescrição de medicamentos por princípio ativo ou nome genérico.
'O Governo não desiste dessa iniciativa que considera positiva para os doentes e para o Serviço Nacional de Saúde', afirmou Pedro Silva Pereira. O ministro insistiu no argumento de que o decreto-lei 'é uma iniciativa positiva', porque permite que os doentes tenham acesso a medicamentos mais baratos.
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

 marginalizaram-nas, impigiram-nas 
                       ...e agora querem dinheiro
Alemães exigem milhões que pagaram por crianças
Associações que acolhem crianças germânicas 
em risco deixaram de receber
Entidades alemãs, privadas e do Estado, estão a exigir a devolução do dinheiro pago às associações que em Portugal acolhem crianças em risco. Em causa está a ausência do estatuto de Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), que a lei portuguesa exige.
Das 13 instituições que recebem menores enviados pelo Estado alemão, apenas uma, a Algarve Projecto Reabilitação Social (IAPRS), em Messines, Silves, foi considerada pelo Tribunal de Menores de Faro como "credível" e com um "trabalho positivo". É também a única que tentou registar-se como IPSS. Mas o requerimento, feito em 2004, ainda não teve resposta. O atraso levou o IAPRS a decidir processar o Estado português.
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

demagogo, 
o poder é sempre dos barões do dinheiro
Bettencourt avisa o grupo
Acompanhado pelos administradores da SAD José Filipe Nobre Guedes e Francisco Louro, José Eduardo Bettencourt esteve ontem na Academia e, na sequência dos últimos acontecimentos no reino do leão - a renúncia do próprio Bettencourt e depois dos órgão sociais, culminando com o despedimento do director desportivo, Costinha - falou ao grupo, deixando a garantia de que «o poder não caiu na rua».
O ainda presidente do Sporting teve um discurso duro e, segundo apurámos, chegou até, por momentos, a ser violento, com vários recados personalizados. As ideias do líder leonino que, como é sabido, está demissionário, foram, no entanto, bem acolhidos pelo grupo que assimilou a tal ideia que Bettencourt tentou passar, a de que o poder não caiu na rua.
"A BOLA"

grande juíza
“Não venham cá praticar o mal”
"Não somos xenófobos, mas venham para o bem. Não venham para cá praticar o mal." O recado é da juíza Fernanda Sintra Amaral e foi dado ao grupo conhecido por ‘Máfia de Leste’ no final da leitura da sentença, ontem, no tribunal de São João Novo, no Porto. Os seis arguidos, oriundos da antiga Jugoslávia, foram condenados até 15 anos de prisão por 29 furtos qualificados a residências por todo o País.
"CORREIO DA MANHÃ"

não há pior desempenho
AIMinho pede empenho de Sócrates 
para ganhar fábrica de 500 milhões
O presidente da AIMinho escreve a José Sócrates convicto de que, "se o Governo quiser", Monção conquista investimento da Mitsubishi previsto para a Galiza
"Se o Governo e a AICEP quiserem, o investimento da Mitsubishi virá para Portugal", garantiu ao Negócios António Marques, presidente da Associação Industrial do Minho (AIMinho).
Em causa está a conquista para o Minhopark de Monção da instalação daquela que será a maior fábrica europeia de baterias de lítio para veículos eléctricos, um projecto orçado em 500 milhões de euros e que deverá criar mais de 1.500 empregos directos.
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

dê uma ajuda
Este sábado, se quer ajudar, vá à farmácia
O Banco Farmacêutico vai recolher medicamentos para os mais desfavorecidos em todo o país
Medicamentos: Mais de 100 farmácias participam em recolha para ajudar os mais desfavorecidos
Mais de 100 farmácias de todo o país vão aderir este sábado à terceira Jornada de Recolha de Medicamentos, com o objetivo de ajudar os mais desfavorecidos respondendo às suas necessidades de "produtos de saúde".
Luís Mendonça, presidente do Banco Farmacêutico (BF) e coordenador do projeto, salientou à agência Lusa que a recolha de medicamentos e produtos de saúde "deve ter em conta as necessidades dos organismos sociais da área abrangente", que este ano contempla 57 instituições de solidariedade.
Desde as primeiras jornadas que "o número de farmácias e voluntários tem vindo a crescer de forma muito significativa", o que revela "o positivo feedback das edições anteriores", salientou.
Luís Mendonça mostra-se "satisfeito" com o alargamento da iniciativa a Alentejo, Algarve e Ribatejo, mas, ainda assim, pretende "chegar mais longe, ao chegar mais perto de quem precisa".
Inês Oliveira, responsável pela farmácia da Pontinha, que participou nas edições anteriores da iniciativa e o fará agora também, disse à Lusa que o balanço tem vindo a crescer de ano para ano, pelo que antevê que a campanha de sábado seja um êxito.
No entanto, frisou, "apesar de os moradores da Pontinha não pertencerem a elevados estratos sociais, participam em massa em campanhas de solidariedade, o que deve ser ainda mais valorizado", defendeu.
Duarte Teixeira dos Santos, técnico da farmácia Central da Lapa, disse que as anteriores iniciativas "foram um êxito" e, por isso, o estabelecimento voltou a aderir à recolha de medicamentos e produtos de saúde, porque considera "um dever" ajudar a melhorar a vida dos mais "carenciados".
"i"

 somos um povo pacífico????
Todos os dias, 21 portugueses procuram ajuda 
depois de serem alvos de violência
No ano passado, 21 pessoas procuraram, diariamente, os serviços da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV). Ao todo reportaram-se mais de 19 mil factos criminosos, sendo que a maior parte destes (80 por cento) tiveram a ver com delitos de violência doméstica.
Os dados estatísticos agora divulgados dizem que foram referenciadas 15.236 ocorrências catalogadas como violência doméstica e que, dentro deste item criminal, houve um acréscimo, em relação a 2009: 194 por cento relativamente a delitos de natureza sexual e um aumento de 23 por cento relativamente aos homicídios (foram assassinadas 43 mulheres).
Depois dos crimes de violência doméstica, surgem em segundo lugar na lista os que foram praticados contra as pessoas e contra a humanidade. Este tipo de criminalidade teve uma expressão de 17 por cento, correspondentes a 3.217 casos.
A terceira área de intervenção da APAV foi a dos crimes contra o património, com 409 casos, os quais correspondem a 2,1 por cento do total. Seguem-se os crimes contra a vida em sociedade e o Estado, que registaram 49 ocorrências (apenas 0,3 por cento da totalidade) e 20 crimes rodoviários, com um correspondência de apenas 0,1 por cento do bolo total.
Face aos números de crimes a que foi dada assistência nas diversas categorias, constata-se que a APAV está, sobretudo, vocacionada para o apoio às mulheres, as quais não são apenas alvo de delitos sexuais e de maus tratos físicos, mas também de violência psicológica, ameaças, coacção, injúrias e difamação.
"PÚBLICO"

que recupere bem é o importante
Naide está lesionada e pode falhar Europeus
Vida complicada para Naide Gomes. A saltadora do Sporting está lesionada, não participará este fim-de-semana no Nacional de Clubes, já cancelou a prevista presença num meeting na Roménia e tem o Europeu de Paris, dentro de três semanas, em dúvida.
Chegou a temer-se uma fratura de esforço no pé de chamada para o salto em comprimento, que os exames efetuados, embora não totalmente esclarecedores, não confirmam. A atleta do Sporting pode correr mas não consegue fazer esforços que impliquem impacto do pé no chão. Está a fazer tratamentos intensivos, no sentido de recuperar a tempo do Europeu.
"RECORD"

já se sabe,políticos...
Dois autarcas em rede 
de tráfico de armas e explosivos
Entre os onze detidos na madrugada de quinta-feira numa mega-operação da PJ em Trás-os-Montes encontram-se dois presidentes de Juntas de Freguesia.
Na operação "Nordeste explosivo" foram apreendidos 200 quilos de explosivos e armas, entre as quais caçadeiras de canos serrados e uma metralhadora G3.
Entre os onze detidos encontram-se os presidentes das Juntas de Freguesia de Vale de Prados e de Cortiços, do concelho de Macedo de Cavaleiros.
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

4 - FOTMONTAGENS






2 - ALEIVOSIAS

4 - BONSAIS EM FLOR