quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

DESENHO À VISTA

3 - SOS PIPI


clique para ampliar






1 - WIKILEAKS »» DOCUMENTOS ORIGINAIS »» MOÇAMBIQUE

Alguns dos nossos visitadores estão a enviar-nos documentos revelados por "WIKILEAKS" os quais depois de analisados serão publicados regularmente nas nossas páginas.

CLIQUE PARA AMPLIAR E LEIA COM ATENÇÃO



EXPLIQUEM-NOS SE SERÁ UM RENT A CAR EM S. BENTO


Nós como incógnitos cidadãos e de parcos recursos intelectuais, como aliás 90% da população portuguesa, temos sérias dificuldades em entender determinados propósitos e decisões que emanam da élite intelectual que nos governa. Assim sendo agradeçemos aos caríssimos que eventualmente tenham sido abençoados com mais alguns neurónios que nos expliquem o que se segue:
Desde já agradeçemos a vossa colaboração

Despacho n.º 8346/2010. D.R. n.º 96, Série II de 20100518
Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

Requisita à empresa Deloitte & Touche, Lda
.,
António José Oliveira Figueira, para exercer funções de motorista no Gabinete do Primeiro-Ministro
·
Despacho n.º 8347/2010. D.R. n.º 96, Série II de 2010-05-18
Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

Requisita à Associação dos Bombeiros Voluntários de Colares Rui Manuel Alves Pereira, para exercer funções de motorista no Gabinete do Primeiro-Ministro
·
Despacho n.º 8348/2010. D.R. n.º 96, Série II de 2010-05-18
Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

Requisita ao Sindicato dos Trabalhadores de Escritório, Comércio, Hotelaria e Serviços
Vítor Manuel Gomes Martins Marques Ferreira, para exercer funções de motorista no Gabinete do Primeiro-Ministro
·
Despacho n.º 8349/2010. D.R. n.º 96, Série II de 2010-05-18
Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

Designa o agente principal da Polícia de Segurança Pública Augusto Lopes de Andrade para exercer funções de motorista no Gabinete do Primeiro-Ministro
·
Despacho n.º 8350/2010. D.R. n.º 96, Série II de 2010-05-18
Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

Requisita à empresa Companhia Carris de Ferro de Lisboa, S. A.,
Arnaldo de Oliveira Ferreira, para exercer funções de motorista no Gabinete do Primeiro-Ministro
·
Despacho n.º 8351/2010. D.R. n.º 96, Série II de 2010-05-18
Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

Designa o assistente operacional Jorge Martins Morais da Secretaria-Geral do Ministério da Cultura, para exercer funções de motorista no Gabinete do Primeiro-Ministro
·
Despacho n.º 8352/2010. D.R. n.º 96, Série II de 2010-05-18
Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

Designa o assistente operacional Jorge Orlando Duarte Vouga do Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, I. P., para exercer funções de motorista no Gabinete do Primeiro-Ministro

·
Despacho n.º 8353/2010. D.R. n.º 96, Série II de 2010-05-18
Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

Designa o agente principal da Polícia de Segurança Pública Jorge Henrique dos Santos Teixeira da Cunha para exercer funções de motorista no Gabinete do Primeiro-Ministro

·
Despacho n.º 8354/2010. D.R. n.º 96, Série II de 2010-05-18
Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

Designa a agente principal da Polícia de Segurança Pública Liliana de Brito para exercer funções de apoio administrativo no Gabinete do Primeiro-Ministro

·
Despacho n.º 8355/2010. D.R. n.º 96, Série II de 2010-05-18
Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

Designa o agente principal da Polícia de Segurança Pública José Duarte Barroca Delgado para exercer funções de motorista no Gabinete do Primeiro-Ministro

·
Despacho n.º 8356/2010. D.R. n.º 96, Série II de 2010-05-18
Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

Designa o agente principal da Polícia de Segurança Pública Manuel Benjamim Pereira Martinho para exercer funções de motorista no Gabinete do Primeiro-Ministro

·
Despacho n.º 8357/2010. D.R. n.º 96, Série II de 2010-05-18
Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

Designa o agente principal da Polícia de Segurança Pública Horácio Paulo Pereira Fernandes para exercer funções de motorista no Gabinete do Primeiro-Ministro
·
Despacho n.º 8358/2010. D.R. n.º 96, Série II de 2010-05-18
Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

Designa o agente principal da Polícia de Segurança Pública Custódio Brissos Pinto para exercer funções de motorista no Gabinete do Primeiro-Ministro

             

Contaram bem? Doze(12) motoristas para o gabinete do primeiro-ministro!


O PASSARO DE FOGO (FANTASIA DISNEY) - STRAVINSKY

JOÃO VAZ


Poupar

O ministro francês do Orçamento, François Baroin, apresenta hoje medidas de austeridade aos directores de 584 organismos do sector público, com tarefas tão diferentes como meteorologia, investigação científica ou antigos combatentes. Pedirá redução de pessoal (uma admissão por cada dois reformados), corte no parque automóvel dos actuais 17 mil para 3 mil carros, poupar 10% nas compras e limitar o espaço a 12 m2 por cada funcionário.

Liberal: Sondagem no Reino Unido a votantes do Partido Liberal Democrata, de Nick Clegg, revela que 44% não voltarão a dar-lhe o voto. A explicação é fazerem no governo de coligação, com os conservadores, o contrário do que diziam. 22% já decidiram votar trabalhista.

Islão: A ideia do deputado dinamarquês Peter Skaarup de pôr fotografias de mulheres nuas nas fronteiras pa-ra afugentar terroristas islâmicos foi considerada inútil: Naser Khader, muçulmano moderado do mesmo parlamento, afirma que os radicais são obcecados com o sexo.

China: A inflação recorde de 5,1% atingida em Novembro levou ontem a direcção económica chinesa a tomar medidas financeiras. O consumo subiu 18,7% e a produção industrial 13,3%.

36% dos alemães querem o regresso ao marco, posto, em absoluto, de parte.

IN "CORREIO DA MANHÃ"
13/12/10

ROCKING AROUND THE CHRISTMAS TREE

4 - RECEITAS


CLIQUE 2XS PARA AMPLIAR

Se quiser saber o início da 1ª receita consulte o 
nº 3 - RECEITAS editado em 09/12/10


1 - MUNDO CÃO






2 -BOAS FESTAS

GAL COSTA

ALMORRÓIDA DEMOCRÁTICA



Relatório da ERC mostra falta de 
pluralismo partidário na RTP


Embora cumpra genericamente as quotas de representação político-partidária que deve consagrar ao Governo e PS e oposição, a RTP não assegura a presença suficiente do PSD em antena. O caso torna-se mais polémico pelo facto de ser o terceiro ano consecutivo em que isso acontece e também por ser aquele em que o desvio em relação ao valor de referência é o maior.


De acordo com o relatório anual sobre Pluralismo político-partidário na RTP em 2009 na informação diária e não-diária da ERC – Entidade Reguladora para a Comunicação Social, os valores relativos à presença, na informação diária da RTP1 e RTP2, do Governo em conjunto com o PS estão próximos dos definidos como referência (50 por cento), embora três pontos percentuais mais altos.

A oposição como um todo está ligeiramente sub-representada, roçando os 46 por cento, quando deveria atingir os 48. E a oposição extra-parlamentar praticamente não existe: não chega às nove décimas, quando deveria ser de dois por cento.

De realçar que a presença do Governo e do PS tem sobretudo uma conotação negativa, ou seja, são notícias em que aparecem como alvo de crítica, ao passo que o tom usado nas notícias sobre a oposição é positivo.

Os valores relativos à presença do PSD são, porém, de quase metade do que deveriam ser: o principal partido da oposição deveria ter chegar a uma quota de 27,67 por cento designada pela ERC, e fica-se pelos 15,2 por cento.

Quem fica a ganhar são os restantes partidos da oposição: PCP e PEV (10,75) e CDS (10,55) recebem mais quatro pontos percentuais do que o valor de referência estabelecido, e o Bloco de Esquerda (9,29) aparece também sobrevalorizado em três pontos.

Na amostra que analisou, a ERC retirou os períodos de campanha e pré-campanha – e no ano passado foram três, com eleições europeias, legislativas e autárquicas. Foram abrangidas pela amostra 773 peças (209 do Jornal da Tarde, 288 do Telejornal e 276 do Jornal 2).

IN "PÚBLICO"
15/12/10

2 - PINTURA EM PENAS DE CISNE PINTADAS POR IAN DAVIE





SIDA - QUANTAS PESSOAS POR DIA?

2 - PALHAÇOS


CLIQUE PARA AMPLIAR

4 - CUBA EM IMAGENS




ALMORRÓIDA NA PENÚRIA


Museus do Estado paralizados 
por falta de dinheiro

Os museus tutelados pelo Instituto dos Museus e da Conservação (IMC) não sabem ainda que exposições, catálogos e actividades poderão desenvolver durante 2011. Isto apesar de os planos de actividades terem sido apresentados no final do Verão e reencaminhados pelo IMC para o Ministério da Cultura. Alguns directores contactados pelo i dizem que a capacidade de gestão dos museus tem vindo a deteriorar-se e, com cortes orçamentais pela frente, temem um cenário ainda mais negro.

Fontes do IMC e do Ministério da Cultura esclareceram ao i que não há atraso na aprovação dos planos, mas "procedimentos da administração central e do Estado a cumprir". Receios de que a falta de verbas possa levar ao encerramento ou à suspensão das actividades são também afastados pela tutela. "Mais mecenas, patrocínios e permutas, quer com empresas e particulares quer com instituições" são as soluções previstas para combater a diminuição de 10,7% nas transferências do Orçamento do Estado para 2011, que dão ao IMC 15,9 milhões de euros para 28 museus e cinco palácios. Mas, por esta altura, os projectos para angariar as novas receitas - que junto com uma redução nas despesas, ainda a definir, fecham o plano para operar em 2011 - também não estão aprovados.

Um requerimento do Bloco de Esquerda, apresentado no parlamento no final de Novembro, denunciou a incapacidade de alguns museus para pagar despesas correntes com água, luz ou telefone, que chegaram a levar a "cortes prolongados dos serviços" nos últimos meses. Luís Raposo, presidente do Comité Nacional Português do ICOM (Conselho Internacional de Museus) e director do Museu Nacional de Arqueologia, adianta que os cortes, que todos os directores preferiram não tornar públicos, levaram a situações graves como a suspensão de visitas por falta de instalações sanitárias, além de aumentarem os riscos na segurança e na conservação.

Fonte oficial do IMC admitiu ao i ter havido atrasos em pagamentos "em situações muito pontuais" e garante que as despesas correntes estão acauteladas para 2011. Ainda assim, o corte nas verbas disponíveis promete um ano difícil. Sem investimento em exposições, as receitas de bilheteiras e lojas, que representam mais de um terço do montante disponível, tendem a diminuir, explica Luís Raposo.

IN "i"
16/12/10

3 - OH NÃO

TENHA UM BOM DIA............


... e veja,  
          cada vez se mente mais


COMPRE JORNAIS

ATENÇÃO, É UM ASSALTO LEGALIZADO
Operadores móveis cobram 
aos clientes ao mudarem de tarifário
Os operadores móveis estão a cobrar 
aos clientes ao mudarem de tarifário.
Cinco euros é quanto pode ter de pagar para mudar de tarifário dentro do seu operador móvel. A taxa passou a ser aplicada em Novembro e é praticada pelos três operadores - TMN, Vodafone e Optimus. Em todos os casos, estas taxas só são aplicadas aos clientes pré-pagos, ou seja, com obrigatoriedade de carregamentos de cartões.
No entanto, TMN e Vodafone não cobram pela primeira mudança, mas passaram a cobrar pelas alterações seguintes. Já a Optimus não cobra na primeira alteração nos três meses após a activação do cartão, nem na primeira alteração até 10 de Janeiro de 2011. De resto, desde 10 de Novembro que "a alteração de tarifário passou a ter um custo de cinco euros (IVA incluído), independentemente da data da última alteração", diz o porta-voz da operadora.
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

ESTE PAÍS NÃO É PARA JOVENS
Desemprego. Um em cada cinco jovens 
não terá trabalho em 2012
Jovens têm quase duas vezes mais probabilidades 
de ficar no desemprego que os adultos

A geração dos 700 euros queixava-se de ser mal paga mas o futuro parece ser ainda mais negro: o desemprego vai continuar a penalizar sobretudo os mais jovens, com a percentagem de pessoas entre os 15 e os 24 anos sem trabalho a manter-se acima dos 17% até 2012. Segundo um relatório da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) divulgado ontem, o desemprego entre os mais novos vai atingir os 18% em 2011 e os 17% em 2012 na OCDE, ou seja, mais do dobro da taxa de desemprego total (o desemprego afectava 8,6% de jovens e adultos em Outubro de 2010). Na Europa, a taxa de desemprego jovem será ainda mais elevada: pode chegar aos 21% em 2011 e aproximar-se dos 20% em 2012.
O fenómeno tem acompanhado a escalada da taxa de desemprego total e agravou-se com a crise económica: a geração dos 15 aos 24 anos é a mais penalizada pela falta de criação de emprego e pela precariedade laboral. Desde que a crise começou, mais de 3,5 milhões de jovens ficaram desempregados na área da OCDE. A organização não duvida que "os jovens têm sofrido de forma desproporcionada com as perdas de emprego durante a crise económica global" e sublinha que estes números do desemprego não mostram as reais dificuldades dos mais novos. Os números reais dos inactivos não são contabilizáveis. "Muitos dos que deixaram os sistemas de ensino nem sequer aparecem nas estatísticas do mercado de trabalho", adianta o relatório.
"i"

A DECO DIZ QUE SÃO CUSTOS EXTRAS
Custos extra da conta da luz sobem 
29 por cento em 2011
A renovada tarifa social, para quem está no grupo dos consumidores mais vulneráveis, terá uma subida limitada a um por cento. Estas são as tarifas aprovadas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) e ontem divulgadas.
Os 36 consumidores em causa representam cerca de dois por cento do consumo total das empresas que ainda estão em tarifa regulada, de acordo com a ERSE. A tarifa regulada para os consumidores industriais é provisória, já que a lei determina que a mesma acabará em 31 de Dezembro do próximo ano.
A entidade reguladora volta a sublinhar que as tarifas da indústria e dos domésticos aumentam sobretudo por causa do agravamento global dos chamados custos de interesse económico geral (CIEG), que a Deco trata por "custos extras". Representam, na prática, subsídios pagos a outros sectores através da conta da luz, por decisão do Governo, e cada vez mais suportados pelas famílias.
Por cada euro na factura de uma empresa média consumidora, 53 cêntimos são para pagar a energia consumida, 26 cêntimos são para os custos extras e 21 cêntimos para o uso das redes. A mesma factura de um consumidor doméstico: 44 cêntimos vão para os custos extras, 34 cêntimos para a energia e os restantes 22 cêntimos para o uso das redes.
Esta factura política não pesa mais na conta da luz porque as outras duas parcelas determinantes para os cálculos da tarifa final descem: os preços da energia e da comercialização caem 6,7 por cento e o uso das redes custará menos 8,9 por cento.
Em 2011, os CIEG vão ascender a um recorde de mais de 2,5 mil milhões de euros, mais 29 por cento do que em 2010.
"PÚBLICO"

MERECEMOS
Odriozola sugere Mundial em Portugal
PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO ESPANHOLA SATISFEITO

O presidente da Federação Espanhola de Atletismo, José Maria Odriozola, sugeriu que Portugal avançasse com a candidatura ao Mundial de corta-mato em 2013, face à boa organização evidenciada no Europeu, em Albufeira.
A revelação foi feita num círculo restrito de pessoas durante o jantar oficial do Campeonato da Europa. Odriozola, além de presidente da Federação Espanhola, também é membro do Conselho da Federação Internacional e nessa qualidade tem direito a voto na escolha dos locais da competição. O Conselho da IAAF integra 27 membros, incluindo representantes de todos os continentes.
Odriozola conhece bem as qualidades organizativas da Federação Portuguesa de Atletismo, que em 2000 acolheu o Mundial de corta-mato, em Vilamoura, 15 anos depois de a prova se ter disputado no Estádio Nacional com a vitória individual a pertencer a Carlos Lopes.
"RECORD"

QUASE DE PÉ DESCALÇO
Transportes públicos com linhas fechadas
A revolução no sector passa também pela 
concessão das linhas suburbanas de comboios

As medidas de contenção das despesas orçamentais ontem apresentadas pelos responsáveis do Governo confirmam a intenção já inscrita no Orçamento do Estado para 2011 de proceder a uma autêntica revolução no sector das empresas públicas de transporte de passageiros.
Já se conhecia a intenção de concessionar as linhas de transporte ferroviários de passageiros nas áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto, ontem foi reforçada. Mas, ficou também claro que é vontade do Executivo encerrar linhas ou carreiras de transportes públicos, rodoviários ou ferroviários, que não demonstrem a sua rentabilidade económico-financeira.
"DIÁRIO ECONÓMICO"

ENFERMEIROS, EDUCADORAS, PROFESSORES, ETC VIRAM TROLHAS????
Desempregados vão trabalhar para as obras
Governo avançará com megaprograma de recuperação urbana que chamará milhares de pessoas desempregadas ao longo dos próximos anos. Haverá incentivos para as empresas.
Os desempregados vão ser altamente incentivados nos próximos anos a aceitarem trabalho nas obras de reabilitação urbana.
As mais de 600 mil pessoas que estão sem trabalho em Portugal - um contigente de dimensão histórica, que cresceu de forma descontrolada com a crise económica e financeira - terão de ser parcialmente absorvidas pelo sector das obras de reabilitação urbana ao longo dos próximos anos com a ajuda de medidas concretas do Governo, em articulação com várias plataformas empresariais ligadas à área da construção, como a Confederação da Indústria Portuguesa (CIP) ou a Associação de Empresas de Construção e Obras Públicas (Aecops).
O ministro da Economia, Vieira da Silva, o secretário de Estado das Obras Públicas, Paulo Campos, a secretária de Estado do Ordenamento do Território, Fernanda Carmo, e um alto representante da Justiça tiveram já um primeiro encontro com a CIP e a Aecops para lançarem as bases deste novo programa. Mais tarde devem entrar em cena o Ministério do Trabalho e o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) para definir as medidas de apoio às empresas de construção e aos desempregados, envolvendo os sindicatos, apurou o DN.
Oficialmente, o Ministério do Trabalho diz que, para já, prefere não entrar em mais detalhes sobre este assunto. Mas, por exemplo, a Iniciativa Emprego 2009 chegou a ter exemplos locais (em Lisboa) daquele tipo de programas, ainda que abrangendo poucas centenas de desempregados.
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

TIRITANDO
Temperatura abaixo de zero
As temperaturas desceram abaixo de zero nos distritos de Bragança, Vila Real e Guarda, enquanto Évora, Beja, Viseu, Braga e Portalegre também registaram temperaturas negativas. De acordo com o Instituto de Meteorologia, o distrito de Bragança atingiu os seis graus negativos; Guarda desceu aos -4º; Vila Real e Évora chegaram aos três graus abaixo de zero. Viseu, Braga, Leiria e Beja atingiram os -2º. Viana do Castelo, Castelo Branco e Portalegre registaram zero graus.
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

 O POVO PAGA E NÃO BUFA
Associação de transportes rodoviários 
quer aumento acima da inflação
A Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Pesados de Passageiros propôs ao Governo um aumento dos preços dos transportes para 2011, "claramente acima da inflação", para acomodar a subida do preço dos combustíveis.
Fizemos ver ao Governo a necessidade de fazer uma actualização claramente acima da inflação [2,2%] para acomodar aquilo que têm sido as variações brutais dos combustíveis nos últimos meses e que vão continuar a acontecer", disse à Agência Lusa o presidente da Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Pesados de Passageiros em Portugal (ANTROP), Luís Cabaço Martins, sem precisar o valor proposto para a actualização.
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

OMBRIDADE
«Isto só acontece a crianças» 
- Alexandre Agostinho
Frustração, muita frustração era o que sentia Alexandre Agostinho após terminar os 50 livres. Apesar de ter sido o seu melhor resultado de sempre sem fato (21,89), o 19.º lugar entre 130 adversários deixara-o fora das meias-finais. E o pior é que o recordista nacional sabia que esta tarde não nadará devido a erros que diz serem de criança.
No início Agostinho nem tinha muita vontade de conversar tal era a decepção que sentia. «O tempo não foi mal mas... estou mesmo desiludido porque a meia-final estava mesmo ao alcance», começou por referir o nadador do Portinado que surgia na entry list com a 17.ª melhor marca e detém como recorde nacional 21,64 s, efectuados no Europeu de Istambul, em Dezembro do ano passado.
«Cometi erros estúpidos, de miúdos pequenos. Engoli água numa respiração, os óculos saltaram na entrada e ficaram com cheios de água... Isto só acontece a crianças. O que custa mais é ter perdido a oportunidade de uma meia-final por causa destes erros... Estou muito desiludido. Acho que até daria para bater o recorde nacional.»
"A BOLA"

OBEDECENDO AO DONO...
Voos da CIA autorizados
O primeiro-ministro José Sócrates e o seu chefe da diplomacia, Luís Amado, autorizaram a passagem de aviões norte-americanos na base das Lajes, com prisioneiros repatriados da prisão norte-americana de Guantanamo. A informação consta de telegramas da embaixada dos EUA em Lisboa entre 2006
"Sócrates aceitou a repatriação, caso a caso, de combatentes inimigos desde Guantanamo através da base aérea das Lajes", escreveu o embaixador Alfred Hoffman, num despacho enviado a Washington a 7 de Setembro de 2007. "Foi uma decisão difícil" - acrescentou o diplomata - "devido às críticas persistentes da Imprensa lusa e de elementos esquerdistas do partido no poder". O embaixador sublinhou que a ‘luz verde’ de Sócrates não foi tornada pública e que a Procuradoria-Geral da República (PGR) "se viu obrigada" a avaliar todas as acusações vindas a público sobre as operações da CIA. Recorde-se que ainda esta semana a PGR informou não existirem factos para reabrir o caso. Nos telegramas enviados de Lisboa entre 2006 e 2007, Hoffman descreve um encontro com o assessor de Sócrates, Jorge Roza Oliveira, que qualificou a eurodeputada socialista Ana Gomes como "uma senhora muito excitada, pior que um rottweiler à solta".
"CORREIO DA MANHÃ"

POR CAUSA DA SENHORA

video

P A I X Ã O


O marido entra com muito cuidado na cama e sussurra suave e apaixonadamente no ouvido de sua mulher
 - "Estou sem cuecas....."

E a mulher responde:
- "Amanhã já lavo umas"

JORNAIS DE HOJE


COMPRE JORNAIS










MÃOS DE ARTISTA

video